Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.813.550.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 97 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 97 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-986121
Autor: Tinoco, Karla Alejandra Contreras; Silva-Segovia, Jimena.
Título: Posiciones discursivas sobre sexualidad, deseo y placer sexual en jóvenes estudiantes chilenos y mexicanos / Discursive positions on sexuality, sexual desire and pleasure among Chilean and Mexican young students / Posições discursivas sobre sexualidade, desejo e prazer sexual em jovens estudantes chilenos e mexicanos
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(30):50-78, set.-dez. 2018. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen En este artículo buscamos comprender los significados sobre sexualidad, deseo y placer sexual de jóvenes heterosexuales, estudiantes, de entre 15 y 19 años, de Ocotlán, México y Antofagasta, Chile. Si bien geográficamente distantes, al estar situados en Latinoamérica, ambos emplazamientos comparten elementos socioculturales como: feminidad asociada al modelo mariano; cultura occidental de hegemonía masculina; procesos de colonización europea; religiosidad influyente en la familia y la vida sexual; y peso preponderante del neoliberalismo. La metodología fue cualitativa, con perspectiva pos/decolonial y feminista. La recolección de datos se efectuó con entrevistas y grupos de conversación. Realizamos análisis de inferencias discursivas. Entre los hallazgos, encontramos que en los dos contextos emergen posiciones discursivas de tipo esencialistas sexuales, sexistas, mercantilistas, románticas y contrasexuales.

Abstract This paper seeks to understand the meanings of sexuality, sexual desire and pleasure among young heterosexual students between 15 and 19 years of Ocotlán, México and Antofagasta, Chile. Although geographically distant, being located in Latin America, both sites share sociocultural elements such as: femininity associated with the Marian model; the Western culture of male hegemony; European colonization processes; influential religiosity in the family and sexual life; and preponderant weight of neoliberalism. The methodology was qualitative, with pos/decolonial and feminist perspectives. The data collection was carried out with through interviews and discussion groups, followed by analysis of discursive inferences. In the findings, we discovered that in both contexts emerge discursive positions classified as sexual essentialism, sexist, mercantilist, romantic and counter sexual.

Resumo Neste trabalho procuramos compreender os significados atribuídos à sexualidade, desejo e prazer sexual entre jovens estudantes heterossexuais entre 15 e 19 anos de Ocotlán, México e Antofagasta, Chile. Embora ambos os contextos sejam geograficamente distantes, sua localização na América Latina faz com que compartilhem elementos socioculturais, tais como a feminilidade associada ao modelo Mariano, a cultura ocidental de hegemonia masculina, processos de colonização Europeia, religião influente na vida familiar e sexual e peso preponderante do neoliberalismo. A metodologia foi qualitativa com perspectiva pós/descolonial e feminista. A coleta de dados foi realizada com entrevistas e grupos focais, seguido de análises de inferências discursivas. Nos resultados verificou-se que em ambos os contextos emergem posições discursivas do tipo: essencialista sexual, sexista, mercantilista, romântica e contra sexual.
Descritores: Religião
Comportamento Sexual
Estudantes
Chile
Adolescente
Sexualidade
Pesquisa Qualitativa
Prazer
Sexismo
México
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  2 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1025616
Autor: Gaspodini, Icaro Bonamigo; Falcke, Denise.
Título: Estudos psicológicos brasileiros sobre preconceito contra diversidade sexual e de gênero / Brazilian psychological studies on prejudice against sexual and gender diversity / Estudios psicológicos brasileños sobre prejuicio contra la diversidad sexual y de género
Fonte: Estud. Interdiscip. Psicol;10(2):59-79, ago.2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Nesta revisão sistemática da literatura, investigou-se como pesquisadores/as brasileiros/as em Psicologia abordaram o preconceito contra diversidade sexual e de gênero entre janeiro/2006 e junho/2016. Foram selecionados 23 artigos científicos de 16 bases de dados, por meio de três portais (Portal de Periódicos da CAPES, EBSCOHost e Biblioteca Virtual em Saúde). A maioria dos estudos revisados investiga o preconceito em amostras jovens, compostas por estudantes e/ou universitários e mulheres, população geralmente associada à menor expressão de preconceito. Além disso, priorizam a investigação do preconceito expressado contra a homossexualidade e escolhem o termo "sexo" para designar o gênero de participantes na descrição metodológica. Sugere-se que as pesquisas ampliem o foco para além da homossexualidade e passem a incluir outras orientações sexuais e identidades ou expressões de gênero não cisgêneras (AU).

In this systematic literature review, we investigated how Brazilian researchers in Psychology studied prejudice against sexual and gender diversity, from January 2006 to July 2016. Twenty-three articles were selected from 16 databases, on three portals (Portal de Periódicos da CAPES, EBSCOHost, and Biblioteca Virtual em Saúde). Most studies investigated prejudice in young samples composed by school/university students and women, which are populations associated with low expression of prejudice. Moreover, they prioritize investigating prejudice expressed against homosexuality and choose the term "sex" to describe participants' gender in methodological description. We suggest that Brazilian psychological investigations on prejudice against sexual and gender diversity move their focus beyond homosexuality to include other sexual orientations and non-cisgender identities or expressions (AU).

En esta revisión sistemática de la literatura, estudiamos cómo los investigadores brasileños en Psicología estudiaron el prejuicio contra la diversidad sexual y de género entre enero de 2006 y julio de 2016. Veintitrés artículos fueron seleccionados de 16 bases de datos, a través de tres portales (Portal de Periódicos da CAPES, EBSCOHost y Biblioteca Virtual em Saúde). La mayoría de los estudios investigan el prejuicio en muestras jóvenes compuestas por mujeres y estudiantes, que son poblaciones asociadas con baja expresión de prejuicio. Además, priorizan la investigación de los prejuicios expresados contra la homosexualidad y eligen el término "sexo" para describir el género de los participantes en la descripción metodológica. Sugerimos que las investigaciones psicológicas brasileñas sobre el prejuicio contra la diversidad sexual y de género muevan su enfoque más allá de la homosexualidad para incluir otras orientaciones sexuales e identidades o expresiones de género no cisgéneras (AU).
Descritores: Homofobia/psicologia
Sexismo
FRAUDTEMEFOS
Responsável: BR512.1 - Biblioteca Setorial do Centro de Ciências da Saúde


  3 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964581
Autor: Staudt, Jéferson Luis Staudt; Silva, André Luiz dos Santos; Magalhães, Magna Lima.
Título: Aptos aos trabalhos braçais, suscetíveis aos vícios morais: representações do homem negro na Revista Educação Physica (1939-1944) / Suitable for manual labor; susceptible to the moral vices: representations of black men in the Journal Educação Physica (1939-1944) / Aptos a los trabajos manuales, susceptibles a los vicios morales: representaciones del hombre negro en la Revista Educação Physica (1939 ­ 1944)
Fonte: Movimento (Porto Alegre);24(2):483-494, abr.-jun. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: A partir dos marcadores de gênero e raça, este texto analisa as representações do homem negro na revista Educação Physica entre 1939 e 1944, período em que Francisco de Assis Hollanda Loyola ficou no cargo de editor técnico do periódico. Para tanto, as edições compreendidas entre os números 34 e 81 foram acessadas e analisadas, com base nos pressupostos teórico-metodológicos da História Cultural. Em um período em que raça, povo e nação eram entendidos quase como sinônimos, a revista Educação Physica veiculou representações que tornam os homens negros visíveis por seus dotes físicos e suas fragilidades morais. "Naturalmente" propensos aos vícios e às tarefas braçais, as representações dos homens negros são produzidas na negação de suas características étnico-raciais, enfatizando, como efeito, os predicados provenientes dos corpos brancos

Based on gender and race markers, this text analyzes representations of black men in the magazine Educação Physica between 1939 and 1944, when Francisco de Assis Hollanda Loyola was its technical editor. Issues 34-81 were analyzed under the theoretical/methodological assumptions of Cultural History. In a period in which race, people, and nation were understood almost as synonyms, Educação Physica conveyed representations that portrayed black men according to their physical strengths and their moral weaknesses. "Naturally" prone to addiction and manual labor, black men's depictions denied their racial/ethnic characteristics, emphasizing white bodies' attributes as their effect

A partir de los marcadores de género y raza, este texto analiza las representaciones del hombre negro en la revista brasileña Educação Physica, de 1939 a 1944, periodo en que Francisco de Assis Hollanda Loyola ocupó el cargo de editor técnico del periódico. Para ello, las ediciones emprendidas entre los números 34 y 81 fueron accedidas y analizadas a partir de los presupuestos teórico/metodológico de la Historia Cultural. En un periodo en que raza, pueblo y nación eran comprendidos casi como sinónimos, la revista brasileña Educación Physica vehiculó representaciones que tornan los hombres negros visibles por sus dotes físicos y sus debilidades morales. "Naturalmente" propensos a los vicios y a las tareas manuales que requieren esfuerzo físico, las representaciones de los hombres negros son producidas en la negación de sus características étnico-racial, enfatizando como efecto los predicados provenientes de los cuerpos blancos
Descritores: Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Sexismo
-Publicações Periódicas como Assunto
Limites: Seres Humanos
Masculino
Responsável: BR553.1 - Biblioteca Edgar Sperb


  4 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1020248
Autor: Menezes, Jaileila Araújo; Lins, Saiane Silva; Sampaio, Juliana Vieira.
Título: Provocações pós-coloniais à formação em psicologia / Provocaciones postcoloniales a la formación en psicología / Post-colonial provocations to the education in psychology
Fonte: Psicol. soc. (Online);31:e191231, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Tendo como referência os estudos pós-coloniais e suas críticas ao norte-centrismo, sexismo e racismo na produção científica, buscamos nesse artigo apresentar a experiência da oficina Racismo, Sexismo, Epistemicídios e os saberes Psi, que aconteceu durante a XXVI Semana de Psicologia da Universidade Federal do Ceará. Nesse contexto, promovemos o debate sobre como o eurocentrismo epistêmico, o racismo e o sexismo produzem efeitos no campo de saber da Psicologia e discutimos com estudantes de graduação e pós-graduação estratégias de resistência cientificamente engajadas no enfrentamento das injustiças sociais. Na medida em que questionamos a objetividade, neutralidade e universalidade da ciência, também colocamos em discussão a naturalização da desigualdade e exclusão social. O exercício de decolonialidade proposto na oficina teve uma dimensão de provocação denunciativa das violências epistêmicas que nos constituem e imaginativa das transformações que temos de realizar para acolher a diversidade epistêmica em um mundo pluriversal.

RESUMEN Tomando como referencia los estudios postcoloniales y sus críticas al nortecentrismo, sexismo y racismo en la producción científica, buscamos en este artículo presentar la experiencia del taller Racismo, Sexismo, Epistemicidios y los saberes Psi, que ocurrió durante la XXVI Semana de Psicología de la Universidade Federal do Ceará. En ese contexto promovemos el debate sobre cómo el eurocentrismo epistémico, el racismo y el sexismo producen efectos en el campo de saber de la Psicología y discutimos con estudiantes de graduación y postgrado estrategias de resistencia científicamente comprometidas en el enfrentamiento de las injusticias sociales. A medida que cuestionamos la objetividad, neutralidad y universalidad de la ciencia, también ponemos en discusión la naturalización de la desigualdad y exclusión social. El ejercicio de decolonialidad propuesto en el taller tuvo una dimensión de provocación denunciante de las violencias epistémicas que nos constituyen y imaginativa de las transformaciones que tenemos que realizar para acoger la diversidad epistémica en un mundo pluriversal.

ABSTRACT Having as reference the post-colonial studies and its critics towards the North-centrism, sexism and racism in the scientific production, we intend to present in this article the experience from the workshop Racism, Sexism, Epistemicide and the Psi knowledges, which took place during the XXVI Psychology Week of Federal University of Ceará. In this context we promoted the debate about how the epistemic eurocentrism, the racism and the sexism produce effects in the field of knowledge of Psychology and discussed with students from the undergraduate and graduate programs the resistance strategies scientifically engaged in the confrontation of social injustices. As long as we query objectivity, neutrality and the universality of science, we also bring to discussion the naturalisation of social inequality and exclusion. The exercise of decoloniality as proposed in the workshop had a dimension of denunciatory provocation concerning the epistemic violences which constitute ourselves, as well as of an imaginative one concerning the transformations we have to make so that we welcome epistemic diversity in a pluriversal world.
Descritores: Psicologia/educação
Domínios Científicos
Racismo/psicologia
Sexismo/psicologia
Responsável: BR1896.1 - Biblioteca


  5 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-561653
Autor: Mazo, Janice Zarpellon; Silva, Carolina Fernander da; Lyra, Vanessa Bellani.
Título: As mulheres no cenário do associativismo esportivo em Porto Alegre/RS na transição do século XIX para o XX: alternativas de sociabilidade e lazer para elas / Women in Porto Alegre/RS's sportive associations scenery in the transition of the XIXth to the XXth century: sociability and leisure alternatives for them
Fonte: Licere (Online);13(3), set. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Tecendo significativas atuações na capital rio-grandense, as mulheres produziram diversas representações femininas nas práticas esportivas. Por ser o esporte um universo originalmente masculino, reproduz de forma adequada as tensões, lutas e reivindicações femininas para integrarem de forma igualitária os papéis sociais definidos entre homens e mulheres no espaço social. Este estudo mostra o trajeto percorrido pelas mulheres no cenário esportivo de Porto Alegre, onde oscilaram de espectadoras a protagonistas. Tendo como objetivo identificar os diferentes modos assumidos pelas mulheres na construção do associativismo esportivo porto-alegrense no fim do século XIX ao início do século XX. Os procedimentos metodológicos adotados foram a pesquisa bibliográfica e a coleta de informações em fontes históricas, como o Catálogo da Revista do Globo e o Atlas do Esporte no Brasil e o Atlas do Esporte no Rio Grande do Sul.

Building expressive actuations in the Rio Grande do Sul´s capital, women have produced lots of feminine representations in sportive practices. Since sport constitutes an originally masculine universe, it reproduces suitably the tensions, conflicts and feminine claiming to integrate equally the social roles defined between men and women in the social space. This study shows the course passed through by the women in Porto Alegre´s sportive scenery, where they have oscillated from spectators to protagonists. The aim was to identify the different modes assumed by the women in the construction of Porto Alegre´s sportive associations in the end of the XIXth century to the beginning of the XXth century. The methodological proceedings adopted were a bibliographic research and the information collection in historical sources, like the Revista do Globo´s Catalogue and the Brazil?s Sportive Atlas and the Sportive Atlas in Rio Grande do Sul.
Descritores: Comportamento Social
Meio Social
Esportes/história
Mulheres
Sexismo
FREE RADICALS1
Relações Interpessoais/história
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  6 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010038
Autor: Silva, Lawerton Braga da; Santos, Aléssio, Renata Lira dos.
Título: Revisão sobre a utilização da teoria das representações sociais nos estudos sobre homofobia no Brasil / Review of the use of the theory of social representations in homophobia studies in Brazil / Revisión sobre la utilización de la teoría de las representaciones sociales en los estudios sobre la homofobia en Brasil
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;19(2):342-365, maio-ago. 2019. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo de revisão objetiva destacar as contribuições e fazer um panorama dos estudos que utilizam a teoria das representações sociais para estudar o fenômeno da homofobia no contexto da psicologia social brasileira. A pesquisa foi realizada nas bases BVS, PePSIC e SciELO, sem demarcação de tempo. Foram encontrados sete artigos empíricos realizados no contexto brasileiro, três de cunho quantitativo e quatro qualitativos. Cinco artigos deixaram claros os modelos escolhidos, entre eles a abordagem societal e abordagem estrutural. Também apontaram quatro núcleos temáticos que não são excludentes, mas dizem respeito ao foco de cada trabalho: (1) Expressão do preconceito e natureza da homossexualidade; (2) Adoção homoparental; (3) Representações sociais da homossexualidade; (4) Professores e representações sociais da homossexualidade e diversidade sexual. Duas tendências podem ser apontadas quanto aos objetivos: (1) a compreensão das expressões do preconceito (sutil e flagrante) com base nas representações sobre a natureza da homossexualidade; (2) as representações a respeito da homossexualidade. É preciso que os estudos futuros mudem seu foco, propondo formas de enfrentamento e combate a discriminação homofóbica, além de considerar o lugar de fala de LGBT. Deixando a busca pela origem da homofobia e da homossexualidade em segundo plano.(AU)

This review article aims to highlight the contributions and give an overview of the studies that use social representations theories to study the homophobia phenomenon in the context of Brazilian Social Psychology. The research was carried out in the BVS, PePSIC and SciELO bases, without time demarcation. seven empirical articles were found in the Brazilian context. Three with quantitative aproach and four with qualitative aproach. Five articles made clear their chosen models, among them the societal approach and structural approach. They also pointed out four thematic nuclei that were not excluding but related to the focus of each work: (1) Expressions of prejudice and nature of homosexuality; (2) Homoparental adoption; (3) Social representations of homosexuality and; (4) Teachers and social representations of homosexuality and sexual diversity. Two tendencies can be pointed toward the objectives: (1) the understanding of expressions of prejudice (subtle and flagrant) based on representations about the nature of homosexuality and; (2) representations regarding homosexuality. It is necessary that future studies change their focus, proposing strategies to face and fight homophobic discrimination, as well as taking into account the place of LGBT speech. Leaving the search for the origin of homophobia and homosexuality in the background.(AU)

Este artículo de revisión tiene por objetivo destacar las contribuciones y hacer un panorama de los estudios que utilizan la teoría de las representaciones sociales para estudiar el fenómeno de la homofobia en el contexto de la psicología social brasileña. La investigación se realizó en las bases BVS, PePSIC y SciELO, sin demarcación de tiempo. Se encontraron sete artículos empíricos realizados en el contexto brasileño. Tres de carácter cuantitativo y cuatro cualitativos. Cinco artículos dejaron claros los modelos escogidos, entre ellos el enfoque societal y el enfoque estructural. También señalaron cuatro temas que no son excluyentes entre sí, sino que se relacionan con el enfoque de cada trabajo: (1) la expresión de los prejuicios y la naturaleza de la homosexualidad; (2) Adopción homoparental; (3) Representaciones sociales de la homosexualidad; (4) Profesores y representaciones sociales de la homosexualidad y diversidad sexual. Dos tendencias se pueden identificar cuanto a los objetivos: (1) la comprensión de las expresiones del prejuicio (sutiles y evidentes) con base en las representaciones acerca de la naturaleza de la homosexualidad y; (2) las representaciones acerca de la homosexualidad. Es necesario que los estudios futuros cambien su enfoque, proponiendo formas de enfrentamiento y combate a la discriminación homofóbica, además de considerar el lugar de habla de LGBT. Dejando la búsqueda por el origen de la homofobia y de la homosexualidad en segundo plano.(AU)
Descritores: Psicologia Social
Homofobia/psicologia
-Preconceito/psicologia
Homossexualidade
Sexismo
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1691.1 - Biblioteca CEH/A


  7 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1016425
Autor: Rodrigues Neto, Antônio; Amorim, Antônio Leonardo.
Título: Cidadania para pessoas transgênero no Mercosul: um comparativo entre Brasil e Uruguay / Citizenship for trans people in Mercosur: a legal comparative between Brazil and Uruguay / Ciudadanía para personas transgénero en el Mercosur: un comparativo entre Brasil y Uruguay
Fonte: RECIIS (Online);13(3):471-481, jul.-set. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo tem como escopo estabelecer, a partir de pesquisa bibliográfica e documental, um comparativo legal entre o aporte jurisprudencial brasileiro (Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 4.275-DF, Supremo Tribunal Federal do Brasil, 2018) e o Projeto de Lei nº 816/2017 (Ley Integral para Personas Trans), recentemente aprovado pela Câmara dos Deputados do Uruguai, a fim de combater a discriminação e ampliar direitos para transexuais, transgêneros e travestis no Brasil, considerando-se a necessidade de se expandir a cidadania para essas pessoas: tradicionalmente marginalizados. Busca-se discutir sobre as legislações dos dois países selecionados como objeto de pesquisa (integrantes do Mercosul), a fim de verificar se estão promovendo Direitos Humanos à População T. Como resultado, evidencia-se que, ao passo que o Uruguai tem empreendido esforços na positivação de direitos e no reconhecimento do respeito à autodeterminação da identidade de gênero, o Brasil, ainda, tem caminhado timidamente na mesma construção, dependendo ­ prioritariamente ­ de jurisprudências e atos administrativos para tanto.

The purpose of this article is to establish, based on bibliographical and documentary research, a legal comparison between the Brazilian jurisprudential contribution (Direct Unconstitutionality Action nº 4,275-DF, Supreme Federal Court of Brazil, 2018) and Bill nº 816/2017 (Ley Integral para Personas Trans), recently approved by the Chamber of Deputies of Uruguay, in order to combat discrimination and expand rights for transsexuals, transgenders and transvestites in Brazil, considering the need to expand citizenship for these people: traditionally marginalized. The aim is to discuss the legislation of the two countries selected as an object of research (members of Mercosur), in order to verify if they are promoting Human Rights to Population T. As a result, it is evident that, while Uruguay has made efforts in the positivation of rights and in the recognition of respect for the self-determination of gender identity, Brazil has also walked timidly in the same construction, depending - primarily on jurisprudence and administrative acts for that purpose.

Este artículo tiene como objetivo establecer, a partir de investigación bibliográfica y documental, un comparativo legal entre el aporte jurisprudencial brasileño (Acción Directa de Inconstitucionalidad nº 4.275-DF, Supremo Tribunal Federal de Brasil, 2018) y el Proyecto de Ley nº 816/2017 (Ley Integral para Personas Trans), recientemente aprobado por la Cámara de Diputados de Uruguay, a fin de combatir la discriminación y ampliar derechos para transexuales, transgéneros y travestis en Brasil, considerando la necesidad de expandir la ciudadanía para esas personas: tradicionalmente marginados. Se busca discutir sobre las legislaciones de los dos países seleccionados como objeto de investigación (integrantes del Mercosur), a fin de verificar si están promoviendo Derechos Humanos a la Población T. Como resultado, se evidencia que, mientras que Uruguay ha emprendido esfuerzos en la positivación de derechos y en el reconocimiento del respeto a la autodeterminación de la identidad de género, Brasil, aún, ha caminado tímidamente en la misma construcción, dependiendo- prioritariamente - de jurisprudencias y actos administrativos para tanto.
Descritores: Uruguai
Brasil
Pessoas Transgênero
Direitos Humanos
-Participação da Comunidade
Violações dos Direitos Humanos
Sexismo
Ativismo Político
FRAUDTEMEFOS
Identidade de Gênero
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  8 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1016422
Autor: Carrara, Sérgio Luis.
Título: O movimento LGBTI no Brasil, reflexões prospectivas / The LGBTI Movement in Brazil, prospective considerations / El movimiento LGBTI en Brasil, reflexiones prospectivas
Fonte: RECIIS (Online);13(3):450-456, jul.-set. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Esta nota busca contribuir para uma melhor compreensão do atual cenário político brasileiro que, em relação à diversidade sexual e de gênero, aparece marcado pelo paroxismo, pela polarização e por visíveis contradições. Nele, os diferentes poderes da República mostram tomar direções opostas. Simultaneamente, percebe-se uma sensível dessintonia entre o mundo social, no qual o respeito a tal diversidade parece cada vez mais incorporado à vida cotidiana, e os discursos conservadores que se articulam nos púlpitos e nos palanques. Como em outros importantes temas, o mundo contemporâneo parece dilacerado.

This conjunctural note searches to contribute to a better knowledge of the current Brazilian political scene, characterized by a paroxysm, a polarization and perceptible contradictions when the subject is sexual and gender diversity. In this context, the different Republic forces show that their ways are in opposite directions. At the same time, we can observe a sensible lack of harmony between the social world, in which the respect for such diversity seems more and more incorporated into the population daily life, and the conservative discourses expressed in pulpits and joined up with those pronounced by politicians on their platforms. Like what happen to many other important themes, the contemporary world seems shattered.

Esta nota de coyuntura intenta contribuir a una mejor comprensión del escenario político brasileño actual que, al respecto a la diversidad sexual y de género, aparece marcado por el paroxismo, por la polarización y por visibles contradicciones. En este contexto, los diferentes poderes de la República muestran seguir direcciones opuestas. Al mismo tiempo, es posible percibir una sensible desarmonía entre el mundo social en el que el respecto a tal diversidad parece cada vez más incorporado a la vida diaria, y los discursos conservadores se articulan en los púlpitos y en las tribunas. De la misma forma que ocurre en otros temas importantes, el mundo contemporáneo parece lacerado.
Descritores: Brasil
Minorias Sexuais e de Gênero
Ativismo Político
FRAUDTEMEFOS
Identidade de Gênero
-Comportamento Social
Sexismo
Discriminação Social
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  9 / 97 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1015715
Autor: Franco, Juan Víctor Ariel.
Título: Recomendaciones del Ministerio de Salud de la Argentina para el cuidado de la salud en adolescentes LGBTI / Argentine Ministry of Health recommendations on LGBTI adolescent's health care
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;21(4):120-121, 2018. tab..
Idioma: es.
Descritores: Adolescente/fisiologia
Saúde do Adolescente/normas
Gênero e Saúde/educação
Minorias Sexuais e de Gênero/educação
FRAUDTEMEFOS
FREEDOM0
Promoção da Saúde/tendências
-Argentina
Psicologia do Adolescente/normas
Violência Doméstica/prevenção & controle
Violência Doméstica/psicologia
Assistência Integral à Saúde/tendências
Sexualidade/psicologia
Saúde do Adolescente/tendências
Bullying/prevenção & controle
Bullying/psicologia
Ideação Suicida
Sexismo/prevenção & controle
Minorias Sexuais e de Gênero/psicologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  10 / 97 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-719365
Autor: Monteiro, Simone Souza; Villela, Wilza Vieira; Soares, Priscilla da Silva.
Título: É inerente ao ser humano! A naturalização das hierarquias sociais frente às expressões de preconceito e discriminação na perspectiva juvenil / It is inherent to human beings! The naturalization of social hierarchies in the youth view about expressions of prejudice and discrimination
Fonte: Physis (Rio J.);24(2):421-440, Apr-Jun/2014.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho objetiva analisar como mulheres e homens jovens, com diferentes inserções sociais, cor/raça e orientação sexual, frequentadores de espaços de sociabilidade no Rio de Janeiro, concebem e vivenciam as expressões de preconceito e discriminação na vida cotidiana. Considerase que o preconceito e a discriminação fazem parte de um processo social de produção de desigualdades que articula diferentes marcadores sociais (classe social, gênero, sexualidade, raça/etnia) e opera por meio da naturalização dos atos de discriminar e de ser discriminado. Todavia, há perspectivas teóricas dissonantes, que concebem a discriminação e o preconceito como decorrentes de interações inerentes e circunscritas ao âmbito das relações sociais interpessoais, desvinculadas dos fatores macrossociais. Os depoimentos dos/das jovens do estudo revelam que os agentes da ação discriminatória evitam falar de preconceito, justificando suas práticas com base no gosto, preferência ou estranhamento frente a algo incomum. Entretanto, alguns sujeitos que são objeto de ações homofóbicas, sexistas e/ou racistas percebem que essas situações expressam uma tentativa de garantia de privilégios de grupos específicos e que a classe social dos envolvidos tem influência nessas manifestações. Outros consideram que a homofobia e o racismo resultam da falta de conhecimento e/ou socialização. Observa-se a ausência de referências à ação política para confrontar situações de discriminação. O desenvolvimento de estudos voltados para a apreensão do preconceito e da discriminação como fenômenos sociais complexos, associados à (re)produção de marcadores sociais da diferença, podem orientar as ações de enfrentamento desses processos em diferentes contextos sociais...

This study aims to analyze how women and men with different social background, color / race and sexual orientation, attending social spaces in Rio de Janeiro, conceive and experience the expressions of prejudice and discrimination in everyday life. It is considered that prejudice and discrimination are part of a social process of production of social inequalities that articulates different markers (social class, gender, sexuality, race / ethnicity) and operates through naturalization acts of discriminating and being discriminated against. However, there are dissonant theoretical perspectives that view discrimination and prejudice as arising from interactions which are inherent and circumscribed to the scope of interpersonal social relations, disconnected from macro-factors. The testimonies of the study youngsters show that agents of discriminatory action avoid talking about prejudice, justifying their practices based on taste, preference or strangeness to something unusual. However, some individuals who are subject of homophobic, sexist and / or racist actions realize that these situations express an attempt to guarantee privileges to specific groups and that social class affects those involved in the events. Others believe that homophobia and racism stem from lack of knowledge and / or socialization. One notes the absence of references to political action to face discrimination. The development of studies for the apprehension of prejudice and discrimination as a complex social phenomena, associated with the (re) production of social markers of difference, can guide the actions against these processes in different social contexts...
Descritores: Adulto Jovem
Comportamento Social
Discriminação Social/tendências
Homofobia
Racismo
Sexismo
-Brasil/etnologia
Limites: Seres Humanos
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde