Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.813.550.249 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 8 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-915479
Autor: Rozendo, Adriano da Silva.
Título: Ageísmo: um estudo com grupos de Terceira Idade / Ageism: a study in Third Age groups / La discriminación por edad: un estudio de los grupos de Tercera Edad
Fonte: Rev. Kairós;19(3):79-89, set. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho discute os resultados de uma pesquisa cujo objetivo foi analisar o Ageísmo em grupos de terceira idade. Inicialmente foi utilizado o Ageism Survey e, posteriormente um questionário elaborado pelo pesquisador. A discriminação por idade não foi relatada como algo rotineiro entre os participantes desta pesquisa. Entretanto, são necessários investimentos em campanhas publicitárias, políticas públicas, e pesquisas, como forma de enfrentamento ao fenômeno onde quer que ele ocorra e como quer que ocorra, com a garantia de direitos humanos ao idoso.

The present paper discusses the results of a research whose objective was to analyze the ageism in third age groups. First was applied the Ageism Survey with 141, and latter a survey made by the own researcher. Respondents reported lower frequencies to ageism situations in two phases. Therefore, it is necessary investments in media, in public policies and research to face this phenomenon, wherever it occurs and how it occurs, and to guaranty of human rights for elderly.

En este trabajo se analizan los resultados de un estudio cuyo objetivo fue analizar la discriminación por edad en el tercer grupo de edad. Inicialmente se utilizó la encuesta discriminación por edad y posteriormente un cuestionario preparado por el investigador. La discriminación por edad no se informó como una cuestión de rutina entre los participantes en este estudio. Sin embargo, se necesitan inversiones en campañas publicitarias, políticas públicas y la investigación como una forma de hacer frente al fenómeno donde se produzca, y cómo se produce, con la garantía de los derechos humanos para las personas mayores.
Descritores: Idoso
Ageismo
Discriminação Social
Limites: Seres Humanos
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  2 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-898805
Autor: França, Lucia Helena de Freitas Pinho; Siqueira-Brito, Andreia da Rocha; Valentini, Felipe; Vasques-Menezes, Ione; Torres, Claudio Vaz.
Título: Ageism in the organizational context - the perception of Brazilian workers / Ageismo no contexto organizacional: a percepção de trabalhadores brasileiros
Fonte: Rev. bras. geriatr. gerontol. (Online);20(6):762-772, Nov.-Dec. 2017. tab, ilus.
Idioma: en; pt.
Projeto: Rio de Janeiro State Research Support Foundation.
Resumo: Abstract Objective: elaborate a scale for ageism in an organizational context (Escala de Ageismo no Contexto Organizacional or EACO), seeking evidence of its structural validity and investigating possible differences in prejudices against elderly workers. This article also highlighted differences between gender, age and levels of schooling. Method: the project was divided into two studies: the first focused on the construction of the EACO, testing the understanding of the initial instrument among 82 workers. A new version was sent to and analyzed by ten judges, resulting in a 28-item scale with six dimensions. The second study presented evidence of the validity of the EACO, using a more robust national sample. The modified instrument was electronically issued to 2,400 workers of varying ages from different regions of Brazil, with 600 participants responding. Results: Exploratory factorial analysis (EFA) resulted in an EACO with 14 items, with satisfactory eigenvalues, factorial loads and communality, grouped into two dimensions: D1 - negative attitudes, composed of cognitive and health aspects (α=0.83) and D2 - positive attitudes, composed of affective aspects (α=0.77). Younger workers had more negative attitudes towards aging than older workers, who in turn had more positive attitudes than younger individuals. Conclusion: The EACO tested ageism in organizations and demonstrated evidence of validity. It is also recommended, however, that the scale is used in its longer version in future research, with national and transnational groups and participants of different educational levels.AU

Resumo Objetivo: elaborar a escala de ageísmo no contexto organizacional (EACO), buscando evidências de validade da sua estrutura e investigando possíveis diferenças nos preconceitos contra trabalhadores mais velhos. Este artigo destaca ainda diferenças observadas entre o sexo, idade e nível de escolaridade dos participantes. Método: O trabalho foi dividido em dois estudos: o primeiro voltou-se para a construção da EACO, testando a compreensão do instrumento inicial com 82 trabalhadores. Uma nova versão foi enviada e analisada por 10 juízes, resultando em uma escala de 28 itens com seis dimensões. O segundo estudo apresentou evidências de validade da EACO, utilizando uma amostra mais robusta e nacional. O instrumento modificado foi enviado eletronicamente para 2.400 trabalhadores de diversas idades e regiões brasileiras, obtendo-se o retorno de 600 participantes. Resultados: Análises fatoriais exploratórias (AFE) resultaram na EACO com 14 itens, eigenvalues, cargas fatoriais e comunalidades satisfatórios, agrupados em duas dimensões: D1 - atitudes negativas, composta por aspectos cognitivos e de saúde (α=0,83) e D2 - atitudes positivas, composta por aspectos afetivos (α=0,77). Os trabalhadores mais jovens apresentaram atitudes mais negativas contra o envelhecimento que os mais velhos; estes apresentaram atitudes mais positivas do que os mais jovens. Conclusão: A EACO é um instrumento que testou o ageísmo nas organizações demonstrando evidencias de validade. Contudo, é recomendado que a escala seja utilizada também em sua versão mais longa em futuras pesquisas com grupos nacionais e transnacionais, com participantes de diferentes níveis educacionais. AU
Descritores: Preconceito
Envelhecimento
Organizações
Ageismo
Limites: Seres Humanos
Masculino
Responsável: BR1421.1 - Centro de Referência e Documentação sobre o Envelhecimento


  3 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1019276
Autor: Gutiérrez, Margarita; Mayordomo, Teresa.
Título: Age discrimination: a comparative study among university students / A discriminação por idade: um estudo comparativo entre estudantes universitários / La discriminación por edad: un estudio comparativo entre estudiantes universitarios
Fonte: Acta colomb. psicol;22(2):53-69, July-Dec. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Different studies with university students show the presence of a negative image about the elderly and an absence of positive stereotypes regarding this age group. With the increase of the older population, these stereotypes must disappear in order to work with aged people without a negative view of them. The aim of this paper was to identify the existence of negative stereotypes towards old age in students who are pursuing health-related and not related university degree courses. A total of 262 students were assessed with the CENVE questionnaire. In order to find out whether there were differences between students with respect to negative stereotypes, an ANOVA and a post-hoc comparison test were carried out. Results were significant at the 5% level. These show evidence of the existence of negative stereotypes about old age in students pursuing university degrees related and not related to the field of health. ANOVAs showed differences in total CENVE (F3 259 = 3.574; p = 0.015; r2 = 0.040), Social Motivation dimension (F3259 = 3.697; p = 0.012; rf = 0.042), and Personality dimension (F3259 = 5.157; p = 0.002; r2 = 0.057). The post-hoc tests show the existence of differences in stereotypes depending on the course that is being studied, where the health related courses show the lower level of negative stereotypes.

Resumo Diversos estudos sobre estereótipos com estudantes universitários mostram que as pessoas idosas são percebidas mais frequentemente a partir de uma imagem negativa do que com estereótipos positivos. Levando em consideração o crescente aumento da população idosa na atualidade e como o fim de trabalhar com pessoas mais velhas a partir de uma visão positiva de si mesmos, é preciso que esses estereótipos desapareçam. O objetivo deste trabalho foi determinar se existem estereótipos negativos com respeito à velhice em estudantes de cursos universitários relacionados e não relacionados com o campo da saúde. No total, 262 estudantes foram avaliados com o questionário CENVE e, para saber se existiam diferenças de estereótipos negativos entre os estudantes de acordo com sua habilitação, foi realizada uma análise ANOVA, além de comparações post hoc. Os resultados foram significativos com um nível de 5% e evidenciaram a existência de estereótipos negativos com respeito à velhice em estudantes de habilitações universitárias relacionadas e não relacionadas com o campo da saúde. Os ANOVA mostraram diferenças para o CENVE total (F3259 = 3.574; p = .015; n2 = .040), para a dimensão de motivação social (F3259 = 3.697; p = .012; n2 = .042) e para a dimensão de personalidade (F3259 = 5.157; p = .002; n2 = .057). As provas post hoc mostraram a existência de diferenças no grau de estereótipos negativos de acordo com as habilitações em curso, sendo que as habilitações de saúde mostraram menor grau em comparação com as demais.

Resumen Diversos estudios sobre estereotipos con estudiantes universitarios muestran que las personas mayores son percibidas más desde una imagen negativa que con estereotipos positivos. Teniendo en cuenta el creciente aumento de la población mayor en la actualidad, y con el fin de trabajar con personas mayores desde una visión positiva de sí mismos, es necesario que estos estereotipos desaparezcan. El objetivo de este trabajo fue determinar si existen estereotipos negativos hacia la vejez en estudiantes de carreras universitarias relacionadas y no relacionadas con el campo de la salud. En total, se evaluó a 262 estudiantes con el cuestionario CENVE, y, para saber si existían diferencias de estereotipos negativos entre los estudiantes según su titulación, se realizó un análisis ANOVA, además de comparaciones post hoc. Los resultados fueron significativos al nivel del 5 % y evidenciaron la existencia de estereotipos negativos hacia la vejez en estudiantes de títulos universitarios relacionados y no relacionados con el campo de la salud. Los ANOVA mostraron diferencias para el CENVE total (F3259 = 3.574; p = .015; η 2 = .040), para la dimensión de motivación social (F3259 = 3.697; p = .012; η2 = .042) y para la dimensión de personalidad (F3259 = 5.157; p = .002; η 2 = .057). Las pruebas post hoc mostraron la existencia de diferencias en el grado de estereotipos negativos según las titulaciones en curso, donde las titulaciones sanitarias mostraron menor grado en comparación con las demás.
Descritores: Idoso
Ageismo
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO320.1 - Biblioteca General


  4 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-967092
Autor: Maia, Paulo Henrique Silva.
Título: Saúde e violência na população idosa de Betim, Minas Gerais / Health and violence in the elderly population of Betim, Minas Gerais.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2018. 100 p. ilus, tab, graf.
Idioma: en; pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: a violência no idoso é um problema multicausal e complexo, com consequências devastadoras, pois, além de agressões à saúde física e mental acarreta baixa qualidade de vida e falta de segurança. Estudar esta temática verificando os fatores determinantes é relevante para a prevenção da ocorrência de violência em idosos. Objetivo: analisar a ocorrência da violência em idosos e seus fatores determinantes em Betim, Minas Gerais. Método: Estudo transversal, constituído por inquérito populacional realizado por meio de entrevistas estruturadas. A amostra foi estratificada por conglomerados em três estágios: setores censitários, domicílios e o respondente. Ao final, foram visitados 1.129 domicílios, com a participação de 200 idosos. A seleção dos setores censitários e dos domicílios foi realizada eletronicamente por meio do Statistical Package for Social Science (SPSS) versão 20.0 e a seleção do sujeito respondente no domicílio ocorreu segundo a metodologia de Kish, que preconiza a seleção aleatória de uma unidade amostral num domicílio. Inicialmente, os dados foram analisados pelo teste Qui-quadrado, análise bivariada e Análise de Correspondência. Posteriormente, realizou-se uma análise discriminante logística para explorar a estrutura de relações entre as variáveis dependentes (violência no idoso) e independentes. Resultados: As formas mais prevalentes de violência foram: falta de acesso a direitos sociais (31%) seguidos pela violência verbal (22%), moral/psicológica (19%), falta de cuidados necessários (16%); física (6%), sexual (3%) e discriminação (3%). Os homens que sofreram violência não eram dependentes, mantinham o controle do seu dinheiro e possuíam cônjuge. Já nas mulheres encontrou-se um maior número de dependentes, que não tinham controle do seu dinheiro, com escolaridade > 4ª série, sem cônjuge e com alto grau de sintomas depressivos. A associação considerada forte refere-se às idosas que sofreram violência e tiveram o seu dinheiro usado por outra pessoa e que sofreram violência verbal. Conclusão: este estudo permitiu reafirmar o perfil do idoso vítima de violência através da análise de sua ocorrência e seus fatores associados. Os fatores abuso financeiro e ser vítima de violência verbal foram fortemente associados à violência na pessoa idosa resultado que configura um novo olhar para esses fatores, visto que no Brasil, os principais fatores associados descritos anteriormente, foram baixos níveis educacionais, fatores cognitivos, dependência funcional e depressão. Do ponto de vista de investigação para ação, a presente pesquisa traz implicação direta para os setores interessados no enfrentamento do problema da violência no idoso, especialmente para os profissionais de saúde, pois, evidencia que a violência faz parte de um ciclo que geralmente tem fatores associados característicos que fazem parte de um modelo aninhado, principalmente, no relacionamento familiar. Nossa expectativa é que o silêncio do idoso, vítima de violência, sirva para aguçar a escuta dos profissionais de saúde e que os determinantes aqui descritos sejam encarados como disparadores da detecção e prevenção de novos casos. Por fim, cabe-nos destacar que o estudo da violência no idoso reclama, agora, que seus achados sejam subsidiários da práxis em saúde, conferindo novas estratégias e métodos para a cultura de paz e não violência.(AU)

Health and violence in the elderly population of Betim, Minas Gerais Introduction: Violence in the elderly is a multicausal and complex problem, with devastating consequences, as well as aggression to physical and mental health leads to poor quality of life and lack of safety. Studying this thematic one verifying the determining factors is relevant for the prevention of the occurrence of violence in the elderly. Objective: to analyze the occurrence of violence in the elderly and its determinants in Betim, Minas Gerais. Method: A cross-sectional study, consisting of a population survey conducted through structured interviews. The sample was stratified by clusters in three stages: census tracts, households and the respondent. At the end, 1,129 households were visited, with the participation of 200 elderly people. The selection of the census tracts and domiciles was carried out electronically through the Statistical Package for Social Science (SPSS) version 20.0 and the selection of the respondent subject in the household occurred according to the Kish methodology, which recommends the random selection of a sample unit in a household. Initially, the data were analyzed by the Chi-square test, bivariate analysis and Correspondence Analysis. Subsequently, a logistic discriminant analysis was performed to explore the structure of relationships between dependent variables (violence in the elderly) and independent variables. Results: The most prevalent forms of violence were: lack of access to social rights (31%) followed by verbal (22%), moral / psychological (19%), lack of necessary care (16%); physical (6%), sexual (3%) and discrimination (3%). Men who suffered violence were not dependent, kept control of their money, and had a spouse. In the women, a greater number of dependents were found, who did not have control of their money, with education> 4th grade, without a spouse and with a high degree of depressive symptoms. The association considered strong refers to the elderly women who suffered violence and had their money used by another person and who suffered verbal violence. Conclusion: this study allowed reaffirming the profile of the elderly victim of violence through the analysis of their occurrence and its associated factors. The financial abuse factors and being victims of verbal violence were strongly associated with violence in the elderly - a result that sets a new look for these factors, since in Brazil, the main associated factors described previously were low educational levels, cognitive factors, dependence functional and depression. From the point of view of research for action, this research brings direct implication to the sectors interested in coping with the problem of violence in the elderly, especially for health professionals, since it shows that violence is part of a cycle that usually has factors characteristic associates that are part of a model nested mainly in the family relationship. Our expectation is that the silence of the elderly, victim of violence, serves to sharpen the listening of health professionals and that the determinants described here are seen as triggers for the detection and prevention of new cases. Finally, it should be pointed out that the study of violence in the elderly now demands that their findings are subsidiary to the health practice, conferring new strategies and methods for the culture of peace and non-violence. Keywords: Elderly. Health. Violence. Social Conditions. Treatment of the Elderly. Aging.(AU)
Descritores: Violência
Envelhecimento
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Violência Doméstica
Maus-Tratos ao Idoso
Ageismo
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca
BR365.1; D047, M217s, 2018. T


  5 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-877981
Autor: Brito, Andreia da Rocha Siqueira; França, Lucia Helena Freitas Pinho; Valentini, Felipe.
Título: Análise fatorial confirmatória da Escala de Ageismo no Contexto Organizacional / Confirmatory factor analysis of the Ageism scale in the Organizational Context / Análisis factorial confirmatorio de la Escala del Ageísmo en el contexto organizacional
Fonte: Aval. psicol;15(3):337-345, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo analisou a estrutura da Escala de Ageismo no Contexto Organizacional (EACO). Participaram 383 trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro, de 18 a 75 anos (M=40; DP=12,79), de ambos os sexos e diferentes níveis de escolaridade, sendo utilizada a análise fatorial confirmatória (AFC). Os resultados das AFCs foram satisfatórios e o modelo de dois fatores independentes apresentou indicadores de ajuste aceitáveis (c2 =208,08; Tucker-Lewis Index ­ TLI=0,93; Comparative Fit Index ­ CFI=0,94; Root-Mean-Square Error of Approximation ­ RMSEA=0,06), sustentando quase totalmente a estrutura da análise exploratória da escala original, sendo retirado apenas um item. Assim, a EACO constou de 13 itens, subdivididos em: Dimensão 1 ­ atitudes positivas; e Dimensão 2 ­ atitudes negativas, na qual os trabalhadores jovens apresentaram atitudes mais negativas quanto ao envelhecimento nas organizações, confirmando estudo prévio. Recomenda-se a reaplicação dessa escala em outros contextos para investigar causas e consequências do ageismo organizacional.(AU)

This study analyzed the structure of the Ageism Scale in the Organizational Context (EACO) with 383 workers from the State of Rio de Janeiro, Brazil, aged between 18 and 75 years (M=40; SD=12.79), of both sexes and different educational levels, using confirmatory factor analysis (CFA). Results of the CFA were satisfactory, revealing that the two independent factor model presented acceptable adjustment indicators (c2 =208.08; Tucker-Lewis Index ­ TLI=0.93; Comparative Fit Index ­ CFI=0.94; Root-MeanSquare Error of Approximation ­ RMSEA=0.06) giving almost total support to the original scale structure with only one item withdrawn. Thus, the EACO with workers in Rio de Janeiro consisted of 13 items, subdivided in: Dimension 1 ­ positive attitudes; and Dimension 2 ­ negative attitudes, confirming previous study in which younger workers showed more negative attitudes towards ageing in the organizations. Reapplication of EACO in other organizational contexts to investigate causes and consequences of ageism is recommended.(AU)

Este estudio analizó la estructura de la Escala del Ageísmo en el contexto organizacional. Un total de 383 trabajadores del Estado del Rio de Janeiro, entre 18 y 75 años (M=40; DE=12,79), de ambos géneros y diferentes niveles educativos participaron del estudio. Se utilizó el análisis factorial confirmatorio. Los resultados del análisis fueron satisfactorios, y el modelo de dos factores independientes presentó indicadores de ajuste aceptables (c2=208,08; índice de Tucker-Lewis=0,93; Comparative Fit Index=0,94; Root-Mean-Square Error of Approximation=0,06), dando apoyo casi total a la estructura del análisis exploratorio de la escala original, con sólo un ítem retirado. Así, el Escala del Ageísmo en el contexto organizacional constaba de 13 ítems, subdivididos en: Dimensión 1 ­ actitudes positivas; y Dimensión 2 ­ actitudes negativas, en la cual los trabajadores más jóvenes mostraron actitudes más negativas hacia el envejecimiento en las organizaciones, lo que confirma un estudio previo. Se recomienda una nueva aplicación de la Escala del Ageísmo en otros contextos organizacionales para investigar las causas y las consecuencias de la discriminación organizacional por edad.(AU)
Descritores: Ageismo/psicologia
Envelhecimento/psicologia
Relações Interinstitucionais
Preconceito
Estereotipagem
Trabalhadores/psicologia
-Análise Fatorial
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  6 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-868887
Autor: Sousa, Ana Carla Santos Nogueira de; Lodovici, Flamínia Manzano Moreira; Silveira, Nadia Dumara Ruiz; Arantes, Regina Pilar Galhego.
Título: Alguns apontamentos sobre o idadismo: a posição de pessoas idosas diante desse agravo à sua subjetividade / Some notes on ageism: the elderly position of an appeal over subjectivity
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;19(3):853-877, dez. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O novo perfil da pessoa idosa acarretou uma maior visibilidade da velhice, evidenciando um de seus problemas — a discriminação social etária, manifesta por meio de afirmações, condutas e atitudes preconceituosas —, ainda presentes nas interações diárias, contra a pessoa idosa. O objetivo desta pesquisa é investigar, à luz da perspectiva da Gerontologia Social, a posição de pessoas idosas em episódios de discriminação social etária e a avaliação do consequente impacto negativo. O presente artigo se baseia na revisão da literatura, apresentando algumas posições teóricas sobre o preconceito e a discriminação, subsumidos ao Idadismo, e da interpretação de dados empíricos advindos de entrevista com idosos. Este é um estudo de corte transversal, com amostra de 145 sujeitos, de 60 a 86 anos, de ambos os sexos. A coleta de dados valeu-se da versão portuguesa do instrumento Ageism Survey, com vistas às funções avaliadas: frequência de discriminação; reconhecimento da discriminação ligada à idade, ao sexo, à escolaridade e ao estado civil. Os resultados mostram, de forma significativa, a presença de discriminação em todas as variáveis. Assim, este estudo chama a atenção para as necessárias ações voltadas à educação sobre o envelhecimento, a fim de que pessoas idosas, especialmente as menos favorecidas, deixem de receber os efeitos da discriminação etária e possam, ao ter preservada sua subjetividade, viver com mais dignidade a velhice, contribuindo, desta forma, a uma sociedade adequada a todas as idades.

The elderly new profile has resulted in greater visibility towards old age, highlighting one of the problems it faces — social discrimination, expressed by means of prejudicial statements, behaviors and attitudes — still present within everyday interactions against old people. The objective of this research is to investigate, in the light of Social Gerontology, old people perception before social discrimination episodes and evaluate the consequent negative impacts they cause. The present article is based on the revision of literature, providing some theoretical positions as to prejudice and discrimination, subsumed under Ageism as well as empirical data from interviews with old people. A cross-sectional study was conducted counting on a sample of subjects of both sexes and ranging in age from 60 to 86 years old. The data collection used the Portuguese version of the instrument Ageism Survey, with a view towards the functions evaluated: frequency of discrimination; perception of discrimination related to sex, schooling and marital status. The results showed significant perception of discrimination on all variables. Thus, this study draws attention to the need of actions focused on education about aging and old age so as the elderly quit receiving the effects of age discrimination, being able to live old age with more dignity, provided subjectivity is preserved, building a society suitable for all ages.
Descritores: Ageismo/psicologia
Preconceito
Autoimagem
-Envelhecimento
Estudos Transversais
Geriatria
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  7 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-765997
Autor: Alves, Flavio Geraldes; Wajnsztejn, Rubens; Alves, Camila Almeida Exposto; Morais, Tassiane Cristina; Fujimori, Mahmi; Adami, Fernando; Cruz, Cicero Macedo; Abreu, Luiz Carlos de.
Título: Parâmetros laboratoriais do líquido cefalorraquidiano em indivíduos com meningite por enterovírus / Laboratory parameters of cerebrospinal fluid in individuals with enterovirus meningitis
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;25(2):237-242, 2015.
Idioma: en.
Resumo: A meningite é a principal síndrome infecciosa que afeta o sistema nervoso central, e grande parte dos casos são ocasionados por infecções virais, principalmente por Enterovirus. O diagnóstico clínico para a verificação da etiologia da meningite ainda apresenta grandes desafios. O teste de Reação em Cadeia da Polimerase, leucócitos, hemácias, glicose, proteína e lactato no líquido cefalorraquidiano fornecem os primeiros indícios para o diagnóstico. No entanto, os valores de referência de alguns parâmetros podem sofrer alteraçõesOBJETIVO: Verificar parâmetros laboratoriais do líquido cefalorraquidiano em indivíduos com meningite por Enterovirus e, posteriormente, analisar suas relações por faixa etáriaMÉTODO: Foi realizado um estudo descritivo, com base nos dados do serviço de referência de coleta de líquido cefalorraquiano, localizado em São Paulo, Brasil. Totalizou-se em 202 indivíduos que apresentaram meningite por Enterovirus. Os dados foram analisados pelo teste de Shapiro-Wilk e Kruskal-Wallis (IC = 95%, p < 0,05) e representados pela mediana e percentil 25 e 75...

Meningitis is the leading infectious syndrome that affects the central nervous system, and most cases are caused by viral infections, mainly enterovirus. The clinical diagnosis for meningitis etiology still presents major challenges. The analysis of polymerase chain reaction (PCR), white blood cells, red blood cells, glucose, protein, and lactate in the cerebrospinal fluid (CSF) provides the first clues to the diagnosis. However, the reference values of some parameters can suffer changesOBJECTIVE: Analyze the laboratory parameters of CSF in patients with enterovirus meningitis, and then, theirrelationship by age groupMETHODS: A descriptive study was conducted based on data from a CSF reference service, located in São Paulo, Brazil, on 202 individuals who had enterovirus meningitis. Data was analysed by the Shapiro-Wilk and Kruskal-Wallis tests (CI = 95%, p < 0.05) and represented by the median and percentile 25 and 75, respectively...
Descritores: Líquido Cefalorraquidiano
Infecções por Enterovirus
Testes Laboratoriais
Microscopia
Meningite Asséptica/diagnóstico
Meningite Asséptica/terapia
Meningite Viral/diagnóstico
Meningite Viral/terapia
Reação em Cadeia da Polimerase
-Ageismo
Viroses
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 8 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-729428
Autor: Vélez Larrota, Rúber S; Menacho Jiménez, Inmaculada; Marchena Consejero, Esperanza; Navarro Guzmán, José I; Aguilar Villagrán, Manuel.
Título: Rendimiento de la memoria prospectiva en personas mayores, adultos y jóvenes / Prospective memory performance in older people, adults and youth / Rendimento da memória prospectiva em idosos, adultos e jovens
Fonte: Acta colomb. psicol;17(2):143-151, jul.-dic. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: La finalidad del presente trabajo fue comprobar las diferencias que pudieran existir en Memoria Prospectiva (MP) entre jóvenes, adultos y personas mayores; analizar las relaciones existentes entre variables de comprensión y fluidez verbal y la MP; y verificar la existencia de relaciones entre la percepción subjetiva del estado de salud y el rendimiento de la MP. A través de un diseño transversal, se trabajó con 270 participantes distribuidos en tres grupos de edad: jóvenes de 18 a 28 años; adultos de 45 a 55, y personas mayores de 60 a 80. Se evaluó a los participantes en relación con sus aptitudes de comprensión y fluidez verbal, así como en la percepción subjetiva de su estado de salud. Posteriormente se realizó un experimento donde se les presentaron párrafos de tres frases en la pantalla del computador y ellos tenían que reconocer palabras previamente acordadas, que indicarían su nivel de MP. Los resultados permitieron confirmar diferencias significativas en memoria prospectiva entre mayores y jóvenes. Sin embargo, no se encontraron diferencias entre jóvenes y adultos. Se detectó la importancia de las aptitudes verbales y la influencia de la percepción subjetiva del estado de salud para tener un mejor rendimiento en estas tareas de laboratorio de MP.

The aims of this study were to verify the potential differences in prospective memory (PM) among young people, adults and the elderly; analyze the relationships between variables of comprehension and verbal fluency and PM; and finally, verify the existence of a relationship between self-reported health status and performance on PM. A cross- sectional design was used. The study involved 270 participants divided into three age groups: young people aged 18 to 28 years; adults 45 to 55, and seniors 60 to 80. Their comprehension and verbal fluency skills were assessed as well as their self-perceived health status. Subsequently, an experiment was carried out where participants were presented with paragraphs of three sentences on a computer screen and they had to recognize previously agreed words that would indicate their level of MP. The results established significant differences in prospective memory between adults and older people and between young people and the elderly. But no differences between youth and adults were found..The importance of verbal comprehension and verbal fluency in solving prospective memory experimental tasks was also significant. In addition, a better self-perception of well-being was linked to a higher performance in PM.

A finalidade do presente trabalho foi comprovar as diferenças que puderam existir na Memória Prospectiva (MP) entre jovens, adultos e idosos; analisar as relações existentes entre variáveis de compreensão e fluência verbal e a MP; e verificar a existência de relações entre a percepção subjetiva do estado de saúde e o rendimento da MP. Através de um desenho transversal, se trabalhou com 270 participantes distribuídos em três grupos de idade: jovens de 18 a 28 anos; adultos de 45 a 55, e idosos de 60 a 80. Avaliaram-se os participantes em relação com suas aptidões de compreensão e fluência verbal, assim como na percepção subjetiva de seu estado de saúde. Posteriormente realizou-se um experimento onde foram apresentados parágrafos de três frases na tela do computador e eles tinham que reconhecer palavras previamente lembradas, que indicariam seu nível de MP. Los resultados permitiram confirmar diferencias significativas em memória prospectiva entre idosos e jovens. Porém, não se encontraram diferenças entre jovens e adultos. Detectou-se a importância das aptidões verbais e a influencia de a percepção subjetiva do estado de saúde para ter um melhor rendimento nestas tarefas de laboratório de MP.
Descritores: Ageismo
Memória de Longo Prazo
Comportamento Verbal
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO332 - Facultad de Medicina



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde