Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.113.111.600 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 161 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 17 ir para página                         

  1 / 161 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-394086
Autor: Gorchov, David L; Palmeirim, Jorge M; Ascorra, Cesar F.
Título: Dispersal of seeds of Hymenaea courbaril (Fabaceae) in a logged rain forest in the Peruvian Amazonian
Fonte: Acta amaz;34(2):265-273, 2004. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Foi estudada a dispersão de sementes de Hymenaea courbaril, seguindo o destino de 585 sementes marcadas com imãs e expostas a potenciais dispersores, colocadas em agregados no interior e próximo de uma faixa de floresta cortada, na Amazónia peruana. Mamíferos retiraram frutos de todos os agregados, localizados no interior da floresta, na sua borda, e na clareira. As taxas de remoção foram baixas - mediana de 8.1 frutos/mês em agregados mantidos com 8-10 frutos - mas foram mais altas em agosto que nos primeiros meses do ano. A maior parte dos frutos foi abandonada próxima do agregado de origem ou as suas sementes foram consumidas, mas > 13% foram dispersos com sucesso. A maior parte das sementes dispersas foi enterrada, o que favorece a germinação. A distância máxima de dispersão de sementes vivas foi de 12.1 m (mediana 3.1 m), mas outros imãs foram transportados até 34 m, indicando que as sementes foram dispersas mais longe, mas foram consumidas depois. Cutiaras (muito provavelmente Myoprocta pratti) e cutias (Dasyprocta fuliginosa) parecem ter sido os principais agentes de dispersão. A dispersão de sementes da floresta para o interior da clareira foi rara, sugerindo que apesar de alguns roedores dispersarem H. courbaril, não se pode ficar dependente deles para o repovoamento desta e de outras espécies em clareiras recentes.
Descritores: Comportamento Predatório
Dasyproctidae
Fabaceae
-Indicadores de Gestão
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-522379
Autor: Ferreira Júnior, Paulo Dias.
Título: Efeitos de Fatores Ambientais na Reprodução de Tartarugas / Environmental factors effects in turtles reproduction
Fonte: Acta amaz;39(2):319-334, 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Para as espécies de tartaruga que apresentam a determinação sexual dependente da temperatura da incubação o local e o momento da desova, exercem influências que vão além da definição do sexo dos embriões. A influência do local da desova se estende a todo o desenvolvimento embrionário afetando o comportamento e o tamanho dos filhotes. O momento em que ocorre a desova trará conseqüências ao ambiente térmico dos ninhos à medida que a temperatura e a umidade variam ao longo do ano. A umidade será decisiva nas trocas hídricas e gasosas entre os ovos e o meio afetando a absorção do vitelo e o crescimento dos embriões. As cheias e os alagamentos são importantes fatores de perda de ninhos nas espécies de tartaruga de água doce. A desova no momento adequado possibilita uma incubação segura, sem a interferência de alagamentos dos ninhos e conseqüente morte dos embriões. A predação dos ninhos varia de acordo com o local da desova, o tipo e a abundância de predadores e a profundidade da câmara de ovos. A escolha de pontos de desova no interior da vegetação, onde a taxa de predação é geralmente menor, nem sempre é a estratégia mais frequentemente adotada pelas tartarugas, uma vez que esse procedimento pode levar a uma maior exposição das fêmeas aos predadores, à diminuição do sucesso da eclosão ou a alterações na razão sexual provocadas por diferenças na temperatura da incubação.

Turtle species in which the sex determination is dependent of incubation temperature, the nest site and the laying moment will affect more than embryo sex determination. The influence of the laying site extends all over the embryonic development, affecting hatching weight and size. The time of the egg-laying will bring consequences to the nest thermal environment, as the temperature and humidity change throughout the year. The humidity will be decisive in gaseous and hydric exchanges between eggs and the environment, affecting yolk absorption and embryo growth. Floods and inundation are important factors related to nest loss in freshwater turtle species. Egg laying at the appropriated time makes a safe incubation possible, without the interference of nest inundation and subsequent embryo death. The nest predation varies according to the egg-laying site, type and abundance of predator and nest depth. The choice of areas in the middle of vegetation, where the predation rate is generally smaller, is not always the most used strategy by turtles, since this procedure can decrease the hatching success or provoke changes in sex ratio.
Descritores: Comportamento Predatório
Desenvolvimento Embrionário
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-769587
Autor: Aguiar-Silva, FH.; Junqueira, TG.; Sanaiotti, TM.; Guimarães, VY.; Mathias, PVC.; Mendonça, CV..
Título: Resource availability and diet in Harpy Eagle breeding territories on the Xingu River, Brazilian Amazon / Disponibilidade e consumo de presas por harpia no entorno de territórios de nidificação no rio Xingu, Amazônia Oriental Brasileira
Fonte: Braz. j. biol;75(3s1):181-189, Aug. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract In the Tapajos-Xingu interfluve, one of the largest birds of prey, the Harpy Eagle, is under intense anthropogenic pressure due to historical and recent reductions in forest cover. We studied prey availability and use by Harpy Eagle on six breeding territories on the low- and mid-Xingu River, between 2013 and 2015. We evaluated food resource availability using the environmental-surveys database from two methods: terrestrial surveys (RAPELD method) and fauna rescue/flushing before vegetation suppression for the Belo Monte Hydroelectric Complex construction. Harpy Eagle diet was identified by prey remains sampled around six nest trees. Eighteen species of mammals, birds and reptiles comprised the prey items. Most prey species were sloths, primates and porcupines, which have arboreal habits and are found in forested areas, but two species, hoatzin and iguana, are usually associated with riverine habitats. The proportion of prey from each species predated on the nest best studied was different from estimated availability (χ2 = 54.23; df = 16; p < 0.001), however there was a positive correlation (rs = 0.7; p < 0.01) between prey species consumed and abundance available, where the predation was more on species more abundant. Continuous monitoring of the Harpy Eagle diet at these nests could evidence changes in the assemblage of prey species available for Harpy Eagles, due to changes in the seasonal flood pulse of the Xingu River to be caused by the operation of the hydroelectric dam, and changes in habitat features by forest reduction around breeding territories. We believe that it is important to consider the protection of remnants of forested areas in the landscape matrix surrounding the breeding territories to maintain the food resource availability and allow all pairs to successfully reproduce.

Resumo O interflúvio Tapajós-Xingu, um dos centros de endemismo da Amazônia, onde habita uma das mais poderosas aves de rapina, a harpia, é também alvo de intensa pressão antrópica com reduções históricas da cobertura florestal. Analisamos a disponibilidade de vertebrados e o consumo de presas por harpia em seis territórios de reprodução no Rio Xingu, entre 2013 e 2015. A disponibilidade de recursos alimentares foi baseada nos dados de amostragens por dois métodos: levantamentos terrestres pelo método RAPELD e resgate/afugentamento da fauna antes da supressão da vegetação para construção de infra-estrutura para o Complexo Hidrelétrico Belo Monte. As espécies de presas consumidas pela harpia foram identificadas a partir de vestígios coletados em seis ninhos. Dezoito espécies de mamíferos, aves e répteis compuseram a dieta no baixo e médio Rio Xingu, com maior proporção de preguiças, macacos e porcos-espinhos, incluindo duas espécies (Opisthocomus hoazin e Iguana iguana) associadas aos hábitats criados por rios. A proporção de indivíduos das espécies predadas no ninho com maior número de coletas foi diferente da disponibilidade (χ2 = 54,23; gl = 16; p < 0,001), no entanto, existe correlação positiva (rs = 0,7; p < 0,01) entre o consumo de presas e a abundância disponível, com a predação maior sobre espécies mais abundantes. A riqueza de presas indica que as florestas remanescentes na região foram fonte eficiente de recursos alimentares para a reprodução e manutenção da harpia. O monitoramento da dieta da harpia nos ninhos pode apresentar alterações relacionadas às mudanças no pulso sazonal de inundação do Xingu, provocadas pelo futuro funcionamento da usina hidrelétrica e à redução da floresta no entorno dos ninhos localizados no Reservatório Xingu e Intermediário. É importante considerar a proteção dos remanescentes florestais no entorno dos territórios de nidificação para garantir a disponibilidade de presas e a reprodução efetiva dos casais de harpia na região.
Descritores: Dieta
Águias/fisiologia
Comportamento Predatório
-Brasil
Reprodução
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
ARAÚJO, Jackson Victor de
Texto completo
Id: biblio-844142
Autor: Silva, Manoel Eduardo da; Uriostegui, Miguel Angel Mercado; Millán-Orozco, Jair; Gives, Pedro Mendoza de; Hernández, Enrique Liébano; Braga, Fabio Ribeiro; Araújo, Jackson Victor de.
Título: Predatory activity of Butlerius nematodes and nematophagous fungi against Haemonchus contortus infective larvae / Atividade predatória de nematóides Butlerius e fungos nematófagos contra larvas infectantes de Haemonchus contortus
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(1):92-95, Jan.-Mar. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The purpose of this study was to evaluate the predatory activity of the nematode Butlerius spp. and fungal isolates of Duddingtonia flagrans, Clonostachys rosea, Arthrobotrys musiformis and Trichoderma esau against H. contortus infective larvae (L3) in grass pots. Forty-eight plastic gardening pots containing 140 g of sterile soil were used. Panicum spp. grass seeds (200 mg) were sown into each pot and individually watered with 10 mL of tap water. Twelve days after seeding, the pots were randomly divided into 6 groups (n=8). Two thousand H. contortus infective larvae (L3) were added to each group. Additionally, the following treatments were established: Group 1 – 2000 Butlerius spp. larvae; group 2 – A. musiformis (1x107 conidia); group 3 – T. esau (1x107 conidia); group 4 – C. rosea (1x107 conidia), group 5 – D. flagrans (1x107conidia) and Group 6 – no biological controller (control group). The larval population of H. contortus exposed to Butlerius spp. was reduced by 61.9%. Population reductions of 90.4, 66.7, 61.9 and 85.7% were recorded in the pots containing A. musiformis, T. esau, C. rosea and D. flagrans, respectively. The results of this study indicate that the predatory nematode Butlerius spp. and the assessed fungi display an important predatory activity can be considered suitable potential biological control agents.

Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade predatória do nematoide Butlerius spp. e isolados fúngicos de Duddingtonia flagrans, Clonostachys rosea, Arthrobotrys musiformis e Trichoderma esau contra larvas infectantes (L3) de Haemonchus contortus em vasos plantados com Panicum spp. Foram utilizados quarenta e oito potes plásticos de jardinagem contendo 140 g de solo estéril, 200 mg de sementes de Panicum spp.. Cultivar colonião, foi semeado em cada vaso e, diariamente, molhados com 10 mL de água da torneira. Doze dias após, os vasos foram divididos em 6 grupos (n = 8), e duas mil L3 de H. contortus foram adicionadas a cada vaso. Foram estabelecidos os seguintes tratamentos: Grupo 1 - 2.000 larvas de Butlerius spp.; Grupo 2 - A. musiformis (1x107 conídios); grupo 3 - T. esau (1x107 conídios); grupo 4 - C. rosea (1x107 conídios); grupo 5 - D. flagrans (1x107conidia); e Grupo 6 – somente L3 de H. contortus que serviu como controle negativo. A população de L3 de H. contortus expostas a Butlerius spp. foi reduzida em 61,9%. Redução populacional de 90,4, 66,7, 61,9 e 85,7% foram observadas nos vasos contendo A. musiformis, T. esau, C. rosea e D. flagrans, respectivamente. Os resultados deste estudo indicaram que o nematoide Butlerius spp. e os fungos avaliados exibiram importante atividade predatória e podem ser considerados como agentes de controle biológico.
Descritores: Comportamento Predatório
Controle Biológico de Vetores/métodos
Duddingtonia/fisiologia
Haemonchus
Hypocreales/fisiologia
Larva
-Distribuição Aleatória
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886895
Autor: COURI, MÁRCIA S; SOUSA, VIVIANE R DE; LIMA, RAFAEL M; DIAS-PINI, NIVIA S.
Título: The predator Coenosia Attenuata Stein (Diptera, Muscidae) on cultivated plants from Brazil
Fonte: An. acad. bras. ciênc;90(1):179-183, Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Coenosia attenuata Stein (1903) is a predatory fly that is commonly found in greenhouses and open fields preying on whiteflies, leafminers, psocopterans and other insects. The species is widespread in the Old World and its distribution has expanded in recent times to Neotropical countries including Chile, Colombia, Costa Rica, Ecuador and Peru. We report here for the first time the presence of C. attenuata in Brazil, occurring in different sites in the State of Ceará (Northeastern Brazil). Expansion of the distribution range of this muscid to the eastern parts of South America opens up the possibility of applying the beneficial predator as a biological control agent for protected crops of the region.
Descritores: Comportamento Predatório/fisiologia
Muscidae/fisiologia
Controle Biológico de Vetores
Produtos Agrícolas/parasitologia
-Brasil
Espécies Introduzidas
Distribuição Animal
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-781409
Autor: Poncio, S; Dequech, S T B; Bolzan, A; Güths, C; Walker, M P; Sturza, V S; Nava, D E.
Título: Effect of temperature on immatures of Stiretrus decastigmus (Hemiptera: Pentatomidae) / Efeito da temperatura sobre imaturos de Stiretrus decastigmus (Hemiptera: Pentatomidae)
Fonte: Braz. j. biol;76(2):495-499, Apr.-June 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Stiretrus decastigmus (Herrich-Schaeffer) (Hemiptera: Pentatomidae) is an important predator of the insect pest Microtheca ochroloma Stal (Coleoptera: Chrysomelidae). The present study investigated the pre-imaginal development of S. decastigmus at different temperatures. The temperatures were: 20, 25, and 30 °C, with a relative humidity of 70 ± 10% and a photofase of 12 h, and the nymphs were fed larvae of M. ochroloma. We evaluated the duration and viability of the egg and nymphal stages, the duration of each instar, and the predation potential. The incubation time decreased with increasing temperature, and the viability was highest at 25 °C. The duration of the nymphal stage was inversely proportional to the temperature, ranging from 18 days at 30 °C to 40.6 days at 20 °C. The highest S. decastigmus predation rates were found at 20 °C (90.4 larvae) and 30 °C (72.5 larvae). S. decastigmus showed the highest viability and lowest consumption of larvae of M. ochroloma at 25 °C.

Resumo Stiretrus decastigmus (Herrich-Schaeffer) (Hemiptera: Pentatomidae) é um importante predador do inseto-praga Microtheca ochroloma Stal (Coleoptera: Chrysomelidae). O objetivo deste trabalho foi estudar o desenvolvimento pré-imaginal de S. decastigmus em diferentes temperaturas. Foram utilizadas as temperaturas de 20, 25, e 30 °C, umidade relativa do ar de 70 ± 10% e fotofase de 12 h, sendo as ninfas alimentadas com larvas de M. ochroloma. Foram avaliados a duração e viabilidade dos estágios de ovo e ninfa, a duração de cada instar e o potencial de predação. O período de incubação diminuiu com o aumento da temperatura e apresentou maior viabilidade a 25 °C. A duração do estágio ninfal foi inversamente proporcional a temperatura com 18 dias a 30 °C e 40,6 dias a 20 °C. A maior taxa de predação de S. decastigmus foi encontrada a 20 °C (90,4 larvas) e 30 °C (72,5 larvas). S. decastigmus teve maior viabilidade e menor consumo de larvas de M. ochroloma a 25 °C.
Descritores: Comportamento Predatório/fisiologia
Temperatura
Besouros/fisiologia
Controle Biológico de Vetores/métodos
Heterópteros/crescimento & desenvolvimento
-Fatores de Tempo
Brasil
Ecossistema
Fenômenos Ecológicos e Ambientais
Larva/crescimento & desenvolvimento
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886881
Autor: FERNANDES, FRANCISCO S; GODOY, WESLEY A C; RAMALHO, FRANCISCO S; MALAQUIAS, JOSÉ B; SANTOS, BÁRBARA D B.
Título: The behavior of Aphis gossypii and Aphis craccivora (Hemiptera: Aphididae) and of their predator Cycloneda sanguinea (Coleoptera: Coccinellidae) in cotton-cowpea intercropping systems
Fonte: An. acad. bras. ciênc;90(1):373-383, Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The intercropping is an important cultural practice commonly used in pest management. It is based on the principle that increased plant diversity in the agro-ecosystem can lead to reductions of pest populations in the crop. The current study aimed to assess the impact the colored fiber cotton-cowpea intercropped systems on Aphis gossypii and Aphis craccivora and on their predator Cycloneda sanguinea and the losses and the dispersion behavior of these aphids and their predator in these cropping systems. The experiment had a randomized block experimental design with two bioassays and four treatments. The number of apterous and alate aphids (A. gossypii) per cotton plant was 1.46 and 1.73 or 1.97 and 2.19 times highest in the solid cotton system than that found in the cotton-cowpea intercropped systems (S1) and (S2), respectively. On the other hand, the cotton-cowpea intercropped systems (S1 and S2) reduced, respectively, in 43% and 31% the number of apterousA. gossypiiper cotton plant compared to the control. Implementing cotton-cowpea intercropped system in the S1 scheme reduced A. gossypii infestation, favored the multiplication of C. sanguinea, and allowed obtaining heavier open bolls.
Descritores: Afídeos/fisiologia
Comportamento Predatório/fisiologia
Besouros/fisiologia
Produtos Agrícolas/parasitologia
Gossypium/parasitologia
Vigna/parasitologia
-Bioensaio
Controle Biológico de Vetores
Análise de Variância
Estatísticas não Paramétricas
Distribuição Animal
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-785039
Autor: Leal, G R; Serafini, P P; Simão-Neto, I; Ladle, R J; Efe, M A.
Título: Breeding of White-tailed Tropicbirds (Phaethon lepturus) in the western South Atlantic / Biologia reprodutiva, tamanho populacional e conservação do rabo-de-palha-de-bico-laranja no Atlântico Sul
Fonte: Braz. j. biol;76(3):559-567tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Abstract Basic information on natural history is crucial for assessing the viability of populations, but is often lacking for many species of conservation concern. One such species is the White-tailed Tropicbird, Phaethon lepturus (Mathews, 1915). Here, we address this shortfall by providing detailed information on reproductive biology, distribution and threats on the Fernando de Noronha archipelago, Brazil – the largest colony of P. lepturus in the South Atlantic. We assessed reproduction from August 2011 to January 2012 by monitoring tropicbird nests and their contents. A population estimate was obtained through a combination of active searches for nests and by census at sea between 2010 and 2012. Breeding success was calculated by traditional methods. The growth curve of chicks and life table were also calculated. Additional information on nest and mate fidelity and on age of breeding birds was obtained from the banded birds. Our results indicate that the unusual nest form (limestone pinnacles) and predation by crabs may be responsible for the observed patterns of hatching and fledging success. Although the Fernando de Noronha population appears to be stable (at between 100-300 birds), a long term monitoring program would be desirable to assess fluctuations in this globally important population. Conservation strategies should focus on controlling predation by land crabs and tegu lizards.

Resumo Informações básicas sobre história natural são cruciais para acessar a viabilidade de populações, mas são ausentes para muitas espécies que necessitam de conservação. Uma destas espécies é o rabo-de-palha-de-bico-laranja, Phaethon lepturus Daudin, 1802. Aqui, vamos abordar o déficit de dados para esta espécie, fornecendo informações detalhadas sobre a biologia reprodutiva, tamanho da população, distribuição e ameaças em Fernando de Noronha, Brasil – a maior colônia de P. lepturus no Atlântico Sul. Acompanhamos a reprodução do rabo-de-palha-de-bico-laranja de Agosto de 2010 a Janeiro de 2011 monitorando ninhos e seus conteúdos. A estimativa da população foi obtida através de uma combinação de busca ativa de ninhos e censo no mar entre 2010 e 2012. O sucesso reprodutivo foi avaliado por métodos tradicionais. A curva de crescimento da coorte e a tabela de vida também foram obtidas. Além disso, informações sobre fidelidade ao ninho e parceiro e, a idade de reprodutores foi obtida a partir das aves anilhadas anteriormente. Nossos resultados indicam que a forma incomum de ninho (pináculos de calcário) e a predação por caranguejos podem ser responsáveis pelo sucesso observado de eclosão e recrutamento. A população de Fernando de Noronha parece estar estável entre 100-300 aves. No entanto, um programa de monitoramento a longo prazo seria desejável para avaliar as flutuações desta população globalmente importante. As estratégias de conservação devem se concentrar em controlar a predação por caranguejos e lagartos teiú.
Descritores: Reprodução/fisiologia
Aves/fisiologia
Cruzamento/estatística & dados numéricos
Comportamento de Nidação/fisiologia
-Comportamento Predatório
Brasil
Conservação dos Recursos Naturais
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 161 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-839149
Autor: Domingos, A R; Arcifa, M S.
Título: Distribution and fluctuations of backswimmers (Notonectidae) in a tropical shallow lake and predation on microcrustaceans / Distribuição e flutuação de notonectídeos (Notonectidae) em um lago tropical raso e a predação sobre microcrustáceos
Fonte: Braz. j. biol;77(1):108-117, Jan-Mar. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Notonectids are widely distributed in freshwaters and can prey on zooplankton in temperate lakes. However, its role in structuring the zooplankton community is unknown in tropical lakes. Thus, our objective was to study the notonectid Martarega uruguayensis in a Brazilian tropical shallow lake to evaluate its potential as a zooplankton predator. Its horizontal distribution was analized in the lake throughout one year in fortnightly samplings. Backswimmers were more abundant (mean density 162.9 ± 25.8 ind.m–2) in the cool-dry season, with a strong preference by the littoral zone (mean density 139.9 ± 17.5 ind.m–2). Laboratory experiments were undertaken with young and adult notonectid and the two most abundant cladocerans, Daphnia gessneri and Ceriodaphnia richardi, as prey. Predation by backswimmers in the laboratory showed that only juveniles fed on microcrustaceans (mean ingestion rate of 1.2 ± 0.2 Daphnia and 1.0 ± 0.2 Ceriodaphnia per predator per hour), without size selectivity. Adult insects probably have difficulties in detecting and manipulating small planktonic organisms. On the other hand, young instars might influence zooplankton community, especially in the littoral zone of the lake. This study does contribute to a better understanding of trophic interactions in tropical shallow lakes and is the first to investigate the predation of a notonectid on microcrustaceans from Lake Monte Alegre.

Resumo Notonectídeos são amplamente distribuídos em águas continentais e podem predar zooplâncton em lagos temperados. Porém, seu papel na estruturação de comunidades zooplanctônicas é desconhecido em lagos tropicais. Então, nosso objetivo foi estudar o notonectídeo Martarega uruguayensis em um lago tropical raso brasileiro para avaliar seu potencial como predador do zooplâncton. Sua distribuição horizontal foi analisada no lago durante um ano em coletas quinzenais. Os notonectídeos foram mais abundantes (densidade média 162,9 ± 25,8 ind.m–2) na estação fria-seca, com nítida preferência pela zona litorânea (densidade média 139,9 ± 17,5 ind.m–2). Foram feitos experimentos de laboratório com jovens e adultos de notonectídeo e as duas espécies de cladóceros mais abundantes, Daphnia gessneri and Ceriodaphnia richardi, como presas. No laboratório, somente os jovens predaram os microcrustáceos (taxa média de ingestão 1,2 ± 0,2 Daphnia e 1,0 ± 0,2 Ceriodaphnia por predador por hora), sem haver seletividade. Os insetos adultos provavelmente têm dificuldade em detectar e manipular pequenos organismos planctônicos. Por outro lado, os estádios jovens podem influenciar a comunidade zooplanctônica, especialmente na zona litorânea do lago. Esse estudo contribui para uma melhor compreensão sobre interações tróficas em lagos tropicais rasos e é o primeiro a investigar a predação de um notonectídeo sobre microcrustáceos do Lago Monte Alegre.
Descritores: Comportamento Predatório
Lagos
Heterópteros
Crustáceos
-Zooplâncton
Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 161 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888753
Autor: Domingos, A R; Arcifa, M S.
Título: Spatial and temporal distribution of gerrid (Heteroptera) and predation on microcrustaceans from a tropical shallow lake / Distribuição espacial e temporal de gerrídeo (Heteroptera) e a predação sobre microcrustáceos de um lago tropical raso
Fonte: Braz. j. biol;77(2):289-298, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Predator-prey interactions involving an aquatic insect and zooplanktonic prey of different sizes were investigated to quantify prey mortality exposed to predators. Laboratory experiments were undertaken with the young and adult gerrid Rheumatobates crassifemur to test predation and size selectivity on the cladocerans Daphnia gessneri, Ceriodaphnia richardi, and Bosmina tubicen. Population fluctuations and spatial distribution of the gerrid were also evaluated in a small and shallow Brazilian lake throughout 12 months in fortnightly samples. The insects were more abundant in the littoral (mean density 7.0 ± 1.2 ind.m-2) compared to the limnetic zone. The period with the highest densities was late January to June, in both zones. Predation by young instars on Daphnia and Ceriodaphnia was significant (mean ingestion rate of 1.3 ± 0.1 D. gessneri and 0.7 ± 0.1 C. richardi per predator per hour). Adult insect fed only the large-sized prey (mean ingestion rate of 1.0 ± 0.1 D. gessneri per predator per hour). Young gerrids have greater potential to prey on cladocerans than adults, and size selectivity occurred for both predators. Preference of adults by the larger prey is probably related to difficulties in manipulating smaller planktonic prey, such as Ceriodaphnia. Due to higher densities of insects in the littoral, higher predation on zooplankton in this zone is expected. This study does contribute to a better understanding of trophic interactions in tropical shallow lakes and is the first to investigate predation of a gerrid on cladocerans in laboratory experiments.

Resumo Foram investigadas as interações predador-presa, envolvendo inseto aquático e presas zooplanctônicas de diferentes tamanhos para quantificar a mortalidade das presas expostas a predadores. Experimentos de laboratório foram realizados com jovens e adultos do gerrídeo Rheumatobates crassifemur para testar a predação e a seletividade por tamanho das espécies de cladóceros Daphnia gessneri, Ceriodaphnia richardi e Bosmina tubicen. Flutuações populacionais e a distribuição espacial do gerrídeo também foram avaliadas em um lago brasileiro pequeno e raso durante 12 meses em amostras quinzenais. Os insetos foram mais abundantes no litoral (densidade média 7,0 ± 1,2 ind.m-2) em comparação com a zona limnética. Maiores densidades ocorreram de fim de janeiro a junho, em ambas as zonas. A predação dos jovens foi significativa sobre Daphnia e Ceriodaphnia (taxa de ingestão média 1,3 ± 0,1 D. gessneri and 0,7 ± 0,1 C. richardi por predador por hora). Adultos predaram somente a presa maior (taxa de ingestão média 1,0 ± 0,1 D. gessneri por predador por hora). Gerrídeos jovens têm um maior potencial para predar cladóceros que os adultos, e seletividade por tamanho ocorreu para ambos. A preferência dos adultos somente pela presa maior provavelmente está relacionada à dificuldade em manipular pequenas presas planctônicas como Ceriodaphnia. Devido às maiores densidades de insetos no litoral, é esperada maior predação sobre o zooplâncton nesta zona. Este estudo contribui para uma melhor compreensão sobre interações tróficas em lagos tropicais rasos e é o primeiro a investigar a predação de um gerrídeo sobre cladóceros em experimentos de laboratório.
Descritores: Comportamento Predatório
Heterópteros/fisiologia
Cadeia Alimentar
Cladóceros/crescimento & desenvolvimento
Distribuição Animal
-Estações do Ano
Zooplâncton/crescimento & desenvolvimento
Brasil
Lagos
Daphnia/crescimento & desenvolvimento
Análise Espacial
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 17 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde