Base de dados : LILACS
Pesquisa : G05.344.401.501 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
AB'SABER, ALEXANDRE MUXFELDT
Lin, Chin Jia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-471283
Autor: Ishikawa, Camila Cristina; Ab'Saber, Alexandre Muxfeldt; Parra, Edwin Roger; Lin, Chin Jia; Barbas, Carmen Silvia Valente; Capelozzi, Vera Luiza.
Título: Imunofenotipagem e rearranjo gênico em doenças pulmonares linfocíticas e linfoproliferativas / Immunophenotyping and gene rearrangement analysis in lymphoid/lymphoproliferative disorders of the lungs
Fonte: J. bras. pneumol;33(6):625-634, nov.-dez. 2007. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: OBJETIVO: Determinar a utilidade, na prática rotineira, da análise da clonalidade dos linfócitos T e B nos tecidos pulmonares por reação em cadeia da polimerase no diagnóstico das doenças linfoproliferativas pulmonares. MÉTODOS: Avaliaram-se, mediante análise imunohistoquímica e rearranjo molecular dos genes, 8 casos de pneumonia intersticial linfocítica (PIL) e 7 casos de doenças linfoproliferativas pulmonares. RESULTADOS: Todos os 8 casos de PIL expressaram imunocoloração moderada a forte para CD3, em contraste com apenas 2 casos de linfoma e 1 caso de pseudolinfoma. Rearranjo gênico foi detectado em 4 de 8 casos de PIL, o que mudou o diagnóstico de PIL para linfoma, indicando, assim, a importância da detecção de rearranjo gênico em casos de PIL. Nesta situação, rearranjo gênico usando-se os pares de primers VH/JH e Vgama11/Jgama12 foi detectado em 3 e 1 casos de PIL, respectivamente, e não foram detectadas anormalidades gênicas usando-se as pares Dbeta1/Jbeta2 e Vgama101/Jgama12. Uma associação positiva foi detectada entre a intensidade de imunoexpressão CD20 e CD68 e rearranjo gênico usando-se o par de primers VH/JH. Antes do rearranjo gênico, 4 pacientes com PIL morreram rapidamente, enquanto que, após o rearranjo gênico, apenas 1 paciente com PIL morreu. CONCLUSÕES: A detecção de células B e T monoclonais por imunofenotipagem e reação em cadeia da polimerase mostrou impacto no diagnóstico de linfomas pulmonares em pacientes previamente diagnosticados com PIL. Portanto, imunofenotipagem e reação em cadeia da polimerase devem ser incluídas como métodos de 'padrão ouro' na rotina diagnóstica.

OBJECTIVE: To determine the usefulness, in routine practice, of using polymerase chain reaction to analyze B and T lymphocyte clonality in pulmonary tissue as a tool for the diagnosis of pulmonary lymphoproliferative disorders. METHODS: Immunohistochemistry and molecular gene rearrangement analysis were performed in order to assess 8 cases of lymphoid interstitial pneumonia (LIP) and 7 cases of pulmonary lymphoproliferative disorders. RESULTS: All 8 cases of LIP presented moderate to strong immunostaining for CD3, compared with only 2 cases of lymphoma and 1 case of pseudolymphoma (p = 0.02). Gene rearrangement was detected in 4 of the 8 cases, which changed the diagnosis from LIP to lymphoma, showing the importance of gene rearrangement detection in cases of LIP. In this situation, gene rearrangement using the VH/JH and Vgamma11/Jgamma12 primer pairs was detected in 3 cases and 1 case, respectively, and no gene abnormalities were found using the Dbeta1/Jbeta2 and Vgamma101/Jgamma12 primer pairs in any of the cases. A significant positive association was found between the intensity of CD20 and CD68 expression and gene rearrangement using the VH/JH primer pair. Prior to the gene rearrangement, 4 patients with LIP died quickly, whereas only one patient with LIP died after the gene rearrangement. CONCLUSIONS: Detection of monoclonal B and T cells by immunophenotyping and polymerase chain reaction had an impact on the diagnosis of pulmonary lymphomas in patients previously diagnosed with LIP. Therefore, immunophenotyping and polymerase chain reaction should be used as 'gold standard' techniques in routine practice.
Descritores: Rearranjo Gênico
Imunofenotipagem
Doenças Pulmonares Intersticiais/imunologia
Neoplasias Pulmonares/imunologia
Linfoma/imunologia
-Antígenos CD/análise
Estudos de Casos e Controles
Diagnóstico Diferencial
Primers do DNA
Estudos de Viabilidade
Rearranjo Gênico de Cadeia Pesada de Linfócito B/genética
Rearranjo Gênico de Cadeia Pesada de Linfócito B/imunologia
Rearranjo Gênico da Cadeia gama dos Receptores de Antígenos dos Linfócitos T/genética
Rearranjo Gênico da Cadeia gama dos Receptores de Antígenos dos Linfócitos T/imunologia
Doenças Pulmonares Intersticiais/diagnóstico
Doenças Pulmonares Intersticiais/genética
Neoplasias Pulmonares/diagnóstico
Neoplasias Pulmonares/genética
Tecido Linfoide/patologia
Linfoma/diagnóstico
Linfoma/genética
Transtornos Linfoproliferativos/diagnóstico
Transtornos Linfoproliferativos/genética
Transtornos Linfoproliferativos/imunologia
Reação em Cadeia da Polimerase
Pseudolinfoma/diagnóstico
Pseudolinfoma/genética
Pseudolinfoma/imunologia
Estudos Retrospectivos
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde