Base de dados : LILACS
Pesquisa : F02.784.176.700 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 36 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 36 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1046648
Autor: Moura, Ana Carolina Monteiro Lessa de; Costa, Pollyana Helena Vieira; Polese, Janaine Cunha.
Título: Instrumentos de avaliação da sexualidade em homens e mulheres após a lesão medular: uma revisão sistemática / Assessment instruments of sexuality in men and women after spinal cord injury: a systematic review
Fonte: Acta fisiátrica;26(1), mar. 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: A disponibilidade de instrumentos para avaliação da saúde sexual é muito importante para uma boa prática clínica, pois permite que os profissionais da área da saúde avaliem e intervenham de forma eficaz, atingindo os melhores padrões de avaliação e intervenção, e assim, melhorem a vida sexual dessa população. Objetivo: Revisar sistematicamente os instrumentos de avaliação da sexualidade em homens e mulheres após a lesão medular disponíveis na literatura, em relação ao seu uso e propriedades de medida. Método: Trata-se de uma revisão sistemática da literatura das bases de dados Pubmed, Lilacs, Scielo e Cinahl, de todos os estudos até maio de 2019, em que a estratégia de busca consistiu na utilização das palavras-chave: sexuality, spinal cord injury, evaluation, assessment e questionnaires. Os artigos identificados pela estratégia de busca inicial foram avaliados conforme critérios de inclusão pré-estabelecidos. Os desfechos foram mecanismos sexuais (excitação, ejaculação, ereção e orgasmo), desejo, satisfação, frequência sexual, ajuste, educação sexual e relação com o parceiro. Os dados foram organizados em tabelas foram apresentados através de uma análise descritiva dos resultados dos estudos incluídos. Resultados: Dezoito estudos atenderam aos critérios de elegibilidade e foram incluídos. Foram encontrados sete instrumentos validados para avaliação da sexualidade em indivíduos com lesão medular, nove genéricos e doze instrumentos para avaliação de fatores possivelmente relacionados a sexualidade. Dois avaliaram as propriedades de medida, sendo que em ambos foram adequadas. Conclusão: Esta revisão identificou um total de 28 instrumentos que foram utilizados na avaliação da sexualidade em indivíduos com lesão medular, entretanto, apenas sete desses instrumentos foram validados.

The availability of tools for sexual health assessment is very important for good clinical practice as it enables health professionals to evaluate and intervene effectively, achieving the best standards of assessment and intervention, and thus improving sex life of this population. Objective: To systematically review the instruments for assessing sexuality in men and women after spinal cord injury available in the literature regarding their use and measurement properties. Methods: This is a systematic literature review of the Pubmed, Lilacs, Scielo and Cinahl databases from all studies up to May 2019, in which the search strategy consisted of using the keywords: sexuality, spinal cord injury, evaluation, assessment and questionnaires. The articles identified by the initial search strategy were evaluated according to the pre-established inclusion criteria. Outcomes were sexual mechanisms (arousal, ejaculation, erection and orgasm), desire, satisfaction, sexual frequency, adjustment, sex education and relationship with the partner. Data were organized into tables were presented through a descriptive analysis of the results of the included studies. Results: Eighteen studies met the eligibility criteria and were included. We found seven validated instruments for assessing sexuality in individuals with spinal cord injury, nine generic and twelve instruments for assessing factors possibly related to sexuality. Two evaluated the measurement properties, and both were adequate. Conclusion: This review identified a total of 28 instruments that were used to assess sexuality in individuals with spinal cord injury, however, only seven of these instruments were validated.
Descritores: Traumatismos da Medula Espinal
Aconselhamento Sexual
Sexualidade
Avaliação da Deficiência
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1531.9 - Universidade de São Paulo


  2 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-684827
Autor: Borgheresi, Alexandre; Amado, Daniel Krempel; Zagatti, Ricardo Francisco Cintra; Gomiero, Fernanda Passos; Juliano, Roberto Vaz; Reis, Margareth de Mello Ferreira dos.
Título: Tamanho do pênis e satisfação sexual feminina / Penis size and female sexual satisfaction
Fonte: Diagn. tratamento;18(3):128-131, set. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O tamanho do pênis é assunto polêmico, de difícil abordagem e que preocupa muito os homens. É largamente aceita na população a crença de que, quanto maior for o pênis do homem, maior será a eficiência sexual e a satisfação sexual da mulher. Contudo, na maioria das vezes, o tamanho do pênis encontra-se dentro do normal. Importante questão seria se a mulher atribui tanta importância ao tamanho do pênis quanto o homem acredita. Qual é a visão das mulheres em relação ao tamanho do pênis? O quanto o tamanho influencia na satisfação sexual feminina? O presente estudo objetiva fazer uma revisão da literatura sobre a relação do tamanho do pênis e a satisfação sexual feminina. Os poucos trabalhos encontrados mostram que é atribuída importância ao tamanho e à grossura do pênis pelas mulheres e que a maioria delas parece estar satisfeita com o tamanho do pênis de seus parceiros. Mais estudos são necessários para investigar se há correlação entre o tamanho do pênis e a satisfação sexual feminina, bem como se o alongamento peniano exerce algum efeito sobre a satisfação da parceira.
Descritores: Tamanho do Órgão
Pênis
Satisfação Pessoal
Educação Sexual
Aconselhamento Sexual
Disfunções Sexuais Psicogênicas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  3 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-876582
Autor: Arcila Rivera, Adriana del Pilar; Toro López, Luis Ángel; Cañaveral Orozco, Juan David; González Lozano, Dayanne; Henao González, Leidy Diana; Carmén Dussán, Lumberth; Ramírez Castaño, Mauricio.
Título: Comportamientos sexuales en mayores de 18 años con diagnóstico VIH/SIDA en tres ciudades de Colombia 2011 / Comportamentos sexuais em mais de 18 anos com diagnóstico de HIV / AIDS em três cidades na Colômbia 2011 / Sexual behaviors in over 18 years old with a diagnosis of HIV/AIDS in three cities of Colombia 2011
Fonte: MedUNAB;19(2):95-102, 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Describir los comportamientos sexuales en personas VIH positivas en tres ciudades de Colombia antes y después de conocer el diagnóstico e identificar cambios en estos comportamientos. Metodología: Estudio descriptivo, de corte trasversal, en el que participaron 85 individuos de tres ciudades colombianas, entrevistados durante el año 2011. Se cumplió con los parámetros éticos para investigaciones con personas. Para el análisis estadístico se utilizó el software SPSS 18.0. Resultados: Se encontraron diferencias significativas al comparar el comportamiento sexual antes y después de conocer el diagnóstico VIH positivo. el 23% de los entrevistados manifestó no haber iniciado actividades sexuales después del diagnóstico, el 62.5% empezó a usar el condón en todas sus relaciones sexuales. Las relaciones sexuales con personas VIH positivo aumentaron a un 35.4%. Las infecciones de transmisión sexual disminuyeron a un 12.3%. El consumo de alcohol previo al inicio de relaciones sexuales disminuyó a un 31.8%. Conclusiones: Se encontraron cambios en los comportamientos de riesgo de las personas después de recibir el diagnóstico; sin embargo, dichas modificaciones no son suficientes por tratarse de la trasmisión de una infección mortal y de elevados costos socioeconómicos.

Objective: To describe sexual behaviors of HIV positive patients in three cities of Colombia, before and after learning diagnosis and to identify changes. Methodology: Quantitative, descriptive, cross-sectional study, with participation of 85 individuals from three cities of Colombia who were interviewed during 2011. Ethical standards for research involving individuals were met during the study. The SPSS software version 18.0 was used for statistical analysis. Results: Significant differences were found when comparing their sexual behavior before and after knowing HIV positive diagnosis, 23.0% of respondents said that they had not resumed sexual activity, 62.5% of the patients began to use the condom in all sexual relations. Sex with HIV-positive people increased a 35.4%. Sexually transmitted infections were reduced to a 12.3%. The consumption of alcohol prior to the onset of sexual intercourse decreased to 31.8%. Conclusions: Changes were found regarding risky behaviors of people after knowing the diagnosis; however, such modifications are not enough regarding the transmission of a deadly infection and with high social and economic costs.

Objetivo: Descrever o comportamento sexual em pessoas HIV-positivas em três cidades na Colômbia antes e depois de conhecer o diagnóstico e identificar mudanças no esses comportamentos. Metodologia: Estudo descritivo de transversal, em que 85 indivíduos participaram em três cidades colombianas, entrevistado em 2011. Eles se conheceram os padrões éticos para a investigação com as pessoas. Para análise estatística foi utilizado SPSS 18.0 software. Resultados: Diferenças significativas na comparação entre o comportamento sexual foram encontrados antes e depois de aprender sobre o diagnóstico de HIV positivo. 23% dos entrevistados disseram que a atividade sexual não ter iniciado após o diagnóstico, 62,5% começaram a usar preservativos em todas as relações sexuais. Sexo com pessoas HIV positivas aumentou para 35,4%. infecções sexualmente transmissíveis diminuiu para 12,3%. O consumo de álcool antes do início do sexo diminuiu para 31,8%. Conclusões: foram encontradas alterações nos comportamentos de risco de pessoas depois de receber o diagnóstico; No entanto, estas alterações não são suficientes, porque é a transmissão de uma infecção fatal e custos socioeconómicos elevados.
Descritores: Comportamento Sexual
Aconselhamento Sexual
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
HIV
-Parceiros Sexuais
Infecções por HIV
Soroprevalência de HIV
Coito
Sexo Seguro
Sexo sem Proteção
Limites: Humanos
Responsável: CO179.9 - Facultad de Medicina


  4 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-971705
Autor: Klein, Marty.
Título: Inteligência sexual: o que nós realmente queremos do sexo e o que fazer para chegar lá.
Fonte: São Paulo; Prumo; 2013. 256 p. graf.
Idioma: pt.
Descritores: Comportamento Sexual/psicologia
Aconselhamento Sexual
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Adolescente
Adulto Jovem
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR73.1 - Biblioteca
BR73.1; WM611, K64i. 3976


  5 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-757507
Autor: Binstock, Georgina; Gogna, Mónica.
Título: La iniciación sexual entre mujeres de sectores vulnerables en cuatro provincias argentinas / A iniciação sexual entre mulheres de setores vulneráveis em quatro províncias argentinas / Sexual initiation among women from vulnerable social sectors in four Argentinean provinces
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(20):113-140, mayo-agosto 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Este artículo examina el calendario y contexto en el que ocurre la iniciación sexual en base a una encuesta a 1571 mujeres adolescentes y jóvenes en tres capitales provinciales y en el área metropolitana de Buenos Aires. En primer lugar, se analiza la edad a la que ocurre el debut sexual para las diferentes generaciones. Seguidamente, se aborda el rol que juegan el contexto de crianza, la escolaridad y el inicio de relaciones románticas en precipitar o retrasar la iniciación sexual. Finalmente, se describen las circunstancias en que ocurre la iniciación, incluyendo el vínculo con la pareja, el uso de anticoncepción, y el lugar que cumplen la escuela, la familia y el grupo de pares como fuente de información respecto de la sexualidad y los métodos anticonceptivos. El análisis compara la experiencia de las adolescentes con las de las jóvenes para identificar cambios generacionales en las circunstancias relativas al debut sexual.

O artigo examina o calendário e o contexto em que ocorre a iniciação sexual com base em uma pesquisa com 1.571 mulheres adolescentes e jovens em três capitais provinciais e na área metropolitana de Buenos Aires. Em primeiro lugar, analisa-se a idade em que acontece a estreia sexual para as diferentes gerações. Em seguida, aborda-se o papel que representam o contexto de criação, a escolaridade e o início de relações românticas em precipitar ou atrasar a iniciação sexual. Finalmente, descrevem-se as circunstâncias em que ocorre a iniciação, incluindo o vínculo com o parceiro, o uso de anticoncepcional, e o lugar que cumprem a escola, a família e o grupo de pares como fonte de informação em relação à sexualidade e aos métodos anticoncepcionais. A análise compara a experiência das adolescentes com as das jovens para identificar mudanças entre gerações nas circunstâncias relativas à estreia sexual.

The article examines the timing and context of sexual initiation based on a survey of 1571 female adolescents and young women (18 to 24 y.o.) in three Argentinean provinces and the metropolitan area of Buenos Aires. Firstly, we describe the age at which sexual debut took place for different generations. Then, we analyze the role played by family, school and romantic relations in precipitating or delaying sexual initiation. Finally, we describe the circumstances of debut, including type of relation with partner, use of contraception, and the role played by school, family and peers regarding information on sexuality and contraception. We compare the experience of adolescents and young women to identify generational changes in the timing and context of the transition to sexual initiation.
Descritores: Adolescente
Anticoncepção
Comportamento Sexual
Sexualidade/etnologia
Adulto Jovem
-Argentina/etnologia
Família
Aconselhamento Sexual
Parceiros Sexuais
Limites: Humanos
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  6 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-743575
Autor: Bezerra, Camilla Pontes.
Título: A vivência da sexualidade por adolescentes portadoras de deficiência visual / The experience of sexuality for teens with visual impairment.
Fonte: Fortaleza; s.n; 2007.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A adolescência é uma fase da vida em que se dá a maturação sexual e é acompanhada por transformações psicológicas e sociais. As pessoas portadoras de deficiência visual estão sujeitas ao mesmo processo, mas este é um tema escassamente tratado pela literatura. Devido às transformações nesta fase da vida, as indefinições que as acompanham, somada à deficiência visual, justifica-se um estudo sobre a vivência da sexualidade das adolescentes portadoras de deficiência visual inseridas na sociedade e na comunidade escolar. Foram entrevistadas cinco adolescentes deficientes visuais em um Centro de Apoio Pedagógico (CAP) para cegos e ou deficientes visuais com questões que buscaram o conhecimento e a compreensão por parte das adolescentes sobre as causa da sua deficiência visual, seu grau de escolaridade, composição e orientações familiares, experiência afetivo-sexual, nível de conhecimento acerca de assuntos relacionados à sexualidade dentre eles métodos contraceptivos e doenças sexualmente transmissíveis. Os resultados permitiram perceber que as adolescentes deficientes visuais apresentam as mesmas características de desenvolvimento da sexualidade das demais pessoas, embora possuam características próprias...
Descritores: Adolescente
Aconselhamento Sexual
Educação Sexual
Comportamento Sexual
Pessoas com Deficiência Visual
Limites: Humanos
Adolescente
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  7 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-742442
Autor: Oliveira, Ariela Dias de Freitas; Vieira, Michelle Christini Araújo; Silva, Susanne Pinheiro Costa e; Mistura, Claudelí; Jacobi, Caren da Silva; Lira, Margaret Olinda de Souza Carvalho e.
Título: Repercussões do HIV no cotidiano de mulheres vivendo com AIDS / Efectos del HIV en la vida diaria de mujeres viviendo con SIDA / Effects of HIV in daily life of women living with AIDS
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);7(1):1975-1986, jan.-mar. 2015.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: Understand the impact of HIV in everyday life of women living with AIDS. Method: A qualitative study involving 11 women attending a center of information on STD/HIV/AIDS and Viral Hepatitis in a city in northeastern semiarid, with data collected by semi-structured interview and interpreted by content analysis. Results: It was evident that the everyday life of women with HIV/AIDS suffers repercussions in the sexuality, by the reduction in sexual relations, discoveries of new forms of pleasure by couple and increase in personal and social responsibility after diagnosis. Moreover, there was the emergence of negative and positive feelings and the search for ways of coping of disease. Conclusion: It is concluded the necessity and importance of nursing to direct health interventions for these women, demonstrating the possibilities of pleasure, satisfaction with life and living with the disease...

Objetivo: Compreender as repercussões do HIV no cotidiano de mulheres vivendo com AIDS. Método: Pesquisa qualitativa com a participação de 11 mulheres usuárias de um centro de Informações em DST/HIV/AIDS e Hepatites Virais de uma cidade do semiárido nordestino, com dados coletados por entrevista semiestruturada e interpretados por análise de conteúdo. Resultados: evidencia-se que o cotidiano de mulheres com HIV/AIDS sofre repercussões no que refere a sexualidade, pela redução das relações sexuais, descobertas de novas formas de prazer pelo casal e aumento da responsabilidade pessoal e social após o diagnóstico. Além disso, ocorreu o surgimento de sentimentos negativos e positivos e a busca por formas de enfrentamento da doença. Conclusão: Conclui-se a necessidade e importância da enfermagem direcionar ações em saúde para essas mulheres, demonstrando as possibilidades de prazer, satisfação com a vida e de convivência com a doença...

Objetivo: Comprender el impacto del VIH en la vida cotidiana de las mujeres que viven con el SIDA. Método: Estudio cualitativo que participaron 11 mujeres que acudieron a una información de salud sobre las ITS/VIH/SIDA y la hepatitis viral en una ciudad en el noreste semiárido, con datos recogidos por entrevista semi--estructurada e interpretada por el análisis de contenido. Resultados: Se hizo evidente que la vida cotidiana de las mujeres con VIH/SIDA sufre repercusiones en materia de sexualidad, a través de la reducción de las relaciones sexuales, descubrimientos de nuevas formas de placer por pareja, y el aumento de la responsabilidad personal y social después del diagnóstico. Además, ocurrió el surgimiento de sentimientos negativos y positivos y la búsqueda de formas de lidiar con la enfermedad. Conclusión: Se concluye que la necesidad y la importancia de la enfermería dirigir las intervenciones de salud para estas mujeres, demostrando las posibilidades del placer, satisfacción con la vida y convivencia con laenfermedad...
Descritores: Comportamento Sexual/psicologia
Aconselhamento Sexual
Saúde Sexual
Sexualidade
Soropositividade para HIV/enfermagem
Soropositividade para HIV/psicologia
-Brasil
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1208.1 - BSEN - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição


  8 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-718542
Autor: Ribeiro, Fernando Bessa; Sacramento, Octávio.
Título: A despistagem do VIH/sida: saúde pública e motivações dos utentes do teste rápido no Nordeste de Portugal / Screening for HIV/AIDS: public health and motivations of quick test users in Northeast Portugal
Fonte: Saúde Soc;23(2):510-522, apr-jun/2014.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo analisa a adesão dos cidadãos ao teste rápido de despistagem do VIH no Centro de Aconselhamento e Deteção Precoce do VIH/sida (CAD) da cidade de Bragança (Nordeste de Portugal). Em concreto, procura-se examinar o papel do diagnóstico rápido na luta contra a infeção pelo VIH/sida no quadro do sistema público de saúde português, compreender as circunstâncias subjacentes à procura do serviço e interpretar as percepções e práticas dos utentes do CAD objecto desta pesquisa. Em termos metodológicos, tratou-se de um estudo de caso assente em inquirição etnográfica, articulando observação direta, diálogos informais e entrevistas, a que se associou uma extensa pesquisa documental e estatística. Os resultados apurados permitem afirmar que o teste rápido proporcionou um contributo muito positivo para a luta contra a infeção pelo VIH/sida, facilitando o acesso dos cidadãos ao conhecimento praticamente imediato do seu estado serológico e melhorando o seguimento destes por parte dos técnicos de saúde. A chamada “dissipação da incerteza”, na sequência de uma situação de risco, é o principal motivo que leva os utentes a realizar o teste rápido...

The article examines the adherence of citizens to the quick test for HIV in the Counseling and Early Detection of HIV/AIDS Center (CAD), in the city of Bragança (Northeast Portugal). Specifically, it seeks to examine the role of a fast diagnosis in the fight against AIDS within the Portuguese public health system, to understand the circumstances underlying the demand for the service and to interpret the perceptions and practices of CAD users. In terms of methodology, it was a case study based on ethnographic inquiry, linking direct observation, informal conversations and interviews, which was associated with extensive documental and statistic research. The results obtained allow us to state that the quick test gave a very positive contribution to the fight against HIV/AIDS infection, facilitating citizen access to knowledge of their serological status almost instantly and improving their follow-up by health technicians. The so-called “dissipation of uncertainty”, following sexual risk behavior, is the main reason that leads users to perform a quick test...
Descritores: Testes Anônimos
Antropologia Cultural
Assistência à Saúde
HIV
Assunção de Riscos
Testes Sorológicos
Aconselhamento Sexual
Comportamento Sexual
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/diagnóstico
-Relatos de Casos
Portugal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  9 / 36 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: lil-699486
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e Aids.
Título: Diretrizes para implantação do Projeto: Saúde e Prevenção nas Escolas / Guidelines for implementation of the Project: Health and Prevention in Schools.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2008. 22 p. (Manuais, 77).
Idioma: pt.
Descritores: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Educação em Saúde
Saúde Pública
Aconselhamento Sexual
Educação Sexual
Violência
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Adolescente
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1; 613.88-053.6:37, B823d. 2112


  10 / 36 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-662826
Autor: Zambenedetti, Gustavo.
Título: Sala de espera como estratégia de educação em saúde no campo da atenção às doenças sexualmente transmissíveis / The waiting room as a health education strategy in the field of sexually transmitted diseases prevention and care
Fonte: Saúde Soc;21(4):1075-1086, out.-dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo apresenta e discute uma experiência de sala de espera no âmbito da atenção às doenças sexualmente transmissíveis - DST, desenvolvida em um serviço especializado na atenção às DST, localizado em Porto Alegre-RS. O objetivo da sala de espera foi oferecer uma possibilidade de prevenção e educação em saúde, tendo por base uma abordagem participativa e problematizadora, buscando diferenciar-se da lógica prescritiva, centrada na transmissão de informação, hegemonicamente presente nos serviços de saúde. A atividade ocorreu diariamente, antecedendo a consulta médica de homens que procuravam o serviço para atendimento relacionado às DST. Entendida como uma atividade relativa ao campo de competências profissionais (Campos, 2002), foi coordenada por duplas de residentes multiprofissionais (Psicólogos, Nutricionistas, Enfermeiros e Assistentes Sociais). A abordagem da sala de espera utilizou-se das contribuições da prática do aconselhamento em HIV/Aids, buscando trabalhar com aspectos afetivos/emocionais, informativos e avaliação de riscos. Através de uma perspectiva problematizadora, buscou-se interrogar e colocar em análise as relações que as pessoas estabelecem com a sexualidade, as DST e o uso do preservativo. Esta intervenção propiciou maior acesso a informações (sobre as DST, insumos de prevenção, tratamento e testagem anti-HIV) e discussão sobre aspectos relacionados às repercussões das DST na vida afetiva e sexual, reconfigurando o momento de espera em um momento de prevenção e educação em saúde.
Descritores: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Assistência Integral à Saúde
Educação em Saúde
HIV
Serviços de Saúde Reprodutiva
Medicina Reprodutiva
Aconselhamento Sexual
Doenças Sexualmente Transmissíveis
-Testes Anônimos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde