Base de dados : LILACS
Pesquisa : G02.111.380 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 12 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 12 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-707878
Autor: Dias, Juliana Ribeiro; Fernandez, Alfredo Tavares.
Título: Implicações da ingestão de ácidos graxos trans sobre a saúde do consumidor / Implications of the intake of trans fatty acids on consumer health
Fonte: Hig. aliment;27(216/217):93-97, jan.-fev. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente trabalho consiste em uma revisão bibliográfica sobre os efeitos do consumo de ácidos graxos trans sobre a saúde do consumidor, servindo como veículo de alerta e informando sobre as quantidades diárias indicadas pelos órgãos competentes.
Descritores: Ácidos Graxos Trans/efeitos adversos
Gorduras na Dieta/metabolismo
Hidrogenação
-Ácidos Graxos Trans/administração & dosagem
Rotulagem de Alimentos
Alimentos Industrializados
Informação Nutricional
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  2 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-583404
Autor: Galdino, Tatiana Pizzato; Antunes, Alessandra Rosa; Lamas, Rita Coelho; Zingano, Muriel Alves; Cruzat, Vinicius Fernandes; Coutinho, Vanessa Fernandes; Chagas, Patrícia.
Título: Biscoitos recheados: quanto mais baratos maior teor de gordura trans? / Filled cookies: the cheaper the higher trans fat content?
Fonte: Sci. med;20(4), nov. 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos: identificar a quantidade de gorduras totais, saturadas e trans descritas nos rótulos de biscoitos recheados e verificar se existe associação entre o preço e a quantidade de gorduras trans.Métodos: a amostra foi composta por 25 pacotes de biscoitos recheados de diferentes tipos e marcas, copiando-se de cada rótulo as informações necessárias. Para análise dos resultados foram efetuados cálculos de estatística descritiva, análise de variância e correlação de Spearmann.Resultados: os resultados apontam uma preocupação no consumo desses biscoitos, uma vez que a média dos biscoitos de duas marcas apresentaram valores próximos e que ultrapassam a recomendação máxima de gorduras trans (2,0 g) em uma porção média de 30 g (1,78 g e 2,05 g), com base em uma dieta de 2000 quilocalorias. Verificou-se também associação positiva entre preço e quantidade de gorduras trans (p<0,001) e associação inversa entre preço e quantidade de gordura saturada (p=0,003).Conclusões: quanto maior a quantidade de gorduras trans, menor a quantidade de gordura saturada e menor preço.Sugere-se uma revisão na legislação quanto à inserção da quantidade exata de gorduras trans no rótulo, uma vez que o consumo elevado dessas gorduras está associado a dislipidemias, um fator de risco para doença cardiovascular.

Aims: To identify the amount of total fat, saturated fat and trans fat described on the labels of filled cookies and to verify the association between price and trans fat content.Methods: The sample consisted of 25 packages of different types and brands of filled cookies, obtaining the necessary information from every label. Calculations of descriptive statistics, analysis of variance and correlation of Spearman were carried out.Results: The results call the attention for the consumption of these cookies, since the average of cookies of two brands presented values close and up to the daily recommendation of trans fat (2.0 g) in an average portion of 30 g (1.78 g and 2.05 g), based on a diet of 2000 kilocalories. We have also found a direct relation between price and trans fat value and reverse relation between price and saturated fat value.Conclusion: The more trans fat, the smaller price and quantity of saturate fat were found. We suggest a revision in the legislation regarding the inclusion of the exact amount of trans fat in the labels of every product, because high intakes of these fats are associated with dyslipidemia, which is a risk factor for cardiovascular disease.
Descritores: Biscoitos
Gorduras Insaturadas
Ácidos Graxos Insaturados
Composição de Alimentos
Economia dos Alimentos
Cardiopatias
Hidrogenação
Alimentos Industrializados
Legislação sobre Alimentos
Responsável: BR500.1 - Biblioteca


  3 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-564913
Autor: Chaud, Marco Vinicius; Tamascia, Pollyanna; Lima, Andréa Cristina de; Paganelli, Maria Ondina; Gremião, Maria Palmira Daflon; Freitas, Osvaldo de.
Título: Solid dispersions with hydrogenated castor oil increase solubility, dissolution rate and intestinal absorption of praziquantel / Dispersões sólidas com aumento de solubilidade de hidrogenado do óleo de mamona, taxa de dissolução e absorção intestinal de praziquantel
Fonte: Braz. j. pharm. sci;46(3):473-481, July-Sept. 2010. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: The solubility behavior of drugs remains one of the most challenging aspects in formulation development. Solid Dispersion (SD) has tremendous potential for improving drug solubility. Although praziquantel (PZQ) is the first drug of choice in the treatment of schistosomiasis, its poor solubility has restricted its delivery oral route. In spite of its poor solubility, PZQ is well absorbed in the gastrointestinal tract, but large doses are required to achieve adequate concentration at the target sites. The aim of this study was to improve the solubility and dissolution rate of PZQ and to evaluate its intestinal absorption. SDs were formulated with PEG-60 castor oil hydrogenated (CR-60) using a fusion and evaporation method. Pure PZQ and physical mixtures (PM) and PZQ-CR-60 (2:1; 1:1; 1:2 ratios) were compared as regards their solubility, dissolution and intestinal absorption. The experimental results demonstrated the improvement in the solubility, dissolution rate and intestinal absorption. In addition, the solubility behavior showed pH dependency and that the solubility of PZQ was slower in acidic medium than in neutral and basic mediums. The increase in PZQ solubility of the SD with the CR-60 could be attributed to several factors such as improved wettability, local solubilization, drug particle size reduction and crystalline or, interstitial solid solution reduction.

A solubilidade de fármacos ainda é um dos principais desafios no desenvolvimento de formulações farmacêuticas. As dispersões sólidas (DS) apresentam grande potencial para melhorar a solubilidade de fármacos. O praziquantel é o fármaco de primeira escolha no tratamento da esquistossomose, contudo a baixa solubilidade em água restringe seu uso à administração pela via oral. Apesar da baixa solubilidade, o PZQ é bem absorvido através do trato gastrintestinal, mas doses orais elevadas são requeridas para garantir concentrações suficientes de fármaco para o tecido alvo. O objetivo deste estudo foi melhorar a solubilidade, a dissolução e avaliar a absorção do PZQ. As DS foram formuladas com óleo de castor hidrogenado - PEG 60 (CR-60), pelo uso dos métodos de fusão e evaporação do solvente. PZQ puro, mistura física (MF) e DS de CR-60-PZQ (1:2; 1:1; 2:1) foram comparados quanto à solubilidade, dissolução e absorção intestinal. Os resultados experimentais mostraram aumento na solubilidade, na taxa de dissolução e na absorção intestinal do PZQ nas DS. A solubilidade do PZQ foi maior em meio ácido, mostrando uma dependência do pH. O aumento na solubilidade do PZQ nas DS com CR-60 foi atribuída a fatores como aumento da molhabilidade, solubilização local, redução granulométrica e redução da cristalinidade ou, ainda, a ocorrência de uma solução sólida intersticial.
Descritores: Análise Química/estatística & dados numéricos
Dissolução/métodos
Emulsificantes
Óleo de Rícino/análise
Praziquantel/farmacologia
-Hidrogenação
Análise Estatística
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  4 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-518963
Autor: Valenzuela B., Alfonso.
Título: Ácidos grasos con isomería trans I: su origen y los efectos en la salud humana / Isomeric trans fatty acids I: origin and effects in human health
Fonte: Rev. chil. nutr;35(3):162-171, sept. 2008. ilus.
Idioma: es.
Resumo: It has been observed that foods with similar amount of starch can generate different glycemic responses. The evidence of a direct link between saturated fat consumption and an increased risk of cardiovascular diseases has led consumers to consider oils derived from vegetables, and industrial products derived from them, as healthier substitutes than animal fats. During the technological manipulation of vegetable oils, in order to transform them into more stable products it is applied the process of hydrogenation. The main side effect of this process is the formation of geometric and positional isomers of the unsaturated fatty acids, primary trans isomers of fatty acids (TFA). Dietary TFA consumption has a biological and industrial origin; the latter found in margarine, shortening, home and industrial cooking oil, bakery goods, and the wide range of' snack foods. Substantial TFA amounts come from the so called "invisible fats", the raw material used to manufacture more complex foods. The current wisdom is that TFA have an adverse effect on cardiovascular health, and its consumption poses a potential risk for increasing the incidence of heart disease.

La evidencia sobre una relación directa entre el consumo de grasas saturadas y el riesgo de enfermedad cardiovascular ha llevado a que los consumidores consideren a los aceites vegetales y a los productos industriales que derivan de ellos, como productos más saludables y sustitutos de las grasas animales. Durante el procesamiento tecnológico de los aceites vegetales, con la finalidad de transformarlos en productos más estables, se aplica el proceso de hidrogenación. El principal efecto lateral de este proceso es la formación de isómeros geométricos y posicionales de los ácidos grasos insaturados, principalmente de isómeros trans (AGT). Los AGT dietarios tienen origen biológico y tecnológico; estos últimos se encuentran en margarinas y mantecas, en aceites de uso doméstico e industrial, en productos de horneo, y en una gran variedad de alimentos del tipo bocadillos. Las grasas utilizadas para la manufactura industrial de alimentos (grasa "invisible") contienen elevadas cantidades de AGT. La visión actual es que los AGT tienen efectos adversos en la salud cardiovascular y que su consumo constituye un riesgo potencial de incrementarlas enfermedades cardíacas.
Descritores: Ácidos Graxos Insaturados/metabolismo
Ácidos Graxos Insaturados/química
Dieta
-Ácidos Graxos Trans/metabolismo
Ácidos Graxos Trans/química
Colesterol/metabolismo
Doenças Cardiovasculares/etiologia
Manipulação de Alimentos
Tecnologia de Alimentos
Hidrogenação
Isomerismo
Lipoproteínas/metabolismo
Limites: Seres Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Matsushita, Makoto
Texto completo
Id: lil-454603
Autor: Martin, Clayton A; Milinsk, Maria C; Visentainer, Jesuí V; Matsushita, Makoto; De-Souza, Nilson E.
Título: Trans fatty acid-forming processes in foods: a review
Fonte: An. acad. bras. ciênc;79(2):343-350, June 2007. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: There is a mounting concern about the intake of foods containing trans fatty acids (TFA) due to their deleterious effects on human health, mainly on the cardiovascular system. In this way, it is important to consider the processes that form TFA in foods, and the alternatives to minimize them. Among the processes that result in the formation of TFA, the hydrogenation of vegetable oils stands out for its impact on the diet of people living in industrialized countries. Other processes such as edible oil refining, meat irradiation, food frying, and biohydrogenation also contribute to increase the daily intake of TFA.

Existe uma crescente preocupação em relação a ingestão elevada de ácidos graxos trans (AGT), devido aos seus efeitos desfavoráveis à saúde, principalmente sobre o sistema cardiovascular. Assim, é importante considerar os processos queoriginam os AGT nos alimentos, e as alternativas para minimizar a sua formação. Entre os processos que resultam na produção de AGT, a hidrogenação de óleos vegetais tem recebido o maior destaque por seu impacto na dieta de pessoas que vivem em países industrializados. Outros processos, como o refino de óleos vegetais, a irradiação de carnes, o preparo de alimentos fritos e a bio-hidrogenação, também contribuem para aumentar a ingestão diária de AGT.
Descritores: Manipulação de Alimentos/métodos
Óleos Vegetais/metabolismo
Ácidos Graxos Trans/metabolismo
-Hidrogenação
Ácidos Graxos Trans/efeitos adversos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-452144
Autor: Dutra, Aline Roque; Oliveira, Viviani Ruffo de.
Título: Os ácidos graxos trans e seus riscos para a saúde / Trans fatty acids and its risks for the health
Fonte: Hig. aliment;20(141):61-65, maio-jun. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: Os ácidos graxos trans estão presentes em óleos ou gorduras naturais que sofreram o processo de hidrogenação, e esse processo consiste na adição de hidrogênio gasoso às duplas ligações dos ácidos graxos insaturados dos óleos ou gorduras naturais, produzindo saturação total ou parcial. Estudos científicos têm demonstrado o papel dos ácidos graxos trans, presentes na dieta e sua correlação com doenças cardiovasculares e crônico-degenerativas. No entanto, este tipo de gordura é extremamente maléfica ao organismo e tem tido seu consumo aumentado nos últimos anos, pois os ácidos graxos trans, estão presente em carnes vermelhas, manteiga, biscoitos doces, frituras, maionese, pães, bolos, dentre outros produtos de consumo diário na vida das pessoas. A redução do consumo de ácidos graxos trans em nosso país, deve envolver seus malefícios à população e a realização de mais estudos, que visem determinar o seu real conteúdo nos alimentos, além de estimar os níveis de ingestão diária.
Descritores: Doenças Cardiovasculares
Gorduras na Dieta/efeitos adversos
Ácidos Graxos Trans
-Hidrogenação
Fatores de Risco
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  7 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-289842
Autor: Sotero Solis, Victor Erasmo.
Título: Modificações no óleo da castanha do Pará (Bertholletia excelsa) / Modification in the Brazil nut (Bertholletia excelsa) oil.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 2001. 105 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Óleo da castanha do Pará (Bertholletia excelsa), extraído por prensagem das sementes a frio, foi submetido às modificações de fracionamento, hidrogenação, interesterificação e misturas com as gorduras obtidas na hidrogenação. Na hidrogenação o óleo foi submetido a três reações em reator Parr de 1 L, catalisador de níquel (Pricatt 9920-06 - Unichema), e sob as seguintes condições: 175ºC, 3 atm, 60 min (GH1), 150ºC, 1 atm, 30 min (GH2) e 125ºC, 1 atm, 30 min (GH3). O teor de acido esteárico aumentou de 11,6 por cento (óleo original) a 56,7 por cento, 16,3 por cento e 15,3 por cento em GH1, GH2 e GH3, respectivamente. O ácido oléico, representando 34,5 por cento no óleo original descresceu em GH1 a 25,9 por cento e aumentou em GH2 e GH3 a 59,9 por cento e 53,8 por cento, respectivamente...
Descritores: Ácido Oleico/análise
Ácidos Esteáricos/análise
Ácidos Graxos/análise
Misturas Alimentícias
Tecnologia de Alimentos
Monoacilglicerol Lipases/análise
Óleos Vegetais/análise
-Fracionamento Químico
Hidrogenação
Análise Físico-Química
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; 664.3


  8 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-254327
Autor: Pueyrredón, P; Rovirosa, A; Torres Agüero, M. E; Uicich, R.
Título: Acidos grasos trans: actualización y situación Argentina / Trans greasy acids: update and situation in Argentina
Fonte: Rev. Soc. Argent. Nutr;10(3):61-8, 1999. tab.
Idioma: es.
Resumo: La hidrogenación biológica de los rumiantes o la industrial producen isomerización de los ácidos grasos que componen la grasa, pudiéndose formar isómeros trans. Se ha postulado que una dieta alta de estos isómeros puede ser un riesgo para la salud, aunque no se conocen con certeza las consecuencias de su ingesta. Existen numerosos estudios epidemiológicos que asocian el consumo de ácidos grasos trans con riesgos como: aumento del colesterol LDL y disminución del HDL, aumento del riesgo de enfermedad coronaria, aumento del la Lp(a), aumento de la probabilidad de padecer cáncer de mama y de colon, la interferencia en el metabolismo de los ácidos grasos esenciales y también se cree que pueden comprometer el desarrollo fetal e infantil. En varios países se ha disminuído el consumo de isómeros trans mediante la reducción del contenido de los mismos en margarinas (una de las principales fuentes de trans) pero no así en productos alimenticios industriales. La ingesta estimada de AG trans para EE.UU. es de 5,3 - 8,1 g/día y en Europa de 1,4 - 5,4 g/día. Hasta nuestro conocimiento, en la Argentina todavía no hay datos de ingesta de AG trans como así tampoco información sobre el contenido de éstos en los alimentos. En este trabajo se incluyen los resultados de análisis realizados en algunos alimentos potenciales fuentes de AG trans y datos sobre su contenido en leche materna como reflejo de su consumo. Los valores más altos fueron hallados en las margarinas (19 a 9,5 g por ciento), mientras que papas fritas de "fast food" contenían 6,5 g por ciento y algunos panificados con 0,1 a 3,6 g por ciento. En la leche materna se halló que un 2,5 g por ciento del total de ácidos grasos se hallaban en forma de isómeros trans
Descritores: Ácidos Graxos/análise
Ácidos Graxos/efeitos adversos
Gorduras na Dieta/efeitos adversos
Leite Humano
Óleos Vegetais/análise
-Neoplasias da Mama/induzido quimicamente
Desenvolvimento Infantil
Neoplasias do Colo/induzido quimicamente
Doença das Coronárias/dietoterapia
Gorduras na Dieta/análise
Desenvolvimento Fetal
Hidrogenação
Isomerismo
Margarina/efeitos adversos
Margarina/análise
Tabela de Composição de Alimentos
Limites: Seres Humanos
Animais
Gravidez
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco


  9 / 12 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mendes, Ana Cristina Rodrigues
Id: lil-223929
Autor: Mendes, Ana Cristina Rodrigues; Albino, Elina; David, Paulo Roberto de B. S; Cunha Neto, Adelino.
Título: Acidos graxos trans-isômeros: "uma revisäo sobre alguns aspectos tecnológicos da hidrogenaçäo de gorduras vegetais e suas implicaçöes nutricionais" / Fatty acids trans isomers: review of some tecnologics aspects about vegetal oils hidrogenation and the nutricionals effects
Fonte: Hig. aliment;12(57):11-7, set.-out. 1998. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Aborda o tema ácidos graxos trâns-isômeros, enfocando alguns aspectos tecnológicos da hidrogenaçäo das gorduras vegetais e suas implicaçöes do ponto de vista nutricional, sugerindo a necessidade de novos estudos e pesquisas para investigar o teor destes compostos nos alimentos, o grau de ingestäo dos mesmos pela populaçäo e propor a inclusäo destes dados em rótulos de alimentos, como forma de veicular informaçöes importantes e de caráter preventivo e educativo para o consumidor.
Descritores: Ácidos Graxos Insaturados
Rotulagem de Alimentos/normas
Hidrogenação
-Gorduras na Dieta
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  10 / 12 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-180967
Autor: Block, Mara Jane; Barrera Arellano, Daniel.
Título: Productos hidrogenados no Brasil: Isomeros trans, características físico-químicas e composiçao em ácidos graxos / Brasiliam hidrogenated products: Transfatty acids , physico-chemical characteristics fatty acid composition
Fonte: Arch. latinoam. nutr;44(4):281-5, dic. 1994. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O mercado brasilero é constituído de uma amplavariedade de produtos hidrogenados para uso gerale e específico, principalmente a nível industrial. No presente trabalho foram estudadas 19 amostras de gorduras hidrogenadas para uso específico (shortenings) e a fraçao lipídica de 14 amostras de margarinas e 9 cremes vegetais. Nas amostras citadas foram realizadas determinaçoes de índice de iodo, ponto de amolecimento, teor de isomeros trans, teor de gordura sólida e composiçao em ácidos graxos. O teor de isomeros trans na maioria das amostras foi elevado, em torno de 30 por ciento, variado entre O e 62 por ciento. Propiedades termicas como o teor de gordura sólida e ponto de amolecimento apresentaram pouca semelhança entre os 3 grupos de amostras e entre as amostras. Aparentemente quase todas as gorduras comercializadas no Brasil sao produzidas a partir de misturas de óleos de soja com diferentes graus de hidrogenaçao
Descritores: Ácidos Graxos Insaturados/química
Ácidos Graxos/química
Ácidos Graxos/química
Hidrogenação
Iodo/análise
-Brasil
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde