Base de dados : LILACS
Pesquisa : G05.360 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 26 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 26 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1279478
Autor: Cruz, Vanessa P; Adachi, Aisni M.C. L; Oliveira, Pablo H; Ribeiro, Giovana S; Paim, Fabilene G; Souza, Bruno C; Rodrigues, Alexandre S. F; Vianna, Marcelo; Delpiani, Sergio M; Díaz de Astarloa, Juan Martín; Rotundo, Matheus M; Mendonça, Fernando F; Oliveira, Claudio; Lessa, Rosangela P; Foresti, Fausto.
Título: Genetic diversity in two threatened species of guitarfish (Elasmobranchii: Rhinobatidae) from the Brazilian and Argentinian coasts: an alert for conservation
Fonte: Neotrop. ichthyol;19(2):e210012, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The guitarfishes Pseudobatos horkelii and Pseudobatos percellens meet the criteria for threatened status as Critically Endangered (CR) and Endangered (EN), respectively. Both species occur in the Southern Atlantic Ocean. Considering the lack of data on the genetic structure of these species, the present study evaluated the genetic variability and population structure of the P. horkelii and P. percellens in the southern region of Brazil and the northern coast of Argentina, based on sequences of mitochondrial DNA, Control Region (D-loop). Samples of P. horkelii (n = 135) were analyzed in six localities situated in Northern Argentina, along the Brazilian states' coast. The mean of nucleotide diversity was 0.0053, the ΦST was 0.4277 and demographic analysis of P. horkelii suggests the existence of stability of the populations, with D = 0.9929, FS = 2.0155, SSD = 0.0817, R = 0.2153. In P. percellens (n = 101) were analyzed from six Brazilian localities along the coast of Santa Catarina, Paraná, and São Paulo. The mean nucleotide diversity was 0.0014 and ΦST value of 0.2921, the demographic analysis indicates a high migration rate of P. percellens among the localities evaluated, with D = 0.5222, FS = 0.3528, SSD = 0.01785, R = 0.3890.(AU)

As raias violas Pseudobatos horkelii e Pseudobatos percellens, são listados como "Criticamente em Perigo" (CR) e "Em Perigo" (EN), respectivamente. Ambas as espécies ocorrem no Sul do Oceano Atlântico. Considerando a falta de dados sobre a estrutura genética dessas espécies, o presente estudo avaliou a variabilidade genética e a estrutura populacional de P. horkelii e P. percellens na região sudeste do Brasil e litoral norte da Argentina, com base em sequências de DNA mitocondrial, região de controle (D-loop). Amostras de 135 indivíduos de P. horkelii analisados em seis localidades, situadas no norte da Argentina e ao longo da costa dos estados brasileiros. A média da diversidade nucleotídica foi de 0.0053, o índice ΦST foi de 0.4277 e a análise demográfica de P. horkelii, indicou a existência de estabilidade das populações, com D = 0.9929, Fus = 2.0155, SSD = 0.0817, R = 0.2153. Em 101 exemplares de P. percellens, foram analisados em seis localidades brasileiras ao longo do litoral de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. A diversidade nucleotídica média foi de 0.0014 e o valor ΦST de 0.2921, a análise demográfica indicou uma alta taxa de migração de P. percellens entre as localidades analisadas, com D = 0.5222, FS = 0.3528, SSD = 0.01785, R = 0.3890.(AU)
Descritores: Variação Genética
Rajidae
Estruturas Genéticas
-DNA Mitocondrial
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1279482
Autor: Pio, Nathália Luiz; Carvalho, Tiago P.
Título: Evidence on the paleodrainage connectivity during Pleistocene: Phylogeography of a hypoptopomatine endemic to southeastern Brazilian coastal drainages
Fonte: Neotrop. ichthyol;19(2):e200128, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: The coastal basins of southeastern Brazil are influenced by climatic changes that caused sea-level oscillations during the Pleistocene. These marine transgressions and regressions can generate isolation and connection among coastal rivers. In this region, freshwater fishes are excellent models for phylogeographic studies because their distributions may have been affected by geographical and ecological changes resulting from these processes. Therefore, the main objective of this study was to evaluate the effects of Pleistocene sea-level changes on the genetic structure of the loricariid Hisonotus leucofrenatus throughout its area of occurrence. Two genes were sequenced: Cytochrome Oxidase subunit 1 (mitochondrial gene) and rpS7 ribosomal protein gene intron 1 (nuclear gene) from specimens representing 14 river drainages. The genetic data corroborate a divide for freshwater fish by the Serra do Tabuleiro mountain in Santa Catarina State. This divide determines two main genetic groups in H. leucofrenatus: one group to the south and one to the north of this mountain range. The genetic structure observed coincide with the limits of estimated paleodrainage systems for the region, supporting that marine transgressions and regressions during the Pleistocene influenced the biogeographical history of H. leucofrenatus.(AU)

As bacias costeiras do sul do Brasil são influenciadas pelas mudanças climáticas que causaram oscilações no nível do mar durante o Pleistoceno. Essas transgressões e regressões marinhas geraram isolamento e conexão entre os rios. Nessa região, as espécies de peixe são excelentes modelos para estudos filogeográficos, pois suas distribuições podem ter sido afetadas por mudanças históricas e ecológicas decorrentes desses processos. Portanto, o objetivo principal deste estudo foi testar os efeitos das alterações do nível do mar durante o Pleistoceno na estrutura genética das populações do loricarídeo Hisonotus leucofrenatus ao longo de sua área de ocorrência. Dois genes foram sequenciados: Citocromo Oxidase subunidade 1 (gene mitocondrial) e o intron 1 da proteína ribossomal rpS7 (gene nuclear) de espécimes representando 14 bacias de drenagens. A estrutura genética observada corrobora uma divisão para peixes de água doce separada pela Serra do Tabuleiro, em Santa Catarina. Essa divisória determina dois grupos principais genéticos em H. leucofrenatus: um grupo ao sul e outro ao norte desse divisor. A estrutura genética também coincide com os limites dos sistemas de paleodrenagens estimados para a região, sustentando que as transgressões e regressões marinhas durante o Pleistoceno influenciaram a história biogeográfica de H. leucofrenatus.(AU)
Descritores: Peixes-Gato/anatomia & histologia
Peixes-Gato/genética
Estruturas Genéticas
Filogeografia
Peixes
-Mudança Climática
Nível do Mar
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1279489
Autor: Ribolli, Josiane; Zaniboni-Filho, Evoy; Machado, Carolina Barros; Guerreiro, Tailise Carolina de Souza; Freitas, Patrícia Domingues de; Galetti Jr, Pedro Manoel.
Título: Anthropogenic river fragmentation reduces long-term viability of the migratory fish Salminus brasiliensis (Characiformes: Bryconidae) populations
Fonte: Neotrop. ichthyol;19(2):e200123, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . undação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; . PNPD/CAPES; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Life-history, geographical barriers, and damming can shape the genetic diversity of freshwater migratory fish, which are particularly vulnerable to anthropogenic impacts. We investigated the genetic diversity of Salminus brasiliensis, a long-distance migratory species that is recognized as an important provider of ecosystem services. We implemented microsatellite analyses to assess genetic diversity and simulate future scenarios for evaluating the long-term viability of dammed and non-dammed populations from the Uruguay River. High levels of genetic diversity were detected for all sampled populations. However, effective population sizes were lower in the uppermost river stretches, where the landscape is highly fragmented. Population structure analysis indicated two spatial genetic populations. It is suggested that this genetic structure preserves populations partially isolated by an ancient natural barrier, instead of being a result of the presence of dams. The simulated genetic scenarios indicated that genetic variability of S. brasiliensis populations from upstream dams could collapse over the years, mainly due to the reduction in the number of alleles. Therefore, besides helping to better understand issues related to the influence of dams on the genetic diversity of migratory fish, our results are especially relevant for driving local fishery policies and management actions for the species conservation.'

História de vida, barreiras geográficas e barramento dos rios podem moldar a diversidade genética de grandes peixes migratórios de água doce, que são particularmente vulneráveis a impactos antrópicos. Nós investigamos a diversidade genética de Salminus brasiliensis, uma espécie migratória de longa distância que é reconhecida como um importante provedor de serviços ecossistêmicos. Realizamos análises de microssatélites para avaliar a diversidade genética e simular cenários futuros, possibilitando estimar a viabilidade em longo prazo de populações situadas em regiões com e sem represas do rio Uruguai. Altos níveis de diversidade genética foram detectados para todas as populações amostradas. Contudo, os tamanhos populacionais efetivos foram menores nos trechos superiores do rio, onde a paisagem é altamente fragmentada. A análise da estrutura populacional indicou duas populações genéticas espaciais. Sugere-se que esta estrutura genética preserva populações parcialmente isoladas por uma antiga barreira natural, ao invés de ser resultado da presença de barragens. Os cenários genéticos simulados indicaram que a variabilidade genética das populações de S. brasiliensis situadas a montante das barragens entraria em colapso ao longo dos anos, principalmente como resultado da redução do número de alelos. Portanto, além de ajudar a entender melhor questões relacionadas à influência de barragens na diversidade genética de peixes migradores, nossos resultados são especialmente relevantes para a condução de políticas pesqueiras locais e ações de manejo para a conservação das espécies.(AU)
Descritores: Variação Genética
Ecossistema
Caraciformes
Peixes
Previsões
-Barragens
Estruturas Genéticas
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-899771
Autor: Aguayo-Reyes, Alejandro; Quezada-Aguiluz, Mario; Mella, Sergio; Riedel, Gisela; Opazo-Capurro, Andrés; Bello-Toledo, Helia; Domínguez, Mariana; González-Rocha, Gerardo.
Título: Bases moleculares de la resistencia a meticilina en Staphylococcus aureus / Molecular basis of methicillin-resistance in Staphylococcus aureus
Fonte: Rev. chil. infectol;35(1):7-14, 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Projeto: FONDECYT.
Resumo: Resumen Desde el inicio de la era antimicrobiana se han ido seleccionando gradualmente cepas de Staphylococcus aureus resistentes a antimicrobianos de amplio uso clínico. Es así como en 1960 se describen en Inglaterra las primeras cepas resistentes a meticilina, y algunos años después son informadas en hospitales de Chile. Actualmente, S. aureus resistente a penicilinas antiestafilocóccicas es endémico en los hospitales de nuestro país y del mundo, siendo responsable de una alta morbimortalidad. La resistencia es mediada habitualmente por la síntesis de una nueva transpeptidasa, denominada PBP2a o PBP2' que posee menos afinidad por el β-lactámico, y es la que mantiene la síntesis de peptidoglicano en presencia del antimicrobiano. Esta nueva enzima se encuentra codificada en el gen mecA, a su vez inserto en un cassette cromosomal con estructura de isla genómica, de los cuales existen varios tipos y subtipos. La resistencia a meticilina se encuentra regulada, principalmente, por un mecanismo de inducción de la expresión del gen en presencia del β-lactámico, a través de un receptor de membrana y un represor de la expresión. Si bien se han descrito mecanismos generadores de resistencia a meticilina mec independientes, son categóricamente menos frecuentes.

Staphylococcus aureus isolates resistant to several antimicrobials have been gradually emerged since the beginning of the antibiotic era. Consequently, the first isolation of methicillin-resistant S. aureus occurred in 1960, which was described a few years later in Chile. Currently, S. aureus resistant to antistaphylococcal penicillins is endemic in Chilean hospitals and worldwide, being responsible for a high burden of morbidity and mortality. This resistance is mediated by the expression of a new transpeptidase, named PBP2a or PBP2', which possesses lower affinity for the β-lactam antibiotics, allowing the synthesis of peptidoglycan even in presence of these antimicrobial agents. This new enzyme is encoded by the mecA gene, itself embedded in a chromosomal cassette displaying a genomic island structure, of which there are several types and subtypes. Methicillin resistance is mainly regulated by an induction mechanism activated in the presence of β-lactams, through a membrane receptor and a repressor of the gene expression. Although mec-independent methicillin resistance mechanisms have been described, they are clearly infrequent.
Descritores: Proteínas de Bactérias/genética
Estruturas Genéticas/genética
Proteínas de Ligação às Penicilinas/genética
Staphylococcus aureus Resistente à Meticilina/genética
-Proteínas de Bactérias/efeitos dos fármacos
Estrutura Molecular
Cromossomos Bacterianos/efeitos dos fármacos
Proteínas de Ligação às Penicilinas/efeitos dos fármacos
Staphylococcus aureus Resistente à Meticilina/efeitos dos fármacos
Genes Bacterianos/efeitos dos fármacos
Meticilina/farmacologia
Meticilina/química
Antibacterianos/farmacologia
Antibacterianos/química
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-547669
Autor: Giovanini, Allan Fernando; Zielak, João Cesar; Matsubara, Fernanda; Urban, Cicero Andrade; Pizzatto, Eduardo.
Título: Immunoexpression of p53 and p16 proteins as biomarkers in oral carcinogenesis
Fonte: Appl. cancer res;29(2):83-88, Apr.-June 2009. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Defects in the cell cycle control system can lead to phenotype changes and consequently to the progression of oral cancer. Thus, the aim of this study was to analyze the immunohistochemical expression of p53 and p16 and their connection with hyperplastic and neoplastic progression. Materials and Methods: Sixty-four histopathologic specimens were submitted to immunohistochemical technique to anti-p53 and anti-p16. Results: This study showed a significant increase in the level of p53 in dysplasia and oral carcinomas. Regarding p16 immunoexpression, a decrease was observed in mild to moderate dysplasia, and remained consnt between moderate dysplasia to poorly differentiated carcinoma. Conclusion: The study confirmed that the higher expression of p53 protein plays a significant role in tumor development and oral cancer progression, while the loss of p16 expression seems to be related only for the progression of carcinogenesis.Keywords: Proteins. Immunohistochemical. Genes, p53. Genes, p16. Mouth. Neoplasms.
Descritores: Genes
GENES, PABNORMALITIES, MULTIPLE
GENES, PDIPETALONEMA INFECTIONS
Imuno-Histoquímica
Boca
Neoplasias
Proteínas
-Genes Supressores de Tumor
Estruturas Genéticas
Neoplasias Bucais
Limites: Humanos
Responsável: BR30.1 - Biblioteca


  6 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-536335
Autor: Calcagnotto, Daniela; DeSalle, Rob.
Título: Population genetic structuring in pacu (Piaractus mesopotamicus) across the Paraná-Paraguay basin: evidence from microsatellites
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(4):607-616, 2009. mapas, tab.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: The Paraná-Paraguay basin encompasses central western Brazil, northeastern Paraguay, eastern Bolivia and northern Argentina. The Pantanal is a flooded plain with marked dry and rainy seasons that, due to its soil characteristics and low declivity, has a great water holding capacity supporting abundant fish fauna. Piaractus mesopotamicus, or pacu, endemic of the Paraná-Paraguay basin, is a migratory species economically important in fisheries and ecologically as a potential seed disperser. In this paper we employ eight microsatellite loci to assess the population structure of 120 pacu sampled inside and outside the Pantanal of Mato Grosso. Our main objective was to test the null hypothesis of panmixia and to verify if there was a different structuring pattern between the Pantanal were there were no physical barriers to fish movement and the heavily impounded Paraná and Paranapanema rivers. All loci had moderate to high levels of polymorphism, the number of alleles varied from three to 18. The average observed heterozygosity varied from 0.068 to 0.911. After the Bonferroni correction three loci remained significant for deviations from Hardy-Weinberg, and for those the frequency of null alleles was estimated. F ST and R ST pairwise comparisons detected low divergence among sampling sites, and differentiation was significant only between Paranapanema and Cuiabá and Paranapanema and Taquari. No correlation between genetic distance and the natural logarithm of the geographic distance was detected. Results indicate that for conservation purposes and for restoration programs small genetic differences detected in the Cuiabá and Paranapanema rivers should be taken in consideration.(AU)

A bacia Paraná-Paraguai compreende o oeste do Brasil, nordeste do Paraguai, leste da Bolívia e o norte da Argentina. O Pantanal do Mato Grosso é uma planície inundada com estações de chuva e seca bem definidas, as características do solo e baixa declividade favorecem a retenção de água proporcionando abrigo para uma abundante ictiofauna. O Piaractus mesopotamicus, ou pacu, endêmico da bacia do Paraná-Paraguai, é uma espécie migratória com importância econômica na pesca e ecológica como potencial dispersor de sementes. Neste estudo utilizamos oito loci de microssatélites para verificar a estrutura populacional de 120 pacus coletados dentro e fora do Pantanal do Mato Grosso. Nosso principal objetivo foi testar a hipótese de panmixia e verificar se haviam diferentes padrões de estruturação entre o Pantanal onde não existem barreiras físicas ao movimento migratório desses peixes em relação aos rios Paraná e Paranapanema com suas inúmeras barragens. Todos os loci apresentaram níveis de polimorfismo de moderado a alto e o número de alelos variou de três a 18. A heterozigosidade média observada variou de 0,068 a 0,911. Depois da correção usando o método de Bonferroni três loci permaneceram estatisticamente significantes para desvios de Hardy-Weinberg, para estes a frequência de alelos nulos foi calculada. Comparações par a par de F ST e R ST detectaram baixa divergência genética entre os locais de coleta e as diferenças foram significantes apenas entre amostras do Paranapanema e Cuiabá e Paranapanema e Taquari. Não foi detectada correlação entre a diversidade genética e o logaritmo natural da distância geográfica. Os resultados indicam que as pequenas diferenças genéticas encontradas nos rios Cuiabá e Paranapanema devem ser levadas em consideração quando se tratar de programas de conservação desta espécie.(AU)
Descritores: Caraciformes/genética
-Repetições de Microssatélites
Estruturas Genéticas
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-530305
Autor: Matsumoto, Cristianne Kayoko; Hilsdorf, Alexandre Wagner Silva.
Título: Microsatellite variation and population genetic structure of a neotropical endangered Bryconinae species Brycon insignis Steindachner, 1877: implications for its conservation and sustainable management
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(3):395-402, Sept. 2009. mapas, tab.
Idioma: en.
Projeto: International Foundation for Science; . FAPESP.
Resumo: Piabanha (Brycon insignis) is a freshwater fish species from the drainages in Southeastern Brazil. During the 1950s, it was an important economic and food resource for local populations, but dramatic and continuous environmental degradation seriously jeopardized the B. insignis populations in the region. Microsatellite markers were used to assess the genetic structure of wild populations of B. insignis and compare the genetic variability and integrity of the wild populations with a captive population. Samples of DNA from 208 specimens from geographically isolated populations were analyzed. Population genetic structure was investigated using F ST, R ST estimates as well as AMOVA. All five loci used in this study were polymorphic with observed heterozygosity ranging from 0.77 (± 0.15) to 0.88 (± 0.07) in the wild population and 0.90 (± 0.09) in the captive population and the allelic richness average were 7.56 (± 0.27) and 5.80 (± 1.02), respectively. Overall genetic differences were significantly partitioned among populations (F ST = 0.072, p = 0.034). Evidence of a genetic bottleneck was found in some of the wild populations, but especially in the captive population. The results showed that genetic variability still can be found in B. insignis populations which are currently structured possibly due to anthropic actions. The implications of these findings for the management and conservation of B. insignis populations are discussed.(AU)

Piabanha (Brycon insignis) é uma espécie de peixe de água doce oriunda de drenagens da região sudeste do Brasil. Durante os anos de 1950, esta espécie foi um importante recurso econômico para populações locais. Contudo, a intensa e contínua degradação ambiental afetou seriamente as populações de B. insignis na região. Marcadores microssatélites foram usados para avaliar a estrutura genética de populações selvagens de B. insignis e comparar a variabilidade genética e integridade das populações selvagens com uma população de cativeiro. Amostras de DNA de 208 espécimes de populações geograficamente isoladas foram analisadas. A estrutura populacional foi investigada usando-se estimadores de F ST e R ST bem como AMOVA. Todos os loci usados neste estudo foram polimórficos com heterozigosidades observadas variando de 0.77 (± 0.15) a 0.88 (± 0.77) em populações selvagens e 0.90 (± 0.09) na população de cativeiro e a riqueza alélica média foi de 7.56 (± 0.27) e 5.80 (± 1.02), respectivamente. A maioria das diferenças genéticas foi significativa entre populações (F ST = 0.072, p = 0.034). Evidências de efeito gargalo foram observadas em algumas populações selvagens e especialmente também na população de cativeiro. Os resultados do presente estudo mostraram que as populações de B. insignis ainda apresentam variabilidade genética e que estas populações estão atualmente estruturadas geneticamente provavelmente devido a ações antrópicas. As implicações destes achados para o manejo e conservação das populações de B. insiginis são discutidas.(AU)
Descritores: Repetições de Microssatélites/genética
Characidae/genética
-Estruturas Genéticas
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1008463
Autor: Zaterka, Luciana.
Título: Transgênicos e o princípio de equivalência substancial / Transgenics and the principle of substantial equivalence
Fonte: Estud. av;33(95):271-284, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivamos discutir os principais argumentos que estão envolvidos no debate sobre a cientificidade do Princípio de Equivalência Substancial (PES), que afirma serem os OGM quimicamente equivalentes aos organismos selecionados pelas técnicas tradicionais de melhoramento, não requerendo, portanto, estudos toxicológicos adicionais. Problematizamos a cientificidade do PES, especialmente no que diz respeito à questão propriamente química. De fato, o PES estrutura-se conceitualmente na comparação quantitativa entre alguns componentes químico-biológicos da planta transgênica e os da não transgênica. Nesse sentido, as análises químicas propostas não conseguem relacionar sozinhas os possíveis efeitos bioquímicos, toxicológicos e imunológicos dos alimentos transgênicos, pois o princípio restringe as análises à composição química, molecular e analítica dos transgênicos. Emerge assim o problema do locus da incerteza científica, seja como questão epistemológica, seja como questão normativa e moral.

We aim to discuss the main arguments involved in the debate on the scientificity of the Principle of Substantial Equivalence (PSE), which claims that GMOs are chemically equivalent to organisms selected by traditional breeding techniques and therefore do not require additional toxicological studies. We question the scientific character of the PSE, especially with regard to the chemical question itself. Indeed, the PSE is conceptually structured in the quantitative comparison between some chemical--biological components of the transgenic plant and those of the non-transgenic plant. In this sense, the proposed chemical analyses cannot by themselves assess the possi-ble biochemical, toxicological and immunological effects of transgenic foods, since the principle restricts the analysis to the chemical, molecular and analytical composition of transgenics. This gives rise to the problem of the locus of scientific uncertainty, whether as an epistemological question or as a normative and moral issue.
Descritores: Risco
Organismos Geneticamente Modificados
Precaução
Estruturas Genéticas
Boas Práticas de Manipulação
Biologia Molecular
-Alimentos Geneticamente Modificados
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  9 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-780040
Autor: LINDE, G.A.; COLAUTO, N.B.; ALBERTÓ, E.; GAZIM, Z.C..
Título: Quimiotipos, Extracción, Composición y Aplicaciones del Aceite Esencial de Lippia alba / Quimiotipos, extração, composição e uso do óleo essencial de Lippia alba / Chemotypes, extraction, chemical composition and use of lippia alba essential oil
Fonte: Rev. bras. plantas med;18(1):191-200, jan.-mar. 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: RESUMO Lippia alba é uma planta amplamente distribuída nas zonas tropicais, subtropicais e temperadas das Américas, África e Ásia. O óleo essencial de L. alba tem sido amplamente estudado, entretanto apresenta variações de produção. Portanto este estudo teve como objetivo realizar uma revisão dos principais quimiotipos, métodos de extração, composição e aplicação do óleo essencial de L. alba. Neste estudo são discutidos os principais quimiotipos e sua relação com fatores genéticos e características morfológicas. Também são discutidos os fatores que afetam o rendimento de produção, composição química, métodos de extração e do uso e da atividade biológica do óleo essencial de L. alba. Apesar da vasta literatura sobre os óleos essenciais de L. alba, ainda desenvolvimento de aplicações para a produção de cosméticos, fármacos e alimentos, bem como faltam definições agronomicas sobre o cultivo e melhoramento desta planta.

ABSTRACT Lippia alba is a plant widely distributed in tropical, subtropical and temperate zones of the Americas, Africa and Asia. The essential oil of L. alba has been widely studied and there are many variations in the production process. Therefore, this study is aimed at conducting a review of the main chemotypes, extraction methods, composition and application of the essential oil of L. alba. In this study, the main chemotypes and its relation to genetic and morphological characteristics are discussed. It also discusses the factors that affect the yield, chemical composition, extraction methods and the use and the biological activity of the essential oil of L. alba. Despite the vast literature on the essential oils of L. alba, there is still a lack of development in its application for the production of cosmetics, pharmaceuticals and food, as well as a lack of agronomic definitions for its cultivation and genetic improvement.
Descritores: Química
Lippia/classificação
Óleos Voláteis/análise
-ANATOMY & HISTOLOGY
Estruturas Genéticas
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 26 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-776597
Autor: HOELTGEBAUM, M.P.; BERNARDI, A.P.; MONTAGNA, T.; REIS, M.S.
Título: Diversidade e estrutura genética de populações de Varronia curassavica Jacq. em restingas da Ilha de Santa Catarina / Genetic diversity and structure of Varronia curassavica Jacq. populations in the restinga of Santa Catarina Island
Fonte: Rev. bras. plantas med;17(4,supl.3):1083-1090, 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Varronia curassavica Jacq. (Boraginaceae) está presente na vegetação de restinga e apresenta relevantes propriedades medicinais. A espécie é explorada especialmente por comunidades locais e pela indústria farmacêutica, porém, carece de informações ecológicas e genéticas a seu respeito. Nesse contexto, o estudo foi conduzido com o objetivo de caracterizar a diversidade genética de três populações de V. curassavica em áreas de restinga na Ilha de Santa Catarina. Foram coletadas folhas de 50 indivíduos adultos em cada uma das três áreas de estudo e as frequências alélicas das populações foram obtidas a partir de 14 locos alozímicos. Foram encontrados 25 alelos distintos nas três populações, sendo dois alelos exclusivos. As populações apresentaram diversidade genética média de 0,111 e índice de fixação médio de -0,060 (-0,273 até 0,222). Os níveis de diversidade são intermediários, semelhantes aos exibidos por espécies da mesma família ou de características ecológicas semelhantes. Os índices de fixação foram todos significativos e discrepantes entre as populações, sendo que duas delas apresentaram excesso de heterozigotos. A divergência genética interpopulacional foi significativa e igual a 0,079, considerada moderada e sugerindo efeitos de subdivisão populacional. Os níveis de diversidade genética encontrados e a redução populacional causada pela redução e fragmentação dos habitats em que a espécie ocorre sugerem medidas de conservação ex situ e demandam maior rigor na proteção legal de áreas de proteção permanente.

ABSTRACT The Varronia curassavica Jacq. (Boraginaceae) is present in restinga vegetation and shows relevant medicinal properties. The species is exploited by local communities and by the pharmaceutical industry; however, it lacks ecological and genetic information. Thus, this study aimed to characterize the genetic diversity of three V. curassavica populations in restinga areas of Santa Catarina Island. Leaves of 50 adult individuals were sampled in each of the three study areas and the allelic frequencies were obtained from 14 allozyme loci. Twenty-five different alleles were found in the three populations, two of them being exclusive. The populations showed, on average, a genetic diversity of 0,111 and a fixation index of -0,060 (-0,273 to 0,222). The diversity levels are intermediary, similar to those ones owned by species of the same family or with similar ecological traits. The fixation indexes were all significant and discrepant among the populations, with two of them showing excess of heterozygotes. The genetic divergence among populations was significant and equal to 0,079, which is considered moderate and suggests effects of population subdivision. The levels of genetic diversity found and the population decrease caused by reduction and fragmentation of habitats in which the species are present implies in ex situ conservation measures and a higher enforcement of the legal preservation of permanent protected areas.
Descritores: Cordia/classificação
Estruturas Genéticas/ética
Áreas Alagadas
-Plantas Medicinais/química
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde