Base de dados : LILACS
Pesquisa : F01.829.263.500.320 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 894 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 90 ir para página                         

  1 / 894 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024819
Autor: Carvalho, Naiara Oliveira; Vasconcelos, Hilda Lara Prado; Rocha, Cristiane Tomaz; Neves, Beatriz Goncalves.
Título: Parents and caregivers' knowledge and attitudes toward children's toothbrushing
Fonte: Rev. Cient. CRO-RJ (Online);4(2):19-26, May-Aug. 2019.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Fluoride prevents tooth decay, but especially in young children, it is important to balance the anticaries effect of fluoride toothpastes versus the risk of dental fluorosis. Objective: The aim of this study was to analyze parents' and caregivers' knowledge and attitudes toward their children's toothbrushing habits from 12 to 71 months of age, as well as to verify their knowledge about fluoride and toothpastes' dispensed amount. Methods: A semi-structured interview script was applied to a convenience sample of parents and caregivers (n = 63) at the Pediatric Dentistry Clinic of a public university. Respondents were asked to simulate the amount of toothpaste used in their children's brushing. Results were presented with absolute and relative frequencies. Results: Regarding their children's toothbrushing, 49.2% performed oral hygiene of their children; 31.7% mentioned that their children brushed under adult supervision; and 19.1% said their children brushed alone. When asked if they had already received guidance regarding the adequate amount of toothpaste to be dispensed, 54% stated they were never oriented. In 74.6% of cases, the amount dispensed exceeded the recommended dose for preschoolers. In addition, 57.1% reported that the toothpaste is within the reach of the child. Of the respondents, 66.7% pointed out the role of fluoride in caries prevention, and 73% were unaware of its toxicity. Conclusion: In general, parents had good oral hygiene practices with their children. However, most respondents did not use the appropriate amount of toothpaste for their children's age and were unaware of fluoride toxicity, although they could identify its purpose.

Introdução: O flúor pode prevenir a cárie dentária, porém, especialmente em crianças menores, é importante equilibrar o efeito anticárie dos dentifrícios fluoretados versus o risco de fluorose dentária. Objetivo: O objetivo deste estudo foi analisar o conhecimento e atitudes de pais e cuidadores sobre os hábitos de escovação de seus filhos de 12 a 71 meses de idade, bem como verificar seu conhecimento sobre flúor e quantidade utilizada de creme dental. Métodos: Um roteiro de entrevista semi-estruturado foi aplicado a uma amostra de conveniência de pais e cuidadores (n=63) na Clínica de Odontopediatria de uma universidade pública. Solicitou-se que os entrevistados simulassem a quantidade de creme dental utilizada na escovação de seus filhos. Os resultados foram apresentados de forma descritiva com frequências absolutas e relativas. Resultados: Quanto à supervisão da escovação, 49,2% realizavam a higienização de seus filhos; 31,7% mencionaram que as próprias crianças escovavam sob supervisão de um adulto, e 19,1% responderam que seus filhos escovavam sozinhos. Quando perguntados como aprenderam a dispensar dentifrício na escova, 54% afirmaram que nunca foram orientados. Em 74,6% dos casos, a quantidade dispensada superou a dose recomendada para pré-escolares. Ademais, 57,1% relataram que o dentifrício fica ao alcance da criança. Dos entrevistados, 66,7% apontaram o papel do flúor na prevenção da cárie e 73% desconheciam sua toxicidade. Conclusão: Em geral, os entrevistados praticavam bons hábitos de escovação em seus filhos. Entretanto, a maioria da amostra estudada não utilizou a quantidade apropriada de dentifrício para a idade e desconhecia a toxicidade do flúor, apesar de identificar sua finalidade.
Descritores: Cárie Dentária
-Pais
Escovação Dentária
Cremes Dentais
Criança
Pré-Escolar
Cuidadores
Conhecimento
Fluoretos
Flúor
Responsável: BR1356.1 - Biblioteca Prof Antonio F Ribeiro da Silva Filho


  2 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-747834
Autor: Semensato, Márcia Rejane; Bosa, Cleonice Alves.
Título: Crenças parentais sobre o autismo e sua evolução no processo de comunicação diagnóstica / Parental beliefs about autism and it's evolution in the diagnostic communication process
Fonte: Pensando fam;18(2):93-107, dez. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Esse estudo investigou as crenças parentais sobre o autismo no período da comunicação do diagnóstico do filho. O processo de comunicação do diagnóstico foi realizado em entrevistas ao longo de quatro meses, posteriormente submetidas à Análise de Conteúdo. Durante esse processo os pais conversaram sobre a avaliação, o diagnóstico, as possibilidades de intervenção, etc. Os dados indicaram que os pais puderam significar as informações recebidas dos profissionais e falar sobre suas concepções e crenças acerca destas informações e do que observaram na avaliação diagnóstica. Os resultados desse estudo corroboram a importância da investigação das crenças parentais na elaboração do programa de atendimento ao filho e à família. Além disso, as crenças parentais mostraram-se importantes para a compreensão do processo de elaboração do diagnóstico que os pais passam. Essa investigação também enfatizou a importância da comunicação do diagnóstico de autismo como um processo e não se restringir a uma entrevista informativa. (AU)

This study investigated the parental beliefs about the son's autism in the diagnostic communication period. The communication of the diagnosis was performed in a process which lasted four months in interviews later analised by Content Analysis. During this process the parents received information about the evaluation, the diagnosis, the possibilities of interventions, etc. They also were able to atribute meaning to the information they received from the professionals as well discuss their beliefs about this information and their observations during the diagnostic evaluation. The results of this study corroborate the importance of research of parental beliefs for child care and family programs. In addition, parental beliefs were important for the understanding of the elaboration process of the diagnosis that parents experience. This research also emphasized the importance of the diagnostic communication as a process not restricted to an informative interview.(AU)
Descritores: Pais/psicologia
Relações Médico-Paciente
Transtorno Autístico/diagnóstico
-Pesquisa Qualitativa
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-747832
Autor: Santos, Simoni Crochi dos; Kreutz, Carla Meira.
Título: O envolvimento do pai na gestação do primeiro filho / Father's involvement during ihe gestation of the first child
Fonte: Pensando fam;18(2):62-76, dez. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: A gestação é um período que possibilita ao pai vivenciar experiências desconhecidas, rever papéis e se adaptar a um novo ciclo. Sendo assim, este artigo tem por objetivo descrever de que forma o homem vivencia a gestação do seu primeiro filho além de conhecer como consideram seu papel enquanto pai durante a gestação. Participaram deste estudo qualitativo cinco pais em que as esposas estavam grávidas, distribuídos nos três trimestres gestacionais. Realizou-se uma entrevista semi-estruturada em que as respostas foram analisadas conforme análise de conteúdo Bardin (1977). Os resultados mostraram que os pais se envolvem de diversas formas com a gestante e o bebê, dispensando apoio material e emocional. Todavia, alguns não conseguem vivenciar com facilidade esta fase, o que nos indica que a gestação ainda é um período no qual os homens estão buscando novas formas de se inteirar e explorar, uma vez que não ocorre em seu próprio corpo.(AU)

Pregnancy gives the father the opportunity to experience the unknown, review his roles and to adapt himself to the new cycle that begins. Thus, this article aims to describe on how men experience the pregnancy of their first child besides finding out how they consider their roles as father during the period of gestation. Took part in this qualitative research five fathers in whose wives were pregnant, distributed on the three gestational trimesters. Was performed a semi-structured interview in which the answers were analyzed according to Bardin content analysis (1977). Results showed that men are involved in several ways with their pregnant woman and the baby, excluding material and emotional support. However , some of them still cannot overcome this period easily, which points to the fact that pregnancy is yet a time where men are seeking for new ways to learn about themselves and to explore it, as it does not take place in their own bodies.(AU)
Descritores: Pais/psicologia
Paternidade
Gravidez
-Pesquisa Qualitativa
Relações Pai-Filho
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1019346
Autor: BODUR, SAHIN; TORUN, YASEMIN TAS; GÜL, HESNA; DINCER, MUSTAFA; GÜL, AHMET; KARA, KORAY; KARAMAN, DURSUN; DURUKAN, ÍBRAHIM; CÖNGÖLOGLU, MEHMET AYHAN.
Título: Parental attitudes in children with persistent developmental stuttering: a case-control study
Fonte: Arch. Clin. Psychiatry (Impr.) = Rev. psiquiatr. clín. (São Paulo) = Psiquiatria clínica;46(4):103-106, July-Aug. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background Clinical experiences emphasize the possible role of parental attitudes and behaviours in shaping stuttering behaviors however, the number of studies in this area is still insufficient. Objective Our aims were to compare parental attitudes in children with and without stuttering and to determine the effect of parental attitudes on stuttering severity. Methods We used an age and gender matched case control design with 24 children with stuttering and 22 healthy school children. Demographic information form and Parental Attitude Research Instrument (PARI) were enrolled by the mothers. Results According to our results; there was a statistically significant difference in parental attitudes of children with and without stuttering. Our results showed that excessive maternal control of the child and the expectations of obedience from the child more frequently observed in parents of the children with stuttering. Also there was a significant positive correlation with the severity of stuttering and excessive maternal control of the child, the expectations of obedience from the child and marital conflict. Discussion In conclusion, there was an important difference in parental styles of study group and this difference was related to the severity of stuttering. Clinicans should address parental attitudes in this samples.
Descritores: Relações Pais-Filho
Gagueira/psicologia
-Pais/psicologia
Índice de Gravidade de Doença
Estudos de Casos e Controles
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  5 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-895214
Autor: Ozório, Claudina Damascena; Féres-Carneiro, Terezinha; Magalhães, Andrea Seixas.
Título: Casamento dos pais e conjugalidade dos filhos: do modelo tradicional ao contemporâneo / The marriage of parents and the conjugality of children: from the traditional model to the contemporary model
Fonte: Pensando fam;21(1):20-32, jul. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo é compreender a relação existente entre o casamento dos pais e o casamento dos filhos, a partir da percepção destes. Realizamos uma pesquisa qualitativa da qual participaram 50 sujeitos independentes (membros de casais distintos), de ambos os sexos, casados. Como instrumento de coleta de dados, foi utilizada a questão discursiva do Questionário sobre a Conjugalidade dos Pais. As respostas foram analisadas pelo método de análise de conteúdo e delas emergiu a categoria casamento no modelo tradicional e no modelo contemporâneo, desdobrada em duas subcategorias: diferenças em relação ao casamento dos pais e semelhanças em relação ao casamento dos pais. Observamos que, tanto para as mulheres como para os homens, o casamento dos pais é visto como modelo de conjugalidade. Todavia, os participantes apontaram mais diferenças do que similaridades entre os casamentos das duas gerações e os filhos ressaltaram a busca pela abertura para o diálogo nas suas próprias relações conjugais.(AU)

The objective of this study is to understand the relationship between the parents' marriage and the children's marriage, based on their perception of the latter. We conducted a qualitative research in which 50 independent subjects (members of distinct marriages), from both genders, married. In order to collect data, the discursive question of the Questionnaire on the Conjugality of the Parents (QCP) was used. The answers were analyzed by the content analysis method and from them, the category marriage in the traditional model and in the contemporary model, unfolded in two subcategories: differences in relation to the parents' marriage and similarities in relation to the parents' marriage emerged. We verified that, for both women and men, parental marriage is seen as a model of conjugality. However, participants pointed out more differences than similarities between the two generations' marriages and the children emphasized the search for openness to dialogue in their own marital relationships.(AU)
Descritores: Casamento/psicologia
Conflito (Psicologia)
-Pais
Inquéritos e Questionários
Crianças Adultas
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-718695
Autor: Ghirardi, Maria Luiza de Assis Moura.
Título: A relação fraterna na adoção: algumas reflexões / The fraternal relationship in adoption: some reflections
Fonte: Pediatr. mod;50(3), mar. 2014.
Idioma: pt.
Descritores: Adoção
Pais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  7 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-691733
Autor: Trelha, Celita Salmaso; Fujisawa, Dirce Shizuko; Fuginami, Cássio Noboro; Katayama, Alan Hideo; Andreatta, Larissa Bertolini; Siqueira, Cláudia Patrícia Cardoso Martins.
Título: Conhecimento de pais de crianças pré-escolares sobre alterações e hábitos posturais / Knowledge of preschool children parents about postural changes and habits
Fonte: Pediatr. mod;49(3), mar. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar o conhecimento de pais ou responsáveis de crianças na pré-escola sobre alterações e hábitos posturais. Métodos: Participaram pais ou responsáveis de crianças na idade pré-escolar de escolas municipais de Londrina/PR. Foi utilizado questionário autoaplicável abordando aspectos sociodemográficos, presença de dor ou desordem postural e conhecimento dos pais sobre posturas. Resultados: Dos 72 participantes, 55 (76,4%) eram mães e 43 (59,7%) relataram dores na coluna vertebral. Na percepção dos pais ou responsáveis os fatores que podem levar a alguma desordem postural são mochila (93,1%), obesidade (83,3%) e postura sentada (81,9%). Em relação ao conhecimento sobre hábitos posturais, as respostas incorretas foram, principalmente, quanto à posição de dormir (43 / 59,7%) e posição dos pés na postura ortostática. Conclusão: Verificou-se que o conhecimento foi satisfatório; no entanto, algumas respostas incorretas revelam a necessidade de programas preventivos dirigidos a pais e escolares...
Descritores: Conhecimento
Docentes
Dor nas Costas
Pais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  8 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-504625
Autor: Moreira, Cláudia Costa.
Título: A violência ultrapassa limites
Fonte: Pediatr. mod;44(5), set.-out. 2008.
Idioma: pt.
Descritores: Agressão/psicologia
Homicídio/história
Pais/psicologia
Violência Doméstica/psicologia
-Menores de Idade/psicologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  9 / 894 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-339432
Autor: Costa Júnior, Anderson Luiz.
Título: Avaliação do processo de enfrentamento em crianças com câncer: pesquisa pesquisa para implantação de programa de intervenção psicológica / Evaluation of process of
Fonte: Pediatr. mod;36(10):699-703, out. 2000. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Estudos em psico-oncologia apontam para a necessidade de intervençöes sistemáticas que possam minimizar efeitos adversos produzidos pelo tratamento do câncer ou preparar o paciente para enfrentar contextos identificados como estressantes. Este estudo investigou os efeitos de um programa de intervençäo psicológica sobre o repertório comportamental e cognitivo das crianças e seus pais. Vinte crianças, de 4 a 12 anos, em tratamento de câncer, e seus pais, participaram do estudo. Aponta-se a aquisiçäo de repertório comportamental pelas crianças, bem como a generalizaçäo de respostas adquiridas no contexto do programa e apresentadas em outras situaçöes do tratamento. Discute-se a efetividade das estratégias propostas para a construçäo de um repertório comportamental e cognitivo apropriado ao enfrentamento de situaçöes aversivas durante o período de tratamento da doença.
Descritores: Pais
Psicoterapia de Grupo
Terapia Cognitiva
Neoplasias
Psicologia da Criança
-Comportamento de Ajuda
Acontecimentos que Mudam a Vida
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Limites: Seres Humanos
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  10 / 894 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-301391
Autor: Carvalho, Ana Paula Balderrama de; Tavano, Liliam D'Aquino.
Título: Avaliação dos pais diante do nascimento e tratamento dos filhos portadores de fissura labiopalatal, no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo - Bauru / Consideration of parents in the presense of the birth and treatment of the children carriers of labial and palatal fissures in Hospital de Reabilitaçäo de Anomalias Craniofaciais da Universidade de Säo Paulo - Baurú
Fonte: Pediatr. mod;36(1/2):842:845-843-847, jan.-fev. 2000.
Idioma: pt.
Resumo: Neste estudo se procurou descrever e analisar as respostas dadas pelos pais de crianças portadoras de fissura labial e/ou palatal, diante do seu nascimento e início do tratamento no Hospital de Reabilitaçäo de Anomalias Craniofaciais da Universidade de Säo Paulo (HRAC - USP), em Bauru, obtendo dados para caracterizar suas necessidades e subsidiar a confecçäo de vídeo educativo. Foram realizadas entrevistas semidirigidas com 40 pais de crianças portadoras de fissura labial e/ou palatal, durante o período pré-operatório. Os dados mais relevantes indicaram que 93 porcento dos pais demonstraram reaçäo de choque emocional, diante do nascimento do filho portador de fissura; no entanto, atualmente, apenas 20 porcento indicam estar reorganizando-se. Abordando o tratamento, somente 30 porcento compreenderam totalmente as orientaçöes da equipe de profissionais e 47 por cento afirmam haver participado na tomada de decisöes a respeito do tratamento. Com base nos resultados, conclui-se que os pais estäo vivenciando o impacto do nascimento, apresentando desinformaçäo e certa passividade diante do tratamento e demonstrando a necessidade de atuaçäo psicológica sistemática e transmissäo de informaçöes de forma adequada e efetiva.
Descritores: Pais
Entrevistas como Assunto
Fenda Labial
Fissura Palatina
-Adaptação Psicológica
Cuidados Pré-Operatórios/psicologia
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Responsável: BR11.1 - Biblioteca



página 1 de 90 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde