Base de dados : LILACS
Pesquisa : G05.360.340.024.340.361 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 37 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 37 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1012671
Autor: Medeiros Filho, Fernando; do Nascimento, Ana Paula Barbosa; dos Santos, Marcelo Trindade; Carvalho-Assef, Ana Paula D'Alincourt; da Silva, Fabricio Alves Barbosa.
Título: Gene regulatory network inference and analysis of multidrug-resistant Pseudomonas aeruginosa
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;114:e190105, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Inova; . Fiocruz; . Faperj; . Capes.
Resumo: BACKGROUND Healthcare-associated infections caused by bacteria such as Pseudomonas aeruginosa are a major public health problem worldwide. Gene regulatory networks (GRN) computationally represent interactions among regulatory genes and their targets. They are an important approach to help understand bacterial behaviour and to provide novel ways of overcoming scientific challenges, including the identification of potential therapeutic targets and the development of new drugs. OBJECTIVES The goal of this study was to reconstruct the multidrug-resistant (MDR) P. aeruginosa GRN and to analyse its topological properties. METHODS The methodology used in this study was based on gene orthology inference using the reciprocal best hit method. We used the genome of P. aeruginosa CCBH4851 as the basis of the reconstruction process. This MDR strain is representative of the sequence type 277, which was involved in an endemic outbreak in Brazil. FINDINGS We obtained a network with a larger number of regulatory genes, target genes and interactions as compared to the previously reported network. Topological analysis results are in accordance with the complex network representation of biological processes. MAIN CONCLUSIONS The properties of the network were consistent with the biological features of P. aeruginosa. To the best of our knowledge, the P. aeruginosa GRN presented here is the most complete version available to date.
Descritores: Pseudomonas aeruginosa/efeitos dos fármacos
Pseudomonas aeruginosa/genética
Infecções por Pseudomonas/imunologia
Genes Reguladores/imunologia
-Brasil/epidemiologia
Genes MDR/genética
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-981656
Autor: Gordillo, MR; Ruiz, HM; Samayoa, J.
Título: Mutaciones asociadas a resistencia a rifampicina e isoniacida en aislamientos clínicos del complejo Mycobacterium tuberculosis de pacientes del Hospital Roosevelt / Mutations associated with resistance to rifampin and isoniazid in clinical isolates of the Mycobacterium tuberculosis complex from patients at Roosevelt Hospital
Fonte: Rev. med. interna Guatem;19(2):17-25, mayo-jul. 2015.
Idioma: es.
Resumo: El aumento de tuberculosis y la multidrogo resistencia de cepas de micobacterias es un problema de los sistemas de salud, en 2009, en el Hospital Roosevelt Gordillo y cols, determinaron la TB-MDR en pacientes con tuberculosis diagnosticada microbiológicamente, la tasa de resistencia fue de 4.3%. Objetivo: Determinar los patrones de resistencia y perfiles genéticos de cepas con monoresistencia y cepas TB-MDR del Complejo M. tuberculosis. Métodos: Se utilizaron dos métodos para evaluar las cepas de M. tuberculosis, un método fenotípico, MGIT, y un método Genotípico, Genotype HAIN LifeScience para determinar el perfil genético de las cepas. Resultados: Se evaluaron 846 cepas de micobacterias de los años 2008 al 2013, encontrándose un 2.2% de TB-MDR. Las cepas evaluadas genotípicamente fueron 761, a las cuales se determinó los genes de resistencia, encontrándose monoresistencia a Isoniacida en 58 cepas, 7.6%, monoresistencia a Rifampicina en 18 cepas, 2.4% y 15 cepas MDR, 2.0%. Las mutaciones más frecuentes en monoresistencia fueron inhA MUT1 y katG MUT1 y la combinación de ambos genes 3.2%, 3.0% y 1.3%, para cepas TB-MDR la combinación rpoB Mutación silenciosa + katG MUT1 + inhA MUT1. Se encontró que en pacientes con cepas MDR el 3.1% son HIV+ y el 1.5% son HIV-...(AU)

Introduction: The increase of tuberculosis and multidrug resistance in mycobacteria strains is a problem for health systems, in 2009, in Hospital Roosevelt, Gordillo and cols, determined the TB-MDR in patients diagnosed with tuberculosis microbiologically, the resistance rate was 4.3%. Objective: To determine the resistance patterns and genetic profiles of monoresistant strains and MDR-TB strains of M. tuberculosis complex. Methods: Two methods for evaluating M. tuberculosis strains were used, a phenotypic method, MGIT, and a genotypic method, Genotype HAIN LifeScience to determine the genetic profile of the strains. Results: 846 strains of mycobacteria of the years 2008 to 2013 were evaluated, finding 2.2% of MDR-TB. The strains genotypically evaluated were 761, of wich, resistance genes were determined, finding isoniazid monoresistance in 58 strains, 7.6%, Rifampicin monoresistance in 18 strains, 2.4% and 15 MDR strains, 2.0%. The most frequent mutations for monoresistant strains were inhA MUT1 and katG MUT1 and the combination of both genes 3.2%, 3.0% and 1.3%, respectively, and the most frequent mutations for TB-MDR strains was the combination rpoB silent mutation + katG MUT1 + inhA MUT1. There was found that in patients with MDR strains 3.1% are HIV+ and 1.5% are HIV-. Conclusions: The percentage of TB-MDR strains was 2.3%, and the most common genes were rpoB silent mutation, inhA MUT1 y katG MUT1. There was found a higher percentage of monoresistance in isoniazid than rifampicin, being the HIV+ patient population the one that presented higher percentages in both monoresistance to RIF and INH and TB-MDR strains.
Descritores: Tuberculose Resistente a Múltiplos Medicamentos/diagnóstico
Genes MDR
Genes MDR/genética
Técnicas de Genotipagem/estatística & dados numéricos
Mycobacterium tuberculosis/isolamento & purificação
-Rifamicinas/farmacologia
Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/tratamento farmacológico
Farmacorresistência Bacteriana
Isoniazida/farmacologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: GT5.1 - Biblioteca y Centro de Documentación Dr. Julio de León Méndez


  3 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-971498
Autor: Santos, Mariana Oliveira.
Título: Micobactérias: identificação e perfil de sensibilidade a tuberculostáticos em amostras isoladas no Laboratório Central de Saúde Pública do Estado do Piauí, janeiro 2014 a março de 2015 / Mycobacteria: identification and sensibility profile to antituberculosis drugs in samples isolated in thePiaui State Public Health Central Laboratory, January 2014 to March 2015.
Fonte: Teresina; s.n; 2015. xvi, 67 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Nas infecções causadas pelo gênero Mycobacterium identificar a espécie é importante para distinguir entre as cepas e agrupá-las por critérios de interesse para microbiologistas e clínicos, influenciando inclusive no esquema de tratamento a ser aplicado. Segundo a World Health Organization, em 2014 a tuberculose atingiu o mesmo patamar que a infecção por HIV (Human Immunodeficiency Virus) em relação à mortalidade. Por outro lado, as micobacterioses por micobactérias não tuberculosas (MNT) vêm aumentando, mas como não é de notificação compulsória, pouco se sabe da diversidade de espécies que acometem os pacientes no estado do Piauí. Assim, o presente estudo teve como objetivo, estimar a frequência de infecção por Complexo Mycobacterium tuberculosis e MNT, correlacionar os métodos microbiológios e moleculares utilizados na sua identificação e descrever o perfil de sensibilidade a tuberculostáticos nas amostras de M. tuberculosis, isoladas de pacientes referenciados ao Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (LACEN-PI) no período de janeiro 2014 a março de 2015. Para tal, foi realizado estudo descritivo transversal em 142 espécimes clínicos de pacientes, correspondendo a 20,1 por cento dos casos suspeitos enviados ao LACEN-PI. Na maioria dos casos a espécie M. tuberculosis foi identificada (69,7 por cento; 99/142) e em 9,9 por cento (14/142) foram isoladas MNT. O restante dos casos (20,4 por cento 29/142) não foi possível fazer o diagnóstico definitivo. As espécies de micobactérias não tuberculosas identificadas foram M. abscessus (3,5 por cento ); M. avium (1,4 por cento), M. intracelullare (1,4 por cento), M. asiaticum (0,7 por cento ), M.szulgai (0,7 por cento) e M. kansasii (0,7 por cento), e maioria dos casos era do sexo masculino (63,4 por cento ; 9/14) e apenas 1/64 (1,6 por cento) era HIV positivo...

In infections caused by Mycobacterium genus identify the species is important to distinguish betweenstrains and group them by criteria of interest to microbiologists and clinicians, including influencing thetreatment regimen to be applied. According to the World Health Organization, in 2014 TB reaches an equalfooting that of the HIV (Human Immunodeficiency Virus) infection on mortality. On the other hand,mycobacteriosis by nontuberculous mycobacteria (NTM) has increased, however as it is not of mandatorynotification and little is known about the diversity of species that affect patients in the state of Piaui. The presentstudy aimed to estimate the frequency of Mycobacterium tuberculosis and NTM infections, correlate themicrobiological and molecular methods used to identify them and describe the sensibility profile of the TB drugsin M. tuberculosis samples isolated from patients referred to t the Piaui State Public Health Central Laboratory(LACEN-PI), from January 2014 to March 2015. To this end, a cross-sectional descriptive study was performedon 142 clinical specimens of patients, corresponding to 20.1% of suspected cases submitted to LACEN-PI. Inmost cases the species M. tuberculosis was identified (69.7%, 99/142) and 9.9% (14/142) were isolated NTM. Inthe remaining cases (20.4%; 29/142) it was not possible to make a conclusive diagnosis. The nontuberculousmycobacteria species identified were M. abscessus (3.5%); M. avium (1.4%), M. intracelullare (1.4%), M.asiaticum (0.7%), M. szulgai (0.7%) and M. kansasii (0.7%) in most of the cases the subjects were male (63.4%;9/14) and only 1/64 (1.6%) were HIV positive...
Descritores: Tuberculose
Micobactérias não Tuberculosas
Genes MDR
Resistência a Medicamentos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  4 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933148
Autor: Pereira, Graziella Hanna.
Título: Fatores de risco para resistência ao imipenem e epidemiologia molecular das infecções hospitalares por Pseudomonas aeruginosa, em hospital terciário.
Fonte: São Paulo; s.n; 2005. 90 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: P. aeruginosa é predominante um patógeno hospitalar responsável por infecções com elevada taxa de óbito. A ascensão da resistência de P. aeruginosa aos carbapenens nos últimos anos e a disseminação clonal de cepas multi-resistentes descrita através de estudos baseados na genotipagem tem sido alvo dos estudos mais recentes. Objetivos: 1-Avaliar a epidemiologia molecular e o perfil de sensibilidade aos antimicrobianos. 2- Determinar os fatores de riscos para aquisição de infecções hospitalares por P. aeruginosa resistentes ao imipenem. 3- Determinar a curva de sobrevida das infecções por P. aeruginosa resistentes ao imipenem. Casuística e Métodos: No período de outubro de 2000 a setembro de 2002, foram realizadas tipagens moleculares, pela técnica de eletroforese em campo pulsado em 63 cepas e determinado o perfil de sensibilidade pela técnica de microdiluição em sistema semi-automatizado, confirmado por disco difusão. No período de outubro de 2000 a março de 2002, foi conduzido em estudo caso-controle para determinar os fatores de risco para aquisição de infecções hospitalares por P. aeruginosa resistentes ao imipenem. Os pacientes classificados como casos foram os que apresentavam infecções resistentes ao imipenem, definida como CIM _> 8ug/MI e os controles sensíveis ao imipenem (CIM 1-4 ug/mL). Casos e controles foram avaliados quanto à exposição aos potenciais fatores de risco relacionados aos caracteres epidemiológicos, aos dados clínicos e laboratoriais. Foi realizada a curva de sobrevida. Resultados: Nos 59 pacientes avaliados, ocorreu uma alta taxa de resistência ao imipenem (50,8%), com predomínio nas infecções do trato urinário. O antibiograma das cepas resistentes ao imipenem mostrou sensibilidade de 28% ao aztreonam, 43% a peperacilina/tazobactam e 100% a polimixina. Foram submetidas a genotipagem 63 cepas obtidas de 53 pacientes, com identificação de 28 cepas diferentes, com predomínio em 46% das cepas de um clone denominado...
Descritores: Infecção Hospitalar/epidemiologia
Farmacorresistência Bacteriana Múltipla
Eletroforese em Gel de Campo Pulsado
Genes MDR
Controle de Infecções
Pseudomonas aeruginosa
-Estudos de Casos e Controles
Precaução
Fatores de Risco
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, P436f, 2005


  5 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Aristeu Vieira da
Leite, Domingos da Silva
Ribeiro, Márcio Garcia
Texto completo
Id: biblio-846777
Autor: Siqueira, Amanda Keller; Salerno, Tatiana; Lara, Gustavo Henrique Batista; Condas, Larissa Anuska Zeni; Pereira, Valéria Cataneli; Riboli, Danilo Flávio Moraes; Listoni, Fernando José Paganini; Silva, Aristeu Vieira da; Leite, Domingos da Silva; Cunha, Maria de Lourdes Ribeiro de Souza da; Ribeiro, Márcio Garcia.
Título: Enterotoxin genes, multidrug resistance, and molecular typing of Staphylococcus spp. isolated from organic bovine milk / Genes de enterotoxinas, multirresistência a antimicrobianos e caracterização molecular de espécies de Staphylococcus spp. isoladas de leite bovino orgânico
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);54(1):81-87, 2017. ilus., tab..
Idioma: en.
Resumo: The multidrug resistant and the emergence of methicillin-resistant staphylococci isolated from animals, food, and humans are public health concern. These microorganisms produce different toxins related to food poisoning in humans. This study aimed to characterize Staphylococcus spp. isolated from two organic milk farms in Brazil. A total of 259 milk samples were collected, from which 58 (22.4%) Staphylococcus spp. were isolated. The highest sensibility to ceftiofur and sulfamethoxazole/trimethoprim was observed in 96.6% of Staphylococcus spp., and whereas 89% were resistant to penicillin G. The mecA gene was detected in 13.8% of the isolates. SEA and SEC were the most common enterotoxins detected. PFGE revealed genetic heterogeneity from S. intermedius and S. warneri analyzed, while S. aureus presented similar profiles among isolates from the two studied herds. To the best of our knowledge, the current study describes for the first time presence of enterotoxins, mecA gene, and genetic diversity of staphylococci isolated from organic dairy farms in Brazil.(AU)

A emergência de estafilococos multirresistentes e resistentes à meticilina, isolados de animais, alimentos e humanos é uma preocupação em saúde pública. Esses micro-organismos produzem diferentes toxinas relacionadas à intoxicação alimentar em humanos. Este estudo caracterizou Staphylococcus spp. isolados em duas fazendas orgânicas no Brasil. Foram coletadas 259 amostras de leite em duas propriedades leiteiras orgânicas, nas quais 58 (22,4%) estirpes de Staphylococcus spp. foram isoladas. A maior sensibilidade dos isolados foi observada para ceftiofur e sulfametoxazol/trimetoprim em 96,6%. Em contraste, acima de 89% de resistência dos estafilicocos foi encontrada para penicilina G. O gene mecA foi identificado em 13,8% dos isolados. SEA e SEC foram as enterotoxinas mais comumente detectadas. PFGE revelou heterogeneidade genética entre S. intermedius e S. warneri, enquanto S. aureus demonstraram perfis semelhantes entre isolados dos dois rebanhos estudados. Relata-se pela primeira vez no Brasil a detecção de enterotoxinas, o gene mecA e diversidade genética em estafilococos isolados de vacas em produção orgânica.(AU)
Descritores: Farmacorresistência Viral Múltipla
Alimentos Orgânicos
Genes MDR
Leite/microbiologia
Staphylococcus/isolamento & purificação
-Eletroforese em Gel de Campo Pulsado
Enterotoxinas/genética
Variação Genética
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-774281
Autor: Silveira, Melise Chaves.
Título: Caracterização do ambiente genético dos genes de resistência a beta-lactâmicos e aminoglicosídeos, blaSPM-1 e rmtD, em amostras de Pseudomonas aeruginosa pertencentes ao clone ST277, epidêmico no Brasil / Characterization of the genetic environment of the beta-lactam and aminoglycoside resistance genes, blaSPM-1 and RMTD on samples of Pseudomonas aeruginosa belonging to clone ST277, epidemic in Brazil.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2014. v,99 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O surgimento de bactérias Gram-negativas resistentes à drogas tem sido progressivo ealarmante. Entre os patógenos de particular importância está Pseudomonas aeruginosamultirresistentes à drogas (MDR). Um clone epidêmico de P. aeruginosa MDR produtor dametalo-beta-lactamase SPM-1, chamado clone SP (ST277), tem sido encontrado em diferentesestados brasileiros. O gene blaSPM-1 foi descrito em uma estrutura genética chamada ISCR4,responsável pela sua mobilização e expressão. Além do gene blaSPM-1, tem sido descrito, nesteclone, a presença de um integron de classe I carreando genes de resistência (In163) e umelemento genético ISCR14 carreando uma metilase de RNAr 16S (rmtD), que confereresistência a altas concentrações de aminoglicosídeos. Este tipo de associação resulta em umperfil de resistência extremamente preocupante. Assim, este estudo teve como objetivoinvestigar a contexto genético dos genes blaSPM-1 e rmtD, além de caracterizar mutações emgenes cromossomais associados a multirresistência a antimicrobianos em amostras de P.aeruginosa pertencentes ao clone ST277, através de Sourthen blot e sequenciamento de novageração. A partir de 50 amostras de P. aeruginosa MDR isoladas entre 2007 e 2010, foramselecionadas 13 amostras pertencentes ao ST277 (através de MLST) que apresentarampositividade para blaSPM-1 e/ou rmtD e In163 (através de PCR), sendo 12 do clone SP (A) euma de um clone diferente, M, através de PFGE. Através de restrição do DNA com asenzimas de restrição SpeI e XbaI, e posterior hibridação com sondas dos genes alvos (blaSPM-1,rmtD e In163) foi possível observar que os genes alvos encontravam-se em fragmentosdistintos e que a amostra do clone M apresentou um perfil de hibridação diferentes das demaisamostras demonstrando a ocorrência de vários rearranjos na mesma, indicando uma maiordistância evolutiva...
Descritores: Resistência Microbiana a Medicamentos
Genes MDR
Genômica
Pseudomonas aeruginosa/genética
-Células Clonais
Eletroforese em Gel de Ágar
Limites: Animais
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  7 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-762956
Autor: Toru, Ümran; Ayada, Ceylan; Genç, Osman; Yaşar, Zehra; Şahin, Server; Taşkın, Emre; Bulut, İsmet; Acat, Murat.
Título: Evaluation of multidrug resistance-1 gene C>T polymorphism frequency in patients with asthma
Fonte: Clinics;70(10):670-674, Oct. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVES:Asthma is a chronic inflammatory lung disease characterized by bronchial hyperresponsiveness and airflow obstruction. Genetic and oxidative stress factors, in addition to pulmonary and systemic inflammatory processes, play a pivotal role in the pathogenesis of asthma. The products of the multidrug resistance-1 gene protect lung tissue from oxidative stress. Here, we aimed to evaluate the association between the multidrug resistance-1 gene C>T polymorphism and asthma with regard to oxidative stress-related parameters of asthmatic patients.METHODS:Forty-five patients with asthma and 27 healthy age-matched controls were included in this study. Blood samples were collected in tubes with ethylenediaminetetraacetic acid. DNA was extracted from the blood samples. The multidrug resistance-1 gene polymorphism was detected by polymerase chain reaction and a subsequent enzyme digestion technique. The serum levels of total oxidant status and total antioxidant status were determined by the colorimetric measurement method.RESULTS:The heterozygous polymorphic genotype was the most frequent in both groups. A significant difference in the multidrug resistance-1 genotype frequencies between groups indicated an association of asthma with the TT genotype. A significant difference between groups was found for wild type homozygous participants and carriers of polymorphic allele participants. The frequency of the T allele was significantly higher in asthmatic patients. The increase in the oxidative stress index parameter was significant in the asthma group compared with the control group.CONCLUSIONS:The multidrug resistance-1 gene C/T polymorphism may be an underlying genetic risk factor for the development of asthma via oxidant-antioxidant imbalance, leading to increased oxidative stress.
Descritores: Asma/genética
Genes MDR/genética
Estresse Oxidativo/genética
Polimorfismo Genético
-Estudos de Casos e Controles
Heterozigoto
Reação em Cadeia da Polimerase
Estatísticas não Paramétricas
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-751650
Autor: Neves Junior, Ivan.
Título: Avaliação da expressão do gene MDR1 (Glicoproteína-P) e atividade de efluxo em células do sangue periférico de pacientes sob tratamento da tuberculose multirresistente / Evaluation of MDR1 gene expression (P-glycoprotein) and activity of peripheral blood cells of tuberculosis patients undergoing multidrug resistant treatment.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2013. 56 p. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O regime de tratamento com múltiplas drogas é correspondente a uma interação de drogas que pode causar efeitos adversos e falha no tratamento. Essa interação pode gerar modificações funcionais dos transportadores de membrana e por consequência a biodisponibilidade das drogas durante o tratamento. Dentre os transportadores de drogas transmembranares está a glicoproteína-P (P-gp), uma proteína de 170KD, produto do gene MDR1, caracterizada como uma “ATP Binding cassete” (ABC). Seu papel está muito bem definido nas células neoplásicas multirresistentes a drogas, assim como sua relação com as drogas para o tratamento da infecção pelo HIV. Entretanto, pouco tem sido estudado sobre esta bomba de efluxo na tuberculose multirresistente (TBMR). Neste estudo analisamos por citometria de fluxo sua expressão e atividade de efluxo nos monócitos, principal célula relacionada com a tuberculose e também em linfócitos e granulócitos do sangue periférico por meio da citometria de fluxo. A taxa de efluxo foi medida através do uso da Rodamina 123 (Rho123) e a expressão da P-gp através do anticorpo monoclonal anti-CD243 (clone UIC2). A utilização direta do sangue total para a determinação da atividade de efluxo por citometria de fluxo caracterizou a implantação de uma nova ferramenta de análise para a pesquisaA análise contemplou 52 por cento do total de pacientes em tratamento de TBMR no ambulatório do Laboratório de Pesquisa em Micobacterioses do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPEC). Para as análises foram levadas em consideração a idade, cor da pele, o tempo de tratamento e a quantidade de drogas administradas. O estudo revelou que há correlação entre a expressão da P-gp nos monócitos e a idade dos pacientes (P<0,01). Diferenças entre pacientes brancos e não brancos também foram observadas. Em linfócitos a expressão de P-gp quando aumentada foi diretamente proporcional à atividade de efluxo observada nos monócitos (P< 0,05)...

When two or more drugs are administrated, such interactions can cause additive, synergisticor antagonistic effects. The drug transporters may undergo treatments effects and therefore change the drugs bioavailability during the treatment and can cause treatment failure. Amongthe known drug transporters there is transmembrane P-glycoprotein (P -gp). It is a 170 KDa transmembrane protein which is a product of multidrug resistance MDR1 gene. This protein isa well-characterized ABC transporter (ATP Binding Cassette) and is responsible for efflux of the chemotherapeutic agents from resistant cancer cells. There are few studies about this protein in multidrug-resistant tuberculosis (MDR-TB). In this study, P-gp expression and activity were detect by flow cytometry in monocytes, the main cell related with theM.tuberculosis infection, as well as in lymphocytes and granulocytes from whole peripheral blood. P-gp mediated efflux was determined indirectly by measuring the retention of afluorescent P-gp substrate, rhodamine 123 (Rho123). P-gp expression was assessed using anti-P-gp monoclonal antibody UIC2 (CD243). The efflux activity with whole blood usingflow cytometry technique as a new tool to pharmacogenetic research was developed in this study. We analyzed 52 percent of outpatient in MDR-TB treatment from Laboratory ResearchMycobacteriosis Institute Evandro Chagas Clinical Research (IPEC). We considered variables as age, race, treatment time, amount of drug administered at the time of blood collection and their correlation with P-gp expression and activity. The result revealed a correlation betweenthe P-gp expression in monocytes and age (P < 0.01). In addition, difference between white and nonwhite patients was observed...
Descritores: Citometria de Fluxo
Genes MDR
Membro 1 da Subfamília B de Cassetes de Ligação de ATP
Tuberculose Resistente a Múltiplos Medicamentos/epidemiologia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  9 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-731292
Autor: Freitas, Patrícia de; Marques, Silvia Rezende; Alves, Taisy Bezerra; Takahashi, Juliana; Kimura, Amélia Fumiko.
Título: Changes in physiological and behavioral parameters of preterm infants undergoing body hygiene: a systematic review / Las variaciones de los parámetros fisiológicos y de comportamiento de los recién nacidos pretérminos sometidos a baño de inmersión: una revisión sistemática / Variações nos parâmetros fisiológicos e comportamentais de recém-nascidos pré-termo submetidos à higienização corporal: revisão sistemática
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;48(spe):178-183, 08/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective To verify the effect of bathing on the body temperature of preterm infants (PTI). Method Systematic review conducted in the following bibliographic electronic sources: Biblioteca Virtual em Saúde/Lilacs (BVS), Cumulated Index of Nursing and Allied Health Literature (CINAHL), Cochrane Library, Google Scholar, PubMed, SCOPUS and Web of Science, using a combination of search terms, keywords and free terms. The review question was adjusted to the PICO acronym (Patient/population, Intervention, Control/comparative intervention, Outcome). The selected publications were evaluated according to levels of evidence and grades of recommendation for efficacy/effectiveness studies, as established by the Joanna Briggs Institute. Results Eight hundred and twenty four (824) publications were identified and four studies met the inclusion criteria, of which three analyzed the effect of sponge baths and the effect of immersion baths. Conclusion Sponge baths showed a statistically significant drop in body temperature, while in immersion baths the body temperature remained stable, although they studied late preterm infants. .

Objetivo Determinar el efecto del baño en la temperatura corporal del recién nacido prematuro. Método Revisión sistemática realizada en las fuentes bibliográficas electrónicas BVS, CINAHL, Cochrane Library, Google Scholar, PubMed, Scopus y Web of Science. Las búsquedas fueron realizadas mediante combinación de descriptores, palabras clave y términos libres y se ajustó la cuestión de la revisión a la estrategia PICO. Las publicaciones seleccionadas se evaluaron de acuerdo con los niveles de evidencia y grados de recomendación para los estudios de eficacia/efetividad establecidos por el Instituto Joanna Briggs. Resultados Se identificaron 824 publicaciones y cuatro atendieron a los criterios de inclusión, de los cuales, tres analizaron el efecto del baño de esponja y uno el efecto del baño de inmersión. Conclusión El baño de esponja mostró una disminución estadísticamente significativa en la temperatura corporal, en cuanto que el baño de inmersión, la temperatura corporal se mantuvo estable, aunque el estudio haya sido realizado con recién nacidos prematuros tardíos.

 .

Objetivo Verificar o efeito do banho na temperatura corporal de recém-nascidos pré-termo (RNPT). Método Revisão sistemática realizada nas fontes eletrônicas bibliográficas BVS/Lilacs, Cumulative Index of Nursing and Allied Health (CINAHL), Cochrane Library, Google Scholar, PubMed, SCOPUS e Web of Science, utilizando a combinação de descritores, palavras-chave e termos livres. A pergunta da revisão foi ajustada ao acrônimo PICO (Paciente/população, Intervenção, Intervenção controle/comparativa, Desfecho analisado). As publicações selecionadas foram avaliadas de acordo com os níveis de evidência e graus de recomendação para estudos de eficácia/efetividade estabelecidos pelo Instituto Joanna Briggs. Resultados Foram identificadas 824 publicações e quatro estudos atenderam aos critérios de inclusão, dos quais três analisaram o efeito do banho de esponja e um o efeito do banho de imersão. Conclusão O banho de esponja mostrou queda da temperatura corporal estatisticamente significante, enquanto no banho de imersão a temperatura corporal permaneceu estável, embora tenham sido estudados RNPT tardios. .
Descritores: Antibióticos Antineoplásicos/farmacocinética
Carcinoma Hepatocelular/metabolismo
Daunorrubicina/farmacocinética
Neoplasias Hepáticas/metabolismo
-Carcinoma Hepatocelular/tratamento farmacológico
Carcinoma Hepatocelular/genética
Resistência a Múltiplos Medicamentos
Resistência a Medicamentos Antineoplásicos
Genes MDR
Neoplasias Hepáticas/tratamento farmacológico
Neoplasias Hepáticas/genética
Fenótipo
Frações Subcelulares/metabolismo
Células Tumorais Cultivadas
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 37 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-719857
Autor: Martins, Willames Marcos Brasileiro da Silva.
Título: Estudo de mecanismos de resistência e virulência em isolados de Klebsiella pneumoniae produtores de carbapenemase / Study of resistance and virulence mechanisms of carbapenemase producing Klebsiella pneumoniae.
Fonte: Recife; s.n; 2014. 168 p. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo visou a caracterização molecular de mecanismos de virulência e resistência aos antimicrobianos em isolados de K. pneumoniae MDR provenientes de um hospital universitário em Recife-PE. Seis isolados de K. pneumoniae produtores de carbapenemase foram obtidos de pacientes hospitalizados na UTI de um hospital universitário do Recife. Os isolados apresentaram resistência a todos os antimicrobianos beta-lactâmicos e quinolonas testados, mas sensibilidade a amicacina, polimixina B e tigeciclina, por meio de microdiluição em caldo. A tipagem molecular por PFGE revelou que os isolados são intimamente relacionados, apresentando três subclones distintos. Dois STs foram detectados, o ST340 e o ST11, ambos pertencentes ao CC258. Os genes blaKPC-2 e blaSHV-11 foram detectados em todos os isolados, seguido do gene blaCTX-M-15 em quatro dos seis isolados e por fim os genes blaCTX-M-2, qnrB19, aac(6')-31 em dois dos seis isolados. Os genes blaKPC-2 e blaCTX-M-15 estavam presentes em um mesmo plasmídeo de aproximadamente 133 Kb pertencente ao IncI-gama em quatro isolados. Nos demais isolados os genes blaKPC-2 e blaCTX-M-2 eram carreados também por um plasmídeo de, aproximadamente, 133 Kb, entretanto, não foi possível tipar o mesmo com as metodologia utilizada. O gene qnrB19 foi detectado sendo carreado por um plasmídeo de 15 Kb pertencente ao IncY. Todos os isolados apresentaram integron de classe 1, associado com a resistência aos aminoglicosídeos. Mutações na região QRDR de GyrA (Ser83Ile) e ParC (Ser80Ile) foram detectadas em todos os isolados analisados, sendo esse o principal mecanismo de resistência as quinolonas detectadas ao longo do estudo. Adicionalmente, a permeabilidade de membrana externa foi analisada, verificando-se a ausência da Ompk35 em todos os isolados e da OmpK36 em uma das amostras analisadas. A investigação dos genes de virulência revelou a presença de antígenos capsulares do tipo K2 entre os isolados. Genes codificadores das fímbrias do tipo I e III foram detectados, assim como genes envolvidos na síntese de LPS e operon da urease. A presenca de micro-organismos multirresistentes e virulentos em unidades hospitalares reforça a necessidade de medidas para a rápida contenção de possíveis infecções hospitalares causadas por esses patógenos.
Descritores: Antibacterianos
beta-Lactamases
Klebsiella pneumoniae/genética
Klebsiella pneumoniae/isolamento & purificação
Klebsiella pneumoniae/virologia
Plasmídeos
Virulência
-Farmacorresistência Bacteriana Múltipla
Genes MDR
Filogenia
Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
Sensibilidade e Especificidade
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR305.1 - Biblioteca do CPqAM
BR305.1; (043.3)"2014", M386e



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde