Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.527.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 79 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 79 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-831872
Autor: Silva, Bruna Yhang da Costa; Sousa, Michele Edmila Silva.
Título: Prevalência de compulsão alimentar periódica e avaliação do consumo alimentar de indivíduos com excesso de peso / Prevalence of binge eating disorder and assessment of food consumption in people with excess weight / Prevalencia de compulsión alimentaria periódica y valoración del consumo alimentario de individuos con exceso de peso
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;29(3):326-333, jul.-set.2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Verificar a prevalência de compulsão alimentar periódica e avaliar o consumo alimentar de indivíduos com excesso de peso. Métodos: Trata-se de um estudo observacional, de caráter transversal, realizado com pacientes com IMC igual ou superior a 25Kg/m2, pertencentes à faixa etária de 20 a 59 anos, atendidos nas duas Unidades de Saúde da Família do centro da cidade de Quixeré-CE. A amostra consistiu de 100 pessoas. Foi realizada uma entrevista para triagem da compulsão alimentar periódica. Os participantes responderam a um questionário sobre aspectos socioeconômicos, foram submetidos a uma avaliação antropométrica (peso, altura) e a ingestão alimentar foi avaliada com base em dois recordatórios alimentares. Resultados: Entre os entrevistados, 3% foram diagnosticados com CAP grave, 20% com CAP moderada e 77% não tinham Compulsão Alimentar Periódica. Pacientes com graus mais elevados de CAP apresentaram-se com maior excesso ponderal (p=0,03). Os entrevistados com a compulsão moderada e grave, em comparação àqueles sem CAP, mostraram ter um consumo alimentar maior e em desequilíbrio, em se tratando de qualidade de consumo alimentar, para calorias e fibras (p=0,000 e p=0,047, respectivamente). Conclusão: Um terço dos participantes apresentou algum grau de compulsão alimentar, relacionado com alteração de estado nutricional, destacando que os participantes com compulsão alimentar periódica moderada e grave apresentaram um padrão alimentar com mais calorias e menos fibra.

Objective: To determine the prevalence of binge eating disorder and assess food consumption in individuals with excess weight. Methods: This is an observational crosssectional study conducted with patients with BMI equal to or greater than 25kg/m2, aged 20 to 59 years, attending two Family Health Care Centers in the heart of the city of Quixeré, Ceará. The sample comprised 100 people. An interview was carried out in order to screen for binge eating disorder. Participants answered a questionnaire on socioeconomic aspects, underwent anthropometric (weight, height) assessment, and food consumption was assessed based on two dietary recalls. Results: Among respondents, 3% were diagnosed with severe BED, 20% with moderate BED and 77% did not have Binge Eating Disorder. Patients with higher degrees of BED presented greater excess weight, which as not statistically significant (p=0.257). Respondents with moderate and severe binge eating disorder, when compared to those without BED, presented a greater and unbalanced food consumption in terms of quality of food consumption; however, this was not significant (p ranging from 0.171 to 0.567). Conclusion: One third of participants had some degree of binge eating disorder, which was not related to changes in nutritional status, although participants with moderate and severe binge eating disorder showed a dietary pattern with more calories and less fiber.

Objetivo: Verificar la prevalencia de compulsión alimentaria periódica (CAP) y valorar el consumo alimentario de indivíduos con exceso de peso. Métodos: Se trata de un estudio observacional de carácter transversal realizado con pacientes con el IMC igual o mayor que 25Kg/m2 en la franja de edad entre 20 y 59 años asistidos en las dos Unidades de Salud de la Familia del centro de la ciudad de Quixeré-Ceará. La muestra consistió de 100 personas. Se realizó una entrevista la para selección de la compulsión alimentaria periódica. Los participantes contestaron a una encuesta sobre los aspectos socioeconómicos y participaron de una evaluación antropométrica (peso, altura) y la ingesta de alimentos fue valorada basándose en dos recordatorios de alimentos. Resultados: El 3% de los entrevistados recibió el diagnóstico de CAP grave, el 20% de CAP moderada y el 77% no presentaron Compulsión Alimentaria Periódica. Los pacientes com grados más elevados de CAP presentaron más exceso ponderal estadísticamente no significativo (p=0,257). Los entrevistados con compulsión de moderada a grave comparados a los sin CAP, presentaron mayor consumo de alimentos y en desequilíbrio respecto la calidad del consumo de alimentos pero no significativo (variación de p entre 0,171 y 0,567). Conclusión: Un tercio de los participantes presentó algún grado de compulsión alimentaria sin relación con la alteración del estado nutricional aunque los participantes con compulsión alimentaria periódica moderada y grave presentaron un patrón alimentario con más calorías y menos fibras.
Descritores: Consumo de Alimentos
Comportamento Compulsivo
Obesidade
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135709
Autor: Aquino, Sibele Dias de; Natividade, Jean C; Lins, Samuel Lincoln Bezerra.
Título: Validity evidences of the Buying Impulsiveness Scale in the Brazilian context / Evidências de validade da Escala de Compra por Impulso para o contexto brasileiro / Evidencias de validez de Escala de Compras por Impulso en el contexto brasileño
Fonte: Psico USF;25(1):15-25, jan.-mar. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to obtain evidence of validity of an instrument to measure the tendency to buy impulsively. A version adapted to Brazil of a Buying Impulsiveness Scale was applied to 1296 Brazilians from all states of the federation, with a mean age of 35.8 years (SD = 12.8). The results indicated a scale with one-factor structure, just like the original instrument, with an adequate index of internal consistency. Positive correlations were found between impulse buying tendency, normative social influence, and traits of impulsiveness of the consumer. The instrument was also able to differentiate people who make shopping lists from those who do not do them, and people who prefer to go shopping alone from those who prefer to buy accompanied by someone else. The evidences found in the study provide support to the use of the instrument for the Brazilian context. (AU)

O objetivo deste estudo foi buscar evidências de validade de um instrumento para aferir a tendência de comprar impulsivamente. Aplicou-se uma versão adaptada para o Brasil de uma escala de compra por impulso em 1.296 brasileiros de todos os estados da federação, média de idade de 35,8 anos (DP = 12,8). Os resultados indicaram uma escala com estrutura unifatorial, tal como o instrumento original, com adequado índice de consistência interna. Foram encontradas correlações positivas entre a tendência de comprar por impulso, a influência social normativa e traços de impulsividade do consumidor. O instrumento também foi capaz de diferenciar pessoas que fazem lista de compras das que não fazem e pessoas que preferem ir às compras sozinhas das que preferem comprar acompanhadas. As evidências encontradas suportam o uso do instrumento para o contexto brasileiro. (AU)

El objetivo de este estudio fue buscar evidencias de validez de un instrumento para medir la tendencia de comprar impulsivamente. Se aplicó una versión adaptada para Brasil de una escala de compra por impulso en 1296 brasileños de todos los estados del país, con promedio de edad de 35,8 años (DP = 12,8). Los resultados indicaron una escala con estructura unifactorial, tal como el instrumento original, con adecuado índice de consistencia interna. Se encontraron correlaciones positiva entre tendencia de comprar por impulso, influencia social normativa y rasgos de impulsividad del consumidor. El instrumento también fue capaz de diferenciar personas que hacen lista de compras de las que no hacen, y personas que prefieren ir de compras solas de las que prefieren ir acompañadas. Las evidencias encontradas apoyan el uso del instrumento en el contexto brasileño. (AU)
Descritores: Autoavaliação
Comportamento Compulsivo/psicologia
Comportamento do Consumidor
-Inquéritos e Questionários
Reprodutibilidade dos Testes
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  3 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1128930
Autor: Llano Sierra, Laura; Peláez Olarte, Daniela; Ochoa Parra, Jessica Magaly; Martínez Saldarriaga, Mayra; Torres Benítez, Mariana; Mejía López, Katherine.
Título: Representaciones sociales de los profesionales de las ciencias sociales y de la salud que atienden adicciones comportamentales en instituciones de la ciudad de Medellín / Social representations of professionals in the social and health sciences who attend behavioral addictions in institutions of the city of Medellín
Fonte: Poiésis (En línea);28(Dic.):1-16, 2014.
Idioma: es.
Resumo: Esta investigación da cuenta de las representaciones sociales en los profesionales de las ciencias sociales y de la salud que atienden adicciones comportamentales en instituciones de la ciudad de Medellín, en el año 2014. Se observó que hay coincidencias en el tratamiento de adicciones químicas y no químicas, además se identificaron representaciones sociales para definir quién es un adicto y que es la adición comportamental que la hace entender como similar a la adicción tóxica

This research gives an account of the social representations in the professionals of the social and health sciences who attend to behavioral addictions in institutions of the city of Medellín, in 2014. It was observed that there are coincidences in the treatment of chemical and non-chemical addictions In addition, social representations were identified to define who is an addict and what is the behavioral addition that makes it understood as similar to toxic addiction
Descritores: Comportamento Aditivo/psicologia
-Psicologia
Comportamento Compulsivo/psicologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/psicologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: CO191.1 - Biblioteca


  4 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-526652
Autor: Moraes, Vera Lúcia Sampaio.
Título: Sobrepeso, obesidade e compulsão bucal entre mulheres de baixa renda na cidade de Carapicuiba-SP / Overwight, obesity and mouth compulsion among low income women in the city of Carapicuíba-SP.
Fonte: São Paulo; s.n; 2009. 102 p. ilus, mapas, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O crescente aumento de incidência da obesidade nas últimas décadas, tanto nos países desenvolvidos como nos em desenvolvimento, tornou esse desvio nutricional como o principal problema de saúde pública para o século XXI. O aumento de prevalência da obesidade no Brasil tem sido relevante e mais observado em famílias de baixo poder aquisitivo, especialmente entre as mulheres. O Brasil, país que ainda apresenta grupos populacionais que vivem em risco de carência nutricional, enfrenta um momento epidemiológico de transição nutricional com um maior crescimento dos desvios nutricionais que acarretam excesso de peso. Dessa forma, o Brasil vive atualmente uma situação nutricional paradoxal e as razões desse fenômeno precisam ser melhores explicadas, especialmente o maior crescimento da obesidade em mulheres de baixa renda. Portanto, o intuito deste estudo foi pesquisar as causas que contribuem para obesidade. Como principais causas, observamos queixas de ansiedade, “nervosismo”, frustrações e depressão. Foi observado no grupo de mulheres de baixa renda da cidade de Carapicuíba-SP que, a conscientização do corpo obeso foi adquirida através do profissional de saúde. Evidenciou-se uma complexidade na história de vida destas mulheres perseguidas pela dor, doenças, privações financeiras, abusos sexuais, fome, miséria, falta de informações e sobrecarga de trabalho. Diante dessa realidade, a obesidade tornou-se secundária, advindo como forma de alívio através da alimentação. Concluímos que o trabalho de conscientização psicoterápico no tratamento da obesidade, possibilitando a interação das pessoas com seu próprio corpo, a família e sua vida afetiva e sexual possa levar a compreensão do problema da obesidade como um sintoma e assim contribuir para uma maior eficácia do tratamento higiênico-dietético da obesidade. É importante que tratamentos específicos voltados para o problema da obesidade integrem-se à rede de saúde pública no Brasil, ressaltando-se a importância de adota...
Descritores: Comportamento Compulsivo
Fase Oral
Obesidade
Qualidade de Vida
Saúde Mental
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, M827s, 2009


  5 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-934002
Autor: Moraes, Vera Lúcia Sampaio.
Título: Sobrepeso, obesidade e compulsão bucal entre mulheres de baixa renda na cidade de Carapicuiba-SP.
Fonte: São Paulo; s.n; 2009. 102 p. ilus, map, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O crescente aumento de incidência da obesidade nas últimas décadas, tanto nos países desenvolvidos como nos em desenvolvimento, tornou esse desvio nutricional como o principal problema de saúde pública para o século XXI. O aumento de prevalência da obesidade no Brasil tem sido relevante e mais observado em famílias de baixo poder aquisitivo, especialmente entre as mulheres. O Brasil, país que ainda apresenta grupos populacionais que vivem em risco de carência nutricional, enfrenta um momento epidemiológico de transição nutricional com um maior crescimento dos desvios nutricionais que acarretam excesso de peso. Dessa forma, o Brasil vive atualmente uma situação nutricional paradoxal e as razões desse fenômeno precisam ser melhores explicadas, especialmente o maior crescimento da obesidade em mulheres de baixa renda. Portanto, o intuito deste estudo foi pesquisar as causas que contribuem para obesidade. Como principais causas, observamos queixas de ansiedade, “nervosismo”, frustrações e depressão. Foi observado no grupo de mulheres de baixa renda da cidade de Carapicuíba-SP que, a conscientização do corpo obeso foi adquirida através do profissional de saúde. Evidenciou-se uma complexidade na história de vida destas mulheres perseguidas pela dor, doenças, privações financeiras, abusos sexuais, fome, miséria, falta de informações e sobrecarga de trabalho. Diante dessa realidade, a obesidade tornou-se secundária, advindo como forma de alívio através da alimentação. Concluímos que o trabalho de conscientização psicoterápico no tratamento da obesidade, possibilitando a interação das pessoas com seu próprio corpo, a família e sua vida afetiva e sexual possa levar a compreensão do problema da obesidade como um sintoma e assim contribuir para uma maior eficácia do tratamento higiênico-dietético da obesidade. É importante que tratamentos específicos voltados para o problema da ...
Descritores: Comportamento Compulsivo
Saúde Mental
Obesidade
Fase Oral
Qualidade de Vida
Limites: Feminino
Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, M827s, 2009


  6 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-53320
Autor: Navarro Cueva, Rafael; Arévalo, María Victoria; Yupanqui, Marlyn; Girón, María; Geng, Javier; Beletti, Alicia; Valdivia, Gino.
Título: Desarrollo de un programa de modificación del comportamiento en el tratamiento y seguimiento de pacientes dependientes de drogas / Development of a behavioral modification program in treatment and follow-up of compulsive drug consuming patients
Fonte: Psicoactiva;1(1):65-88, ene.-jun. 1987. tab.
Idioma: es.
Resumo: Se reporta el tratamiento y seguimiento de pacientes consumidores compulsivos de drogas, fundamentalmente la pasta básica de cocaína. Se utilizó un programa bajo un modelo conductual-cognitivo e instruccional. Se modifica el análisis funcional tradicional para formular el trabajo terapéutico en siete áreas comportamentales: (1) Consumo de drogas; (2) Comportamiento en el tiempo libre; (3) Comportamiento en el trabajo; (4) comportamiento social; (5) Comportamiento de autoorganización y organización del medio ambiente; (6) Comportamiento de solución de problemas y toma de decisiones; (7) Reconocimiento, evoluación y modificación de los esquemas o concepciones irracionalis. En cada área se determinan los objetivos, los procedimentos terapéuticos, los métodos de control y evaluación, y los criterios de terminación de la terapia. Los pacientes cumplen con un programa de actividades y reciben terapia individual y de grupo. De 155 pacientes de sexo masculino 92 fueron dados de alta clínica, es decir, cumplieron con todos los objetivos del programa; 63 fueron dados de alta administrativa, es decir, abandonaron el tratamiento prematuramente. Se utilizó un instrumento de evaluación para determinar el logro de objetivos comportamentales y el análisis de la benzoil ecgonina (metabolito de la cocaína), cannabinoides y derivados opiáceos en la orina. Las entrevistas de seguimiento por períodos desde 6 meses a 3 años 6 meses mostraron que 14 pacientes recayeron en el consumo de drogas y, 78, o sea el 84.78% de los pacientes que terminaron con el programa permanecieron sin consumir drogas y con puntaje elevados en las siete áreas comportamentales
Descritores: Comportamento Compulsivo
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/terapia
Cocaína
-Peru
Seguimentos
Estudo de Avaliação
Limites: Humanos
Masculino
Responsável: PE51.1 - Centro de Documentación


  7 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Castiel, Luís David
Texto completo
Id: lil-684181
Autor: Bastos, Wanja; Castiel, Luis David; Cardoso, Maria Helena Cabral de Almeida; Ferreira, Marcos Santos; Gilbert, Ana Cristina Bohrer.
Título: Epidemia de fitness / Epidemic of fitness
Fonte: Saúde Soc;22(2):485-496, abr.-jun. 2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo tem como objetivo refletir sobre uma condição naturalizada e disseminada principalmente pelo campo da nova promoção à saúde e reforçada nos espaços de atuação da educação física, a que se denominou epidemia de fitness. O termo refere-se a hábitos e comportamentos obsessivos com a saúde, beleza e vitalidade, tornando-se alvo de exercício de controle por parte de especialistas. Para discuti-la realizou-se um estudo de caso em que foram submetidos à análise semiótica, por meio do método de leitura isotópica, 59 materiais de divulgação, impressos, coletados na Expo Wellness Rio 2009, uma feira de negócios inserida no Congresso Wellness Rio 2009. As categorias isotópicas que emergiram a partir da análise são as seguintes: saúde/beleza e tecnologia, saúde/beleza e especialidade e saúde/beleza e longevidade. Elas apontam para a potencialização da vitalidade humana como mola propulsora das estratégias discursivas, assim como valor recorrente que embasa ações voltadas para a melhoria das condições de saúde, imbricadas à ideia de longevidade e beleza.
Descritores: Beleza
Comportamento Compulsivo
Comportamento Obsessivo
Dieta
Educação Física e Treinamento
Estética
Imagem Corporal
Longevidade
Metabolismo
Saúde
-Estudos de Casos e Controles
Limites: Humanos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rolim, Marli Alves
Teixeira, Marina Borges
Id: biblio-1029448
Autor: Rolim, Marli Alves; Teixeira, Marina Borges; Forcella, Hideko Takeuchi.
Título: Assistência de enfermagem a pacientes com manifestaçöes de comportamento decorrentes de sintomas da neurose obsessivo-compulsiva / Nursing care to patients with obsessive-compulsive symptoms
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;19(1):47-53, abr. 1985.
Idioma: pt.
Resumo: As autoras discutem os padröes usuais de comportamento dos indivíduos neuróticos, com sintomas obsessivo-compulsivos, o significado deste comportamento e alguns dos principais pontos da assistência de enfermagem.
Descritores: Comportamento Compulsivo
Cuidados de Enfermagem
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  9 / 79 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088912
Autor: Caramalac, S. M; Caramalac, S. M; Chimenes, N. D; Palumbo, M. I. P.
Título: Clomipramina no tratamento da perseguição compulsiva da cauda em Bull Terrier - relato de caso / Clomipramine in the treatment of compulsive tail pursuit in bull terrier - case report
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(1):125-130, Jan.-Feb. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A perseguição compulsiva da cauda consiste em um distúrbio caracterizado por movimentos giratórios em círculos, lentos a rápidos com ou sem foco na cauda. É uma desordem comportamental comumente observada em cães da raça Bull Terrier, sendo mais frequente em machos, com início entre três e seis meses de idade. O diagnóstico é realizado com base no histórico do paciente junto com exames físico, neurológico e laboratoriais. O tratamento pode ser feito por meio do manejo ambiental e da retirada de fatores estressantes aliados a medicamentos antidepressivos. O objetivo deste artigo é relatar o caso de um Bull Terrier que apresentava perseguição compulsiva da cauda e teve evidente melhora clínica 75 dias após início do tratamento com clomipramina. A melhora foi ainda maior após a orquiectomia. A clomipramina consiste em um antidepressivo tricíclico promissor no tratamento de perseguição compulsiva da cauda em cães, devendo-se associar alteração no manejo ambiental e evitar gatilhos que induzam frustração, ansiedade e conflito.(AU)

The compulsive pursuit of the tail is characterized by a rotating movement in circles, slow to fast with or without focus on the tail. It is a disorder commonly observed in bull terrier dogs, being more frequent in males, beginning between 3 and 6 months of age. Diagnosis can be made based on patient history along with physical, neurological, and laboratory tests. Treatment can be done through environmental management and withdrawal of stressors allied with antidepressant drugs. The objective of this article is to report the case of a Bull Terrier that had compulsive pursuit of the tail and had evident clinical improvement 75 days after starting treatment with clomipramine. The improvement was even greater after orchiectomy. Clomipramine is the promising tricyclic antidepressant in the treatment of compulsive tail chasing in dogs. It should be associated with changes in environmental management and avoid triggers that induce frustration, anxiety and conflict.(AU)
Descritores: Clomipramina/administração & dosagem
Comportamento Compulsivo/tratamento farmacológico
Antidepressivos
Limites: Animais
Cães
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 79 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Tavares, Hermano
Texto completo
Id: biblio-959266
Autor: Scanavino, Marco D T; Ventuneac, Ana; Abdo, Carmita H N; Tavares, Hermano; Amaral, Maria L S; Messina, Bruna; Reis, Sirlene C; Martins, João P B; Parsons, Jeffrey T.
Título: Sexual compulsivity, anxiety, depression, and sexual risk behavior among treatment-seeking men in São Paulo, Brazil
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;40(4):424-431, Oct.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Objective: There is a lack of studies on negative mood states and sexual risk behavior in men of all sexual orientations who seek treatment for excessive sexual behavior (ESB). We aim to examine sexual compulsivity (SC), anxiety, depression, and sexual risk behavior in a treatment-seeking sample of men and controls. Methods: We enrolled 88 (37 [42%] gay or bisexual and 51 [58%] heterosexual) ESB outpatients and 64 controls. Assessments included the Sexual Compulsivity Scale (SCS), the Beck Anxiety Inventory (BAI), the Beck Depression Inventory (BDI), and sexual risk behaviors. Results: Compared to controls, ESB outpatients showed increased SC, anxiety, and depression, which were correlated. Regarding sex with casual partners, ESB outpatients reported more sexual intercourse, a greater number of partners, more anal intercourse, and unprotected anal intercourse. Anxiety, depression, and SC were associated with protected vaginal intercourse with a main partner, whereas they were associated with unprotected anal intercourse with a casual partner. Depression was associated with unprotected vaginal intercourse with a casual partner. Condomless anal intercourse was predicted by SC and was also reported by the heterosexual ESB outpatients (36%). Conclusion: The data contribute to the field by providing information on men of all sexual orientations who are searching for mental healthcare. The connections among these psychopathological factors and sexual risk behavior have implications for public health, clinicians, and research.
Descritores: Ansiedade/diagnóstico
Assunção de Riscos
Comportamento Sexual/psicologia
Comportamento Compulsivo/psicologia
Depressão/diagnóstico
-Ansiedade/psicologia
Escalas de Graduação Psiquiátrica
Comportamento Sexual/classificação
Brasil
Parceiros Sexuais/psicologia
Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde
Inquéritos Epidemiológicos
Preservativos/estatística & dados numéricos
Depressão/psicologia
Sexo sem Proteção/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde