Base de dados : LILACS
Pesquisa : G01.750.770.776.567 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 312 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 32 ir para página                         

  1 / 312 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1139342
Autor: Fuentes Alburquenque, Mauricio; Marzzano Ríos, Antonio; Canals Lambarri, Mauricio; Torres Arellano, Rodrigo; Cáceres Lillo, Dante; Alvarado Orellana, Sergio.
Título: Identification of daily environmental noise patterns in two different urban sites in Santiago, Chile / Análisis de ruido ambiental en Santiago, Chile
Fonte: Rev. méd. Chile;148(5):582-593, mayo 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Background: Environmental noise can cause auditory and non-auditory adverse effects. Aim: To identify daily environmental noise patterns in two urban sites of Metropolitan Santiago. Material and Methods: Continuous measurements of environmental noise in two sites of Metropolitan Santiago were analyzed by means of hierarchical cluster analysis. One site was a main street with heavy traffic and the second was a street from a neighborhood with intense nocturnal activity. The first phase of analysis consisted of clustering noise profiles with similar shapes according to the average linkage method, with correlation as the similarity measure. The second phase grouped the profiles with similar shapes into sub-clusters that also had similar absolute noise levels, using the complete linkage method, with absolute distance as the similarity measure. Results: Two noise patterns were identified for the first site, one for weekdays (Monday to Friday) and another for weekends (Saturday and Sunday). For the second site five different patterns were identified (Monday to Wednesday, Thursday, Friday, Saturday, and Sunday). Also different patterns appeared for summer compared to the rest of the year. The noise levels of both sites were high. Conclusions: The detected noise levels can be annoying, cause sleep disturbances and increase the risk for hypertension and cardiovascular diseases, among other effects.

Antecedentes: El ruido ambiental puede tener efectos adversos auditivos y no auditivos. Objetivo: Identificar patrones diarios de ruido ambiental en dos sectores urbanos de Santiago, Chile. Material y Métodos: Se analizaron mediciones continuas de ruido ambiental realizadas en dos emplazamientos urbanos de Santiago, Chile, mediante análisis de cluster jerárquico. Los dos lugares fueron una avenida principal con alto tráfico vehicular y una calle en un barrio con intensa actividad nocturna. La primera fase del análisis agrupó perfiles de ruido con formas similares de acuerdo al método de vinculación promedio, usando la correlación como medida de similitud. La segunda fase agrupó los perfiles con formas similares en subclusters que también tuvieran niveles de ruido similares, usando el método de vinculación completa, con la distancia absoluta como medida de similitud. Resultados: Se identificaron dos patrones para el primer emplazamiento, uno para días de semana (lunes a viernes) y otro para fines de semana (sábado y domingo). Para el segundo emplazamiento se identificaron cinco patrones diferentes (lunes a miércoles, jueves, viernes, sábado, y domingo), así como patrones distintos para el verano en comparación con el resto del año. Los niveles de ruido en ambos lugares fueron altos. Conclusiones: Los niveles de ruido detectados podrían producir molestias, perturbación del sueño, incremento de riesgo de hipertensión y enfermedades cardiovasculares, entre otros efectos.
Descritores: Ruído/efeitos adversos
-Fatores de Tempo
Chile
Cidades
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-890469
Autor: Bitar, Mariangela Lopes; Calaço Sobrinho, Luiz Ferreira; Simões-Zenari, Marcia.
Título: Ações para a melhoria do conforto acústico em instituições de educação infantil / Noise in early childhood education institutions
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(1):315-324, Jan. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Elevados níveis de pressão sonora têm sido observados em escolas e, por sua interferência na saúde das crianças e professores, teve-se por objetivo analisar esses níveis em centros de educação infantil que atendem crianças com idades entre zero e seis anos, investigar a percepção dos funcionários quanto à exposição ao ruído e identificar a audição desses trabalhadores. O estudo foi realizado em dez instituições que empregam 320 trabalhadores. Os níveis de pressão sonora foram medidos segundo as normas técnicas, os funcionários preencheram questionário sobre a percepção do ruído e passaram por avaliação auditiva. Observou-se elevado nível de pressão sonora e diferenças entre as instituições, situações e locais. A maioria dos funcionários se considerou exposta ao ruído com dificuldades de atenção e concentração, ansiedade e dor de cabeça. Cerca de 30% dos funcionários apresentaram perda auditiva neurossensorial bilateral em frequências específicas. Os níveis de pressão sonora encontrados podem comprometer a aprendizagem das crianças e a saúde de todos. Os funcionários percebem o ruído e indicam prejuízos em sua rotina de trabalho. Ações para melhorar o conforto acústico nessas instituições foram discutidas e estão sendo implementadas.

Abstract High sound pressure levels have been observed in schools, and its interference in the health of children and teachers it was taken to analyze these levels in childhood education centers serving children aged zero to six years, investigate the staff's perceptions concerning noise exposure and identify the auditory conditions of these workers and the occurrence of diseases. The study was conducted in ten institutions employing 320 workers. Sound pressure levels were measured according to the technical norms; employees completed a questionnaire on the perception of noise and underwent auditory evaluation. There was high sound pressure level and differences between institutions, situations and places. Most employees are considered exposed to noise with attention and concentration difficulties, anxiety and headache. About 30% of employees had bilateral sensorineural hearing loss in specific frequency. The sound pressure levels found can affect children's learning and the health of all. The employees also perceived elevated levels of noise and indicated some possible negative aspects in their work routine. Actions to improve the acoustic comfort in these institutions will be discussed with the management teams.
Descritores: Instituições Acadêmicas/estatística & dados numéricos
Monitoramento Ambiental/métodos
Exposição Ambiental/análise
Ruído/efeitos adversos
-Percepção
Brasil
Inquéritos e Questionários
Exposição Ocupacional/efeitos adversos
Professores Escolares/estatística & dados numéricos
Perda Auditiva Provocada por Ruído/epidemiologia
Perda Auditiva Neurossensorial/epidemiologia
Ruído Ocupacional/efeitos adversos
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1147310
Autor: Bernardo, Luciana Dias; Scheeren, Eduardo Mendonça; Marson, Runer Augusto; Neves, Eduardo Borba.
Título: Stabilometric changes due to exposure to firearm noise in the Brazilian Army / Alterações estabilométricas produzidas na exposição ao ruído de arma de fogo em militares do Exército Brasileiro
Fonte: Biosci. j. (Online);36(4):1410-1421, 01-06-2020. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Success in precision activities such as shooting depends on the subtle control of body motion. This study aimed to evaluate the influence on stabilometric signal responses for the motor task of aiming a pistol with different cognitive demands and levels of exposure to high sound pressure in Brazilian Army personnel. This cross-sectional analytical study used stabilometry to quantify the behavior of the body during motor, cognitive, and auditory tasks. Twenty-five volunteers recruited to participate in the study completed a questionnaire, underwent anthropometric evaluation and cinemetry, and scored the perceived difficulty during exposure to a sound pressure of 132 dB while using protective equipment. A significant increase in the displacement (p=0,02), anteroposterior amplitude (p=0,01), anteroposterior velocity (p=0,01), and the perceived difficulty scale (p=0,03) between Situation 1 (aiming without other cognitive action or environmental noise) and Situation 3 (shooting noise and progressive counting) was confirmed. number of shots heard). Correlation between the perceived difficulty scale and the variables of displacement (p=0,01), anteroposterior amplitude (p=0,01), area (p=0,006) and anteroposterior mean frequency (p=0,01) were observed. The accuracy of aiming events correlated with the median lateral median frequency (p=0,02). Stabilometric signals demonstrated increased total displacement, anteroposterior amplitude, and anteroposterior velocity in the presence of high sound pressure levels. These results indicate the need for future studies to investigate the underlying mechanisms of possible vestibular damage induced by noise.

O sucesso em atividades de precisão, como o tiro, depende do sutil controle das oscilações corporais.Analisar a influência nas respostas do sinal estabilométrico para a tarefa motora de pontaria com pistola, acrescidas de diferentes demandas cognitivas e exposição ao nível de pressão sonora elevado, em militares do Exército Brasileiro.Estudo de caráter transversal analítico utilizou a estabilometria para quantificar o comportamento do corpo durante três situações de pontaria distintas (variando tarefas motoras, cognitivas e auditivas). Vinte e cinco voluntários foram submetidos à pesquisa e utilizou-se: questionário, avaliação antropométrica, cinemetria, escala de dificuldade percebida e exposição ao nível de pressão sonora de 132 dB, com uso do equipamento de proteção individual. Confirmou-se um aumento significativo nas variáveis de deslocamento (p=0,02), amplitude anteroposterior (p=0,01), velocidade anteroposterior (p=0,01) e a escala de dificuldade percebida (p=0,03) entre a Situação 1 (pontaria sem outra ação cognitiva ou ruído ambiental) e a Situação 3 (pontaria com ruído de tiros e contagem progressiva do número de disparos ouvidos). Observou-se correlação entre escala de dificuldade percebida e as variáveis deslocamento (p=0,01), amplitude anteroposterior (p=0,01), área (p=0,006) e frequência média anteroposterior (p=0,01). A precisão dos eventos de pontaria se correlacionou com a frequência mediana médio lateral (p=0,02).Os sinais estabilométricos demonstraram um aumento nas oscilações do deslocamento total, amplitude ântero-posterior e a velocidade ântero-posterior, na presença de um nível de pressão sonora elevado. O resultado motiva a expansão de estudos futuros, visando averiguar os mecanismos subjacentes dos possíveis danos vestibulares induzidos por ruído.
Descritores: Postura
Saúde do Trabalhador
Audição
Militares
Ruído
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1134741
Autor: Silva, Luiz Felipe; Carnevali, Maria da Penha.
Título: Noise and sleep quality: study among physical education instructors / Ruído e qualidade do sono: estudo entre instrutores de educação física
Fonte: J. Phys. Educ. (Maringá);31:e3136, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT This study ivestigated the association between noise and impaired sleep quality in 150 physical education instructors, in bodybuilding gyms. Two questionnaires were applied: evaluation of subjective sleep quality and analysis of explanatory variables. Noise exposure was analyzed. For the data analysis, was used the technique of non-conditional logistic regression, to obtain the values of the adjusted odds ratios (OR) of the significant variables. Two proper adjustment models stood out. The first model presented the significant variables: incorrect performance of the meals (OR = 2.58, 95% CI 1.08 to 6.02); skin color - black ou brown (OR = 0.53, 95% CI 0.25 to 1.12) and exposure to noise level above or equal to 80 dB(A) (OR = 1.90; 95% CI 0.87 to 4.12). The second model presented the significant variables: incorrect performance of the meals (OR = 2.35, 95% CI 0.1 to 5.56); exposure level standardized above or equal to 80 dB(A) (OR = 2.03, 95% CI 0.92 to 4.47) and use 0of drugs for depression/anxiety (OR = 0.26; 95% CI 0.53 to 1.33). This research identified the variables that were significantly associated with impaired sleep quality, as exposure to noise, contributing to the adoption of preventive measures.

RESUMO Este estudo investigou a associação entre ruído e qualidade prejudicada do sono em 150 instrutores de educação física, em academias de musculação. Dois questionários foram aplicados: avaliação da qualidade subjetiva do sono e sobre variáveis explanatórias. A exposição ao ruído foi avaliada. Para a análise dos dados, utilizou-se a técnica de regressão logística não-condicional, para obter os valores das Razões de Chances (RC) das variáveis significativas. Dois modelos finais se destacaram. O primeiro apresentou as variáveis significativas: realização incorreta das refeições (RC = 2,58, IC 95% 1,08 a 6,02); cor da pele - preta ou parda (RC = 0,53; IC 95% 0,25 a 1,12) e exposição ao ruído acima ou igual a 80 dB(A) (RC = 1,90; IC95% 0,87 a 4,12). O segundo modelo apresentou as variáveis significativas: realização incorreta das refeições (RC = 2,35, IC 95% 0,1 a 5,56); nível de exposição padronizado acima ou igual a 80 dB (A) (RC = 2,03, IC 95% 0,92 a 4,47) e uso de medicamentos para depressão/ansiedade (RC = 0,26; IC95% 0,53 a 1,33). Esta pesquisa identificou as variáveis que se associaram significativamente com a qualidade do sono prejudicada, como a exposição ao ruído, contribuindo para a adoção de medidas preventivas.
Descritores: Sono/efeitos dos fármacos
Ruído/efeitos adversos
-Ansiedade/prevenção & controle
Educação Física e Treinamento/estatística & dados numéricos
Preparações Farmacêuticas
Depressão/prevenção & controle
Uso de Medicamentos
Academias e Institutos/organização & administração
Docentes/educação
Refeições
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  5 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-794976
Autor: Mondelli, Maria Fernanda Capoani Garcia; Santos, Marina de Marchi dos; José, Maria Renata.
Título: Speech perception in noise in unilateral hearing loss / Percepção da fala no ruído em perda auditiva unilateral
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);82(4):427-432, July-Aug. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT INTRODUCTION: Unilateral hearing loss is characterized by a decrease of hearing in one ear only. In the presence of ambient noise, individuals with unilateral hearing loss are faced with greater difficulties understanding speech than normal listeners. OBJECTIVE: To evaluate the speech perception of individuals with unilateral hearing loss in speech perception with and without competitive noise, before and after the hearing aid fitting process. METHODS: The study included 30 adults of both genders diagnosed with moderate or severe sensorineural unilateral hearing loss using the Hearing In Noise Test - Hearing In Noise Test-Brazil, in the following scenarios: silence, frontal noise, noise to the right, and noise to the left, before and after the hearing aid fitting process. RESULTS: The study participants had a mean age of 41.9 years and most of them presented right unilateral hearing loss. In all cases evaluated with Hearing In Noise Test, a better performance in speech perception was observed with the use of hearing aids. CONCLUSION: Using the Hearing In Noise Test-Brazil test evaluation, individuals with unilateral hearing loss demonstrated better performance in speech perception when using hearing aids, both in silence and in situations with a competing noise, with use of hearing aids.

Resumo Introdução: A perda auditiva unilateral (PAUn) é caracterizada pela diminuição da audição em apenas uma orelha. Em presença de ruído ambiental, indivíduos com PAUn encontram maiores dificuldades que os ouvintes normais para compreender a fala. Objetivo: Avaliar o desempenho de indivíduos com perda auditiva unilateral, na percepção da fala sem e com ruído competidor, antes a após adaptação do AASI. Método: Estudo com 30 adultos, e de ambos os sexos, com diagnóstico de perda auditiva unilateral sensorioneural, de graus moderado e severo, utilizando o Hearing In Noise Test - HINT - Brasil, nas seguintes situações: silêncio, ruído à frente, ruído a direita e ruído a esquerda. Antes e após adaptação do AASI. Resultados: Os participantes da pesquisa apresentavam média de idade de 41,9 anos e PAUn predominante à direita. Em todas as situações propostas pelo HINT foi constatado melhor desempenho na percepção da fala com o uso do AASI. Conclusão: No teste HINT - Brasil, indivíduos com PAUn demonstraram melhor desempenho napercepção da fala, em tanto no silêncio quanto nas situações com ruído competidor, com usodo AASI.
Descritores: Localização de Som/fisiologia
Percepção da Fala/fisiologia
Perda Auditiva Unilateral/reabilitação
Ruído/efeitos adversos
-Audiometria
Teste do Limiar de Recepção da Fala
Estimulação Acústica
Índice de Gravidade de Doença
Perda Auditiva Unilateral/fisiopatologia
Auxiliares de Audição
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-839427
Autor: Carvalho, Laura Maria Araújo de; Gonsalez, Elisiane Crestani de Miranda; Iorio, Maria Cecília Martineli.
Título: Speech perception in noise in the elderly: interactions between cognitive performance, depressive symptoms, and education / Reconhecimento de fala no ruído de idosos: interações entre desempenho cognitivo, sintomatologia depressiva e escolaridade
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(2):195-200, Mar.-Apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: The difficulty the elderly experience in understanding speech may be related to several factors including cognitive and perceptual performance. Objective: To evaluate the influence of cognitive performance, depressive symptoms, and education on speech perception in noise of elderly hearing aids users. Methods: The sample consisted of 25 elderly hearing aids users in bilateral adaptation, both sexes, mean age 69.7 years. Subjects underwent cognitive assessment using the Mini-Mental State Examination and the Alzheimer's Disease Assessment Scale-cognitive and depressive symptoms evaluation using the Geriatric Depression Scale. The assessment of speech perception in noise (S/N ratio) was performed in free field using the Portuguese Sentence List test. Statistical analysis included the Spearman correlation calculation and multiple linear regression model, with 95% confidence level and 0.05 significance level. Results: In the study of speech perception in noise (S/N ratio), there was statistically significant correlation between education scores (p = 0.018), as well as with the Mini-Mental State Examination (p = 0.002), Alzheimer's Disease Assessment Scale-cognitive (p = 0.003), and Geriatric Depression Scale (p = 0.022) scores. We found that for a one-unit increase in Alzheimer's Disease Assessment Scale-cognitive score, the S/N ratio increased on average 0.15 dB, and for an increase of one year in education, the S/N ratio decreased on average 0.40 dB. Conclusion: Level of education, cognitive performance, and depressive symptoms influence the speech perception in noise of elderly hearing aids users. The better the cognitive level and the higher the education, the better is the elderly communicative performance in noise.

Resumo Introdução: A dificuldade na compreensão de fala dos idosos pode estar relacionada a vários fatores, como o desempenho cognitivo e perceptual. Objetivo: Avaliar a influência do desempenho cognitivo, sintomas depressivos e escolaridade no reconhecimento de fala no ruído de idosos usuários de próteses auditivas. Método: A amostra constituiu-se de 25 idosos usuários de próteses auditivas em adaptação bilateral, de ambos os sexos e média de 69,7 anos. Os indivíduos foram submetidos à avaliação cognitiva por meio do miniexame do estado mental (MEEM) e a escala de avaliação da doença de Alzheimer-cognitiva (ADAS-Cog) e avaliação de sintomatologia depressiva por meio da escala de depressão geriátrica (EDG). Já a pesquisa do reconhecimento de fala no ruído (relação S/R) foi feita, em campo livre, por meio do teste lista de sentenças no português (LSP). A análise estatística incluiu o cálculo de correlação de Spearman e modelo de regressão linear múltiplo, foram adotados coeficiente de confiança de 95% e nível de significância de 0,05. Resultados: No estudo do reconhecimento de sentenças no ruído (relação S/R) houve correlação, com significância estatística, entre a escolaridade (p = 0,018); assim como com os escores dos testes MEEM (p = 0,002), o Adas-Cog (p = 0,003) e o EDG (p = 0,022). Observou-se que, para um aumento de uma unidade no escore do Adas-Cog, a relação S/R aumenta, em média, 0,15 dB e para um aumento de um ano na escolaridade, a relação S/R diminui, em média, 0,40 dB. Conclusão: O nível de escolaridade, o desempenho cognitivo e sintomas depressivos influenciam o reconhecimento de fala no ruído de idosos usuários de prótese auditiva. Quanto melhor o nível cognitivo e maior a escolaridade, melhor é o desempenho comunicativo do idoso no ruído.
Descritores: Percepção da Fala/fisiologia
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva/reabilitação
Ruído
-Estimulação Acústica
Avaliação Geriátrica
Transtornos Cognitivos/complicações
Transtornos Cognitivos/diagnóstico
Depressão/complicações
Depressão/diagnóstico
Escolaridade
Perda Auditiva/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Anastasio, Adriana Ribeiro Tavares
Texto completo
Id: biblio-889297
Autor: Silva, Bárbara Cristiane Sordi; Mantello, Erika Barioni; Freitas, Maria Cristina Foss; Foss, Milton César; Isaac, Myriam de Lima; Anastasio, Adriana Ribeiro Tavares.
Título: Speech perception performance of subjects with type I diabetes mellitus in noise / Desempenho da percepção de fala no ruído em indivíduos com diabetes mellitus tipo I
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(5):574-579, Sept.-Oct. 2017. graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Abstract Introduction: Diabetes mellitus (DM) is a chronic metabolic disorder of various origins that occurs when the pancreas fails to produce insulin in sufficient quantities or when the organism fails to respond to this hormone in an efficient manner. Objective: To evaluate the speech recognition in subjects with type I diabetes mellitus (DMI) in quiet and in competitive noise. Methods: It was a descriptive, observational and cross-section study. We included 40 participants of both genders aged 18-30 years, divided into a control group (CG) of 20 healthy subjects with no complaints or auditory changes, paired for age and gender with the study group, consisting of 20 subjects with a diagnosis of DMI. First, we applied basic audiological evaluations (pure tone audiometry, speech audiometry and immittance audiometry) for all subjects; after these evaluations, we applied Sentence Recognition Threshold in Quiet (SRTQ) and Sentence Recognition Threshold in Noise (SRTN) in free field, using the List of Sentences in Portuguese test. Results: All subjects showed normal bilateral pure tone threshold, compatible speech audiometry and "A" tympanometry curve. Group comparison revealed a statistically significant difference for SRTQ (p = 0.0001), SRTN (p < 0.0001) and the signal-to-noise ratio (p < 0.0001). Conclusion: The performance of DMI subjects in SRTQ and SRTN was worse compared to the subjects without diabetes.

Resumo Introdução: O diabetes mellitus (DM) é um distúrbio metabólico crônico de várias origens, que ocorre quando o pâncreas deixa de produzir insulina em quantidade suficiente ou quando o organismo não consegue responder a esse hormônio de maneira eficiente. Objetivo: Avaliar o reconhecimento de fala em indivíduos com diabetes mellitus tipo I (DMI) no silêncio e no ruído competitivo. Método: Estudo descritivo, observacional e transversal. Foram incluídos 40 participantes de ambos os sexos entre 18 e 30 anos, divididos em um grupo controle (GC) de 20 indivíduos saudáveis sem queixas ou alterações auditivas, pareados por idade e sexo com o grupo de estudo, composto por 20 indivíduos com diagnóstico de DMI. Inicialmente aplicou-se uma avaliação audiológica (audiometria tonal, logoaudiometria e imitanciometria) para todos os indivíduos; a seguir, os mesmos foram avaliados para o Limiar de Reconhecimento de Sentenças no Silêncio (LRSS) e Limiar de Reconhecimento de Sentenças no Ruído (LRSR), em campo livre, por meio do teste Lista de Sentenças em Português. Resultados: Todos os participantes apresentaram audiometria tonal dentro dos padrões de normalidade bilateralmente, logoaudiometria compatível e curva timpanométrica do tipo A. A comparação dos grupos revelou uma diferença estatisticamente significante para LRSS (p = 0,0001), LRSR (p < 0,0001) e a relação sinal-ruído (p < 0,0001). Conclusões O desempenho dos indivíduos com DMI para LRSS e LRSR foi pior em comparação com os indivíduos sem diabetes.
Descritores: Percepção Auditiva
Percepção da Fala
Diabetes Mellitus Tipo 1/fisiopatologia
Ruído
-Testes de Discriminação da Fala
Estudos de Casos e Controles
Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889307
Autor: Shetty, Hemanth Narayan; Puttabasappa, Manjula.
Título: Encoding of speech sounds at auditory brainstem level in good and poor hearing aid performers / Codificação dos sons da fala no nível do tronco encefálico auditivo em bons e maususuários de aparelhos auditivos
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(5):512-522, Sept.-Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: Hearing aids are prescribed to alleviate loss of audibility. It has been reported that about 31% of hearing aid users reject their own hearing aid because of annoyance towards background noise. The reason for dissatisfaction can be located anywhere from the hearing aid microphone till the integrity of neurons along the auditory pathway. Objectives: To measure spectra from the output of hearing aid at the ear canal level and frequency following response recorded at the auditory brainstem from individuals with hearing impairment. Methods: A total of sixty participants having moderate sensorineural hearing impairment with age range from 15 to 65 years were involved. Each participant was classified as either Good or Poor Hearing aid Performers based on acceptable noise level measure. Stimuli /da/ and /si/ were presented through loudspeaker at 65 dB SPL. At the ear canal, the spectra were measured in the unaided and aided conditions. At auditory brainstem, frequency following response were recorded to the same stimuli from the participants. Results: Spectrum measured in each condition at ear canal was same in good hearing aid performers and poor hearing aid performers. At brainstem level, better F0 encoding; F0 and F1 energies were significantly higher in good hearing aid performers than in poor hearing aid performers. Though the hearing aid spectra were almost same between good hearing aid performers and poor hearing aid performers, subtle physiological variations exist at the auditory brainstem. Conclusion: The result of the present study suggests that neural encoding of speech sound at the brainstem level might be mediated distinctly in good hearing aid performers from that of poor hearing aid performers. Thus, it can be inferred that subtle physiological changes are evident at the auditory brainstem in a person who is willing to accept noise from those who are not willing to accept noise.

Resumo Introdução: Os aparelhos auditivos são prescritos para aliviar a perda de audibilidade. Tem sido relatado que 31% dos usuários rejeitam seu aparelho auditivo devido ao desconforto com o ruído de fundo. A razão para a insatisfação pode estar situada em qualquer local desde o microfone do aparelho auditivo até a integridade de neurônios ao longo da via auditiva. Objetivos: Medir espectros desde a saída do aparelho auditivo no nível do meato acústico externo e frequência de resposta (FFR) registrada no tronco encefálico de indivíduos com deficiência auditiva. Método: Foram selecionados 60 participantes com deficiência auditiva neurossensorial moderada, de 15 a 65 anos. Cada participante foi classificado como usuário bom ou mau de prótese auditiva (GHP ou PHP) com base na medida de nível de ruído aceitável (ANL). Estímulos/da/e/si/foram apresentados em alto-falante a 65 dB SPL. No meato acústico externo, os espectros foram medidos nas condições sem aparelho e com aparelho. No tronco encefálico auditivo, FFR foram registradas para os mesmos estímulos dos participantes. Resultados: Os espectros medidos em cada condição no meato acústico externo foram os mesmos em GHP e PHP. No nível do tronco cerebral, melhor codificação F0; energias de F0 e F1 foram significativamente maiores em GHP do que em PHP. Embora os espectros do aparelho auditivo fossem quase os mesmos entre GHP e PHP, existem variações fisiológicas sutis no tronco encefálico auditivo. Conclusão: O resultado do presente estudo sugere que a codificação neural do som da fala no nível do tronco encefálico pode ser mediada distintamente em GHP em comparação com PHP. Assim, pode-se inferir que mudanças fisiológicas sutis são evidentes no tronco encefálico em uma pessoa que está disposta a aceitar o ruído em comparação com aqueles que não estão dispostos a aceitar o ruído.
Descritores: Percepção da Fala/fisiologia
Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Encefálico/fisiologia
Auxiliares de Audição
Perda Auditiva Neurossensorial/reabilitação
Ruído
-Limiar Auditivo/fisiologia
Localização de Som
Estimulação Acústica
Adaptação Fisiológica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 312 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889321
Autor: Almeida, Gleide Viviani Maciel; Ribas, Angela; Calleros, Jorge.
Título: Free Field Word recognition test in the presence of noise in normal hearing adults / Teste de reconhecimento de palavras em campo livre na presença de ruído em indivíduos adultos normo-ouvintes
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(6):665-669, Nov.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: In ideal listening situations, subjects with normal hearing can easily understand speech, as can many subjects who have a hearing loss. Objective: To present the validation of the Word Recognition Test in a Free Field in the Presence of Noise in normal-hearing adults. Methods: Sample consisted of 100 healthy adults over 18 years of age with normal hearing. After pure tone audiometry, a speech recognition test was applied in free field condition with monosyllables and disyllables, with standardized material in three listening situations: optimal listening condition (no noise), with a signal to noise ratio of 0 dB and a signal to noise ratio of −10 dB. For these tests, an environment in calibrated free field was arranged where speech was presented to the subject being tested from two speakers located at 45°, and noise from a third speaker, located at 180°. Results: All participants had speech audiometry results in the free field between 88% and 100% in the three listening situations. Conclusion: Word Recognition Test in Free Field in the Presence of Noise proved to be easy to be organized and applied. The results of the test validation suggest that individuals with normal hearing should get between 88% and 100% of the stimuli correct. The test can be an important tool in measuring noise interference on the speech perception abilities.

Resumo Introdução: Em situações ideais de escuta, indivíduos com audição normal conseguem fazer e reconhecer a fala facilmente. Porém, na presença de ruído competitivo, é comum as pessoas sentirem dificuldades de compreensão, principalmente se tiverem perda auditiva. Objetivo: Apresentar a validação do teste de reconhecimento de palavras em campo livre na presença do ruído em indivíduos adultos normo-ouvintes. Método: A amostra foi composta por 100 sujeitos hígidos, com audição normal e maiores de 18 anos. Depois da audiometria tonal foi aplicado teste de reconhecimento da fala, com monossílabos e dissílabos, em campo livre, com material padronizado, em três situações de escuta: condição ótima de audição (sem ruído), com ruído em relação de 0 dB e com ruído em relação de −10 dB. Para tanto, montou-se um ambiente de teste em campo livre calibrado, no qual a fala foi apresentada ao indivíduo em teste com duas caixas acústicas a 45° e o ruído em uma terceira a 180°. Resultados: Todos os participantes tiveram resultados de logoaudiometria em campo livre entre 88 e 100% nas três situações de escuta. Conclusão: O teste de reconhecimento de palavras em campo livre na presença do ruído mostrou-se de fácil organização e aplicação. Os resultados obtidos na validação do teste sugerem que indivíduos com audição normal devem acertar entre 88 e 100% dos estímulos apresentados. O teste pode configurar um instrumento importante na mensuração da interferência do ruído sobre as habilidades de percepção de fala.
Descritores: Testes de Discriminação da Fala/métodos
Percepção da Fala/fisiologia
Audição/fisiologia
Ruído
-Padrões de Referência
Valores de Referência
Audiometria de Tons Puros
Limiar Auditivo/fisiologia
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores Etários
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 312 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-951828
Autor: Novelli, Carolina Lino; Carvalho, Nádia Giulian de; Colella-Santos, Maria Francisca.
Título: Hearing in Noise Test, HINT-Brazil, in normal-hearing children / Teste de Reconhecimento de Fala no Ruído, HINT-Brasil, em crianças normo-ouvintes
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);84(3):360-367, May-June 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: The auditory processing is related to certain skills such as speech recognition in noise. The HINT-Brazil test allows the measurement of the Speech/Noise ratio however there are no studies in the national literature that establish parameters for the child population. Objective: To analyze the performance of normal-hearing subjects aged 8-10 years old in tasks for speech recognition in noise using HINT test. Methods: Sixty schoolchildren were evaluated. They were between 8 and 10 years of age, of both genders, and had no auditory and school complaints, with results ranking within normality for the Basic Audiological Assessment and the Dichotic Digits Test. HINT-Brazil test was applied with headphones, with the Speech/Noise ratio in conditions of frontal noise, noise to the right, and noise to the left being investigated. The software calculated the Composite Noise, which corresponds to the weighted mean of the tested conditions. Results: There was no statistically significant difference between the ears, nor between the genders. There was a statistically significant difference for age ranges of 8 and 10 years, in situations with noise, and for Composite Noise. The age group of 10 years showed better performance than the age group of 8; the age group of 9 years did not show statistically significant difference regarding the other age ranges. We suggest the values of mean and standard deviation of the Speech/Noise ratio, considering the age ranges of: 8 years - Frontal Noise: −2.09 (±1.09); Right Noise: −7.64 (±1.72); Left Noise: −7.53 (±2.80); Composite Noise: −4.86 (±1.31); 9 years - Frontal Noise: −2.82 (±0.74); Right Noise: −8.49 (±2.24); Left Noise: −8.41 (±1.75); Composite Noise: −5.63 (±1.02); 10 years - Frontal Noise: −3.01 (±0.95); Right Noise: −9.47 (±1.43); Left Noise: −9.16 (±1.65); Composite Noise: −6.16 (±0.91). Conclusion: HINT-Brazil test is a simple and fast test, and is not difficult to performed with normal-hearing children. The results confirm that it is an efficient test to be used with the age range evaluated.

Resumo Introdução: O processamento auditivo está relacionado a determinadas habilidades, como o reconhecimento de fala no ruído. O teste HINT-Brasil permite a mensuração da relação Fala/Ruído, porém, não há na literatura nacional estudos que estabeleçam parâmetros para a população infantil. Objetivo: Analisar o desempenho de normo-ouvintes, de 8 a 10 anos, nas tarefas de reconhecimento de fala no ruído, por meio do teste HINT. Método: Avaliados 60 escolares, entre 8 e 10 anos, de ambos os gêneros, sem queixas auditivas e escolares, e com resultados dentro da normalidade para a Avaliação Audiológica Básica e o Teste Dicótico de Dígitos. O teste HINT-Brasil foi aplicado com fones de ouvido, sendo pesquisada a relação Fala/Ruído nas condições Ruído Frontal, Ruído à Direita e Ruído à Esquerda. O software calculou o Ruído Composto, que corresponde à média ponderada das condições testadas. Resultados: Não houve diferença estatisticamente significante entre as orelhas, nem entre os gêneros. Houve diferença estatisticamente significante para as faixas de 8 e 10 anos, nas situações com ruído e para o Ruído Composto. A faixa etária de 10 anos apresentou desempenho melhor do que a faixa etária de 8; a faixa etária de 9 anos não apresentou diferença estatisticamente significante com relação as outras faixas etárias. Sugerimos os valores de Média e Desvio Padrão da relação F/R, considerando as faixas: 8 anos - RF: -2,09 (± 1,09); RD: -7,64 (± 1,72); RE: -7,53 (± 2,80); RC: -4,86 (± 1,31); 9 anos - RF: -2,82 (± 0,74); RD: -8,49 (± 2,24); RE: -8,41 (± 1,75); RC: -5,63 (± 1,02); 10 anos - RF: -3,01 (± 0,95); RD: -9,47 (± 1,43); RE: -9,16 (± 1,65); RC: -6,16 (± 0,91). Conclusão: O teste HINT-Brasil é um teste simples e rápido e não oferece dificuldades em seu uso com crianças normo-ouvintes; os resultados mostram se tratar de um teste eficaz para ser utilizado com a faixa etária avaliada.
Descritores: Limiar Auditivo/fisiologia
Localização de Som/fisiologia
Percepção da Fala/fisiologia
Teste do Limiar de Recepção da Fala/métodos
Estimulação Acústica/métodos
Testes Auditivos/métodos
-Reprodutibilidade dos Testes
Ruído
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 32 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde