Base de dados : LILACS
Pesquisa : F03.084.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 801 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 81 ir para página                         

  1 / 801 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1101067
Autor: Castro-de-Araujo, Luís Fernando Silva; Machado, Daiane Borges.
Título: Impact of COVID-19 on mental health in a Low and Middle-Income Country / Impacto do COVID-19 na saúde mental em um país de baixa e média renda
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;25(supl.1):2457-2460, Mar. 2020.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Mental disorders (MD) are commonly comorbid with cardiovascular, metabolic, and some infectious diseases. Since the current SARS-CoV-2 epidemic is affecting the most multimorbid individuals, we might expect that the epidemic will be particularly problematic for people with MD. Understanding the burden of an outbreak on mental health is fundamental to effective action towards containing the spread of the disease, as psychopathology might reduce endurance during the lockdown. This can potentially reduce adhesion to ongoing treatment resulting in avoidable recurrence of a disorder. Additionally, there is the stress caused by the eminent risk of infection or economic uncertainty, especially in low-middle income settings. This is an overview on the expected influence of the COVID-19 on mental health from a research group that has not long ago been involved in the Zika epidemic. It aims to discuss the effects of the pandemic on a Low and Middle-Income country (LMIC), Brazil.

Resumo Os Transtornos Mentais (TM) são comorbidades comuns associadas a doenças cardiovasculares, metabólicas e algumas doenças infecciosas. Como a atual epidemia de SARS-CoV-2 está afetando mais os indivíduos multimórbidos, podemos esperar que a epidemia seja particularmente problemática para pessoas com TM. Compreender o ônus de um surto na saúde mental é fundamental para uma ação de contenção eficaz da propagação da doença, pois a psicopatologia pode reduzir a resistência durante o confinamento. Que pode potencialmente reduzir a adesão ao tratamento em andamento, resultando na recorrência evitável de um distúrbio. Além disso, há o estresse causado pelo risco eminente de infecção ou incerteza econômica, especialmente em ambientes de baixa e média renda. Esta é uma "overview" sobre a potencial influência do COVID-19 na saúde mental realizada por um grupo de pesquisa que não faz muito tempo esteve envolvido na epidemia de Zika. Ela tem como objetivo discutir os efeitos da pandemia do COVID-19 em um país de baixa e média renda, Brasil.
Descritores: Pneumonia Viral/psicologia
Pneumonia Viral/epidemiologia
Saúde Mental
Infecções por Coronavirus/psicologia
Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Países em Desenvolvimento
Pandemias
Betacoronavirus
-Sensação
Isolamento Social
Transtorno Bipolar/psicologia
Transtorno Bipolar/terapia
Brasil
Família
Cuidadores
Infecções por Coronavirus
Demência/enfermagem
Multimorbidade
Acesso aos Serviços de Saúde
Transtornos Mentais/psicologia
Transtornos Mentais/tratamento farmacológico
Transtornos Mentais/epidemiologia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-742093
Autor: Tavares, Naraiana de Oliveira; Neves, Fernando da Silva; Malloy-Diniz, Leandro Fernandes.
Título: Model endophenotype for bipolar disorder: Qualitative Analysis, etiological factors, and research areas / Modelo endofenotipo de Trastorno Bipolar: Análisis cualitativo, factores etiológicos y las áreas para las cuales la investigación / Modelo de Endofenótipo do Transtorno Bipolar: Análise qualitativa, fatores etiológicos e âmbitos de investigação abordados
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;48(spe2):204-212, 12/2014. tab, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: The aim of this study is to present an updated view of the writings on the endophenotype model for bipolar disorder using analytical methodologies. A review and analysis of networks was performed through descriptors and keywords that characterize the composition of the endophenotype model as a model of health. Information was collected from between 1992 and 2014, and the main thematic areas covered in the articles were identified. We discuss the results and question their cohesion, emphasizing the need to strengthen and identify the points of connection between etiological factors and characteristics that make up the model of endophenotypes for bipolar disorder.

El objetivo de este trabajo es presentar una visión actualizada de los escritos del modelo endofenotipo para el trastorno bipolar, el uso de las metodologías analíticas. Se realizó una revisión de este tipo de literatura y un análisis de las redes a través de descriptores y palabras clave que caracterizan la composición del modelo endofenotipo como modelo de salud. El momento de la recolección de la información se produjo entre los años 1992-2014, la identificación de las principales áreas temáticas incluidas en los artículos. Se discuten los resultados para la consolidación del modelo de endofenotipos, cuestionando la cohesión y haciendo hincapié en la necesidad de fortalecer e identificar los puntos de conexión entre los factores etiológicos y características que conforman el modelo de endofenotipos para el trastorno bipolar.

O objetivo do presente estudo é o de apresentar uma visão atualizada sobre a produção bibliográfica do modelo de endofenótipo para o transtorno bipolar, recorrendo às metodologias analíticas. Foi realizada para tal uma revisão da literatura e uma análise de redes por meio de descritores e palavras-chaves, que caracterizam a composição do modelo de endofenótipo como um modelo de saúde. O período de recolha das informações ocorreu entre os anos de 1992-2014, identificando nos principais artigos os âmbitos temáticos abordados. Discutem-se os resultados obtidos para a consolidação do modelo de endofenótipos, questionando a coesão e ressaltando a necessidade de reforçar e identificar os pontos de ligação entre os fatores etiológicos e as características que compõe o modelo de endofenótipos para o transtorno bipolar.
Descritores: Transtorno Bipolar
Endofenótipos
Modelos de Assistência à Saúde
-Estudos de Avaliação como Assunto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  3 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-791770
Autor: Moraes, Renata Garcia de Almeida; Gon, Márcia Cristina Caserta; Zazula, Robson.
Título: Transtorno bipolar em crianças e adolescentes: critérios para diagnóstico e revisão de intervenções psicossociais / Bipolar disorder in children and adolescents: criterions to diagnostic and review of psychosocial interventions / Trastorno bipolar en niños y adolescentes: criterios para el diagnóstico y revisión de las intervenciones psicosociales
Fonte: Psico (Porto Alegre);47(1):77-87, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O transtorno bipolar é um transtorno mental crônico, recorrente e incothercitante. Entretanto, em crianças e adolescentes pode manifestar-se de forma diferente do padrão clássico descrito na idade adulta. Objetivou-se revisar e analisar estudos empíricos de intervenções psicossociais realizadas para o transtorno bipolar em crianças e adolescentes quanto aos seus objetivos, método, principais resultados e discussão. Foi realizada uma revisão sistemática de 21 artigos de intervenção psicossocial publicados entre 1999 e 2014. Constatou-se diversidade quanto às variáveis investigadas, tais como método, delineamento experimental, amostra, instrumentos e temas. Apesar disso, os estudos demonstraram eficácia em alguns aspectos estudados, em especial a comunicação e a informação aos pacientes e familiares. Sugere-se o desenvolvimento de pesquisas sobre transtorno bipolar em crianças e adolescentes, de modo a contribuir para a elaboração de ações ou programas de intervenção direcionados especificamente para esta população.

The bipolar disorder is a chronic, recurrent and incothercitating mental disease. Although with children and adolescents could occur differently than in adult age. The aim of this study was review and analyze empirical studies of psychosocial interventions for bipolar disorder with children and adolescents related to objectives, method, main results and data discussion. A systematic review was performance of 21 psychosocial intervention’s articles, published between 1999 and 2014. The results showed diversity related to investigated variables, such as method, experimental design, sample, instruments and themes. Despite this, the studies demonstrated efficacy in some aspects investigated, specially communication and information to patients and their families. It suggests researches about bipolar disorder in children and adolescents to contribute for a large number of actions and intervention programs directly to this population.

El trastorno mental crónico es un trastorno mental crónico, recurrente y incothercitante. Sin embargo, en los niños y adolescentes pueden manifestar patrón diferente del descrito en la edad adulta. El objetivo de este estudio es revisar y analizar los estudios empíricos de las intervenciones psicosociales para el trastorno bipolar en niños y adolescentes cuanto a los objetivos, método, principales resultados y discusión. Una revisión sistemática analizó 21 intervenciones psicosociales los artículos publicados entre 1999 y 2014. Se obtuvo diversidad cuanto a las variables investigadas, como el método, el delineamiento experimental, amuestra, instrumentos y temas. Sin embargo, los estudios demostraran eficacia en algunos de los aspectos investigados, en especial la comunicación y la información para los pacientes y familiares. Se sugiere el desarrollo de estudios sobre el trastorno bipolar en niños y adolescentes, de modo a contribuir para la elaboración de acciones y programas de intervención direccionados para esta población.
Descritores: Transtorno Bipolar
Transtornos Mentais
-Psicologia da Criança
Psicologia do Adolescente
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1323.1 - Biblioteca Central Irmão José Otão


  4 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088739
Autor: FONSECA, JOÃO B; RODRIGUES, ROSA; LOURENÇO, ESMERALDA; MORGADO, PEDRO.
Título: Levetiracetam induced mania - A case report
Fonte: Arch. Clin. Psychiatry (Impr.) = Rev. psiquiatr. clín. (São Paulo) = Psiquiatria clínica;47(1):30-30, Jan.-Feb. 2020.
Idioma: en.
Descritores: Transtorno Bipolar/induzido quimicamente
Levetiracetam/efeitos adversos
Anticonvulsivantes/efeitos adversos
-Transtorno Bipolar/tratamento farmacológico
Epilepsia/tratamento farmacológico
Levetiracetam/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  5 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1146503
Autor: Koppmann A, Alejandro.
Título: Sobre el diagnóstico de bipolaridad / Diagnosing bipolar disorder
Fonte: Rev. Méd. Clín. Condes;23(5):543-551, sept. 2012. tab.
Idioma: es.
Resumo: Dado el aumento en el diagnostico de bipolaridad, las dificultades de establecer límites entre el ánimo normal y patológico y los riesgos derivados de la indicación de tratamientos inadecuados se presentan aquí antecedentes relativos a la historia y diagnóstico del Trastorno Bipolar así como las principales clasificaciones vigentes y las áreas de conflicto en cuanto a diagnóstico diferencial.

Given the increase diagnosis of bipolarity nowadays, the difficult to clarify the border between normal and pathological mood in this article the historical aspects and clinical features of Bipolar Disorder are reviewed as well as the differential diagnosis.
Descritores: Transtorno Bipolar/diagnóstico
-Prognóstico
Transtorno Bipolar/classificação
Transtorno Bipolar/história
Transtorno Bipolar/epidemiologia
Transtorno da Personalidade Borderline
Biomarcadores
Diagnóstico Diferencial
Testes Diagnósticos de Rotina
Limites: Humanos
História Antiga
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1146239
Autor: Pacheco, Aline Esteves; Enes, Clarice de Lourdes; Clementino, Marco Túlio Resende; Belo, Vinícius Silva; Duarte, Sebastião Júnior Henrique; Machado, Richardson Miranda.
Título: Transtorno Afetivo Bipolar: avaliação da satisfação dos pacientes, familiares e profissionais com o tratamento / Bipolar affective disorder: assessment of patient, family and professional satisfaction with treatment
Fonte: Enferm. foco (Brasília);11(3):106-113, dez. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar as perspectivas da satisfação dos pacientes acometidos por transtorno afetivo bipolar, seus familiares e profissionais da saúde. Metodologia: Estudo transversal com 80 indivíduos de um Centro de Atenção Psicossocial III da região Centro Oeste de Minas Gerais. Foram realizadas entrevistas, usando as Escalas de Avaliação da Satisfação com os Serviços de Saúde Mental. Resultados: Os índices de satisfação apresentaram-se maiores entre pacientes, especialmente no domínio Acolhida e ajuda recebida no serviço [escore 4,66; n = 30 (83,3%)]. Entre os familiares, o maior índice de satisfação foi no domínio Resultados do tratamento [escore 4,66; n = 27 (79,4%)]. O destaque dos profissionais foi na insatisfação, referente ao domínio Condições de trabalho [escore 2,85; n = 7 (70%)]. Conclusão: Constatou-se que os pacientes estão satisfeitos com o serviço e suas perspectivas de satisfação são as maiores, seguidos dos familiares e profissionais. (AU)

Objective: To evaluate the perspectives of satisfaction of patients affected by bipolar affective disorder, their families and health professionals. Methodology: Cross-sectional study with 80 individuals from a Psychosocial Care Center III in the Midwest region of Minas Gerais. Interviews were conducted using the Satisfaction Rating Scales with Mental Health Services. Results: Satisfaction rates were higher among patients, especially in the domain Welcoming and help received at the service [score 4.66; n = 30 (83.3%)]. Among family members, the highest satisfaction rate was in the treatment results domain [score 4.66; n = 27 (79.4%)]. The highlight of the professionals was dissatisfaction, referring to the domain Working conditions [score 2.85; n = 7 (70%)]. Conclusion: It was found that patients are satisfied with the service and their satisfaction prospects are the highest, followed by family members and professionals. (AU)

Objetivo: evaluar las perspectivas de satisfacción de los pacientes afectados por el trastorno afectivo bipolar, sus familias y profesionales de la salud. Metodología: Estudio transversal con 80 personas de un Centro de Atención Psicosocial III en la región del Medio Oeste de Minas Gerais. Las entrevistas se realizaron utilizando las escalas de calificación de satisfacción con los servicios de salud mental. Resultados: las tasas de satisfacción fueron más altas entre los pacientes, especialmente en el dominio de bienvenida y la ayuda recibida en el servicio [puntuación 4.66; n = 30 (83,3%)]. Entre los miembros de la familia, la tasa de satisfacción más alta se encontraba en el dominio de resultados del tratamiento [puntuación 4.66; n = 27 (79,4%)]. Lo más destacado de los profesionales fue la insatisfacción, refiriéndose al dominio Condiciones de trabajo [puntaje 2.85; n = 7 (70%)]. Conclusion: Se encontró que los pacientes están satisfechos con el servicio y sus perspectivas de satisfacción son las más altas, seguidas por los familiares y profesionales. (AU)
Descritores: Transtorno Bipolar
-Qualidade da Assistência à Saúde
Satisfação do Paciente
Cuidadores
Satisfação no Emprego
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  7 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1129036
Autor: Lourenço, Tatiana Tscherbakowski de Guimarães Mourão Valentim(coord); Fuzikawa, Cíntia Satiko(coord); Nicolato, Rodrigo(coord); Barbosa, Izabela Guimarães(coord); Braga, Marcela Sena(coord).
Título: Livro de resumos: XVII Jornada Acadêmica de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais / Livro de resumos: XVII Jornada Acadêmica de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais.
Fonte: Belo Horizonte; Faculdade de Medicina da UFMG; 20200000. 45 p.
Idioma: pt.
Resumo: A XVII Jornada Acadêmica de Saúde mental é um evento que busca aproximar os estudantes de cursos variados do campo de estudo da Saúde Mental. Além de aulas ministradas na forma de palestras, os acadêmicos são convidados a produzirem trabalhos para serem apresentados aos demais participantes, ampliando o leque de assuntos abordados. Além de proporcionar aos estudantes interessados maior contato com temas específicos da área, a produção de resumos para apresentação é uma ferramenta para aprimoramento das técnicas de escrita e produção de conteúdo. Elaborar os trabalhos amplia os conhecimentos dos alunos sobre escrita científica e os aproxima do meio acadêmico científico. Ademais, o contato com professores e pesquisadores da área, que orientam os participantes durante o processo, cria canais de comunicação e abre novas oportunidades para os estudantes. Para esta edição do evento, os trabalhos foram selecionados pela Comissão Científica da Jornada, que verificou um alto nível nas submissões. Aqueles mais originais, relevantes e bem produzidos foram aprovados e compõem esse livro, mostrando à comunidade a qualidade dos estudantes e do conteúdo apresentado na XVII JASME. Os assuntos discutidos nos próximos capítulos, desenvolvidos por estudantes de cursos da área da saúde, abrangem a saúde mental por variados ângulos e sob diversas abordagens. Escolher alguns trabalhos significa, necessariamente, prescindir de outros. Cientes do desafio de estabelecer uma coletânea que tivesse o padrão de qualidade e a feição da UFMG sem nos obnubilar pela subjetividade, estabelecemos critérios objetivos e submetemos cada resumo à apreciação independente de pelo menos três integrantes da junta científica para apreciação. Por fim, aferimos que não houve divergência de rigor entre os subgrupos e selecionamos os trinta melhores, ou seja, os mais inovadores, bem escritos, objetivos e bem fundamentados. Procuramos, diante dos diversos recortes da pandemia da COVID-19, incluir aqueles que, em vez de vagos de tão abrangentes, descreviam impactos tangíveis, mensuráveis e inusitados, isto é, Relacionados a grupos que não têm sido abordados pela grande mídia e tampouco pelo profissional de saúde médio. Assim, cremos que os resumos a seguir são os que mais bem abordam tanto questões atemporais em saúde mental quanto aquelas que emergiram nos últimos meses e ainda não sabemos por quanto tempo perdurarão. Os trabalhos tratam desde questões relacionadas aos fatores de risco para o desenvolvimento de transtornos psiquiátricos aos aspectos do tratamento farmacológico. Com uma perspectiva atual e relevante para as condições de saúde vigente, as temáticas se relacionam com diversas áreas da saúde mental, como as consequências da pandemia da SARS-COV2, aspectos da saúde mental em jovens e idosos, condutas da saúde mental na saúde primária, psicofarmacologia, transtornos psiquiátricos.
Descritores: Esquizofrenia
Isolamento Social/psicologia
Suicídio
Transtorno Bipolar
Idoso
Cannabis/toxicidade
Ácidos Graxos Ômega-3/uso terapêutico
Saúde Mental
Adolescente
Pessoal de Saúde/psicologia
Infecções por Coronavirus
Depressão Pós-Parto
Depressão
Alcoolismo
Pandemias
Transtorno do Espectro Autista
Hipotireoidismo/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Livro-Texto
Congresso
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  8 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-494366
Autor: Menéndez, Célica; Pattin, David.
Título: Depresión en la infancia / Depression in children
Fonte: Med. infant;12(2):108-112, jun. 2005.
Idioma: es.
Descritores: Depressão/complicações
Depressão/epidemiologia
Depressão/etiologia
Depressão/terapia
Diagnóstico Diferencial
Transtorno Bipolar
Limites: Criança
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  9 / 801 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1116950
Autor: Flores Ramos, Mónica; Becerra Palars, Claudia; Peña Olvera, Francisco de la; Carvajal Lohr, Armando; Yoldi Negrete, María; Ortega Ortiz, Hiram; Hernández González, Consuelo.
Título: Consideraciones clínicas y endocrinológicas en mujeres con trastorno bipolar / Clinical and endocrine considerations in bipolar women
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);21(8):832-838, abr. 2016.
Idioma: es.
Resumo: El trastorno bipolar es una de las enfermedades mentales más discapacitantes. Existen diferencias en cuanto al tipo de episodios más frecuentes, la polaridad predominante y la frecuencia de comorbilidad según el sexo. En la mujer es importante considerar la etapa de vida reproductiva en que se encuentra, pues se sabe que puede influir en el curso de la enfermedad. Se ha informado una elevada comorbilidad del trastorno bipolar con trastorno disfórico premenstrual y una exacerbación de los síntomas en el período premenstrual en el 44% al 65%, que puede conducir a un peor curso de la enfermedad. El embarazo no parece incrementar la presencia de episodios de la enfermedad; sin embargo, el tratamiento se complica de forma importante, mientras que la suspensión de la medicación puede llevar a recaídas, el mantenerlo puede llevar a resultados obstétricos negativos, malformaciones congénitas e incluso alteraciones del neurodesarrollo. De tal manera que la evaluación de riesgo-beneficio en estas pacientes tiene que ser muy cautelosa. En el posparto, claramente se relaciona con un incremento en el riesgo de presentar algún episodio afectivo. Al llegar a la transición a la menopausia parecieran incrementarse los episodios de tipo depresivo. La relación entre el ciclo reproductivo y la presencia de episodios de enfermedad, así como los estudios en otras entidades psiquiátricas, han llevado a considerar que una relación entre las hormonas gonadales y los neurotransmisores podrían subyacer a esta entidad. En el presente artículo describimos algunas de las observaciones relacionadas con estrógenos, progesterona y sus metabolitos, testosterona y deshidroepiandrosterona

Bipolar disorder is one of the most disabling psychiatric illnesses. Some characteristics of the disorder vary with sex, such as predominant polarity, frequency and type of comorbidity, and type of episodes presented. In the case of bipolar women, it is important to consider reproductive events, due to their influence in the course of the disorder. High comorbidity of bipolar disorder and premenstrual dysphoric disorder with an exacerbation of symptoms in the premenstrual period has been reported in 44% to 65% which may lead to a worse disease course. In general, women with premenstrual symptom exacerbation show more affective - particularly depressive - episodes, more frequent relapses, and more severe symptomatology. Pregnancy does not appear to increase presence of bipolar episodes, but significantly complicates treatment. On the one hand, stopping the treatment, particularly abruptly, increases the risk of relapse; while on the other, the use of mood stabilizers represents a risk for the newborn. Poor neonatal outcomes, congenital malformations and neurodevelopment alterations in children of mothers exposed to mood stabilizers during pregnancy have been reported. So, a meticulous benefit-risk assessment should be carried out in pregnant bipolar women. In the postpartum period, a clearer relation with increased risk of affective episode has been observed; while the perimenopause increases depressive episodes. The inter-relation between reproductive cycle and bipolar episodes suggests that gonadal hormones are involved in their physio-pathology. Here we discuss some of the observations related to testosterone, dehydroepiandrosterone, estrogens, and progesterone
Descritores: Transtorno Bipolar
Gravidez
Hormônios Gonadais
Período Pós-Parto
Perimenopausa
Endocrinologia
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  10 / 801 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096364
Autor: Fornaro, Michele; Zubrzycki, Andrés.
Título: Antipsicóticos atípicos para la depresión bipolar con características mixtas / Atypical antipsychotics in treating acute bipolar depression with mixed features
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);22(4):357-361, dic.-mar. 2017.
Idioma: en; es.
Descritores: Farmacologia
Antipsicóticos
Transtorno Bipolar
Transtorno Bipolar/diagnóstico
Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais
-Cloridrato de Lurasidona
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: AR392.1 - Biblioteca



página 1 de 81 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde