Base de dados : LILACS
Pesquisa : G01.910.645 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 105 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 105 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-798091
Autor: Dopierala, Ewa; Chrobak, Adrian A; Kapczinski, Flavio; Michalak, Michal; Tereszko, Anna; Ferensztajn-Rochowiak, Ewa; Dudek, Dominika; Dembinska-Krajewska, Daria; Siwek, Marcin; Jaracz, Jan; Rybakowski, Janusz K.
Título: The Biological Rhythms Interview of Assessment in Neuropsychiatry in patients with bipolar disorder: correlation with affective temperaments and schizotypy
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;38(4):325-328, Oct.-Dec. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To assess the relationship of biological rhythms, evaluated by the Biological Rhythms Interview of Assessment in Neuropsychiatry (BRIAN), with affective temperaments and schizotypy. Methods: The BRIAN assessment, along with the Temperament Evaluation of Memphis, Pisa, Paris, and San Diego-Autoquestionnaire (TEMPS-A) and the Oxford-Liverpool Inventory for Feelings and Experiences (O-LIFE), was administered to 54 patients with remitted bipolar disorder (BD) and 54 healthy control (HC) subjects. Results: The TEMPS-A cyclothymic temperament correlated positively and the hyperthymic temperament correlated negatively with BRIAN scores in both the BD and HC groups, although the correlation was stronger in BD subjects. Depressive temperament was associated with BRIAN scores in BD but not in HC; conversely, the irritable temperament was associated with BRIAN scores in HC, but not in BD. Several positive correlations between BRIAN scores and the schizotypal dimensions of the O-LIFE were observed in both BD and HC subjects, especially with cognitive disorganization and less so with unusual experiences and impulsive nonconformity. A correlation with introversion/anhedonia was found only in BD subjects. Conclusion: Cyclothymic and depressive temperaments predispose to disturbances of biological rhythms in BD, while a hyperthymic temperament can be protective. Similar predispositions were also found for all schizotypal dimensions, mostly for cognitive disorganization.
Descritores: Periodicidade
Transtorno da Personalidade Esquizotípica/psicologia
Transtorno Bipolar/psicologia
-Inventário de Personalidade
Transtorno da Personalidade Esquizotípica/reabilitação
Temperamento
Transtorno Bipolar/tratamento farmacológico
Estudos de Casos e Controles
Compostos de Lítio/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-784305
Autor: de Souza, Camila M; Carissimi, Alicia; Costa, Daniele; Francisco, Ana Paula; Medeiros, Madeleine S; Ilgenfritz, Carlos A; de Oliveira, Melissa A; Frey, Benicio N; Hidalgo, Maria Paz.
Título: The Mood Rhythm Instrument: development and preliminary report
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;38(2):148-153, Apr.-June 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective: To describe the initial steps in the development and validation of a new self-reported instrument designed to assess daily rhythms of mood symptoms, namely, the Mood Rhythm Instrument. Methods: A multidisciplinary group of experts took part in systematic meetings to plan the construction of the instrument. Clarity of items, their relevance to evaluation of mood states, and the consistency of findings in relation to the available evidence on the biological basis of mood disorders were investigated. The internal consistency of the questionnaire was evaluated through Cronbach’s alpha. Results: All of the items proposed in a first version were well rated in terms of clarity. The items more frequently rated as “rhythmic” were related to the somatic symptoms of mood. Their peaks in 24 hours were more frequent in the morning. The items associated with affective symptoms of mood were rated as less rhythmic, and their peak in 24 hours occurred more frequently in the afternoon and evening. Males and females behaved more similarly with respect to somatic than behavioral-affective items. The second version of the Mood Rhythm Instrument had a Cronbach’s alpha of 0.73. Conclusion: The proposed Mood Rhythm Instrument may be able to detect individual rhythms of cognitive and behavioral measures associated with mood states. Validation in larger samples and against objective measures of rhythms, such as actigraphy, is warranted.
Descritores: Periodicidade
Inquéritos e Questionários
Transtornos do Humor/fisiopatologia
Afeto/fisiologia
Autorrelato
-Transtornos do Humor/diagnóstico
Consenso
Autoavaliação Diagnóstica
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-904602
Autor: Berny, Thierry; Jansen, Karen; Cardoso, Taiane de Azevedo; Mondin, Thaíse Campos; Silva, Ricardo Azevedo da; Souza, Luciano Dias de Mattos; Zeni, Cristian Patrick; Kapczinski, Flavio; Figueiredo, Vera.
Título: Construction of a biological rhythm assessment scale for children / Construção de uma escala de avaliação do ritmo biológico para crianças
Fonte: Trends psychiatry psychother. (Impr.);40(1):53-60, Jan.-Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction Biological rhythm is associated with the level of alertness, cognitive performance and mood of the individuals. Its regularity is essential to preserve good health and quality of life. Objective To present the steps for the construction of the scale entitled Biological Rhythm Interview of Assessment in Neuropsychiatry - Kids (BRIAN-K), designed to measure biological rhythm disruptions in Brazilian children and adolescents. Methods Items were developed following the adult version of the scale. Analysis of the psychometric characteristics of the scale was based on the responses of 373 parents/caregivers of school age children (7 and 8 years old). Results A theoretical model of 17 items with the purpose of evaluating four domains (sleep, activities, social rhythm and eating pattern) was determined using exploratory factor analysis (EFA) and via identification of a general factor. The psychometric properties of the BRIAN-K showed favorable properties. Conclusion Only two items needed to be rewritten. Further studies are needed to investigate the instrument's adequacy to different age groups and additional evidence of validity and reliability.

Resumo Introdução O ritmo biológico está associado ao nível de alerta, desempenho cognitivo e humor dos indivíduos. Sua regularidade é essencial para preservar uma boa saúde e qualidade de vida. Objetivo Apresentar as etapas de construção da escala intitulada Biological Rhythm Interview of Assessment in Neuropsychiatry - Kids (BRIAN-K), criada para medir disrupturas do ritmo biológico em crianças e adolescentes brasileiros. Métodos Os itens foram desenvolvidos seguindo a versão adulta da escala. A análise das características psicométricas da escala se baseou nas respostas de 373 pais/cuidadores de crianças em idade escolar (7 e 8 anos). Resultados Um modelo teórico de 17 itens, com o objetivo de avaliar quatro domínios do ritmo biológico (sono, atividades, ritmo social e padrão alimentar) foi determinado usando análise fatorial exploratória (AFE) e pela identificação de um fator geral. As propriedades psicométricas da BRIAN-K mostraram-se satisfatórias. Conclusão Apenas dois itens precisaram ser reescritos. São necessários mais estudos para investigar a adequação do instrumento a diferentes faixas etárias e evidências adicionais de validade e confiabilidade.
Descritores: Periodicidade
Sono
Comportamento Social
Comportamento Alimentar
Atividade Motora
-Pais
Psicometria
Análise Fatorial
Cuidadores
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Xavier, Nilton Leite
Texto completo
Id: biblio-834418
Autor: Goi Júnior, Carlos José; Poltronieri, Lara Rech; Xavier, Nilton Leite.
Título: Frequência do autoexame das mamas em amostra populacional de Xangri-Lá, RS / Breast self exam frequency in sample population of Xangri-La, RS
Fonte: Rev. HCPA & Fac. Med. Univ. Fed. Rio Gd. do Sul;32(2):182-187, 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar a realização do autoexame das mamas (AEM) no município de Xangri-Lá/ RS. Método: Após 6 anos de atividade comunitária do médico mastologista no município, foram entrevistadas 854 pacientes, entre março de 2010 e novembro de 2011. Anotou-se, além de dados pessoais, a realização do AEM e consulta com mastologista. Os questionários foram preenchidos pela equipe de pesquisa previamente treinada.. As variáveis foram descritas pela média, desvio-padrão e percentuais e, quando categorizadas, pelo Qui Quadrado de Pearson; foram consideradas significantes quando p < 0,05. Resultados: A média de idade encontrada foi de 45 ± 14 anos. AEM mensal foi realizado por 55% desta amostra de 854 mulheres. História familiar de câncer de mama aumenta em 15% a realização do AEM apenas no grupo que não consulta com o especialista. As mulheres que consultaram com o mastologista apresentam uma chance maior de se examinarem (RC=3,35 com IC 95% de 2,53 a 4,44). As mulheres com mais idade realizam mais o AEM do que as jovens. Conclusão: Foi observada alta prevalência de AEM, porém aquém do ideal. Os principais indicadores de realização do AEM neste estudo foram idade crescente e ter consultado com o especialista. Foi demonstrada a eficácia de projetos de atenção primária à saúde por médico especialista e, que o AEM, realizado com a mulher deitada é feito por apenas 35 das 55% que o fazem.

Aim: To evaluate the results on the achievement of breast self examination (BSE) in the municipality of Xangri-La/ RS. Methods: After six years of community activity by specialist on breast disease in the municipality were recruited 854 patients between March 2010 and November 2011. They were asked about personal data, execution of the BSE and consult with breast cancer specialist. The questionnaires were filled in a previously trained research staff. The variables were described and analyzed by mean, standard deviation and percentage and, when categorized by square Pearson; were considered significant when p< 0.05. Results: Mean age was found 45 ± 14 years; AEM monthly was held by 55% of this sample of 854 patients. Family history of breast cancer increases by 15% to BSE practice, but only in group that not have consulted with the expert. Women who consulted with the specialist showed a much better chance of monthly examination (OR = 3.35, with IC 95% 2.53 to 4.44) and women over age perform more self-examination of breasts than the youngest. Conclusion: A high rate of implementation of AEM was found, but far from ideal. The main factors indicators of achievement of BSE in this study were the increasing age and having consulted with the breast disease specialist. It has been shown, specially, the effectiveness of a primary health care projects by the breast specialist and AEM, performed with the woman lying down, is done by only 35% of 55% of the patients that do.
Descritores: Autoexame de Mama/psicologia
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Neoplasias da Mama/diagnóstico
Neoplasias da Mama/prevenção & controle
-Educação em Saúde
Periodicidade
Limites: Humanos
Feminino
Adulto Jovem
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  5 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-947251
Autor: Minuzzi, Rosandro Boligon; Lopez, Fábio Ziemann.
Título: Variabilidade de índices de chuva nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul / Variability of rainfall index in the states of Santa Catarina and Rio Grande do Sul
Fonte: Biosci. j. (Online);30(3):697-706, may/june 2014. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Sendo a chuva uma das variáveis climáticas de maior influência no meio ambiente, na economia e na sociedade, este estudo objetiva analisar a variabilidade climática de diferentes índices de chuva nos Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Foram utilizados dados diários de chuva de 32 estações hidrológicas, onde foram obtidos cinco índices de chuva. O coeficiente angular da Regressão Linear foi utilizado para analisar a tendência climática dos índices de chuva nas escalas sazonal e anual. Os meses seguintes foram definidos como representativos de cada um dos períodos sazonais: de dezembro a fevereiro (verão), de março a maio (outono), de junho a agosto (inverno) e de setembro a novembro (primavera). Desde meados do século XX, houve aumento na quantidade de chuva, no número de dias chuvosos e de forma mais discreta, no número e na intensidade dos eventos extremos de chuva, principalmente na primavera e no outono. Com a função de autocorrelação aplicada em algumas estações hidrológicas, foi encontrado uma periodicidade da chuva anual em torno de 3, 9-11 e 18 anos nas estações com as séries de dados mais extensas (Pomerode e Rio Negro).

As the rain of the climatic variables of greatest influence on the environment, economy and society, this study aims to analyze the climatic variability of different rainfall index in the States of Rio Grande do Sul and Santa Catarina. Were used daily rainfall data of 32 hydrological stations, which were obtained five rainfall index. The angular coefficient of linear regression was used to analyze the climate trend of rainfall index in seasonal and annual scales. The following months were defined as representative of each of the seasons: December-February (summer), March-May (autumn), June-August (winter) and September-November (spring). Since the mid-twentieth century, there was an increase in the amount of rainfall, the number of rainy days and more discreetly, in the number and intensity of extreme rainfall events, especially in spring and autumn. With the autocorrelation function applied in some hydrological stations, was found a periodicity of annual rainfall of about 3, 9-11 and 18 years at stations with the longest data series (Pomerode and Rio Negro).
Descritores: Periodicidade
Chuva
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-870996
Autor: Soster, Leticia Maria Santoro Franco Azevedo.
Título: Análise da microarquitetura do sono (padrão alternante cíclico) na polissonografia de crianças com enurese noturna monossintomática / Sleep microstructure analysis (Cyclic Alternating Pattern) in children with monosymptomatic nocturnal enuresis.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. [110] p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: A enurese noturna (EN) é considerada como a eliminação de urina no período noturno, de forma involuntária, em indivíduos com cinco ou mais anos de idade em pelo menos duas noites no mês até todas as noites. EN pode ser do tipo monossintomática, quando ocorre na ausência de outros sintomas, ou não monossintomática, na presença de sintomas de vesicais diurnos. Apesar de historicamente conhecida com uma desordem psiquiátrica, a EN monossintomática está incluída na Classificação Internacional dos Transtornos de 2012 como uma parassonia podendo ocorrer em qualquer fase do sono, porém predominantemente no sono não REM. Está comumente associada a hiperatividade vesical, produção excessiva de urina e falha em acordar após o enchimento vesical. Apesar de ocorrer no sono, a avaliação do sono pelos padrões usuais falhou em encontrar justificativa para este processo patológico. A análise da microestrutura do sono é uma ferramenta mais refinada e precisa que pode auxiliar na busca do mecanismo neurofisiológico que justifica este processo. Objetivo: Analisar os padrões de microarquitetura de sono atrvés do Padrão alternante Cíclico (CAP) nas crianças com EN monossintomática para melhor compreensão das bases neurofisiológicas da EN. Metodologia: Trinta e seis crianças sendo, 22 enuréticos e 14 controles com idade variando entre sete e 17 anos de idade, que satisfizeram os critérios de inclusão, foram submetidas a triagem clínica e laboratorial, avaliados quanto aos aspectos do sono, com uso de diários de sono, das escalas de Berlin, Sleep Scale for Children (SDSC) e Escala de Sonolência de Epworth e posteriormente submetidos ao de estudo polissonográfico completo de noite inteira, com a avaliação do CAP. Resultados: As escalas de sonolência e de Berlin não evidenciaram anormalidades, o SDSC evidenciou apneia em 11/22 (50%), hiperidrose em 2/22 (9%) e transtorno da transição vigília-sono, do despertar e do início e manutenção de sono em 1/22...

Introduction: Nocturnal enuresis (NE) is defined as the lack of nocturnal urine control, in individuals with five or more years old for at least two nights in a month, but up to every night. EN can be monosymptomatic (ENM), when it occurs in the absence of other symptoms or non monosymptomatic in the presence of diurnal renal symptoms. Although historically known as a psychiatric disorder, ENM is included in the International Classification of Sleep Disorders 2012 as a parasomnia. It can occur at any sleep stage but predominantly in non-REM sleep. EN is commonly associated to bladder hyperactivity, excessive urine production and/or failure to wake up after bladder filling. Despite the occurrence in sleep, standard sleep evaluation has failed to find abnormalities. The analysis of sleep microstructure is a refined and more accurate tool that can help find the neurophysiological mechanism underlying this process. Purpose: To evaluate sleep microarchitecture through Clyclic Altenating Pattern (CAP) analysis in children with monosymptomatic NE and provide a better understanding of the neurophysiological basis of EN. Methods: After IRB approval, 36 children, 22 with NE and 14 controls aged between seven and 17 years old who met the inclusion criteria were submitted to clinical and laboratory screening, evaluated for aspects of sleep, using sleep logs, Berlin Questionnaire (BQ), Sleep Scale for Children (SDSC) and Epworth Sleepiness Scale (ESS) and submitted to a full polysomnographic study, with evaluation of CAP. Results: ESS and BQ evidenced no abnormalities, the SDSC showed mild sleep apnea in 11/22 (50%), hyperhidrosis in 2/22 (9%) and disorder of the sleep-wake transition, awakening and initiation and maintenance sleep in 1/22 (4.5%) each. Analysis of sleep macrostructure showed higher numbers of awakenings (p < 0.001) and N2 sleep (p = 0.0025) as well as greater amount of sleep N3 (p < 0.0001) when compared to controls. Sleep microstructure showed an...
Descritores: Eletroencefalografia
Enurese Noturna/fisiopatologia
Fases do Sono/fisiologia
Nível de Alerta/fisiologia
Parassonias
Periodicidade
Polissonografia
Ritmo Circadiano/fisiologia
Transtornos do Despertar do Sono
Transtornos do Sono-Vigília/fisiopatologia
-Adolescente
Criança
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1


  7 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-832838
Autor: Virmond, Marcos da Cunha Lopes.
Título: Um novo marco para Salusvita / A new landmark for Salusvita magazine
Fonte: Rev. Salusvita (Online);35(3):303-304, 2016.
Idioma: pt.
Descritores: Publicações Periódicas como Assunto
Publicações Científicas e Técnicas
-Periodicidade
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR36.1 - Biblioteca


  8 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Carvalho, G. R
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-827910
Autor: Barbosa, L. P; Rodrigues, M. T; Guimarães, J. D; Torres, C. A. A; Carvalho, G. R; Amorim, L. S; Dutra, P. A.
Título: Influência da condição corporal ao parto no balanço energético e desempenho reprodutivo de cabras leiteiras no pós-parto / Influence of body condition at calving on energy balance and reproductive performance of dairy goats in the postpartum
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;68(5):1283-1291, set.-out. 2016. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo teve como objetivo avaliar a influência da condição corporal (CC) ao parto no balanço energético (BE) e o desempenho reprodutivo de cabras Alpinas no pós-parto. Foram utilizadas 68 cabras distribuídas em três grupos (G), sendo: G1- cabras com baixa CC (CC entre 1,5 e 2,5); G2: cabras com moderada CC (entre 2,75 e 3,5) e G3: cabras com alta CC (entre 3,75 e 5,0). Os animais receberam dieta (silagem de milho e concentrado, com 18% de proteína bruta e 1,7Mcal/kg de matéria seca de energia líquida) ad libitum. As avaliações foram feitas nas oito primeiras semanas de lactação, para determinação do BE, do intervalo do parto à primeira ovulação e ao primeiro estro e da concentração plasmática de progesterona. Os dados foram analisados por análise de variância a 5% de probabilidade. Não houve efeito da CC ao parto sobre o BE dos animais. Todas as cabras apresentaram BE negativo ao parto, com mudança para BE positivo aos 51, 58 e 64 dias pós-parto, respectivamente. Não houve diferença na concentração plasmática de progesterona nos três grupos, sendo caracterizada função luteal (concentração ≥1ng/dL) em apenas 5,9% dos animais avaliados. O intervalo do parto à primeira ovulação foi de 46 dias. Apenas 4,4% das cabras exibiram estro. Cabras leiteiras de média produção, entre 2,5 e 3,0kg de leite/dia, entram em BE negativo ao parto, independentemente da CC apresentada, influenciando negativamente o reinício da atividade ovariana no pós-parto.(AU)

The concentration of progesterone in the blood was used to study the effect of body condition score (BCS) on the post-partum ovarian activity of dairy goats. Sixty-eight female goats were distributed between three treatments. Treatment 1: goats with BCS between 1.00 and 2.75; Treatment 2: goats with BCS between 2.75 and 3.50; and Treatment 3: goats with BCS between 3.50 and 5.00. The goats had the blood collected immediately after birth, and from that time up to the eighth week post-partum at three day intervals. The progesterone analysis on the blood was used to determine the interval between the birth and the first ovulation. The females were teasing two times per day for estrus detection and determination of the time interval from birth to first estrus. No significant difference was found on the progesterone concentration between treatments. The luteal functionality was characterized in only 5.9% of goats, with a concentration higher than 1ng/mL. The period from birth to first ovulation was 46 days. The detectable estrus was found in only 4.4% of goats. The BCS at birth did not influence the recovery of ovarian activity of dairy goats.(AU)
Descritores: Cabras
Período Pós-Parto
Progesterona/análise
-Ração Animal/estatística & dados numéricos
Periodicidade
Limites: Animais
Feminino
Gravidez
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 105 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-787948
Autor: OLIVEIRA, J.M.G.; PEREIRA, L.J.C.; MOURA, E.R.; SOUSA, M.R.S.C.; SALES, P.A.B.; SILVA, S.M.M.S.; LIRA, S.R.S.; COSTA, A.P.R..
Título: Toxicidade subaguda do extrato etanólico das folhas de Myracrodruon urundeuva sobre o ciclo estral de ratas Wistar / Subacute toxicity of Myracrodruon urundeuva leave ethanolic extract and its effects on the estrous cycle of female Wistar rats
Fonte: Rev. bras. plantas med;18(2):539-546tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO A fitoterapia, abrangendo o uso popular e empírico de plantas medicinais no combate e prevenção de doenças, deve ser aliada a estudos científicos que comprovem a eficácia e segurança desses compostos. No Brasil, a ampla biodiversidade vegetal da região nordeste favorece o uso e estudo de plantas com potenciais terapêuticos. A Aroeira do Sertão (Myracrodruon urundeuva Allem.) é uma espécie pertencente à família Anacardiaceae, comum no semiárido, desde o Piauí até Minas Gerais. Seu uso é diverso e disseminado por todo o País, sendo indispensáveis estudos de suas potencialidades e riscos. Devido à ampla utilização da Myracrodruon Urundeuva de forma empírica, este trabalho tem por objetivo a pesquisa de efeitos tóxicos com doses repetidas do extrato etanólico de Myracrodruon urundeuva Allem. (EEMU) e sua influência no ciclo estral de ratas Wistar. No protocolo de toxicidade subaguda foram utilizadas 25 ratas Wistar, divididas em 5 grupos (n=5), tratadas com diferentes doses do EEMU (125, 250, 500 e 1000 mg/kg) e água destilada (controle) por um período de 28 dias. Nesse período foram realizadas mensurações do consumo de água e ração e avaliação comportamental. Esses animais foram avaliados diariamente quanto a fase do ciclo estral, por meio de esfregaço vaginal a fresco, sendo observada a frequência de cada fase bem como o intervalo interestro. As ratas foram anestesiadas e o sangue foi coletado para a realização dos ensaios bioquímicos. Em seguida, foram eutanasiadas para coleta e avaliação dos órgãos internos. Durante o período de avaliação, não foram observadas alterações de comportamento, nem de consumo de água ou ração. A evolução ponderal dos animais não diferiu entre os grupos tratados. A concentração sérica de ALT foi maior nos animais tratados com EEMU 1000 mg/kg. As ratas tratadas com o extrato não apresentaram alterações significativas na frequência das fases do ciclo estral bem como duração do estro e intervalo entre estros, quando comparadas ao grupo controle. Os resultados obtidos neste estudo não apontam alterações tóxicas significativas, sistêmicas ou sobre o ciclo estral, de ratas Wistar tratadas com o extrato, nas doses avaliadas, por um período de 28 dias.

ABSTRACT The herbal medicine, comprising the popular and empirical use of medicinal plants in combating and preventing diseases, should be combined with scientific studies that prove the effectiveness and safety of these compounds. In Brazil, the vast plant biodiversity of the Northeast favors the use and study of plants with therapeutic potential. Aroeira (Myracrodruon urundeuva Allem.) is a species of the Anacardiaceae family, common in the semiarid region, from Piauí to Minas Gerais. Its use is diverse and widespread throughout the country, making studies of its potential and risks necessary. Due to the wide use of Myracrodruon urundeuva in an empirical form, this paper aims to research toxic effects with repeated doses of Myracrodruon urundeuva Allem.ethanol extract (EEMU) and its influence on the estrous cycle of female Wistar rats. In a subacute toxicity protocol 35 female Wistar rats were used, divided into 5 groups (n=5) treated with different doses of EEMU (125, 250, 500 and 1000 mg/kg) and distilled water (control) for 28 days. In this period measurements of water intake, feed consumption were carried out and a behavioral assessment was performed. The estrous cycles of these animals were evaluated daily by fresh vaginal smear, it the frequency of each phase as well as the inter-estrus intervals were observed. The rats were anesthetized and blood was collected for the biochemical assays. Then they were euthanized for the collection and evaluation of internal organs. During the evaluation period, there were no observed behavioral changes nor were the water or food consumption variations. The weight gain of the animals did not differ between treatment groups. The serum ALT was higher in animals treated with EEMU 1000 mg/kg. The rats treated with the extract showed no significant changes in the frequency of the phases of the estrous cycle, estrus duration and estrus interval when compared to the control group. The results of this study do not indicate significant toxic alterations, neither systemic nor on the estrous cycle in female rats treated with the extract, at the evaluated doses, over a period of 28 days.
Descritores: Toxicidade
Anacardiaceae/classificação
Ciclo Estral/metabolismo
Ratos Wistar/classificação
-Periodicidade
Limites: Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 105 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-753421
Autor: Castro e Silva, Orlando de; Silveira, Marina Rodrigues Garcia da.
Título: Revista Medicina, now published bimonthly. On the way to broader indexation / Revista Medicina, agora de periodicidade bimensal. A caminho de indexação mais ampla
Fonte: Medicina (Ribeiräo Preto);47(2):101-103, abr.-jun. 2014.
Idioma: pt.
Descritores: Medicina
Publicações Periódicas como Assunto
Periodicidade
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde