Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.699 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 108 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 108 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1283563
Autor: Pérez B, Francisco; Cavada Ch, Gabriel.
Título: Cambios a largo plazo en los marcadores fisiológicos y de rendimiento cognitivo en la diabetes de tipo 2: el estudio Look AHEAD / Clinical research article long-term change in physiological markers and cognitive performance in type 2 diabetes: the Look AHEAD study
Fonte: Rev. chil. endocrinol. diabetes;14(2):97-98, 2021.
Idioma: es.
Descritores: Biomarcadores/análise
Cognição/fisiologia
Diabetes Mellitus Tipo 2/complicações
Diabetes Mellitus Tipo 2/psicologia
Diabetes Mellitus Tipo 2/terapia
-Fatores de Tempo
Exercício Físico/fisiologia
Perda de Peso/fisiologia
Transtornos Cognitivos/etiologia
Transtornos Cognitivos/prevenção & controle
Comportamento de Redução do Risco
Controle Glicêmico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-761238
Autor: Miname, Márcio Hiroshi.
Título: Oligonucleotídeos antisense para hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia / Antisense oligonucleotide for hypercholesterolemia and hypertrigliceridemi
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;24(4):30-34, out.-dez. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: A hipercolesterolemia representa um dos principais fatores de risco para doença cardiovascular. Atualmente, as estatinas constituem a principal terapia farmacológica para seu tratamento. Contudo, existe um nicho de pacientes quemotivaram a busca por novas terapias hipolipemiantes: os intolerantes a estatinas e os pacientes com dislipidemias genéticas graves, sendo esse último grupo representado principalmente pela hipercolesterolemia familiar. Os oligonucleotídeos antisense são pequenas sequências de ácido nucleico de fita única que se ligam via hibridização de Watson-Crick no seu RNA complementar, levando à inibição da síntese da proteína que seria codificada por essa região do RNA. Atualmente, essa tecnologia está sendo utilizada para tratamento de diferentes doenças, inclusive das dislipidemias. A inibição da síntese da apolipoproteínaB com uso de oligonucleotídeo antisense (mipomersen) é uma realidade hoje em dia. Seu efeito se traduz na redução significativa do LDL-colesterol. O mipomersen faz parte do arsenal terapêutico aprovado pelo FDA para tratamento da hipercolesterolemia familiar homozigótica. Outras regiões proteicas das lipoproteínas, como apolipoproteína CIII e apolipoproteína(a), também são alvos de oligonucleotídeos antisense e podem representar novas medicações no combate a doença cardiovascular.

Hypercholesterolemia is a major risk factor for cardiovascular disease. Currently statins are the main pharmacological therapy for its treatment. However, there is a subgroup of patients who motivated the search for new lipid-lowering therapies: intolerant to statins and patients with severe genetic dyslipidemias, this last group represented primarily by familial hypercholesterolemia. Antisense oligonucleotides are short sequences of single-stranded nucleic acids which bind via Watson-Crick hybridization to its complementary RNA, leading to protein synthesis inhibition that would be encoded by this region of RNA.Currently this technology is used to treat various diseases including dyslipidemias. The inhibition of synthesis of apolipoprotein B with use of antisense oligonucleotide (mipomersen) is a reality today. Its effect is reflected insignificant reduction of LDL-cholesterol. The mipomersenis a medication approved by FDA for treatment of homozygous familial hypercholesterolemia. Other protein regions of lipoproteins such as apolipoprotein CIII and apolipoprotein(a) are also targets of antisense oligonucleotides and may represent new medications to reduce cardiovascular disease.
Descritores: Doenças Cardiovasculares/diagnóstico
Doenças Cardiovasculares/metabolismo
Hiperlipoproteinemia Tipo II/diagnóstico
Hiperlipoproteinemia Tipo II/tratamento farmacológico
-Comportamento de Redução do Risco
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/farmacologia
Limites: Humanos
Adolescente
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  3 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1040052
Autor: Sonawane, Parag; Ganpule, Arvind; Singh, Abhishek; Sabnis, Ravindra; Desai, Mahesh R.
Título: Vascular injuries during laparoscopic donor nephrectomy and proposed risk reduction strategies
Fonte: Int. braz. j. urol;45(1):193-193, Jan.-Feb. 2019.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: Laparoscopic donor nephrectomy (LDN) has become the standard of care and popular among most of the transplant centres across the globe. Objective of this video is to report different vascular injuries, their management during LDNs and propose risk reduction strategies. Patient and methods: This was a retrospective analysis of all the LDNs performed between January 2011 and March 2016. All donor nephrectomies were performed laparoscopically by transperitoneal route, under ideal operative conditions by expert laparoscopic surgeons and by novice surgeons. Results: 858 LDNs (left, n = 797; right, n = 61) were performed during the study period with 5 cases of vascular injuries. Mean (SD) donor age was 45.5 (± 10.76) years and the operative time was 165 (± 44.4) min. Of these five cases, two had renal vein injury, while the three others had renal artery, inferior vena cava and aortic injury (one each). Four injuries occurred during left LDN and only one during a right LDN. Vascular injuries were managed using the Rescue stitch or metallic clips as indicated. Risk reduction strategy was developed to avoid vascular injuries during LDN, which include - meticulous attention to port placement, addition of fourth port, complete dissection of upper pole and pedicle before clipping, and judicious use of ultrasonic diathermy. Conclusions: Careful evaluation of computed tomography angiography just before surgery will act like a global positioning system (GPS) for the operating surgeon. Rescue stitch is a saviour. Not to panic and being well versed with the risk reduction strategies of laparoscopy and rescue measures is of paramount importance.
Descritores: Transplante de Rim/efeitos adversos
Laparoscopia/efeitos adversos
Lesões do Sistema Vascular/etiologia
Nefrectomia/efeitos adversos
-Estudos Retrospectivos
Doadores Vivos
Comportamento de Redução do Risco
Angiografia por Tomografia Computadorizada
Pessoa de Meia-Idade
Nefrectomia/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cardoso, Telma Abdalla de Oliveira
Texto completo
Id: lil-662587
Autor: Cardoso, Telma Abdalla de Oliveira; Costa, Fernando Guilherme da; Navarro, Marli B. M. de Albuquerque.
Título: Biossegurança e desastres: conceitos, prevenção, saúde pública e manejo de cadáveres / Biosecurity and disaster: concepts, prevention, public health and management of corpses
Fonte: Physis (Rio J.);22(4):1523-1542, 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo discute a complexidade dos desastres, realçando situações de risco e a essencialidade do suporte da Biossegurança, uma vez que, em episódios com vítimas fatais, os procedimentos formulados por este campo devem ser adotados no manejo de cadáveres, sobretudo quando da ocorrência de soterramento com busca de corpos. Contextualiza a magnitude dos desastres caracterizados pelas chuvas e suas consequências (deslizamentos, soterramento), enfatizando o fenômeno do aquecimento global e as mudanças climáticas e seus impactos sobre as comunidades, em especial as mais pobres, valorizando a análise do conceito de vulnerabilidade a partir do cenário da urbanização, da degradação do meio ambiente causada pelo manejo inadequado dos recursos naturais, da contaminação ambiental, das políticas públicas ineficientes, sublinhando o baixo investimento em infraestrutura. Sublinha o conceito de desastre como fenômeno imprevisível, súbito e violento, que causa grande número de mortos e destruição. Enfatiza as problemáticas sociais, sanitárias, jurídicas e operacionais quando do registro de um número elevado mortes ocorridas ao mesmo tempo ou em curto espaço de tempo. Traz para a análise a contribuição da Biossegurança como orientadora dos planos de emergência voltados para os desastres, realçando o risco biológico e as medidas necessárias para o manejo de cadáveres.

The paper discusses the complexity of disasters, enhancing risk situations and the importance of support from Biosecurity, as in episodes with fatalities, procedures formulated by this field should be adopted in the handling of corpses, particularly when occurring with search of buried bodies. It contextualizes the magnitude of the disaster characterized by rain and its aftermath (landslides, burying), emphasizing the phenomenon of global warming and climate change and its impacts on communities, especially the poorest, valuing the concept analysis of vulnerability caused by urbanization, environmental degradation by improper management of natural resources, environmental pollution, inefficient public policies, emphasizing low investment in infrastructure. It emphasizes the concept of disaster as unpredictable, sudden and violent, phenomenon causing numerous deaths and destruction; and social, health, legal and operational problems when there is high number deaths at the same time or within a short time. And it analyzes the contribution of Biosafety as guiding emergency plans facing disasters, enhancing the biological risk and the measures required for handling corpses.
Descritores: Cadáver
Saúde Pública
Exposição Ocupacional
Contenção de Riscos Biológicos
Comportamento de Redução do Risco
Desastres Naturais
-Gestão de Riscos
Planejamento em Desastres
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  5 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-896436
Autor: Paumgartten, Francisco.
Título: Heat-not-burn and electronic cigarettes: Truths and untruths about harm reduction
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);64(2):104-105, Feb. 2018.
Idioma: en.
Descritores: Fumar/efeitos adversos
Redução do Dano
Produtos do Tabaco/efeitos adversos
Sistemas Eletrônicos de Liberação de Nicotina
Nicotina/efeitos adversos
-Fatores de Risco
Comportamento de Redução do Risco
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-952678
Autor: Freitas, Carlos Machado de; Rocha, Vânia; Silva, Eliane Lima e; Alpino, Taís de Moura Ariza; Silva, Mariano Andrade da; Mazoto, Maíra Lopes.
Título: Conquistas, limites e obstáculos à redução de riscos ambientais à saúde nos 30 anos do Sistema Único de Saúde / Environmental health risk reduction in Brazil: conquests, limits and obstacles
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(6):1981-1996, jun. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A Constituição de 1988 representou importantes conquistas de direitos em torno de um projeto de país com um modelo de desenvolvimento socioeconômico orientado para a redução de risco de doenças e agravos e um meio ambiente ecologicamente equilibrado. Estas conquistas se manifestaram nas políticas, na institucionalização e na criação de espaços institucionais de participação da sociedade. O objetivo deste artigo é situar as conquistas e também os limites e obstáculos na agenda de saúde e ambiente expressos nestes 30 anos do Sistema Único de Saúde. As conquistas são situadas a partir da ampliação dos espaços institucionais de participação da sociedade e institucionalização no Sistema Único de Saúde dos temas relacionados aos riscos ambientais. Os limites são situados a partir da relação entre desenvolvimento e padrões de riscos ambientais presentes nos níveis global, regional, local e comunitário. Por fim são apontados os obstáculos que, a partir do golpe parlamentar de 2016, não só acentuaram os limites já existentes, como vem produzindo retrocessos em diversas áreas relacionadas à saúde ambiental.

Abstract The 1988 Constitution represents an important achievement in terms of rights and an important pact sealed around a long-term strategy for the nation's future based on a social development model oriented towards reducing the risk of disease and injuries and an ecologically balanced environment. These achievements manifested themselves in policies, institutionalization and the creation of spaces for public participation. The article outlines the main achievements, limits and obstacles that have affected the environmental and health agendas in the last 30 years since the creation of the Unified Health System . The achievements are framed within the broadening of political space for public participation and the institutionalization of the theme of environmental risks within the SUS, while the limits are framed in the relationship between development and trends of environmental risk at global/regional, local and community scale. Finally, obstacles are outlined showing that the parliamentary coup of 2016 not only accentuated existing limits, but also represents a giant represent a giant step backward in various areas related to environmental health.
Descritores: Saúde Ambiental/tendências
Atenção à Saúde/organização & administração
Comportamento de Redução do Risco
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
-Política
Brasil
Participação da Comunidade
Modelos Teóricos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bodanese, Luiz Carlos
Texto completo
Id: biblio-838677
Autor: Saboya, Patrícia Pozas; Bodanese, Luiz Carlos; Zimmermann, Paulo Roberto; Gustavo, Andreia da Silva; Macagnan, Fabricio Edler; Feoli, Ana Pandolfo; Oliveira, Margareth da Silva.
Título: Lifestyle Intervention on Metabolic Syndrome and its Impact on Quality of Life: A Randomized Controlled Trial / Intervenção de Estilo de Vida na Síndrome Metabólica e seu Impacto na Qualidade de Vida: Um Estudo Controlado Randomizado
Fonte: Arq. bras. cardiol;108(1):60-69, Jan. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Lifestyle intervention programs can reduce the prevalence of metabolic syndrome (MetS) and, therefore, reduce the risk for cardiac disease, one of the main public health problems nowadays. Objective: The aim of this study was to compare the effects of three types of approach for lifestyle change programs in the reduction of metabolic parameters, and to identify its impact on the quality of life (QOL) of individuals with MetS. Methods: A randomized controlled trial included 72 individuals with MetS aged 30-59 years. Individuals were randomized into three groups of multidisciplinary intervention [Standard Intervention (SI) - control group; Group Intervention (GI); and Individual Intervention (II)] during 12 weeks. The primary outcome was change in the metabolic parameters, and secondarily, the improvement in QOL measures at three moments: baseline, 3 and 9 months. Results: Group and individual interventions resulted in a significant reduction in body mass index, waist circumference, systolic blood pressure at 3 months and the improvement of QOL, although it was significantly associated with the physical functioning domain. However, these changes did not remain 6 months after the end of intervention. Depression and anxiety were significantly associated with worse QOL, although they showed no effect on the response to intervention. Conclusion: Multidisciplinary intervention, especially in a group, might be an effective and economically feasible strategy in the control of metabolic parameters of MetS and improvement of QOL compared to SI, even in a dose-effect relationship.

Resumo Fundamento: Programas de intervenção em estilo de vida podem reduzir a prevalência de síndrome metabólica (SM) e, portanto, diminuir o risco de doença cardíaca, um dos principais problemas de saúde pública da atualidade. Objetivo: Comparar os efeitos de três tipos de abordagem para programas de mudança no estilo de vida visando à redução dos parâmetros metabólicos, assim como identificar seu impacto na qualidade de vida (QV) de indivíduos com SM. Métodos: Estudo randomizado controlado incluindo 72 indivíduos com SM com idade de 30 a 59 anos, que foram randomizados em três grupos de intervenção multidisciplinar [Intervenção Padrão (IP) - grupo controle; Intervenção em Grupo (IG); e Intervenção Individual (II)] por 12 semanas. O desfecho primário foi a mudança nos parâmetros metabólicos, e o secundário, a melhora nas medidas de QV em três momentos: condição basal, aos 3 e aos 9 meses. Resultados: As intervenções IG e II resultaram em uma significativa redução em índice de massa corporal, circunferência abdominal e pressão arterial sistólica, e em melhoras da QV aos 3 meses, embora significativamente associadas com o domínio 'capacidade funcional'. Tais mudanças, entretanto, não permaneceram 6 meses após o final da intervenção. Depressão e ansiedade associaram-se significativamente com pior QV, embora sem efeito na resposta à intervenção. Conclusão: A intervenção multidisciplinar, em especial em grupo, pode ser uma estratégia efetiva e economicamente possível para controlar os parâmetros metabólicos de SM e melhorar a QV quando comparada à IP, mesmo em uma relação de dose-efeito.
Descritores: Qualidade de Vida
Comportamento de Redução do Risco
Estilo de Vida
-Ansiedade/fisiopatologia
Equipe de Assistência ao Paciente
Fatores de Tempo
Pressão Sanguínea/fisiologia
Antropometria
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Risco
Resultado do Tratamento
Estado Civil
Síndrome Metabólica/psicologia
Síndrome Metabólica/terapia
Depressão/fisiopatologia
Dietoterapia/métodos
Escolaridade
Terapia por Exercício/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983818
Autor: d'Almeida, Karina Sanches Machado; Barilli, Sofia Louise Santin; Souza, Gabriela Corrêa; Rabelo-Silva, Eneida Rejane.
Título: Cut-Point for Satisfactory Adherence of the Dietary Sodium Restriction Questionnaire for Patients with Heart Failure / Ponto de Corte para Adesão Satisfatória do Questionário de Restrição de Sódio na Dieta em Pacientes com Insuficiência Cardíaca
Fonte: Arq. bras. cardiol;112(2):165-170, Feb. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: The low or non-adherence to reduction of sodium intake has been identified as one of the main precipitating factors of heart failure (HF). The Dietary Sodium Restriction Questionnaire (DSRQ) identifies factors that can interfere with adherence to this recommendation. However, there is still no cut-point to define adherence for this questionnaire. Objectives: To identify the cut-point for satisfactory adherence to the Brazilian version of the DSRQ, (the Questionário de Restrição de Sódio na Dieta, QRSD). Methods: Multicenter study. Patients with HF in outpatient treatment (compensated) and those treated in emergency departments due to acute HF (decompensated) were included. For the cut-point definition, the DSRQ scores were compared between groups. A ROC curve was constructed for each subscale to determine the best point of sensitivity and specificity regarding adherence. A 5% significance level was adopted. Results: A total of 206 compensated patients and 225 decompensated were included. Compensated patients exhibited scores that showed higher adhesion in all subscales (all p <0.05). Scores ≥ 40 points of a total of 45 for the subscale of Attitude and Subjective Norm; scores ≤ eight of a total of 20 for Perceived Behavioral Control; and ≤ three of a total of 15 for Dependent Behavior Control were indicative of satisfactory adherence. Conclusions: Based on the evaluation of patients in these two scenarios, it was possible to determine the cut-point for satisfactory adherence to the reduction of sodium in the diet of patients with HF. Countries with similar culture could use this cut-point, as other researchers could also use the results as a reference for further studies.

Resumo Fundamento: A baixa ou a não adesão à redução de sódio na dieta foi identificada como um dos principais fatores causais da insuficiência cardíaca (IC). O Questionário de Restrição de Sódio na Dieta (QRSD) do inglês Dietary Sodium Restriction Questionnaire (DSRQ) identifica fatores que possam interferir na adesão a essa recomendação. No entanto, anda não existe um ponto de corte que estabelece adesão segundo o QRSD. Objetivos: Identificar o ponto de corte para adesão satisfatória ao QRSD, versão brasileira do DSRQ. Métodos: Estudo multicêntrico. Foram incluídos pacientes com IC em tratamento ambulatorial (compensados) e aqueles tratados em serviços de emergência por IC aguda (descompensados). Para a definição do ponto de corte, os escores do QRSD foram comparados entre os grupos. A curva ROC foi construída para cada subescala para determinar o melhor ponto de sensibilidade e especificidade em relação à adesão. Adotou-se um nível de significância de 5%. Resultados: Foram incluídos 206 pacientes compensados e 225 pacientes descompensados. Os pacientes compensados apresentaram escores que indicaram maior adesão em todas as subescalas (p < 0,05). Escores ≥ 40 pontos de um total de 45 para a subescala "atitude e norma subjetiva"; escores ≤ 8 de um total de 20 para a subescala "controle comportamental percebido"; e escores 3 de um total de 15 para "comportamento dependente" foram indicativos de adesão satisfatória. Conclusões: A avaliação de pacientes com IC atendidos no ambulatório ou na emergência permitiu a determinação dos pontos de corte para adesão satisfatória à restrição dietética de sódio. Países de culturas similares poderiam usar esse mesmo ponto de corte, bem como outros pesquisadores poderiam utilizá-lo como referência para outros estudos.
Descritores: Dieta Hipossódica/estatística & dados numéricos
Cooperação e Adesão ao Tratamento/estatística & dados numéricos
Insuficiência Cardíaca/dietoterapia
-Padrões de Referência
Brasil
Sódio na Dieta
Inquéritos e Questionários
Curva ROC
Estatísticas não Paramétricas
Comportamento de Redução do Risco
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 108 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983819
Autor: Stein, Ricardo; Börjesson, Mats.
Título: Physical Inactivity in Brazil and Sweden - Different Countries, Similar Problem / Sedentarismo no Brasil e na Suécia - Diferentes Países, Problema Semelhante
Fonte: Arq. bras. cardiol;112(2):119-120, Feb. 2019.
Idioma: en.
Descritores: Exercício Físico/fisiologia
Comportamento Sedentário
-Fatores Socioeconômicos
Suécia
Brasil
Comparação Transcultural
Fatores de Risco
Comportamento de Redução do Risco
Doenças não Transmissíveis/prevenção & controle
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 108 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1043191
Autor: Shrestha, Ram K; Sansom, Stephanie L; Purcell, David W.
Título: Assessing HIV acquisition risks among men who have sex with men in the United States of America / Evaluación del riesgo de transmisión del VIH entre hombres que tienen relaciones sexuales con otros hombres en los Estados Unidos de América
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;40(6):474-478, Dec. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Men who have sex with men (MSM) can reduce their risk of acquiring human immunodeficiency virus (HIV) by using various prevention strategies and by understanding the effectiveness of each option over the short- and long-term. Strategies examined were: circumcision; insertive anal sex only; consistent, 100% self-reported condom use; and pre-exposure prophylaxis (PrEP). PrEP efficacy was based on three levels of adherence. The cumulative HIV acquisition risk among MSM over periods of 1 year and 10 years were estimated with and without single and combinations of prevention strategies. A Bernoulli process model was used to estimate risk. In the base case with no prevention strategies, the 1-year risk of HIV acquisition among MSM was 8.8%. In contrast, the 1-year risk associated with circumcision alone was 6.9%; with insertive sex only, 5.5%; with 100% self-reported condom use, 2.7%; and with average, high, and very high PrEP adherence, 5.1%, 2.5%, and 0.7%, respectively. The 10-year risk of HIV acquisition among MSM with no prevention strategy was 60.3%. In contrast, that associated with circumcision alone was 51.1%; with insertive sex only, 43.1%; with 100% self-reported condom use, 24.0%; and with average, high, and very high PrEP adherence, 40.5%, 22.2%, and 7.2%, respectively. While MSM face substantial risk of HIV, there are now a number of prevention strategies that reduce risk. Very high adherence to PrEP alone or with other strategies appears to be the most powerful tool for HIV prevention.(AU)

RESUMEN Los hombres que tienen relaciones sexuales con otros hombres (HSH) pueden reducir su riesgo de contraer el virus de la inmunodeficiencia humana (VIH) si utilizan diversas estrategias de prevención y comprenden la eficacia de cada opción a corto y largo plazo. Las estrategias examinadas fueron: la circuncisión; las relaciones anales insertivas solamente; el 100% de uso sostenido y autonotificado de condones; y la profilaxis preexposición (PrEP). La eficacia de la PrEP se basó en tres niveles de adherencia. Se calculó el riesgo acumulativo de la transmisión del VIH entre los HSH en períodos de 1 y 10 años con a) una única estrategia de prevención, b) sin estrategia de prevención y c) con combinaciones de estrategias de prevención. Se usó un modelo del proceso de Bernoulli para calcular el riesgo. En el caso base sin estrategias de prevención, el riesgo de transmisión del VIH a 1 año entre HSH fue 8,8%. En contraste, el riesgo de 1 año asociado a la circuncisión solamente fue de 6,9%; a las relaciones insertivas solamente fue de 5,5%; al 100% de uso autonotificado de condón, 2,7%; y a la adherencia media, alta y muy alta a la PrEP, 5,1%, 2,5% y 0,7%, respectivamente. El riesgo de transmisión del VIH a los 10 años entre HSH sin estrategia de prevención fue de 60,3%. En contraste, la transmisión asociada a la circuncisión solamente fue de 51,1%; a las relaciones insertivas solamente, 43,1%; al 100% de uso autonotificado de condón, 24,0%; y a la adherencia media, alta y muy alta a la PrEP, 40,5%, 22,2% y 7,2%, respectivamente. Si bien los HSH enfrentan un riesgo sustancial de contraer el VIH, existen ahora varias estrategias de prevención que reducen dicho riesgo. Una adherencia muy alta a la PrEP sola o en combinación con otras estrategias parece ser la herramienta más potente para la prevención de la infección por el VIH.(AU)
Descritores: Infecções por HIV/prevenção & controle
Preservativos
Comportamento de Redução do Risco
Sexo sem Proteção
Profilaxia Pré-Exposição
-Estados Unidos/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde