Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.752.543 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 397 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 40 ir para página                         

  1 / 397 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096309
Autor: Ramírez-Benítez, Yaser; Torres-Díaz, Rosario; Amor-Diaz, Valeska.
Título: Batería de Rendimiento Intelectual para niños escolares cubanos / Battery Intellectual Performance for Cuban children
Fonte: Rev. chil. neuropsicol. (En línea);12(2):20-27, dic. 2017. tab.
Idioma: es.
Resumo: En Cuba, no existen instrumentos propios para la evaluación de la inteligencia. Para solucionar el problema, el Centro de Neurociencias de Cuba, y en especial, el Departamento de Neurociencias Educacionales, diseñó una Batería de Rendimiento Intelectual (BRI) para niños escolares cubanos (conformado por Escala capacidad Intelectual, ECI y Analogías verbales, AV). Objetivos: (1) Completar y validar la BRI para la evaluación de Gf y Gc en niños cubanos de edad escolar, (2) Método. Determinar la contribución única de Gf y Gc, evaluada con la BRI, en el aprovechamiento académico en niños cubanos. Se aplicaron dos estudios. a) Validación de la ECI con una muestra de 370 niños entre 7 y 11 años (N1 ­ 270 para calcular punto de corte y N2 para validar los puntos de corte). b) Diseño de la AV con una muestra de 36 niños entre 10 y 11 años. Resultados. La ECI resulta una prueba apropiada para detectar al niño escolar con riesgo intelectual. El resultado se sustenta en la alta coincidencia (89%) con el WISC-R para clasificar niños con trastornos intelectuales. El diseño de la AV presenta apropiadas propiedades psicométricas, pues presenta significativas correlaciones con la sub-prueba de Vocabulario del WISC-R. Conclusiones. La BRI presenta apropiadas propiedades psicométricas para detectar el riesgo intelectual en niños cubanos.

In Cuba not have own instruments for the assessment of intelligence. To resolve the problem, the Neuroscience Center of Cuba, and the Department of Educational Neuroscience, design a Battery of Intellectual Performance (BIP) for school children (Intellectual Capacity Scale, ICE and Verbal Analogy, VA). Objectives: (1) to complete and validate the BIP for the evaluation of Gf and Gc in cuban children of school age, (2) Method. Determine the unique contribution of Gf and Gc, evaluated with the BIP, on academic achievement in Cuban children. Two studies were applied. a) Validation of the ICE with a sample of 370 children between 7 and 11 years (N1 - 270 to calculate the cut-off point and N2 to validate the cut-off points). b) Design of the VA with a sample of 36 children between the ages of 10 and 11 years. Results. The ICE is a proper test to detect the child with intellectual risk. The result is based on the high coincidence (89%) with the WISC-R to classify children with intellectual disorders. The design of the VA presents appropriate psychometric properties, because it presents significant correlations with the sub-vocabulary test of the WISC-R. Conclusions. The BIP presents appropriate psychometric properties to detect risk Cuban intellectual in school children.
Descritores: Estudantes
Avaliação Educacional
Inteligência
Aprendizagem
-Cuba
Limites: Humanos
Criança
Responsável: CL58.1 - Biblioteca


  2 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055344
Autor: Bertola, Laiss; Ávila, Rafaela T; Bicalho, Maria Aparecida C; Malloy-Diniz, Leandro F.
Título: Semantic memory, but not education or intelligence, moderates cognitive aging: a cross-sectional study
Fonte: Braz. J. Psychiatry (São Paulo, 1999, Impr.);41(6):535-539, Nov.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Aging studies regularly assume that years of education are a protective factor for baseline cognition. In developing countries with specific sociocultural issues, this relationship may not work as expected, and an unmet need remains for alternative resilience factors. This study aimed to analyze different moderators for the relationship between aging and general cognition that could reflect better protective factors. Methods: One hundred and fourteen Brazilian older adults, deemed healthy by global cognition, absence of psychiatric symptoms, or neurological history, participated in this cross-sectional study. Moderators for the relationship between age and global cognition included education, intelligence, and occupational factors. Semantic memory was added as a protective factor reflecting culturally acquired conceptual knowledge. Results: As expected, age alone is a predictor of global cognitive scores; surprisingly, however, education, intelligence, and occupation were not moderators of the association. Semantic memory was a significant moderator (p = 0.007), indicating that knowledge acquired during life may be a protective factor. Conclusion: In developing countries, the use of resilience factors based only on years of education may be misleading. Sociocultural issues influence the educational system and achievement and, consequently, affect the use of this simple measure. Resilience-factor studies should consider using crystallized abilities when studying populations with sociocultural particularities.
Descritores: Escolaridade
Memória de Longo Prazo/fisiologia
Envelhecimento Cognitivo/fisiologia
Inteligência/fisiologia
-Valores de Referência
Estudos Transversais
Fatores Etários
Demência/fisiopatologia
Demência/prevenção & controle
Resiliência Psicológica
Testes de Estado Mental e Demência
Pessoa de Meia-Idade
Ocupações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lafer, Beny
Texto completo
Id: biblio-959236
Autor: Fernandes, Francy B F; Rocca, Cristiana C; Gigante, Alexandre D; Dottori-Silva, Paola R; Gerchmann, Luciana; Rossini, Danielle; Sato, Rodrigo; Lafer, Beny; Nery, Fabiano G.
Título: The association between social skills deficits and family history of mood disorder in bipolar I disorder
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;40(3):244-248, July-Sept. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To compare social skills and related executive functions among bipolar disorder (BD) patients with a family history of mood disorders (FHMD), BD patients with no FHMD and healthy control (HCs). Methods: We evaluated 20 euthymic patients with FHMD, 17 euthymic patients without FHMD, and 31 HCs using the Social Skills Inventory (SSI) and a neuropsychological battery evaluating executive function, inhibitory control, verbal fluency and estimated intelligence. Results: Both BD groups had lower SSI scores than controls. Scores for one subfactor of the social skills questionnaire, conversational skills and social performance, were significantly lower among patients with FHMD than among patients without FHMD (p = 0.019). Both groups of BD patients exhibited significant deficits in initiation/inhibition, but only BD patients with FHMD had deficits in verbal fluency, both compared to HC. There were no associations between social skills questionnaire scores and measures of cognitive function. Conclusion: Euthymic BD patients have lower social skills and executive function performance than HC. The presence of FHMD among BD patients is specifically associated with deficits in conversational and social performance skills, in addition to deficits in verbal fluency. Both characteristics might be associated with a common genetically determined pathophysiological substrate.
Descritores: Transtorno Bipolar/psicologia
Cognição
Transtornos Cognitivos/psicologia
Transtornos do Humor/psicologia
Função Executiva
Habilidades Sociais
-Comportamento Verbal/fisiologia
Transtorno Bipolar/genética
Indução de Remissão
Estudos de Casos e Controles
Transtornos Cognitivos/genética
Inteligência
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056007
Autor: Salvador, Larissa de Souza; Moura, Ricardo; Ferreira, Fernanda Oliveira; Andrade, Peterson Marco Oliveira; Carvalho, Maria Raquel Santos; Haase, Vitor Geraldi.
Título: The Mini-Mental Examination for Children (MMC): Evidence of validity for children with learning difficulties / Mini-exame do estado mental para crianças (mmc): evidência de validade para crianças com dificuldades de aprendizagem
Fonte: Dement. neuropsychol;13(4):427-435, Oct.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; . CNPq; . FAPESP; . CAPES.
Resumo: ABSTRACT The Mini-Mental Examination for Children (MMC) is a widely used tool for assessing global cognitive deficits, however,is still unknown whether MMC is sensitive for investigating cognitive profiles associated with learning difficulties (LD). Objective: Here we investigate the feasibility of using the MMC for screening school-aged children with learning difficulties in spelling and math. Methods: The MMC and other neurophysiological tests were administered to a sample of 168 children, aged 7 to 12 years. The sample was subdivided into a Control group and LD group (Math Difficulties, Spelling Difficulties, Math and Spelling Difficulties). Diagnostic accuracy was assessed with ROC analysis. Convergent and divergent validity was assessed using correlation analysis. Results: Performance on the MMC was associated with nonverbal intelligence, age and school achievement. The LD group had significantly lower performance on the MMC than the Control group. Performance on the MMC discriminated LD children with a global accuracy of around 0.80. Associations between the MMC and the other neuropsychological variables were higher for finger gnosis (r=0.40) and generally higher for early elementary school grades. The MMC proved satisfactory for identifying LD children with good accuracy. Nonverbal intelligence, and perceptual/motor abilities play an important role in MMC performance. Conclusion: The MMC could be a useful instrument for screening children with LD.

RESUMO Mini-exame mental para crianças (MMC) é uma ferramenta amplamente utilizada para avaliar déficits cognitivos globais, no entanto, ainda é desconhecido se a MMC é sensível para investigar perfis cognitivos associados a dificuldades de aprendizagem. Objetivo: Aqui nós investigamos a viabilidade de usar MMC para triagem de crianças em idade escolar com dificuldades de aprendizagem em ortografia e matemática. Métodos: MMC e outros testes neuropsicológicos foram administrados em uma amostra de 168 crianças de 7 a 12 anos de idade. A amostra foi subdividida em um Grupo Controle e um grupo LD (dificuldade na matemática, na escrita, ou na escrita e na matemática). A acurácia diagnóstica foi analisada através de uma análise de curva ROC. A validade convergente e divergente foi investigada através de análises de correlações. Resultados: A performance no MMC foi associada com a inteligência não verbal, idade e desempenho escolar. O grupo LD apresentou desempenho significativamente inferior ao Grupo Controle no MMC. A performance no MMC pôde identificar crianças LD com uma acurácia global em torno de 0.80. As associações entre MMC e outras variáveis neuropsicológicas foram maiores para gnosias digitais (r=0.40) e em geral, mais altas nas séries iniciais. O MMC se mostrou satisfatório para identificar crianças LD com uma boa acurácia. A inteligência não verbal, habilidades perceptivas/motoras tem um importante papel na performance no MMC. Conclusão: O MMC pode ser um instrumento útil para o rastreamento de crianças com LD.
Descritores: Desempenho Psicomotor
Processamento Espacial
Transtorno de Aprendizagem Específico
Inteligência
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  5 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-904583
Autor: de Paula, Jonas Jardim; Oliveira, Thaís Dell'Oro; Querino, Emanuel Henrique Gonçalves; Malloy-Diniz, Leandro Fernandes.
Título: The Five Digits Test in the assessment of older adults with low formal education: construct validity and reliability in a Brazilian clinical sample / O Teste dos Cinco Dígitos na avaliação de idosos com baixa escolaridade: validade de construto e confiabilidade em uma amostra clínica do Brasil
Fonte: Trends psychiatry psychother. (Impr.);39(3):173-179, July-Sept. 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Medicina Molecular; . Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Medicina Molecular; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.
Resumo: Abstract Introduction In the assessment of older adults with very low formal education, typical tests of selective attention and inhibitory control are biased by reading abilities. In this sense, we aim to assess the psychometric characteristics of the Five Digits Test (FDT), a numerical Stroop paradigm, in older adults without cognitive disorders, with mild cognitive impairment, and with dementia. Methods We assessed 211 Brazilian older adults with low formal education using the FDT and other cognitive measures. Construct validity and reliability were assessed by correlations and internal consistency. Results The FDT test had weak correlations with crystalized intelligence tests and moderate-high correlations with fluid intelligence measures and tests of global cognitive status and executive functions. The split-half coefficient of reliability showed high internal consistency (>0.900). Conclusion Together, the results suggest that the FDT is a valid and reliable measure for the assessment of processing speed and executive functions in older adults with low formal education.

Resumo Introdução Na avaliação de idosos com educação formal muito baixa, os testes típicos de atenção seletiva e controle inibitório são enviesados devido à dependência de habilidades básicas de leitura. Nesse sentido, pretende-se avaliar as características psicométricas do Teste dos Cinco Dígitos (Five Digits Test, FDT), teste de paradigma Stroop-numérico, em idosos sem transtornos cognitivos, em pacientes com comprometimento cognitivo e em pacientes com demência. Métodos Foram avaliados 211 idosos brasileiros com baixa escolarização formal por meio do FDT e outras medidas cognitivas. Analisamos a validade de construto e a confiabilidade por correlações e consistência interna. Resultados O FDT apresentou correlações fracas com testes de inteligência cristalizada e correlações de moderadas ou fortes com medidas de inteligência fluida, medidas cognitivas globais e testes de funções executivas. O teste apresentou consistência interna elevada (>0.900). Conclusão Em conjunto, os resultados sugerem que o FDT é uma medida válida e confiável para a avaliação da velocidade de processamento e funções executivas em idosos com baixa escolaridade.
Descritores: Atenção
Função Executiva
Teste de Stroop
Doença de Alzheimer/diagnóstico
Disfunção Cognitiva/diagnóstico
Inibição Psicológica
-Brasil
Reprodutibilidade dos Testes
Escolaridade
Inteligência
Pessoa de Meia-Idade
Atividade Motora
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-764669
Autor: Regalla, Maria Angélica; Guilherme, Priscilla; Aguilera, Pablo; Serra-Pinheiro, Maria Antonia; Mattos, Paulo.
Título: Attention deficit hyperactivity disorder is an independent risk factor for lower resilience in adolescents: a pilot study / Transtorno de déficit de atenção com hiperatividade é fator de risco independente para menor resiliência em adolescentes: estudo piloto
Fonte: Trends psychiatry psychother. (Impr.);37(3):157-160, jul. set. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Attention deficit hyperactivity disorder (ADHD) is associated with impaired daily functioning in a wide range of domains. Resilience, the ability to overcome and recover from challenges, has been scarcely investigated in ADHD and could potentially provide novel strategies for treatment. However, since ADHD is often comorbid with other clinical conditions, it is necessary to better understand if it impairs resilience levels when controlled for other variables. This pilot study is the first to investigate the correlation between quantitative measures of resilience and ADHD using strict diagnostic criteria by controlling this correlation for comorbid conditions.Methods:Twelve adolescents diagnosed with ADHD via semi-structured interview using Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 4th edition (DSM-IV) were compared to 12 adolescents exhibiting typical development, regarding resilience, in an analysis controlled for anxiety and depression levels, socioeconomic status, and intelligence quotient (IQ).Results: The ADHD group was less resilient than the control group (p < 0.01). Importantly, resilience in the ADHD group was not correlated with depression or anxiety, age, intelligence level, and socioeconomic status.Conclusions:ADHD seems to be associated with lower resilience, which cannot be explained by depression, anxiety, intelligence level, age, or socioeconomic status.

Objetivo: O transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) se associa a comprometimento funcional em diferentes domínios. Resiliência, o modo como indivíduos enfrentam e superam dificuldades, não foi investigada de modo suficiente no TDAH e poderia sugerir potenciais novas estratégias terapêuticas. Entretanto, sendo o TDAH frequentemente comórbido com outras condições clinicas, é necessário entender se ele compromete a resiliência de modo independente de outras variáveis. Este estudo piloto é o primeiro a investigar a correlação entre medidas quantitativas de resiliência e TDAH diagnosticado de modo estrito controlando-a por variáveis clínicas.Método: Os níveis de resiliência de 12 adolescentes diagnosticados com TDAH de acordo com os critérios do sistema Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, 4ª edição (DSM-IV) através de entrevista semiestruturada foram comparados aos de 12 adolescentes com desenvolvimento típico, em uma análise controlada por níveis de ansiedade e depressão, status socioeconômico e inteligência.Resultados: O grupo TDAH apresentou menor resiliência do que o grupo controle (p < 0,01). Não houve correlação entre resiliência e depressão ou ansiedade, idade, inteligência ou nível socioeconômico.Conclusões: TDAH parece estar associado a baixos níveis de resiliência que não podem ser justificados por depressão, ansiedade, inteligência, idade ou condição socioeconômica.
Descritores: Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade/epidemiologia
Resiliência Psicológica
-Ansiedade/complicações
Ansiedade/epidemiologia
Escalas de Graduação Psiquiátrica
Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade/complicações
Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade/psicologia
Classe Social
Estudos de Casos e Controles
Projetos Piloto
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Fatores Etários
Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais
Depressão/complicações
Depressão/epidemiologia
Inteligência
Testes de Inteligência
Entrevista Psicológica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1049725
Autor: Gallo Acosta, Jairo.
Título: Medir, normalizar y excluir: los test de inteligencia / Measure, normalize and exclude: intelligence tests
Fonte: Poiésis (En línea);18(Dic):1-8, 2009.
Idioma: es.
Resumo: Parece ser que con la definición del psicólogo norteamericano que trabajó en La Universidad de Harvard, Edwin Garrigues Boring, no es de extrañar que la inteligencia no sea más que una serie de ideas confusas que se esconden bajo la rúbrica de la psicometría y su supuesta cientificidad: la historia de la inteligencia aquí, es la historia de cómo se convirtió un concepto abstracto en algo real y concreto, así como el éxito, y quien mejor que los psicólogos para saber cómo conseguirlo o alcanzarlo.

It seems that with the definition of the American psychologist who worked at Harvard University, Edwin Garrigues Boring, it is not surprising that intelligence is nothing more than a series of confusing ideas that hide under the rubric of psychometry and its supposed scientific : The history of intelligence here is the story of how an abstract concept became something real and concrete, as well as success, and who better than psychologists to know how to achieve or achieve it.
Descritores: Testes de Inteligência
-Testes Psicológicos
Psicometria
Inteligência
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: CO191.1 - Biblioteca


  8 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-37729
Autor: Sena, Maíra Pondé de.
Título: Algumas reflexöes sobre a inteligência / Some reflexions on intelligence
Fonte: In: Garcez de Sena, Plínio, comp. Temas de atualizaçäo neurológica. s.l, Universidade Federal da Bahia, 1986. p.212-212.
Idioma: pt.
Descritores: Transtornos Psicóticos
Inteligência
Relações Mãe-Filho
-Psicanálise
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/329.16; BR338.1; 616.8*S474


  9 / 397 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-960466
Autor: Asqui Luna, Jessica Elizabeth; León Sinche, Julio César; Santillán Obregón, Rodrigo Roberto; Santillán Altamirano, Humberto Rodrigo; Obregón Vite, Amparo, Grace; Calero Morales, Santiago.
Título: Influencia de la teoría de las inteligencias múltiples en la educación física: estudio de casos / Influence of multiple intelligences theory in physical education: cases study
Fonte: Rev. cuba. invest. bioméd;36(3):0-0, set. 2017. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Escalas de Wechsler
Aprendizagem/ética
Motivação/ética
-Educação Física e Treinamento/métodos
Escalas de Wechsler/normas
Relatos de Casos
Inteligência/fisiologia
Limites: Humanos
Masculino
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  10 / 397 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Primi, Ricardo
Texto completo
Id: lil-349826
Autor: Primi, Ricardo; Santos, Acácia A. Angeli dos; Vendramini, Claudette Medeiros.
Título: Habilidades básicas e desempenho acadêmico em universitários ingressantes / Basic abilities and scholastic achievement in freshmen students
Fonte: Estud. psicol. (Natal);7(1):47-55, jan. 2002. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Recentes estudos sobre o desenvolvimento cognitivo adulto referem-se à distinçäo entre inteligência fluida como a capacidade geral de relacionar idéias complexas, formar conceitos abstratos e derivar implicaçöes lógicas a partir de regras gerais e inteligência cristalizada como a capacidade de derivar conhecimento a partir de esquemas organizados de informaçöes sobre disciplinas específicas. Para verificar a possível relaçäo entre a habilidade cognitiva requerida e a área de conhecimento, este estudo foi proposto com o objetivo de investigar as correlaçöes entre medidas de inteligência fluida e cristalizada com desempenho acadêmico em 960 alunos ingressantes dos cursos de Medicina, Odontologia, Engenharia Civil, Matemática, Psicologia, Pedagogia, Letras e Administraçäo. As correlaçöes encontradas indicam que o desempenho acadêmico está associado a diferentes perfis de habilidades cognitivas
Descritores: Estudantes/psicologia
Cognição
Educação Superior
Desempenho Acadêmico/psicologia
Inteligência
-Brasil
Análise Fatorial
Habilidades Sociais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1274.1 - Biblioteca Central Zila Mamede



página 1 de 40 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde