Base de dados : LILACS
Pesquisa : F02.463.425.770.836 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 38 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 38 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281777
Autor: Pacheco Camacho, Marcelo Pablo; Cabrera Lugo, Erika; Pacheco Roldán, Daniel; Ticona Choque, Sadam.
Título: Patrones de ahorro y freno inhibitorio: un estudio desde la neuroeconomía conductual / Saving patterns and inhibitory control: a study within behavioral neuroeconomics / Padrões de economia e de frenagem inibitória: um estudo de neuroeconomia comportamental
Fonte: Investig. psicol. (La Paz, En línea);(25):35-53, 2021. ilus..
Idioma: es.
Resumo: La neuroeconomía es una de las neurociencias con base cognitiva ­ comportamental que ha experimentado un crecimiento teórico, metodológico y experimental bastante amplio en los últimos 20 años. Su capacidad de combinar elementos de salud cerebral como por ejemplo el adecuado freno inhibitorio que repercute necesariamente en una capacidad amplia de posponer la recompensa con comportamientos de base económica concretos como el ahorro puede implicar un nuevo eje de desarrollo de la salud mental en los estudiantes de psicología de la Universidad Mayor de San Andrés en la ciudad de La Paz, Bolivia. De hecho, existe amplia evidencia documentada de que la capacidad de posponer la recompensa inmediata por un bien mayor constituye un gran predictor del rendimiento académico al mismo tiempo que deriva en habilidades positivas a lo largo de la vida. Este estudio constituye el primero en su naturaleza y área en la carrera de Psicología de la UMSA y constituye un aporte directo a la planificación de la salud mental de los estudiantes de la carrera.

Neuroeconomics is one of the cognitive and behavioral based neurosciences that has undergone a substantial growth in experimental, theoretical and methodological terms within the last 20 years. Its capacity to combine brain health factors such as an adequate inhibitory control (that necessarily will influence gratification delay) with economic-related behaviors such as saving, may generate a new axis of development of the mental health in psychology students of the Higher University of San Andres in La Paz, Bolivia. As a matter of fact, there is robust evidence that gratification delay executed in order to get a greater good constitutes in and on itself an accurate predictor of academic performance as well as positive life skills. This study is the first to be conducted on this area in the psychology undergraduate program and could be a potential contribution to the enhancement of the psycho-emotional health of the students who participated in it.

A Neuroeconomia é uma das neurociências de base cognitivo-comportamental que experimentou um amplo crescimento teórico, metodológico e experimental nos últimos 20 anos. Sua capacidade de combinar elementos de saúde cerebral, como o freio inibitório apropriado que necessariamente afeta uma ampla capacidade de adiar a recompensa com comportamentos de base econômica específicos, como poupança, pode implicar em um novo eixo de desenvolvimento da saúde mental em alunos de psicologia da Universidad Mayor de San Andrés na cidade de La Paz, Bolívia. Na verdade, há ampla evidência documentada de que a capacidade de adiar a recompensa imediata por um bem maior é um forte indicador de desempenho acadêmico, ao mesmo tempo que leva a habilidades positivas ao longo da vida. Este estudo é o primeiro em sua natureza e área na carreira de Psicologia da UMSA e constitui uma contribuição direta para o planejamento da saúde mental dos alunos da carreira.
Descritores: Recompensa
Saúde Mental
-Universidades
Neurociências
Desempenho Acadêmico
Limites: Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BO138.1 - Biblioteca Central


  2 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1139462
Autor: Teixeira, Talita da Silveira Campos; Marqueze, Elaine Cristina; Moreno, Claudia Roberta de Castro.
Título: Academic productivism: when job demand exceeds working time / Produtivismo acadêmico: quando a demanda supera o tempo de trabalho
Fonte: Rev. saúde pública (Online);54:117, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CNPq).
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE: To assess the association between the perception of pressure to publish academic work with job satisfaction and stress. METHODS: Cross-sectional study with 64 graduate advisors from a public university in the city of São Paulo. Data collection conducted via an online questionnaire that included: sociodemographic, work and health data; Occupational Stress Indicator Job Satisfaction Scale and Effort-Reward Imbalance (ERI) model. To assess the perception of pressure to publish academic work the advisors answered a numerical scale, assigning a score from 0 to 10 to how pressured they felt to publish their work (being 0 no pressure and 10 high pressure). Later, the generalized linear model was used to test the factors associated to high perception of pressure to publish academic work, adjusted for working time, academic management role and productivity grant. RESULTS: Advisors who had already worked in a higher education institution, who performed part of the work at home and who reported work stress were more likely to show perception of extreme pressure to publish academic work. This perception was associated with greater effort and over-commitment, as well as a greater imbalance between the effort employed and the reward received at work. CONCLUSIONS: The findings suggest that the professors' work organization and mental health are interrelated: the higher the perception of pressure to publish academic work, the greater the stress. However, this result does not seem to be reflected in the job satisfaction (or dissatisfaction). The apparently deliberate extension of working hours hides the precariousness and increased work to which professors have been subjected in recent years by public policies that commercialize education in Brazil.

RESUMO OBJETIVOS: Avaliar a associação entre a percepção da pressão por publicações com a satisfação e o estresse no trabalho. MÉTODOS: Estudo transversal com 64 orientadores de pós-graduação de uma universidade pública da cidade de São Paulo. A coleta de dados ocorreu por meio de um questionário on-line que incluiu: dados sociodemográficos, laborais e de saúde; Escala de Satisfação no Trabalho do Occupational Stress Indicator e modelo Desequilíbrio Esforço-Recompensa (DER). Para avaliar a percepção da pressão por publicação foi criada uma escala numérica na qual o orientador deveria atribuir uma nota de 0 a 10 para o quanto se sentia pressionado a publicar seus trabalhos (sendo 0 nenhuma pressão e 10 muita pressão). Posteriormente, foi utilizado o modelo linear generalizado para testar os fatores associados à alta percepção de pressão para publicação, ajustado pelo tempo de trabalho, função de gestão acadêmica e bolsa produtividade. RESULTADOS: Maiores proporções da percepção de elevada pressão para publicação foram encontradas entre orientadores que já haviam trabalhado em instituição de ensino superior, que realizavam parte do trabalho em casa e que apresentavam estresse laboral. Associou-se essa percepção a um maior esforço e comprometimento excessivo no trabalho, bem como a um maior desequilíbrio entre o esforço empregado e a recompensa recebida no trabalho. CONCLUSÕES: Os achados desta pesquisa sugerem que a organização do trabalho e a saúde mental dos trabalhadores estejam inter-relacionados: quanto maior a percepção de pressão por publicação maior o estresse. No entanto, esse resultado parece não se refletir na satisfação (ou insatisfação) do trabalho. O prolongamento aparentemente deliberado das horas de trabalho oculta a precarização e intensificação do trabalho a que os professores têm sido submetidos nos últimos anos pelas políticas públicas que mercantilizam a educação no Brasil.
Descritores: Editoração
Docentes/psicologia
Estresse Ocupacional
-Recompensa
Brasil
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Carga de Trabalho/psicologia
Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos
Satisfação no Emprego
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1150295
Autor: Videla, Alejandro J.
Título: Los incentivos económicos se asocian a cesación tabáquica a corto plazo en adultos jóvenes, pero no todas sus modalidades son igualmente aceptadas / Financial incentives are associated to short term smoking cessation in young adults, but not all modalities are similarly accepted
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;19(4):107-108, 2016. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Recompensa
Abandono do Hábito de Fumar/métodos
-Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Estudos Multicêntricos como Assunto
Abandono do Hábito de Fumar/economia
Processos Grupais
Motivação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  4 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1046900
Autor: Ciapponi, Agustín.
Título: Los programas de incentivos podrían ser efectivos para dejar de fumar / Incentive programs for smoking cessation may be effective
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;22(2):e002005, sept. 2019.
Idioma: es.
Descritores: Abandono do Hábito de Fumar/métodos
Motivação
-Recompensa
Terapia Comportamental
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Abandono do Hábito de Fumar/psicologia
Local de Trabalho
Prevenção do Hábito de Fumar
Revisões Sistemáticas como Assunto
Instalações de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  5 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135699
Autor: Figueira, Gabriel Loureiro; Lemos, Vinícius do Carmo Oliveira de; Damásio, Bruno Figueiredo.
Título: Inventário de Adiamento de Gratificação (DGI-35): propriedades psicométricas da versão brasileira / The 35-Item Delaying Gratification Inventory (DGI-35): psychometric properties of the Brazilian version / Inventario de Aplazamiento de Bonificación (DGI-35): propiedades psicométricas de la versión brasileña
Fonte: Psico USF;25(1):75-88, jan.-mar. 2020. tab, il.
Idioma: pt.
Resumo: O Inventário de Adiamento de Gratificação (DGI-35) foi desenvolvido para avaliar os diferentes níveis de adiamento de gratificação presentes na população geral. O objetivo deste estudo foi apresentar as propriedades psicométricas do DGI-35 para a população brasileira e evidências de validade convergente com a Escala de Impulsividade de Barratt (BIS-11). Participaram 405 brasileiros (61,2% mulheres), com idades entre 18 e 46 anos (M = 22,32, DP = 4,78). Foram conduzidas análises fatoriais exploratórias e confirmatórias com vistas a avaliar a estrutura interna do instrumento. Dos cinco fatores originais, quatro tiveram estrutura interna semelhante à versão original, exceto o fator "Físico" que não se ajustou ao modelo, levando a criação de uma alternativa de 28 itens à escala original (DGI-28), que apresentou adequados índices de ajuste. Conforme esperado, o escore global da DGI-28, bem como os seus fatores estiveram negativamente relacionados ao escore global da BIS-11. (AU)

The Delaying Gratification Inventory (DGI-35) was developed to evaluate different levels of gratification delaying in the general population. The purpose of this study was to present the psychometrics properties of the DGI-35 in the Brazilian population and evidence of convergent validity with the Barrat Impulsivity Scale (BIS-11). A total of 405 participants were selected (61.2% women) aged between 18 and 46 years (M = 22.32, SD = 4.78). Exploratory and confirmatory factor analyses were conducted to evaluate the internal structure of the instrument. Four out of five original factors showed identical consistency, except for the "Physical" factor that did not fit the model, leading to the creation of an alternative of 28 items to the original scale (DGI-28), which presented good fit indices. As expected, the global score of the DGI-28, as well as its factors were negatively correlated to the global score of the BIS-11. (AU)

El Inventario de Aplazamiento de Bonificación (DGI-35) fue desarrollado para evaluar los diferentes niveles de prórrogas de bonificación presentes en la población general. El objetivo de este estudio fue presentar las propiedades psicométricas del DGI-35 para la población brasileña y evidencias de validez convergentes con la Escala de Impulsividad de Barratt (BIS-11). Participaron 405 brasileños (61,2% mujeres) con edades entre 18 y 46 años (M = 22,32, DE = 4,78). Fueron realizados análisis factorial confirmatoria y exploratorio que evaluaron la estructura interna del instrumento. De los cinco factores originales, cuatro tuvieron estructura interna semejante a la versión original, excepto el factor "Físico" que no se ajustó al modelo, creándose una alternativa de 28 ítems (DGI-28) a la escala original, la cual presentó índices de ajuste adecuados. Como se esperaba, la puntuación global de la DGI-28, así como sus factores estuvieron negativamente relacionados con la puntuación global de la BIS-11. (AU)
Descritores: Recompensa
Comportamento Impulsivo
-Reprodutibilidade dos Testes
Análise Fatorial
Limites: Humanos
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  6 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-281240
Autor: Nizama Valladolid, Martín; Mendoza Angulo, Carlos E.
Título: Bases biológicas de las adicciones / Biological bases of addiction
Fonte: Diagnóstico (Perú);40(1):20-31, ene.-feb. 2001. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Se revisa los avances en la investigación neurobiológica, que han permitido comenzar a aclarar algunos aspectos de la correlación entre el SNC y el reforzamiento positivo y negativo del grupo de las adicciones. Las evidencias indican que las vías excitatorias e inhibitorias del área tegmental ventral, núcleo acumbens, locus coeruleus y la amígdala serían la base neurobiológica del mencionado sistema de recompensa hedonístico, el mismo que involucra los sistemas excitatorios dopaminérgico, colinérgico, noradrenérgico y serotoninérgico, así como los sistemas inhibitorios GABAérgicos. Se revisan los conceptos actuales acerca de las bases neurobiológicas de las adicciones al alcohol, cafeína, nicotina, psicofármacos, marihuana, cocaína, opioides, ludopatía, conductas adictivas y adicciones electrónicas.
Descritores: Recompensa
Fumar
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Transtornos Relacionados ao Uso de Anfetaminas
Alcoolismo
Dependência de Morfina
Transtornos Relacionados ao Uso de Opioides
Dependência de Heroína
Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  7 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yamamoto, Maria Emília
Texto completo
Id: lil-797932
Autor: Silva, Phiética Raíssa Rodrigues da; Boccardi, Natalia Andrea Cracciun; Dutra, Natalia Bezerra; Hattori, Wallisen Tadashi; Yamamoto, Maria Emília; Alencar, Anuska Irene.
Título: Stickers versus wafers: the value of resource in a public goods game with children / Adesivos versus wafers: o valor do recurso em um jogo de bens públicos com crianças / Pegatinas versus obleas: el valor del recurso en un juego de bienes públicos con niños
Fonte: Estud. psicol. (Natal);21(2):117-124, abr.-jun. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: We investigated how the type of resource, food (wafer) or non-food (sticker), age and sex influence cooperation in children. 251 children were tested in a public goods game during eight rounds in two experimental conditions: wafer or sticker condition. Wafers were all of the same kind but stickers were varied. The results indicated that 1) older children donated more stickers than younger children, but they did not differ in relation to wafer donations; and 2) sticker donations remained high along the rounds, while wafer donations decreased. We propose that different strategies may be adopted according to the quality, particularly to the diversity of the resource used, and the cost of cooperation may be overcome when it is more advantageous to wait for a future reward.

Investigamos como o tipo de recurso, alimentar (wafer) ou não-alimentar (adesivo), a idade e o sexo influenciam a cooperação em crianças. Foram testadas 251 crianças em um jogo de bens públicos durante oito rodadas, em duas condições experimentais: condições wafer ou adesivo. Os wafers eram todos iguais, mas os adesivos eram variados. Os resultados indicaram que 1) as crianças mais velhas doaram mais adesivos do que as crianças mais jovens, mas elas não diferiram em relação às doações de wafers; e 2) as doações de adesivos mantiveram-se elevadas ao longo das rodadas, enquanto as doações de wafers diminuíram. Propomos que diferentes estratégias podem ser adotadas de acordo com a qualidade, particularmente quanto à diversidade do recurso utilizado, e o custo de cooperar pode ser superado quando é mais vantajoso esperar por uma recompensa.

Investigamos como el tipo de recurso, alimentar (oblea) o no alimentar (pegatina), la edad y el género influyen en la cooperación de los niños. 251 niños fueron investigados en ocho partidos de un juego de bienes públicos, en dos condiciones experimentales: oblea o pegatina. Las obleas eran todas iguales, pero las pegatinas eran variadas. Los resultados indicaron que 1) los niños mayores donaron más pegatinas que los niños más pequeños, pero no difieren con respecto a las donaciones de obleas; y 2) las donaciones de pegatinas se mantuvieron altas durante las rondas, mientras que las donaciones de obleas disminuyeron. Proponemos que diferentes estrategias pueden ser adoptadas de acuerdo con la calidad, particularmente con respecto a la diversidad de los recursos utilizados, y el costo de la cooperación puede ser superado cuando es más ventajoso esperar por una recompensa futura mejor.
Descritores: Recompensa
Comportamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1274.1 - Biblioteca Central Zila Mamede


  8 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Abdo, Carmita Helena Najjar
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-882169
Autor: Farinas, Mariana; Abdo, Carmita Helena Najjar.
Título: Sistema de recompensa dopaminérgico e diferença de gênero em preferências sociais / Dopaminergic reward system and gender difference in social preferences
Fonte: Diagn. tratamento;23(1):24-27, 06/04/2018.
Idioma: pt.
Resumo: Em diversos estudos, as mulheres são definidas como mais propensas a atitudes pró-sociais, em comparação aos homens. Especula-se que essas diferenças de comportamento se devem às influências sociais. Entretanto, pesquisadores da Universidade de Zurich creditam essa diferença a questões de ordem biológica. O presente artigo consiste em síntese e comentário desse estudo, intitulado "The dopaminergic reward system underpins gender differences in social preferences", o qual verificou que o sistema de recompensa dopaminérgico das mulheres reage mais fortemente a comportamentos pró-sociais e o dos homens a comportamentos não sociais. Estudos anteriores já haviam demonstrado diferenças nas preferências entre os gêneros de bebês recém-nascidos e a influência no nível de testosterona fetal na tendência de crianças para sistematizar (analisar e construir sistemas) ou "empatizar" (perceber informações não verbais no comportamento). Diferenças de gênero entre habilidades e tendências comportamentais podem ter uma base biológica subjacente para além de influências sociais. Esta base incluiria a atuação hormonal no período gestacional e uma consequente diferenciação de funcionamento das estruturas cerebrais, em especial do sistema de recompensa e do sistema límbico.
Descritores: Comportamento de Escolha
Corpo Estriado
Dopaminérgicos
Identidade de Gênero
Recompensa
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR171 - APM/Unidade de Publicações


  9 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira
Texto completo
Id: biblio-839985
Autor: Martinez, Maria Carmen; Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira; Fischer, Frida Marina.
Título: Estressores afetando a capacidade para o trabalho em diferentes grupos etários na Enfermagem: seguimento de 2 anos / Stressors influence work ability in different age groups of nursing professionals: 2-year follow-up
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;22(5):1589-1600, maio 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Estressores do trabalho afetam a capacidade para o trabalho (CT) e o aumento da idade associa-se ao envelhecimento funcional. Foi avaliado se diferentes estressores afetam a CT de profissionais de enfermagem jovens e em envelhecimento. Uma coorte (2009-2011) de 304 trabalhadores de um hospital de São Paulo respondeu aos questionários Desequilíbrio Esforço-Recompensa (ERI), Escala Estresse no Trabalho (EET), Atividades que contribuem para dor/lesão (WRAPI) e Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT). Mudanças na exposição aos estressores nos grupos etários (< 45 anos e ≥ 45anos) foram comparadas ao delta-ICT (diferença na pontuação inicial e final) pelo teste Mann-Whitney. Houve piora no delta-ICT (p = 0,609), sem diferença entre os dois grupos etários. Nos jovens a intensificação dos estressores ERI (p = 0,004), excesso de comprometimento (p = 0,002), apoio social (p = 0,014) e WRAPI (p = 0,004) associou-se à diminuição da CT e nos mais velhos apenas o ERI (p = 0,047). A CT dos jovens sofreu efeito da intensificação de vários estressores, enquanto a CT dos mais velhos recebeu influência apenas do desequilíbrio esforço-recompensa, indicando que ações de intervenção devem ser diferenciadas para os grupos etários.

Abstract Work stressors influence work ability – WA - and increasing age is associated with functional aging. We sought to establish whether work stressors differentially influence WA in young and aging nursing professionals. A cohort (2009-2011) composed of 304 workers at a hospital in Sao Paulo responded questionnaires Effort-Reward Imbalance (ERI), Job Stress Scale (JSS), Work-Related Activities That May Contribute To Job-Related Pain and/or Injury (WRAPI) and Work Ability Index (WAI). Changes in perceived exposure to stressors in each age group (< 45 and ≥ 45 years old) were compared to delta-WAI (difference between initial and final WAI score) by means of the Mann-Whitney test. There was a worsening in WAI (p = 0.609) without difference between the groups. WA impairment was associated with intensification of stressors ERI (p = 0.004), overcommitment (p = 0.002), social support (p = 0.014) and WRAPI (p = 0.004) among the younger workers, but with poorer ERI (p = 0.047) only among the older ones. While among the younger workers WA was influenced by the intensification of various stressors, in the case of the older ones it was influenced by effort-reward imbalance only, indicating that interventions should be differentiated according to age groups.
Descritores: Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/psicologia
Doenças Profissionais/epidemiologia
Recompensa
Estresse Psicológico/epidemiologia
-Fatores Etários
Estudos de Coortes
Seguimentos
Doenças Profissionais/psicologia
Apoio Social
Estatísticas não Paramétricas
Inquéritos e Questionários
Carga de Trabalho
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 38 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-772132
Autor: Portes, Leonardo Henriques; Machado, Cristiani Vieira.
Título: Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco: adesão e implantação na América Latina / WHO Framework Convention on Tobacco Control: adherence and establishment in Latin America
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;38(5):370-379, Nov. 2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO:Traçar o panorama de adesão mundial à Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT) e descrever a implantação das medidas preconizadas pela CQCT em países latino-americanos. MÉTODOS: Este estudo descritivo baseou-se em análise de dados secundários para determinar o status de adesão, no ano de 2015, dos países das seis regiões definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) à CQCT. Depois disso, realizou-se um mapeamento da implantação, até o ano de 2012, das medidas preconizadas pela CQCT no total de Estados Partes e particularmente em 12 Estados Partes latino-americanos. Finalmente, Brasil, Chile, Colômbia, México e Venezuela foram avaliados quanto ao grau de implantação da CQCT (incipiente, intermediária e avançada). Foram consideradas neste passo medidas englobadas por quatro eixos - redução da demanda por tabaco, redução da oferta de tabaco, redução dos danos ao ambiente e à saúde das pessoas causados pelo tabaco e apoio ao abandono do tabaco. RESULTADOS: Até agosto de 2015, 180 países haviam ingressado no rol de Estados Partes da CQCT. Considerando os 126 países que enviaram relatórios de progresso global da implantação no ciclo de 2012, as medidas mais prevalentes adotadas referiam-se à proteção contra a exposição à fumaça do tabaco (83,0% para o total de países e 100% para o conjunto de países latinoamericanos). Entre os cinco países selecionados para análise detalhada, as medidas destinadas à redução da demanda e da oferta do tabaco foram as mais frequentes. As medidas relacionadas à redução de danos ao ambiente foram raras. Brasil e México apresentaram a situação mais avançada de implantação entre os países estudados. CONCLUSÕES: A América Latina apresentou uma alta proporção de Estados Partes que implantaram as medidas preconizadas pela CQCT. A heterogeneidade da situação de implantação nos cinco países selecionados sugere que as políticas de controle de tabaco são condicionadas por particularidades nacionais.

OBJECTIVE: To draw an overview of the adherence of countries around the world to the World Health Organization Framework Convention on Tobacco Control (WHO FCTC) and to describe the establishment of WHO FCTC recommended measures in Latin American countries. METHODS: This descriptive study was based on analysis of documents and secondary data to determine the status of countries from the six WHO regions regarding adherence to the FCTC. After that, the establishment of recommended measures until the year 2012 was mapped in all States Parties and particularly in 12 Latin American States Parties. Finally, the degree to which FCTC measures had been established in Brazil, Chile, Colombia, Mexico, and Venezuela was assessed (incipient, intermediate, or advanced). This step took into consideration the measures covered by four domains - reduction in the demand for tobacco, reduction in the offer of tobacco, reduction in damage to the environment and to the health of people caused by tobacco, and support for quitting the use of tobacco. RESULTS: Until August 2015, 180 countries had joined as States Parties to the FCTC. Considering the 126 countries that submitted global progress reports in the 2012 cycle, the most prevalent measures adopted referred to the protection against exposure to tobacco smoke (83.0% for all countries and 100% for the group of Latin American countries). Among the five countries selected for detailed analysis, the measures referring to the reduction of demand and offer of tobacco were the most frequent. Measures focused on reducing environmental damage were rare. Brazil and Mexico had the most advanced FCTC status among the studied countries. CONCLUSIONS: Latin America presented a high proportion of States Parties with established FCTC recommended measures. The heterogeneity of the FCTC status in the five selected countries suggests that the implementation of tobacco control policies depends on specific aspects of each country.
Descritores: Endocanabinoides/fisiologia
Abuso de Maconha/fisiopatologia
Recompensa
Transdução de Sinais/fisiologia
-Comportamento Aditivo/psicologia
Encéfalo/fisiologia
Encéfalo/fisiopatologia
Endocanabinoides/genética
Vias Neurais/fisiopatologia
Transdução de Sinais/genética
Limites: Animais
Humanos
Tipo de Publ: Research Support, N.I.H., Extramural
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde