Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.802.975 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2782 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 279 ir para página                         

  1 / 2782 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida
Texto completo
Id: biblio-986131
Autor: Lourenço, Gilclécia Oliveira; Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida; Lima, Ricardo Delgado Marques de.
Título: Nem santa, nem puta, apenas mulher: a feminização do HIV/aids e a experiência de soropositividade / Neither a saint nor a whore, just a woman: the feminization of HIV/AIDS and the seropositivity experience / Ni santa, ni puta, apenas mujer: la feminización del VIH/sida y la experiencia de seropositividad
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(30):262-281, set.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo objetivou problematizar como as dimensões socio-históricas de gênero e os elementos discursivos das sexualidades se correlacionam com as vivências de mulheres soropositivas em relação ao vírus HIV. Trata-se de uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa em que foram entrevistadas, individualmente, dez mulheres soropositivas. O diagnóstico dessas mulheres aponta para a fragilidade da relação conjugal, desvela o mito do amor ideal e enfatiza a relação de desigualdade estabelecida entre os gêneros. Conclui-se que o grupo social das mulheres, devido à iniquidade de gênero, ainda é socialmente mais vulnerável ao acometimento do vírus.

Abstract This study inquires how socio-historical dimensions of gender and the discursive elements of sexualities correlate with the experiences of HIV-positive women. This is a field research with a qualitative approach in which ten HIV-positive women were interviewed individually. The diagnosis of these women points to the fragility of the conjugal relationship, reveals the myth of idealized love and emphasizes the relation of inequality established between the genders. It is concluded that women as a social group, due to gender inequity, are still more vulnerable socially to the epidemic.

Resumen Este estudio problematiza el cómo las dimensiones socio-históricas de género y los elementos discursivos de las sexualidades se correlacionan con las vivencias de mujeres seropositivas con relación al virus VIH. Se trata de una investigación de campo de abordaje cualitativo, en la que se entrevistaron individualmente a diez mujeres seropositivas. El diagnóstico de esas mujeres apunta a la fragilidad de la relación conyugal, desvela el mito del amor ideal y enfatiza la relación de desigualdad establecida entre los géneros. Se concluye que el grupo social de las mujeres, debido a la iniquidad de género, sigue siendo socialmente más vulnerable al acometimiento del virus.
Descritores: Ambulatório Hospitalar
Mulheres
Brasil
Saúde Pública
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
HIV
Pessoal de Saúde
Sexualidade
Pesquisa Qualitativa
FREE ASSOCIATIONABATTOIRS
Identidade de Gênero
Política de Saúde
Hospitais Públicos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Entrevista
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  2 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-986130
Autor: Hernández-Rosete, Daniel; Hipólito, Rocío Estrada.
Título: Una etnografía del aborto clandestino en contextos de interrupción legal del embarazo. Estudio de caso entre estudiantes de la Ciudad de México / An ethnography of clandestine abortion in contexts of legal interruption of pregnancy. A case study among students of Mexico City / Uma etnografia do aborto clandestino em contextos de interrupção legal da gravidez. Estudo de caso entre alunos da Cidade do México
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(30):79-98, set.-dez. 2018.
Idioma: es.
Resumo: Resumen En este artículo se analizan las creencias sobre embarazo juvenil y su relación con la decisión de interrumpir un embarazo no deseado de manera clandestina, a pesar de la existencia de la Interrupción Legal del Embarazo (ILE). Se trata de un estudio con enfoque fenomenológico, que explora los universos de sentido y significado, sustentado en observación etnográfica y en 32 entrevistas a estudiantes y a 3 profesores de un bachillerato en la Ciudad de México. Se encontró que la sexualidad es vivida en una dimensión culposa que afecta la dignidad y dificulta la toma de conciencia en materia de derechos sexuales y reproductivos. La laicidad sólo funciona como un ideal constitucional, ya que las creencias y prejuicios juegan un papel imprescindible en la creación de puntos de vista entre los estudiantes. Sin embargo, el aborto sigue siendo visto como un pecado pero, paradójicamente, supone prácticas de clandestinaje que ponen en riesgo la salud sexual y reproductiva de las jóvenes menores de edad, debido a inconsistencias legales.

Abstract This article analyzes the beliefs youth pregnancy and its relationship with the decision to interrupt an unwanted pregnancy clandestinely, despite a Legal Interruption of Pregnancy (ILE) being available. It is a study with a phenomenological approach, which explores the universes of meaning, based on ethnographic observation and 32 interviews with students and 3 teachers in Mexico City. Results show sexuality is lived in a guilt dimension affecting dignity and awareness of sexual and reproductive rights. Secularism works only as a constitutional ideal, since beliefs and prejudices play an essential role in the creation of points of view among students. Abortion is still seen as a sin but, paradoxically, it involves clandestine practices that put the sexual and reproductive health of young girls at risk, due to legal inconsistencies.

Resumo Este trabalho analisa as crenças sobre a gravidez na juventude e sua relação com a decisão de interromper uma gravidez indesejada clandestinamente, a despeito da existência da Interrupção Legal da Gravidez (ILE). Trata-se de um estudo com abordagem fenomenológica que explora os universos de significado e sentido, respaldado por observação etnográfica e 32 entrevistas com alunos e 3 professores na Cidade do México. Constatou-se que a sexualidade é vivenciada em uma dimensão de culpa que afeta a dignidade e dificulta a tomada de consciência sobre os direitos sexuais e reprodutivos. O secularismo funciona apenas como um ideal constitucional, uma vez que as crenças e os preconceitos desempenham um papel essencial na criação de pontos de vista entre os estudantes. No entanto, o aborto ainda é visto como um pecado, mas, paradoxalmente, envolve práticas clandestinas que colocam em risco a saúde sexual e reprodutiva das meninas devido a inconsistências legais.
Descritores: Gravidez na Adolescência
Preconceito
Religião
Estudantes
Aborto Criminoso
Saúde Pública
Aborto Legal/métodos
Privacidade
Sexualidade
Pesquisa Qualitativa
Direitos Sexuais e Reprodutivos
Culpa
México
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Entrevista
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  3 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Carrara, Sergio
Texto completo
Id: biblio-986128 LILACS-Express
Autor: Carrara, Sérgio; Zilli, Bruno; Mora, Claudia; Aguião, Silvia.
Título: Una perspectiva de los diez años de Sexualidad, Salud y Sociedad - Revista Latinoamericana: actualizar problemáticas neurálgicas / Uma perspectiva para os dez anos de Sexualidade, Saúde e Sociedade - Revista Latino-Americana: atualizando problemáticas caras à região / A 10-year perspective on Sexuality, Health and Society - Latin American Journal: updating important issues for the region
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(30):3-21, set.-dez. 2018.
Idioma: es.
-Sociedades
Saúde
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Editorial
Sexualidade
Vulnerabilidade Social
Publicações Periódicas
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  4 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-986129
Autor: Dantas, Suellen Maria Vieira; Couto, Marcia Thereza.
Título: Sexualidade e reprodução na Política Nacional de Saúde do Homem: reflexões a partir da perspectiva de gênero / Sexuality and reproduction in the National Men's Health Policy (Brazil): analysis from a gender perspective / Sexualidad y reproducción en la Política Nacional de Salud del Hombre (Brasil): reflexiones desde la perspectiva de género
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(30):99-118, set.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O presente estudo mapeia repertórios relativos à sexualidade e à reprodução presentes na política brasileira de saúde do homem. Amparadas pelos Estudos de Gênero, pensamento foucaultiano e estudos em Saúde Coletiva, foram analisados o seu documento-base, documentos vinculados à construção da PNAISH e publicações nas páginas da rede social Facebook "Saúde do Homem-Ministério da Saúde" e "Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo". Observou-se que a sexualidade em seu sentido amplo é pouco abordada, havendo ênfase sobre a potência sexual. Apesar de esforços, não houve plena incorporação de discursos de responsabilização igualitária pela reprodução e a parentalidade. Ainda são necessárias ações que trabalhem as resistências a maiores liberdades e igualdades sexuais e reprodutivas.

Abstract The present study maps repertories related to sexuality and reproduction present in Brazilian male health policy. Based on Gender Studies, Foucauldian thinking and Collective Health studies, the National Men's Health Policy implementation document was analyzed, as well as documents related to is construction, and publications on the pages of the social network Facebook "Health of Man-Ministry of Health" and "São Paulo Municipal Health Department". It was observed that sexuality in its broad sense is not the focus of these documents, which emphasize sexual potency instead. Despite some efforts, there was no full incorporation of egalitarian accountability discourses for reproduction and parenting. There are still actions needed to work against a resistance to greater sexual and reproductive freedoms and equality.

Resumen El presente estudio mapea repercusiones relativas a la sexualidad y reproducción presentes en la política brasileña de salud del hombre. En el marco de los estudios de género, pensamiento foucaultiano y estudios en Salud Colectiva se analizó su documento base, documentos vinculados a la construcción de la Política Nacional de Salud del Hombre y publicaciones en las páginas de la red social Facebook "Salud del Hombre-Ministerio de Salud" y "Secretaría Municipal de la Salud de São Paulo ". Se observó que la sexualidad en su sentido amplio es poco abordada, habiendo énfasis en la potencia sexual. A pesar de esfuerzos, no hubo plena incorporación de discursos de responsabilización igualitaria por la reproducción y la parentalidad. Aún son necesarias acciones que trabajen las resistencias a mayores libertades e igualdades sexuales y reproductivas.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Sistema Único de Saúde
Brasil
Sexualidade
Pesquisa Qualitativa
Saúde do Homem
Masculinidade
Saúde Reprodutiva
Saúde Sexual
Identidade de Gênero
Política de Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  5 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-986126
Autor: Mora, Claudia; Franch, Monica; Maksud, Ivia; Rios, Luís Felipe.
Título: HIV/AIDS: sexualidades, subjetividades e políticas
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(30):141-152, set.-dez. 2018.
Idioma: pt.
Descritores: Brasil
Saúde Pública
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
HIV
Congressos
Sexualidade
Tipo de Publ: Congressos
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  6 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024956
Autor: Archiopoli Sillitti, Micaela; Balla, Florencia; Briatore, Valeria; Carraro, M. Sol; Lemos, Carolina; Palacios, M. Guillermina; Puppo, Luciana; Rodríguez, Yanina; Velázquez, Agustina.
Título: Ateneo General de la Residencia de Psicopedagogía: Que no sea Tabú: La sexualidad en la práctica psicopedagógica / General athenaeum of the Psychopedagogy Residence: Not taboo: Sexuality in psychopedagogical practice.
Fonte: Buenos Aires; s.n; 2018. 61 p.
Idioma: es.
Resumo: Ateneo basado en tres ejes principales: Concepción de sexualidad; Sexualidad a lo largo de la vida, especialmente en los primeros tiempos del sujeto, en la latencia y en la pubertad; y abordaje de la sexualidad en la escuela y en las familias. Este último eje toma en cuenta lineamientos legales, la aplicación de la ley de Educación Sexual Integral en la escuela, el trabajo del equipo de salud proveniente del Área programática del Hospital en los talleres, las representaciones sociales de docentes, padres y alumnos, la sexualidad y educación, y el rol importante de los medios masivos de comunicación.
Descritores: Comportamento Sexual
Educação Sexual/métodos
Educação Sexual/tendências
Serviços de Saúde do Adolescente
Sexualidade
Relações Familiares
Legislação como Assunto
-Internato não Médico
Responsável: AR494.1 - Centro de Documentación en Salud
AR494.1


  7 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-967456
Autor: Nicolino, Aline Silva; Paraíso, Marlucy Alves.
Título: Escolarização da sexualidade: o silêncio como prática pedagógica da educação física / Sexuality schooling: silence as a pedagogical practice in physical education / Educación de la sexualidad: el silencio como práctica pedagógica de la educación física
Fonte: Movimento (Porto Alegre);24(1):93-106, jan.- mar. 2018. ILUS.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo investiga os saberes produzidos sobre a escolarização da sexualidade em teses e dissertações desenvolvidas na área da Educação Física brasileira. Trata-se de identificar o que a área vem produzindo sobre o tema e os efeitos desses saberes no contexto escolar. Para isso, foram lidas todas as produções da área que tratam sobre a sexualidade na escola, concluídas até o ano de 2014. O argumento desenvolvido é o de que a Educação Física entra no contexto escolar pela lógica biológica, valendo-se da ideia de corpo "saudável" para justificar uma educação heteronormativa. A análise mostra que o "não-dito" é uma estratégia eficiente para ensinar sobre a sexualidade, constituindo-se, também, em uma prática pedagógica

The study investigates knowledge produced in theses and dissertations about schooling of sexuality in the area of the Physical Education in Brazil. It identifies what the area has produced on the subject and its effects on the school context. All productions on sexuality at school finished by 2014 were read. The argument developed holds that Physical Education is included in the school context through a biological logic, using the idea of the "healthy" body to justify heteronormative education. The analysis shows that the "unsaid" is an effective strategy for teaching about sexuality, being also a pedagogical practice

The study investigates knowledge produced in theses and dissertations about schooling of sexuality in the area of the Physical Education in Brazil. It identifies what the area has produced on the subject and its effects on the school context. All productions on sexuality at school finished by 2014 were read. The argument developed holds that Physical Education is included in the school context through a biological logic, using the idea of the "healthy" body to justify heteronormative education. The analysis shows that the "unsaid" is an effective strategy for teaching about sexuality, being also a pedagogical practice
Descritores: Educação Física e Treinamento
Ensino
Sexualidade
-Dissertações Acadêmicas como Assunto
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR553.1 - Biblioteca Edgar Sperb


  8 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-955806
Autor: Lima, Nádia Laguárdia de; Santos, Adilson Pereira dos; Rezende, Alice Oliveira; Marra Melo, Carolina; Cerqueira, Fabiana; Araújo, Ronaldo Sales de.
Título: A eliminação das diferenças entre os sexos: uma leitura psicanalítica / The elimination of the differences between the sexes: a psychoanalytic reading / La eliminación de las diferencias entre los sexos: una lectura psicoanalítica
Fonte: Psicol. rev. (Belo Horizonte);22(2):447-468, ago. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo apresenta o resultado parcial de uma pesquisa que teve como objetivo pesquisar as noções de feminilidade construídas pelas adolescentes na atualidade. Ele parte da hipótese de que o crescimento de grupos de adolescentes que se nomeiam bissexuais nas redes sociais da internet é resultado da ideologia atual de eliminação das diferenças entre os sexos. Utilizando o referencial teórico da psicanálise, consideramos essa ideologia de igualdade como um efeito do discurso capitalista, que visa a escamotear a castração. O declínio das diferenças entre os sexos coloca o adolescente com maiores dificuldades para situar-se como homem ou mulher no campo das identificações. Para além das várias máscaras identificatórias que buscam definir os gêneros sexuais, a psicanálise sustenta a existência de uma diferença irredutível entre os sexos, que aponta para a impossibilidade da relação sexual

This article is the partial result of research aimed at investigating the notions of femininity constructed by teenagers. It starts from the hypothesis that the growth of groups of teenagers who call themselves bisexual in the social networks of the internet is a result of the current ideology elimination of the differences between the sexes. Using the theoretical framework of psychoanalysis, we consider the ideology of sexual equality with effect on the capitalist discourse that aims to conceal castration. The decline of the differences between the sexes puts the teenager in greater difficulty to situate themselves as male or female in the field of identifications. In addition to the various masks of identification seeking to define the genders, psychoanalysis supports the existence of an irreducible difference between the sexes, which points to the impossibility of sexual intercourse.

Este artículo es el resultado parcial de una investigación cuyo objetivo fue conocer las nociones de feminidad construidas por los adolescentes en la actualidad. Él parte de la premisa de que el crecimiento de los grupos de adolescentes que se dicen bisexuales en las redes sociales es resultado de la ideología actual de eliminación de las diferencias entre los sexos. Utilizando el marco teórico del psicoanálisis, consideramos esa ideología de la igualdad como un efecto del discurso capitalista que trata de ocultar la castración. La disminución de las diferencias entre los sexos pone al adolescente con una mayor dificultad para situarse como hombre o mujer en el campo de las identificaciones. Más allá de las diversas máscaras identificativas que tratan de definir los géneros, el psicoanálisis sustenta la existencia de una diferencia irreductible entre los sexos, que apunta la imposibilidad de la relación sexual
Descritores: Bissexualidade
Adolescente
Sexualidade
Responsável: BR370.1 - Biblioteca Central


  9 / 2782 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-558897
Autor: Pinto, Pedro; Nogueira, Maria da Conceição; Oliveira, João Manuel de.
Título: Debates feministas sobre pornografia heteronormativa: estéticas e ideologias da sexualização / Feminist debates on heteronormative pornography: aesthetics and ideologies of sexualization
Fonte: Psicol. reflex. crit;23(2):374-383, 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo re-visita o debate feminista sobre pornografias heteronormativas e analisa a sua produção de discursos polarizados, em particular os que recorreram às ciências psicológicas como forma de legitimar as suas posições. Partindo da localização da indústria pornô nas mecânicas do capitalismo contemporâneo, propomos repensar os significados da pornografia para lá da psicologia social tradicional e do feminismo norte-americano mais conservador. O papel preponderante que a pornografia hoje assume nas indústrias do sexo é indissociável da proliferação tecnológica da mídia e da crescente sexualização dos seus mercados. Neste artigo - uma análise de textos e discursos - situamos a pornografia numa fenomenologia mais ampla e reflexiva, cruzando uma abordagem feminista-construcionista com a psicologia social crítica. (AU)

This paper revisits the feminist debate on heteronormative pornography and analyzes its production of polarized discourses, particularly those that have explored psychological sciences to legitimize their positions. Locating the porn industry within the mechanics of contemporary capitalism, we propose to rethink the meanings of pornography beyond the strict boundaries of the traditional social psychology and the conservative North American feminism. The paramount role played by pornography in the sex industries is nowadays inseparable from the technological proliferation of the media and the increasing sexualization of its markets. In this article - an analysis of texts and discourses - we situate pornography in a broader and more reflexive phenomenology, crossing a constructionist-feminist approach with critical social psychology. (AU)
Descritores: Psicologia Social
Feminismo
Literatura Erótica/psicologia
-Sexualidade/psicologia
Discursos
Fatores Culturais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  10 / 2782 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024699
Autor: Abreu, Leidy Dayane Paiva de; Mendonça, Glícia Mesquita Martiniano; Araújo, Aretha Feitosa de; Torres, Raimundo Augusto Martins; Silva, Maria Rocineide Ferreira da; Fialho, Ana Virgínia de Melo.
Título: Cuidado de enfermagem na relação saber/poder e sexualidade junto a juventude escolar via webrádio / Nursing care in the relationship knowledge / power and sexuality with school youth via webrádio / Atención de enfermería en la relación conocimiento / poder y sexualidad con jóvenes escolares a través de webrádio
Fonte: Rev. enferm. UFSM;9:[21], jul. 15, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: descrever a experiência de pós-graduandas de enfermagem sobre a sexualidade e a relação saber-poder junto à juventude escolar via WebRádio. Método: a experiência emergiu na disciplina de "Micropolítica", realizada no primeiro semestre de 2016, em articulação ao referencial teórico-filosófico Saber/Poder de Foucault e a temática da sexualidade. Resultados: na vivência é visto que a escola e o setor saúde se configuram como espaços de resistência. Há ausência de discurso professor(a)/enfermeiro(a)/juventude sobre a sexualidade. Culminou-se que o dispositivo de cuidado em saúde WebRádio é uma rede interdiscursiva, com envolvimento das singularidades, proporcionando práticas de cuidado junto à juventude. Considerações finais: A enfermagem, nesse cenário escolar, amplia sua autonomia de cuidado junto à juventude na construção de saberes interdiscursivos.

Objective: To describe the experience of postgraduate nursing students about sexuality and the knowledge-power relationship with school youth via WebRódio. Method: the experience emerged in the discipline of "Micropolitics", held in the first semester of 2016, in articulation with Foucault's Knowledge / Power theoretical and philosophical framework and the theme of sexuality. Results: in the experience it is seen that the school and the health sector are configured as spaces of resistance. There is an absence of teacher / nurse / youth speech about sexuality. It was concluded that the WebRadio health care device is an interdiscursive network, involving singularities, providing care practices to the youth. Final considerations: Nursing, in this school setting, expands its autonomy of care with the youth in the construction of interdiscursive knowledge.

Objetivo: Describir la experiencia de los estudiantes de posgrado de enfermería sobre sexualidad y la relación conocimiento-poder con los jóvenes escolares a través de WebRódio. Método: la experiencia surgió en la disciplina de "Micropolítica", realizada en el primer semestre de 2016, en articulación con el marco teórico y filosófico de Foucault Knowledge / Power y el tema de la sexualidad. Resultados: en la experiencia se ve que la escuela y el sector salud están configurados como espacios de resistencia. Hay una ausencia de discurso del maestro / enfermera / joven sobre la sexualidad. Se concluyó que el dispositivo de atención médica WebRadio es una red interdiscursiva, que involucra singularidades y brinda prácticas de atención a los jóvenes. Consideraciones finales: La enfermería, en este entorno escolar, amplía su autonomía de atención con los jóvenes en la construcción del conocimiento interdiscursivo.
Descritores: Tecnologia
Adolescente
Enfermagem
Sexualidade
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR568.1 - Biblioteca Central Manoel Marques de Souza, Conde de Porto Alegre



página 1 de 279 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde