Base de dados : LILACS
Pesquisa : F03.950.750.375 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 34 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 34 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1048639
Autor: Carvalho, Thaiza Dutra Gomes de.
Título: Avaliação psicométrica do Peritraumatic Dissociative Experience Questionnaire (PDEQ) e proposta de um instrumento para avaliação de reações peritraumáticas / Psychometric evaluation of the Peritraumatic Dissociative Experience Questionnaire (PDEQ) and proposal of an instrument to evaluate Peritraumatic Reactions.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2019. 105 f p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Instituto de Medicina Social para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O papel das reações vivenciadas durante experiências traumáticas tem sido alvo de interesse nos estudos sobre etiologia e prognóstico do transtorno de estresse pós-traumático. Essa tese avaliou a estrutura dimensional do instrumento mais utilizado para mensurar a dissociação peritraumática, o Peritraumatic Dissociative Experience Questionnaire (PDEQ). Adicionalmente, desenvolveu-se e avaliou-se as propriedades psicométricas do instrumento Peritraumatic Reactions Questionnaire (PTRQ), proposto para mensurar as três principais reações peritraumáticas (RP) no contexto do TEPT: dissociação peritraumática (DP), imobilidade tônica peritraumática (ITP) e reações físicas peritraumáticas (RFP). Os dados utilizados são originários de um estudo transversal realizado entre junho de 2007 e julho 2008 com amostras representativas da população acima de 15 anos das duas maiores cidades brasileiras. A amostra foi de 1.074 participantes no Rio de Janeiro e 2.145 em São Paulo que reportaram ao menos um evento traumático durante a vida. O primeiro artigo investigou a validade estrutural da versão brasileira do PDEQ. Análises de componentes principais indicaram a solução unidimensional corroborada por análises fatoriais confirmatórias (AFC) e de tipo exploratórias realizadas no Mplus. A adequação de ajuste dos modelos foi aceita para valores de CFI, TLI maiores que 0,95 e de RMSEA abaixo de 0,06. Os índices de modificação indicaram uma alta correlação residual entre os itens 9 ('dificuldade para entender o que estava acontecendo') e o item 10 ('desorientação') que foi corroborada nas duas amostras por AFC e sugere redundância de conteúdo. Análises de escalabilidade utilizando H de Loevinger e a hipóstese de dupla monotonicidade indicaram boas propriedades escalares. A versão reduzida com exclusão do item 9 foi proposta para utilização em estudos epidemiológicos. O segundo artigo reportou o processo de desenvolvimento de um instrumento integrado para avaliar RP. A etapa qualitativa avaliou a validade de conteúdo de 36 itens, sendo 30 provenientes das principais escalas utilizadas para mensurar as três principais RP e mais 6 itens elaborados por especialistas. O conjunto de 34 itens resultantes do processo qualitativo teve sua estrutura configural e métrica avaliadas a partir de AFC e de tipo exploratória para as duas amostras no Mplus. Modelos com CFI e TLI acima de 0,95 e de RMSEA menores que 0,06 foram considerados com ajuste satisfatório. A versão proposta do PTRQ conta com 29 itens distribuídos nas três dimensões (DP, ITP e RFP) mostrou boa estrutura fatorial e métrica, sendo recomendado para uso em estudos epidemiológicos. Espera-se que os resultados desta tese contribuam para o refinamento do processo de mensuração das RP, necessário para se avançar o conhecimento sobre o seu papel no desenvolvimento do TEPT, assim como nas propostas de intervenção precoce em indivíduos sob maior risco de desenvolvimento desse transtorno mental

The role of reactions occurring in the course of traumatic experiences has been of interest in studies regarding the etiology and prognosis of the posttraumatic stress disorder (PTSD). This thesis evaluated the dimensional structure of the most used instrument for measuring peritraumatic dissociation (PD) - the Peritraumatic Dissociative Experience Questionnaire (PDEQ). Additionally, we developed and evaluated the psychometric properties of the instrument denominated Peritraumatic Reaction Questionnaire (PTRQ), proposed for evaluating the three main peritraumatic reactions (PR) in the context of PTSD: dissociation (PD), tonic immobility (TIP) and physical panic reaction (PPR). Data were obtained from a cross-sectional study developed between June 2007 and July 2008, including a representative sample of people aged 15 or more from the two largest Brazilian cities. A sample of 3,229 participants reported at least one traumatic event during their lifetime, 1,074 in Rio de Janeiro and 2,145 in São Paulo. The first article investigated the structural validity of the Brazilian version of the PDEQ. Principal component analyzes indicated the one-dimensional solution corroborated by confirmatory and exploratory factor analysis (CFA) performed in Mplus. The models were fit if CFI, TLI values greater than 0.95 and RMSEA values below 0.06. Modification indices indicated a high residual correlation between item 9 ('difficulty understanding what was happening') and item 10 ('disorientation') which was corroborated in both samples by AFC and suggests content redundancy. Scalability analyzes using Loevinger H and double monotonicity hypothesis indicated good scalar properties. The shortened version excluding item 9 has been proposed for use in epidemiological studies. The second article reported on the process of developing an integrated instrument to assess PR. The qualitative stage evaluated the content validity of 36 items, 30 of them from the main scales used to measure the three main PR and 6 more items prepared by experts. The set of 34 items resulting from the qualitative process had their configuration and metric structure evaluated from CFA and exploratory type for both samples in Mplus. Models with CFI and TLI above 0.95 and RMSEA less than 0.06 were considered with satisfactory fit. The proposed version of the PTRQ has 29 items distributed in the three dimensions (PD, ITP and RFP) presented good factorial and metric structure, and is recommended for use in epidemiological studies. We expect that the findings from this thesis may contribute to the refinement of PR measurement necessary to advance the knowledge about its role in PTSD development, as well as proposals for early intervention in individuals at higher risk of developing this mental disorder
Descritores: Psicometria
Análise Fatorial
Transtorno de Pânico
Resposta de Imobilidade Tônica
Transtornos Dissociativos
Trauma Psicológico
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C
BR433.1; 616.89-008.487, C331, T1775


  2 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1039852
Autor: Arreguy, Marília Etienne; Montes, Fernanda Ferreira.
Título: Ferenczi e a educação: desconstruindo a violência desmentida / Ferenczi y la educación: deconstruyendo la violencia desmentida / Ferenczi and education: deconstructing the denied violence
Fonte: Estilos clín;24(2):246-261, maio-ago. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Experiências clínicas e postulados teóricos de Sándor Ferenczi trazem inúmeras contribuições para a Educação. Procuramos articular, neste artigo, duas formas de violência desmentida, uma coletiva e outra estranhamente familiar. Trata-se de duas dimensões fundadas num traumatismo radicalmente desestruturante, posto que resulta na clivagem do eu. Desenvolvemos a hipótese de que a desautorização do sujeito no plano societário - pela violência objetiva da exploração pelo capital - potencializa a identificação com o agressor e a reprodução de mecanismos incapacitantes na esfera educacional. O traumático da violência atuada entre os sujeitos na escola é sobreposto por uma clivagem introjetada na divisão de classes, especificamente na separação entre o ensino público e privado, bem como no racismo desmentido da sociedade brasileira. Introjeção e transferência fomentam esse processo. O embate entre os mundos adulto e infantil, com a imposição hierárquica de um saber vertical e hegemônico, costuma irromper como passagem ao ato no plano intersubjetivo. A imbricação inconsciente desses dois planos de violência clivada deve ser compreendida para que fragilidades narcísicas venham a ser integradas empaticamente no sentir com o outro. A sensibilidade para uma transferência mútua permite ao professor expor corajosamente suas fragilidades diante da hipocrisia sistêmica, promovendo reconhecimento dos sujeitos mais vulneráveis.

La experiencia clínica y los postulados teóricos de Sándor Ferenczi traen innumerables contribuciones a la Educación. Buscamos articular, en este artículo, dos formas de violencia desmentida, una colectiva y otra, extrañamente familiar. Se trata de dos dimensiones fundadas en un traumatismo radicalmente desestructurante, puesto que resulta del clivaje del yo. Desarrollamos la hipótesis de que la desautorización del sujeto en el plano societario -por la violencia objetiva de la explotación por el capital-potencia la identificación con el agresor y la reproducción de mecanismos incapacitantes en la esfera educativa. El traumático de la violencia actuada entre los sujetos en la escuela es superpuesto por una brecha introyectada en la división de clases, específicamente en la separación entre la enseñanza pública y privada, así como en el racismo desmentido de la sociedad brasileña. La introducción y la transferencia fomentan este proceso. El embate entre los mundos adulto e infantil, con la imposición jerárquica de un saber vertical y hegemónico, suele irrumpir como paso al acto en el plano intersubjetivo. La imbricación inconsciente de estos dos planes de violencia clivada debe ser comprendida para que las fragilidades narcísicas se integren empaticamente en el sentir con el otro. La sensibilidad para una transferencia mutua permite al profesor exponer audazmente sus fragilidades ante la hipocresía sistémica, promoviendo el reconocimiento de los sujetos más vulnerables.

Clinical experiences and theoretical postulates of Sándor Ferenczi bring countless contributions to education. We try to articulate, in this article, two forms of denial of violence, one collective and the other strangely familiar. These are two dimensions based on a radically destructive traumatism, since it results in a self-cleavage. We hypothesize that the disavowal of the subject in the societal plane - through the objective violence of exploitation by capital - strengthens the identification with the aggressor and the reproduction of incapacitating mechanisms in the educational sphere. The traumatic violence perpetrated among the subjects in school is superimposed by an introjected cleavage in the division of classes, specifically in the separation between public and private education, as well as in the denial of racism of the Brazilian society. Introjection and transfer foster this process. The clash between adult and infantile worlds, with the hierarchical imposition of a vertical and hegemonic knowledge, usually erupts as a passage to the act on the intersubjective plane. The unconscious imbrication of these two planes of cleaved violence must be understood so that narcissistic fragilities come to be integrated empathically into feeling with each other. Sensitivity to a mutual transference allows the teacher to courageously expose his weaknesses in face of systemic hypocrisy, promoting recognition of the most vulnerable individuals.
Descritores: Psicanálise
Violência/psicologia
Educação
Trauma Psicológico
-Atuação (Psicologia)
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  3 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1039849
Autor: Pechberty, Bernard.
Título: Sándor Ferenczi: as passarelas criativas / Sándor Ferenczi: pasarelas creativas / Sándor Ferenczi: creative bridges / Sandor Ferenczi: des passerelles créatives
Fonte: Estilos clín;24(2):205-216, maio-ago. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo discute algumas contribuições centrais de Sándor Ferenczi presentes na primeira parte de sua obra. Discípulo de Sigmund Freud, ele conquistou a sua independência e desenvolveu uma reflexão sobre o traumatismo. A partir de sua experiência clínica, ele acentua a dimensão terapêutica essencial à psicanálise, diante ao intelectualismo dominante dos praticantes. Ele define uma nova relação entre a criança e os adultos, em contraposição ao infantil freudiano. Em decorrência disso, resultaram em algumas consequências: a importância do corpo em um sujeito dividido, a convergência da psicanálise da criança e do adulto, a nova postura do praticante e a relevância de sua formação são colocadas em destaque. O papel essencial dos primeiros ambientes de humanização, a educação e a transmissão, também foram colocados em primeiro plano em sua reflexão.

Este texto desarrolla algunas de las principales contribuciones de Sándor Ferenczi, presentes en la última parte de sus obras. Discípulo de S. Freud, tomará distancia de él y desarrollará una reflexión innovadora sobre el trauma. A partir de esta clínica, Ferenczi describe la dimensión terapéutica esencial del psicoanálisis, frente a la intelectualización dominante de los profesionales. Define una nueva relación del niño con el adulto, diferente del freudiano infantil. De esto se derivan varias consecuencias: la importancia del cuerpo en un sujeto escindido, la convergencia del psicoanálisis de niños y adultos, la nueva postura del profesional y la importancia de su entrenamiento que se destacan. El papel esencial de los primeros entornos de humanización, de la educación y la transmisión, se destacan en su reflexión.

This text develops some of Sándor Ferenczi's major contributions of, present in the last part of his works. Once Freud's disciple, he takes his independence and develops an innovative reflection on trauma. From this clinic, he describes the essential therapeutic dimension of psychoanalysis, against the dominant intellectualization of practitioners. He gives a new definition of the child's relationship with adults, different from the Freudian infantile. As consequences of this, the importance of the body in a split subject, the convergence of child and adult psychoanalysis, the practitioner's new posture and the importance of his training are highlighted. The essential humanizing role of the first environments, of education and transmission also come to the fore in his reflection.

Ce texte développe certains apports majeurs de Sandor Ferenczi, présents dans la dernière partie de ses travaux. Disciple de S. Freud, il prendra son indépendance et développera une réflexion innovante sur le traumatisme. A partir de cette clinique, il décrit la dimension thérapeutique essentielle à la psychanalyse, face à l'intellectualisation dominante des praticiens. Il définit un nouveau rapport de l'enfant avec les adultes, différent de l'infantile freudien. Plusieurs conséquences en découlent : l'importance du corps chez un sujet clivé, la convergence de la psychanalyse d'enfant et d'adulte, la posture nouvelle du praticien et l'importance de sa formation qui sont mis en valeur. Le rôle essentiel des premiers environnements humanisants, de l'éducation et de la transmission viennent au premier plan dans sa réflexion.
Descritores: Psicanálise
Trauma Psicológico
-Criança
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  4 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1039847
Autor: Kupermann, Daniel.
Título: Ferenczi e os objetivos do tratamento psicanalítico: autenticidade, neocatarse, crianceria / Ferenczi y los objetivos del tratamiento psicoanalítico: autenticidad, neocatarsis, niñeria / Ferenczi and the objectives of psychoanalytic treatment: authenticity, neocatharsis, childishness
Fonte: Estilos clín;24(2):182-194, maio-ago. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Partimos da formulação de Sándor Ferenczi de que o final da análise consistiria na superação da "mentira" por parte do analisando, indicando que esta é a resposta sintomática ao "desmentido" (Verleugnung) sofrido na situação traumática. Nesse sentido o percurso de uma análise implicaria: superar a "identificação ao agressor" decorrente das experiências traumáticas, favorecendo ao analisando o gesto inspirado em sua autenticidade; a "neocatarse" necessária para que o sujeito possa perlaborar a clivagem narcísica, livrando-se da tirania dos objetos incorporados; e a "crianceria", na forma do resgate da palavra evocativa própria da linguagem da ternura infantil.

Partimos de la formulación de Sándor Ferenczi de que el final del análisis consistiría en la superación de la "mentira" por parte del analizado, indicando que esa es la respuesta sintomática a lo "desmentido" (Verleugnung) sufrido en la situación traumática. En este sentido, el trayecto de un análisis implicaría: superar la "identificación al agresor" derivada de las experiencias traumáticas, favoreciendo al analizado el gesto inspirado en su autenticidad; la "neocatarsis" necesaria para que el sujeto pueda reelaborar el clivaje narcisista, librándose de la tiranía de los objetos incorporados; y la "niñería", en la forma del rescate de la palabra evocativa propia del lenguaje de la ternura infantil.

We start from Sándor Ferenczi's formulation that the end of the analysis would consist in overcoming the "lie" on the analyzand's part, indicating this is the symptomatic response to the "disavowal" (Verleugnung) suffered in the traumatic situation. In this sense, the path of an analysis would imply: overcoming the "identification with the aggressor" deriving from the traumatic experiences, providing the gesture inspired in its authenticity to the analyzand; the "neocatharsis" needed for the subject to work through the narcissistic cleavage, getting rid of the incorporated objects; and the "childishness", in the form of the rescue of the evocative word typical of children's affective language.
Descritores: Psicanálise
Trauma Psicológico
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  5 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-955805
Autor: Ribas, Renata Freitas; Tomasi, Laura de Oliveira; Macedo, Mônica Medeiros Kother.
Título: Dimensões do excesso e de realidade: reflexões com base em uma experiência de escuta / Dimensions of excess and reality: reflections based on a listening experience / Dimensiones del exceso y de realidad: reflexiones desde una experiencia de escucha
Fonte: Psicol. rev. (Belo Horizonte);22(2):428-446, ago. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Em psicanálise, sabe-se que a vivência de um trauma, seja ele real ou fantasiado, causa impactos importantes no psiquismo. Este trabalho propõe, por uma vinheta clínica, a reflexão a respeito dos efeitos do traumático advindo do histórico vivencial e da realidade psíquica do sujeito. No desenvolvimento das proposições deste artigo, utiliza-se de vinhetas de um caso clínico a fim de ilustrar a inter-relação entre experiências da realidade externa e as marcas decorrentes desta na realidade interna. A história de Marta permite apresentar contribuições da psicanálise a respeito de trauma psíquico. Acredita-se ser a escuta analítica um recurso diante das manifestações de dor psíquica oriundas do excesso traumático. Na instauração de condições de tramitação psíquica e de atribuição de sentido às experiências de dor, é possível acompanhar a construção de novas possibilidades de devir ao sujeito psíquico.

In psychoanalysis, it is known that the experience of a trauma, either real or fantasized, causes significant impact on the psychism. This paper proposes, based on a clinical vignette, reflection on the effects of the trauma coming from the historical existential and psychic reality of the subject. In the development of the propositions, this article uses vignettes of a clinical case to illustrate the interrelationship between experiences of external reality and brands arising from this in the internal reality. The story of Marta allows us to discuss contributions of psychoanalysis concerning the psychical trauma. It is believed that analytical listening is a fundamental resource for the demonstration of psychic pain, which originated from the traumatic excess. From the establishment of conditions of psychic processing and assigning meaning to the experiences of pain it is possible to follow the construction of the new opportunities of becoming a psychic subject

En el psicoanálisis, se sabe que la experiencia del trauma, sea real o fantaseada, provoca un impacto significativo en la psique. En este trabajo se propone, a partir de una viñeta clínica la reflexión sobre los efectos del trauma que viene del histórico vivencial y de la realidad psíquica del sujeto. En la elaboración de las propuestas de este artículo se utilizan viñetas de un caso clínico para ilustrar la interrelación entre las experiencias de la realidad externa y las huellas resultantes de ésta en la realidad interna. La historia de Marta permite discutir las contribuciones del psicoanálisis sobre el trauma psíquico. Se cree que la escucha analítica es un recurso fundamental frente las manifestaciones de dolor psíquico que viene de la vigencia del exceso traumático. En el establecimiento de las condiciones de procesamiento psíquico y de asignación de sentido a las experiencias del dolor es posible seguir la construcción de nuevas posibilidades del devenir del sujeto psíquico
Descritores: Psicanálise
Trauma Psicológico
-Teste de Realidade
Inconsciente (Psicologia)
Responsável: BR370.1 - Biblioteca Central


  6 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Souza, Edinilsa Ramos de
Texto completo
Id: biblio-895601
Autor: Costa, Daniella Harth da; Schenker, Miriam; Njaine, Kathie; Souza, Edinilsa Ramos de.
Título: Homicídios de jovens: os impactos da perda em famílias de vítimas1,2 / Youth Homicide: the impacts of loss on victim's families
Fonte: Physis (Rio J.);27(3):685-705, Jul.-Set. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo é parte de uma pesquisa maior que investigou os homicídios de jovens em dez cidades brasileiras. Neste artigo, analisam-se os impactos do homicídio de um jovem na família, através das narrativas de seus familiares. Foram entrevistados familiares de jovens assassinados em cada cidade estudada. Os resultados mostraram que o homicídio impacta profundamente a qualidade de vida das famílias ao desencadear doenças e problemas psicossomáticos e financeiros. Também gera transtornos psicológicos, traumas, medo, insegurança, isolamento, enfraquecimento dos laços familiares e comunitários, revolta e sofrimento. Independente das razões contextuais que levaram à morte violenta do jovem, sua perda é sempre intensamente dolorosa e sentida como uma ruptura, uma separação brusca e violenta que traz ausência, vazio e saudade. O conhecimento sobre os impactos do homicídio nas famílias contribui para a discussão teórica, e para a criação de intervenções dos profissionais de saúde, assistência social e justiça junto aos familiares e amigos de pessoas vítimas de homicídio.

Abstract This study is part of a larger research that investigated youth homicide in ten Brazilian cities. In this article we analyze the impacts of the homicide of a young person in the family, through the narratives of family members. Relatives of murdered young people were interviewed in each city studied. The results showed that murder deeply impacts families live quality through triggering diseases and psychosomatic and financial problems. It also provokes psychological disorders, trauma, fear, insecurity, isolation, weakening of family and community bonds, anger and suffering. Regardless of contextual reasons that led to the young man violent death, his loss is always intensely painful and felt like a disruption, a sudden and violent separation that brings absence, emptiness and longing. Knowledge about the impacts of murder on families contribute to theoretical discussion, and creation of health, social works and justice professionals interventions with homicide's victims family and friends.
Descritores: Qualidade de Vida
Religião
Violência
Brasil
Luto
Família
Saúde
Adolescente
Pessoal de Saúde
Sobreviventes
Morte
Pesquisa Qualitativa
Trauma Psicológico
Homicídio
Limites: Seres Humanos
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Entrevista
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  7 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-895605
Autor: Oliveira, Denise Cabral Carlos de; Russo, Jane Araujo.
Título: Abuso sexual infantil em laudos psicológicos: as "duas psicologias" / Child sexual abuse in psychological reports: the "two psychologies"
Fonte: Physis (Rio J.);27(3):579-604, Jul.-Set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A psicologia é um dos campos e disciplinas que constituiu e molda a categoria "abuso sexual infantil", tomada no artigo como tipo classificatório construído social e historicamente. O artigo busca analisar esta moldagem em uma prática psicológica, a avaliação realizada no Judiciário e expressa em laudos, a partir de uma pesquisa em processos em Varas de Família e Varas Criminais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. São constatadas, no material pesquisado, duas posturas da psicologia forense, a das Varas de Família, que desloca a categoria com apoio no diagnóstico de alienação parental (ou a conserva, se este diagnóstico não é feito), e a das Varas Criminais, marcada pela exclusão da avaliação do homem acusado e pela ênfase no testemunho de vítimas e acusadores. O homem pode aparecer como um pai vitimado pela alienação parental ou um monstro moralmente desqualificado.

Abstract Psychology is one of the fields and disciplines that constitute and shape the category "child sexual abuse", considered in the article as a classificatory type socially and historically constructed. The article seeks to analyze this molding in a psychological practice, the assessment made in the court system and expressed in psychological reports, researched in a sample of legal proceedings of Family and Criminal Courts in the Court of Justice of the State of Rio de Janeiro (TJERJ) that contain the accusation of child sexual abuse. In our analysis of forensic psychology reports we found two standpoints, one prevalent in the Family jurisdiction, that modifies and reshapes the category based on the diagnosis of parental alienation (if the diagnosis of parental alienation is confirmed it contradicts the abuse accusation, the opposite being also true), and another prevalent in the Criminal jurisdictions, which excludes the accused man from its evaluation and emphasizes the testimony of victims and accusers. Man, thus, appears either as a victimized father by parental alienation or as a morally disqualified monster.
Descritores: Pedofilia
Trabalho Sexual
Psicologia
Abuso Sexual na Infância
Brasil
Maus-Tratos Infantis
Vítimas de Crime
Trauma Psicológico
FRIEND MURINE LEUKEMIA VIRUSABBREVIATIONS AS TOPIC
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  8 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Botomé, Silvio Paulo
Texto completo
Id: lil-647109
Autor: Assini, Luciana Cristina; Botomé, Sílvio Paulo.
Título: Abuso sexual infantil: esforços necessários para acabar com essa violência / Child sexual abuse: what are the necessary steps to end the violence?
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;11(3):1062-1068, dez. 2011.
Idioma: pt.
Descritores: Abuso Sexual na Infância
-Trauma Psicológico
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1691.1 - Biblioteca CEH/A


  9 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1008706
Autor: Patino Orozco, Rafael Andrés; Lamego, Gabriela.
Título: Sentidos de saúde e adoecimento na experiência de familiares de desaparecidos forçados do conflito armado colombiano / Meanings of health and illness in the relatives' experience of forced disappearances in the Colombian armed conflict / Sentidos de salud y enfermedad en la experiencia de familiares de desaparecidos forzados del conflicto armado colombiano
Fonte: Estud. psicol. (Natal);23(3):317-324, jul./set. 2018.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo apresenta os resultados de uma pesquisa centrada na experiência traumática de familiares de vítimas de desaparecimento forçado no contexto do conflito armado colombiano, focando nas tentativas de produção de sentido sobre o desaparecimento do ente querido e nas diversas formas em que a experiência violenta se relaciona com a percepção da própria saúde, do corpo e dos processos de saúde/doença. Participaram do estudo 16 mulheres, atendidas por um programa de apoio às vítimas da violência. Foram utilizadas distintas técnicas de produção de informação: entrevistas em profundidade e grupos de discussão. A análise do material discursivo permitiu concluir que para as participantes da pesquisa os mais variados agravamentos de saúde estão relacionados com o desaparecimento do ente querido. Ao mesmo tempo, o adoecimento é atribuído e associado à experiência violenta como uma manifestação da lembrança carregada de angustia do ente querido que sobrevive no psiquismo (AU).

Meanings of health and illness in the relatives' experience of forced disappearances in the Colombian armed conflict. This article presents the results of a research centered on the traumatic experience of relatives of victims of forced disappearance in the context of the Colombian armed conflict, focusing on attempts to make sense of the disappearance of the loved ones and the diverse forms in which the violent experience relates with the perception of one's own health, body and health/illness processes. The study was attended by 16 women and different techniques of information production were used: in-depth interviews and discussion groups. The analysis of the discursive material has led to the conclusion that for the participants of the research the most varied health aggravations are related to the disappearance of the loved ones. At the same time, the illness is attributed and associated to the violent experience as well as a manifestation of the anxiety-laden memory of the loved ones in their psyche (AU).

Sentidos de salud y enfermedad en la experiencia de familiares de desaparecidos forzados del conflicto armado colombiano. Este artículo presenta los resultados de una investigación centrada en la experiencia traumática de familiares de víctimas de desaparición forzada, en el contexto del conflicto armado colombiano. Se enfoca en los intentos de producción de sentido sobre este acontecimiento y en las diversas formas en que la experiencia violenta se relaciona con la percepción de la propia salud, del cuerpo y de los procesos de salud/enfermedad. Participaron del estudio 16 mujeres, atendidas por un programa de apoyo a víctimas de violencia. Fueron utilizadas dos técnicas de producción de información: entrevistas en profundidad y grupos de discusión. El análisis del material discursivo permitió concluir que, para las participantes del estudio, las distintas afecciones de salud están relacionadas con la desaparición de un ser querido. Al mismo tiempo, las enfermedades son atribuidas y asociadas a la experiencia violenta como una manifestación del recuerdo angustioso, del ser querido que sobrevive en el psiquismo (AU).
Descritores: Estresse Psicológico
Violência/psicologia
Colômbia
Conflitos Armados/psicologia
Trauma Psicológico/psicologia
-Psicologia Social
Saúde Mental
Entrevista
Pesquisa Qualitativa
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: BR1274.1 - Biblioteca Central Zila Mamede


  10 / 34 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1007980
Autor: Díaz Gómez, Álvaro; Carmona González, Diana Esperanza.
Título: Intervención del psicólogo en zonas de conflicto armado: una lectura política de una experiencia en psicología comunitaria / Psychologist intervention in areas of armed conflict: a political reading of an experience in community psychology
Fonte: Poiésis (En línea);5(Dic.):1-9, 2002.
Idioma: es.
Resumo: La presente ponencia muestra teorizada y categorizada la experiencia de psicología comunitaria que se está llevando a cabo en el Municipio de Marquetalia (Caldas), zona de conflicto armado, donde tienen presencia y enfrentamientos las Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia (frente 47) y las Autodefensas Unidas de Colombia, pertenecientes al Magdalena Medio.

This paper shows theorized and categorized experience of community psychology that is being carried out in the Municipality of Marquetalia (Caldas), an area of armed conflict, where the Revolutionary Armed Forces of Colombia (front 47) and the Self-Defense Groups have presence and clashes United of Colombia, belonging to the Magdalena Medio.
Descritores: Psicologia Social
-Violência/psicologia
Conflitos Armados/psicologia
Trauma Psicológico
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Discursos
Responsável: CO191.1 - Biblioteca



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde