Base de dados : LILACS
Pesquisa : F03.608 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 55 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 55 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135871
Autor: Costa, Rafaela Zortéa Fernandes; Marques, Inara; Santo, Dalberto Luiz de; Medina-Papst, Josiane.
Título: Noción temporal de niños con desarrollo típico y trastorno del desarrollo de la coordinación / Noção temporal de crianças com desenvolvimento típico e transtorno do desenvolvimento da coordenação / The concept of time in children with typical motor development and developmental coordination disorder
Fonte: Psicol. esc. educ;24:e208374, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do estudo foi comparar o desenvolvimento da noção de tempo entre crianças com Desenvolvimento Típico (DT) e com Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação (TDC). Participaram 34 crianças, divididas nos grupos: DT 6-7 anos (n=9), DT 8-9 anos (n=8), TDC 6-7 anos (n=7) e TDC 8-9 (n=10). As crianças com TDC foram indicadas pelos professores por meio do checklist do MABC-2 e as crianças com DT por apresentarem bom desempenho. Posteriormente, todas foram avaliadas com a bateria do MABC-2. Para a análise da noção temporal, utilizou-se uma adaptação de uma prova proposta por Piaget, que visa compreender a sucessão dos acontecimentos percebidos, realizada em contexto experimental. Sendo assim, utilizaram-se dois brinquedos de madeira que realizavam movimentos distintos em relação ao tempo e ao ponto de chegada. O conceito dessa tarefa foi adaptado para duas tarefas de corrida em contexto aplicado. As crianças foram questionadas separadamente sobre questões temporais das tarefas e suas respostas gravadas e transcritas. Empregou-se o teste Mann-Whitney, observando-se que as crianças com TDC expressaram níveis operatórios de pensamento, não demonstrando diferença significativa entre grupos.

El objetivo del estudio fue comparar el desarrollo de la noción de tiempo entre niños con Desarrollo Típico (DT) y con Trastorno do Desarrollo de la Coordinación (TDC). Participaron 34 niños, divididos en los grupos: DT 6-7 años (n=9), DT 8-9 años (n=8), TDC 6-7 años (n=7) y TDC 8-9 (n=10). Los niños con TDC fueron indicadas por los profesores por intermedio del checklist del MABC-2 y los niños con DT por presentar buen rendimiento. Posteriormente, todos fueron evaluadas con la batería del MABC-2. Para el análisis de la noción temporal, se utilizó una adaptación de una prueba propuesta por Piaget, que tiene por objetivo comprender la sucesión de los acontecimientos percibidos, realizada en contexto experimental. Siendo así, se utilizaron dos juguetes de madero que realizaban movimientos distintos en relación al tiempo y al punto de llegada. El concepto de esa tarea fue adaptado para dos tareas de corrida en contexto aplicado. Se indagó, a los niños, separadamente sobre cuestiones temporales de las tareas y sus respuestas gravadas y transcritas. Se empleó el test Mann-Whitney, observándose que los niños con TDC expresaron niveles operatorios de pensamiento, no demostrando diferencia significativa entre grupos.

The objective of this study was to compare the development of the notion of time between children with Typical Development (TD) and with Developmental Coordination Disorder (DCD). Divided into groups, 34 children participated in this research: TD ages 6-7 years (n = 9), TD ages 8-9 years (n = 8), DCD ages 6-7 years (n = 7), and DCD ages 8-9 years (n = 10). Children with DCD were indicated by teachers through the MABC-2 checklist and children with TD for presenting a good performance. Subsequently, all of them were evaluated using the MABC-2 battery. For an analysis of the concept of time, an adaptation of a test proposed by Piaget was used, which aims to understand the succession of perceived events, carried out in an experimental context. Therefore, two wooden toys that performed different movements in relation to time and destination were used. The concept of this task was adapted for two running tasks in an applied context. The children were asked separately about task time issues and their responses were recorded and transcribed. The Mann-Whitney test was used and it was possible to observe that children with DCD reached the operational thought stage showing no significant difference between groups.
Descritores: Desenvolvimento Infantil
Transtornos Motores
Destreza Motora
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II


  2 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-898594
Autor: Costa Junior, José Maria Farah; Lima, Abner Ariel da Silva; Rodrigues Junior, Dario; Khoury, Eliana Dirce Torres; Souza, Givago da Silva; Silveira, Luiz Carlos de Lima; Pinheiro, Maria da Conceição Nascimento.
Título: Manifestações emocionais e motoras de ribeirinhos expostos ao mercúrio na Amazônia / Emotional and motor symptoms in riverside dwellers exposed to mercury in the Amazon
Fonte: Rev. bras. epidemiol;20(2):212-224, Abr.-Jun. 2017. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico.
Resumo: RESUMO: Introdução: A investigação dos impactos clínico-neurológicos associados às concentrações de exposição ao mercúrio em populações expostas é necessária na Amazônia. Objetivo: Analisar as manifestações emocionais e motoras de ribeirinhos expostos pela dieta nos municípios de Itaituba e Acará, ambos no Pará. Método: Foram coletadas amostras de cabelo para a determinação de mercúrio total (HgT), obtidos dados demográficos e sintomatológicos emocionais (depressão, ansiedade e insônia) e motores (parestesia, fraqueza muscular, desequilíbrio ao andar, tremor, dor nos membros e disartria). Resultados: A concentração mediana de HgT em Itaituba foi significativamente superior (p < 0,0001) àquela em Acará. As manifestações emocionais foram identificadas em 26 (26,5%) participantes de Itaituba e em 24 (52,2%) em Acará. Com relação às queixas motoras especificas, em Itaituba ocorreram em 63 (64,3%) voluntários, sendo mais referidas a dor nos membros (36,7%), a parestesia (32,6%) e a fraqueza muscular (27,5%). No Acará, 33 (71,7%) participantes apresentaram manifestações motoras, com o maior número queixando de parestesia (54,3%), dor nos membros (52,2%) e tremor (34,8%). As concentrações médias de HgT em Itaituba naqueles com manifestações emocionais e com manifestações motoras estiveram acima do considerado tolerável (6 µg/g) pela Organização Mundial de Saúde. Conclusão: Os resultados revelaram que a concentração de mercúrio nas manifestações emocionais e motoras de Itaituba são maiores do que nos ribeirinhos do Acará. Novos estudos são necessários com a aplicação de testes convencionais qualitativos e/ou quantitativos específicos, assim como também a investigação de outros sinais clínicos.

ABSTRACT: Introduction: The investigation of clinical and neurological impactations associated with exposure to mercury levels in exposed populations is necessary in the Amazon. Objective: To analyze emotional and motor symptoms of riverside dwellers exposed by diet in the municipalities of Itaituba and Acará, in Pará, Brazil. Methods: Hair samples were collected to assess the total mercury (HgT). Demographic data as well as emotional (depression, anxiety and insomnia) and motor (paresthesia, muscle weakness, loss of balance when walking, tremors, limb pain and dysarthria) symptomatology data were obtained. Results: Mean levels of HgT in Itaituba were significantly higher (p < 0.0001) than in Acará. Emotional symptoms were identified in 26 (26.5%) participants from Itaituba and in 24 (52.2%) from Acará. Specific motor complaints in Itaituba occurred in 63 (64.3%) volunteers; the most frequently mentioned afflictions were limb pain (36.7%), paresthesia (32.6%) and muscle weakness (27.5%). In Acará, 33 (71.7%) participants had motor symptoms, the majority of which complained of paresthesia (54.3%), limb pain (52.2%) and tremors (34.8%). Average HgT levels in Itaituba in those with emotional and motor symptoms were above the tolerable levels (6 µg/g) determined by the World Health Organization. Conclusion: Results showed that mercury levels in emotional and motor symptoms in Itaituba are higher than in riverside dwellers in Acará. Further studies, including the application of specific qualitative and/or quantitative standard tests, as well as the investigation of other clinical signs are necessary.
Descritores: Sintomas Afetivos/induzido quimicamente
Exposição Ambiental/efeitos adversos
Transtornos Motores/induzido quimicamente
Mercúrio/análise
Intoxicação por Mercúrio/diagnóstico
-Brasil
Rios
Avaliação de Sintomas
Cabelo/química
Intoxicação por Mercúrio/psicologia
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1043013
Autor: Mazera, Maiara Suelen; Padilha, Maria Itayra Coelho de Souza; Tholl, Adriana Dutra; Schoeller, Soraia Dornelles; Martins, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva.
Título: Life story of university students and the adjustment of living with motor deficiency / Historia de vida de estudiantes universitarios y la (con)vivencia con la discapacidad motriz / A história de vida de estudantes universitários e a (con)vivência com a deficiência motora
Fonte: Rev. gaúch. enferm;40:e20180134, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: To understand the life story of university students and the adjustment of living with motor deficiency. Method: A qualitative research, developed with eight university students with motor deficiency. Data collect was performed between October 2016 and March 2017. Thematic data analysis was used. Results: Two categories emerged: family as safe harbor and extra-family relationships: weaknesses and strengths. Family and friends were fundamental for facing disability, standing out for their support and affection. Friends have been encouraged to overcome the limitations and difficulties. Extra-family life was exposed to prejudice that resulted in fears and traumas. Conclusion: The impact of motor deficiency on daily life is the result of life experiences. Healthy family relationships, along with strong bonds of friendship, made the difficulties found in the daily life of these students smoother.

Resumen Objetivo: Comprender la historia de vida de los estudiantes universitarios y la convivencia con la discapacidad motriz. Método: Investigación de enfoque cualitativo, desarrollada con ocho estudiantes universitarios con discapacidad motriz. Recolección de datos realizada entre octubre de 2016 y marzo de 2017. Se utilizó el análisis temático de los datos. Resultados: Emergieron dos categorías: familia como puerto seguro y relaciones extrafamiliares: debilidades y fortalezas. La familia y los amigos fueron fundamentales para enfrentar la discapacidad, destacándose por el apoyo y el afecto. Los amigos se presentan como alentadores para superar las limitaciones y dificultades. La vida extrafamiliar fue expuesta a preconceptos que resultan en miedos y traumas. Conclusión: El impacto de la discapacidad motriz en el cotidiano es el resultado de las experiencias de vida. Las convivencias familiares sanas, junto a lazos fuertes de amistad, hacen que las dificultades encontradas en el cotidiano de estos estudiantes sean amenizadas.

Resumo Objetivo: Compreender a história de vida de estudantes universitários e a convivência com a deficiência motora. Método: Pesquisa de abordagem qualitativa, desenvolvida com oito estudantes universitários com deficiência motora. Coleta de dados realizada entre outubro de 2016 e março de 2017. Foi utilizada a análise temática dos dados. Resultados: Emergiram duas categorias: família como porto seguro e relacionamentos extrafamiliares: fraquezas e fortalezas. A família e os amigos foram fundamentais para o enfrentamento da deficiência, destacando-se pelo apoio e afeto. Os amigos apresentaram-se encorajadores para superar as limitações e dificuldades. A vida extrafamiliar foi exposta a preconceitos que resultaram em medos e traumas. Conclusão: O impacto da deficiência motora no cotidiano é resultante das experiências de vida. As convivências familiares saudáveis, junto com laços fortes de amizade, fizeram com que as dificuldades encontradas no cotidiano desses estudantes fossem amenizadas.
Descritores: Preconceito
Estudantes/psicologia
Amigos
Relações Familiares
Transtornos Motores/psicologia
-Apoio Social
Universidades
Brasil
Atividades Cotidianas
Entrevistas como Assunto/métodos
Pesquisa Qualitativa
Medo
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-787518
Autor: Eickmann, Sophie Helena; Emond, Alan Martin; Lima, Marilia.
Título: Evaluation of child development: beyond the neuromotor aspect / Avaliação do desenvolvimento infantil: além do neuromotor
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);92(3,supl.1):71-83tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Abstract Objective: To review the epidemiology and update the scientific knowledge on the problems of development and behavior in childhood, and the recommendations for the role of the pediatrician in identifying and managing delays and disturbances in child development and mental health. Sources: A search for relevant literature was performed in the PubMed and Scopus databases and publications of the National Scientific Council on the Developing Child. Summary of the findings: With the decline in the incidence of communicable diseases in children, problems with development, behavior, and emotional regulation are increasingly becoming a part of the work of pediatricians, yet many are not trained and feel uncomfortable about this extension of their role. The available screening tools for child development and behavior are reviewed, and a ‘school readiness’ checklist is presented, together with recommendations on how the pediatrician can incorporate developmental surveillance into routine practice, aware of the need for children to acquire social, emotional, and cognitive skills so that they can develop their full potential. Conclusions: The pediatrician's role in the future will include both physical and mental health, recognizing that social development, resilience, and emotional maturity are as important as physical growth and neuromotor skills in a child's life course.

Resumo Objetivo: Revisar a epidemiologia e atualizar os conhecimentos científicos sobre os problemas do desenvolvimento e do comportamento na infância e das recomendações do papel do pediatra na identificação e conduta frente aos transtornos da saúde mental infantil. Fontes de dados: Pesquisamos a literatura relevante nas bases de dados PubMed e Scopus e em publicações do National Scientific Council on the Developing Child. Síntese dos dados: Com o declínio na incidência de doenças transmissíveis em crianças, problemas do desenvolvimento, comportamento e regulação emocional fazem cada vez mais parte do trabalho do pediatra, mas muitos ainda não estão treinados e se sentem desconfortáveis com essa extensão do seu papel. Os instrumentos de triagem do desenvolvimento e comportamento foram revisados e uma lista de verificação da “prontidão escolar” foi apresentada, juntamente com orientações sobre como o pediatra pode incorporar a vigilância da saúde mental em sua de rotina de atendimento, consciente da necessidade da aquisição das habilidades sociais, emocionais e cognitivas para que a criança possa desenvolver toda sua potencialidade. Conclusões: O papel do pediatra no futuro irá abranger tanto a saúde física quanto a mental e reconhecer que o desenvolvimento social, a resiliência e o amadurecimento emocional são tão importantes quanto o crescimento físico e as habilidades neuromotoras no curso da vida de uma criança.
Descritores: Papel do Médico
Transtornos do Comportamento Infantil/diagnóstico
Deficiências do Desenvolvimento/diagnóstico
Transtornos Motores/diagnóstico
Transtornos Mentais/diagnóstico
-Brasil
Transtornos do Comportamento Infantil/fisiopatologia
Desenvolvimento Infantil/fisiologia
Deficiências do Desenvolvimento/fisiopatologia
Programas de Rastreamento/métodos
Saúde Mental
Transtornos Motores/fisiopatologia
Transtornos Mentais/fisiopatologia
Destreza Motora/fisiologia
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1090408
Autor: Delgado, Daiane Alves; Michelon, Rita Cassiana; Gerzson, Laís Rodrigues; Almeida, Carla Skilhan de; Alexandre, Maria da Graça.
Título: Avaliação do desenvolvimento motor infantil e sua associação com a vulnerabilidade social / Evaluación del desarrollo motor infantil y su asociación con la vulnerabilidad social / Evaluation of child motor development and its association with social vulnerability
Fonte: Fisioter. Pesqui. (Online);27(1):48-56, jan.-mar. 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar o desenvolvimento motor de crianças de quatro a 17 meses e investigar sua associação com fatores de risco sociodemográficos. Estudo transversal, descritivo, composto por crianças de quatro a 17 meses provenientes da unidade de internação pediátrica de um hospital público de Porto Alegre (RS), clinicamente estáveis e com alta breve prevista. Para a avaliação dos fatores de risco sociodemográficos foi utilizado um questionário elaborado pelas pesquisadoras, que abordou fatores biológicos, sociais e ambientais. Para a avaliação do desenvolvimento motor foi utilizada a Alberta Infant Motor Scale na versão traduzida, adaptada e validada para a população brasileira. Para a análise estatística foi utilizado o teste t de Student e o teste qui-quadrado, com nível de significância de 5% (p≤0,05). De um total de 110 crianças avaliadas, o desempenho motor se mostrou aquém do esperado em mais da metade delas (63,6%, n=70). Houve associação estatisticamente significativa entre o desenvolvimento motor e vacinas atrasadas (p=0,005), convivência com tabagistas em casa (p=0,047) e recebimento de benefício socioeconômico (p=0,036). Conclui-se que esses fatores sociais podem estar associados a fatores de risco ao desenvolvimento motor de crianças de quatro a 17 meses.

RESUMEN El presente estudio tuvo el objetivo de evaluar el desarrollo motor de niños de 4 a 17 meses de edad e investigar su asociación con factores de riesgo sociodemográficos. Es un estudio transversal, descriptivo, en el cual participaron niños de 4 a 17 meses de la unidad de hospitalización pediátrica de un hospital público en Porto Alegre (Brasil), clínicamente estables y con la espera de recibir el alta pronto. Para la evaluación de los factores de riesgo sociodemográficos, se utilizó un cuestionario desarrollado por los investigadores, que abordó los factores biológicos, sociales y ambientales. Para la evaluación del desarrollo motor, se utilizó la Alberta Infant Motor Scale en la versión traducida, adaptada y validada para la población brasileña. En el análisis estadístico, se aplicaron la prueba t de Student y la prueba chi-cuadrado, con un nivel de significación del 5% (p≤0,05). De 110 niños evaluados, más de la mitad de ellos (63,6%, n=70) tuvieron rendimiento motor inferior a lo esperado. Hubo una asociación estadísticamente significativa entre el desarrollo motor y las vacunas tardías (p=0,005), la convivencia con fumadores en el hogar (p=0,047) y el recibimiento de beneficios socioeconómicos (p=0,036). Se concluye que estos factores sociales pueden estar asociados con factores de riesgo para el desarrollo motor de niños de 4 a 17 meses.

ABSTRACT This study aimed to evaluate the motor development of children aged four to 17 months and investigate its association with sociodemographic risk factors. This is a cross-sectional descriptive study conducted with clinically stable children aged four to 17 months from the pediatric inpatient unit of a public hospital in Porto Alegre, RS, and whose hospital discharge would happen soon. For the evaluation of sociodemographic risk factors, a questionnaire developed by the researchers was used which addressed biological, social and environmental factors. The Alberta Infant Motor Scale (AIMS), in its version translated, adapted and validated to Brazilian Portuguese, was used in the evaluation of motor development. In statistical analysis, Student's t-test and Chi-square test were used with significance level of 5% (p≤0.05) for all tests. From a total of 110 evaluated children, motor performance was lower than expected in more than half of them (63.6%, n=70). Motor development presented statistically significant associations with delayed vaccines (p=0.005), cohabitation with smokers (p=0.047), and receiving socioeconomic benefits (p=0.036). In conclusion, social factors such as delayed vaccines, cohabitation with smokers and receiving socioeconomic benefits may be associated with risk factors related to motor development of children aged four months to 17 months old.
Descritores: Desenvolvimento Infantil
Vulnerabilidade Social
Destreza Motora/fisiologia
-Fatores Socioeconômicos
Poluição por Fumaça de Tabaco
Deficiências do Desenvolvimento/prevenção & controle
Deficiências do Desenvolvimento/reabilitação
Deficiências do Desenvolvimento/epidemiologia
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Fatores de Risco
Transtornos Motores/diagnóstico
Transtornos Motores/prevenção & controle
Transtornos Motores/reabilitação
Transtornos Motores/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  6 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1054936
Autor: Bay, Luisa B; Denzler, Inés; Durand, Consuelo; Eiroa, Hernán; Frabasil, Joaquín; Fainboim, Alejandro; Maxit, Clarisa; Schenone, Andrea; Spécola, Norma.
Título: Enfermedad de Pompe infantil: Diagnóstico y tratamiento / Infantile-onset Pompe disease: Diagnosis and management
Fonte: Arch. argent. pediatr;117(4):271-278, ago. 2019. tab.
Idioma: en; es.
Resumo: La enfermedad de Pompe, o deficiencia de maltasa ácida o glucogenosis tipo II, es una grave enfermedad genética, autosómica recesiva, progresiva, poco frecuente, causada por la deficiencia en la enzima alfa glucosidasa. En la edad pediátrica, puede presentarse con la "forma clásica", la más conocida, con grave compromiso cardíaco y franca hipotonía, o con la "forma no clásica", con comienzo temprano del compromiso motor. La "forma de comienzo tardío" del adulto también puede ocurrir en la infancia o en la adolescencia. Se actualizan los hallazgos clínicos y de diagnóstico disponibles, ya que un tratamiento temprano con reemplazo de la enzima faltante puede mejorar la supervivencia y la calidad de vida del paciente. Se revisan los beneficios y los efectos adversos del tratamiento disponible y nuevas líneas de investigación terapéutica.

Pompe disease, also known as acid maltase deficiency or glycogenosis type II, is a rare severe, autosomal, recessive, and progressive genetic disorder caused by deficiency in alpha-glucosidase. The classic infantile-onset is the most broadly known form of Pompe disease, which presents with severe heart involvement and clear hypotonia, while the non-classic presentation occurs with early motor involvement. Late-onset Pompe disease develops in adults, but it may also occur during childhood or adolescence. Here we update the available clinical and diagnostic findings because an early management with enzyme replacement therapy may improve patients' survival and quality of life. We also review the benefits and adverse effects of available treatments and new lines of therapeutic research.
Descritores: Doença de Depósito de Glicogênio Tipo II
Transtornos Motores
Hipotonia Muscular
Cardiomiopatias
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  7 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838011
Autor: Oliveira, Karen Fernandes de; Martins, Gladys Aires; Galvão, Keila Rejane Ferreira; Kurizky, Patricia Shu.
Título: Lewis-Sumner syndrome associated with infliximab therapy for psoriasis
Fonte: An. bras. dermatol;92(1):156-157, Jan.-Feb. 2017.
Idioma: en.
Descritores: Psoríase/tratamento farmacológico
Doenças Desmielinizantes/induzido quimicamente
Transtornos das Sensações/induzido quimicamente
Fármacos Dermatológicos/efeitos adversos
Infliximab/efeitos adversos
Transtornos Motores/induzido quimicamente
-Síndrome
Linfotoxina-alfa/antagonistas & inibidores
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-775559
Autor: Reyhani-Rad, Siamak; Mahmoudi, Javad.
Título: Effect of adenosine A2A receptor antagonists on motor disorders induced by 6-hydroxydopamine in rat
Fonte: Acta cir. bras;31(2):133-137, Feb. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: PURPOSE: To investigate the role of adenosine A2A receptors on 6-OHDA-induced motor disorder in rat. METHODS: In order to induce experimental model of Parkinson's disease, 6-hydoxydopamine (8 μg/rat) was injected unilaterally into the SNc. After three weeks as a recovery period, 6-OHDA-induced bradykinesia and balance disturbances were assessed by using beam traversal test 10, 30 and 60 minutes after intraperitoneal injections of the drugs (caffeine, SCH58261). RESULTS: The results showed that 6-OHDA (8 μg/rat, Intra-SNc) induced motor disorders of Parkinson's disease and increased elapsed time in the beam test (p<0.001). Injection of caffeine (30 mg/kg, i.p.) and SCH58261 (2 mg/kg, i.p.) attenuated elapsed time on beam (p<0.01 and p<0.001). We showed that acute administration of caffeine and SCH 58261 can improve the 6-OHDA-induced bradykinesia and motor disturbance. CONCLUSION: Adenosine A2AR antagonists improve 6-OHDA-motor deficit and this effect seems to be mediated by the inhibition of A2A presynaptic receptors in substantia nigra pars compacta.
Descritores: Doença de Parkinson Secundária/induzido quimicamente
Cafeína/farmacologia
Oxidopamina/efeitos adversos
Antagonistas de Receptores Purinérgicos P1/farmacologia
Antagonistas do Receptor A2 de Adenosina/farmacologia
-Estudos de Tempo e Movimento
Ratos Wistar
Hipocinesia/induzido quimicamente
Modelos Animais de Doenças
Transtornos Motores/induzido quimicamente
Atividade Motora/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 55 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-795286
Autor: Ortiz, Karin Zazo; Brabo, Natalia Casagrande; Minett, Thais Soares C.
Título: Sensorimotor speech disorders in Parkinson's disease: Programming and execution deficits / Distúrbios sensórios-motores da fala na doença de Parkinson
Fonte: Dement. neuropsychol;10(3):210-216, July-Sept. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: ABSTRACT Introduction: Dysfunction in the basal ganglia circuits is a determining factor in the physiopathology of the classic signs of Parkinson's disease (PD) and hypokinetic dysarthria is commonly related to PD. Regarding speech disorders associated with PD, the latest four-level framework of speech complicates the traditional view of dysarthria as a motor execution disorder. Based on findings that dysfunctions in basal ganglia can cause speech disorders, and on the premise that the speech deficits seen in PD are not related to an execution motor disorder alone but also to a disorder at the motor programming level, the main objective of this study was to investigate the presence of sensorimotor disorders of programming (besides the execution disorders previously described) in PD patients. Methods: A cross-sectional study was conducted in a sample of 60 adults matched for gender, age and education: 30 adult patients diagnosed with idiopathic PD (PDG) and 30 healthy adults (CG). All types of articulation errors were reanalyzed to investigate the nature of these errors. Interjections, hesitations and repetitions of words or sentences (during discourse) were considered typical disfluencies; blocking, episodes of palilalia (words or syllables) were analyzed as atypical disfluencies. We analysed features including successive self-initiated trial, phoneme distortions, self-correction, repetition of sounds and syllables, prolonged movement transitions, additions or omissions of sounds and syllables, in order to identify programming and/or execution failures. Orofacial agility was also investigated. Results: The PDG had worse performance on all sensorimotor speech tasks. All PD patients had hypokinetic dysarthria. Conclusion: The clinical characteristics found suggest both execution and programming sensorimotor speech disorders in PD patients.

RESUMO Introdução: Na doença de Parkinson (DP) a disfunção dos circuitos dos núcleos da base é um fator determinante na fisiopatologia dos sinais clássicos da DP e a disartria hipocinética é uma das manifestações da doença. No que se refere aos distúrbios da fala associados à DP, os modelos recentes de processamento de fala complicam a visão antiga da disartria como um déficit apenas de execução motora. Baseado nos achados de que as disfunções nos gânglios basais podem causar alterações de fala e que os distúrbios não estão apenas relacionados aos déficits de execução motora, mas também de programação motora, o objetivo deste estudo foi investigar a presença de distúrbios sensórios-motores da programação motora além dos de execução motora já descritos na fala de pacientes com DP. Métodos: O estudo é transversal e se baseou numa amostra composta por 60 adultos pareados por sexo, idade e escolaridade: 30 adultos diagnosticados com DP idiopática e 30 adultos sadios (grupo controle). Dados obtidos em um estudo prévio que analisou alterações de fluência em indivíduos com DP foram reanalisados acrescentando-se todos os tipos de manifestações/erros na fala, a fim de verificar falhas de programação e/ou execução motora. Os pacientes também realizaram avaliação da apraxia orofacial. Resultados: Todos os pacientes tinham disartria hipocinética. O grupo com DP obteve pior desempenho em todas as tarefas de fala. Conclusão: As características clínicas das manifestações/erros de fala encontrados em pacientes com DP são sugestivas de déficits de execução e de programação motora.
Descritores: Doença de Parkinson
Distúrbios da Fala
Disartria
Transtornos Motores
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  10 / 55 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039653
Autor: Dalpubel, Daniela; Rossi, Paulo Giusti; Almeida, Mariana Luciano de; Ribeiro, Estela Barbosa; Araújo, Renata; Andrade, Larissa Pires de; Vale, Francisco de Assis Carvalho do.
Título: Subjective memory complaint and its relationship with cognitive changes and physical vulnerability of community-dwelling older adults / Queixa subjetiva de memória e relação com alterações cognitivas e vulnerabilidade física de idosos da comunidade
Fonte: Dement. neuropsychol;13(3):343-349, July-Sept. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT. Memory complaint (MC) is common in older adults and can be confirmed by people close to them, such as family members and caregivers. Studies show an association between MC and cognitive impairment and, hence, physical vulnerability may exacerbate MC. However, the relationship between MC and physical vulnerability is not yet clear in the literature.\ Objective: to investigate the association between MC, cognitive impairment, and physical vulnerability. Methods: this is a cross-sectional study. We evaluated 100 older adults with a mean age of 65 years or over. The Memory Complaint Scale (MCS), Addenbrooke's Cognitive Examination-Revised (ACE-R), Mini-Mental State Examination (MMSE), Vulnerable Elderly Research-13 (VES-13), Geriatric Depression Scale and a sociodemographic questionnaire were applied. Results: participants were divided into two groups according to results on the MCS-A (elderly) and MCS-B (informant). Correlations were found between the MCS-A and the MMSE (p=.045/ρ=.201), ACE-R/Visual-Spatial (p=.048/ρ=.199), and ACE-R/Attention-Orientation (p=.026/ρ=.223). For the MCS-B, correlations were found with total score on the ACE-R (p=.044/ρ=-.202) and the ACE-R/Visual-Spatial (p=0.003/ρ=-.291). Conclusion: MC reported by the informant indicate the need to assess, in more depth, the cognition of the older adult. Thus, for clinical practice, screening of MC through an informant is advised.

RESUMO. A queixa de memória (QM) é comum em idosos e pode ser confirmada por pessoas próximas a ele, como familiares e cuidadores. Estudos apontam associação entre QM e alterações cognitivas e, nesse sentido, a vulnerabilidade física poderia exacerbá-la. Porém, a relação entre QM e vulnerabilidade física ainda não está clara na literatura. Objetivo: investigar a relação entre QM, alterações cognitivas e vulnerabilidade física. Métodos: trata-se de um estudo transversal. Foram avaliados 100 idosos com idade igual ou superior a 65 anos. Utilizou-se a Escala de Queixa de Memória (EQM), Exame Cognitivo de Addenbrooke - Revisado (ACE-R), Mini Exame do Estado Mental (MEEM), Vulnerable Elders Survey-13 (VES-13), Escala de Depressão Geriátrica e questionário sociodemográfico. Resultados: os participantes foram divididos em dois grupos de acordo com os resultados da EQM formas A (idoso) e B (informante). Encontrou-se correlação entre a EQM-A e MEEM (p=.045/ρ=.201), ACE-R Atenção e Orientação (p=.026/ρ=.223) e ACE-R/Visual-Espacial (p=.048/ρ=.199). Na EQM-B encontrou-se correlação entre pontuação total do ACE-R (p=.044/ρ=-.202) e ACE-R/Visual-Espacial. (p=.003/ρ=-.291). Conclusão: o relato de QM a partir do informante aponta a necessidade de avaliação mais aprofundada da cognição dos idosos. Assim, para a prática clínica, o rastreio de QM do informante é aconselhado.
Descritores: Idoso
Disfunção Cognitiva
Transtornos Motores
Memória
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde