Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.829.263.370.110 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 174 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 18 ir para página                         

  1 / 174 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-916518
Autor: Zarebski , Graciela.
Título: Divers-Idades en la Psicogerontología / Diverse Ages in Psychogerontology
Fonte: Rev. Kairós;12(5,n.esp.):04-22, 2009. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La conferencia trata acerca de la continuidad identitaria de nuestra Red Iberoamericana de Psicogerontología, a través de sus congresos: Divers-idades… a partir de la identidad de nuestros viejos… pueblos, que fuera el lema de nuestro primer congreso, pueblos que, en su diversidad, están aquí representados y eso nos lleva a la memoria y construcción de futuro, lema del segundo congreso. De tal modo que se conjugan pasado, presente y futuro en la construcción de un modo de entender y abordar el envejecimiento humano desde la salud mental, tal nuestra especificidad. Por lo tanto, estamos hablando de nuestra identidad, la identidad de la Psicogerontología y de cómo la vamos construyendo a través de las diversidades que la componen. Nos ocupamos de sujetos envejecientes y de sus diversos contextos culturales y para hacerlo proponemos un nuevo enfoque en la Psicogerontología ­superador del modelo simplista y biologista - desde una perspectiva integradora de los aspectos bio-psico-sociales que complejamente interactúan. En este sentido, la perspectiva de la Teoría del Curso de la Vida que da marco actualmente a la Gerontología, nos instala en las Divers-idades, diversas edades en las cuales favorecer intercambios intergeneracionales y preparación para las vejeces en su divers-idad. El concepto de identidad es central en la Psicogerontología, ya que el envejecer se anticipa como perspectiva de metamorfosis para el yo, el cual ve amenazado, entre otras cosas, su poder. Poder seguir siendo…frente a una cultura que no lo deja ser ni le otorga reconocimiento, dependerá de la construcción de un Yo complejo, en las divers-idades que lo enriquecen.

The conference deals with the identity continuity of our Iberia-American Network of Psychogerontology through its congresses: Diverse Ages… from the identity of our elderly… peoples, which was the theme of our first congress, people who, in their diversity, are represented herein, and this takes us to memory and construction of the future, motto for the second congress. In a way that past, present and future are conjugated in constructing a manner to understand and address human aging from mental health, our specialty. For such, we are speaking of our identity, the identity of Psychogerontology and how we are constructing it through the diversities that comprise it. We deal with aging subjects and their diverse cultural contexts and to do so we propose a new focus by Psychogerontology ­ going beyond the simplistic and biological model ­ from an integrating perspective of the bio-psycho-social aspects that interact in all their complexity. In this sense, the perspective of the Life Course Theory that currently denote Gerontology, brings us to Diversities, the diverse ages that favor intergenerational exchanges and serve as preparation for aging in all its diversity. The concept of identity is central to Psychogerontology since aging anticipates itself as a perspective of metamorphosis for the I, which sees its power, among other things, threatened. Able to continue being… in face of a culture that does not allow it to be nor does it grant it recognition, will depend on construction of a complex I in the diverse ages that enrich it.
Descritores: Envelhecimento
Psiquiatria Geriátrica
Grupos Etários
-Relação entre Gerações
Limites: Humanos
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  2 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1040872
Autor: Bencke, Melissa Plautz; Kruel, Cristina Saling.
Título: A experiência do homem, ao tornar-se pai, no contexto gestacional e nos primeiros meses de vida do bebê / Man's experience when becoming a father in the gestational context and along the baby's first months / La experiencia del hombre al convertirse en padre en el contexto gestacional y en los primeros meses de vida del bebé
Fonte: Psicol. rev. (Belo Horizonte);24(2):402-423, maio-ago. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo teve como objetivo analisar a experiência do homem, ao tornarse pai, no período gestacional e nos primeiros meses de vida do bebê, com enfoque no vínculo inicial, transgeracionalidade e sexualidade. Participaram da pesquisa cinco homens cujos filhos estavam sendo gestados ou tinham até 1 ano de idade. Foram realizados três encontros em grupo focal, no qual os pais falaram sobre suas experiências familiares. As falas foram gravadas e transcritas, e a análise de conteúdo mostrou que, durante a gestação, os pais sentem dificuldade em direcionar sentimentos amorosos intensos ao filho, pela impossibilidade de contato físico entre eles. Evidenciou-se o desejo dos pais em superar o distanciamento vivenciado na relação com seus próprios pais, aproximando-se afetivamente de seus bebês; assim como o nascimento do bebê afeta a experiência sexual do homem, na qual o distanciamento sexual da companheira é compreendido nos primeiros dias pós-nascimento do filho.

This study aims at analyzing a man's experience when becoming a parent during the gestational period and along the first months of the baby's life, focusing on the initial bond, transgenerationality and sexuality. Five men, whose children were in the gestation period or were up to one year old, were part of this study. There were three focal group meetings in which the fathers talked about their family experiences. The talks were recorded and transcribed, and the content analysis showed that during the gestation, fathers find it difficult to direct intense love feelings towards the child due to the impossibility of physical contact between them. The study evidenced fathers' desire to overcome the emotional distance in their relationship with their own parents, by getting affectionately closer to their babies, as well as the way the baby's birth affects a man's sexual experience, in which the distance from the sexual partner is understood in the first days following the child's delivery.

El objetivo de este estudio es analizar la experiencia del hombre al convertirse en padre, en el período gestacional y en los primeros meses de vida del bebé, con enfoque en el vínculo inicial, transgeneracionalidad y sexualidad. Participaron del estudio cinco hombres cuyos niños estaban siendo gestados o tenían hasta un año de edad. Se realizaron tres encuentros en grupo focal, y los padres hablaron sobre sus experiencias familiares. Las conversaciones fueron grabadas y transcritas y el análisis del contenido mostró que durante la gestación, los padres tienen dificultad para dirigir sentimientos de amor intensos hacia el niño por la imposibilidad de contacto físico entre ellos. Se evidenció el deseo de los padres de superar el distanciamiento vivido en la relación con sus propios padres, aproximándose afectivamente de sus bebés; también el nacimiento del bebé afecta a la experiencia sexual del hombre, en la que el distanciamiento sexual de la compañera es comprendido en los primeros días después del nacimiento del hijo.
Descritores: Paternidade
-Relação entre Gerações
Sexualidade
Relações Pai-Filho
Responsável: BR370.1 - Biblioteca Central


  3 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-747833
Autor: Rodrigues, Luciana Santos; Chalhub, Anderson Almeida.
Título: Contextos familiares violentos: da vivência de filho à experiência de pai / Violent family backgrounds: from the experience of son to the experience of father
Fonte: Pensando fam;18(2):77-92, dez. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: No âmbito da pesquisa sobre família, o tema violência, infelizmente, tem espaço. Apesar de ser o ambiente que, ao nível do ideal, deveria ser protegido, ao nível do real, a família aparece como um lugar de atos e práticas violentas contra os seus integrantes. Esse trabalho analisa, através de pesquisa bibliográfica realizada nas bases de dados Scielo e BVS-psi, a experiência de paternidade de homens oriundos de ambientes familiares violentos, buscando conhecer a relação entre a vivência de violência na família de origem e a experiência da paternidade na família atual. Foi possível identificar que a violência intrafamiliar vivenciada na infância influencia na experiência da paternidade, quando os filhos da violência tornam-se pais. No entanto, essa influência não determina a manutenção dos padrões relacionais disfuncionais da família de origem. Manter ou transformar padrões relacionais disfuncionais depende de uma conjunção de fatores de risco e proteção.(AU)

As part of the research on family, violence has unfortunately space. Despite being the environment that, in the ideal level, should be protected, at the level of the real, the family appears as a place of violent acts and practices against its members. This study examine, through a literature research in the databases Scielo and BVS-psi, the experience of fatherhood of men from violent family backgrounds, seeking to know the relationship between the experience of violence in the origin family and the experience of fatherhood in the family today. We found that domestic violence experienced in childhood influences the experience of fatherhood, when the sons of violence become parents. However, this influence doesn’t determine the maintenance of dysfunctional relational patterns of the origin family. Maintain or turn dysfunctional relational patterns depends on a combination of risk and protective factors.(AU)
Descritores: Paternidade
Relação entre Gerações
Violência Doméstica
-Relações Familiares/psicologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-747830
Autor: Quissini, Cintia; Coelho, Leda Rúbia Maurina.
Título: A influência das famílias de origem nas relações conjugais / The influence of family values in marital relationships
Fonte: Pensando fam;18(2):34-47, dez. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo teve como objetivo investigar a percepção de homens e mulheres, separados ou já divorciados, sobre a influência das famílias de origem na escolha do companheiro, no relacionamento marital e na separação conjugal. A pesquisa baseou-se em entrevista semiestruturada e análise de conteúdo, o embasamento teórico teve suporte nas abordagens sistêmica e psicanalítica. As três categorias de análise versam sobre: escolha conjugal, relacionamento conjugal e separação conjugal. A partir destas foi possível identificar no conteúdo das falas dos participantes o reconhecimento de semelhanças do seu relacionamento conjugal com o de seus pais ou sogros, bem como da influência mais diretiva das famílias de origem em diversas fases da vida conjugal.(AU)

This study aimed to investigate the perception of men and women, separated or already divorced, on the influence of families of origin in mate choice, the marital relationship and marital separation. The research was based on semi-structured interviews and content analysis, the theoretical basis was supported in systemic and psychoanalytic approaches. The three categories of analysis deal with: marital choice, marital relationship and marital separation. From these it was possible to identify the content of participants' speech recognition of similarities of their marital relationship with their parents or in-laws as well as more policy influence of families of origin in various stages of married life.(AU)
Descritores: Divórcio/psicologia
Casamento/psicologia
Relação entre Gerações
-Epidemiologia Descritiva
Pesquisa Qualitativa
Relações Familiares/psicologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-765858
Autor: Silva, Eliza Canella da; Rocha, Raquel da; Bobato, Sueli Terezinha; Beckeri, Ana Paula Sesti; Lorenzetti, Nathália.
Título: Heranças psíquicas geracionais e a conjugalidade contemporânea: uma revisão sistemática / Generational psychic heritage and contemporary conjugal: a systematic review
Fonte: Pensando fam;19(1):19-31, jun. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo tem como objetivo apresentar uma revisão sistemática da literatura relacionada às heranças psíquicas geracionais interpostas na escolha e manutenção das relações conjugais na contemporaneidade. Foram consultadas as bases de dados Scielo, Lilacs, Pepsic, Schoolar Google e CAPES, entre o período de 2000 a 2014, utilizando-se dos seguintes descritores: vínculo conjugal, transgeracionalidade, transmissão psíquica e relação conjugal. A análise de dados foi realizada a partir da elaboração de categorias temáticas metodológicas e semânticas. Os resultados evidenciaram o predomínio de estudos qualitativos e transversais dentro da temática. No que tange aos principais achados semânticos, observou-se as distintas perspectivas de homens e mulheres no que se refere ao casamento, uma vez que as heranças psíquicas geracionais, sobretudo as transgeracionais, interferem na composição do vínculo conjugal, bem como dificultam o estabelecimento de uma identidade matrimonial e familiar própria.(AU)

This article presents analyzes the scientific production of scientific papers on the phenomenon of psychic inheritance generational filed in choosing and maintaining the marital relationship nowadays. We conducted a literature review in databases Scielo, Lilacs, Pepsic, Google Scholar and CAPES, between the period 2000 to 2015. The keywords used were "marital relationship" and "transgenerationality" and "psychic transmission" and "marital relationship ". For data analysis, drafted up methodological and semantic themes. The results showed the predominance of qualitative and cross-sectional studies in the subject. With respect to the main semantic findings, there was the distinct perspectives of men and women with regard to marriage, since the generational psychic inheritance, especially transgenerational interfere in the composition of the marital bond and hinder the establishment of his own marriage and family identity.(AU)
Descritores: Casamento/psicologia
Relação entre Gerações
Transtornos Mentais/genética
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-778187
Autor: Botton, Andressa; Cúnico, Sabrina Daiana; Barcinski, Mariana; Strey, Marlene Neves.
Título: Os papéis parentais nas famílias: analisando aspectos transgeracionais e de gênero / The parental roles in families: analyzing transgenerational and gender aspects
Fonte: Pensando fam;19(2):43-56, dez. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: Na contemporaneidade, os estereótipos de gênero ainda estão presentes nos núcleos familiares, conferindo características sexistas e patriarcais ao relacionamento entre homens e mulheres. Objetivamos analisar como o exercício da paternidade e da maternidade é influenciado por estes estereótipos, e compreender a prática dos papéis parentais no cenário familiar de acordo com os aspectos de gênero. Para tanto, realizamos uma revisão de literatura, utilizando-nos da perspectiva dos estudos de gênero pós-estruturalistas para a análise e a discussão. Percebemos que os núcleos familiares contemporâneos sustentam a execução de relações que quebram com os padrões tradicionais de gendramento, ao passo que ainda perduram valores tradicionais e estereotipados sobre os papéis sociais adequados para homens e mulheres. Como consequência, a presença de estereótipos de gênero na educação de meninos e meninas gera retrocessos na prática de uma educação não-sexista e, também, na consolidação de uma sociedade mais justa e igualitária para homens e mulheres.(AU)

In contemporaneity, gender stereotyping is still present in nuclear families, providing sexists and patriarchal characteristics to the relationship between men and women. We aimed to analyze how the exercise of fatherhood and motherhood are influenced by those stereotypes, as well as understand the practice of parenting roles in the family background according to gender aspects. Therefore, we conducted a literature review using scientific materials about the research topic, using the perspective of post-structuralist gender studies for the analysis and the discussion. We found that contemporary's nucleus families support relations that break down traditional standards of gendering, while traditional and stereotyped values on suitable social roles to men and women are kept. Consequently, the presence of gender stereotypes on boys and girl’s education creates a regression in the non-sexist educational practicing and, also, on consolidation of a fair and equitable society to men and women.(AU)
Descritores: Família/psicologia
Relação entre Gerações
FREE RADICALSTEMEFOS
-Poder Familiar/psicologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-797825
Autor: Camicia, Edgmara Giordani; Silva, Stefany Bischoff da; Schmidt, Beatriz.
Título: Abordagem da transgeracionalidade na terapia sistêmica individual: um estudo de caso clínico / Transgenerationality's approach in individual systemic therapy: a clinical case study
Fonte: Pensando fam;20(1):68-82, jul. 2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho consiste em um estudo de caso clínico sobre a terapia sistêmica individual de uma jovem adulta, realizado em clínica-escola de psicologia. Particularmente, foram priorizados os aspectos transgeracionais abordados ao longo do processo terapêutico, o qual ocorreu durante o período de oito meses, com sessões semanais. Conforme requer o pensamento e a prática sistêmica, o tratamento considerou a cliente no contexto da sua rede de relacionamentos e experiências, enfatizando os significados que ela atribuía a esses eventos, para favorecer que fossem reajustados no sentido de se tornarem mais coerentes e adaptativos. Assim, trabalhou-se na perspectiva da promoção da qualidade de vida e de relacionamentos mais saudáveis, sobretudo no que tange à família de origem, à conjugalidade, à coparentalidade e às práticas parentais. Entende-se que esse estudo pode contribuir para a atuação profissional dos terapeutas sistêmicos, à medida que lança luz sobre a terapia individual de jovens adultos, o que ainda parece pouco discutido na literatura, notadamente no Brasil.(AU)

This work consists in a clinical case study about individual systemic therapy of a female young adult, held in a school clinic. In particular, priority was given to transgenerational issues addressed throughout the therapeutic process, which occurred during eight months, with weekly sessions. As requires systemic thinking and practice, the treatment considered the client as part of a network of relationships and experiences, emphasizing the meanings that she attributed to these events, to encourage transformations in order to become more consistent and adaptive. Thus, the clinical work aimed to promote quality of life and healthier relationships, especially with respect to the family of origin, conjugality, coparenting and parenting practices. This study may contribute to the professional practice of systemic therapists, as it sheds light on the individual therapy for young adults, which still seems little discussed in the literature, notably in Brazil.(AU)
Descritores: Psicoterapia/métodos
Relações Familiares/psicologia
-Relação entre Gerações
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-880760
Autor: Pellegrino, Cláudia; Tobo, Patricia; Kamei, Helder.
Título: Combinação do toque e atividades lúdicas aumenta o bem-estar e fortalece o vínculo entre avós e netos / Combination of touch and playful activities enhances well-being and strengthens the bond between grandparents and grandchildren
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;7(Suplemento 1):15-15, jun. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: A pesquisa científica objetivou verificar se a combinação da massagem e atividades lúdicas (gestual) entre avós e netos promove o aumento do bem-estar e o fortalecimento do vínculo, do diálogo e da relação entre eles. A pesquisa foi dividida em duas etapas e apoiada por consultores de diversas áreas do conhecimento (antroposofia, psicanálise, psicologia positiva, linguística e estatística). Através da análise dos resultados, foi comprovado que o gestual é um mobilizador para o aumento do bem-estar subjetivo dos netos e, para os avós, favoreceu o resgate da infância e um despertar para missão de vida. Proporcionou a ampliação de consciência relacionada ao vínculo entre os mesmos, já que os participantes passaram a expressar mais sentimentos alocêntricos do que autocêntricos, isto é, voltados mais para os outros do que para si mesmos. Esse é o primeiro estudo científico a mostrar que a combinação da massagem e atividades lúdicas tem potencial para reduzir a distância geracional entre avós e netos.
Descritores: Saúde da Família
Relação entre Gerações
Relações Familiares/psicologia
Avós
Massagem
Apego ao Objeto
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  9 / 174 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-728836
Autor: Tondowski, Cláudia Silveira; Feijó, Marianne Ramos; Silva, Eroy Aparecida; Gebara, Carla Ferreira de Paula; Sanchez, Zila M; Noto, Ana Regina.
Título: Intergenerational patterns of family violence related to alcohol abuse: a genogram-based study / Padrões intergeracionais de violência familiar associada ao abuso de bebidas alcoólicas: um estudo baseado em genogramas
Fonte: Psicol. reflex. crit;27(4):806-814, Oct-Dec/2014. graf.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to analyze intergenerational patterns of alcohol related violence (ARV). An intentional sample comprising 42 family members was selected according to a set of criteria, including history of ARV. A genogram based on anonymous semi-structured taped interviews was created. The Content Analysis pointed to different patterns of repetition of intergenerational ARV. The most recurrent ones were those of lineal consanguinity (father/son) and through marriage. We observed similarities over the generations of each family as regards the pattern of alcohol consumption; the type of violence; the family reaction and the family life cycle in which ARV was intensified. Our results confirm the intergenerational reproduction of ARV. In conclusion, it is important to create intervention strategies to prevent intergenerational repetition of this association of behaviors. (AU)

O objetivo deste estudo foi analisar os padrões intergeracionais de violência familiar associada ao abuso de álcool (VAA). Foi composta uma amostra intencional por critérios, até a saturação teórica, com 42 familiares com histórico intergeracional de VAA, com os quais foi elaborado um genograma por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas, individuais e anônimas. A análise de conteúdo indicou diferentes padrões de repetição intergeracional de VAA, sendo mais frequentes as recorrências em linha direta de parentesco (pai/filho) e por meio de casamento. Ao longo das gerações de cada família, foram observadas similaridades em relação ao padrão de consumo de álcool, tipo de violência, reação da família e etapas do ciclo vital familiar de intensificação da VAA. Os resultados confirmam a reprodução intergeracional de VAA. Concluiu-se a importância de estratégias de intervenção para prevenir a repetição intergeracional dessa associação de comportamentos. (AU)
Descritores: Relação entre Gerações
Violência Doméstica/psicologia
Alcoolismo/genética
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  10 / 174 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-895217
Autor: Santos, Rubia Mara Requeña dos; Falcão, Deusivania Vieira da Silva.
Título: Peppa Pig: um estudo sobre as relações familiares entre avós, pais e netos / Peppa Pig: a study on family relationships between grandparents, parents and grandchildren
Fonte: Pensando fam;21(1):63-79, jul. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo objetivou compreender as relações familiares intergeracionais apresentadas no desenho animado Peppa Pig; identificar as temáticas dos episódios que envolvem o relacionamento entre avós, pais e netos e; averiguar as principais atividades desenvolvidas entre eles. Analisaram-se por meio da técnica de Bardin (1977/2000) 41 episódios da primeira, segunda e terceira temporada que tinham a participação dos avós Pig. Constatou-se que foram destacadas as relações favoráveis e neutras entre avós, pais e netos. As principais temáticas abordadas pelos episódios analisados foram: brincar no jardim; passeio no barco; comemorações em família; passeios de carro; passeio em família; aprender com os avós; tomar conta do papagaio; tomar conta dos netos e passeio com a escola. Os tipos de atividades intergeracionais mais desenvolvidas foram brincar e aprender no jardim. O desenho apresenta um modelo de família tradicional com bom funcionamento e mostra estereótipos semelhantes à realidade da maioria das famílias ocidentais.(AU)

This study aimed to understand the intergenerational family relationships presented in the cartoon Peppa Pig; identify the themes of the episodes involving the relationship between grandparents, parents and grandchildren and; determine the main activities developed between them. They were analyzed through Bardin technique (1977/2000) 41 episodes of the first, second and third season that had the participation of Pig grandparents. It was found that were highlighted favorable and neutral relationships between grandparents, parents and grandchildren. The main themes addressed by episodes analyzed were playing in the garden; ride on the boat; family celebrations; carriage rides; family trip; learn from grandparents; take parrot account; taking care of grandchildren and ride to school. The types of more developed intergenerational activities were playing and learning in the garden. The design features a traditional family model with proper functioning and shows stereotypes similar to the reality of most western families.(AU)
Descritores: Relação entre Gerações
-Família/psicologia
Epidemiologia Descritiva
Relações Familiares/psicologia
Avós
Mães
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 18 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde