Base de dados : LILACS
Pesquisa : F03.835 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 259 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 26 ir para página                         

  1 / 259 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973637
Autor: Kurizky, Patricia Shu; Martins, Gladys Aires; Carneiro, Jamille Nascimento; Gomes, Ciro Martins; Mota, Licia Maria Henrique da.
Título: Evaluation of the occurrence of sexual dysfunction and general quality of life in female patients with psoriasis
Fonte: An. bras. dermatol;93(6):801-806, Nov.-Dec. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract: Background: Psoriasis has a significant impact on quality of life (QoL). Sexual life can also be affected, with sexual dysfunction being reported by 25-70% of patients. Objectives: To determine the occurrence of sexual dysfunction and evaluate QoL in women with psoriasis. Methods: This case-control study included women aged 18-69 years. The validated Brazilian Portuguese versions of the Female Sexual Function Index (FSFI) and of the Medical Outcomes Study 36-Item Short Form Health Survey (SF-36) were administered to all participants to assess sexual function and QoL, respectively. Patients with psoriasis underwent clinical evaluation for the presence of comorbidities, especially psoriatic arthritis and other rheumatic manifestations. Location of lesions and the extent of skin involvement were also assessed. Results: The sample consisted of 150 women, 75 with diagnosis of psoriasis and 75 healthy controls. Prevalence of sexual dysfunction was high in women with psoriasis (58.6% of the sample). Prevalence was statistically higher in women with psoriasis than in controls (P = 0.014). The SF-36 domain scores were also lower in women with psoriasis, with role limitations due to physical health, limitations due to emotional problems, and mental health being the most affected domains. Study limitations: Sample size was calculated to evaluate the association between the occurrence of sexual dysfunction and psoriasis, but it did not include the determination of the possible causes of this dysfunction. Conclusions: QoL and sexual function were altered in women with psoriasis and should be taken into consideration when assessing disease severity.
Descritores: Psoríase/psicologia
Qualidade de Vida/psicologia
Disfunções Sexuais Psicogênicas/psicologia
-Psoríase/complicações
Psoríase/epidemiologia
Índice de Gravidade de Doença
Brasil/epidemiologia
Estudos de Casos e Controles
Prevalência
Inquéritos e Questionários
Disfunções Sexuais Psicogênicas/epidemiologia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-899921
Autor: Díaz-Vélez, Cristian; Samalvides-Cuba, Frine.
Título: Factores asociados a disfunción sexual en mujeres atendidas en un hospital nivel III-Chiclayo-Perú / Associated factors in women's sexual dysfunction in a hospital level attended III- Chiclayo - Peru
Fonte: Rev. chil. obstet. ginecol. (En línea);82(4):386-395, oct. 2017. tab.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Objetivo: Identificar los factores asociados a la disfunción sexual en las mujeres atendidas en un hospital nivel III. Material y Método: estudio de casos y controles emparejados por edad e índice de masa corporal, realizada en mujeres de 18-59 años que acuden a consultorio externo. Se usó el Índice de Función Sexual Femenina para definir caso (≥24 puntos) y control (<24 puntos), y los factores a evaluar fueron síndrome metabólico definida según International Diabetes Federation (IDF), ansiedad y depresión mediante test validados; menopausia, alcohol, fumar, situación de salud, estado civil, grado de instrucción, ocupación, número de embarazos. Resultados: participaron 342 mujeres (114 casos/228 controles), con edad promedio de 40,5±9,2 e IMC de 25,2±3,5; 45,9% (157) son casadas; 53,5% (183) con nivel secundaria, 41,5% (142) amas de casa, 17,8% (61) menopaúsicas, 34,8% (119) con síndrome metabólico. Además, con enfermedad crónica 32,7% (112), ansiedad 16,4% (56), depresión 5% (17), consumo de medicamentos 35,1% (72). En el análisis bivariado los factores estado civil viuda, ocupación jubilada, 2 embarazos previos, estado de salud enferma, enfermedad crónica, fumar, ansiedad y depresión, y como factor protector, el estado civil casada y nivel de instrucción superior como factores asociados. En el análisis multivariado realizada con regresión logística, se obtuvieron como factores asociados al estado civil casada 0,58 (IC95%: 0,33-0,87), conviviente 8,11 (IC95%: 2,36-17,84), fumar 2,26 (IC95%: 1,08-4,76), ansiedad 1,21 (IC95%: 1,10-1,45) y estado de salud enfermo 1,50 (IC95%: 1,261,94). Conclusiones: la disfunción sexual femenina está asociada con estado civil casada/conviviente, ansiedad, estado de salud y fumar.

ABSTRACT Objective: To identify the factors associated with sexual dysfunction in women treated at a level III hospital. Material and Method: case-control study matched by age and body mass index, performed in women aged 1859 years who attend an outpatient clinic. The Female Sexual Function Index was used to define case (≥24 points) and control (<24 points), and the factors to be evaluated were International Diabetes Federation (IDF) -defined metabolic syndrome, anxiety and depression using validated tests; Menopause, alcohol, smoking, health status, marital status, educational level, occupation, number of pregnancies. Results: 342 women (114 cases /228 controls) participated, with a mean age of 40.5 ± 9.2 and a BMI of 25.2 ± 3.5; 45.9% (157) are married; 53.5% (183) with secondary level, 41.5% (142) housewives, 17.8% (61) menopausal, 34.8% (119) with metabolic syndrome. In addition, with chronic disease, 32.7% (112), anxiety 16.4% (56), depression 5% (17), drug consumption 35.1% (72). In the bivariate analysis, the factors of widowhood, retired occupation, 2 previous pregnancies, ill health, chronic illness, smoking, anxiety and depression, and as a protective factor, married marital status and higher educational level as associated factors. In the multivariate analysis carried out with logistic regression, 0.58 (95% CI: 0.33-0.87), associated with marital status, 8.11 (95% CI: 2.36-17.84), Smoking 2.26 (95% CI: 1.08-4.76), anxiety 1.21 (95% CI: 1.10-1.45) and ill health status 1.50 (95% CI: 1.26- 1.94). Conclusions: Female sexual dysfunction is associated with marital / social status, anxiety, health status and smoking.
Descritores: Disfunções Sexuais Psicogênicas
Disfunções Sexuais Psicogênicas/etiologia
-Peru
Qualidade de Vida
Sexualidade/psicologia
Síndrome Metabólica
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: CL126.2 - Biblioteca Médica Dr. Profesor Hernán Alessandri R.


  3 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Abdo, Carmita Helena Najjar
Texto completo
Id: biblio-1046495
Autor: Lara, Lucia Alves da Silva; Lopes, Gerson Pereira; Scalco, Sandra Cristina Poerner; Vale, Fabiene Bernardes Castro; Rufino, Andrea Cronemberger; Troncon, Júlia Kefalás; Abdo, Carmita Helena Najjar; Serapião, Jorge José; Aguiar, Yara.
Título: Tratamento das disfunções sexuais no consultório do ginecologista / Treatment of sexual dysfunctions at the doctor's office gynecologist
Fonte: Femina;47(2):66-74, 20190228. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Disfunções Sexuais Fisiológicas/tratamento farmacológico
Disfunções Sexuais Psicogênicas/tratamento farmacológico
Terapia de Reposição Hormonal
-Disfunções Sexuais Fisiológicas/terapia
Educação Sexual/métodos
Testosterona/uso terapêutico
Neurotransmissores
Sexualidade
Disfunções Sexuais Psicogênicas/terapia
Estrogênios/uso terapêutico
Noretindrona/uso terapêutico
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: 57801
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A


  4 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Abdo, Carmita Helena Najjar
Texto completo
Id: biblio-1049394
Autor: Fleury, Heloisa Junqueira; Costa, Isabel Fleury Azevedo; Abdo, Carmita Helena Najjar.
Título: O efeito da prática mindfulness na satisfação sexual e conjugal / The effect of mindfulness practice on sexual and marital satisfaction
Fonte: Diagn. tratamento;24(4):[170-173], out - dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Casais tendem a um declínio do interesse sexual, mais intenso na população feminina, acompanhado de menor satisfação conjugal. Mindfulness, ou consciência plena, é um estado caracterizado pela atenção centrada no momento. Possíveis mecanismos que tornam essa prática eficaz incluem: maior satisfação relacional, melhora na imagem corporal, maior consciência interoceptiva, diminuição do humor deprimido e da ansiedade. O treinamento na prática mindfulness baseia-se em oito sessões de grupo em que se associam diferentes procedimentos para a consciência corporal, tais como o escaneamento corporal, a respiração com atenção, a caminhada meditativa e os exercícios de compaixão e autocompaixão. Intervenções baseadas em mindfulness estimulam o foco nas sensações de excitação, o que pode melhorar a função sexual. A prática mindfulness desempenha papel importante no aumento da satisfação com o relacionamento conjugal e na habilidade do indivíduo em responder com menos emocionalidade ao estresse, além de favorecer a percepção positiva da relação, por melhorar a qualidade da comunicação durante uma interlocução. Atenção plena pode ajudar a amenizar interferências cognitivas durante a atividade sexual. O aumento da consciência corporal facilita a regulação emocional e comportamentos mais intencionais. A prática mindfulness atua nas barreiras psicológicas para uma experiência sexual satisfatória, diminuindo distrações relacionadas ao corpo e ao desempenho e melhorando a autoimagem genital, condições que favorecem a consciência interoceptiva e a satisfação conjugal.
Descritores: Casamento
Disfunções Sexuais Psicogênicas
Saúde Sexual
Atenção Plena
FRAUDABATTOIRS
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  5 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-520102
Autor: Gouveia, Priscila Fernandes; Imoto, Elizabeth Rideko; Fonseca, Michelle Cristina Waitman da; Ambrogini, Carolina Carvalho; Silva, Ivaldo da.
Título: Função sexual da mulher na transição menopausal: estudo transversal / Sexual function of woman in menopause transition: transversal study
Fonte: RBM rev. bras. med;66(supl.2):24-32, abr. 2009. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O período de transição entre os anos reprodutivos e não reprodutivos da mulher, que acontece na meia-idade, é conhecido como transição menopausal ou climatério. Este é caracterizado por alterações crônico-degenerativas devido ao hipoestrogenismo, entre eles alterações atróficas do tecido urogenital, causando diminuição do suporte pélvico e da lubrificação dos tecidos urogenitais acarretando vaginite, prurido vaginal, disfunções miccionais e distúrbios sexuais. Objetivo: Avaliar a função sexual de mulheres na transição menopausal. Casuística e Método: Foram avaliadas 40 mulheres sexualmente ativas, com idades entre 45 e 55 anos e que se encontravam na perimenopausa (grupo A) ou pós-menopausa natural, não fazendo (grupo B) ou fazendo (grupo C) uso de terapia hormonal, através do questionário ôQuociente Sexual - Versão Femininaõ, composto por 10 questões classificadas em escala de 5 pontos. Resultados: O grupo C apresentou uma média de 39,67 pontos, ou seja, ôruim a desfavorávelõ. Já o grupo B permaneceu com uma média de 52,00 pontos, ou seja, ôdesfavorável a regularõ e o grupo A obteve média total de 62,70 pontos, sendo um escore ôregular a bomõ. Conclusão: As mulheres que estão em transição menopausal possuem déficits na esfera da função sexual, principalmente as mulheres na pós-menopausa, fazendo ou não uso de TH, quando comparadas às pacientes na perimenopausa.
Descritores: Disfunções Sexuais Psicogênicas/fisiopatologia
Disfunções Sexuais Psicogênicas/metabolismo
Menopausa/fisiologia
Sexualidade
-Saúde da Mulher
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  6 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-961154
Autor: Magro, Jennifer Tatisa Jubileu; Mendes, Karina Dal Sasso; Galvão, Cristina Maria.
Título: Sexual aspects of liver transplant candidates and recipients: evidence available in the literature / Aspectos sexuais de candidatos e receptores de transplante de fígado: evidências disponíveis na literatura / Aspectos sexuales de candidatos y receptores de trasplante de hígado: evidencias disponibles en la literatura
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);26:e3033, 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to analyze the evidence available in the literature on the alterations in the sexuality of candidates and recipients of liver transplantation. Method: integrative review of the literature with search for primary studies in the databases MEDLINE (via PUBMED), CINAHL e LILACS, published in English, Portuguese and Spanish. Results: the 16 primary studies included were grouped into three categories: 1) female sexuality (n=5), 2) male sexuality (n=5) and 3) male and female sexuality (n=6). In category 1, the subjects investigated were contraception, pregnancy, sexual dysfunction, presence of gynecological symptoms and sexually transmitted infections. In category 2, the main focus of the studies was erectile dysfunction, sexual desire and satisfaction, and consequences of the immunosuppressive regimen with mycophenolic acid in men. In category 3, the evaluation of sexual function was the main topic. Conclusion: the scientific evidence generated provides support to encourage health professionals to incorporate the topic of sexuality in the routine of care. Knowledge gaps were identified and new studies should be conducted in order to implement interventions to prevent, minimize and/or control changes related to the patient's sexuality.

RESUMO Objetivo: analisar as evidências disponíveis na literatura sobre as alterações na sexualidade de candidatos e receptores de transplante de fígado. Método: revisão integrativa com busca dos estudos primários nas bases de dados MEDLINE (via PUBMED), CINAHL e LILACS, publicados em inglês, português ou espanhol. Resultados: os 16 estudos primários incluídos foram agrupados em três categorias: 1) sexualidade feminina (n=5), 2) sexualidade masculina (n=5) e 3) sexualidade masculina e feminina (n=6). Na categoria 1, os temas investigados foram contracepção, gravidez, disfunção sexual, presença de sintomas ginecológicos e infecção sexualmente transmissível. Na categoria 2, o foco principal dos estudos foi disfunção erétil, desejo e satisfação sexual e consequências do regime imunossupressor com ácido micofenólico em homens. Na categoria 3, a avaliação da função sexual foi o principal tema abordado. Conclusão: as evidências científicas geradas fornecem subsídios para encorajar os profissionais de saúde na incorporação da temática sexualidade na rotina de atendimento, bem como a identificação de lacunas do conhecimento para a condução de novas pesquisas com o propósito de implementar intervenções para prevenir, minimizar e/ou controlar as alterações relacionadas à sexualidade do paciente.

RESUMEN Objetivo: analizar las evidencias disponibles en la literatura sobre las alteraciones de la sexualidad de candidatos y receptores de trasplante de hígado. Método: revisión integradora mediante la búsqueda de estudios primarios en MEDLINE (vía PUBMED), CINAHL y LILACS, publicados en inglés, portugués o español. Resultados: los 16 estudios primarios incluidos se agruparon en tres categorías: 1) sexualidad femenina (n=5), 2) sexualidad masculina (n=5) y 3) sexualidad masculina y femenina (n=6). En la categoría 1, los temas investigados fueron contracepción, embarazo, disfunción sexual, presencia de síntomas ginecológicos e infección sexualmente transmisible. En la categoría 2, el foco principal de los estudios fue la disfunción eréctil, el deseo y la satisfacción sexual y las consecuencias del régimen inmunosupresor con ácido micofenólico en los hombres. En la categoría 3, la evaluación de la función sexual fue el principal tema abordado. Conclusión: las evidencias científicas halladas contribuyen para alentar a los profesionales de la salud a incorporar la temática sexualidad en la rutina de atención, así como identificar lagunas de conocimiento en la conducción de nuevas investigaciones con el propósito de efectuar intervenciones para prevenir, minimizar y/o controlar los cambios relacionados con la sexualidad del paciente.
Descritores: Disfunções Sexuais Fisiológicas/etiologia
Transplante de Fígado
Disfunções Sexuais Psicogênicas/etiologia
Doença Hepática Terminal/cirurgia
Doença Hepática Terminal/complicações
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-684827
Autor: Borgheresi, Alexandre; Amado, Daniel Krempel; Zagatti, Ricardo Francisco Cintra; Gomiero, Fernanda Passos; Juliano, Roberto Vaz; Reis, Margareth de Mello Ferreira dos.
Título: Tamanho do pênis e satisfação sexual feminina / Penis size and female sexual satisfaction
Fonte: Diagn. tratamento;18(3):128-131, set. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O tamanho do pênis é assunto polêmico, de difícil abordagem e que preocupa muito os homens. É largamente aceita na população a crença de que, quanto maior for o pênis do homem, maior será a eficiência sexual e a satisfação sexual da mulher. Contudo, na maioria das vezes, o tamanho do pênis encontra-se dentro do normal. Importante questão seria se a mulher atribui tanta importância ao tamanho do pênis quanto o homem acredita. Qual é a visão das mulheres em relação ao tamanho do pênis? O quanto o tamanho influencia na satisfação sexual feminina? O presente estudo objetiva fazer uma revisão da literatura sobre a relação do tamanho do pênis e a satisfação sexual feminina. Os poucos trabalhos encontrados mostram que é atribuída importância ao tamanho e à grossura do pênis pelas mulheres e que a maioria delas parece estar satisfeita com o tamanho do pênis de seus parceiros. Mais estudos são necessários para investigar se há correlação entre o tamanho do pênis e a satisfação sexual feminina, bem como se o alongamento peniano exerce algum efeito sobre a satisfação da parceira.
Descritores: Tamanho do Órgão
Pênis
Satisfação Pessoal
Educação Sexual
Aconselhamento Sexual
Disfunções Sexuais Psicogênicas
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: 57788
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  8 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Abdo, Carmita Helena Najjar
Texto completo
Id: biblio-2510
Autor: Lucena, Brabara Braga; Abdo, Carmita Helena Najjar.
Título: Terapia sexual: breve histórico e perspectivas atuais / Sex Therapy: brief history and current perspectives
Fonte: Diagn. tratamento;21(4):186-189, Out.-Dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: A intervenção de profissionais de diferentes áreas é necessária para a avaliação e o tratamento efetivos de indivíduos que sofrem por disfunção sexual. O paradigma atual preconiza o modelo biopsicossocial para a compreensão e o tratamento dessas queixas. Contando com mais de cinco décadas, desde o seu advento, a terapia sexual permanece viva e incorpora à sua prática importantes achados recentes da Psicologia e da Medicina. O planejamento terapêutico deve ser elaborado após elucidação de fatores predisponentes, precipitadores e mantenedores do problema. Apesar de apresentar e publicar resultados promissores, as intervenções psicoterápicas para as disfunções sexuais devem ser mais estudadas a fim de preencherem os requisitos de uma prática baseada em evidências. O sucesso da terapia sexual não se mensura a partir da frequência sexual ou das mudanças no tempo de latência ejaculatória e da rigidez peniana. Mais do que resgatar a função sexual, interessa conseguir a minimização/supressão do sofrimento, o prazer e a satisfação sexual do paciente.
Descritores: Psicoterapia
Terapêutica
Sexualidade
Disfunções Sexuais Psicogênicas
Sexologia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  9 / 259 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999343
Autor: Bernal Zuluaga, Hernando Alberto.
Título: El desencuentro entre los sexos / The disagreement between the sexes
Fonte: Poiésis (En línea);31:141-145, 2016.
Idioma: es.
Resumo: El psicoanálisis plantea que hay un desencuentro del significante con el sexo, y este real está más allá del desciframiento del inconsciente; lo anterior significa que en el inconsciente no hay un saber de los hombres sobre las mujeres y viceversa. Esto, a su vez, tiene consecuencias en el goce del Otro, del Otro sexo, ya que este resultara siempre inadecuado: del lado del hombre se trata de un goce de carácter perverso, y del lado de la mujer se trata de un goce enigmático.

Psychoanalysis suggests that there is a mismatch between the signifier and sex, and this real it is beyond the deciphering of the unconscious; The above means that in the There is no knowledge of men about women and vice versa. This, in turn, it has consequences in the enjoyment of the Other, of the Other sex, since this will always result inadequate: on the man's side it is a wicked enjoyment, and on the side of the woman is an enigmatic enjoyment.
Descritores: Sexualidade
-Coito/psicologia
Disfunções Sexuais Psicogênicas
Prazer/fisiologia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: CO191.1 - Biblioteca


  10 / 259 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-749135
Autor: Verenhitach, Beatriz Daou; Medeiros, Juliana Nonato; Elias, Simone; Nazário, Afonso Celso Pinto.
Título: Câncer de mama e seus efeitos sobre a sexualidade: uma revisão sistemática sobre abordagem e tratamento / Breast cancer and its effects on sexuality: a sistematic review on the evaluation and treatment
Fonte: Femina;42(1):3-10, jan-fev. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: O câncer de mama e seu tratamento afetam amplamente a sexualidade das mulheres acometidas. O impacto pode durar vários anos, mesmo após um tratamento bem-sucedido para a doença, decorrente dos diversos efeitos colaterais da terapêutica e dos eventos psíquicos resultantes do processo. Estudos mostram alterações físicas decorrentes da quimioterapia, hormonioterapia e tratamento cirúrgico que interferem na sexualidade, promovendo distúrbios no funcionamento sexual em suas diferentes fases, como desejo, excitação, lubrificação e orgasmo. Experiências psíquicas incluem medo da perda da fertilidade, imagem corporal negativa, sentimento de não ser sexualmente atraente, depressão e ansiedade, enquanto fatores sociais e relacionais exercem influência sobre o ajuste ao tratamento e à doença. A qualidade prévia do relacionamento com o parceiro é considerada o mais importante fator preditivo da qualidade do relacionamento sexual após o término do tratamento. Conclui-se que o estudo da sexualidade no contexto do câncer de mama não pode considerar separadamente os aspectos físicos dos psicossociais, e que a identificação das causas dos diferentes tipos de disfunção sexual neste subgrupo possibilita o desenvolvimento de intervenções fisiológicas e psicossociais que contribuam para a manutenção da qualidade da atividade sexual.(AU)

Breast cancer and its treatment widely affect the sexuality of female patients. The impact may last for several years, even after successful treatment of the disease, due to the many side effects of the treatment and psychical events that emerge from the process. Studies refer to physical changes derived from chemotherapy, hormone therapy and surgical treatment, that intervenes in the sexuality, promoting disturbances regarding sexuality in different phases, such as desire, arousal, lubrication and orgasm. Psychical experiences include fear of losing fertility, negative body image, feeling of not being sexually attractive, depression and anxiety, while social and relational factors affect the adjustment to the treatment and the disease. The previous quality of the relationship with the partner is considered the most important predictive factor of the quality of sexual relationship after the treatment. We conclude that the study of sexuality in the context of breast cancer must consider both physical and psychosocial aspects, and that identifying the causes of different types of sexual dysfunction in this subgroup will enable the development of physiological and psychosocial interventions that may contribute to maintaining the quality of sexual activity of the patients.(AU)
Descritores: Neoplasias da Mama/psicologia
Mastectomia Segmentar/psicologia
Efeitos Psicossociais da Doença
Sexualidade
Mastectomia/psicologia
-Qualidade de Vida/psicologia
Disfunções Sexuais Fisiológicas/tratamento farmacológico
Disfunções Sexuais Fisiológicas/terapia
Fatores Biológicos/efeitos adversos
Bases de Dados Bibliográficas
Disfunções Sexuais Psicogênicas/tratamento farmacológico
Disfunções Sexuais Psicogênicas/terapia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 26 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde