Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.527.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 77 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 77 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-526652
Autor: Moraes, Vera Lúcia Sampaio.
Título: Sobrepeso, obesidade e compulsão bucal entre mulheres de baixa renda na cidade de Carapicuiba-SP / Overwight, obesity and mouth compulsion among low income women in the city of Carapicuíba-SP.
Fonte: São Paulo; s.n; 2009. 102 p. ilus, mapas, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O crescente aumento de incidência da obesidade nas últimas décadas, tanto nos países desenvolvidos como nos em desenvolvimento, tornou esse desvio nutricional como o principal problema de saúde pública para o século XXI. O aumento de prevalência da obesidade no Brasil tem sido relevante e mais observado em famílias de baixo poder aquisitivo, especialmente entre as mulheres. O Brasil, país que ainda apresenta grupos populacionais que vivem em risco de carência nutricional, enfrenta um momento epidemiológico de transição nutricional com um maior crescimento dos desvios nutricionais que acarretam excesso de peso. Dessa forma, o Brasil vive atualmente uma situação nutricional paradoxal e as razões desse fenômeno precisam ser melhores explicadas, especialmente o maior crescimento da obesidade em mulheres de baixa renda. Portanto, o intuito deste estudo foi pesquisar as causas que contribuem para obesidade. Como principais causas, observamos queixas de ansiedade, “nervosismo”, frustrações e depressão. Foi observado no grupo de mulheres de baixa renda da cidade de Carapicuíba-SP que, a conscientização do corpo obeso foi adquirida através do profissional de saúde. Evidenciou-se uma complexidade na história de vida destas mulheres perseguidas pela dor, doenças, privações financeiras, abusos sexuais, fome, miséria, falta de informações e sobrecarga de trabalho. Diante dessa realidade, a obesidade tornou-se secundária, advindo como forma de alívio através da alimentação. Concluímos que o trabalho de conscientização psicoterápico no tratamento da obesidade, possibilitando a interação das pessoas com seu próprio corpo, a família e sua vida afetiva e sexual possa levar a compreensão do problema da obesidade como um sintoma e assim contribuir para uma maior eficácia do tratamento higiênico-dietético da obesidade. É importante que tratamentos específicos voltados para o problema da obesidade integrem-se à rede de saúde pública no Brasil, ressaltando-se a importância de adota...
Descritores: Comportamento Compulsivo
Fase Oral
Obesidade
Qualidade de Vida
Saúde Mental
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, M827s, 2009


  2 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-934002
Autor: Moraes, Vera Lúcia Sampaio.
Título: Sobrepeso, obesidade e compulsão bucal entre mulheres de baixa renda na cidade de Carapicuiba-SP.
Fonte: São Paulo; s.n; 2009. 102 p. ilus, map, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O crescente aumento de incidência da obesidade nas últimas décadas, tanto nos países desenvolvidos como nos em desenvolvimento, tornou esse desvio nutricional como o principal problema de saúde pública para o século XXI. O aumento de prevalência da obesidade no Brasil tem sido relevante e mais observado em famílias de baixo poder aquisitivo, especialmente entre as mulheres. O Brasil, país que ainda apresenta grupos populacionais que vivem em risco de carência nutricional, enfrenta um momento epidemiológico de transição nutricional com um maior crescimento dos desvios nutricionais que acarretam excesso de peso. Dessa forma, o Brasil vive atualmente uma situação nutricional paradoxal e as razões desse fenômeno precisam ser melhores explicadas, especialmente o maior crescimento da obesidade em mulheres de baixa renda. Portanto, o intuito deste estudo foi pesquisar as causas que contribuem para obesidade. Como principais causas, observamos queixas de ansiedade, “nervosismo”, frustrações e depressão. Foi observado no grupo de mulheres de baixa renda da cidade de Carapicuíba-SP que, a conscientização do corpo obeso foi adquirida através do profissional de saúde. Evidenciou-se uma complexidade na história de vida destas mulheres perseguidas pela dor, doenças, privações financeiras, abusos sexuais, fome, miséria, falta de informações e sobrecarga de trabalho. Diante dessa realidade, a obesidade tornou-se secundária, advindo como forma de alívio através da alimentação. Concluímos que o trabalho de conscientização psicoterápico no tratamento da obesidade, possibilitando a interação das pessoas com seu próprio corpo, a família e sua vida afetiva e sexual possa levar a compreensão do problema da obesidade como um sintoma e assim contribuir para uma maior eficácia do tratamento higiênico-dietético da obesidade. É importante que tratamentos específicos voltados para o problema da ...
Descritores: Comportamento Compulsivo
Saúde Mental
Obesidade
Fase Oral
Qualidade de Vida
Limites: Feminino
Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, M827s, 2009


  3 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-53320
Autor: Navarro Cueva, Rafael; Arévalo, María Victoria; Yupanqui, Marlyn; Girón, María; Geng, Javier; Beletti, Alicia; Valdivia, Gino.
Título: Desarrollo de un programa de modificación del comportamiento en el tratamiento y seguimiento de pacientes dependientes de drogas / Development of a behavioral modification program in treatment and follow-up of compulsive drug consuming patients
Fonte: Psicoactiva;1(1):65-88, ene.-jun. 1987. tab.
Idioma: es.
Resumo: Se reporta el tratamiento y seguimiento de pacientes consumidores compulsivos de drogas, fundamentalmente la pasta básica de cocaína. Se utilizó un programa bajo un modelo conductual-cognitivo e instruccional. Se modifica el análisis funcional tradicional para formular el trabajo terapéutico en siete áreas comportamentales: (1) Consumo de drogas; (2) Comportamiento en el tiempo libre; (3) Comportamiento en el trabajo; (4) comportamiento social; (5) Comportamiento de autoorganización y organización del medio ambiente; (6) Comportamiento de solución de problemas y toma de decisiones; (7) Reconocimiento, evoluación y modificación de los esquemas o concepciones irracionalis. En cada área se determinan los objetivos, los procedimentos terapéuticos, los métodos de control y evaluación, y los criterios de terminación de la terapia. Los pacientes cumplen con un programa de actividades y reciben terapia individual y de grupo. De 155 pacientes de sexo masculino 92 fueron dados de alta clínica, es decir, cumplieron con todos los objetivos del programa; 63 fueron dados de alta administrativa, es decir, abandonaron el tratamiento prematuramente. Se utilizó un instrumento de evaluación para determinar el logro de objetivos comportamentales y el análisis de la benzoil ecgonina (metabolito de la cocaína), cannabinoides y derivados opiáceos en la orina. Las entrevistas de seguimiento por períodos desde 6 meses a 3 años 6 meses mostraron que 14 pacientes recayeron en el consumo de drogas y, 78, o sea el 84.78% de los pacientes que terminaron con el programa permanecieron sin consumir drogas y con puntaje elevados en las siete áreas comportamentales
Descritores: Comportamento Compulsivo
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/terapia
Cocaína
-Peru
Seguimentos
Estudo de Avaliação
Limites: Humanos
Masculino
Responsável: PE51.1 - Centro de Documentación


  4 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Castiel, Luís David
Texto completo
Id: lil-684181
Autor: Bastos, Wanja; Castiel, Luis David; Cardoso, Maria Helena Cabral de Almeida; Ferreira, Marcos Santos; Gilbert, Ana Cristina Bohrer.
Título: Epidemia de fitness / Epidemic of fitness
Fonte: Saúde Soc;22(2):485-496, abr.-jun. 2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo tem como objetivo refletir sobre uma condição naturalizada e disseminada principalmente pelo campo da nova promoção à saúde e reforçada nos espaços de atuação da educação física, a que se denominou epidemia de fitness. O termo refere-se a hábitos e comportamentos obsessivos com a saúde, beleza e vitalidade, tornando-se alvo de exercício de controle por parte de especialistas. Para discuti-la realizou-se um estudo de caso em que foram submetidos à análise semiótica, por meio do método de leitura isotópica, 59 materiais de divulgação, impressos, coletados na Expo Wellness Rio 2009, uma feira de negócios inserida no Congresso Wellness Rio 2009. As categorias isotópicas que emergiram a partir da análise são as seguintes: saúde/beleza e tecnologia, saúde/beleza e especialidade e saúde/beleza e longevidade. Elas apontam para a potencialização da vitalidade humana como mola propulsora das estratégias discursivas, assim como valor recorrente que embasa ações voltadas para a melhoria das condições de saúde, imbricadas à ideia de longevidade e beleza.
Descritores: Beleza
Comportamento Compulsivo
Comportamento Obsessivo
Dieta
Educação Física e Treinamento
Estética
Imagem Corporal
Longevidade
Metabolismo
Saúde
-Estudos de Casos e Controles
Limites: Humanos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rolim, Marli Alves
Teixeira, Marina Borges
Id: biblio-1029448
Autor: Rolim, Marli Alves; Teixeira, Marina Borges; Forcella, Hideko Takeuchi.
Título: Assistência de enfermagem a pacientes com manifestaçöes de comportamento decorrentes de sintomas da neurose obsessivo-compulsiva / Nursing care to patients with obsessive-compulsive symptoms
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;19(1):47-53, abr. 1985.
Idioma: pt.
Resumo: As autoras discutem os padröes usuais de comportamento dos indivíduos neuróticos, com sintomas obsessivo-compulsivos, o significado deste comportamento e alguns dos principais pontos da assistência de enfermagem.
Descritores: Comportamento Compulsivo
Cuidados de Enfermagem
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  6 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088912
Autor: Caramalac, S. M; Caramalac, S. M; Chimenes, N. D; Palumbo, M. I. P.
Título: Clomipramina no tratamento da perseguição compulsiva da cauda em Bull Terrier - relato de caso / Clomipramine in the treatment of compulsive tail pursuit in bull terrier - case report
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(1):125-130, Jan.-Feb. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A perseguição compulsiva da cauda consiste em um distúrbio caracterizado por movimentos giratórios em círculos, lentos a rápidos com ou sem foco na cauda. É uma desordem comportamental comumente observada em cães da raça Bull Terrier, sendo mais frequente em machos, com início entre três e seis meses de idade. O diagnóstico é realizado com base no histórico do paciente junto com exames físico, neurológico e laboratoriais. O tratamento pode ser feito por meio do manejo ambiental e da retirada de fatores estressantes aliados a medicamentos antidepressivos. O objetivo deste artigo é relatar o caso de um Bull Terrier que apresentava perseguição compulsiva da cauda e teve evidente melhora clínica 75 dias após início do tratamento com clomipramina. A melhora foi ainda maior após a orquiectomia. A clomipramina consiste em um antidepressivo tricíclico promissor no tratamento de perseguição compulsiva da cauda em cães, devendo-se associar alteração no manejo ambiental e evitar gatilhos que induzam frustração, ansiedade e conflito.(AU)

The compulsive pursuit of the tail is characterized by a rotating movement in circles, slow to fast with or without focus on the tail. It is a disorder commonly observed in bull terrier dogs, being more frequent in males, beginning between 3 and 6 months of age. Diagnosis can be made based on patient history along with physical, neurological, and laboratory tests. Treatment can be done through environmental management and withdrawal of stressors allied with antidepressant drugs. The objective of this article is to report the case of a Bull Terrier that had compulsive pursuit of the tail and had evident clinical improvement 75 days after starting treatment with clomipramine. The improvement was even greater after orchiectomy. Clomipramine is the promising tricyclic antidepressant in the treatment of compulsive tail chasing in dogs. It should be associated with changes in environmental management and avoid triggers that induce frustration, anxiety and conflict.(AU)
Descritores: Clomipramina/administração & dosagem
Comportamento Compulsivo/tratamento farmacológico
Antidepressivos
Limites: Animais
Cães
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Tavares, Hermano
Texto completo
Id: biblio-959266
Autor: Scanavino, Marco D T; Ventuneac, Ana; Abdo, Carmita H N; Tavares, Hermano; Amaral, Maria L S; Messina, Bruna; Reis, Sirlene C; Martins, João P B; Parsons, Jeffrey T.
Título: Sexual compulsivity, anxiety, depression, and sexual risk behavior among treatment-seeking men in São Paulo, Brazil
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;40(4):424-431, Oct.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Objective: There is a lack of studies on negative mood states and sexual risk behavior in men of all sexual orientations who seek treatment for excessive sexual behavior (ESB). We aim to examine sexual compulsivity (SC), anxiety, depression, and sexual risk behavior in a treatment-seeking sample of men and controls. Methods: We enrolled 88 (37 [42%] gay or bisexual and 51 [58%] heterosexual) ESB outpatients and 64 controls. Assessments included the Sexual Compulsivity Scale (SCS), the Beck Anxiety Inventory (BAI), the Beck Depression Inventory (BDI), and sexual risk behaviors. Results: Compared to controls, ESB outpatients showed increased SC, anxiety, and depression, which were correlated. Regarding sex with casual partners, ESB outpatients reported more sexual intercourse, a greater number of partners, more anal intercourse, and unprotected anal intercourse. Anxiety, depression, and SC were associated with protected vaginal intercourse with a main partner, whereas they were associated with unprotected anal intercourse with a casual partner. Depression was associated with unprotected vaginal intercourse with a casual partner. Condomless anal intercourse was predicted by SC and was also reported by the heterosexual ESB outpatients (36%). Conclusion: The data contribute to the field by providing information on men of all sexual orientations who are searching for mental healthcare. The connections among these psychopathological factors and sexual risk behavior have implications for public health, clinicians, and research.
Descritores: Ansiedade/diagnóstico
Assunção de Riscos
Comportamento Sexual/psicologia
Comportamento Compulsivo/psicologia
Depressão/diagnóstico
-Ansiedade/psicologia
Escalas de Graduação Psiquiátrica
Comportamento Sexual/classificação
Brasil
Parceiros Sexuais/psicologia
Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde
Inquéritos Epidemiológicos
Preservativos/estatística & dados numéricos
Depressão/psicologia
Sexo sem Proteção/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-796276
Autor: Leite, Priscilla Lourenço; Silva, Adriana Cardoso.
Título: Psychiatric and socioeconomic aspects as possible predictors of compulsive buying behavior / Aspectos psiquiátricos e socioeconômicos como possíveis preditores de comportamento de compras compulsivas
Fonte: Trends psychiatry psychother. (Impr.);38(3):141-146, July-Sept. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: Compulsive buying can be characterized as an almost irresistible urge to buy various items. Compulsive buying disorder is a subject of growing interest to health professionals. It is a current issue and the prevalence rate in the global population is around 5 to 8%. Objectives: The main objective of this study was to identify predictors of compulsive buying in the Brazilian population, assessing possible relationships between compulsive buying, depression and anxiety. Methods: The Richmond Compulsive Buying Scale was administered to screen for compulsive buying and the Hospital Anxiety and Depression Scale was used to assess anxiety and depression in a sample of 359 participants. Pearson coefficients were used to test for correlations. Results: Our study identified an interaction between female gender and compulsion to purchase. Furthermore, people's occupations also appear to have an influence on the problem. We found a correlation between depressive symptoms and oniomania. Conclusion: Our study has certain limitations, such as the difficulty in recruiting individuals with compulsive buying disorder. Since compulsive buying is a phenomenon that is seldom investigated, it therefore remains unidentified. However, this is nevertheless a pioneering paper on the Brazilian population.

Resumo Introdução: A compra compulsiva pode ser caracterizada como um desejo quase irresistível de obter vários itens. O transtorno do comprar compulsivo tem sido objeto de interesse crescente para os profissionais de saúde. Considerado um problema atual, sua taxa de prevalência é de cerca de 5 a 8% na população mundial. Objetivos: O principal objetivo desta pesquisa foi identificar os preditores da compulsão por comprar na população brasileira, avaliando possíveis relações entre compra compulsiva, depressão e ansiedade. Métodos: A Escala de Compras Compulsivas Richmond Adaptada foi utilizada para rastreio do comprar compulsivo, e a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão, para avaliar ansiedade e depressão, em uma amostra de 359 participantes. As correlações foram determinadas usando o teste de Pearson. Resultados: Foi identificada em nosso estudo uma interação entre sexo feminino e compulsão por compras. Além disso, a ocupação parece interferir no problema. Encontramos uma correlação entre sintomas depressivos e oniomania. Conclusão: Nosso estudo apresenta algumas limitações, tais como a dificuldade em recrutar indivíduos com transtorno do comprar compulsivo. Por ser um tema pouco explorado, há uma dificuldade em identificar indivíduos acometidos. No entanto, este é um ensaio pioneiro na população brasileira.
Descritores: Comportamento Compulsivo/psicologia
Comportamento Compulsivo/epidemiologia
-Ansiedade/epidemiologia
Escalas de Graduação Psiquiátrica
Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Fatores Sexuais
Prevalência
Análise de Regressão
Comportamento Compulsivo/etiologia
Depressão/etiologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 77 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-788009
Autor: Serralta, Fernanda Barcellos; Ablon, John Stuart.
Título: Development of Brazilian prototypes for short-term psychotherapies / Desenvolvimento de protótipos brasileiros para psicoterapias de curta duração
Fonte: Trends psychiatry psychother. (Impr.);38(2):71-79, abr. jun. 2016. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul.
Resumo: Abstract Introduction: The Psychotherapy Process Q-Set (PQS) prototype method is used to measure the extent to which ideal processes of different psychotherapies are present in real cases, allowing researchers to examine how adherence to these models relates to or predicts change. Results from studies of short-term psychotherapies suggest that the original psychodynamic prototype is more suitable for studying psychoanalysis and long-term psychodynamic psychotherapy than its time-limited counterparts. Furthermore, culture probably influences how therapies are typically conducted in a given country. Therefore, it seems appropriate to develop Brazilian prototypes on which to base studies of short-term psychodynamic and cognitive-behavioral processes in this country. Objective: To develop prototypes for studying processes of short-term psychotherapies and to examine the degree of adherence of two real psychotherapy cases to these models. Methods: Expert clinicians used the PQS to rate a hypothetical ideal session of either short-term psychodynamic psychotherapy (STPP) or cognitive-behavioral therapy (CBT). Ratings were submitted to Q-type factor analysis to confirm the two groups. Regressive factor scores were rank ordered to describe the prototypes. These ideal models were correlated with ratings of actual therapy processes in two complete psychotherapy cases, one STPP and the other CBT. Results: Agreement levels between expert ratings were high and the two ideal models were confirmed. As expected, the PQS ratings for actual STPP and CBT cases had significant correlations with their respective ideal models, but the STPP case also adhered to the CBT prototype. Conclusion: Overall, the findings reveal the adequacy of the prototypes for time-limited therapies, providing initial support of their validity.

Resumo Introdução: O método dos protótipos derivados do Psychotherapy Process Q-Set (PQS) mensura em que medida processos de diferentes psicoterapias estão presentes em casos reais, permitindo pesquisadores examinarem como a adesão a esses modelos se relaciona com ou prediz a mudança. Resultados de estudos com psicoterapias breves sugerem que o protótipo psicodinâmico original é mais adequado para estudar psicanálise e psicoterapia psicodinâmica de longo prazo do que suas variantes de tempo limitado. Além disso, a cultura provavelmente influencia o modo como as psicoterapias são tipicamente conduzidas em determinado país. Portanto, parece apropriado o desenvolvimento de protótipos brasileiros para subsidiar estudos de processos psicodinâmicos e cognitivo-comportamentais de curto prazo neste país. Objetivo: Desenvolver protótipos para o estudo dos processos de psicoterapias de curta duração e examinar o grau de adesão de dois casos reais de psicoterapia a esses modelos. Métodos: Especialistas brasileiros usaram o PQS para avaliar uma sessão hipotética ideal de psicoterapia psicodinâmica breve (PPB) ou de terapia cognitivo-comportamental (TCC). A análise fatorial do tipo Q foi realizada para confirmar os dois fatores. Os escores fatoriais regressivos foram ordenados para descrever os protótipos. Os protótipos foram correlacionados com as avaliações de processos reais de terapia em dois casos completos, um de PPB e outro de TCC. Resultados: Houve alta concordância entre especialistas, e os dois modelos ideais foram confirmados. Como esperado, os escores do PQS para os casos reais de PPB e TCC apresentaram correção significativa com seus respectivos modelos ideais, mas o caso de PPB aderiu também ao protótipo TCC. Conclusões: No geral, os resultados revelam a adequação dos protótipos para terapias com tempo limitado, fornecendo suporte inicial de sua validade.
Descritores: Psicoterapia Breve/métodos
Terapia Cognitivo-Comportamental/métodos
Psicoterapia Psicodinâmica/métodos
-Ansiedade/etiologia
Ansiedade/terapia
Brasil
Análise de Regressão
Análise Fatorial
Cooperação do Paciente
Comportamento Compulsivo/terapia
Depressão/etiologia
Depressão/terapia
Cardiopatias/cirurgia
Cardiopatias/psicologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 77 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-770444
Autor: Leite, Priscilla Lourenço; Silva, Adriana Cardoso.
Título: Prevalence study of compulsive buying in a sample with low individual monthly income / Estudo de prevalência de compra compulsiva em uma amostra com baixo rendimento mensal individual
Fonte: Trends psychiatry psychother. (Impr.);37(4):209-212, Oct.-Dec. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Compulsive buying can be characterized as an almost irresistible impulse to acquire various items. This is a current issue and the prevalence rate in the global population is around 5 to 8%. Some surveys indicate that the problem is growing in young and low-income populations. Objectives: To evaluate the prevalence of compulsive buying among people with low personal monthly incomes and analyze relationships with socio-demographic data. Methods: The Compulsive Buying Scale was administered to screen for compulsive buying and the Hospital Anxiety and Depression Scale was used to assess anxiety and depression in a sample of 56 participants. Pearson coefficients were used to test for correlations. Results: The results indicated that 44.6% presented an average family income equal to or greater than 2.76 minimum wages. It is possible that compulsive buying is not linked to the purchasing power since it was found in a low-income population. Conclusion: Despite the small sample, the results of this study are important for understanding the problem in question.

Introdução: A compra compulsiva pode ser caracterizada como um impulso quase irresistível de obter diversos itens. Considerada um problema da atualidade, estima-se que sua taxa de prevalência seja em torno entre 5 a 8% na população mundial. Algumas pesquisas sinalizam um aumento do problema entre jovens e populações de baixa renda. Objetivos: Avaliar a prevalência da compra compulsiva em sujeitos com baixa renda mensal individual e analisar as relações entre os dados sociodemográficos. Método: A Compulsive Buying Scale (CBS) foi utilizada para rastrear compra compulsiva, e a Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS), para avaliar ansiedade e depressão em uma amostra de 56 participantes. Correlações foram verificadas através do teste de Pearson. Resultados: Os resultados indicaram que 44,6% apresentavam renda média familiar igual ou maior a 2,76 salários mínimos. É possível que a compra compulsiva não esteja vinculada ao poder aquisitivo, uma vez que ela foi encontrada em uma população com baixa renda. Conclusão: Embora a amostra seja pequena, os resultados obtidos são importantes para compreender o problema em questão.
Descritores: Pobreza
Comportamento Compulsivo/epidemiologia
-Ansiedade/epidemiologia
Escalas de Graduação Psiquiátrica
Brasil/epidemiologia
Prevalência
Estudos Transversais
Depressão/epidemiologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde