Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.145.875 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 56 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 56 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1139449
Autor: Yescas-Benítez, José E; Rivero-Perez, Nallely; Montiel-Díaz, Hugo E; Valladares-Carranza, Benjamín; Peláez-Acero, Armando; Morales-Ubaldo, Ana L; Zaragoza-Bastida, Adrian.
Título: Comportamiento epidemiológico de la leptospirosis en México durante el periodo 2013-2019 / Epidemiologic behavior of leptospirosis in México during the period 2013-2019
Fonte: Rev. salud pública;22(4):e202, July-Aug. 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Objetivo Determinar el comportamiento temporal y espacial de la leptospirosis en México durante el periodo 2013-2019. Materiales y Métodos Se utilizó la información depositada en los boletines epidemiológicos del Sistema Nacional de Vigilancia Epidemiológica de México. Para determinar el comportamiento espacial se construyeron canales endémicos y análisis de series de tiempo. Para determinar el comportamiento espacial, se utilizó el modelo estadístico espacial Scan. Resultados Se determinó que los casos de leptospirosis en México se presentan todo el año; sin embargo, los picos endémicos se observaron en los meses de agosto, septiembre y octubre. Con respecto al comportamiento espacial, no se determinó ninguna agrupación estadísticamente; no obstante, los estados con la mayor prevalencia fueron: Sinaloa, con 146.7 casos por cada millón de habitantes, y Tabasco, con 142 casos por cada millón de habitantes. Discusión La leptospirosis es una enfermedad influenciada por los hábitos y las costumbres de la población, al igual que por variables climatológicas que favorecen el contacto con el agente etiológico. Esto coincide con lo reportado por otros estudios que han determinado que la incidencia de leptospirosis aumenta durante la época de lluvia y que esta enfermedad se relaciona con actividades de recreación en zonas tropicales. Conclusiones La leptospirosis es una enfermedad zoonótica emergente de gran importancia en México, que se presenta con mayor frecuencia en época de lluvias. Los estados de Sinaloa y Tabasco son los más afectados.(AU)

ABSTRACT Objetive To determine the temporal and spatial behavior of leptospirosis in Mexico during the period 2013-2019. Materials and Methods It was used the information deposited in the epidemiological bulletins of National System of Epidemiological Surveillance of Mexico. To determine spatial behavior, endemic channels and time series analyzes were constructed. The spatial statistical model Scan was used to determine the spatial behavior. Results It was determined that leptospirosis cases in Mexico occur throughout the year, however endemic peaks were observed during the months of August, September and October. Regarding to spatial behavior, it was not statistically determined any aggrupation, nevertheless the States with the highest prevalence were Sinaloa with 146.7 cases per million of habitants and Tabasco with 142 cases per million of habitants. Discussion Leptospirosis is a disease which is affected by habits and customs of the populations, as well as by climatological events, favoring the contact with the etiological agent, which coincides with that reported in other studies, in which it was determined that leptospirosis incidence increases during the rainy season, likewise, it was reported that this disease is related to recreational activities in tropical areas. Conclusions To date leptospirosis is an important emerging zoonotic disease in Mexico, the disease occurs more frequently during rainy season, being Sinaloa and Tabasco the most affected States by this disease.(AU)
Descritores: Zoonoses
Modelos Estatísticos
Leptospirose/epidemiologia
-Comportamento Espacial
México/epidemiologia
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Barata, José Maria Soares
Texto completo
Texto completo
Id: lil-450653
Autor: Barata, Eudina Agar Miranda de Freitas; Chiaravalloti Neto, Francisco; Dibo, Margareth Regina; Macoris, Maria de Lourdes G; Barbosa, Angelita Anália C; Natal, Delsio; Barata, José Maria Soares; Andriguetti, Maria Teresa Macoris.
Título: Captura de culicídeos em área urbana: avaliação do método das caixas de repouso / Capture of culicids in urban areas: evaluation of the resting box method
Fonte: Rev. saúde pública = J. public health;41(3):375-382, jun. 2007. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Ministério da Saúde. Convênio entre Fundação Nacional de Saúde; . Superintendência de Controle de Endemias.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de população adulta de culicídeos em área urbana e medir a sensibilidade do método de coleta em caixa de repouso MÉTODOS: Foram coletados mosquitos entre 1999 e 2000, em duas cidades do Estado de São Paulo: Ocauçu e Uchoa. Em cada uma delas, sortearam-se 15 quadras, e em cada quadra um domicílio, onde foram instaladas duas caixas de repouso, no intra e no peridomicílio. Realizaram-se coletas mensais por domicílio, durante 13 meses, utilizando aspiradores manuais no intra e peridomicílio e no interior das caixas. Os espécimes capturados foram levados ao laboratório para triagem e identificação por espécie e sexo. RESULTADOS: Dos 2.112 espécimes de culicídeos coletados, 99,7 por cento corresponderam a quatro espécies: Culex quinquefasciatus, Aedes aegypti, Cx. declarator e Cx. coronator. A distribuição percentual dessas espécies foi, respectivamente, em Ocauçu: 83,3 por cento, 3,2 por cento, 10,8 por cento e 2,4 por cento, e em Uchoa: 83,8 por cento, 8,4 por cento, 4,4 por cento e 3,0 por cento. Das fêmeas do gênero Culex, 34,3 por cento foram coletadas nas caixas de repouso e 59,9 por cento encontravam-se no intradomicílio. Das fêmeas de Ae. aegypti, 17,6 por cento foram coletadas nas caixas de repouso e 82,4 por cento encontraram-se no intradomicílio. CONCLUSÕES: A grande maioria dos espécimes coletados pertenciam a quatro espécies de culicídeos, sendo Cx. quinquefasciatus a mais freqüente. Proporcionalmente, as fêmeas de Ae. aegypti ocuparam mais o intradomicílio do que as do gênero Culex. A caixa de repouso apresenta potencial de utilização como dispositivo de vigilância, mas precisa ser mais bem avaliada.

OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of adult culicid populations in urban areas and measure the sensitivity of the resting box collection method. METHODS: Mosquito were collected in 1999 and 2000, in two cities in the State of São Paulo, Brazil: Ocauçu and Uchoa. In each city, 15 blocks were drawn by lots and then one home in each block was drawn. Two resting boxes were installed at each home: one inside and the other outside the house. Monthly collections were carried out at each home, over a 13-month period, using manual aspirators inside and outside the home and inside the boxes. The captured specimens were taken to the laboratory for screening and identification according to species and sex. RESULTS: Out of the 2,112 culicid specimens collected, 99.7 percent were of four species: Culex quinquefasciatus, Aedes aegypti, Cx. declarator and Cx. coronator. The distribution of these species in Ocauçu was 83.3 percent, 3.2 percent, 10.8 percent and 24 percent, respectively, and in Uchoa it was 83.8 percent, 8.4 percent, 4.4 percent and 3.0 percent, respectively. Among the females of the genus Culex, 34.3 percent were captured in the resting boxes and 59.9 percent were collected from inside the house. Among the females of Ae. aegypti, 17.6 percent were found in the resting boxes and 82.4 percent inside the home. CONCLUSIONS: The great majority of the specimens collected belonged to four species of culicids, and Cx. quinquefasciatus was the most common. Proportionally, the females of Ae. aegypti were found more inside the home than were those of the genus Culex. Resting boxes present potential for use as surveillance devices, but their use needs to be more thoroughly evaluated.
Descritores: Aedes
Comportamento Espacial
Culex
Culicidae
Estudo de Avaliação
Insetos Vetores
Sensibilidade e Especificidade
-Área Urbana
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  3 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Andrade, Vera L. G
Id: lil-303591
Autor: Ignotti, Eliane; Andrade, Vera L. G; Sabroza, Paulo C; Araújo, Adaulto J. G.
Título: Estudo da adesäo ao tratamento da hanseníase no município de Duque de Caxias - Rio de Janeiro: abandonos ou abandonados / Study of adhesion to treatment of the leprosy in municipal district of Duque de Caxias - Rio de Janeiro: abandoning or abandoned?
Fonte: Hansen. int;26(1):23-30, jan.-jun. 2001. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo teve por objetivo analisar os fatores determinantes do abandono do tratamento da hanseníase no município de Duque de Caxias, regiäo metropolitana do Rio de Janeiro, área hiperendêmica com um dos maiores índices de abandono do tratamento no Estado nos últimos anos. Dos 855 casos notificados entre 1995 e 1997, construíram-se coortes administrativas com 483 pacientes, 160 casos multibacilares e 323 paucibacilares. Destes, 73 casos estavam classificados pelo nível local como em abandono de tratamento. Verificou-se que os casos multibacilares têm o dobro de chance de abandonar o trantamento em relaçäo aos casos paucibacilares (RPC= 2,07(1,21 - 3,55)). Este aspecto tem especial relevância quando consideramos que tais casos apresentam até cinco vezes mais incapacidades físicas que os casos paucibacilares. Na análise espacial observou-se que tanto a detecçäo quanto o abandono distribuem-se por toda área do município. Os resultados mostram que as taxas de abandono estäo superestimadas, quando avaliadas segundo o atual esquema terapêutico proposto para casos multibacilares. Além disso, ao se considerar o índice de adesäo, tais casos näo têm significado epidemiológico na manutençäo da transmissäo da hanseníase visto que apenas 3,5(por cento) dos pacientes receberam doses insuficientes. Para um maior sucesso no controle desta endemia recomenda-se que as estratégias adotadas sejam voltadas para a detecçäo precoce de casos, o que terá influência na reduçäo do abandono do tratamento
Descritores: Comportamento Espacial
Recusa do Paciente ao Tratamento
Hanseníase
Participação do Paciente
-Defesa do Paciente
Análise de Situação
Doenças Endêmicas
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  4 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-566930
Autor: Vasconcelos, Simone Gonçalves.
Título: Comunicação entre mãe-filho em alojamento conjunto à luz dos fatores proxêmicos / Communication between mother-child rooming in the light of the factors proxemic.
Fonte: Fortaleza-Ce; s.n; 2006. 60 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Proxemia representa neologismo para designar o conjunto das observações e teorias referentes ao uso que o homem faz do seu espaço, constituindo-se uma modalidade de comunicação não-verbal. A comunicação proxêmica estuda o significado social do espaço, ou seja, estuda como o homem estrutura inconscientemente o próprio espaço. Neste estudo aborda-se a comunicação proxêmica entre mãe-filho em alojamento conjunto. Faz-se um julgamento comparativo entre binômios com sorologia negativa e positiva para o HIV. Como objetivo geral, menciona-se analisar as interações entre mãe-filho durante a troca de fraldas do bebê em alojamento conjunto, à luz dos fatores proxêmicos. Desenvolveu-se um estudo exploratório, descritivo e quantitativo entre dezembro de 2005 e fevereiro de 2006 em unidade de alojamento conjunto de uma Maternidade pública de Fortaleza-CE, utilizando-se filmagens para avaliar a comunicação. As filmagens foram realizadas em sala do alojamento conjunto, durante as primeiras 48 horas de vida do recém-nascido, onde se executa a antropometria, a troca de fraldas, o banho e a vacinação dos recém-nascidos. A população constituiu-se de uma amostra de conveniência de um grupo de binômio (G1 n=5), no qual a mãe não apresenta sorologia positiva para o HIV, e um segundo grupo (G2 n=3) em que a mãe tinha conhecimento da sorologia positiva para o HIV, antes do parto. Pelas filmagens registraram-se as cenas do momento da troca de fraldas dos bebês. Estas foram analisadas por juizes, obedecendo-se o referencial teórico de Hall (1986) sobre a comunicação proxêmica. À medida que se observou repetição dos componentes da comunicação proxêmica, elas foram finalizadas. Para análise utilizou-se um roteiro previamente elaborado, que constava de fatores proxêmicos: tom de voz, distância, comportamento de contato e contato visual. De acordo com os dados, encontrou-se associação estatística nos fatores código visual e tom de voz. Houve concordância...
Descritores: Alojamento Conjunto
Comportamento Espacial
Comunicação
Recém-Nascido
Relações Mãe-Filho
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas
Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas/prevenção & controle
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde
BR6.1; 306.8743, V451c


  5 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-566792
Autor: Bueno, André Luis Machado.
Título: Os acidentes na atenção básica de saúde: tipologias, vítimas e territórios em uma região do município de Porto Alegre/RS / Accidents at the health basic care: typologies, victims and territories in a city quarter of the municipality of Porto Alegre-RS.
Fonte: Porto Alegre; s.n; 2010. 136 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-graduação em Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo retrospectivo, com abordagem quanti e qualitativa, da morbidade por causas externas não intencionais (acidentes) entre os atendimentos dos serviços de Atenção Básica de Saúde das regiões da Lomba do Pinheiro e Partenon, do município de Porto Alegre/RS, de janeiro de 2002 a dezembro de 2008. Objetivou descrever e analisar as principais características da morbidade por causas acidentais. A partir da década de 80, as causas externas passaram a ocupar o segundo lugar entre as causas de morte no Brasil, chegando a 12,5 do total de mortes no ano 2000. Entre os tipos de agravo destacam-se as lesões acidentais e os acidentes de transporte. Este estudo se propôs a uma análise dos registros, a fim de traçar um perfil frequencial e tipológico dos atendimentos (vítimas e agravos), além de geoprocessar as informações para contextualizar os eventos. O tratamento e análise dos dados contaram com o auxílio de uma planilha eletrônica e dos softwares SPSS versão 16 e TABWIN versão 3.6 para análise dos dados quantitativos, MAPINFO versão 7.8 e TERRAVIEW versão 3.3.1 para o georreferenciamento e análise dos dados espaciais. Utilizou-se o teste estatístico qui-quadrado (p < 0,05) em conjunto com o coeficiente de contingência a fim de verificar possíveis associações e o grau das mesmas entre as variáveis. Os registros profissionais discursivos foram analisados considerando a descoberta de sentidos nas comunicações e na identificação dos comportamentos presentes nos mesmos. A análise dos dados indicou que o domicílio, com 53,8 do total de dados, foi o local de ocorrência mais registrado e que existem diferenças de comportamento na constituição das situações de vulnerabilidade aos acidentes, principalmente, ao se levar em consideração condutas pessoais, fatores ambientais, aspectos geracionais e de gênero. Constatou-se também que os olhares profissionais são predominantemente dirigidos para a lesão...
Descritores: Acidentes
Causas Externas
Morbidade
Saúde Pública
-Comportamento Espacial
Limites: Humanos
Responsável: BR546.1 - Biblioteca
BR546.1


  6 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Maria Júlia Paes da
Texto completo
Id: lil-475682
Autor: Silva, Milena Froes da; Silva, Maria Júlia Paes da; Menezes, Maria Aparecida Jesus.
Título: Análise dos fatores proxêmicos na interação dos profissionais de saúde com os pacientes queimados / Análisis de los factores proxémicos en la interacción de los profesionales de salud con los pacientes quemados / Analysis of the proxemic factors in the health care professionals' interaction with burned patients
Fonte: Rev. paul. enferm;25(1):4-10, jan.-mar. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo do Autor: Este estudo teve como objetivos observar a distância mantida entre paciente e profissional de saúde durante as interações ocorridas na unidade de queimados, analisando os fatores da proxêmica propostos por Hall e comparar os fatores observados no atendimento de pacientes recém-admitidos e em pacientes internados há mais tempo.É um estudo exploratório, descritivo, realizado na Unidade de Queimados do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo, nos meses de abril e maio de 2003. Observamos as interações ocorridas com cinco pacientes queimados recém-admitidos e cinco internados há mais de um mês, analisando: postura corporal, eixo sociofugo esociopeto, fatores cinestésicos, comportamento de contrato, visual e volume de voz. Verificamos que as diferenças entre os fatores de proxêmica observados na integração com o paciente recém-admitido e com o paciente admitido há mais de um mês foram: comportamento de contrato e volume de voz.

This study aimed at observing the distance kept between the patient and the healthcare professional during the interaction occurred in the burned unit, analyzing the proxemic factors proposed by the anthropologist Hall and comparing the proxemic factors observed during the assistance of recently admitted patients and long-time inpatients. It's an exploratory, descriptive study conducted at the Burned Unit from Hospital das Clínicas of the Medicine College of São Paulo University, in São Paulo, between April and May 2003. We observed the interaction with five recently admitted burned patients and five inpatients who stayed longer than a month, analyzing posture, sociofugo and sociopeto axis, kinesthetic factors, contact behavior, visual code and voice tone. We verified that there are differences between the proxemic factors observed in the interaction with the recently admitted patient and the patient admitted for longer than a month, being these the differences: contact behavior and voice tone.

Este estudio tuvo como objetivo observar la distancia mantenida entre el paciente y el profesional de salud durante las interacciones ocurridas en la unidad de quemados, analizando los factores de la proxémica propuestos por Hall, y comparar los factores de proxémica observados en la atención a pacientes recién admitidos y a pacientes internados hace más tiempo. Es un estudio exploratorio, descriptivo, realizado en la Unidad de Quemados del Hospital das Clínicas de la Faculdade de Medicina de la Universidade de São Paulo (HC-FMUSP), en São Paulo, en los meses de abril y mayo de 2003. Observamos las interacciones ocurridas con cinco pacientes quemados recién admitidos y cinco internados hacía más de un mes, analizando: postura, eje sociofugo y s o c i o p e t o, factores cenestésicos, comportamiento de contacto, código visual y volumen de voz. Constatamos que las diferencias entre los factores de proxémica observados en la interacción con el paciente recién admitido y con el paciente admitido hacía más de un mes fueron: comportamiento de contacto y volumen de voz.
Descritores: Comunicação em Saúde
Comunicação não Verbal
-Comportamento Espacial
Queimaduras
Unidades de Queimados
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  7 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Zago, Marcia Maria Fontao
Texto completo
Id: lil-385253
Autor: Sawada, Namie Okino; Zago, Márcia Maria Fontão; Galvão, Cristina Maria; Ferreira, Elaine; Barichello, Elizabeth.
Título: Análise dos fatores proxêmicos na comunicação com o paciente laringectomizado / Analysis of proxemic factors in the communication with laryngotomized patients
Fonte: Rev. latinoam. enferm;8(4):72-80, ago. 2000. tab.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq.
Resumo: Esse estudo analisou os fatores proxêmicos das interações entre os profissionais da saúde e os pacientes laringectomizados no pós-operatório mediato. Utilizamos a técnica de observação não participante com roteiro pré-estabelecido. Os dados foram analisados à luz do referencial Teórico de Hall. O sexo e a cor dos interlocutores não influenciaram a distância mantida nas interações pelo número de elementos observados; a categoria assistência técnica de enfermagem foi a predominante; a postura adotada foi compatível com a finalidade dos encontros; o toque instrumental com contato visual foi predominante e o tom de voz foi adequado às distâncias mantidas. Ocorreram a presença de obstáculos em algumas interações, demonstrando que a comunicação ficou prejudicada.
Descritores: Comportamento Espacial
Comunicação não Verbal
Laringectomia/enfermagem
Relações Enfermeiro-Paciente
-Assistência Perioperatória/enfermagem
Período Pós-Operatório
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Maria Júlia Paes da
Texto completo
Id: lil-661970
Autor: Schimidt, Teresa Cristina Gioia; Silva, Maria Júlia Paes da.
Título: Proxêmica e cinésica como recursos comunicacionais entre o profissional de saúde e o idoso hospitalizado / Proxemics and kinetics as communication resources between health professionals and the hospitalized elderly / Proxémica y cinésica como recursos comunicacionales entre el profissional de salud y el anciano hospitalizado
Fonte: Rev. enferm. UERJ;20(3):349-354, jul.-set. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo exploratório de campo com o objetivo de identificar os mecanismos de invasão do espaço pessoal e da territorialidade do idoso hospitalizado e os gestos e posturas corporais do profissional de saúde aplicados a favor dessa interação. Desenvolvido em hospitais no interior paulista, em 2009, com 117 participantes de uma capacitação em comunicação não verbal em gerontologia. Os resultados, diante dos mecanismos de invasão do território no cuidado com o idoso, foram 89,7% de ações de invasão, 38,5% de contaminação e 38,5% de violação. Os gestos e posturas corporais, avaliados favoravelmente à interação com o idoso, foram agrupados em: funções e significados (64,1%); pertinência situacional (43,6%) e expressão de sentimentos (35,0%). Conclui-se que a invasão foi o mecanismo mais citado contra preservação da territorialidade do idoso, justificada pela negligência de autorização prévia para manipulação de pertences ou do próprio corpo e de permissão de pessoas estranhas ou em quantitativo que superlote seu território.

This exploratory field work aimed at identifying mechanisms of personal space invasion and territorial perception related to the hospitalized elderly. It also examines health professionals' body postures and gestures deemed as favorable interaction between said professionals and the elderly. The study was conducted in hospitals located in the São Paulo state countryside (Brazil), with 117 attendants to a capacity building program on nonverbal communication in Gerontology. Results showed that territorial invasion-related mechanisms encompassed invasion (89.7%), contamination (38.5%), and violation actions (38.5%). Body posture and gestures deemed as favorable to interacting with the elderly were grouped as follows: functions and meanings (64.1%), situational applicability (43.6%), and expression of feelings (35.0%). Conclusively, invasion was reported to be the most common territorial invasion mechanism against the elderly. It stems from the failure in seeking previous consent to handle patients' belongings or body parts as well as allowing strangers or too many people to enter the elderly's personal territory.

Estudio exploratorio de campo con el objetivo de identificar los mecanismos de invasión del espacio personal y de la territorialidad del anciano hospitalizado y los gestos y posturas corporales del profesional de salud aplicados a favor de esa interacción. Desarrollado en hospitales en interior del Estado de São Paulo-SP-Brasil, en 2009, con 117 participantes de una capacitación en comunicación no verbal en gerontología. Los resultados, delante de los mecanismos de invasión del territorio en el cuidado con el anciano, fueron 89,7% de acciones de invasión, 38,5% de contaminación y 38,5% de violación. Los gestos y posturas corporales, evaluados favorablemente a la interacción con el anciano, fueron agrupados en: funciones y significados (64,1%); pertinencia situacional (43,6%) y expresión de sentimientos (35,0%). Se concluye que la invasión fue el mecanismo más citado contra preservación de la territorialidad del anciano, justificada por la negligencia de autorización previa para manipulación de pertenencias o del propio cuerpo y de autorización de personas extrañas o en cuantitativo que superpoble su territorio.
Descritores: Cinésica
Comportamento Espacial
Comunicação não Verbal
Enfermagem Geriátrica/métodos
Relações Profissional-Paciente
-Análise Estatística
Brasil
Equipe de Assistência ao Paciente
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  9 / 56 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-432214
Autor: Vasconcelos, Simone Gonçalves; Paiva, Simone de Souza; Galvão, Marli Teresinha Gimeniz.
Título: Comunicação proxêmica entre mãe e filho em alojamento conjunto / Proxemic communication between mother and son in rooming-in care
Fonte: Rev. enferm. UERJ;14(1):37-42, jan.-mar. 2006. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A proxêmica estuda o modo como o indivíduo organiza inconscientemente seu espaço, sendo aspecto relevante no processo comunicativo. Propôs-se analisar a comunicação proxêmica entre mãe e filho em alojamento conjunto. Estudo descritivo exploratório, realizado com seis binômios mãe e filho, em maternidade de Fortaleza-CE, em 2005. Para a coleta de dados, utilizou-se a técnica de observação direta não participante e sistemática, com roteiro preestabelecido. Analisou-se sete interações entre mãe e filho. Houve predominância do toque localizado e o tom de voz baixo. O berço constituiu fator de dificuldade na relação mãe-filho, já a amamentação mostrou-se como fator determinante de aproximação. A comunicação proxêmica surge na Enfermagem como novo objeto de estudo, capaz de proporcionar, com sua valorização, melhoria na atuação profissional, pois promove a adequação do posicionamento espacial de mãe e filho na enfermaria, facilitando seu contato afetivo, visual e tátil e a atenção dispensada...
Descritores: Alojamento Conjunto
Comportamento Espacial
Enfermagem Materno-Infantil
Relações Mãe-Filho
-Brasil
Epidemiologia Descritiva
Limites: Recém-Nascido
Humanos
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  10 / 56 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Paulo Cesar de
Texto completo
Id: lil-589742
Autor: Vasconcelos, Simone Gonçalves; Galvão, Marli Teresinha Gimeniz; Paiva, Simone de Sousa; Almeida, Paulo César de; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag.
Título: Comunicação mãe-filho durante amamentação natural e artificial na era AIDS / Mother-child communication during natural and artificial feeding in the AIDS age / Comunicación madre-hijo durante lactancia natural y artificial en la era sida
Fonte: Rev. RENE;11(4):103-109, out.-dez. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: A amamentação natural da mãe infectada pelo HIV ao filho é fator de risco para a transmissão do vírus, assim recomenda-se a exclusão a amamentação natural. O fato de não amamentar ao seio pode dificultar a comunicação do binômio mãe-filho. Desenvolveu-se estudo comparativo à luz dos fatores proxêmicos entre mãe-filho durante alimentação artificial e aleitamento materno entre mães soropositivas e soronegativas para o HIV. Em alojamento conjunto analisou-se 84 interações entre quatro binômios. A distância íntima prevalece em 100% das interações, bem como a postura sentada. Bebês das mães soropositivas permaneceram maior parte do tempo ativo em compa¬ração aos verticalmente expostos. A qualidade das interações ao longo do tempo e a responsividade materna ao bebê, provavelmente é que irá determinar repercussões do não aleitamento natural no desenvolvimento do apego entre mãe e filho.

When mothers with HIV breastfeed their children, this represents a risk factor to transmit the virus. Therefore, the exclusion of breastfeedingis recommended. Not breastfeeding can make communication between mother and child more difficult. A comparative study wascarried out in the light of proxemic factors between mother and child during artificial feeding and breastfeeding among HIV-positiveand negative women. At a rooming-in unit, 84 interactions between four mothers and their children were analyzed. Intimate distanceprevails in 100% of the interactions, as well as the sitting posture. Babies of HIV-positive mothers remained active longer than verticallyexposed babies. The quality of interactions over time and maternal responsiveness to the baby will probably determine repercussions ofnon-breastfeeding to the development of bonding between mother and child.

La lactancia natural de la madre infectada por el VIH al hijo es factor de riesgo para la transmisión del virus, por lo tanto se recomiendaexcluir la lactancia natural. El hecho de no darle el pecho puede dificultar la comunicación del binomio madre-hijo. Fue desarrollado unestudio comparativo a la luz de los factores proxémicos entre madre e hijo durante la alimentación artificial y lactancia materna entremadres seropositivas y seronegativas para el VIH. En alojamiento conjunto fueron analizadas 84 interacciones entre cuatro binomios. Ladistancia íntima prevalece en el 100% de las interacciones, así como la postura sentada. Los bebés de las madres seropositivas permanecieronla mayor parte del tiempo activos en comparación a los verticalmente expuestos. Probablemente, la calidad de las interaccionesa lo largo del tiempo y la responsividad materna al bebé irán determinar los efectos de la falta de lactancia natural en el desarrollo delapego entre madre e hijo
Descritores: HIV
Aleitamento Materno
Comportamento Espacial
Comunicação
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-Aleitamento Materno/psicologia
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/enfermagem
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde