Base de dados : LILACS
Pesquisa : G01.311.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 662 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 67 ir para página                         

  1 / 662 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-511529
Autor: Súarez, Yzel R; Silva, João Paulo da; Vasconcelos, Lilian P; Antonialli-Júnior, William Fernando.
Título: Ecology of Phallotorynus pankalos (Cyprinodontiformes: Poeciliidae) in a first-order stream of the upper Paraná Basin
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(1):49-54, Mar. 2009. graf, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: Some aspects of the population ecology of Phallotorynus pankalos in a first-order stream of the Iguatemi River Basin are described based on samples taken from March/2007 to February/2008. A total of 2680 individuals, including 948 males and 1732 females was collected. Adult females are larger than males; theirs mean fecundity was estimated as 6.5 embryos/female. There was a strong correlation between standard length and ovary weight, relative ovary weight, and number of embryos. The size of the first maturation of 50 percent of female population was estimated as 18.24 mm of standard lenght. High female mortality was observed after the first reproduction and sex ratio presents seasonal variation with higher female proportion in the winter.(AU)

Para descrever alguns aspectos da ecologia populacional de Phallotorynus pankalos em um riacho de primeira ordem da bacia do rio Iguatemi foram realizadas amostragens de março/2007 a fevereiro/2008. Um total de 2680 indivíduos, distribuídos em 948 machos e 1732 fêmeas, foi coletado. Fêmeas adultas foram maiores que os machos e sua fecundidade média foi estimada em 6,5 embriões/fêmea. Foi observada forte correlação entre o comprimento padrão e o peso dos ovários, peso relativo dos ovários e número de embriões. O tamanho da primeira maturação de 50 por cento da população de fêmeas foi estimado em 18,24 mm de comprimento padrão. Observamos elevada mortalidade de fêmeas após a primeira reprodução e variação sazonal na proporção sexual, com maior proporção de fêmeas no inverno.(AU)
Descritores: Reprodução
Poecilia/anatomia & histologia
Poecilia/embriologia
Poecilia/fisiologia
Fertilidade
-Rios
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-511525
Autor: González-Bergonzoni, Iván; Loureiro, Marcelo; Oviedo, Sebastián.
Título: A new species of Gymnogeophagus from the río Negro and río Tacuarí basins, Uruguay (Teleostei: Perciformes)
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(1):19-24, Mar. 2009. ilus, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: The new cichlid species Gymnogeophagus tiraparae is described from the río Negro and río Tacuarí basins (Uruguay). The new species is distinguished from other Gymnogeophagus species by the unique presence of the following characters: adipose hump on head deeper than the dorsal-fin upper border, adipose hump with anterior profile vertical, extending from the upper lip to the dorsal-fin origin, absence of transversal bands on body; two horizontal series of moderately elongated light blue dots between dorsal fin spines, and a series of light blue stripes between soft rays, sometimes merged with the second series of elongated dots, always with a red ground color between series of dots, and caudal fin with dots vertically aligned on its distal border. According to these characters and a recent molecular phylogenetic analysis, the new species is closely related to G. gymnogenys.(AU)

A nova espécie de ciclídeo Gymnogeophagus tiraparae é descrita das bacias dos rios Negro e Tacuarí (Uruguai). A nova espécie se distingue das outras pela presença dos seguintes caracteres: gibosidade adiposa na cabeça mais alta que a borda distal da nadadeira dorsal, gibosidade adiposa com perfil anterior vertical, se extendendo desde o lábio superior até a origem da nadadeira dorsal, duas séries de pintas azul celeste levemente ovaladas na parte proximal da nadadeira dorsal e uma série de linhas azul celeste nas porções posterior e distal da nadadeira, algumas vezes fusionadas com uma segunda série de pintas ovaladas e sempre apresentando um fundo vermelho entre as pintas, nadadeira caudal com pintas alinhadas verticalmente na borda distal. De acordo com esses caracteres e uma recente análise filogenética molecular, a nova espécie é proximamente relacionada à G. gymnogenys.(AU)
Descritores: Perciformes/anatomia & histologia
Perciformes/classificação
-Rios
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Renesto, Erasmo
Texto completo
Id: lil-511526
Autor: Philippsen, Juliana S; Renesto, Erasmo; Gealh, Ana Maria; Artoni, Roberto F; Shibatta, Oscar A; Zawadzki, Claudio H.
Título: Genetic variability in four samples of Neoplecostomus yapo (Teleostei: Loricariidae) from the rio Paranapanema basin, Brazil
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(1):25-30, Mar. 2009. ilus, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: Four samples of Neoplecostomus yapo were analyzed through the allozyme electrophoresis technique in corn starch gel. The allozyme pattern was similar to those found in N. paranensis with 24 loci scored. Two samples (ribeirão Atlântico and ribeirão Uraí) showed monomorphic bands for all 24 loci, whereas the other two (rio Verde and rio Fortaleza) showed 8.3 percent of polymorphic loci. The He genetic variability estimates for the rios Verde and Fortaleza populations were 0.0195 and 0.0179, respectively, too much inferior to the mean heterozygosity summed to species from the whole world (0.051). The Wright statistical values F IS = 0.5181, F IT = 0.5681 and F ST = 0.1039 and the genetic distance of Nei values showed that the four samples are genetically very similar to each other and that there is homozygote excess in the polymorphic loci.(AU)

Foram analisadas quatro populações de Neoplecostomus yapo por meio da técnica de eletroforese de aloenzimas em gel de amido de milho. O padrão de bandas obtido foi semelhante ao de N. paranensis, tendo sido detectado um total de 24 loci enzimáticos. Duas populações (ribeirão Atlântico e ribeirão Uraí) apresentaram formas monomórficas para todos os 24 loci, enquanto as outras duas (rio Verde e rio Fortaleza) apresentaram 8,3 por cento de loci polimórficos. As estimativas de variabilidade genética He para as populações dos rios Verde e Fortaleza foram 0,0195 e 0,0179, respectivamente, muito inferiores à média das espécies de peixes no mundo todo (0,051). Os valores das estatísticas de Wright F IS = 0,5181, F IT = 0,5681 e F ST = 0,1039 e os valores de distância genética de Nei mostram que as quatro populações são geneticamente muito semelhantes entre si e que há excesso de homozigotos nos loci polimórficos.(AU)
Descritores: Variação Genética
Peixes-Gato/genética
-Rios
Eletroforese/métodos
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-511527
Autor: Araújo, Nicelly B; Tejerina-Garro, Francisco L.
Título: Influence of environmental variables and anthropogenic perturbations on stream fish assemblages, Upper Paraná River, Central Brazil
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(1):31-38, Mar. 2009. ilus, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: The Ouvidor River, a tributary of the Upper Paraná River, drains areas covered by cerrado vegetation in Central Brazil. We collected data for environmental variables (water temperature, dissolved oxygen, pH, conductivity, turbidity, water velocity, luminosity, channel substrate and width) and anthropogenic perturbations (industry, reservoirs, urban areas) that may structure the fish assemblage in ten stream sites of the Ouvidor River basin. In each stream we delimited one 50 m long site where fish were captured by electrofishing and abiotic data were collected every two month between August 2004 and June 2005. Co-inertia analysis indicated that pH, water velocity, channel width and water temperature most strongly structured the fish assemblages. The interactions of water velocity and channel width with the fish assemblage were not directly affected by wet and dry seasons but the opposite was true for pH and water temperature.(AU)

O rio Ouvidor é um tributário do Alto rio Paraná, Brasil Central, que drena áreas cobertas por vegetação do tipo Cerrado. Em dez cursos d'água da bacia do referido rio foram coletados dados referentes às variáveis ambientais (temperatura de água, oxigênio dissolvido, pH, condutividade, turbidez, velocidade da água, luminosidade, substrato do canal e largura) e perturbações antropogênicas (indústria, represas, área urbana) que poderiam estruturar as assembléias de peixes. Em cada curso d'água foi delimitada uma estação de 50 m de comprimento, onde bimestralmente entre agosto de 2004 e junho de 2005 os peixes foram capturados utilizando-se a pesca elétrica e coletados os dados abióticos. A análise de co-inércia indicou que o pH, a velocidade da água, a largura do canal e a temperatura da água são os fatores que mais fortemente estruturaram as assembléias de peixes. A interação da velocidade da água e a largura do canal com as assembléias de peixes não foram afetadas diretamente pelo regime hidrológico regional (chuva e estiagem), enquanto que o contrário é observado para as variáveis pH e temperatura da água.(AU)
Descritores: Água/química
Fenômenos Ecológicos e Ambientais
Peixes
-Rios
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-511528
Autor: Neiff, Juan José; Neiff, Alicia Poi de; Verón, Marta B. Canón.
Título: The role of vegetated areas on fish assemblage of the Paraná River floodplain: effects of different hydrological conditions
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(1):39-48, Mar. 2009. ilus, graf, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: In this paper, we analyze the changes in composition and abundance of fish assemblages in seven vegetated floodplain wetlands with different connectivity across different hydrologic conditions: after a prolonged connection of the floodplain with the main channel, during receding water, and after a prolonged isolation. We also investigated the size and abundance of large-sized migratory species found in these wetlands and the food resources exploited by the dominant fish. Fishes were captured by diurnal seining (8.0 m x 1.50 m, 5 mm mesh) along macrophyte banks. Despite the high total number of species registered (100), sample species richness varied between 7 and 31, depending on the sampling site and the sampling date. Cluster analysis indicated low similarity between sites during both the isolation and the prolonged connection. Species turnover decreased from high water (β = 40.33) to low water (β = 33.83), with the minimum value of beta diversity index obtained during the isolation of the floodplain wetlands (β = 26.83). Our results indicated that different dominant populations of fish occur in different hydrological conditions, even though high water and isolation phases occur in the same season of different years. The ordination (NMDS) indicated the importance of hydrologic conditions in structuring fish assemblages in the studied floodplain. Small-sized characids, typically associated with macrophytes, dominated the fish assemblages, whereas the younger stages of large sized migratory species were found in low abundance. The maximum standard length of the fish captured was 28 cm and for large migratory fish, standard length varied between 1.6 and 25.0 cm. The dominant fish used several food resources, but littoral macrophytes-associated organisms had a high frequency of occurrence in the three hydrologic conditions. The high species richness of fish in the small, vegetated lakes was related to the high spatial heterogeneity ...(AU)

Neste artigo analisamos as mudanças na composição e abundância das assembléias de peixes de sete áreas úmidas de planície de inundação com vegetação e com diferentes conectividades e em diferentes condições hidrológicas: depois de uma conexão prolongada da planície de inundação com o canal principal, durante o recuo das águas e após um isolamento prolongado. Nós também investigamos o tamanho e abundância das espécies migratórias de grande tamanho encontradas nestas áreas úmidas e os recursos alimentares explorados pelas espécies dominantes. Os peixes foram capturados com rede durante o dia (8.0 m x 1.50 m, malha de 5 mm) nos bancos de macrófitas. Apesar do alto número de espécies registradas (100), a riqueza de espécies nas amostras variou entre 7 e 31, de acordo com o local e data de coleta. A análise de cluster indicou uma baixa similaridade entre os locais tanto durante o período de isolamento como no de conexão prolongada. A substituição de espécies decresceu do período de cheia (β = 40.33) a vazante (β = 33.83), com o valor mínimo de índice de diversidade beta obtido durante o isolamento das áreas úmidas da planície de inundação (β = 26.83). Os resultados indicaram que diferentes populações dominantes de peixes ocorrem em condições hidrológicas diferentes, mesmo quando fases de cheia e de isolamento ocorreram na mesma estação em anos diferentes. A ordenação (NMDS) indicou a importância das condições hidrológicas na estruturação das assembléias de peixes na planície de inundação estudada. Caracídeos de pequeno tamanho, tipicamente associados à macrófitas, dominaram a assembléia de peixes, enquanto que indivíduos jovens de espécies de maior porte e migratórias foram encontradas em baixa abundância. O comprimento padrão máximo dos peixes capturados foi de 28 cm; para espécies migratórias de maior porte o comprimento padrão variou de 1,6 a 25 cm. Os peixes dominantes utilizaram vários recursos alimentares, mas organismos ...(AU)
Descritores: Recursos Alimentares
Peixes/crescimento & desenvolvimento
-Estações Hidrológicas/efeitos adversos
Rios
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-511531
Autor: Rolla, Ana Paula Pozzo Rios; Esteves, Katharina Eichbaum; Ávila-da-Silva, Antônio Olinto.
Título: Feeding ecology of a stream fish assemblage in an Atlantic Forest remnant (Serra do Japi, SP, Brazil)
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(1):65-76, Mar. 2009. graf, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to characterize the trophic structure of the fish assemblage in streams of the Serra Japi, an ecotonal area between the Atlantic Forest and inland forests of São Paulo State, Southeastern Brazil. Fish were collected with electrofishing equipment in 15 sites covering different regions, substrate types and riparian vegetation, distributed throughout the Caguaçú River, Caxambú, Piraí and Guapeva River micro-basins, during the rainy (January/February) and dry season (June) of 2007. The 589 specimens analyzed from 22 species, were assigned to different trophic groups, discriminated through a matrix of similarity, based on the food index (IAi). The results show the formation of seven groups with a predominance of insectivorous and omnivorous species, followed by detritivores, piscivores, omnivore-carnivores and herbivores, which consumed mostly items of autochthonous origin, where algae and young insects were dominant. Canonical correspondence analysis (CCA), correlating the biomass of trophic groups to environmental variables, showed that omnivores, insectivores and omnivore-carnivores displayed a wide distribution, while detritivores, herbivores and piscivores were restricted to specific locations, related to different physical and chemical variables as total nitrogen, conductivity and temperature. Despite the increase in total biomass at the most urbanized sites, the results indicate that the streams maintain a diverse community, suggesting that most of them are in preserved conditions.(AU)

O presente trabalho teve por objetivo caracterizar a estrutura trófica da comunidade de peixes de riachos da Serra do Japi, uma área de transição entre a Mata Atlântica e o interior paulista, no sudeste brasileiro. Os peixes foram coletados com equipamento de pesca elétrica em 15 pontos localizados em regiões com diferentes tipos de substrato e vegetação ripária, distribuídos pelas microbacias do Ribeirão Caguaçú, Caxambú, Piraí e Rio Guapeva, durante as estações chuvosa (janeiro/fevereiro) e seca (junho) de 2007. Os 589 indivíduos analisados, pertencentes a 22 espécies, foram classificados em diferentes grupos tróficos, discriminados através de uma matriz de similaridade baseada no Índice Alimentar (IAi). Os resultados mostraram a formação de sete grupos com predomínio de espécies insetívoras e onívoras, seguidas pelas detritívoras, piscívoras, onívoro-carnívoras e herbívoras, que consumiram principalmente itens de origem autóctone com predomínio de algas e formas imaturas de insetos aquáticos. A Análise de Correspondência Canônica, ao correlacionar a biomassa dos grupos tróficos às variáveis ambientais, mostrou que as espécies onívoras, insetívoras e onívoro-carnívoras apresentaram ampla distribuição, enquanto que as detritívoras, herbívoras e piscívoras estiveram restritas a determinados locais, relacionados a diferentes variáveis físicas e químicas tais como nitrogênio total, condutividade e temperatura. Embora o aumento da biomassa de alguns grupos tróficos tenha sido verificado nos locais com maior influência antrópica, os resultados indicaram que os diferentes riachos mantêm uma fauna diversificada, sugerindo que estes se encontram em condições relativamente preservadas.(AU)
Descritores: Cadeia Alimentar
Ecologia
Peixes
-Rios
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bracco, José Eduardo
Id: lil-206964
Autor: Bracco, José Eduardo.
Título: Avaliaçäo da resistência a inseticidas em populaçäo de Culex quinquefasciatus (Diptera: Culicidae) do Rio Pinheiros (Säo Paulo, Brasil) / Evaluation of the insecticide resistence in population of Culex quinquefasciatus (Diptera: Culicidae) of Pinheiros river, Säo Paulo, Brazil.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1998. 118 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Epidemiologia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Mostra o surgimento de resistência na populaçäo de Culex quinquefasciatus do rio Pinheiros (linhagem PIN) aos organofosforados malation (3,2 vezes), fenitrotion (11,2 vezes) e ao carbamato propoxur (3,0 vezes) quando comparados à linhagem suscetível IAL. O principal mecanismo bioquímico da resistência é a elevaçäo dos níveis de atividade de esterases. Há também uma mudança no padräo eletroforético destas esterases na linhagem PIN, mostrando duas bandas intensamente coradas. Além das esterases, o alelo resistente da acetilcolinesterase (Ace.1r) está presente, ainda que em baixa freqüência (0,12. Essa baixa freqüência indica a existência de outro mecanismo bioquímico que colabore para a resistência apresentada ao propoxur, provavelmente o de oxidases de múltipla funçäo. Após um ano, outra amostra da mesma populaçäo foi coletada (PIN2). A atividade de esterases foi medida e a freqüência dos alelos Ace.1 determinadas. Os resultados mostraram um aumento da atividade de a-esterases e uma diminuiçäo na de B-esterases, ambos estatisticamente significantes a=0,05). A freqüência do alelo Ace1r aumentou de 0,12 para 0,17, diferença também estatisticamente significante, o que demostra uma seleçäo favorável para as a-esterases e a forma insensível da acetilcolinesterase. A suscetibilidade desta populaçäo a permetrina indica a classe dos piretróides como alternativa na eventual necessidade de mudança dos compostos empregados no controle
Descritores: Culex
Vetores de Doenças
Resistência a Inseticidas
-Bioensaio
Rios
Esterases
Inseticidas/economia
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1/614.43*48; BR67.1/Mtr 716


  8 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989441
Autor: Begossi, A; Salivonchyk, S V; Hallwass, G; Hanazaki, N; Lopes, P F M; Silvano, R A M; Dumaresq, D; Pittock, J.
Título: Fish consumption on the Amazon: a review of biodiversity, hydropower and food security issues / Consumo de Peixes na Amazônia: uma revisão sobre biodiversidade, hidrelétricas e segurança alimentar
Fonte: Braz. j. biol;79(2):345-357, Apr.-June 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract The lack of knowledge about the majority of fish species harvested in Amazonian small-scale fisheries, in association with impacts from hydroelectric power plants, may lead to biodiversity loss and a decrease in the protein food supply for riverine Amazonians. This study uses existing datasets on fisheries and riverine developmental projects to infer effects associated with fish losses where actual data and outcomes are not available. The targeted fish species' status may be regarded as either threatened or there being no knowledge of their conservation requirements, biology or ecology. Among the 90 Amazonian fish species that are the most important for the diet of the riverine fishers, 78% are not assessed or their biological information is unknown, according to the IUCN Red List. Consequently, the effects created by the thoroughly disregarded trade-off between energy generation and food security in the planning of Amazonian land use have been worsened by the lack of biological and ecological information on fish species.

Resumo A falta de conhecimento sobre a maioria das espécies alvo de comunidades pesqueiras da Amazonia, associada ao impacto das hidrelétricas pode levar ao descréscimo da biodiversidade e na disponibilidade de proteína para os ribeirinhos da Amazônia. As espécies alvo são vulneráveis ou pouco conhecidas em sua biologia ou ecologia. Dentre 90 espécies de peixes importantes na dieta dos ribeirinhos, 78% não são estudadas ou sua biologia é desconhecida, de acordo com a lista da UICN. Dessa forma, os efeitos criados pela negligenciada relação de custo e benefício entre a produção de energia e a segurança alimentar no planejamento da Amazônia tem ainda piorado a situação de desconhecimento sobre as espécies de peixes.
Descritores: Rios
Dieta
Pesqueiros
Abastecimento de Alimentos
-Centrais Elétricas
Brasil
Alimentos Marinhos
Biodiversidade
Peixes
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 662 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989443
Autor: Figueiredo, R S; Viana, L F; Moraes, D P; Súarez, Y R.
Título: Life-history traits of Farlowella hahni (Siluriformes, Loricariidae) in streams of the Ivinhema River Basin, Upper Paraná Basin / Traços de história de vida de Farlowella hahni (Siluriformes, Loricariidae) em riachos da Bacia do rio Ivinhema, Bacia do alto Paraná
Fonte: Braz. j. biol;79(2):286-293, Apr.-June 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Brazilian laws allow the catch of some species as ornamental fish; however, in the absence of biological information, such catch can threaten species conservation. Therefore, this study aimed to offer population and reproductive information about Farlowella hahni in streams of the Ivinhema River Basin, Upper Paraná Basin. To accomplish this, a total of 165 F. hahni individuals were analyzed, including 109 females and 48 males, resulting in an important sex ratio difference from 1:1 (χ 2=19.97; p<0.001), indicating a predominance of females throughout the year. Females reach higher standard length than males. Males presented isometric Length-Weight Relationships, while females have positive allometric growth. Gonadosomatic index presented higher values from October through December. The mean fecundity was 100.3±36.4 of vitellogenic oocytes and was positively correlated with standard length (r=0.51; p=0.01). The data presented herein are the first for this species and suggest a need to carefully manage the F. hahni population, considering its low abundance and fecundity.

Resumo As leis brasileiras permitem a captura de algumas espécies de peixes como ornamentais, no entanto, a ausência de informações biológicas pode tornar esta captura uma ameaça para a conservação destas espécies. Este estudo teve como objetivo oferecer informações populacionais e reprodutivas sobre Farlowella hahni em riachos da Bacia do rio Ivinhema, bacia do Alto Paraná. Um total de 165 indivíduos de F. hahni foi analisado, sendo 109 fêmeas e 48 machos. A proporção de sexo foi diferente de 1:1 (χ2=19,97; p<0,001), com predominância de fêmeas ao longo do ano. As fêmeas atingiram maior comprimento padrão do que os machos. Os machos apresentaram crescimento isométrico e as fêmeas crescimento alométrico positivo. O índice gonadossomático apresentou maiores valores de Outubro a Dezembro. A fecundidade média foi de 100,3±36,4 de ovócitos vitelogênicos e foi correlacionada positivamente com o comprimento padrão (r=0,51; p=0,01). Os dados apresentados são os primeiros para essa espécie e sugerem a necessidade de cuidados no manejo da população de F. hahni considerando baixa abundância e fecundidade.
Descritores: Peixes-Gato/fisiologia
Traços de História de Vida
-Brasil
Rios
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 662 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1001445
Autor: Souza-Cruz-Buenaga, F V A; Espig, S A; Castro, T L C; Santos, M A.
Título: Environmental impacts of a reduced flow stretch on hydropower plants / Impactos ambientais do trecho de vazão reduzida em usinas hidrelétricas
Fonte: Braz. j. biol;79(3):470-487, July-Sept. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract In Brazil, given its privileged hydrology, the unexplored economic use of water resources has many dimensions, such as hydroelectric power. This energy will face increasingly rigorous social and environmental impact assessments (40% of potential is located in the Amazon region). Hydropower inventory studies conducted over decades, with solutions such as ecological river flows, that flood smaller areas and reduce natural river flows modifications, are being reviewed. The river extension from dam to the point where the waters are returned after the powerhouse is known as the Reduced Flow Stretch (RFS). Even mega-projects, such as the 11.3 GW Belo Monte dam, are designed with deviating flows reaching an astounding 13,000 m 3/s (excavated material higher than Panama Canal). RFS requires to be carefully studied to achieve appropriate ecological flows, since RFS flows increased reduces the plant's electricity production to the same installed capacity. Balancing RFS requirements and hydroelectric power remains a challenge and, clearly, there is no consensus. Here, we performed an analysis of the main environmental impacts caused by RFS requirements, considering the multiple water use specific for each dam site. The natural variability of river flows provides diversity of habitats and maintains the richness and complexity of biological communities. Therefore, the present study has great ecological, social and economic relevance, since proper evaluation of the RFS requirements avoids potential destabilization of biological communities and even loss of biodiversity. This type of arrangement was more common in dams located in headwaters of rivers, as in the slopes of the Andes mountain range, and in regions like the Alps. There are many hydroelectric plants in South America and Europe that have this type of arrangement of engineering works. But the times are different and the environmental impacts have to be better evaluated. A final aspect also involves the maintenance of ecological flows downstream of dams. Regularization reservoirs need to keep downstream, even if they do not have a TVR, adequate flows that represent minimally the seasonality of the river, with floods and droughts, that propitiate the maintenance of the ecosystems downstream. There are cases such as the Sobradinho Plant in the São Francisco River that has been much questioned in this regard, especially when the climate is changing in the basin, with long periods of drought, and with increasing water use. So this is a very important and increasingly current issue.

Resumo No Brasil, dada a sua hidrologia privilegiada, o uso econômico dos recursos hídricos tem muitas dimensões, como a energia hidrelétrica, agricultura, abastecimento humano. A energia hidrelétrica tem enfrentado e enfrentará cada vez mais avaliações de impacto social e ambiental rigorosas (notadamente na região amazônica onde está localizado 40% do potencial). Os últimos estudos de inventário de para implantação de hidrelétricas por esse motivo tem sido feitos procurando soluções que minimizem a área de inundação e abandonando aquelas alternativas que propunham a modificação dos fluxos naturais dos rios, com a construção de reservatórios de regularização. Algumas dessas soluções de engenharia envolvem a proposição de um trecho de vazão reduzida, um trecho de rio que vai da barragem até o ponto em que as águas são devolvidas ao seu curso natural, após passar pelas turbinas, de forma a aproveitar a queda proporcionada pelo rio e pela barragem. Esse estirão fluvial é conhecido como trecho de fluxo ou vazão reduzida (TVR). Mesmo mega-projetos, como a represa de Belo Monte (11,3 GW), são projetados desta forma, com fluxos desviados por vales e canais laterais, escavados (nesse caso chegando a um surpreendente 13000 m3 (de material escavado superior ao do Canal do Panamá). Assim o TVR sofre um impacto severo e definitivo, local onde a vazão natural será diminuída e que precisa ser cuidadosamente estudado para se possa propor fluxos ecológicos adequados, uma vez que um aumento nos fluxos no TVR reduz a produção de eletricidade da planta para a mesma capacidade instalada. A forma de equilibrar os requisitos do TVR e a energia hidroelétrica continua a ser um desafio, e claramente não há consenso. Neste estudo, realizamos uma análise dos principais impactos ambientais causados pelos requisitos do TVR, considerando as múltiplas utilizações de água específicas para cada local da barragem. O estudo é relevante porque a variabilidade natural dos fluxos dos rios fornece diversidade de habitats e mantém a riqueza e a complexidade das comunidades biológicas. Se os requisitos do TVR não forem adequadamente avaliados, pode haver uma desestabilização de comunidades biológicas e até mesmo uma perda de biodiversidade. Esse tipo de arranjo era mais comum em barragens localizadas em cabeceiras de rios, como nas encostas da cordilheira dos Andes, e em regiões como os Alpes. Existem muitas hidrelétricas na América do Sul e na Europa que possuem esse tipo de arranjo de obras de engenharia. Mas os tempos são outros e os impactos ambientais tem que ser melhor avaliados. Um último aspecto também envolve a manutenção de fluxos ecológicos a jusante de barragens. Reservatórios de regularização precisam manter a jusante, mesmo que não tenham um TVR, fluxos adequados que representem minimamente a sazonalidade do rio, com cheias e estiagens, que propiciem a manutenção dos ecossistemas a jusante. Existem casos como o da Usina de Sobradinho no rio São Francisco que tem sido muito questionado nesse aspecto, notadamente quando o clima está mudando na bacia, com longos períodos de estiagem, e com crescimento dos conflitos de uso da água. Portanto esse é um tema importantíssimo e cada vez mais atual.
Descritores: Movimentos da Água
Rios
Meio Ambiente
-Brasil
Hidrologia
Secas
Inundações
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 67 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde