Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.488.738 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1281532
Autor: Uruguay. Ministerio de Salúd Pública. Dirección General de Salud.
Título: Manual de fiscalización para el control del tabaco / Inspection manual for tobacco control.
Fonte: [Montevideo]; Ministerio de Salud Pública; 2017. 47 p. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Controle e Fiscalização de Produtos Derivados do Tabaco
-Uruguai
Normas Jurídicas
Redução do Consumo de Tabaco
Limites: Humanos
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina
UY1.1; 34T, MAN; UY1.1; WM290, MAN


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1136409
Autor: Tamashiro, Eliza Maria; Milanez, Helaine Maria; Azevedo, Renata Cruz Soares de.
Título: Because of the baby: reduction on drug use during pregnancy / Por causa do bebê: redução do uso de drogas por gestantes
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);20(1):313-317, Jan.-Mar. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: evaluate changes in the use of psychoactive substances (PAS) throughout pregnancy. Methods: longitudinal study, with pregnant women users of PAS at a prenatal follow-up. Results: 76 pregnant women used: tobacco (84.2%, n=64), alcohol (73.7%, n=56), cocaine (27.6%, n=21), marijuana (26.3%, n=20) and crack (13.1%, n=10). Spontaneous interruption had occurred in 60% (n=6) of crack users, 57.1% (n=12) of cocaine and 50% (n=28) of alcohol. After the Brief Intervention, 78.9% (15 of the total of 19) of alcohol users and 70% (7 of the total of 10) of marijuana users discontinued the consumption and there was a reduction in smoking cigarettes. Conclusions: the spontaneous reduction in the consumption of PAS and after the interventions, pregnancy is a window of opportunity to reduce the use of drugs.

Resumo Objetivos: avaliar mudanças no uso de substâncias psicoativas (SPA) durante a gravidez. Métodos: estudo longitudinal, com gestantes usuárias de SPA em seguimento pré-natal. Resultados: 76 gestantes, que utilizavam: tabaco (84,2%, n=64), álcool (73,7%, n=56), cocaína (27,6%, n=21), maconha (26,3%, n=20) e crack (13,1%, n=10). Houve interrupção espontânea em 60% (n=6) das usuárias de crack, 57,1% (n=12) de cocaína e 50% (n=28) de álcool. Após Intervenção Breve, cessaram o consumo 78,9% (15 do total de 19) das usuárias de álcool e 70% (7 do total de 10) de maconha, e as tabagistas diminuíram o número de cigarros. Conclusões: a redução do consumo de SPA espontânea e após intervenções reforçam a gravidez como janela de oportunidade para abordagem do uso de drogas.
Descritores: Complicações na Gravidez
Cuidado Pré-Natal
Psicotrópicos
Drogas Ilícitas
Gravidez de Alto Risco
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/complicações
Intervenção na Crise
Redução do Consumo de Tabaco
-Consumo de Bebidas Alcoólicas
Fumar Maconha
Estudos Longitudinais
Cocaína Crack
Cocaína
Serviços de Saúde Materno-Infantil
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-977716
Autor: Malta, Deborah Carvalho; Bernal, Regina Tomie Ivata; Vieira Neto, Eduardo; Curci, Katia Audi; Pasinato, Maria Tereza de Marsillac; Lisbôa, Raquel Medeiros; Cachapuz, Renata Fernandes; Coelho, Karla Santa Cruz.
Título: Tendências de fatores de risco e proteção de doenças crônicas não transmissíveis na população com planos de saúde no Brasil de 2008 a 2015 / Trends in risk and protective factors for non-communicable diseases in the population with health insurance in Brazil from 2008 to 2015
Fonte: Rev. bras. epidemiol;21(supl.1):e180020, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: Objetivo: Analisar as tendências de fatores de risco e proteção de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) e do acesso a exames preventivos na população com planos de saúde nas capitais brasileiras entre 2008 e 2015. Métodos: Trata-se de estudo transversal, analisando dados coletados do Sistema Nacional de Vigilância de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de adultos com 18 anos e mais. Foram analisadas tendências de indicadores de DCNT entre os usuários de planos de saúde, em cerca de 30 mil entrevistas a cada ano, entre 2008 e 2015. Utilizou-se o modelo de regressão linear simples para o cálculo das tendências. Resultados: Usuários de planos de saúde apresentaram aumento das prevalências de fatores de proteção como o consumo de frutas e legumes e atividade física no lazer; houve redução de fatores de risco como tabagismo, consumo de refrigerantes, aumento na cobertura de mamografia e declínio na prevalência do tabagismo. Entretanto, ocorreu aumento do excesso de peso, obesidade e diabetes. Conclusão: Existem diferenças segundo sexo, e em geral as mulheres acumulam mais fatores de proteção e homens, mais fatores de risco.

ABSTRACT: Objective: To analyze trends in risk and protective factors for non-communicable diseases (NCD) and access to preventive tests in the population with health insurance in Brazilian state capitals between 2008 and 2015. Methods: This is a cross-sectional study that analyzed data collected from the Surveillance of Risk and Protective Factors for non-communicable diseases (NCD) Telephone Survey (Sistema Nacional de Vigilância de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico - Vigitel) on adults aged 18 years and older. We analyzed trends in NCD indicators among health insurance users in approximately 30 thousand interviews done between 2008 and 2015. We used the simple linear regression model to calculate the trends. Results: Health insurance users showed an increase in the prevalence of protective factors such as fruit and vegetable consumption, and physical activity in leisure time. Also, there was a decrease in risk factors such as smoking and soft drink consumption, increase in mammography coverage, and a drop in smoking prevalence. However, overweight, obesity, and diabetes increased. Conclusion: There are differences according to gender, and, in general, women accumulate more protective factors and men, more risk factors.
Descritores: Inquéritos Epidemiológicos/estatística & dados numéricos
Doenças não Transmissíveis/epidemiologia
Seguro Saúde/tendências
-Fatores Socioeconômicos
Estudos de Tempo e Movimento
Brasil/epidemiologia
Mamografia/tendências
Mamografia/estatística & dados numéricos
Exercício Físico/psicologia
Prevalência
Estudos Transversais
Entrevistas como Assunto/estatística & dados numéricos
Fatores de Risco
Distribuição por Sexo
Diabetes Mellitus/epidemiologia
Sobrepeso/epidemiologia
Comportamento Alimentar/psicologia
Fatores de Proteção
Redução do Consumo de Tabaco/estatística & dados numéricos
Seguro Saúde/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde