Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.829.263.370.110 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 187 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 19 ir para página                         

  1 / 187 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Zanolli, Maria de Lurdes
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-831838
Autor: Queiroz, Patricia Helena Breno; Zanolli, Maria de Lurdes; Mendes, Roberto Teixeira.
Título: A interferência relativa das avós no aleitamento materno de suas filhas adolescentes / Grandmothers' relative interference with their teenage daughter's breastfeeding / La interferencia relativa de las abuelas para la lactancia materna de sus hijas adolescentes
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;29(2):253-258, abr.-jun.2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Compreender influência das avós no exercício e duração do aleitamento materno de suas filhas adolescentes, durante os primeiros seis meses de vida da criança. Métodos: Estudo qualitativo, realizado com 25 futuras avós, que conviviam com suas filhas ou noras adolescentes grávidas, antes e após o nascimento de seus netos, no período de março de 2011 a janeiro de 2014. As entrevistas foram guiadas por um roteiro semiestruturado, e uma vez transcritas foram analisadas de forma temática, da qual emergiu a categoria: "O processo de amamentar para as avós". Resultados: As avós mostraram-se presentes na amamentação de seus netos desde os momentos iniciais até a introdução de alimentos complementares e as suas experiências pessoais de sucesso no aleitamento materno foram importantes para a construção do apoio à nutriz adolescente. Com passar do tempo, as avós se posicionaram na retaguarda, permitindo que as adolescentes assumissem a responsabilidade de principais cuidadoras dos bebês. Conclusão: A influência das avós na amamentação de seus netos se deu pela crença compartilhada que amamentar é importante, saudável e uma obrigação da mãe.

Objective: To understand the influence of grandmothers on the effectiveness and duration of breastfeeding of their teenage daughters during the child's first six months of life. Methods: Qualitative study conducted with 25 new grandmothers who lived with their pregnant teenage daughters or daughters-in-law before and after the birth of their grandchildren from March 2011 to January 2014. The interviews were guided by a semi-structured questionnaire; after transcription, data underwent thematic analysis, which yielded the category: "the breastfeeding process for grandmothers." Results: Grandmothers were present during the breastfeeding of their grandchildren from the earliest moments to the introduction of complementary foods; successful personal experiences with breastfeeding were important for building support for the nursing teenage mother. Over time, they stepped back and allowed the teenagers to take responsibility as the primary caregivers of the babies. Conclusion: The influence of grandmothers on the breastfeeding of their grandchildren is a result of the shared belief that breastfeeding is important, healthy and a mother's obligation.

Objetivo: Comprender la influencia de las abuelas en el ejercicio y la duración del amamantamiento materno de sus hijas adolescentes durante los primeros seis meses de vida del niño. Métodos: Estudio cualitativo realizado con 25 futuras abuelas que convivían con sus hijas o nueras adolescentes embarazadas antes y después del nacimiento de sus netos en el período entre marzo de 2011 y enero de 2014. Se utilizó para las entrevistas um guión semiestructurado y tras la transcripción las mismas fueron analizadas a través de temática de la cual emergió la categoría: "El proceso del amamantamiento para las abuelas". Resultados: Las abuelas estuvieron presentes durante el amamantamiento de sus nietos desde los primeros momentos hasta la introducción de los alimentos complementarios. Las experiencias personales de éxito para el amamantamiento materno fueron importantes para la construcción del apoyo a la adolescente y a lo largo del tiempo se pusieron en retaguardia permitiendo que las adolescentes asumieran la responsabilidad de principales cuidadoras de los bebés. Conclusión: La influencia de las abuelas para el amamantamiento de sus nietos se dio por la creencia compartida de que amamantar es importante y saludable y es una obligación de la madre.
Descritores: Aleitamento Materno
Saúde da Mulher
Adolescente
Relação entre Gerações
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1140899
Autor: Chávez Molina, Eduardo; Gutiérrez Ageitos, Pablo.
Título: Movilidad intergeneracional y marginalidad económica: Un estudio de caso en el Conurbano Bonaerense / Intergenerational mobility and economic marginality: A case study at Gran Buenos Aires area.
Fonte: Buenos Aires; GCBA. Dirección General de Estadística y Censos; oct. 2009. a) f: 31 l:50 p. tab. (Población de Buenos Aires, 6, 10).
Idioma: es.
Resumo: El artículo analiza la movilidad intergeneracional en áreas periféricas del Gran Buenos Aires. El diseño del estudio aplica una clasificación sociolaboral de tipo exploratorio para distinguir segmentos en contextos de marginalidad geográfica. Partiendo de los datos empíricos proporcionados por un estudio de caso en el barrio de Ministro Rivadavia, se sostiene que los trabajadores en actividades de subsistencia y los asalariados de bajo nivel educativo se encuentran vinculados intergeneracionalmente, lo que da cuenta de la tendencia a la marginalidad y la movilidad espuria señalada por la literatura sobre movilidad en América Latina. Los principales resultados también muestran una baja movilidad educativa que desafía los incrementos nacionales en el nivel de educación. (AU)
Descritores: Classe Social
Mobilidade Social/economia
Mobilidade Social/tendências
Mobilidade Social/estatística & dados numéricos
Fatores Socioeconômicos
Relação entre Gerações
Educação/tendências
Educação/estatística & dados numéricos
Emprego/tendências
Emprego/estatística & dados numéricos
Marginalização Social
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: AR494.1 - Centro de Documentación en Salud
AR494.1; CEDOS/CD 6, SP5.006.052_08


  3 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-901881
Autor: Osuna, María Florencia.
Título: Políticas de la última dictadura argentina frente a la "brecha generacional" / Policies implemented by the last Argentine dictatorship to bridge the "generation gap / Políticas da última ditadura argentina frente a brecha entre gerações
Fonte: Rev. latinoam. cienc. soc. niñez juv;15(2):1097-1110, jul.-dic. 2017.
Idioma: es.
Resumo: Este artículo analiza, desde una perspectiva historiográfica, un conjunto de discursos y políticas del Ministerio de Bienestar Social argentino destinado a la niñez, la juventud y la tercera edad durante la última dictadura militar argentina (1976-1983). Desde los años sesenta, distintos sectores de militares, civiles y religiosos comenzaron a preocuparse por la "brecha generacional" entre los más jóvenes y los ancianos. Esta distancia generacional habría sido producto de los cambios políticos y culturales propios del proceso de modernización de los años sesenta. En el período 1976-1983, en el marco de una dictadura autoritaria y represiva, el gobierno difundió discursos y políticas basados en un ideario católico tradicional tendientes a acercar a las diferentes generaciones y a establecer claramente el rol de cada integrante de la familia.

This article uses a historiographical perspective to examine the set of discourses and policies issued by the Argentine Ministry of Welfare for children, young people and the elderly during the last military dictatorship in Argentina (1976-1983). Beginning in the 1960s, various military, civil and religious sectors started demonstrating a concern about the "generation gap" between younger and older generations. This generational distance was a result of the political and cultural changes that occurred as part of the modernization process during the 1960s. From 1976 to 1983, under an authoritarian, repressive dictatorship, the government produced discourses and policies based on traditional Catholic ideology that sought to improve the relationships between the different generations and to clearly establish the role of each family member.

Este artigo estuda, a partir de uma perspectiva historiográfica, um conjunto de discursos e políticas do Ministério do Bem Estar Social argentino destinado à infância, juventude e terceira idade durante a última ditadura militar argentina (1976-1983). Desde os anos sessenta, diferentes setores de militares, civis e religiosos começaram a se preocupar com a "distância entre gerações": entre os mais jovens e os idosos. Esta distância entre gerações tinha sido produto das mudanças políticas e culturais próprios do processo de modernização dos anos sessenta. No período de 1976-1983, no cenário de uma ditadura autoritária e repressiva, o governo difundiu discursos e políticas baseados numa ideia católica tradicional, visando aproximar as diferentes gerações e estabelecer claramente o rol de cada integrante da família.
Descritores: Família
Intervalo entre Gerações
Políticas
-Relação entre Gerações
Responsável: CO335.1 - Centro de Estudios Avanzados en Niñez y Juventud de la Alianza CINDE


  4 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-394092
Autor: Oda, Welton Yudi.
Título: Communal egg laying by Gonatodes humeralis (Sauria, Gekkonidae) in Manaus primary and secondary forest areas
Fonte: Acta amaz;34(2):331-332, 2004.
Idioma: en.
Resumo: Desovas comunais tem sido registradas para inúmeras espécies de lagartos em diferentes regiões. Neste estudo, estão descritas desovas comunais de Gonatodes humeralis em diferentes localidades próximas, no interior de construções humanas no período entre 1990 e 1998. Todas estas desovas comunais foram encontradas na estação seca, entre abril e julho, sugerindo que estas desovas são mais comuns neste período, quando a atividade dos predadores é menos intensa e a redução da umidade diminui a ação decompositora dos fungos que pode matar os ovos.
Descritores: Óvulo
Relação entre Gerações
Lagartos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1128981
Autor: Sá, Romeika Barboza Cartaxo Pires de; Silva, Antônia Lêda Oliveira; Alves, Karoline de Lima; Sá, Célia Maria Cartaxo Pires de; Cruz, Maria Virginia Tavares; Moreira, Maria Adelaide Silva Paredes.
Título: A relação intergeracional entre o avós e netos: revisão integrativa / The intergerational relationship between grandparents and grandchildren: an integrative literature review / Relación intergeracional entre abuelos y nietos: revisión integrativa
Fonte: Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online);12:1322-1328, jan.-dez. 2020. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: The study's main purpose has been to underline scientific publications addressing the intergenerational relationship between grandparents and grandchildren. Methods: It is an integrative literature review. Data collection took place through five databases as follows: CINAHL, Web of Science, Scopus, MEDLINE and LILACS. Furthermore, the following descriptors were used: Elderly; Intergenerational Relationship; Grandparents; preschool children, as well as: Idoso; Relação Intergeracional; Avós; Escolares. Results: Based on this approach, the final sample was comprised by 23 articles. Conclusion: The relationship between elderly people and children was found to have a positive impact on both maintaining autonomy and independence in some activities, keeping up the cognitive and motor level, and influencing socialization as well

Objetivo: Evidenciar as publicações científicas sobre a relação intergeracional entre avós e netos. Método: Trata-se de uma revisão integrativa e para a coleta dos dados foram definidas cinco bases de dados: Cinahl, Web of Science, Scopus, MedLine e Lilacs. Também, foram utilizados os descritores: Elderly; Intergenerational Relations; Grandparents; preschool children e os descritores: Idoso; Relação Intergeracional; Avós; Escolares. Resultados: A partir dessa exposição a amostra final ficou integrada por 23 artigos incluídos na revisão. Conclusão: A relação entre a pessoa idosa e a criança, pode refletir positivamente na manutenção da autonomia e independência em algumas atividades, manter o nível cognitivo e motor, influenciar na socialização

Objetivo: Destacar las publicaciones científicas sobre la relación intergeneracional entre abuelos y nietos. Método: Se trata de una revisión integradora y para la recolección de datos se definieron cinco bases de datos: Cinahl, Web of Science, Scopus, MedLine y Lilacs. Además, se utilizaron los descriptores: Anciano; Relaciones intergeneracionales; Abuelos; niños en edad preescolar y los descriptores: Anciano; Relación intergeneracional; Abuelos; Colegio. Resultados: A partir de esta exposición, la muestra final fue integrada por 23 artículos incluidos en la revisión. Conclusión: La relación entre el anciano y el niño puede reflejarse positivamente en el mantenimiento de la autonomía e independencia en algunas actividades, manteniendo los niveles cognitivo y motor, influyendo en la socialización
Descritores: Relação entre Gerações
Relações Familiares/psicologia
Avós/psicologia
-Socialização
Autonomia Pessoal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  6 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-625141
Autor: Luchesi, Bruna Moretti; Pavarini, Sofia Cristina Iost; Viana, Aline Silveira.
Título: Alterações cognitivas de idosos no contexto domiciliar e atitudes de crianças em relação à velhice / Cognitive alterations of the elderly in home settings and the attitudes of children towards aging / Alteraciones cognitivas del anciano en contexto domiciliario y actitudes de infantes en relación a la vejez
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;46(2):335-341, abr. 2012. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Crianças desenvolvem atitudes em relação à velhice desde o nascimento, influenciadas por fatores cotidianos. Objetivou-se avaliar e comparar a atitude em relação à velhice de crianças morando com idosos com e sem alterações cognitivas. Realizaram-se entrevistas domiciliares com 54 crianças de cinco USF, 25 morando com idosos com alterações cognitivas (grupo 1) e 29 com idosos sem alterações cognitivas (grupo 2). Os cuidados éticos foram observados. Aplicou-se a Escala de Atitudes em Relação à Velhice para Crianças, na qual a pontuação média foi de 1,66 pontos (grupo 1) e 1,52 (grupo 2). Um ponto representava a pontuação mais positiva e três pontos a mais negativa possível. Comparando os grupos, os domínios cognição e relacionamento social apresentaram índices significativos, indicando que crianças convivendo com idosos com alteração cognitiva têm atitudes mais negativas nestes domínios. Profissionais de saúde na atenção básica devem atentar-se às famílias multigeracionais e investir na educação das mesmas.

Children develop attitudes towards aging from birth and are influenced by everyday factors. The objective of this study was to evaluate attitudes towards aging of children living with elderly individuals with and without cognitive changes. Home interviews were performed with 54 children from five Family Health Units, 25 of whom lived with seniors with cognitive changes (group 1), and 29 living with seniors without cognitive changes (group 2). All ethical precautions were observed. The Scale for Children's Attitudes Towards Aging was used. The mean scores obtained were 1.66 (group 1) and 1.52 (group 2). One point represented the most positive possible score, and three points the most negative. The comparison between groups, cognition domains, and social relationships presented significant rates, showing that children living with seniors with cognitive changes have more negative attitudes in these domains. Primary healthcare professionals should pay close attention to multigenerational families and invest in their education.

Los niños desarrollan actitudes relacionadas a la vejez desde el nacimiento, influenciadas por factores cotidianos. Se objetivó evaluar y comparar la actitud relacionada a la vejez de niños viviendo con ancianos con y sin alteraciones cognitivas. Se realizaron entrevistas domiciliarias con 54 infantes de cinco USF, 25 viviendo con ancianos con alteraciones cognitivas (grupo 1) y 29 con ancianos sin alteraciones (grupo 2). Se observaron los cuidados éticos. Se aplicó Escala de Actitudes Relacionadas a la Vejez para Infantes; el puntaje promedio fue 1,66 (grupo 1) y 1,52 (grupo 2). Un punto representa el score más positivo, tres puntos, el score más negativo. Comparando los grupos, los dominios cognición y relación social presentaron índices significativos, indicando que infantes conviviendo con ancianos con alteraciones cognitivas tienen actitudes más negativas en estos dominios. Profesionales de salud en atención básica deberían alentar a las familias multigeneracionales a invertir en la educación del infante.
Descritores: Atitude
Criança
Enfermagem Familiar
Idoso
Relação entre Gerações
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  7 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1058543
Autor: Borges, Ana Luiza Vilela; Araújo, Karina Simão; Santos, Osmara Alves dos; Gonçalves, Renata Ferreira Sena; Fujimori, Elizabeth; Divino, Eveline do Amor.
Título: Knowledge about the intrauterine device and interest in using it among women users of primary care services / Conhecimento e interesse em usar o dispositivo intrauterino entre mulheres usuárias de unidades de saúde / Conocimiento e interés en el uso del dispositivo intrauterino entre mujeres usuarias de unidades salud
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);28:e3232, 2020. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Objective: to analyze the level of knowledge about the intrauterine device, the interest in using it and the relationship between these events among women in reproductive age. Method: cross-sectional study conducted with 1858 women between 18 and 49 years old, attending Primary Health Care Facilities. Data were obtained in face-to-face interviews. The level of knowledge was evaluated by items with answers options "agree", "disagree" and "I don't know". Knowledge was categorized as below/equal and above the median. Chi-square and multiple logistic regression were used in Stata 14.2 (95% confidence level). Results: intrauterine device current use was not frequent (1.7%; n=32) and the level of knowledge was higher among women between 25 and 34 years old, white, living in Aracaju (Sergipe), who were more educated, and who were currently using or had already used the intrauterine device. Interest in using the intrauterine device (38.0%; n=634) was higher among younger women, single, more educated, had health insurance, no children and with higher level of knowledge about the intrauterine device. Conclusion: the level of knowledge about the intrauterine device was associated with the interest in using it.

Objetivo: analisar o nível de conhecimento sobre o dispositivo intrauterino, o interesse em usá-lo e a relação desses eventos entre mulheres em idade reprodutiva. Método: estudo transversal conduzido com 1858 mulheres de 18-49 anos de idade, usuárias de Unidades Básicas de Saúde. Os dados foram obtidos por entrevistas face a face. Avaliou-se o nível de conhecimento por meio de itens que admitiam repostas do tipo concordo, não concordo e não sei, cujo escore foi categorizado em abaixo/igual e acima da mediana. Utilizaram-se qui-quadrado e regressão logística múltipla, calculados no Stata 14.2 (nível de confiança igual a 95%). Resultados: o uso atual do dispositivo intrauterino foi pouco frequente (1,7%; n=32), sendo o nível de conhecimento maior entre mulheres com 25-34 anos de idade, mais escolarizadas, brancas, que usavam/já tinham usado o dispositivo intrauterino e residentes em Aracaju, Sergipe. O interesse em usar o dispositivo intrauterino (38,0%; n=634) foi maior entre as mulheres mais jovens, com maior escolaridade, com plano de saúde, solteiras, sem filhos e com maior nível de conhecimento sobre o dispositivo intrauterino. Conclusão: o nível de conhecimento sobre o dispositivo intrauterino foi associado ao interesse em usá-lo.

Objetivo: analizar el nivel de conocimiento sobre el dispositivo intrauterino, el interés en usarlo y la relación de estos eventos entre las mujeres en edad reproductiva. Método: estudio transversal realizado con 1858 mujeres entre 18 y 49 años, usuarias de Unidades Básicas de Salud. Los datos se obtuvieron a través de entrevistas personales. El nivel de conocimiento se evaluó mediante ítems que permitieron respuestas del tipo de acuerdo, en desacuerdo y no sé, cuyo puntaje se clasificó como inferior/igual y superior a la mediana. Se utilizaron chi-cuadrado y regresión logística múltiple, calculados en el Stata 14.2 (nivel de confianza del 95%). Resultados: el uso actual del dispositivo intrauterino fue poco frecuente (1,7%; n=32) y el nivel de conocimiento fue mayor entre las mujeres blancas de 25 a 34 años, más educadas, que ya usaban o habían usado el dispositivo intrauterino y residentes en Aracaju, Sergipe. El interés en usar el dispositivo intrauterino (38,0%; n=634) fue mayor entre las mujeres más jóvenes, con mayor nivel educativo, con seguro médico, solteras, sin hijos y con un mayor nivel de conocimiento sobre el dispositivo intrauterino. Conclusión: el nivel de conocimiento sobre el dispositivo intrauterino se asoció con el interés en usarlo.
Descritores: Aleitamento Materno
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Relação entre Gerações
Avós
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  8 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1058541
Autor: Angelo, Bárbara Helena de Brito; Pontes, Cleide Maria; Sette, Gabriela Cunha Schechtman; Leal, Luciana Pedrosa.
Título: Knowledge, attitudes and practices of grandmothers related to breastfeeding: a meta-synthesis / Conhecimentos, atitudes e práticas das avós relacionados ao aleitamento materno: uma metassíntese / Conocimientos, actitudes y prácticas de las abuelas en torno a la lactancia materna: una metasíntesis
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);28:e3214, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Evaluate the knowledge, attitudes and practices of grandmothers that support or discourage the breastfeeding process. Method: This is a meta-synthesis based on the theoretical and methodological framework of meta-ethnography developed by Noblit and Hare. A critical evaluation of the articles was conducted using the consolidated criteria for reporting qualitative research (Coreq). Primary and secondary constructs derived from the results of nine articles were grouped into a new theory, leading to tertiary constructs that were presented in a diagram based on the functionality of Sanicola's Social Network Theory. Results: Grandmothers know the benefits of breastfeeding, the importance of a special diet and proper hydration for the production of good quality milk, but report inadequacies in the treatment of breast complications and the need for breast milk complementation before the sixth month of life. These aspects were also observed: religious interference, opposition of ideas about breastfeeding, and family decisions based on the grandmother figure. Conclusion: Through knowledge, attitudes and practices, grandmothers, central figures in breastfeeding support, support their daughters and daughters-in-law in breastfeeding or discourage breastfeeding with contrary opinions and inadequate guidance.

Objetivo: avaliar os conhecimentos, atitudes e práticas das avós relacionados ao suporte ou à contenção no processo de aleitamento materno. Método: metassíntese alicerçada no Referencial Teórico e Metodológico da Metaetnografia de Noblit e Hare. Na avaliação crítica dos artigos utilizou-se o Consolidated criteria for reporting qualitative research (Coreq). Os construtos primários e secundários, oriundos dos resultados dos nove artigos, foram agrupados em nova teoria, originando os construtos terciários que foram apresentados num diagrama construído com base na funcionalidade da Teoria de Rede de Sanicola. Resultados: as avós conhecem os benefícios da amamentação, a importância de uma dieta especial e hidratação adequada para produção de leite de boa qualidade, mas relatam inadequações no tratamento de intercorrências mamárias e necessidade de complementação do leite materno antes do sexto mês de vida. Houve interferência religiosa, oposição de ideias sobre amamentação e a centralidade das decisões familiares na figura das avós. Conclusão: as avós, figuras centrais no apoio à amamentação, através de conhecimentos, atitudes e práticas, oferecem suporte às suas filhas e noras para amamentarem ou promovem a contenção ao aleitamento materno com opiniões contrárias e orientações inadequadas.

Objetivo: evaluar los conocimientos, las actitudes y las prácticas de las abuelas en torno al soporte o la contención al proceso de lactancia materna. Método: metasíntesis basada en el marco teórico y metodológico de la metaetnografía de Noblit y Hare. En la evaluación crítica de los artículos, se utilizó el Consolidated criteria for reporting qualitative research (Coreq). Los constructos primarios y secundarios, provenientes de los resultados de nueve artículos, se agruparon en una nueva teoría, dando lugar a constructos terciarios que se presentaron en un diagrama elaborado con base en la funcionalidad de la Teoría de Red de Sanicola. Resultados: las abuelas conocen los beneficios de la lactancia, la importancia de una dieta especial e hidratación adecuada para la producción de leche de buena calidad, pero han presentado inadecuaciones acerca del tratamiento de las complicaciones mamarias y de la necesidad de complementación a la leche materna antes del sexto mes de vida. Hubo interferencia religiosa, contraste de ideas sobre lactancia materna y la centralidad de las decisiones familiares en la figura de las abuelas. Conclusión: las abuelas, figuras centrales en el apoyo a la lactancia materna por medio de los conocimientos, las actitudes y prácticas, brindan el soporte a la lactancia de sus hijas y nueras en torno a la lactancia o promueven la contención de la lactancia materna con opiniones contrarias y orientaciones inadecuadas.
Descritores: Aleitamento Materno
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Relação entre Gerações
Avós
-Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1119856
Autor: Moreira, Michelle Araújo.
Título: Continuidades e descontinuidades intergeracionais sobre a experiência de amamentar: um estudo de representações sociais / Intergenerational continuities and discontinuities on the experience of breastfeeding: a study of social representations / Continuidades y discontinuidades intergeneracionales en la experiencia de la lactancia materna: un estudio de las representaciones sociales.
Fonte: Salvador; s.n; 2011. 279P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A amamentação, processo sociocultural complexo e multifacetado, permite às mulheres de uma mesma ou de distintas gerações, dentro da estrutura societal e no interior de um grupo parental, experimentar e/ou elaborar múltiplas representações que podem ser continuadas e/ou descontinuadas a depender do tempo social dos grupos de pertencimento. Trata-se de um estudo quanti-qualitativo, de natureza exploratória e descritiva, fundamentado na Teoria das Representações Sociais e Teoria do Núcleo Central, com utilização da abordagem multimétodos, com os objetivos de apreender e discutir as representações sociais de mulheres da mesma família sobre a experiência de amamentar ancoradas na intergeracionalidade e analisar as continuidades e descontinuidades que permeiam este fenômeno social. Participaram 21 mulheres de três gerações distintas e da mesma família que tivessem experienciado a prática de amamentar. Os instrumentos utilizados para a coleta dos dados foram a Técnica de Associação Livre de Palavras ­ TALP, o Desenho - Estória com Tema e a Entrevista Semi - Estruturada, devidamente aplicada em outubro de 2009 a julho de 2010. Os dados provenientes do TALP foram submetidos à Análise Fatorial por Correspondência - AFC, através do software Tri-Deux- Mots com os 6 estímulos indutores: amamentação, sua experiência com a amamentação, aprendizado sobre amamentação, troca de experiências entre as gerações, ensinamento na amamentação e leite materno e a elaboração do Quadro de Quatro Casas pelo EVOC com apenas 1 estímulo indutor: troca de experiências sobre amamentação com sua filha e neta (1ª geração), com sua mãe e filha (2ª geração) e com sua mãe e avó (3ª geração), buscando o sentido e a estrutura da representação social. A análise do Quadro de Quatro Casas evidenciou que as mulheres significavam esta experiência, através do conhecimento, pelos elementos centrais, tidos como: importante, aprendizado, passagem, família e médico, como elementos periféricos: cuidado, dedicação e alegria. A AFC corroborou com a perspectiva estrutural, quando demonstrou que, no Fator 1, as mulheres revelaram os sentidos da experiência por alimentação, saúde, amor, cuidado, bom, obrigação, mãe, filha, criança, prevenção de doença. Para o Fator 2, estas mulheres ainda evocaram aprendizado, carinho, obrigação, saúde, bom, mãe, criança, forte. Ademais, as narrativas, o iconográfico e a entrevista semi-estruturada foram analisados na dimensão da análise de conteúdo, caracterizando a perspectiva temática. As estórias contidas nos desenhos evidenciaram que a prática da amamentação encontrava-se ancorada no processo ensino-aprendizagem das distintas gerações e pelo cuidar do bebê como núcleo central, que os benefícios da amamentação, presentes nas três gerações, concentravam-se no enfoque físicoorgânico de desenvolvimento do bebê em direção a uma perspectiva de saúde da mulher e que a amamentação estava entremeada pelas relações de afeto. Por fim, a análise temática das entrevistas definiu-se por quatro categorias e 11 subcategorias para a 1ª geração, quatro categorias e 12 subcategorias para a 2ª geração e quatro categorias e 10 subcategorias para a 3ª geração. Estes resultados permitiram que fosse conhecida a experiência a partir da percepção positiva e/ou negativa da amamentação, do processo ensino-aprendizagem desenvolvida pelas gerações, profissionais de saúde, observação e mídia, do cuidar com o bebê na amamentação e da concepção de amamentar, definida como biológica e/ou social. Conclui-se, acreditando que este estudo permitirá o olhar amplificado, não apenas de profissionais de saúde e áreas afins, mas para aqueles que pretendem analisar um fenômeno multifacetado e complexo como a amamentação, acrescido das possibilidades inter e/ou transgeracional, compreendendo-o sob a ótica dos agentes formuladores.(AU)
Descritores: Aleitamento Materno
Saúde Materno-Infantil
Relação entre Gerações
-Família
Enfermagem Materno-Infantil
Promoção da Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  10 / 187 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119500
Autor: Pucheu, Andrés.
Título: ¿Existen diferencias en la motivación de distintas generaciones en enfermería? / Are there differences in the motivation of nursing generations?
Fonte: Rev. Méd. Clín. Condes;29(3):336-342, 2018.
Idioma: es.
Resumo: En este artículo se revisa evidencia acerca de los elementos que podrían estar afectando la motivación de las diferentes generaciones que se desempeñan en enfermería. La literatura indica que los factores motivacionales afectan significativamente, tanto el desempeño como la rotación y se ha sugerido que las distintas generaciones deberían ser gestionadas de maneras específicas a sus características. La revisión de la evidencia no respalda esta última afirmación de manera clara. Sin embargo, existe evidencia de que otras variables que podrían estar relacionadas a las generaciones, tales como edad, género o cultura, podrían estar afectando elementos claves en la motivación y satisfacción, incluyendo el significado del trabajo, la autonomía, las relaciones interpersonales, la relación y calidad de la supervisión, el nivel percibido en la equidad y adecuación de las recompensas, así como las posibilidades de desarrollo profesional. La principal recomendación es analizar el comportamiento considerando no solo la atribución generacional, sino que también a las otras variables que podrían estar incidiendo en la motivación de las enfermeras clínicas. (AU)

In this article, we review evidence about the elements that could be affecting the motivation of the different generations that work in Nursing. The literature indicates that motivational factors significantly affect both performance and turnover and it has been suggested that different generations should be managed in ways specific to their characteristics. The review of the evidence does not support clearly this last statement. However, there is evidence that other variables that could be related to the generations, such as age, gender or culture, could be affecting key elements in motivation and satisfaction, including the meaning of work, autonomy, interpersonal relationships, relationship and quality of supervision, the perceived level of equity and adequacy of rewards, as well as the possibilities of professional development. The main recommendation is to analyze the behavior considering not only the generational attribution but also the other variables that could be affecting clinical nurses' motivation.(AU)
Descritores: Estudantes de Enfermagem/psicologia
História da Enfermagem
Motivação
-Relação entre Gerações
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería



página 1 de 19 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde