Base de dados : LILACS
Pesquisa : G01.311.977 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 18 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 18 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-420232
Autor: Ferreira, Sávio J. Filgueiras; Luizão, Flávio J; Dallarosa, Ricardo L. Godinho.
Título: Precipitação interna e interceptação da chuva em floresta de terra firme submetida à extração seletiva de madeira na Amazônia Central / Throughfall and rainfall interception by an upland forest submitted to selective logging in Central Amazonia
Fonte: Acta amaz;35(1):55-62, 2005. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Em uma área de floresta de terra firme na Amazônia Central submetida à extração seletiva de madeira (6-10 árvores ou 34 m³ ha-1 de madeira), foram medidas a precipitação interna e a interceptação da água da chuva num período de mais de dois anos. No primeiro ano, os dados coletados foram contínuos; no ano seguinte, as informações foram obtidas em campanhas intensivas em diferentes épocas do ano. Procurou-se quantificar as alterações produzidas pela extração seletiva na precipitação interna e na interceptação da chuva e, conseqüentemente, no ciclo hidrológico. Na floresta intocada (controle), a precipitação interna variou de 74,2 a 87,1 por cento e nas parcelas manejadas de 86,9 a 92,9 por cento, verificando-se um aumento na precipitação interna após a extração seletiva de madeira. No entanto, as alterações provocadas pela extração seletiva na precipitação interna, que é a transferência de água da atmosfera para o solo após percolar o dossel da floresta, não foram estatisticamente significativas. Mas a interceptação da chuva, uma das partes do ciclo hidrológico, que retorna para a atmosfera e contribui para novas chuvas, foi significativamente alterada pela extração seletiva, provocando uma diminuição da quantidade de água retida pelo dossel.
Descritores: Chuva
Manejo de Espécimes
Florestas
Ecossistema Amazônico
Ciclo Hidrológico
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-441196
Autor: Fearnside, Philip M.
Título: Desmatamento na Amazônia: dinâmica, impactos e controle / Deforestation in Amazonia: dynamics, impacts and control
Fonte: Acta amaz;36(3):395-400, jul.-set. 2006. graf.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Resumo: O desmatamento na Amazônia procede a um alto ritmo por várias razões, muitas das quais dependem de decisões do governo. O desmatamento leva à perda de serviços ambientais, que têm um valor maior que os usos pouco sustentáveis que substituem a floresta. Estes serviços incluem a manutenção da biodiversidade, da ciclagem de água e dos estoques de carbono que evitam o agravamento do efeito estufa. Retroalimentações entre as mudanças climáticas e a floresta, por meio de processos tais como os incêndios florestais, a mortalidade de árvores por seca e calor e a liberação de estoques de carbono no solo, representam ameaças para o clima, a floresta e a população brasileira. Eventos recentes indicam que o desmatamento pode ser controlado, tendo a vontade política, pois os processos subjacentes dependem de decisões humanas.

Deforestation in Amazonia proceeds at a rapid rate for various reasons, many of which depend on government decisions. Deforestation causes losses of environmental services that are more valuable than the short-lived uses that replace the forest. These services include maintenance of biodiversity, of water cycling and of the stocks of carbon that avoid further intensification of the greenhouse effect. Feedbacks between climatic changes and the forest through such processes as forest fires, tree mortality from drought and heat and the release of carbon stocks in the soil represent dangers for the climate, the forest and the Brazilian population. Recent events indicate that deforestation can be controlled, given the political will, because the underlying processes depend on human decisions.
Descritores: Carbono
Efeito Estufa
Ecossistema Amazônico
Conservação dos Recursos Naturais
Biodiversidade
Fenômenos Ecológicos e Ambientais
Aquecimento Global
Ciclo Hidrológico
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-462062
Autor: Bittencourt, Maria Mercedes; Amadio, Sidinéia Aparecida.
Título: Proposta para identificação rápida dos períodos hidrológicos em áreas de várzea do rio Solimões-Amazonas nas proximidades de Manaus / Proposal for rapid identification of the hydrological periods in lowland areas along the Solimões Amazon river in the proximity of Manaus
Fonte: Acta amaz;37(2):303-308, jun. 2007. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A variação periódica do nível das águas é o principal fator que determina a comunidade de organismos aquáticos presente em rios com planícies alagadas. Muitos estudos na Amazônia são desenvolvidos nas várzeas próximas à cidade de Manaus, mas, comparações entre essas informações são dificultadas pela ausência de padronização na denominação das diferentes etapas do ciclo de cheia-seca. Este trabalho teve como objetivo a identificação e a padronização da nomenclatura das diferentes fases do ciclo hidrológico para possibilitar análises que envolvam resultados de mais de um ano e de mais de um local. Os dados do nível da água do rio Negro, coletados no porto de Manaus foram utilizados para o desenvolvimento da metodologia. São propostos valores da cota do rio Negro para limitar os quatro períodos hidrológicos (enchente, cheia, vazante e seca) e definir a intensidade da cheia e da seca. O número de dias de cada um dos períodos hidrológicos foi obtido e foi estimada a duração para períodos considerados típicos, longos e curtos. Considerando que modificações abióticas e bióticas do meio estão relacionadas com as mudanças no nível da água, a identificação e a padronização da nomenclatura dos períodos hidrológicos mostraram-se extremamente úteis para uma primeira análise de informações biológicas dos organismos da várzea.

Seasonal variations of the water level is the most important factor in determining the community of aquatic organisms present in flooded areas in the Amazon. Many scientific projects developed in this region were and still are being carried out in flooded areas near the city of Manaus; however, data can rarely be compared due to a non-standardized nomenclature used to describe the various phases of the flood pulse. The present paper aims to identify and standardize the terminology used to define a hydrological cycle with the purpose of allowing for the analysis of data from different places and multiple years. Serial data of the Negro River water height taken from the local harbor was considered for the estimations. Values of the water height are proposed in order to define the four hydrological periods (rising, flood, lowing, dry) and the intensity of flood and dry periods. A typical, long and short hydrological period was also defined in number of days based on the duration of each period. Considering that environmental abiotic and biotic modifications are related to water level fluctuation, the standardization of the hydrological nomenclature may become a useful tool for ecological data analysis.
Descritores: Ecossistema Amazônico
Biologia de Ecossistemas de Água Doce
Ciclo Hidrológico
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-769594
Autor: Tundisi, JG.; Matsumura-Tundisi, T.; Tundisi, JEM..
Título: Promoting the integration of Engineering, Ecology and Limnology: the Ecohydrological approach applied to Amazon reservoir construction
Fonte: Braz. j. biol;75(3s1):290-291, Aug. 2015. graf.
Idioma: en.
Descritores: Engenharia/métodos
Centrais Elétricas
Ciclo Hidrológico
-Brasil
Ecologia/métodos
Limnologia/métodos
Centrais Elétricas/instrumentação
Rios
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-769592
Autor: Matsumura-Tundisi, T.; Tundisi, JG.; Souza-Soares, F.; Tundisi, JEM..
Título: Zooplankton community structure of the lower Xingu River (PA) related to the hydrological cycle / Estrutura da comunidade do zooplancton do Baixo Rio Xingu (PA), em relação ao ciclo hidrológico
Fonte: Braz. j. biol;75(3s1):47-54, Aug. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The zooplankton community of the lower Xingu River shows strong fluctuations in species richness and number of organisms during periods of water level fluctuation. Pulses of density and species richness are adapted to the pulses in water flows and water level. This is conected with reproductive strategies of some zooplankton groups. The spatial heterogeneity of the lower Xingu River consisting of braided channels, bedrocks, macrophyte stands, is probably a relevant factor for the species richness of the zooplankton communities, and may be a fundamental factor for the overall aquatic biodiversity of the lower Xingu River.

Resumo A comunidade zooplanctônica do Baixo Rio Xingú apresenta grandes flutuações em riqueza de espécies e na densidade (no org./m3) durante os diferentes períodos de flutuação do nível da água. Pulsos de densidade e de riqueza de espécies, são adaptados e ajustados aos pulsos em nível da água e fluxo. Isto está conectado com as estratégias reprodutivas de certos grupos de zooplancton. A heterogeneidade espacial do baixo Rio Xingú consistindo de canais anastomosados, pedrais, macrófitas aquáticas é provavelmente um fator relevante que impulsiona a riqueza de espécies das comunidades zooplanctõnicas e pode ser um fator fundamental para a alta biodiversidade aquática do Rio Xingú.
Descritores: Distribuição Animal
Biodiversidade
Rios
Ciclo Hidrológico
Zooplâncton/fisiologia
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888876
Autor: Tribuzy-Neto, I A; Conceição, K G; Siqueira-Souza, F K; Hurd, L E; Freitas, C E C.
Título: Condition factor variations over time and trophic position among four species of Characidae from Amazonian floodplain lakes: effects of an anomalous drought / Variações do fator de condição de quatro espécies de Characidae de lagos de várzea da Amazônia como função do tempo e da posição trófica: efeitos de uma seca anômala
Fonte: Braz. j. biol;78(2):337-344, May-Aug. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Abstract The effects of extreme droughts on freshwater fish remain unknown worldwide. In this paper, we estimated the condition factor, a measure of relative fitness based on the relationship of body weight to length, in four fish species representing two trophic levels (omnivores and piscivores) from Amazonian floodplain lakes for three consecutive years: 2004, 2005 (an anomalous drought year), and 2006. The two omnivores, Colossoma macropomum and Mylossoma duriventre, exhibited trends consistent with their life cycles in 2004 and 2006: high values during the hydrologic seasons of high water, receding water, and low water, with a drop following reproduction following the onset of rising water. However during the drought year of 2005 the condition factor was much lower than normal during receding and low water seasons, probably as a result of an abnormal reduction in resource availability in a reduced habitat. The two piscivorous piranhas, Serrasalmus spilopleura and S. elongatus, maintained relatively stable values of condition factor over the hydrologic cycles of all three years, with no apparent effect of the drought, probably because the reduction in habitat is counterbalanced by the resulting increase in relative prey density. We suggest that if predictions of increasing drought in the Amazon are correct, predatory species may benefit, at least in the short run, while omnivores may be negatively affected.

Resumo Os efeitos de secas extremas sobre peixes de água doce ainda é globalmente desconhecido. Neste artigo, nós estimamos o fator de condição, uma medida relativa de bem estar baseada na relação entre e peso do corpo e o comprimento, em quatro espécies de peixes de lagos da Amazônia, pertencentes a dois níveis tróficos (onívoros e carnívoros), capturadas durante três anos consecutivos: 2004, 2005 (quando ocorreu uma seca anômala) e 2006. As duas espécies onívoras, Colossoma macropomum e Mylossoma duriventre exibiram tendências consistentes com seu ciclo de vida nos anos de 2004 e 2006: valores mais altos na cheia, vazante e seca, seguida por uma queda na enchente que coincide com a estação reprodutiva. No entanto, o fator de condição foi muito menor durante a seca e a enchente em 2005, provavelmente devido a redução anormal na disponibilidade de recursos em um habitat reduzido. As duas espécies piscívoras, as piranhas Serrasalmus spilopleura e S. elongatus, mantiveram relativa estabilidade nas estimativas do fator d condição, ao longo do ciclo hidrológico dos três anos, sem efeito aparente da seca extrema, provavelmente porque a redução do habitat foi contrabalanceada pelo aumento na densidade de presas. Caso as predições de aumento de frequência de secas extremas venha a se confirmar, acreditamos que espécies predadoras poderão ser beneficiadas, ao menos no curto prazo, enquanto as onívoras serão negativamente afetadas.
Descritores: Lagos
Ecossistema
Secas
Characidae/fisiologia
-Ciclo Hidrológico
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-536349
Autor: González, Nirson; Lasso, Carlos; Rosales, Judith.
Título: Stability and spatio-temporal structure in fish assemblages of two floodplain lagoons of the lower Orinoco River
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(4):719-736, 2009. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Fish assemblage structure and variability were analyzed in two floodplain lagoons (Las Arhuacas and Los Cardonales) along the lower Orinoco over a hydrological cycle. Every three months during continuous three-day sampling, experimental gill nets (5 to 12.5 cm of mesh opening) and 1 mm-mesh seine nets were utilized according to the types of habitats presents. A total of 133 fish species were found in Las Arhuacas and 95 species in Cardonales. Fifty five and 17 species were exclusive to Las Arhuacas and Los Cardonales respectively, and 77 were common to both lagoons. In Las Arhuacas, the most speciesrich orders were Characiformes, Siluriformes, Perciformes and Gymnotiformes and in Los Cardonales, the most species-rich orders were Characiformes, Siluriformes, Clupeiformes and Perciformes. The richness, abundance and biomass were significantly higher (p < 0.001) in Arhuacas than in Cardonales. In general, the fishes assemblage was highly variable during the high water phase and moderately stable during low water phase in both lagoons, with more stability or less variability in Cardonales than Arhuacas. Also, there were significant differences in the fish assemblages between the two lagoons, mainly during low waters (ANOSIM; p < 0.001). The species that contributed most to the mean dissimilarity between the lagoons were Hypostomus argus, Aphanotorulus ammophilus, Potamorhina altamazonica, Prochilodus mariae, Loricaria gr. cataphracta, Oxydoras sifontesi, Hydrolycus armatus, Hyphopthalmus edentatus and Pterodoras rivasi. The last four species were more commonly collected in Los Cardonales. Also, the species of small size (mainly SL < 5 cm) such as Rhinosardinia amazonica, Moenkhausia sp. 1 "lepidura", Moenkhausia sp. 2, Aphyocharax alburnus, Characidium sp. 1, Moenkhausia sp. 3, Exodon paradoxus and Roeboides dientonito contributed to the mean dissimilarity among the beach and aquatic vegetation habitats. The patterns of the species assemblage ...(AU)

Foram analisadas a estrutura e a variabilidade da comunidade de peixes ao longo de um ciclo hidrológico em dois lagos (Arhuacas e Cardonales) da planície de inundação do baixo rio Orinoco. Amostragens trimestrais foram realizadas por meio de coletas contínuas durante três dias, utilizando-se redes de espera experimentais (5 a 12,5 cm de malha) e redes de arrasto (1 mm de malha), de acordo com os tipos de habitats presentes. Foi encontrado um total de 133 espécies de peixes em Arhuacas e 95 espécies em Cardonales. Cinquenta e cinco espécies foram exclusivas do lago Arhuacas, 17 do lago Cardonales, e 77 foram comuns a ambos os lagos. Em Arhuacas, as ordens mais ricas em espécies foram Characiformes, Siluriformes, Perciformes e Gymnotiformes; em Cardonales, foram Characiformes, Siluriformes, Clupeiformes e Perciformes. A riqueza, abundância e biomassa foram significativamente mais altas (p < 0.001) em Arhuacas que em Cardonales. A comunidade de peixes teve alta variação durante a fase de cheia e permanceu moderadamente estável durante fase de seca em ambos os lagos, com mais estabilidade ou menos variabilidade durante todas as fases do ciclo hidrológico em Cardonales que Arhuacas. Ademais, houve diferenças significativas nas comunidades ícticas entre os dois lagos, em especial durante o período da seca (ANOSIM; p < 0.001). As espécies que mais contribuíram para a dissimilaridade média entre os lagos foram Hypostomus argus, Aphanotorulus ammophilus, Potamorhina altamazonica, Prochilodus mariae, Loricaria gr. cataphracta, Oxydoras sifontesi, Hydrolycus armatus, Hyphopthalmus edentatus e Pterodoras rivasi. As últimas quatro espécies foram geralmente mais coletadas em Cardonales. As espécies pequenas (principalmente SL < 5 cm), como Rhinosardinia amazonica, Moenkhausia sp. 1 "lepidura", Moenkhausia sp. 2, Aphyocharax alburnus, Characidium sp. 1, Moenkhausia sp. 3, Exodon paradoxus e Roeboides dientonito, foram as que mais contribuiram para a ...(AU)
Descritores: Análise Espaço-Temporal
Peixes/anatomia & histologia
-Estações do Ano
Ciclo Hidrológico
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966897
Autor: Santos, Raquel de Oliveira; Delgado, Rafael Coll; Pereira, Marcos Gervasio; Souza, Leonardo Paula de.
Título: Physical attributes of the river basin of Roncador river associated to the landscape change in the municipality of Magé, Rio de Janeiro-Brazil / Atributos físicos da bacia hidrográfica do rio Roncador associados a mudança da paisagem no município de Magé, Rio de Janeiro-Brasil
Fonte: Biosci. j. (Online);34(3):546-555, mai/jun. 2018. tab, ilus, graf.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to conduct a temporal analysis of biophysical attributes of the river basin of Rio Roncador, located in the municipality of Magé, Rio de Janeiro. SRTM data were used for the determination of the river basin morphometry and two images of the orbital platform Landsat5 TM sensor (01/28/1986 and 02/15/2010) applied the SEBAL algorithm to characterize the landscape dynamics. The results indicate that The river basin has a drainage area equivalent to 186.21 km2, perimeter 101.78 km, circularity index equal to 0.22, form factor 0.26 and compares index 2.09. These results indicate that the river basin is not prone to flooding, mainly due to its elongated form. It was possible to verify that in the interval of 24 years, degradation occurred in the region beyond the change in the coverage of the soil of the river basin. The results indicated a tendency of reduction in the areas of permanent preservation -13.4% of the river basin. It is concluded that anthropogenic actions were able to alter the surface cover of the soil and that, by the way, may have influenced the water dynamics of the river basin.

O objetivo deste estudo foi realizar uma análise temporal de atributos biofísicos da bacia hidrográfica do Rio Roncador, localizado no município de Magé, Rio de Janeiro. Utilizaram-se dados do SRTM para a determinação da morfometria da bacia hidrográfica e duas imagens da plataforma orbital Landsat5 sensor TM (28/01/1986 e 15/02/2010) aplicado o algoritmo SEBAL para caracterizar a dinâmica da paisagem nesse período. Os resultados indicam que a bacia hidrográfica possui uma área de drenagem equivalente a 186,21 km2, perímetro de 101,78 km, índice de circularidade igual a 0,22, fator forma de 0,26 e índice de compacidade de 2,09. Estes resultados indicam que a bacia hidrográfica não é propícia a enchentes, devido principalmente a sua forma alonga. Foi possível verificar que no intervalo de 24 anos ocorreu degradação na região além da mudança na cobertura do solo da bacia hidrográfica. Os resultados obtidos indicaram uma tendência de redução nas áreas de preservação permanente de -13,4% da bacia hidrográfica. Conclui-se que ações antropogênicas foram capazes de alterar a cobertura superficial do solo e que por sinal podem ter influenciado a dinâmica hídrica da bacia hidrográfica.
Descritores: Bacias Hidrográficas
Rios
-Recursos Hídricos
Fenômenos Biofísicos
Inundações
Ciclo Hidrológico
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-965178
Autor: Santos, Guillermo; Faustino, Jorge; Quezada, Ruperto; Indekiu-Rivas, Juan M.
Título: Determinación del balance hídrico superficial en el suelo, cuenca río Atulapa, modelo de Thorntwaite desarrollado en Python, Esquipulas, Chiquimula, Guatemala / Determination of surface water balance in the soil, Atulapa river basin, Thorntwaite model developed in Python, Esquipulas, Chiquimula, Guatemala
Fonte: Cienc. tecnol. salud;5(1):25-42, 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: En la región centroamericana, Guatemala comparte junto a Costa Rica, el tercer lugar en lo concerniente a la disponibilidad o volumen de agua. La cuenca del río Atulapa de 42.72 km2 de longitud, localizado en la parte alta del río Lempa, constituye un recurso hídrico de interés trinacional para las repúblicas de El Salvador, Honduras y Guatemala. La cuenca forma parte de la reserva Biosfera Transfronteriza Trifinio Fraternidad; declarada como reserva de biosfera en junio del 2011, por la Organización de las Naciones Unidas para la Educación, la Ciencia y la Cultura. Debido a los efectos del cambio climático y utilización de la tierra en la cuenca, ha disminuido la capacidad de retención de agua del suelo, por lo que en el presente estudio se evaluó el balance hídrico del suelo con el modelo de Thornthwaite y Mather. Los métodos y técnicas aplicados permitieron generar y evaluar registros hidrometeorológicos con estaciones digitales instaladas; así como también, la utilización de estaciones locales. Posteriormente, se utilizó un Sistema de Información Geográfica para programar el modelo de balance hídrico en el suelo con Python, simulando la distribución espacial de la precipitación, evapotranspiración potencial y real, contenido de humedad en el suelo, almacenamiento y escorrentía superficial. La textura del suelo y su cobertura permitió determinar la capacidad de retención de humedad. El 85% del territorio de la cuenca posee texturas franco arcillo-arenosas de origen volcánico y cultivo de café. El caudal medio anual en el río Atulapa es 0.59 m3/seg, la precipitación potencial media es 1,916 mm/año, la evapotranspiración real media es 873.08 mm/año, el déficit de disponibilidad de agua del suelo es de 465 mm/año. La variabilidad biofísica de la cuenca del río Atulapa, determinó la dinámica del balance hídrico del suelo.

In the Central American region, Guatemala shares the third place with Costa Rica in water availability or volume. The Atulapa River basin of 42.72 km2 is located in the upper part of the Lempa River, of Trinational interest for Guatemala, El Salvador and Honduras, within "La Fraternidad" Biosphere Reserve, of the Trifinio Plan declared by Unesco in June 2011. The effects of climate change and land use in the basin diminish the water retention capacity in the soil, the study evaluated the soil wáter balance with the Thornthwaite and Mather model. The methods and techniques included generating hydro meteorological records with installed digital stations, as well as the use of local stations. Later, a Geographic Information System was used to program the Python water balance model simulating the spatial distribution of precipitation, potential and actual evapotranspiration, soil moisture content, storage and surface runoff. The texture of the soil and its coverage allowed determining the capacity of moisture retention, 85% of the territory has clay-sandy franco textures of volcanic origin with coffee plantations. The mean annual rainfall in the Atulapa River is 0.59 m3/sec, the mean potential rainfall is 1.916 mm/year, the average real evapotranspiration is 873.08 mm/year, and the water availability deficit in the soil is 465 mm/year. The biophysical variability of the Atulapa river basin determined the dynamics of the soil water balance.
Descritores: Precipitação Atmosférica
Ciclo Hidrológico
Umidade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: GT49.1


  10 / 18 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875321
Autor: Aprile, Fabio Marques.
Título: Thermal structure of the Poraquê lake, Central Amazonian, Brazil / Estrutura térmica do lago Poraquê, Amazônia Central, Brasil
Fonte: Acta sci., Biol. sci;33(2):171-178, Apr. - Jun. 2011. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Thermal gradient of a Central Amazonian lake was studied to establish a link between seasonal variations in the water level, temperature, suspended particulate matter (SPM) and thermal stratification. Bimonthly measurements of temperature and PAR radiation were made at 0.25 m intervals from the surface to bottom from February 2004 to July 2006. Daily occurs full vertical mixing of the water column, and classic thermal stratification was not observed in the period. The effect of the winds associated to flood-pulse and the penetrative convection, transported the turbulent kinetic energy (TKE) into the lake mixing the column of water. This phenomenon was more expressive in the rainfall seasons when is generally higher contributing to the circulation of the water. The limit of the euphotic zone ranged from 1.36 to 1.77 m in the period studied. The results of the transmission curves for the sampling sites showed that, in general, less than 0.01% of the surface light reached the bottom. The trend curve developed can facilitate the understanding of the limnological and ecological processes in lentic systems of whitewaters of the Central Amazonian.

Foi estudado o gradiente térmico de um lago da Amazônia Central para estabelecer associação entre variações sazonais no nível de água, temperatura, material em suspensão e estratificação térmica. Bimestralmente, foram medidas a temperatura e a radiação luminosa da superfície ao fundo do lago no período entre fevereiro de 2004 e julho de 2006. Ocorreu completa mistura vertical diária da coluna de água, não sendo observada estratificação térmica clássica no período. A energia cinética turbulenta (ECT) proveniente da ação dos ventos em associação com o pulso de inundação foi responsável pela mistura da coluna de água. Esse fenômeno foi mais expressivo no período chuvoso, quando a ECT é geralmente mais alta, contribuindo para a circulação da água. A extensão da zona eufótica variou de 1,36 a 1,77 m. Os resultados das curvas de transmissão para os pontos de amostragem mostraram que menos de 0,01% da luz de superfície alcançou o fundo do lago. A curva de tendência desenvolvida poderá facilitar a compreensão dos processos limnológicos e ecológicos em sistemas lênticos de águas brancas da Amazônia Central.
Descritores: Laguna Costeira
Estratificação Térmica
Ciclo Hidrológico
Responsável: BR513.2 - Editora da Universidade Estadual de Maringá



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde