Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.488 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 546 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 55 ir para página                         

  1 / 546 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1116568
Autor: Pourhaji, Fatemeh; Delshad, Mohammad Hossein; Tavafian, Sedigheh Sadat; Hidarnia, Alireza; Niknam, Shamsodin.
Título: Factors predicting the oral health behaviors of the Iranian students in the District 1 Tehran, Iran
Fonte: Braz. j. oral sci;19:e206579, jan.-dez. 2020. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Aim: The purpose of this examination is determining the predictors of oral health behaviors among Iranian students in district 1 Tehran based on the health belief model with added commitment to plan construct. Methods: This cross-sectional study was conducted on 351 four grade female students in the first district of Tehran, Iran in 2017. The multi­stage random cluster sampling method was used to recruit students. The inclusion criteria were being in four ­ graded level of elementary schools of the 1st district in Tehran, being female students aged between 9-11 years and being physically and psychologically healthy student. Logistic regression analysis was used to identify the variables that predict oral health behaviors. Results: Totally, (N= 31.8%) students reported that they were brushing less than twice a day and (N= 55.2% ) students claimed using of dental floss once a week or less than once a day. The results indicated that perceived self-efficacy (OR=1.46, 95% CI=0.57-3.78, P<0.001), commitment to plan (OR=1.13, 95% CI=1.04-1.23, P<0.001) and cues to action (OR=1.42, 95% CI=1.14­1.76, P=0.002) were the significant predicting variables of brushing twice a day, and use of dental floss once a day or more (OR=1.02, 95% CI=0.23-3.53, P=0.003). Conclusion: This study has shown the effectiveness of the health belief model with added commitment to plan construct to predict oral health behavior in female students. Thus, it seems that the model as a acceptable framework for designing training programs to improve oral health behavior in students
Descritores: Estudantes
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Saúde Bucal
Educação em Saúde Bucal
Irã (Geográfico)
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Responsável: BR218.1 - Biblioteca Carlos Henrique Robertson Liberalli


  2 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-902313
Autor: Álvarez Escobar, María del Carmen.
Título: ¿Qué pasa cuando el paciente es el médico? Dilema en la relación médico-paciente / What happens when the patient is the doctor? Dilemma in the relation physician-patient
Fonte: Rev. medica electron;40(2):524-526, mar.-abr. 2018. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Relações Médico-Paciente
Médicos/ética
-Racionalização
Autocuidado
Papel do Doente/ética
Estudantes de Medicina
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Conflito de Interesses
Cuidados Médicos
Má Conduta Profissional
Análise Ética
Educação de Graduação em Medicina
Ética Profissional
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  3 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1099187
Autor: TEIXEIRA, Fernanda Cristina Figueira; MARÍN-LEÓN, Letícia; GOMES, Everton Padilha; PEDRÃO, Alice Moreira Neves; PEREIRA, Alexandre da Costa; FRANCISCO, Priscila Maria Stolses Bergamo.
Título: Perda de inserção periodontal e associações com indicadores de risco sociodemográficos e comportamentais / Periodontal attachment loss and associations with sociodemographic and behavioral risk indicators
Fonte: Rev. odontol. UNESP (Online);48:e20190095, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Introdução A perda de inserção clínica periodontal (PIP) tem sido indicada como parâmetro determinante para o estudo de indicadores de risco de periodontite crônica. Objetivo Descrever a prevalência, severidade e extensão de PIP em um grupo populacional que se abstém de álcool e tabaco, além de avaliar associações com características sociodemográficas e comportamentais dos participantes. Método Uma amostra de 420 indivíduos adultos, participantes do Estudo Advento (São Paulo), foi submetida ao exame periodontal de seis sítios por dente e respondeu um questionário estruturado. As associações foram verificadas por meio de análise de regressão logística múltipla. Resultado A prevalência de periodontite foi de 20,7% e de gengivite, 38,8%; a PIP média foi de 1,38 mm (± 0,5) e a perda dental, 5,4 (± 9,0). A prevalência de PIP ≥ 3 mm, ≥ 4 mm e ≥ 6 mm foi de 69,7%, 31,7% e 9,6% dos indivíduos, e 11,4%, 4,4% e 1,2% dos dentes por indivíduo, respectivamente. Houve associação significativa de PIP ≥ 4 mm com sexo masculino, idade superior a 55 anos, baixa escolaridade, placa visível, autocuidado irregular, falta de orientação em higiene bucal e doença sistêmica referida. Para PIP ≥ 6 mm, foi observada maior razão de chances para as variáveis idade e doença sistêmica. Conclusão O grupo populacional estudado apresentou baixa extensão e severidade de PIP, possivelmente pelas características da amostra. As associações de risco encontradas confirmam a necessidade de atenção integral ao paciente, incluindo o incentivo à prevenção e ao controle de doenças crônicas, ao lado de orientações específicas para higiene bucal.

Abstract Introduction Clinical attachment loss (CAL) has been indicated as a determining parameter for the study of risk indicators of chronic periodontitis. Objective To describe the prevalence, severity and extent of CAL in a population group that abstains from alcohol and tobacco use and to evaluate associations with sociodemographic and behavioral characteristics of participants. Method A sample of 420 adult individuals, participants of the Advento Study (São Paulo) were submitted to a periodontal examination of six sites per tooth and answered a structured questionnaire. Associations were verified by multiple logistic regression analysis. Result Prevalence of periodontitis was 20.7% and gingivitis 38.8%; mean CAL was 1.38mm (±0.5) and dental loss 5.4 (±9.0). Prevalence of CAL ≥3 mm, ≥4 mm and ≥6 mm was 69.7%, 31.7% and 9.6% of the individuals, affecting 11.4%, 4.4% and 1.2% of the teeth per individual, respectively. After adjustments, there was a significant association of CAL ≥4 mm with males, over 55 years of age, low education, visible plaque, irregular self-care, lack of oral hygiene guidance and reported systemic disease. For CAL ≥6 mm, there was a higher odds ratio for the variables age group and systemic disease. Conclusion The population group studied presented low extension and severity of CAL, possibly due to the sample characteristics. The risk associations found confirm the need for comprehensive patient care, including encouraging prevention and control of chronic diseases, along with specific oral hygiene guidelines.
Descritores: Periodontite/epidemiologia
Fatores de Risco
Perda da Inserção Periodontal
-Comportamentos Relacionados com a Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves


  4 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-281483
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde; .Centro de Estudos do Laboratório de Aptidäo Física de Säo Caetano do Sul; .Programa Agita Säo Paulo.
Título: Manifesto de Säo Paulo para a promoçäo da atividade física nas Américas / The Säo Paulo manifesto promoting physical activity in the Americas.
Fonte: Säo Paulo; Celafiscs; s.d. [8] p.
Idioma: pt.
Descritores: Comportamentos Relacionados com a Saúde
Educação em Saúde/normas
Promoção da Saúde
-Guias como Assunto/normas
Atividades Humanas/educação
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR92.1; S239m


  5 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-333310
Autor: Matsudo, Victor.
Título: The "Agita São Paulo" experience in promoting physical activity
Fonte: West Indian med. j;51(Supl.1):48-50, Mar.7-10, 2002.
Idioma: en.
Descritores: Comportamentos Relacionados com a Saúde
Exercício Físico
-Brasil
Programas Governamentais
Fatores Etários
Comportamento Alimentar
Saúde Global
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Cesar, Chester Luiz Galväo
Alves, Maria Cecilia Goi Porto
Texto completo
Id: lil-586140
Autor: Lima, Margareth Guimarães; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; César, Chester Luiz Galvão; Goldbaum, Moisés; Carandina, Luana; Alves, Maria Cecília Goi Porto.
Título: Health-related behavior and quality of life among the elderly: a population-based study / Comportamentos relacionados a saúde e qualidade de vida em idosos: um estudo de base populacional / Conductas relacionadas con la salud y calidad de vida en ancianos: un estudio de base poblacional
Fonte: Rev. saúde pública = J. public health;45(3):485-493, jun. 2011. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To assess the association between health-related behaviors and quality of life among the elderly. METHODS: A population-based cross-sectional study was carried out including 1,958 elderly living in four areas in the state of São Paulo, southeastern Brazil, 2001/2002. Quality of life was assessed using the Medical Outcomes Study SF-36-Item Short Form Health Survey instrument. This instrument's eight subscales and two components were the dependent variables. Independent variables were physical activity, weekly frequency of alcohol consumption and smoking. Multiple linear regression models were used to control for the effect of gender, age, schooling, work, area of residence and number of chronic conditions. RESULTS: Physical activity was positively associated with the eight SF-36 subscales. The stronger associations were found for role-physical (β=11.9), physical functioning (β=11.3) and physical component. Elderly individuals who consumed alcohol at least once a week showed a better quality of life than those did not consume alcohol. Compared to non-smokers, smokers had a poorer quality of life for the mental component (β=-2.4). CONCLUSIONS: The study results showed that physical activity, moderate alcohol consumption and no smoking are positively associated with a better quality of life in the elderly.

OBJETIVO: Analisar a associação de comportamentos saudáveis com a qualidade de vida relacionada à saúde em idosos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional que envolveu 1.958 idosos residentes em quatro áreas do estado de São Paulo, em 2001/2002. A qualidade de vida foi aferida com o uso do instrumento Medical Outcomes Study SF-36-Item Short Form Health Survey. As oito escalas e os dois componentes do instrumento constituíram as variáveis dependentes e as independentes foram atividade física, freqüência semanal de ingestão de bebida alcoólica e hábito de fumar. Modelos de regressão linear múltipla foram usados para controlar o efeito de sexo, idade, escolaridade, trabalho, área de residência e número de doenças crônicas. RESULTADOS: Atividade física foi positivamente associada com as oito escalas do SF-36. As maiores associações foram encontradas em aspectos físicos (β = 11,9), capacidade funcional (β = 11,3) e no componente físico. Idosos que ingeriam bebida alcoólica pelo menos uma vez por semana apresentaram melhor qualidade de vida do que os que não ingeriam. Comparados com os que nunca fumaram, os fumantes tiveram pior qualidade de vida no componente mental (β = -2,4). CONCLUSÕES: Os resultados apresentam que praticar atividade física, consumir bebida alcoólica moderadamente e não fumar são fatores positivamente associados a uma melhor qualidade de vida em idosos.

OBJETIVO: Analizar la asociación de conductas saludables con la calidad de vida relacionada con la salud en ancianos. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional que involucró 1.958 ancianos residentes en cuatro áreas del Estado de Sao Paulo, Sureste de Brasil, en 2001/2002. La calidad de vida fue estimada con el uso del instrumento Medical Outcomes Study SF-36-item Short Form Health Survey. Las ocho escalas y los dos componentes del instrumento constituyeron las variables dependientes y las independientes fueron actividad física, frecuencia semanal de ingestión de bebida alcohólica y hábito de fumar. Modelos de regresión linear múltiple fueron usados para controlar el efecto del sexo, edad, escolaridad, trabajo, área de residencia y número de enfermedades crónicas. RESULTADOS: Actividad física fue positivamente asociada con las ocho escalas del SF-36. Las mayores asociaciones fueron encontradas en aspectos físicos (β = 11,9), capacidad funcional (β =11,6) y en el componente físico. Ancianos que ingirieron bebida alcohólica por lo menos una vez por semana presentaron mejor calidad de vida que aquellos que no ingirieron. Los fumadores tuvieron peor calidad de vida en el componente mental (β =-2,4), al compararlos con los que nunca fumaron. CONCLUSIONES: Los resultados presentan que practicar actividad física, consumir bebida alcohólica moderadamente y no fumar son factores positivamente asociados a una mejor calidad de vida en ancianos.
Descritores: Comportamentos Relacionados com a Saúde
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Estilo de Vida
Atividade Motora/fisiologia
Qualidade de Vida
-Brasil
Doença Crônica
Estudos Transversais
Inquéritos Epidemiológicos
Inquéritos e Questionários
Fatores Socioeconômicos
Limites: Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-536635
Autor: Matsudo, Sandra; Matsudo, Victor; Araujo, Timóteo; Andrade, Douglas; Oliveira, Luis; Santos, Mauricio; Silva, Leonardo.
Título: Do diagnóstico à ação: a experiência do Programa Agita São Paulo na promoção do estilo de vida ativo / From diagnosis to action: the experience of Agita São Paulo program in promoting an active lifestyle
Fonte: Rev. bras. ativ. fís. saúde;13(3), set.-dez. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: O Programa Agita São Paulo aplica uma abordagem multi-nível de intervenção para a promoção da física atividade entre os 40 milhões de habitantes do estado de São Paulo, Brasil. Desde seu lançamento em 1996, o programa tem sido amplamente utilizado como exemplo em todo o Brasil e em outros países da América Latina, e a Organização Mundial da Saúde tem caracterizado-o como um modelo para outros países em desenvolvimento. O Agita São Paulo incentiva as pessoas a adotarem um estilo de vida ativo, acumulando pelo menos 30 minutos de atividade física moderada por dia, na maioria dos dias da semana. O Programa tem três principais grupos-alvo: estudantes, trabalhadores, e os idosos. São organizados mega-eventos que simultaneamente visam atingir e envolver um grande número de pessoas, como também realiza cursos e atividades com instituições que se tornam parceiras do Programa. Algumas das características especiais e de lições aprendidas com o Programa Agita São Paulo, pode ter contribuído para o seu crescimento, incluindo: uma abordagem multi-setorial, ampla utilização de parcerias, base científica para todas as atividades, a extensa cobertura de mídia não paga que o Programa tem recebido numa abordagem de dois chapéus, utilizando métodos que permitem promover atividade física tanto em setores governamentais como não-governamentais em função das circunstâncias culturais (utilizando a cultura local para disseminar a mensagem do programa) incentivando atividades que são agradáveis e simples. Essas características ajudaram a tornar o Programa Agita São Paulo um modelo que poderia ser utilizado em outros países como uma forma eficaz de promover a saúde através da atividade física.

The Agita São Paulo Program applies a multilevel intervention approach to promoting physical activity among the 40 million inhabitants of the state of São Paulo, Brazil. Since being launched in 1996, the Program has been widely copied throughout Brazil and in other countries of Latin America, and the World Health Organization has characterized it as a model for other developing countries. The Agita São Paulo message encourages people to adopt an active lifestyle by accumulating at least 30 minutes of moderate physical activity per day, on most days of the week. The Program has three main target groups: students, workers, and the elderly. The Program organizes mega-events that simultaneously reach and involve large numbers of people, and it also conducts ongoing activities with institutions that become partners of the Program. A number of the special features of and lessons learned from the Agita São Paulo Program may have contributed to its success, including: a multisectorial approach; broad use of partnerships; the inclusion principle (avoiding messages or attitudes that might exclude any social group); the scientific basis for all the Program activities; the extensive free media coverage that the Program has received; a twohats approach, using either governmental or nongovernmental methodologies to promote physical activity, depending on the circumstances; cultural adaptation (using local culture to disseminate the message and make its assimilation easier); encouraging activities that are pleasurable. These distinctive characteristics help make the Agita São Paulo Program model that could be used in other countries as an effective way to promote health through physical activity.
Descritores: Aptidão Física/fisiologia
Atividade Motora/fisiologia
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/métodos
Comportamentos Relacionados com a Saúde/etnologia
-Estilo de Vida
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  8 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Cesar, Chester Luiz Galväo
Alves, Maria Cecilia Goi Porto
Texto completo
Id: lil-598420
Autor: Amorim, Vivian Mae Schmidt Lima; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; César, Chester Luiz Galvão; Goldbaum, Moisés; Carandina, Luana; Alves, Maria Cecília Goi Porto.
Título: Fatores associados à realização dos exames de rastreamento para o câncer de próstata: um estudo de base populacional / Factors associated with prostate cancer screening: a population-based study
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;27(2):347-356, fev. 2011. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; . Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.
Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência da realização dos exames de rastreamento para o câncer de próstata em homens com 50 anos ou mais de idade, segundo variáveis socioeconômicas, demográficas, de comportamentos relacionados à saúde e presença de morbidade. O estudo foi do tipo transversal, de base populacional, e as análises estatísticas consideraram o delineamento da amostra. Os fatores associados à não realização dos exames de rastreamento do câncer de próstata, foram: ter de idade menor que 70 anos, ter escolaridade de até 8 anos, renda familiar per capita menor que 0,5 salário mínimo, não ter diabetes, ter limitação visual e não ter ido ao dentista no último ano. O SUS foi responsável pela realização de 41 por cento dos exames de rastreamento do câncer de próstata referidos. Este estudo apontou que apesar da controvérsia sobre e efetividade do toque retal e da dosagem do Antígeno Específico Prostático (PSA) para a detecção do câncer de próstata, parcela significativa da população masculina vem realizando estes exames para os quais existem significativas desigualdades socioeconômicas quanto ao acesso.

The aim of this study was to analyze the prevalence of prostrate cancer screening among men aged 50 years or older based on socioeconomic, demographic, and health-related behavioral variables and the presence of morbidity. A population-based cross-sectional study was performed. The following factors were associated with failure to undergo screening: age under 70 years; less than eight years of schooling; per capita household income less than one-half the minimum wage; not having diabetes; lack of visual impairment; and lack of visit to the dentist in the previous year. The Brazilian public healthcare system accounted for 41 percent of the reported prostate cancer screening tests. According to the present study, despite controversy over the effectiveness of digital rectal examination and prostrate-specific antigen for detecting prostate cancer, a significant portion of the male population has been undergoing these tests, the access to which displays significant socioeconomic inequalities.
Descritores: Programas de Rastreamento
Neoplasias da Próstata
-Brasil
Estudos Transversais
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Neoplasias da Próstata
Neoplasias da Próstata
Fatores Socioeconômicos
Limites: Idoso
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 546 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933188
Autor: Santos, Kátia Ferreira dos.
Título: O tear de Penélope: a percepção dos educadores sobre a escola promotora de saúde.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 130 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivos identificar o entendimento e a percepção dos educadores de uma escola pública paulistana com relação ao tema da educação em saúde e da promoção da saúde na escola, bem como às práticas desenvolvidas no ambiente escolar para promover saúde. Realizou-se um estudo onde foram combinadas três diferentes técnicas para a coleta de dados: análise documental, questionários auto-aplicáveis e grupo focal. Os dados foram interpretados de forma conjunta, com o objetivo de permitir uma análise mais profundada. Os dados coletados foram organizados em quatro categorias: o entendimento sobre saúde e a promoção da saúde dentro da escola; a assistência à saúde na escola; referenciais pedagógicos para a prática escolar dos educadores, e queixa profissional dos educadores. Os resultados mostraram que as práticas educacionais eram bastante heterogêneas, mas houve a predominância de uma concepção especialista, ou seja, o professor de ciências foi considerado o mais habilitado para formar práticas de educação em saúde. Também houve, em geral, uma tendência a uma visão assistencialista, baseada na preocupação com o cuidado no momento atual, sem preocupação com as condições históricos sociais da comunidade escolar. Quanto ao desenvolvimento de ações relacionadas às promoção de saúde, a maioria dos professores excluiu-se do processo de planejamento, atribuindo esta autonomia ao diretor e ao coordenador pedagógico. Assim, o seu papel se marcou pela execução de tarefas. Ficou evidenciada, entre os educadores, a existência de uma contradição entre o pensar e o fazer. Embora a maioria não participasse de entidades civis, os educadores referiram-se ao estabelecimento de um sistema de parceria com a comunidade e instituições da sociedade civil como algo importante para construção de um conhecimento compartilhado para a Promoção sa Saúde
Descritores: Comportamentos Relacionados com a Saúde
Educação em Saúde
Educadores em Saúde
Promoção da Saúde
Serviços de Saúde Escolar
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, S231t, 2006


  10 / 546 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-932919
Autor: São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica Professor Alexandre Vranjac.
Título: Informe técnico: campanha estadual de busca de casos de tuberculose: orientações operacionais, 2000.
Fonte: São Paulo; s.n; 2000. [06] p. graf.
Idioma: pt.
Descritores: Estudos de Casos e Controles
Incidência
Tuberculose
-Doenças Endêmicas
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Promoção da Saúde/normas
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; 325



página 1 de 55 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde