Base de dados : LILACS
Pesquisa : F04.711.513.240 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 340 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 34 ir para página                         

  1 / 340 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-950038
Autor: Blumenfeld, Alejandro; Carrizo Olalla, José; D'Angelo, Sabrina I; González, Natalia S; Sadras, Yael; Graizer, Sandra; Macario, Alejandro; Salamanco, Graciela.
Título: Retraso del desarrollo del lenguaje en niños de 24 meses en un centro de salud en la Ciudad de Buenos Aires / Language development delay in 24-month-old children at a health care center of the City of Buenos Aires
Fonte: Arch. argent. pediatr;116(4):242-247, ago. 2018. ilus, tab.
Idioma: en; es.
Resumo: Introducción. El retraso del desarrollo del lenguaje representa un desafío frecuente para pediatras y otros profesionales. El objetivo principal fue establecer su prevalencia en niñas y niños usuarios de un centro de salud. Población y métodos. Se evaluó el vocabulario expresivo de niñas y niños de 24 meses en un centro de salud utilizando el Inventario de Desarrollo de Habilidades Comunicativas MacArthur-Bates, versión breve (adaptación argentina). Se investigó la asociación entre el retraso del lenguaje y las características demográficas, socioeconómicas, conductuales/emocionales y de estrés parental. En aquellos con retraso expresivo, se evaluó el vocabulario receptivo y se investigaron posibles causas subyacentes (retraso cognitivo no verbal, trastornos del espectro autista, patología del oído medio e hipoacusia). Resultados. Se observó un retraso del desarrollo del lenguaje en 16 de 138 participantes (11,6%; intervalo de confianza -IC- 95%: 6,2-17%), asociado significativamente con antecedentes familiares de retraso del lenguaje, estrés parental y comportamiento problemático. El compromiso del vocabulario receptivo se identificó en 13 de 16 casos con retraso del desarrollo del lenguaje, y 7 presentaron sospecha de trastorno del espectro autista, de retraso global del desarrollo o ambas. Se observó la patología del oído medio en 5 de 9 estudiados. Los 9 participantes a los que se realizó una audiometría no presentaron resultados patológicos de acuerdo con los criterios adoptados en el presente trabajo. Conclusiones. El retraso del desarrollo del lenguaje representa un problema prevalente en nuestra población y se asoció principalmente con problemas de comportamiento y antecedentes familiares de retraso del lenguaje.

Introduction. Language development delay is a frequent challenge for pediatricians and other health care providers. The main objective of this study was to establish its prevalence among children attending a health care center. Population and methods. The expressive vocabulary of 24-month-old children attending a health care center was assessed using the Spanish-language MacArthur-Bates Communicative Development Inventories, short form (Argentine version). The association between language delay and demographic, socioeconomic, behavioral/emotional, and parental stress characteristics was analyzed. In children with expressive language delay, receptive vocabulary was assessed and possible underlying causes were studied (non-verbal cognitive delay, autistic spectrum disorders, middle ear pathology, and hearing impairment). Results. Language development delay was observed in 16 out of 138 participants (11.6%; 95% confidence interval: 6.2-17%), significantly associated with a family history of language delay, parental stress, and problem behavior. Receptive vocabulary compromise was identified in 13 out of 16 children with language development delay, and 7 were suspected of autistic spectrum disorder, overall developmental delay, or both. A middle ear pathology was observed in 5 out of 9 studied children. The 9 participants who had an audiometry did not have pathological results based on this study's criteria. Conclusions. Language development delay is a prevalent condition in our population and has been mainly associated with behavioral problems and a family history of language delay.
Descritores: Deficiências do Desenvolvimento/epidemiologia
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/epidemiologia
Testes de Linguagem
-Pais/psicologia
Argentina
Fatores Socioeconômicos
Deficiências do Desenvolvimento/diagnóstico
Prevalência
Estudos Transversais
Transtorno do Espectro Autista/diagnóstico
Transtorno do Espectro Autista/epidemiologia
Transtornos da Audição/diagnóstico
Transtornos da Audição/epidemiologia
Desenvolvimento da Linguagem
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/diagnóstico
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/etiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  2 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-796965
Autor: Opasso, Patrícia Romano; Barreto, Simone dos Santos; Ortiz, Karin Zazo.
Título: Phonemic verbal fluency task in adults with high-level literacy / Fluência verbal fonêmica em adultos de alto letramento
Fonte: Einstein (Säo Paulo);14(3):398-402, July-Sept. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To establish normative parameters for the F-A-S form of the phonemic verbal fluency test, in a population of Brazilian Portuguese speaking adults with high-level literacy. Methods: The sample comprised 40 male and female volunteers aged 19 to 59 years, and at least 8 years of formal education. Volunteers were first submitted to the Mini-Mental State Examination and the Clock Drawing cognitive screening tests, then to the F-A-S Verbal Phonemic Fluency Test; in this test, examinees were given 60 seconds to generate as many words as possible beginning with each of the three test letters. Results: The means for number of words beginning the letters F, A and S and for total number of words beginning with either letter generated per minute corresponded to 15.3, 14.4, 13.9 and 43.5, respectively. Conclusion: Reference values obtained from young adults with high levels of literacy submitted to the F-A-S Verbal Phonemic Fluency Test in this study were similar to those reported in the international literature. These reference values can be used for clinical assessment of language disorder and neuropsychological evaluation.

RESUMO Objetivo: Obter parâmetros de normalidade na tarefa de fluência verbal fonêmica, versão F-A-S, em uma população de alto letramento de adultos falantes do português brasileiro. Métodos: A amostra foi constituída por 40 voluntários, de ambos os sexos, com idade entre 19 e 59 anos, e com mais de 8 anos de estudo. Todos os voluntários foram inicialmente submetidos ao Miniexame do Estado Mental e ao Teste do Desenho do Relógio, para fins de rastreio cognitivo, e, então, ao Teste de Fluência Verbal Fonêmica F-A-S. Neste último, os indivíduos foram orientados a produzirem o maior número de palavras que conseguissem, iniciadas com cada uma das três letras ditas pelo examinador, em um intervalo de 60 segundos cada. Resultados: As médias das palavras produzidas com as letras F-A-S foram as seguintes: “F” = 15,3 palavras por minuto; “A” = 14,4 palavras por minuto; e “S” = 13,9 palavras por minuto. A média do total de palavras emitidas iniciada com todas as letras do teste foi de 43,5 palavras. Conclusão: Foram obtidos valores de referência para o Teste de Fluência Verbal Fonêmica F-A-S para indivíduos adultos jovens de alto grau de letramento semelhantes aos de estudos internacionais. Tais valores podem ser utilizados na avaliação clínica de transtornos da linguagem e na avaliação neuropsicológica.
Descritores: Comportamento Verbal/fisiologia
Testes de Linguagem/normas
Meia-Idade/fisiologia
-Valores de Referência
Comportamento Verbal/classificação
Brasil
Escolaridade
Linguagem
Testes Neuropsicológicos/normas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1038760
Autor: Souza, Cintia Alves de; Escarce, Andrezza Gonzalez; Lemos, Stela Maris Aguiar.
Título: Competência leitora de palavras e pseudopalavras, desempenho escolar e habilidades auditivas em escolares do ensino fundamental / Reading competence of words and pseudo words, school performance and listening skills in primary schools
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e2018, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq; . FAPEMIG.
Resumo: RESUMO Objetivo Associar a competência leitora em palavras e pseudopalavras de escolares de 7 a 10 anos de idade, segundo as variáveis sexo, idade, desempenho escolar e habilidades auditivas. Métodos Estudo observacional analítico transversal, com amostra não probabilística composta por 109 escolares. Foram utilizados como instrumentos o Teste de Competência de Leitura de Palavras e Pseudopalavras, o Teste de Desempenho Escolar, o Teste de Localização Sonora, o Teste de Memória para Sons Verbais em Sequência e o Teste de Memória para Sons Não Verbais em Sequência Resultados O Teste de Competência de Leitura de Palavras e Pseudopalavras apresentou resultado normal na maioria das crianças. No Teste de Desempenho Escolar, a maioria dos escolares apresentou desempenho inferior, conforme critérios de classificação do teste. A Avaliação Simplificada do Processamento Auditivo resultou em maior porcentagem de adequação da habilidade auditiva de localização sonora, seguida pela habilidade auditiva de ordenação temporal simples para sons não verbais e para sons verbais. Houve associação significativa entre os resultados do Teste de Competência de Leitura de Palavras e Pseudopalavras e do Teste de Desempenho Escolar e seus subtestes. Conclusão O estudo revelou associação entre a competência leitora em palavras/pseudopalavras e o desempenho escolar de crianças de 7 anos a 10 anos, 11 meses e 29 dias. Contudo, não houve evidência de associação entre a competência leitora em palavras/pseudopalavras, as variáveis sociodemográficas e as habilidades auditivas.

ABSTRACT Purpose To associate the word and non-word reading competence of students aged from 7 to 10 years according to variables as gender, age, school performance and auditory abilities. Methods Observational analytic cross-sectional study with a non-probabilistic sample. The study was conducted with 109 students of three educational institutions. The Word-Pseudoword Reading Competence Test, the Test for School Achievement, the Sound Localization Test, the Sequential Memory Test for Verbal and Non-verbal Sounds were used as instruments. Results In most children the Word-Pseudoword Reading Competence Test showed normal results. Most students showed low performance in the Test for School Achievement. The Simplified Auditory Processing Test resulted in a higher percentage of adequacy of the sound localization ability, followed by the auditory ability of simple temporal ordering for non-verbal sounds and verbal sounds. There was a significant association between the results of the Word-Pseudoword Reading Competence Test and the Test for School Achievement and its subtests. Conclusion The study revealed an association between word and non-word reading competence and school performance of children aged from 7 to 10 years, 11 months and 29 days. However, there was no evidence of association between word and pseudoword reading competence, sociodemographic variables and auditory abilities.
Descritores: Percepção Auditiva
Ensino Fundamental e Médio
Desempenho Acadêmico
Percepção Sonora
Memória de Curto Prazo
-Leitura
Baixo Rendimento Escolar
Cognição
Compreensão
Testes Auditivos
Testes de Linguagem
Aprendizagem
Limites: Seres Humanos
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  4 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-641672
Autor: Escorsi-Rosset, Sara; Souza-Oliveira, Cecília; Gargaro-Silva, Ana Carolina; Coimbra, Érica Regina; Miotto, Eliane Correa; Bianchin, Marino Muxfelt; Terra, Vera Cristina; Sakamoto, Américo Ceiki.
Título: The Boston Naming Test as a predictor of post-surgical naming dysfunctions in temporal lobe epilepsy / O Boston Naming Test como marcador para disfunção nominativa no pós-operatório de epilepsia do lobo temporal
Fonte: J. epilepsy clin. neurophysiol;17(4):140-143, 2011. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: OBJECTIVES: Patients that undergo epilepsy surgery for temporal lobe epilepsy (TLE) in the dominant hemisphere are more susceptible to naming deficits. The aim of the present study was to perform an observational retrospective study comparing two groups of patients for naming performance, those with left and right temporal lobe resections regarding the performance in naming by Boston Naming Test (BNT). METHODS: A total of 120 right-handed patients (52 right temporal lobe and 68 left temporal lobe), aged between 18 and 59, with pharmacoresistant mesial TLE were retrospectively analyzed. All patients underwent pre and postoperative neuropsychological assessment. RESULTS AND CONCLUSIONS : The BNT was a good predictor for possible post-surgical language deficits in patients submitted to left temporal lobectomy.

OBJETIVO: Pacientes submetidos a cirurgia de epilepsia portadores de epilepsia do lobo temporal (ELT) em hemisfério dominante são mais suscetíveis a apresentarem déficits de nomeação. O objetivo do presente estudo foi realizar um estudo retrospectivo observacional comparando dois grupos de pacientes sendo um grupo submetido a lobectomia temporal dominante e outro a lobectomia temporal não dominante em relação ao desempenho na tarefa de nomeação através do Boston Naming Test (BNT). METÓDOS: Um total de 120 pacientes destros foram retrospectivamente analisados (52 temporal direito e 68 temporal esquerdo) com idade entre 18 e 59 anos, com epilepsia do lobo temporal mesial fármaco resistente. Todos os pacientes foram submetidos a avaliação neuropsicológica pré e pós-operatória utilizando o BNT para medida de nomeação. RESULTADOS E CONCLUSÕES: O BNT foi mostrou-se um bom instrumento para predizer possíveis déficits de linguagem em pacientes submetidos a lobectomia temporal esquerda.
Descritores: Lobo Temporal
Epilepsia do Lobo Temporal
Testes de Linguagem
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011380
Autor: Costa, Mariana de Oliveira; Carvalho, Carolina Alves de Ferreira; Hackerott, Maria Mercedes Saraiva; Avila, Clara Regina Brandão de.
Título: Consistência interna e fatores latentes na variabilidade da competência sintática no ensino fundamental I / Internal consistency and latent factors in the variability of syntactic competence in elementary school students
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e1986, 2019. tab.
Idioma: pt.
Projeto: CAPES.
Resumo: RESUMO Objetivo Apresentar o estudo de consistência interna e de fatores latentes responsáveis pela variabilidade de respostas a uma tarefa de avaliação de competências sintáticas, aplicada em crianças escolares do 2º ciclo do ensino fundamental I. Métodos Elaborou-se uma prova de complementação oral de sentenças, a partir de 30 orações subordinadas adverbiais. Participaram 113 escolares típicos (55,7% sexo feminino), entre 9 anos e 11 anos e 1 mês (média de idade = 9,5; desvio padrão = 0,6), matriculados no 4º (59,3%) e 5º (40,7%) anos do ensino fundamental da rede pública. Foram avaliados quanto à discriminação e processamento auditivo, memória fonológica, vocabulário expressivo e complementação oral de sentenças. Três juízes (dois fonoaudiólogos e um linguista) avaliaram 3390 respostas. Analisou-se por coeficiente Kappa de Fleiss (α=0,6), coeficiente de Alpha de Cronbach (α=0,4) e realizou-se análise fatorial com coeficiente Phi (α=0,7), com método de componentes principais. Resultados A concordância entre os três juízes mostrou k=0,61<x>1 para 6 itens. A análise dos dois fonoaudiólogos mostrou concordância perfeita para 2 itens e k=0,69<x>0,89 para 23 itens. Na análise da consistência interna, as categorias condicional e final mostraram α=0,43 e α=0,47, respectivamente. As demais categorias não mostraram consistência. Dos 13 fatores latentes identificados, apenas 1 mostrou ser responsável (12%) pela variância total de respostas. Conclusão A concordância entre juízes fonoaudiólogos foi substancial, os itens de teste não se mostraram correlacionados dentro da mesma categoria gramatical. O uso do modo subjuntivo na resposta complementar à oração principal parece ser um fator latente, condutor da variabilidade de resposta dos escolares.

ABSTRACT Purpose Present a study on the internal consistency and latent factors that promote response variability in an assessment task of syntactic competence applied to Elementary School students. Methods An oral sentence complementation task containing 30 main adverbial subordinate clauses was prepared. Participants were 113 students with typical development (55.7% girls), aged 9 years to 11 years and 1 month (M=9.5; SD=0.6), regularly enrolled in the 4th (59.3%) and 5th (40.7%) grades of a public Elementary School. The schoolchildren were evaluated with respect to auditory discrimination and processing (simplified assessment), phonological short-term and working memory, expressive vocabulary, and oral sentence complementation. Data were analyzed using the Fleiss' Kappa (α=0.6) and Cronbach's Alpha (α=0.4) coefficients. Phi coefficient (α=0.7) factor analysis with the principal components method was also performed. Results Inter-rater concordance between the three judges was α=0.61<x>1 for six clauses. Concordance between the two speech-language pathologists was perfect for two clauses and k=0.69<x>0.89 for 23 clauses. In the internal consistency analysis, the condition and purpose subordinate clause categories showed α=0.43 and α=0.47, respectively. Of the 13 latent factors identified, only one (12%) promoted total response variance. Conclusion Inter-rater concordance between the speech-language pathologists was significant, task items were not correlated within the same grammatical category, and the use of the subjunctive mood in the complementation response to the main clause seems to be a latent factor promoting the response variability of students.
Descritores: Testes de Discriminação da Fala
Linguagem Infantil
Estudos de Validação
Transtornos da Linguagem
Testes de Linguagem
-Estudos de Linguagem
Limites: Seres Humanos
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  6 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983918
Autor: Wolff, Luciana Maria Galvão; Cunha, Maria Claudia.
Título: Instrumento de avaliação de linguagem na perspectiva da Comunicação Suplementar e Alternativa: elaboração e validação de conteúdo / Script for language assessment on Augmentative and Alternative Communication perspective: construction and content validation
Fonte: Audiol., Commun. res;23:e2044, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Capes.
Resumo: RESUMO Objetivo Desenvolver e validar o conteúdo de instrumento de avaliação de linguagem pautado na Comunicação Suplementar e Alternativa (CSA). Métodos O instrumento foi elaborado a partir de revisão bibliográfica, em conjunto com a experiência clínica da pesquisadora. Em seguida, foi avaliado por juízes especialistas na área e uma nova versão foi construída, incorporando as colaborações dos juízes. Resultados O instrumento foi elaborado em 4 eixos de conteúdo, com instruções e sugestão de contextos e símbolos gráficos. A partir da avaliação dos juízes, o instrumento foi aprimorado e proposto, em sua versão final. Conclusão O instrumento denominado CSA_Linguagem se mostrou operacional, de fácil e rápida aplicação e baixo custo. Contudo, esta pesquisa tem limitações, na medida em que não há instrumentos de avaliação de linguagem padronizados, que considerem a utilização de símbolos gráficos como possibilidade de comunicação.

ABSTRACT Purpose Content development and validation of a language assessment instrument lined on Augmentative and Alternative Communication (AAC). Methods The instrument was elaborated from a bibliographic review, along with the clinical experience of the researcher. Then, It was evaluated by expert judges in the area and a new final version was constructed, with computed collaboration. Results The Instrument was developed in four content axes, with instructions and suggestion of contexts and graphic symbols. Based on the evaluation of judges, the instrument was improved and the final version was proposed. Conclusion The instrument, named CSA_Linguagem, was proved to be operational, easy, of rapid application and low cost. However, this research has limitations, there are no standardized language assessment tools that consider the use of graphic symbols as communication possibilities.
Descritores: Linguagem Infantil
Auxiliares de Comunicação para Pessoas com Deficiência/estatística & dados numéricos
Estudos de Linguagem
Testes de Linguagem
-Transtorno Autístico
Comunicação não Verbal
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  7 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983909
Autor: Ferreira, Sandra Cristina Araújo; Cruz-Santos, Anabela.
Título: Processos de designação e substituição semântica usados por crianças falantes de Português Europeu numa prova de vocabulário / Designation processes and semantic substitutions used by European Portuguese children in a vocabulary test
Fonte: Audiol., Commun. res;23:e2006, 2018. tab.
Idioma: pt.
Projeto: CIEd.
Resumo: RESUMO Objetivo Este estudo teve por objetivo a análise e quantificação dos processos de designação e substituição semântica apresentados na prova do vocabulário do Teste de Linguagem Infantil ABFW, padronizado no Brasil e adaptado para Português Europeu (PE), assim como a comparação dos resultados obtidos nos dois países, de forma a analisar a pertinência da sua extensibilidade à população portuguesa. Métodos A prova foi aplicada a 150 crianças de 5 e 6 anos de idade, de desenvolvimento típico, na Região Norte de Portugal. A prova é constituída por nove categorias conceituais e cada categoria formada por diferentes vocábulos, que foram avaliados sempre pela mesma ordem sequencial. Resultados A amostra mostrou desempenho inferior, em relação à norma, apenas nas categorias semânticas vestuário, locais e alimentos. Todas as outras categorias revelaram desempenho superior. As categorias do vocabulário que apresentaram maior percentagem de respostas corretas foram: animais, formas e cores e brinquedos e instrumentos musicais . As categorias que apresentaram percentagem superior de processos de substituição, em relação à norma, foram alimentos e locais. Os processos de substituição mais utilizados foram: substituição por co-hipônimo, vocábulos que designam atributos semânticos, valorização do estímulo visual, hiperônimos e parassinônimos. Conclusão Dada a homogeneidade dos resultados deste estudo com os resultados obtidos em outros estudos no Brasil, esta prova revela potencialidades como instrumento de avaliação do vocabulário em Portugal.

ABSTRACT Purpose This research study focus on the designation processes and semantic substitutions of each word on the vocabulary sub-task from the language test for children - ABFW, standardized in Brazil and adapted to European Portuguese, as well as the comparison of the results obtained in the two countries, to analyze the relevance of their extensibility to the Portuguese population. Methods The test was applied to 150 children from 5 to 6 years old, of typical development. The test consists of 9 conceptual categories. Each category consists of different words, which were always assessed in the same sequential order. Results The sample of this study showed a lower performance only in clothes, places and food semantic categories. All the other categories have outperformed the standard. The categories of vocabulary with higher percentage in the right designation of the words were colors and shapes, animals and toys and music instruments. The categories with a higher percentage of substitution processes, from the reference results, were: food and locations. The most recurrent substitution processes were the co-hyponym, words that designate semantic attributes, valorization of the visual stimulus, hypernym and parasynonyms Conclusion Given the homogeneity of the results of this study with the results obtained with other studies in Brazil, this test reveal potentiality as an instrument for vocabulary assessment in Portugal.
Descritores: Linguagem Infantil
Desenvolvimento da Linguagem
Testes de Linguagem
-Portugal
Transtornos da Linguagem
Limites: Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  8 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-966350
Autor: Lafont, Diana.
Título: Rendimiento lector en estudiantes con trastorno específico de lenguaje / Reading performance of students with specific language impairment
Fonte: Rev. chil. fonoaudiol. (En línea);17:1-17, nov. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Projeto: FONDECYT.
Resumo: El objetivo de este estudio es proporcionar información sobre el rendimiento lector de 24 estudiantes de 4o año de educación básica, que presentan diagnóstico de Trastorno Específico del Lenguaje (TEL) y que asisten a escuelas públicas y particulares subvencionadas en Santiago de Chile. Se evaluó de manera individual decodificación y comprensión lectora en estos estudiantes y también en un grupo control compuesto por escolares con Desarrollo Típico del Lenguaje (DTL). Los resultados muestran que los estudiantes con TEL poseen diferencias de rendimiento significativas en los promedios obtenidos en las pruebas de comprensión lectora, en comparación al grupo DTL. Este bajo rendimiento no se explica por dificultades en decodificación, ya que en este proceso los promedios alcanzados fueron similares en ambos grupos. Además, a partir del análisis individual de los casos que componen el grupo TEL, se identifica alta variabilidad en sus perfiles lectores. Igualmente, se observa ausencia de correlación entre ambos procesos de lectura en los niños con este déficit lingüístico. Se discuten resultados a partir de le evidencia recogida en el área y desde la Visión Simple de la Lectura (VSL).

The purpose of this study is to provide information about the reading performance of 24 4th graders with have Specific Language Impairment (SLI) attending public and private subsidized schools in Santiago, Chile. Specifically, decoding and reading comprehension were assessed for all students (children with SLI and typical children -TLD-from a contrast group). The results show that students with SLI have significant performance differences on reading comprehension tests when compared to TLD group. Low performance is not explained by difficulties in decoding, since means for decoding are similar in both groups. Also, by means of an individual analysis of data from children with SLI, it was possible to identify a high diversity in their reading profile. There was no correlation between both reading processes among children with SLI. Results are discussed based on the evidence collected in the area and from the Simple Reading Vision (SRV).
Descritores: Leitura
Compreensão/fisiologia
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/fisiopatologia
-Testes de Linguagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 340 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-952979
Autor: Akashi, Daniela Aiko; Ortiz, Karin Zazo.
Título: Formal language assessment in low-educated healthy subjects / Avaliação formal da linguagem em indivíduos normais com baixa escolaridade
Fonte: Dement. neuropsychol;12(3):284-291, July-Sept. 2018. tab.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract Although many studies have shown the influence of education on cognition, the impact of low education on the various cognitive functions appears to differ. The hypothesis of the present study is that, with regards to language, the use of parameters derived from populations with 5-8 years of education leads to false-positive results. Objective: to determine the influence of low education on the language tasks assessed by the MTL-Brazil Battery Methods: 30 healthy adults with 2-4 years of education were submitted to the MTL-Br Battery, comprising 22 subtests. The data were submitted to descriptive statistical analysis for each subtest and Z-scores were then calculated based on the parameters of a population with 5-8 years of education. All participants would be considered impaired if the Battery had been applied according to published normative criteria for a population with 5-8 years of education. Results: Separate analysis revealed that published scores for 17 out of the 22 Battery tasks were inappropriate for a population with 2-4 years of education. Conclusion: Education was found to effect performance for each of the language abilities differently. In addition, the study results can be applied to language assessments of individuals with 1-4 years of education using the MTL-Br battery, since this is the only language test for adults available in Brazil, and for which there are no normative data for low-educated subjects.

Resumo As funções cognitivas, dentre elas a linguagem, sofrem a interferência da escolaridade. A hipótese deste estudo é que mesmo o uso de parametros obtidos em populações de 5 a 8 anos de escolaridade pode levar a falsos-positivos em populações com escolaridade de 2 a 4 anos de estudo. Objetivo: Verificar a influência da baixa escolaridade nas tarefas linguísticas da bateria MTL-Br e obter dados que possam ser utilizados como parâmetros clínicos nas avaliações de indivíduos cérebro-lesados de baixa grau de escolaridade. Métodos: Trata-se de um estudo prospectivo, em que foram avaliados 30 indivíduos normais de baixa escolaridade, de dois a quatro anos de estudo, com idade entre 19 e 60 anos, de ambos os sexos. Os indivíduos foram submetidos ao Mini-Exame do Estado Mental e Teste do Desenho do Relógio para fins de rastreio cognitivo. Resultados: Todos os indivíduos que obtiveram escores compatíveis com os parâmetros de normalidade nestes dois testes foram submetidos à bateria MTL-Br. A avaliação seguiu estritamente as normas publicadas no instrumento original e o registro foi realizado nas folhas da própria bateria. Conclusão: No presente estudo evidenciamos a influência da escolaridade em tarefas linguísticas. Além disso, foi possível obter dados que poderão ser utilizados como parâmetros clínicos nas avaliações de indivíduos cérebro-lesados de baixa escolaridade.
Descritores: Transtornos da Comunicação
Testes de Linguagem
-Lesões Encefálicas
Escolaridade
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  10 / 340 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-761051
Autor: Silveira, Gabriela; Mansur, Letícia Lessa.
Título: Analysis of prototypical narratives produced by aphasic individuals and cognitively healthy subjects / Análise de narrativas prototípicas produzidas por indivíduos afásicos e indivíduos cognitivamente sadios
Fonte: Dement. neuropsychol;9(3):279-284, July-Sept. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Aphasia can globally or selectively affect comprehension and production of verbal and written language. Discourse analysis can aid language assessment and diagnosis.Objective:[1] To explore narratives that produce a number of valid indicators for diagnosing aphasia in speakers of Brazilian Portuguese. [2] To analyze the macrostructural aspects of the discourse of normal individuals. [3] To analyze the macrostructural aspects of the discourse of aphasic individuals.Methods:The macrostructural aspects of three narratives produced by aphasic individuals and cognitively healthy subjects were analyzed.Results:A total of 30 volunteers were examined comprising 10 aphasic individuals (AG) and 20 healthy controls (CG). The CG included 5 males. The CG had a mean age of 38.9 years (SD=15.61) and mean schooling of 13 years (SD=2.67) whereas the AG had a mean age of 51.7 years (SD=17.3) and mean schooling of 9.1 years (SD=3.69). Participants were asked to narrate three fairy tales as a basis for analyzing the macrostructure of discourse. Comparison of the three narratives revealed no statistically significant difference in number of propositions produced by the groups. A significant negative correlation was found between age and number of propositions produced. Also, statistically significant differences were observed in the number of propositions produced by the individuals in the CG and the AG for the three tales.Conclusion:It was concluded that the three tales are applicable for discourse assessment, containing a similar number of propositions and differentiating aphasic individuals and cognitively healthy subjects based on analysis of the macrostructure of discourse.

A afasia acomete de forma global ou seletiva a compreensão e a produção da linguagem oral e escrita. A análise do discurso pode auxiliar a avaliação e contribuir para o diagnóstico de linguagem.Objetivo:[1] Explorar narrativas que produzam o número de indicadores válidos para diagnóstico de afasia em sujeitos falantes do Português Brasileiro. [2] Analisar aspectos macroestruturais do discurso de indivíduos normais. [3] Analisar aspectos macroestruturais do discurso de indivíduos afásicos.Métodos:Foram analisados aspectos macroestruturais de três narrativas produzidas por indivíduos afásicos e sadios do ponto de vista cognitivo.Resultados:Foram examinados 30 voluntários, 10 afásicos (GA) e 20 indivíduos sadios (GC). O GC era composto de 5 indivíduos do gênero masculino. A média de idade desse grupo foi 38,9 (dP=15,61) e a de escolaridade 13 (dP=2,67). A média de idade do GA foi 51,7 (dP=17,3) e de escolaridade foi 9,1 anos (dP=3,69). Os sujeitos foram solicitados a narrar três histórias que serviram de base para análise da macroestrutura do discurso. Não houve diferenças estatisticamente significativas no número de proposições produzidas quando as três histórias foram comparadas. Houve correlação significativa, negativa, entre idade e número de proposições emitidas. Houve diferenças significativas no número de proposições emitidas pelos indivíduos do GC e do GA nas três histórias.Conclusão:Foi possível concluir que as três histórias são aplicáveis para avaliação de discurso, pois apresentam número similar de proposições e diferenciam afásicos e sujeitos sadios do ponto de vista cognitivo, a partir da análise de macroestrutura do discurso.
Descritores: Afasia
Patologia da Fala e Linguagem
Testes de Linguagem
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante



página 1 de 34 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde