Base de dados : LILACS
Pesquisa : F04.711.513.240 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 355 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 36 ir para página                         

  1 / 355 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1155089
Autor: Miranda, Ana Carolina Arruda; Bettio, Claudia Daiane Batista; Schmidt, Andréia.
Título: Word teaching strategies in story reading for preschool children / Estratégias de ensino de palavras em leitura de história para crianças pré-escolares / Estrategias de enseñanza de palabras en lectura de historia para niños preescolares
Fonte: Psico USF;25(4):671-683, out.-dez. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Council for Scientific and Technological Development; . FAPESP.
Resumo: Shared book reading (SBR) as a teaching practice produces significant effects on development of verbal repertoires in children, especially when associated with strategies of explicit vocabulary teaching. This study aimed to test the cumulative effects of using word teaching strategies, during SBR sessions, on word learning by preschool children. Three sessions of SBR of the same story and a session of complementary activity about the words of the story read were carried out in a class of 13 children aged 4 to 5 years. It was identified significant children's gains, between pre and post-test, in matching-to-sample tasks for nouns and in naming tasks, both for nouns and for verbs. The results confirm the effectiveness of using word teaching strategies during SBR and their feasibility in the natural classroom context. (AU)

A leitura compartilhada de histórias (LCH) como prática de ensino produz efeitos significativos sobre o desenvolvimento de repertórios verbais em crianças, principalmente quando associada a estratégias de ensino explícito de vocabulário. Esse estudo teve como objetivo testar os efeitos cumulativos do uso de estratégias de ensino de palavras, a partir de sessões de LCH, sobre a aprendizagem de palavras por crianças pré-escolares. Foram realizadas três sessões de LCH de um mesmo livro e uma sessão de atividade complementar sobre as palavras da história, em uma classe com 13 crianças, com idades de 4 a 5 anos. Foram identificados ganhos significativos entre o pré e pós-teste no desempenho em tarefas de emparelhamento ao modelo para substantivos e nas tarefas de nomeação para substantivos e para verbos. Os resultados confirmam a eficácia do uso de estratégias de ensino de palavras durante LCH e a sua viabilidade no contexto natural de sala de aula. (AU)

La lectura compartida de historias (LCH) como práctica de enseñanza produce efectos significativos en el desarrollo de repertorios verbales en niños, principalmente cuando se asocia a estrategias de enseñanza explícita de vocabulario. Este estudio tuvo como objetivo evaluar los efectos cumulativos del uso de estrategias de enseñanza de palabras, a partir de sesiones de LCH, en el aprendizaje de palabras en preescolares. Se realizaron tres sesiones de LCH con un único libro y una sesión de actividad complementaria sobre las palabras de la historia, en una clase con 13 niños con edades entre 4 y 5 años. Al comparar las medidas pre y post test, se identificaron mejoras significativas en el desempeño en las tareas de emparejamiento al modelo para sustantivos y en las tareas de nombramiento de sustantivos y verbos. Los resultados confirman la eficacia del uso de estrategias de enseñanza de palabras durante LCH y su viabilidad en el contexto natural en clase. (AU)
Descritores: Vocabulário
Narração
Desenvolvimento da Linguagem
Testes de Linguagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  2 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131792
Autor: Souza, Brenda Cardoso Silva de; Teixeira, Tailah de Oliveira Barreiros; Silva, Liara Dias da; Satler, Corina; Cera, Maysa Luchesi.
Título: Fluência verbal de adultos e idosos do Distrito Federal: proposta normativa piloto / Verbal fluency of younger and older adults from the Federal District: proposed normative values
Fonte: Audiol., Commun. res;25:e2315, 2020. tab.
Idioma: pt.
Projeto: FAPDF.
Resumo: RESUMO Objetivo Comparar o desempenho de adultos jovens e idosos do Distrito Federal com os dados normativos. Métodos Sessenta participantes hígidos responderam aos testes de fluência verbal semântica, livre e ortográfica da Bateria Montreal de Avaliação da Comunicação. Resultados Participantes do Distrito Federal obtiveram médias menores (<0,001), comparados à média normativa. Não houve diferença no desempenho entre os grupos etários, exceto ao compará-los com indivíduos com maior escolaridade. Conclusão Na amostra do Distrito Federal avaliada, o processo de envelhecimento típico não prejudicou a fluência verbal para indivíduos que concluíram o ensino fundamental. As médias menores, em relação aos dados normativos, evidenciaram a importância de padrões normativos regionais.

ABSTRACT Purpose To compare the performance of younger and older adults from the Federal District (FD) against normative data. Methods Sixty healthy participants completed the unconstrained, phonemic and semantic verbal fluency tests of the Montreal Communication Assessment Battery. Results The FD participants obtained lower mean scores (<0.001) compared to the normative average. There was no difference in performance between the age groups, except on the comparison with high-educated individuals. Conclusion In the FD, the typical aging process did not impact verbal fluency for individuals who were educated to primary level. The lower mean scores relative to normative data highlight the importance of regional normative standards.
Descritores: Envelhecimento/fisiologia
Escolaridade
Testes de Linguagem/normas
Testes Neuropsicológicos/normas
-Brasil
Distribuição de Qui-Quadrado
Estatísticas não Paramétricas
Limites: Humanos
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  3 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131770
Autor: Souza, Ana Carla Filgueira de Souza e; Casais-e-Silva, Luciana Lyra; Sena, Eduardo Pondé de.
Título: Análise das habilidades pragmáticas de crianças nascidas pré-termo / Analysis of the pragmatic skills in preterm children
Fonte: Audiol., Commun. res;25:e2263, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Caracterizar as habilidades pragmáticas de crianças nascidas pré-termo e investigar se existe correlação com a idade gestacional, o gênero e a faixa etária. Métodos Foram avaliadas 42 crianças nascidas pré-termo, com baixo peso ao nascer, de ambos os gêneros, na faixa etária de 2 a 4 anos. A análise do perfil comunicativo foi realizada por meio do Protocolo de Pragmática do ABFW - Teste de Linguagem Infantil nas Áreas de Fonologia, Vocabulário, Fluência e Pragmática. Resultados Quanto à iniciativa na comunicação, houve melhor desempenho das crianças pré-termo moderadas e tardias. Em relação aos atos comunicativos, as crianças não alcançaram os valores de referência propostos pelo teste. Os meios verbais foram mais utilizados, apesar de haver grande ocorrência dos meios gestuais. As funções comunicativas mais observadas foram comentário, narrativa, jogo e pedido de objeto. Conclusão As crianças pré-termo apresentaram desvios nas habilidades pragmáticas, na faixa etária investigada. As variáveis linguísticas descritas neste estudo não apresentaram correlação com idade e gênero.

ABSTRACT Purpose To characterize the pragmatic skills of preterm children and investigate whether it is correlated with gestational age, gender and age group. Methods 42 low-birth-weight preterm infants of both genders, aged 2 to 4 years, were evaluated. The analysis of the communication profile was performed through the Pragmatics Protocol of the ABFW - child language test in the fields of phonology, vocabulary, fluency and pragmatics. Results regarding the communication initiative, there was a better performance of moderate and late preterm children. Regarding the communicative acts, the children did not reach the reference values proposed by the test. The verbal means were the most used, although there was a high occurrence of the gestural means. The most observed communicative functions were commenting, narrative, game and object request. Conclusion The preterm children had deviations in pragmatic skills in the age group investigated. The linguistic variables described in this study were not correlated with age and gender.
Descritores: Recém-Nascido Prematuro
Linguagem Infantil
Idade Gestacional
Desenvolvimento da Linguagem
Testes de Linguagem
-Recém-Nascido de Baixo Peso
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  4 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1098648
Autor: Renata Rosemberg, Celia; Menti, Alejandra; Stein, Alejandra; Alam, Florencia; Migdalek, Maia.
Título: Vocabulario, narración y argumentación en los primeros años de la infancia y la niñez. Una revisión de investigaciones / Vocabulary, narration and argumentation during the first years o infancy and childhood. A research review
Fonte: Rev. Costarric. psicol;35(2):74-93, jul.-dic. 2016.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Se presenta una revisión de investigaciones que atienden al desempeño psicolingüístico infantil referido al vocabulario, al discurso narrativo y al argumentativo. En el marco de una amplia presentación de trabajos de investigación en el tema, el foco de la revisión son los trabajos previos realizados en el marco de la línea de investigación que llevamos a cabo en Argentina con niños de diversos grupos socioculturales. Se incluyen, a modo de ilustración de los conceptos, intercambios audio o videofilmados a niños de dos años y seis meses a cinco años en diferentes contextos de interacción en el hogar y en la escuela. En la presentación conceptual, así como en el análisis de los intercambios, se señalan las interrelaciones entre el vocabulario y el discurso narrativo y argumentativo en las interacciones sociales durante la consecusión de las actividades que configuran la vida cotidiana en el hogar, la comunidad y el entorno escolar. Asimismo, se señala la necesidad de atender, desde una perspectiva multimodal, al contexto de interacción social en el que se insertan tempranamente las palabras infantiles cuando los niños comienzan a producir discursos que les permiten realizar su intención comunicativa.

Abstract We present a research review of studies about children's psycholinguistic performance regarding vocabulary as well as narrative and argumentative discourse. Within the framework of a wide array of research studies on the subject, this revision focuses on the line of research that we have been carrying out with children from diverse sociocultural groups in Argentina. In order to illustrate the concepts, we have included audio or video conversational exchanges among children between two and half years and five years old. The exchanges were recorded in different contexts of interaction at school and at home. In the theoretical presentation, as well as in the analysis of exchanges we point out the relationships between vocabulary and narrative and argumentative discourse, that took place within the social interactions in the daily activities at home, in the community, and school environments. Likewise, we highlight the need to attend to the context of social interaction in which a child's vocabulary is inserted early on, when children begin to produce discourse in order to carry out their communicational goals.
Descritores: Psicolinguística
Vocabulário
Linguagem Infantil
Desenvolvimento da Linguagem
-Argentina
Narração
Testes de Linguagem
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  5 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131766
Autor: Souza, Ana Carla Filgueira de Souza e; Silva, Luciana Lyra Casais-e; Sena, Eduardo Pondé de.
Título: Análise comparativa do vocabulário expressivo de crianças nascidas pré-termo e a termo / Comparative analysis of the expressive vocabulary of preterm and full-term children
Fonte: Audiol., Commun. res;25:e2269, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo Comparar o desempenho de crianças nascidas pré-termo e a termo na avaliação do vocabulário expressivo. Métodos A avaliação do vocabulário foi realizada por meio do ABFW - Teste de Linguagem Infantil, em 40 crianças, na faixa etária de 2 a 4 anos, sendo 20 nascidas pré-termo e 20 nascidas a termo, pareadas conforme idade e sexo. Foram aplicados os testes estatísticos pertinentes, adotando-se o nível de significância menor que 5%. Resultados Observou-se diferença estatística entre o grupo pré-termo e a termo nas designações por vocábulos usuais nos campos conceituais: vestuário, móveis e utensílios e profissões; nas não designações, nos campos: profissões e locais e nos processos de substituição nos campos vestuário, profissões, locais, formas e cores. Conclusão Sugere-se uma possível relação entre o nascimento prematuro e dificuldades no desenvolvimento do vocabulário. Destaca-se a importância da intervenção precoce nesses casos, a fim de evitar ou minimizar repercussões no desenvolvimento da linguagem e na fase escolar.

ABSTRACT Purpose To compare the performance of preterm and full-term children in the expressive vocabulary assessment. Methods The vocabulary was assessed through the ABFW - Child Language Test in 40 two- to four-year-old children - 20 preterm and 20 full-term, matched for age and gender. The proper statistical tests were used, adopting the significance level lower than 5%. Results A statistical difference between the preterm and full-term groups was observed in the usual word designations (in the conceptual fields of clothing, furniture and appliances, and professions), in the no designations (in professions and places), and in the substitution processes (in clothing, professions, places, and shapes and colors). Conclusion A possible relationship between premature birth and difficulties in vocabulary development is suggested. The importance of early intervention in these cases is highlighted, to avoid or minimize consequences to language development and school achievements.
Descritores: Nascimento Prematuro
Nascimento a Termo
Desenvolvimento da Linguagem
Testes de Linguagem
-Desenvolvimento Infantil
Linguagem Infantil
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  6 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-728684
Autor: Oliveira, Ecila P; Neri, Marina L; Capelatto, Lívia L; Guimarães, Catarina A; Guerreiro, Marilisa M.
Título: Rolandic epilepsy and dyslexia / Epilepsia rolândica e dislexia
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;72(11):826-831, 11/2014. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Objective Although benign epilepsy with centrotemporal spikes (BECTS) is an idiopathic, age-related epilepsy syndrome with favorable outcome, recent studies have shown impairment in specific neuropsychological tests. The objective of this study was to analyze the comorbidity between dyslexia and BECTS. Method Thirty-one patients with clinical and electroencephalographic diagnosis of BECTS (group A) and 31 paired children (group B) underwent a language and neuropsychological assessment performed with several standardized protocols. Our findings were categorized as: a) dyslexia; b) other difficulties; c) without difficulties. Our results were compared and statistically analyzed. Results Our data showed that dyslexia occurred in 19.4% and other difficulties in 74.2% of our patients. This was highly significant when compared with the control group (p<0.001). Phonological awareness, writing, reading, arithmetic, and memory tests showed a statistically significant difference when comparing both groups. Conclusion Our findings show significant evidence of the occurrence of dyslexia in patients with BECTS. .

Objetivo Apesar da epilepsia benigna da infância com espículas centrotemporais (EBICT) ser uma síndrome epiléptica considerada idiopática, idade-relacionada e de evolução favorável, estudos recentes têm mostrado que essas crianças apresentam prejuízo em testes neuropsicológicos específicos. O objetivo desse estudo foi analisar a comorbidade entre EBICT e dislexia. Método Trinta e um pacientes com diagnóstico clínico e eletrencefalográfico de EBICT (grupo A) e 31 crianças pareadas (grupo B) foram submetidos à avaliação neuropsicológica e de linguagem com vários protocolos estandardizados. Nossos achados foram categorizados em: a) dislexia; b) outras dificuldades; c) sem dificuldades. Nossos resultados foram comparados e analisados estatisticamente. Resultados Os dados mostraram que dislexia ocorreu em 19,4% e outras dificuldades em 74,2% dos nossos pacientes. Esses números foram altamente significativos quando comparados com o grupo controle (p<0,001). Consciência fonológica, leitura, escrita, aritmética e testes de memória mostraram diferença estatisticamente significante quando foram comparados os dois grupos. Conclusão Nossos dados mostraram que há evidência da ocorrência de dislexia em pacientes com EBICT. .
Descritores: Epilepsia Rolândica/fisiopatologia
Dislexia/fisiopatologia
-Conscientização/fisiologia
Redação
Estudos de Casos e Controles
Comorbidade
Estatísticas não Paramétricas
Eletroencefalografia
Testes de Linguagem
Transtornos da Memória/fisiopatologia
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1142828
Autor: Jansson, Isabella Linnea; Ortiz, Karin Zazo; Barreto, Simone dos Santos.
Título: Qualitative and quantitative aspects of the F-A-S fluency test in people with aphasia / Aspectos qualitativos e quantitativos no teste de fluência f-a-s em pessoas com afasia
Fonte: Dement. neuropsychol;14(4):412-418, Oct.-Dec. 2020. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ).
Resumo: ABSTRACT. Verbal fluency tests are widely used in neuropsychological assessment. The quantitative and qualitative analysis of the performance of aphasic individuals on the phonemic verbal fluency (PVF) test can contribute to a better understanding of cognitive changes in this group of patients. Objective: This study aimed to analyze clustering and switching measures of PVF in people with aphasia and investigate the relationship between the use of these strategies, the quantitative performance on the test, and the performance on executive functions. Methods: This is a cross-sectional study of 15 people with aphasia, right-handed, native speakers of Brazilian Portuguese, aged 19 to 92 years. They were submitted to the F-A-S test and the Clock Drawing Test (CDT). The following measures were obtained in the F-A-S test: total score, number of clusters, mean cluster size, and number of switches. Spearman's test was used to analyze correlation. Results: We found a positive correlation among all F-A-S test scores, ranging from p=0.61 (p<0.001) to p=0.91 (p<0.001). No correlation was identified between these measures and CDT performance (p≤0.31; p≥0.260). Conclusions: The quantitative and qualitative analysis of F-A-S in people with aphasia, even those with different linguistic manifestations, showed that these individuals presented lower scores and that the number of total words and the number of switches were strongly correlated. We found no correlation between executive function, assessed by the CDT, and switching performance on the F-A-S test.

RESUMO. Testes de fluência verbal são procedimentos amplamente utilizados na avaliação neuropsicológica. A análise da performance de pessoas com afasia no teste de fluência verbal fonêmica (FVF), do ponto de vista quantitativo e qualitativo, pode contribuir para uma melhor compreensão das mudanças cognitivas que ocorrem nesse grupo de pacientes. Objetivo: Os objetivos deste estudo foram analisar as medidas de estratégias de agrupamento e de mudança de agrupamento na FVF de pessoas com afasia e investigar a correlação entre o uso dessas estratégias, o desempenho quantitativo no teste e o desempenho em funções executivas. Métodos: Foi realizado um estudo transversal com 15 pessoas com afasia, destros, falantes nativos do português brasileiro, com idade entre 19 e 92 anos. Eles foram submetidos ao teste F-A-S e ao Teste do Relógio (TDR). Foram obtidas as seguintes medidas no F-A-S: escore total, número e tamanho médio de agrupamento e número de mudança de agrupamento. Para análise de correlação foi utilizado o teste de Spearman. Resultados: Foi verificada correlação positiva entre todos os escores do teste F-A-S, variando entre p=0,61 (p<0,001) e p=0,91 (p<0,001). Não foram encontradas correlações entre tais medidas e o escore no TDR (p≤0,31; p≥0,260). Conclusões: A análise quantitativa e qualitativa do F-A-S de pessoas com afasia, mesmo com diferentes manifestações linguísticas, mostrou que elas apresentam escores inferiores e o número total de palavras e o número de mudanças de agrupamento possuem forte correlação. Não foi observada correlação entre funções executivas, avaliada pelo TDR, e o desempenho na medida de mudança de agrupamento.
Descritores: Testes de Linguagem
-Afasia
Cognição
Idioma
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  8 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-792509
Autor: Vieira, Ana Cláudia C; Andrade, Gustavo; Souza, Moysés Ponte de; Griz, Maria de Fátima Leal; Silva, Isabel Eugênia Costa e; Quinino, Saul M C; Câmara Jr, Divaldo; Azevedo-Filho, Hildo R C.
Título: Performance of language tasks in patients with ruptured aneurysm of the left hemisphere worses in the post-surgical evaluation / Avaliação da linguagem em pacientes com hemorragia subaracnóidea aneurismática no hemisfério esquerdo piora após a cirurgia
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;74(8):638-643, Aug. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Sub-arachnoid hemorrhage (SAH) promotes impairment of upper cortical functions. However, few information is available emphasizing changes in language after aneurismal SAH and aneurysm location influence. Objective To assess the language and verbal fluency performance in aneurismal SAH pre- and post-surgery in patients caused by an aneurysm of the anterior communicating artery (AcomA), left middle cerebral artery (L-MCA) and left posterior comunicating artery (L-PcomA). Methods Assessment in 79 patients with SAH, on two occasions: pre- and post surgical treatment. They were divided into three groups by the aneurysms’ location. Results Deterioration is detected in the performance of all patients during the post-surgical period; L-MCA aneurysm patients displayed a reduction in verbal naming and fluency; L-PcomA patients deteriorated in the written language and fluency tasks. Conclusion After the surgical procedure the patients decreased in various language tasks and these differences in performance being directly related to the location of the aneurysm.

RESUMO Hemorragia subaracnóidea (HSA) proporciona alterações nas altas funções cerebrais. Contudo, há poucos trabalhos enfatizando as alterações da linguagem na HSA aneurismática e a influência da localização do aneurisma. Objetivos Analisar e comparar os desempenhos da linguagem e fluência verbal na HSA nos períodos pré e pós-cirúrgicos nos pacientes com aneurismas da comunicante anterior (AcomA), cerebral média (ACME) e comunicante posterior esquerdas (AcomPE). Métodos A avaliação da linguagem de 79 pacientes com HSA aneurismática foi realizada em duas ocasiões: pré e pós cirurgia. Eles foram divididos em três grupos de acordo com a localização do aneurisma. Resultados Os grupos apresentaram deterioração na avaliação pós-operatória com diferentes características. O grupo da ACME demonstraram deterioração na fluência e nomeação, enquanto o da AcomPE pioraram nos testes de linguagem escrita e fluência. Conclusões Após o tratamento cirúrgico, os pacientes deterioraram em vários itens de linguagem com diferenças relacionadas à localização do aneurisma.
Descritores: Hemorragia Subaracnóidea/complicações
Aneurisma Intracraniano/complicações
Aneurisma Roto/complicações
Transtornos da Linguagem/etiologia
-Período Pós-Operatório
Hemorragia Subaracnóidea/cirurgia
Aneurisma Intracraniano/cirurgia
Aneurisma Intracraniano/classificação
Estudos Prospectivos
Aneurisma Roto/cirurgia
Aneurisma Roto/classificação
Transtornos da Linguagem/diagnóstico
Testes de Linguagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 355 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Abramides, Dagma Venturini Marques
Texto completo
Id: biblio-888285
Autor: Maximino, Luciana Paula; Ducati, Luis Gustavo; Abramides, Dagma Venturini Marques; Corrêa, Camila de Castro; Garcia, Patrícia Fernandes; Fernandes, Adriano Yacubian.
Título: Syndromic craniosynostosis: neuropsycholinguistic abilities and imaging analysis of the central nervous system / Craniossinostoses sindrômicas: habilidades neuropsicolinguísticas e análise por imagem do sistema nervoso central
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;75(12):862-868, Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP; . CNPQ.
Resumo: ABSTRACT Objective: To characterize patients with syndromic craniosynostosis with respect to their neuropsycholinguistic abilities and to present these findings together with the brain abnormalities. Methods: Eighteen patients with a diagnosis of syndromic craniosynostosis were studied. Eight patients had Apert syndrome and 10 had Crouzon syndrome. They were submitted to phonological evaluation, neuropsychological evaluation and magnetic resonance imaging of the brain. The phonological evaluation was done by behavioral observation of the language, the Peabody test, Token test and a school achievement test. The neuropsychological evaluation included the WISC III and WAIS tests. Results: Abnormalities in language abilities were observed and the school achievement test showed abnormalities in 66.67% of the patients. A normal intelligence quotient was observed in 39.3% of the patients, and congenital abnormalities of the central nervous system were observed in 46.4% of the patients. Conclusion: Abnormalities of language abilities were observed in the majority of patients with syndromic craniosynostosis, and low cognitive performance was also observed.

RESUMO Objetivo: Caracterizar as habilidades neuropsicolinguísticas de indivíduos com craniossinostoses sindrômicas e apresentar esses achados com as anomalias do sistema nervoso central. Métodos: Participaram do estudo 18 sujeitos com diagnóstico clínico de craniossinostose sindrômica, 44,4% com a síndrome de Apert e 55,6% síndrome de Crouzon. Todos os sujeitos foram submetidos a avaliação fonoaudiológica, psicológica e exames de ressonância magnética do encéfalo. A avaliação fonoaudiológica foi contemplada pela Observação Comportamental da Linguagem, Teste Peabody (TVIP), Teste Token e Teste de Desempenho Escolar (TDE); enquanto a psicológica utilizou a WISC-III e a WAIS. Resultados: Observou-se alteração nas habilidades de linguagem em todos os protocolos utilizados, sendo o TDE o que apresentou maior porcentagem de alteração (66,67%).A avaliação cognitiva evidenciou quociente de inteligência dentro da média em 39,3% dos sujeitos, enquanto que 46,4% apresentaram malformações congênitas do sistema nervoso central. Conclusão: Constatou-se alterações nas habilidades de linguagem na maioria dos sujeitos com craniossinostoses sindrômicas, bem como o baixo desempenho cognitivo.
Descritores: Acrocefalossindactilia/fisiopatologia
Disostose Craniofacial/fisiopatologia
Desenvolvimento da Linguagem
-Acrocefalossindactilia/complicações
Acrocefalossindactilia/diagnóstico por imagem
Disostose Craniofacial/complicações
Disostose Craniofacial/diagnóstico por imagem
Testes de Linguagem
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 355 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888353
Autor: Hübner, Lilian Cristine; Loureiro, Fernanda; Tessaro, Bruna; Siqueira, Ellen Cristina Gerner; Jerônimo, Gislaine Machado; Gomes, Irênio; Schilling, Lucas Porcello.
Título: Naming and verbal learning in adults with Alzheimer's disease, mild cognitive impairment and in healthy aging, with low educational levels / Nomeação e aprendizagem verbal na doença de Alzheimer, no comprometimento cognitivo leve e no envelhecimento sadio com baixa escolaridade
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;76(2):93-99, Feb. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Language assessment seems to be an effective tool to differentiate healthy and cognitively impaired aging groups. This article discusses the impact of educational level on a naming task, on a verbal learning with semantic cues task and on the MMSE in healthy aging adults at three educational levels (very low, low and high) as well as comparing two clinical groups of very low (0-3 years) and low education (4-7 years) patients with Alzheimer's disease (AD) and mild cognitive impairment (MCI) with healthy controls. The participants comprised 101 healthy controls, 17 patients with MCI and 19 with AD. Comparisons between the healthy groups showed an education effect on the MMSE, but not on naming and verbal learning. However, the clinical groups were differentiated in both the naming and verbal learning assessment. The results support the assumption that the verbal learning with semantic cues task is a valid tool to diagnose MCI and AD patients, with no influence from education.

RESUMO A linguagem tem se mostrado uma ferramenta eficiente para diferenciar grupos de idosos saudáveis dos com deficiências cognitivas. O artigo objetiva discutir o impacto do nível educacional na nomeação, na aprendizagem verbal (AV) com pistas semânticas e no MEEM no envelhecimento saudável em três níveis de escolaridade (muito baixa: 0-3 anos, baixa: 4-7 anos e alta: >8 anos) e em dois grupos clínicos de escolaridade muito baixa e baixa (Doença de Alzheimer - DA - e Comprometimento Cognitivo Leve - CCL), comparados a controles saudáveis. Participaram 101 controles, 17 CCL e 19 DA. Comparações entre grupos saudáveis demonstraram um efeito da escolaridade no MEEM, mas não nas tarefas de nomeação e de AV. Considerando as comparações entre os grupos clínicos, tanto a nomeação quanto a AV os diferenciaram. Os resultados corroboram a pressuposição de que a tarefa de AV com pistas semânticas é válida para diagnosticar CCL e DA, não sendo influenciada pela escolaridade.
Descritores: Aprendizagem Verbal/fisiologia
Envelhecimento/fisiologia
Escolaridade
Doença de Alzheimer/fisiopatologia
Disfunção Cognitiva/fisiopatologia
-Escalas de Graduação Psiquiátrica
Valores de Referência
Semântica
Análise e Desempenho de Tarefas
Brasil
Envelhecimento/psicologia
Estudos de Casos e Controles
Análise de Variância
Doença de Alzheimer/psicologia
Memória Episódica
Disfunção Cognitiva/psicologia
Envelhecimento Saudável/fisiologia
Envelhecimento Saudável/psicologia
Testes de Linguagem
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 36 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde