Base de dados : LILACS
Pesquisa : F03.625.374.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 26 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 26 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1139947
Autor: Santiago, Leógenes Maia; Duarte Filho, Eduardo Sérgio Donato; Lopes, João Carlos Amorim; Guerra, Fernanda Maria Barros; Sarmento, Carlos Frederico de Moraes; Santos, Dellano Fernandes da Silva.
Título: Surgical treatment of ankyloglossia using an ophthalmic topical anesthetic and a tentacannula for tongue elevation: a case report
Fonte: Rev. Cient. CRO-RJ (Online);5(1):64-68, Jan.-Apr. 2020.
Idioma: en.
Resumo: Ankyloglossia is characterized by the presence of a short lingual frenum that can be inserted from the alveolar ridge to the lingual apex and, until promoting a true fusion of the tongue to the floor. A short lingual frenum can generate several problems such as phonetic disorders. Objective: To describe a surgical technique for the treatment of ankyloglossia using a topical ophthalmic anesthetic and a tentacannula for tongue elevation. Case report: A 15-year-old female was referred for lingual frenulum surgery due to speech impairment. Clinical examination revealed the presence of ankyloglossia which was both hindering the pronunciation of T, D, L phonemes and reducing tongue mobility. The surgical technique chosen was a lingual frenectomy. An ophthalmic topical anesthetic was initially applied to the lateral borders of the frenum with the patient in an upright position and in the presence of adequate aspiration. With the aid of a tentacannula the tongue was raised and the frenulum gradually released with a Goldman-Fox serrated scissor. The topical anesthetic was continuously trickled onto the surgical site during surgery. Results: No postoperative pain was reported by the patient, healing occurred normally and there was no recurrence of abnormal frenulum insertion. Conclusion: The advantages of this technique in comparison to conventional methods which use infiltrative anesthesia include less trauma and a more precise evaluation of tongue movements during surgery, because there will be better control of mobility for the patient when compared to infiltrative techniques.

Introdução: A anquiloglossia caracteriza-se pela presença de um freio lingual curto que pode inserir-se desde o rebordo alveolar até o ápice lingual e, até promover uma verdadeira fusão da língua ao assoalho. Um freio lingual curto poderá gerar vários problemas como distúrbios fonéticos. Objetivo: descrever uma técnica cirúrgica para tratamento da anquiloglossia utilizando um anestésico tópico oftálmico e uma tentacânula para elevação da língua. Relato do caso: Uma paciente com 15 anos de idade foi encaminhada para cirurgia do frênulo lingual devido ao comprometimento da fala. O exame clínico revelou a presença de anquiloglossia, dificultando a pronúncia dos fonemas T, D, L e, reduzindo a mobilidade da língua. A técnica cirúrgica escolhida foi a frenectomia lingual. Um anestésico tópico oftálmico foi aplicado inicialmente nas bordas laterais do freio com o paciente na posição vertical e na presença de aspiração adequada. Com o auxílio de uma tentacânula, a língua foi elevada e o frênulo foi gradualmente liberado com uma tesoura serrilhada Goldman-Fox. O anestésico tópico foi continuamente gotejado para o local cirúrgico durante a cirurgia. Resultados: Nenhuma dor pós-operatória foi relatada pelo paciente, a cicatrização ocorreu normalmente e não houve recorrência da inserção anormal do frênulo. Conclusão: As vantagens dessa técnica em comparação aos métodos convencionais que utilizam anestesia infiltrativa, incluem menor trauma e uma avaliação mais precisa dos movimentos da língua durante a cirurgia, pois haverá um melhor controle da mobilidade do paciente quando comparado às técnicas infiltrativas.
Descritores: Doenças Estomatognáticas
-Distúrbios da Fala
Transtorno Fonológico
Anquiloglossia
Anestésicos
Freio Labial
Responsável: BR1356.1 - Biblioteca Prof Antonio F Ribeiro da Silva Filho


  2 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-786216
Autor: Cervi, Tais; Keske-Soares, Marcia; Drügg, Angela Maria Schneider.
Título: Implicações psíquicas no desvio fonológico analisadas por meio dos contos de fadas / Psychic implications in phonological disorder analyzed through fairy tales
Fonte: Psicol. Estud. (Online);20(2):212-224, abr.-jun. 2015.
Idioma: en; pt.
Resumo: Nesta pesquisa analisou-se a relação entre o desvio fonológico e as questões psíquicas envolvidas nessa patologia e a forma como as crianças se posicionaram diante de tal sintoma. O desvio fonológico é uma alteração da fala, com uso inadequado de fonemas e ausência de fatores orgânicos identificáveis. Sua maior ocorrência é constatada entre quatro e oito anos de idade. O objetivo deste estudo foi analisar a posição refratária e outros aspectos psicológicos em crianças com desvio fonológico por meio dos contos de fadas. Empregou-se uma metodologia qualitativa, a partir da análise de conteúdo. Participaram da pesquisa dez crianças, de ambos os sexos, na faixaetária de quatro anos a sete anos e 11 meses, diagnosticadas com desvio fonológico e encaminhadas ao serviço de atendimento fonoaudiológico de uma instituição de ensino superior. Para a coleta de dados, o instrumento utilizado foi os contos de fadas. Os dados foram generalizados e agrupados em categorias temáticas e apontaram que todas as crianças da pesquisa eram refratárias à convenção linguística em virtude de uma dificuldade de sair do período de dependência relativa para a independência, desenvolvendoassim um sintoma de linguagem

This research analyzed the relationship between phonological disorder and the mental issues involved in this pathology, as well as how the children stood before such symptom. Phonological disorder is a speech abnormality characterized by inappropriate use of phonemes and absence of identifiable organic factors. Its greatest occurrence is observed between the ages of 4 and 8 years old. The aim of this study was to analyze the refractory position and other psychological aspects in children with phonological disorders through fairy tales. A qualitative methodology based on content analysis was applied. This study counted with the participation of 10 children of both sexes, aged between 4 and 7 years and 11 months old, diagnosed with phonological disorders and referred to the speech therapy department of a higher education institution. The instrument for data collection was fairy tales. Data was generalized and grouped into thematic categories and showed that all children of the study were refractory in relation to linguistic conventions due to a difficulty to leave the period of relative dependence towards independence, thus developing a speech symptom.
Descritores: Distúrbios da Fala/etiologia
Distúrbios da Fala/psicologia
Sintomas Psíquicos
-Fala
Narração
Transtorno Fonológico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Clínico
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  3 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-884705
Autor: González Riveros, G; Taboada Torres, MJ.
Título: Efecto de una estimulación musical en el desarrollo fonológico del lenguaje en niños del nivel preescolar / The effect of a musical stimulation in the phonological development of language in preschoolchildren
Fonte: Rev. Nac. (Itauguá);8(1):24-32, jun 2016.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: en la edad preescolar, los niños frecuentemente intentan simplificar su lenguaje. Estas estrategias de simplificación, llamadas procesos de simplificación fonológica, los cuales se sub dividen en tres: de estructura silábica, de asimilación y de sustitución; estas son eliminadas paulatinamente durante el desarrollo fonológico hasta presentar nulos o escasos procesos a los seis años. Si los procesos persisten se considera un trastorno fonológico la cual es abarcada mediante la terapia fonológica tradicional la cual ofrece varias estrategias que buscan la generalización en las producciones del niño, es decir sin abordar todos los blancos posibles ya que los procesos presentan una importante variación individual. Una estrategia innovadora dentro de este enfoque es la aplicación de la música, la cual presenta varias similitudes con el lenguaje hablado. Objetivo: determinar el efecto de la estimulación musical con canciones infantiles en el desarrollo del aspecto fonológico del lenguaje de los alumnos de preescolar del Centro Educacional "Sagrados Corazones de Jesús y de María". Materiales y método: experimental intra-grupo, porque se realiza una intervención en una misma población que sirve de control. Se utiliza el TEPROSIF-R como instrumento de evaluación a 55 niños que acuden al preescolar y las canciones infantiles como instrumento de intervención. Resultados: se observó post intervención, una reducción significativa de la media de los procesos de estructura silábica y de los procesos de sustitución. Se apreció que la disminución de la media de los procesos de asimilación en relación a la media de los procesos de sustitución fue menos significativa, debido a que estos fueron menos frecuentes en los sujetos de estudio. Conclusión: tendencia a la reducción de los casos de niveles en riesgo y en déficit y por ende, un aumento significativo del número de alumnos con un nivel de desempeño fonológico normal en un 20%, debido al efecto directo de la intervención con canciones infantiles.

Introduction: in preschool, children often try to simplify their language. These strategies of simplification, called phonological simplification processes, which are sub divided into three: syllabic structure, assimilation and substitution are gradually eliminated during phonological development until they are reduced with little or no process at age of six. If processes persist they must be considered a phonological disorder which is approached by the traditional phonological therapy which offers several strategies that seeks generalization in productions of the child, without addressing all possible targets as processes exhibit significant individual variation. An innovative strategy in this approach is the application of music, which has several similarities with spoken language. Objective: to determine the effect of musical stimulation with nursery rhymes in the development of the phonological aspect of language in students who attend preschool education at the Educational Center "Sagrados Corazones de Jesus y María". Materials and methods: experimental intra-group because an intervention on the same control population is performed. The TEPROSIF-R is used as an assessment tool to evaluate the phonological aspect of language to 55 children attending the preschool education and nursery rhymes as an instrument of intervention. Results: a significant reduction of the average in the processes related to syllabic structure and substitution processes is observed. It is noted that the decrease in mean of assimilation processes in relation to the average substitution process was less significant, because these were less frequent in the study subjects. Conclusion: a tendency of reduced cases in levels at risk and deficit is evident and therefore, a significant increase in the number of students with a normal level of phonological performance by 20% due to the direct effect of the intervention with nursery rhymes.
Descritores: Distúrbios da Fala/reabilitação
Estimulação Acústica
Linguagem Infantil
Transtorno Fonológico/reabilitação
Música
-Transtornos da Articulação/reabilitação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Clínico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Mota, Helena Bolli
Texto completo
Id: biblio-950632
Autor: Melo, Roberta Michelon; Mota, Helena Bolli; Berti, Larissa Cristina.
Título: Parâmetros acústicos e articulatórios durante a produção do contraste entre oclusivas alveolares e velares: dados típicos e de desvio fonológico / Acoustic and articulatory parameters during the production of the contrast between alveolar and velar stops: typical and phonological disorder data
Fonte: Audiol., Commun. res;22:e1732, 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul.
Resumo: RESUMO Introdução Análises instrumentais de fala, como a análise acústica e a articulatória (por exemplo, as imagens de ultrassom de língua), podem identificar habilidades linguísticas dos falantes, não detectadas por análise perceptivoauditiva. Objetivo Comparar os parâmetros acústicos e articulatórios entre as oclusivas alveolares e velares e entre crianças com desenvolvimento típico de fala e crianças com desvio fonológico. Métodos A amostra consistiu de 15 crianças com desenvolvimento típico de fala e sete crianças com desvio fonológico. O corpus foi composto pelas palavras alvo: /'kapə/, /'tapə/, /'galo/ e /'daɾə/, inseridas em frase veículo e nomeadas espontaneamente. Foi realizada a gravação simultânea de áudio e vídeo (imagens de ultrassonografia de língua). Os dados passaram por análise acústica e articulatória. Resultados Seis (pico espectral, centroide, variância, assimetria, curtose e transição consoante-vogal) dos nove parâmetros acústicos investigados não mostraram distinções entre os grupos. Os valores de pico espectral e transição consoante-vogal foram os únicos não significativos para a marcação do contraste alvo. Em relação aos dados de ultrassonografia, a proporção de eixos significantes das regiões anterior e posterior de língua mostrou algumas diferenças no grupo típico, diferentemente do grupo com desvio fonológico. As curvas de língua também evidenciaram particularidades, em ambos os grupos. Conclusão Os parâmetros acústicos e articulatórios forneceram evidências sobre o contraste fônico entre oclusivas alveolares e velares, na amostra estudada. Observou-se um refinamento articulatório das crianças com desenvolvimento típico de fala e a presença de contrastes encobertos na fala das crianças com desvio fonológico.

ABSTRACT Introduction Speech instrumental analysis, such as acoustic and articulatory (e.g. ultrasound tongue images) may identify speakers' undetected linguistic skills through auditory perceptual analysis. Purpose To compare the acoustic and articulatory parameters between alveolar and velar stops and between children with typical speech development and children with phonological disorders. Methods The sample consisted of fifteen children with typical speech development and seven children with phonological disorders. The corpus was organized through the target-words: /'kapə/, /'tapə/, /'galo/ and /'daɾə/, into carrier phrase and spontaneously named. Simultaneous audio and video (tongue ultrasound images) recording were performed. The data was analyzed in acoustic and articulatory ways. Results Six (spectral peak, centroid, variance, skewness, kurtosis and consonant-vowel transition) of the nine acoustic parameters investigated did not demonstrate any distinctions between children with and without speech alterations. Only spectral peak and consonant-vowel transition values were not significant for differentiating the target contrast. In relation to the ultrasound data, the proportion of significant axes of the tongue's anterior and posterior region showed some significant variations in the typical group, different from the group with phonological disorders. The tongue curves also evidenced particularities between the groups. Conclusion The acoustic and articulatory parameters provided evidence about the phonic contrast between alveolar and velar stops in the studied sample. It was observed an articulatory refining of children with typical speech development and the presence of covert contrast in the speech of children with phonological disorders.
Descritores: Acústica da Fala
Distúrbios da Fala
Transtorno Fonológico
-Língua/diagnóstico por imagem
Ultrassonografia
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895169
Autor: Bandini, Heloisa Helena Motta; Bandini, Carmen Silvia Motta; Ranciaro Neto, Adhemar.
Título: Relations Between Reading, Vocabulary and Phonological Awareness in low-Income Children / Relações entre Leitura, Consciência Fonológica e Vocabulário em Crianças de Baixa Renda / Relaciones entre lectura, conciencia fonológica y vocabulario en niños de bajos ingresos
Fonte: Paidéia (Ribeirão Preto, Online);27(68):314-323, Sept.-Dec. 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: São Paulo Research Foundation; . National Council of Scientific and Technological Development.
Resumo: Abstract: Phonological awareness, intelligence, vocabulary and socioeconomic status (SES) have been considered important variables in the acquisition of reading. Nevertheless, attention deficit is associated to low reading performance. The purpose of this work was to investigate correlations among phonological awareness, vocabulary, intelligence, focused attention and reading skills in children with low SES exposed to a non-effective teaching environment. This study included 111 children belonging to socioeconomic classes D and E who were enrolled at a state school. Results pointed to a positive correlation among vocabulary, intelligence, phonological awareness and reading scores. There was no significant correlation between attention measures and reading ability. The relations among the variables continued, even in a population with low SES, although bad teaching environment acts as a limiting factor for the students' development of their reading ability.

Resumo: Consciência fonológica, inteligência, vocabulário e nível socioeconômico vêm sendo consideradas variáveis importantes para a aquisição da leitura. Ao mesmo tempo, déficits de atenção vêm sendo relacionados ao mau desempenho em leitura. O objetivo foi investigar as correlações entre as habilidades de consciência fonológica, vocabulário, inteligência, atenção concentrada e leitura em crianças de baixo nível socioeconômico expostas a ambiente precário de ensino. Participaram 111 crianças de uma escola pública, pertencentes às classes socioeconômicas D e E. Os resultados indicaram correlações positivas entre as habilidades de vocabulário, inteligência, consciência fonológica e leitura. A atenção não contribuiu para a explicação da competência em leitura. Verificou-se que as relações entre as variáveis em questão são mantidas, mesmo em populações de baixo nível socioeconômico, entretanto, o ambiente precário de ensino pode ser um fator limitante para a expansão da capacidade de leitura dos estudantes.

Resumen: Conciencia fonológica, inteligencia, vocabulario y estatus socioeconómico se han considerado variables importantes para el aprendizaje de la lectura. Al mismo tiempo, el déficit de atención se ha relacionado con los malos resultados de lectura. El objetivo de este estudio fue investigar la correlación entre conciencia fonológica, vocabulario, inteligencia, atención enfocada y lectura en niños de bajo nivel socioeconómico expuestos a malas condiciones de enseñanza. En este estudio participaron 111 niños que pertenecen a las clases socioeconómicas D y E y fueron inscritos en una escuela pública. Los resultados indican correlaciones positivas entre las puntuaciones de vocabulario, inteligencia, conciencia fonológica y lectura. No fue encontrada correlación significativa entre la medida de atención y la aptitud para la lectura. Se encontró que la relación entre las variables en cuestión se mantiene incluso en poblaciones de bajos ingresos, sin embargo, la pobreza del entorno de enseñanza actúa como factor limitante para el desarrollo expansión de la capacidad de lectura de los estudiantes.
Descritores: Leitura
Atenção
Classe Social
Vocabulário
Transtorno Fonológico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  6 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-996025
Autor: Cavalheiro, Maria Gabriela; Corrêa, Camila de Castro; Berretin-Felix, Giédre; Maximino, Luciana Paula.
Título: Interferência do frênulo lingual para a evolução do quadro fonológico: caso clínico / Interchange of ankyloglossia for the evolution of the phonological framework: clinical case / Interferencia del anquilogossia para la evolución del cuadro fonológico: caso clínico
Fonte: Distúrb. comun;30(4):785-790, dez. 2018. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A alteração de frênulo lingual se torna agravante em crianças com Transtorno Fonológico. Tendo em vista a complexidade da produção de fala, é necessário garantir que a intervenção fonoaudiológica contemple o equilíbrio entre forma e função. Objetivo: objetivo deste estudo foi descrever o processo terapêutico de uma criança, do sexo masculino, aos cinco anos de idade, com Transtorno Fonológico e alteração de frênulo lingual Métodos: O diagnóstico de Transtorno Fonológico foi realizado aos 5 anos de idade. A avaliação do aspecto fonológico foi realizada por meio da aplicação das provas de imitação e nomeação do Teste de Linguagem Infantil ABFW- item fonologia e cálculo de Porcentagem de Consoantes Corretas (PCC) em três momentos distintos. A intervenção terapêutica foi baseada no Modelo de Ciclos Modificado e realizada Frenectomia. Resultados: No processo de intervenção foram realizadas 12 sessões de terapia fonoaudiológica enquanto a criança aguardava o procedimento cirúrgico, notando-se evolução limitada dos fonemas /r/ e /l/. Foi realizado procedimento cirúrgico de Frenectomia e 23 sessões de terapia fonoaudiológica com o objetivo de organizar o sistema fonológico. Após intervenção terapêutica e cirúrgica foi observado melhora no grau de inteligibilidade de fala que passou de Levemente Moderado para Leve e adequação de processos fonológicos não esperados para a idade. Conclusão: A terapia fonoaudiológica com o enfoque nos processos fonológicos foi importante para amenizar a gravidade da inteligibilidade de fala, porém se faz fundamental o procedimento cirúrgico, visando melhorar as distorções articulatórias justificadas pela forma alterada.

Introduction: Changing lingual frenulum becomes aggravating in children with Phonological Disorder. In view of the complexity of speech production, the speech-language intervention is necessary to ensure the balance between form and function. Objective: The purpose of this study is to describe the therapeutic process of a male child at five years of age with Phonological Disorder and lingual frenulum alteration. Methods: The diagnosis of Phonological Disorder was performed at 5 years of age. The evaluation of the phonological aspect was performed through the application of the imitation tests and appointment of the Children's Language Test ABFW- phonology and calculation of Percentage of Correct Consonants (PCC) in three different moments. The therapeutic intervention was based on the Modified Cycle Model and performed Frenectomy. Results: In the intervention process 12 speech therapy sessions were performed while the child waited for the surgical procedure, with a limited evolution of the / r / and / l / phonemes. A surgical procedure of Frenectomy and 23 speech therapy sessions were performed with the objective of organizing the phonological system. After therapeutic and surgical intervention, an improvement was observed in the degree of speech intelligibility that went from mild to moderate and adequacy of phonological processes not expected for the age. Conclusion: Speech therapy with a focus on phonological processes was important to improve speech intelligibility, but the surgical procedure is fundamental to improve articulatory distortions justified by the altered form.

Introducción: La alteración de frentes linguales se vuelve agravante en niños con trastorno fonológico. En vista de la complejidad de la producción de habla, es necesario garantizar que la intervención contemple el equilibrio entre forma y función. Objetivo: Describir el proceso terapéutico de un niño, sexo masculino, a los cinco años de edad, con trastorno fonológico y alteración de frente lingual. Métodos: El diagnóstico de trastorno fonológico fue realizado a los 5 años de edad. La evaluación del aspecto fonológico fue realizada por medio de la aplicación de las pruebas de imitación y nombramiento del Test de Lenguaje Infantil ABFW- elemento fonología y cálculo de Porcentaje de Consonantes Corretas (PCC) en tres momentos distintos. La intervención terapéutica fue basada en el Modelo de Ciclos Modificado y realizada Frenectomía. Resultados: Se realizaron 12 sesiones de terapia fonoaudiológica mientras el niño aguardaba el procedimiento quirúrgico, notándose una evolución limitada de los fonemas / r / y / l /. Se realizó Frenectomía y 23 sesiones de terapia fonoaudiológica con el objetivo de organizar el sistema fonológico. Después de intervención terapéutica y quirúrgica se observó mejoría en el grado de inteligibilidad de habla que pasó de Leoso Moderado a Ligera y adecuación de procesos fonológicos. Conclusión: La terapia de fala con el enfoque en los procesos fonológicos fue importante para amenizar la gravedad de la inteligibilidad de habla, pero se hace fundamental el procedimiento quirúrgico, buscando mejorar las distorsiones articulatorias justificadas por la forma alterada.
Descritores: Transtorno Fonológico
Anquiloglossia
Freio Lingual
Limites: Humanos
Masculino
Pré-Escolar
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  7 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-995714
Autor: Silva, Renata Rodrigues de Andrade; Balbino, Elisa Maria Santos; Souza, Thaís Nobre Uchôa; Costa, Ranilde Cristiane Cavalcante.
Título: Processamento fonológico: comparação entre crianças com e sem transtorno fonológico / Phonological processing: comparison between children with and without phonological disorder / Procesamiento fonológico: comparación entre niños con y sin trastorno fonológico
Fonte: Distúrb. comun;30(4):637-646, dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O transtorno fonológico (TF) é o fracasso no uso de sons da fala esperados para as etapas do desenvolvimento. Dentre os fatores relacionados com o desenvolvimento da linguagem oral, há o processamento fonológico (PF), formado pelas habilidades de acesso ao léxico, memória fonológica e consciência fonológica. Objetivos: Comparar o desempenho do PF entre crianças com e sem TF, bem como correlacionar as habilidades do PF entre si e com o processamento fonológico total (PFT). Método: Estudo observacional transversal. Participaram 20 crianças entre 5 anos e 8 anos, meninos e meninas, separados em Grupo Pesquisa (GP) e Grupo Controle (GC), respectivamente à presença ou ausência de TF. Foi realizada avaliação das habilidades do PF com Prova de Nomeação Rápida, Teste Infantil Brasileiro de Repetição de Pseudopalavras e Prova de Consciência Fonológica. Os dados receberam análise estatística. Resultados: Foi observada maior prevalência do TF no sexo masculino. Os grupos se mostraram estatisticamente diferentes nas habilidades de acesso ao léxico, memória fonológica e no PFT, com melhor desempenho para o GC. No GP, foram observadas correlações entre as habilidades do PF, com exceção da memória fonológica, que não apresentou correlação com idade e consciência fonológica. No GC, também foram observadas correlações entre as habilidades, com exceção do acesso ao léxico, que apresentou correlação apenas com PFT. Conclusão: As crianças do GP apresentaram pior desempenho nas provas do PF, exceto em consciência fonológica, onde os grupos apresentaram desempenhos semelhantes. As habilidades do PF mostraram correlações entre si, com algumas exceções.

Introduction: Phonological disorder (TF, in Portuguese) is the failure to use speech sounds expected for the stages of development. Among the factors related to the development of oral language, there is phonological processing (PF, in Portuguese), formed by the abilities of lexical access, phonological memory and phonological awareness. Objective: To compare the performance of PF in children with and without TF, as well as to correlate PF skills with each other and with total phonological processing (PFT, in Portuguese). Method: Cross-sectional observational study. Twenty children between 5 years and 8 years old, boys and girls, were separated in the Research Group (GP) and Control Group (CG), respectively, in the presence or absence of TF. An evaluation of the abilities of the PF was performed with Quick Nomination Test, Brazilian Children's Test of Pseudoword Repetition and Phonological Consciousness Test. The data were analyzed statistically. Results: It was observed a higher prevalence of TF in males. The groups were statistically different in the lexical access, phonological memory and PFT abilities, with better performance for the GC. In GP, correlations were observed between the abilities of the PF, with the exception of phonological memory, which did not present correlation with age and phonological awareness. In GC, correlations between abilities were also observed, except for access to the lexicon, which showed correlation only with PFT. Conclusion: The GP children presented worse performance in the PF tests, except in phonological awareness, where the groups presented similar performances. PF skills showed correlations with each other, with some exceptions.

Introducción: El trastorno fonológico (TF) es el fracaso en el uso de sonidos del habla esperados para las etapas del desarrollo. Entre los factores relacionados con el desarrollo del lenguaje oral, hay el procesamiento fonológico (PF), formado por las habilidades de acceso al léxico, memoria fonológica y conciencia fonológica. Objetivos: Comparar el desempeño del PF entre niños con y sin TF, así como correlacionar las habilidades del PF entre sí y con el procesamiento fonológico total (PFT). Método: Estudio observacional del tipo transversal. Participaron 20 niños entre 5 años y 8 años y 11 meses, niños de 5 a 8 años, niños y niñas, separados en grupo de investigación (GP) y grupo control (GC), respectivamente, a la presencia o ausencia de TF. Se realizó una evaluación de las habilidades del PF con Prueba de Nombramiento Rápido, Prueba Infantil Brasileña de Repetición de Pseudopalabras y Prueba de Conciencia Fonológica. Los datos recibieron análisis estadísticos. Resultados: Se observó mayor prevalencia del TF en el género masculino. Los grupos se mostraron estadísticamente diferentes en las habilidades de acceso al léxico, memoria fonológica y en el PFT, con mejor desempeño para el GC. En el GP, se observaron correlaciones entre las habilidades del PF, con excepción de la memoria fonológica, que no presentó correlación con edad y conciencia fonológica. En el GC, también se observaron correlaciones entre las habilidades, con excepción del acceso al léxico, que presentó correlación sólo con PFT. Conclusión: Los niños del GP presentaron peor desempeño en las pruebas del PF, excepto en conciencia fonológica, donde los grupos presentaron desempeños similares. Las habilidades del PF mostraron correlaciones entre sí, con algunas excepciones.
Descritores: Linguagem Infantil
Avaliação Educacional
Fonoaudiologia
Transtorno Fonológico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  8 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1001364
Autor: Côrte, Margaret Mendonça Diniz da; Vicente, Laélia Cristina Caseiro; Friche, Amélia Augusta de Lima.
Título: Decanulação: indicadores sociodemográficos, clínicos e fonoaudiológicos preditivos de sucesso / Decannulation: sociodemographic, clinical and speech-language indicators predictive of success
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e2103, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivos Identificar a prevalência de sucesso na decanulação em pacientes adultos traqueostomizados e analisar os indicadores sociodemográficos, clínicos e fonoaudiológicos preditivos no processo. Métodos Estudo retrospectivo, observacional, com análise de prontuário de 189 pacientes adultos traqueostomizados internados, de junho de 2014 a dezembro de 2016, comparando variáveis sociodemográficas, clínicas e fonoaudiológicas entre os grupos decanulados e não decanulados, por meio de análise logística univariada e multivariada. Resultados A prevalência de sucesso na decanulação foi de 42,8%. A proporção entre sexo feminino e masculino foi semelhante nos dois grupos, com menor média de idade dos decanulados. As doenças mais observadas, nos dois grupos, foram diabetes mellitus e doenças neurológicas. Houve maior proporção de pacientes que decanularam entre os que apresentaram deglutição funcional, ausência de alterações vocais, deglutição espontânea de saliva, maior nível de consciência, dieta por via oral, teste Blue Dye negativo, tosse eficaz, capacidade para remover as secreções pulmonares, ausência de secreções abundantes, balonete desinsuflado, troca de cânula plástica por metálica, ausência de infecções ativas e de oxigenoterapia. A análise multivariada revelou, como variáveis associadas ao sucesso na decanulação, a ausência de secreções abundantes, a capacidade de remover secreções e o tempo de oclusão da traqueostomia. Conclusão A decanulação ocorreu em 42,8% dos pacientes adultos internados e os indicadores preditivos para o sucesso neste processo foram relacionados à secreção pulmonar e a capacidade de oclusão do estoma, mantendo a via aérea superior pérvia.

ABSTRACT Purpose Identify the prevalence of success in decannulation in adult tracheostomized patients and the sociodemographic, clinical and speech-language indicators predictive in the process. Methods Retrospective, observational study with analysis of medical records of 189 hospitalized tracheostomized adult patients, from June 2014 to December 2016, comparing the sociodemographic, clinical and speech-language variables between the decannulated and non-decannulated groups through univariate and multivariate logistic analyses. Results Success in decannulation was 42.8%. The proportion of females and males was similar in both groups, with lower mean age for the decannulated patients. The most frequently observed diseases in both groups were diabetes mellitus and neurological diseases. There was a greater proportion of decannulated patients among those who presented functional swallowing, absence of vocal disorders, spontaneous swallowing of saliva, higher levels of consciousness, oral feeding, negative Blue Dye test results, effective cough, ability to remove lung secretions, absence of abundant secretions, deflated cuff, replacement of plastic cannula with metal cannula, absence of active infections, and absence of oxygen therapy. Multivariate analysis revealed the following variables as associated with success in decannulation: absence of abundant secretions, ability to remove lung secretions, and tracheostomy-tube occlusion time. Conclusion Decannulation occurred in 42.8% of the hospitalized adult patients and the indicators predictive of success in this process were associated with pulmonary secretion and stomal occlusion capacity, keeping the upper airway open.
Descritores: Traqueostomia
Indicadores Demográficos
-Transtornos de Deglutição
Estudos Retrospectivos
Transtorno Fonológico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  9 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950613
Autor: Melo, Ândrea de; Mezzomo, Carolina Lisbôa; Garcia, Michele Vargas; Biaggio, Eliara Pinto Vieira.
Título: Efeitos do treinamento auditivo computadorizado em crianças com distúrbio do processamento auditivo e sistema fonológico típico e atípico / Effects of computerized auditory training in children with auditory processing disorder and typical and atypical phonological system
Fonte: Audiol., Commun. res;21:e1683, 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Investigar os efeitos do treinamento auditivo computadorizado (TAC) por meio da análise do desempenho em testes comportamentais e da Escala de Funcionamento Auditivo (SAB), em crianças com distúrbio do processamento auditivo (DPA) e sistema fonológico típico e atípico. Métodos: Participaram 14 crianças com DPA, sete crianças com DPA e aquisição fonológica típica (G1) e sete com DPA e aquisição fonológica atípica (G2). Foi realizada a avaliação comportamental do processamento auditivo com o Teste de Detecção de Intervalo Aleatório (RGDT), Teste de Inteligibilidade Pediátrica (PSI), Teste Dicótico Não Verbal (TDNV) e Escala de Funcionamento Auditivo (SAB). Para composição dos grupos realizou-se a Avaliação Fonológica da Criança. A intervenção terapêutica foi realizada por meio do software Escuta Ativa, com 12 sessões, duas vezes por semana. Utilizou-se testes estatísticos adequados. Resultados: No desempenho nos testes comportamentais do processamento auditivo (PA), pré-TAC e pós-TAC, o resultado foi significativo no RGDT e TDNV, etapa de escuta direcionada à esquerda em ambos os grupos e TDNV à direita apenas no G2. Houve correlação positiva entre SAB e algumas condições de escuta do teste PSI em ambos os grupos, tanto pré-TAC quanto pós-TAC, além de correlação negativa entre a SAB e o teste RGDT pós-TAC, no grupo com aquisição fonológica típica e DPA. A SAB mostrou-se um instrumento útil para mensurar o efeito do TAC. Conclusão: O TAC mostrou-se eficaz para melhorar/adequar os processos gnósicos auditivos em escolares dos grupos estudados. Houve correlação entre os testes comportamentais e o escore na SAB.

ABSTRACT Purpose: To investigate the effects of computerized auditory training (CAT) through performance analysis of behavioral tests and Scale of Auditory Behaviors (SAB), in children with Auditory Processing Disorder (APD) and typical and atypical phonological system. Methods: Forteen children with APD, seven children with APD and typical phonological acquisition (G1) and seven with APD and atypical phonological acquisition (G2) participated. It was performed an auditory processing behavioral evaluation with Random Gap Detection Test (RGDT), Pediatric Speech Intelligibility test (PSI), Nonverbal Dichotic Test (NVDT) and SAB. For composition of the groups it was performed a Child Phonological Assessment. The therapeutic intervention was performed using the Escuta Ativa software, with 12 sessions held twice a week. Appropriate statistical tests were used. Results: In the performance in behavioral tests of auditory processing (AP), pre-and post-CAT, there was a significant result in RGDT and NVDT, hearing stage directed to the left in both groups and NVDT to the right only in G2. There was a positive correlation between SAB and some listening conditions of the PSI test in both groups, including pre and post-CAT. Moreover, there was a negative correlation between SAB and the RGDT test post-CAT in the group with typical phonological acquisition and APD. SAB proved to be a useful tool to measure the effect of CAT. Conclusion: CAT was effective to improve/adapt the gnosis auditory processes in the studied school groups. There was a correlation between behavioral tests and the score in the SAB.
Descritores: Transtornos da Articulação/terapia
Transtornos da Percepção Auditiva/terapia
Informática Médica/instrumentação
Transtorno Fonológico
-Distúrbios da Fala
Estimulação Acústica/estatística & dados numéricos
Limites: Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 26 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895172
Autor: Mendes, Gabriela Guarnieri; Barrera, Sylvia Domingos.
Título: Phonological Processing and Reading and Writing Skills in Literacy / Processamento Fonológico e Habilidades de Leitura e de Escrita na Alfabetização / Procesamiento Fonológico y Habilidades de Lectura y Escritura en la Alfabetización
Fonte: Paidéia (Ribeirão Preto, Online);27(68):298-305, Sept.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract: Studies suggest the influence of phonological processing on literacy, although there is controversy about the cognitive skills underlying this construct. This study investigated the contribution of phonological awareness, phonological memory, rapid naming and visual processing in reading and writing performance of a sample of 50 students of the 3rd grade of an Elementary Public School. The results indicated that phonological awareness and phonological memory are the skills that contributed most to the initial performance in reading and writing. In respect of rapid naming, only the letters naming showed significant correlation with reading and writing and there was no correlation between visual processing and reading or writing. The exploratory factor analysis suggested the grouping of variables in three factors, the first formed by the phonological memory and phonological awareness, the second formed by the rapid naming and the third by the visual processing.

Resumo: Estudos sugerem a influência do processamento fonológico sobre a alfabetização, embora haja controvérsias sobre as habilidades cognitivas subjacentes a esse constructo. Este estudo investigou a contribuição da consciência fonológica, memória de trabalho fonológica, nomeação rápida e processamento visual no desempenho em leitura e escrita de uma amostra de 50 alunos do 3º Ano do Ensino Fundamental de uma escola pública. Os resultados indicaram que a consciência fonológica e a memória de trabalho fonológica são as habilidades que mais contribuem para o desempenho inicial em leitura e escrita. Quanto às habilidades de nomeação rápida, apenas a nomeação de letras apresentou correlação significativa com a leitura e escrita, não havendo correlação destas últimas com o processamento visual. A análise fatorial exploratória sugeriu o agrupamento das variáveis estudadas em três fatores, o primeiro formado pela memória de trabalho fonológica e consciência fonológica, o segundo, pela nomeação rápida e o terceiro, pelo processamento visual.

Resumen: Estudios sugieren la influencia del procesamiento fonológico en la alfabetización, aunque existen controversias sobre las habilidades cognitivas subyacentes a este constructo. Este estudio investigó la contribución de la conciencia fonológica, memoria fonológica, denominación rápida y procesamiento visual en la lectura y escritura de una muestra de 50 estudiantes de tercer año en una escuela primaria pública. Los resultados indicaron que la conciencia fonológica y la memoria fonológica son las habilidades que mas contribuyen al rendimiento inicial en la lectura y la escritura. En cuanto a la denominación rápida, sólo la denominación de letras mostró correlación significativa con la lectura y la escritura, pero no hubo correlación de estas habilidades con el procesamiento visual. El análisis factorial exploratorio sugiere la agrupación de las variables en tres factores, el primero formado por la memoria fonológica y la conciencia fonológica, el segundo por la denominación rápida y el tercero por el procesamiento visual.
Descritores: Escrita Manual
Memória de Curto Prazo
Leitura
Transtorno Fonológico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde