Base de dados : LILACS
Pesquisa : G05.360.340.024.340.396 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 42 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 42 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-941135
Autor: Morel, Carlos Médicis(edt).
Título: Genes and antigens of parasites: a laboratory manual.
Fonte: Rio de Janeiro; FIOCRUZ; 1983. 549 p.
Idioma: en.
Descritores: Antígenos de Protozoários/imunologia
Genes de Protozoários/imunologia
Laboratórios/normas
Limites: Animais
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.988, M839g, 1983. 013818


  2 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875442
Autor: Camargo, Janielly Carvalho; Velho, Luiz Felipe Machado.
Título: Longitudinal variation of attributes from flagellate protozoan community in tropical streams / Variação longitudinal dos atributos da comunidade de protozoários flagelados de riachos tropicais
Fonte: Acta sci., Biol. sci;33(2):161-169, Apr. - Jun. 2011. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: This study verified the existence of longitudinal patterns in species composition, richness, density and biomass of flagellate protozoan in tropical streams and investigated whether the possible zonation patterns are different between two periods of the year. For this, samplings were carried out in three regions from 10 streams, during the summer and winter. The flagellate community may be considered species-rich, because it was represented by 106 taxa, belonging to 8 orders and 1 residual group. The values of density and biomass are greater than those commonly found in other lotic environments, with mean values close to 2.3x104 cels. mL-1 and 150.8 µgC L-1. We did not observe any conspicuous and significant longitudinal pattern of the attributes from flagellates community. Only temporal variations of these attributes were verified. The Pearson Correlation evidenced that this temporal patterns was mainly driven by the nutrients availability, temperature and dissolved oxygen, since, the higher values of species richness, density and biomass were recorded during the winter, when the higher concentrations of nutrients and dissolved oxygen and lower temperatures were registered. In summary, the absence of patterns may be ascribed to the unidirectional and continuous flow from lotic environments.

O presente estudo objetivou verificar a existência de padrões longitudinais de composição, riqueza de espécies, densidade e biomassa da comunidade de protozoários flagelados de riachos tropicais e, ainda, investigar se os possíveis padrões de zonação são diferentes entre dois períodos do ano. Foram realizadas coletas em três regiões ao longo de dez riachos, durante os períodos de verão e inverno. A comunidade de protozoários flagelados pode ser considerada bastante rica, sendo representada por 106 táxons pertencentes a oito ordens e um grupo residual. Os valores de densidade e biomassa registrados encontram-se acima dos valores comumente encontrados em outros ambientes lóticos, com valores médios próximos de 2,3x10 4 cels. mL-1 e 150,8 µgC L-1. Não foi verificado nenhum padrão longitudinal conspícuo e significativo dos atributos dessa comunidade. Foram verificadas apenas variações temporais destes atributos. As correlações de Pearson demonstraram que esse padrão temporal foi governado principalmente pela disponibilidade de nutrientes, temperatura e oxigênio dissolvido, visto que os maiores valores de riqueza, densidade e biomassa foram registrados no inverno, e também foram verificadas as maiores concentrações de nutrientes, de oxigênio dissolvido e as menores temperaturas. Em suma, sugere-se que essa ausência de padrões longitudinais pode ser atribuída ao fluxo unidirecional e contínuo dos ambientes lóticos.
Descritores: Genes de Protozoários
Responsável: BR513.2 - Editora da Universidade Estadual de Maringá


  3 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Silva, Rosane
Texto completo
Id: biblio-829250
Autor: Penha, Luciana Loureiro; Hoffmann, Luísa; Souza, Silvanna Sant’Anna de; Martins, Allan Cézar de Azevedo; Bottaro, Thayane; Prosdocimi, Francisco; Faffe, Débora Souza; Motta, Maria Cristina Machado; Ürményi, Turán Péter; Silva, Rosane.
Título: Symbiont modulates expression of specific gene categories in Angomonas deanei
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;111(11):686-691, Nov. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: Trypanosomatids are parasites that cause disease in humans, animals, and plants. Most are non-pathogenic and some harbor a symbiotic bacterium. Endosymbiosis is part of the evolutionary process of vital cell functions such as respiration and photosynthesis. Angomonas deanei is an example of a symbiont-containing trypanosomatid. In this paper, we sought to investigate how symbionts influence host cells by characterising and comparing the transcriptomes of the symbiont-containing A. deanei (wild type) and the symbiont-free aposymbiotic strains. The comparison revealed that the presence of the symbiont modulates several differentially expressed genes. Empirical analysis of differential gene expression showed that 216 of the 7625 modulated genes were significantly changed. Finally, gene set enrichment analysis revealed that the largest categories of genes that downregulated in the absence of the symbiont were those involved in oxidation-reduction process, ATP hydrolysis coupled proton transport and glycolysis. In contrast, among the upregulated gene categories were those involved in proteolysis, microtubule-based movement, and cellular metabolic process. Our results provide valuable information for dissecting the mechanism of endosymbiosis in A. deanei.
Descritores: Regulação da Expressão Gênica/fisiologia
Ontologia Genética
RNA de Protozoário/genética
Simbiose/genética
Transcriptoma/genética
Trypanosomatina/genética
-Bactérias/crescimento & desenvolvimento
Perfilação da Expressão Gênica
Genes de Protozoários
Genoma de Protozoário
Genômica
RNA de Protozoário/isolamento & purificação
Trypanosomatina/metabolismo
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-760771
Autor: Morel, Carlos Médicis(edt).
Título: Genes and antigens of parasites: a laboratory manual.
Fonte: Rio de Janeiro; FIOCRUZ; 1983. 549 p.
Idioma: en.
Descritores: Antígenos de Protozoários/imunologia
Genes de Protozoários/imunologia
Laboratórios/normas
Limites: Animais
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR


  5 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Machado, Rosangela Zacarias
Texto completo
Id: lil-608254
Autor: Oliveira, Trícia Maria Ferreira de Sousa; Vasconcelos, Elton José Rosas de; Nakaghi, Andréa Cristina Higa; Defina, Tânia Paula Aquino; Jusi, Márcia Mariza Gomes; Baldani, Cristiane Divan; Cruz, Ângela Kaysel; Machado, Rosangela Zacarias.
Título: A novel A2 allele found in Leishmania (Leishmania) infantum chagasi / Novo alelo do gene A2 descrito em Leishmania (Leishmania) infantum chagasi
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;20(1):42-48, jan.-mar. 2011. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Visceral leishmaniasis (VL) is a widely spread zoonotic disease. In Brazil the disease is caused by Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Peridomestic sandflies acquire the etiological agent by feeding on blood of infected reservoir animals, such as dogs or wildlife. The disease is endemic in Brazil and epidemic foci have been reported in densely populated cities all over the country. Many clinical features of Leishmania infection are related to the host-parasite relationship, and many candidate virulence factors in parasites that cause VL have been studied such as A2 genes. The A2 gene was first isolated in 1994 and then in 2005 three new alleles were described in Leishmania (Leishmania) infantum. In the present study we amplified by polymerase chain reaction (PCR) and sequenced the A2 gene from the genome of a clonal population of L. (L.) infantum chagasi VL parasites. The L. (L.) infantum chagasi A2 gene was amplified, cloned, and sequenced in. The amplified fragment showed approximately 90 percent similarity with another A2 allele amplified in Leishmania (Leishmania) donovani and in L.(L.) infantum described in literature. However, nucleotide translation shows differences in protein amino acid sequence, which may be essential to determine the variability of A2 genes in the species of the L. (L.) donovani complex and represents an additional tool to help understanding the role this gene family may have in establishing virulence and immunity in visceral leishmaniasis. This knowledge is important for the development of more accurate diagnostic tests and effective tools for disease control.

A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose amplamente disseminada, causada no Brasil pela Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Flebotomíneos vetores adquirem o agente etiológico, alimentando-se do sangue de animais contaminados, como cachorros ou animais selvagens. A doença é endêmica no Brasil, e focos de epidemia são relatados em cidades densamente povoadas por todo o país. Muitas manifestações clínicas relacionadas à infecção por Leishmania estão ligadas à relação parasito-hospedeiro, e vários possíveis fatores de virulência dos parasitas, que causam a LV, são alvos de estudo, tais como os genes A2. O gene A2 foi isolado pela primeira vez em 1994 e, em seguida, em 2005, três novos alelos foram descritos em Leishmania (Leishmania) infantum. No presente estudo, um fragmento do gene A2 de uma população clonal de L.(L.) infantum chagasi foi amplificado por PCR e sua sequência de nucleotídeos determinada. O fragmento mostrou 90 por cento de similaridade com alelos do gene A2 de Leishmania (Leishmania) donovani e de L. (L.) infantum, descritos na literatura. Entretanto, a tradução da sequência de nucleotídeos mostra diferenças na sequência de aminoácidos da proteína, que podem ser essenciais em determinar a variabilidade do gene A2 em espécies do complexo L. (L.) donovani e representa uma ferramenta adicional na compreenssão do papel dessa família de genes na virulência e imunidade da leishmaniose visceral. O conhecimento dessa variação é importante para o desenvolvimento de testes diagnósticos mais precisos e ferramentas mais eficazes no controle da doença.
Descritores: Genes de Protozoários/genética
Leishmania infantum/genética
-Alelos
Leishmania infantum/isolamento & purificação
Limites: Animais
Cães
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-583944
Autor: Santos, Marcos Gonzaga dos; Silva, Maria Fernanda Laranjeira da; Zampieri, Ricardo Andrade; Lafraia, Rafaella Marino; Floeter-Winter, Lucile Maria.
Título: Correlation of meta 1 expression with culture stage, cell morphology and infectivity in Leishmania (Leishmania) amazonensis promastigotes
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;106(2):190-193, Mar. 2011. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: The parasitic protozoan Leishmania (Leishmania) amazonensis alternates between mammalian and insect hosts. In the insect host, the parasites proliferate as procyclic promastigotes andthen differentiate into metacyclic infective forms. The meta 1 gene is preferentially expressed during metacyclogenesis. Meta 1 expression profile determination along parasite growth curves revealed that the meta 1 mRNA level peaked at the early stationary phase then decreased to an intermediate level. No correlation was observed between meta 1 expression and infectivity. Conversely, infectivity correlated with the increase of apoptotic cells in the late stationary phase.
Descritores: Perfilação da Expressão Gênica
Genes de Protozoários
Leishmania mexicana
RNA Mensageiro
RNA de Protozoário
-Leishmania mexicana
Leishmania mexicana
Camundongos Endogâmicos BALB C
Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa
Limites: Animais
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-573289
Autor: Ocaña, Kary Ann del Carmen Soriano.
Título: Usando uma abordagem filogenômica para o estudo dos protozoários / Using a phylogenomic approach for the study of protozoa.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2010. xxiii,234 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A reconstrução da história evolutiva, assim como o estabelecimento de hipóteses que demonstrem as relações filogenéticas dos protozoários bem como dos genes codificados pelos elementos Genéticos Móveis (EGM) requerem o uso de várias abordagens e ferramentas, as quais não se encontram disponíveis de maneira integrada nem de maneira amigável. Diferentes abordagens filogenéticas, filogenômicas e evolutivas são necessárias para a inferência da filogenia de espécies e o estudo de genes pouco conservados como a transcriptase reversa, o gene mais representativo da classe I dos EGM, os retrotransposons. Os principais algoritimos filogenéticos e os programas que os executam têm sido unificados num único sistema: ARPA, escrito na linguagem de programação PYTHON. O sistema ARPA e a interface web estão hospedados na FIOCRUZ e estão disponíveis no endereço http://arpa.biowebdb.org. Eles estão sendo integrados ao sistema de banco de dados ProtozoaDB (http://protozoad.biowebdb.org) e ao sistema de anotações semi-automática Stingray (http://stingray.biowebdb.org/). Uma abordagem baseada nos fundamentos da filogenômica e evolução foi utilizada para desenvolver cinco objetivos: (i) analisar e inferir a filogenia dos genes relacionados à resistência de drogas em protozoários, (ii) reconstruir a árvore de espécies de protozoários, (iii) realizar estudos de filogenômica dos EGM em protozoários, (iv) inferir a filogenia da telomerase e dos elementos de retrotransposição em Tri-tryps e (v) adaptar e ampliar o esquema Phylo ao banco de dados GUS para o armazenamento da informação filogenética. Os principais resultados obtidos para cada objetivo são: (i) As inferências filogenéticas dos genes AQP, hsp70, GP63, TRYR e MRPA relacionados à resistência a drogas em protozoários demonstrou a viabilidade das execuções do sistema ARPA; (ii) a árvore de espécies de protozoários usando a abordagem da super matriz provou ser confiável, e o teste PTP e a estatística G1 demonstraram que os dados moleculares deste estudo possuem sinal filogenético; (iii) o RAAXML foi o programa mais consistente ao lidar com os diferentes níveis de polimorfismos destes genes, a detecção in silico da seleção positiva destes genes foi detectada nas análises pareadas dos modelos M1-M2 e M7-M8, porém o par M0-M3 indicou uma alta variabilidade da razão w entre os sítios; (iv) foi observada a monofilia para a telomerase a que está mais relacionada à trancriptase reversa dos retrotransposons não-LTR; (iv) um novo esquema Phylo foi concebido e incorporado no GUS 3.5 estendendo-o a fim de armazenar os dados obtidos de inferências filogenéticas. As principais conclusões são: (i) O sistema ARPA é uma alternativa viável, eficiente, fácil e de tempo reduzido para as análises filogenômicas. O RAXML foi considerado o programa mais consistente e foi observado que as árvores construídas usando as sequência inteiras e/ou as trimadas com o TRIMAL apresentaram os melhores resultados. A abordagem da supermatriz apresentou melhores resultados do que a superárvore; (ii) as relações entre os grupos de protozoários estão de acordo com estudos anteriores da literatura, os quais determinaram também uma monofilia para os protozoários. A inclusão de mais dados/genes é necessária para obter uma árvore robusta; (iii) foram reconstruídas as árvores dos genes dos EGM e inferida a filogenia para cada um deles. O modelo M3 indicou uma alta variabilidade da razão w entre os sítios e o M7 e o M8 indicaram a presença de seleção positiva para todos os genes dos EGM; (iv) a telomerase formou um grupo monofilético mais relacionado à trancriptase reversa dos não-LTR; (v) o esquema Phylo armazena os dados obtidos de experiências filogenéticas, mantendo as relações de herança filogenética entre cada um dos táxons, o que permite realizar consultas usando as informações dos ramos, dos nós e táxons da árvore.
Descritores: Biologia Computacional
Evolução Molecular
Genes de Protozoários
Sequências Repetitivas Dispersas
Filogenia
Regulação da Expressão Gênica/fisiologia
Limites: Animais
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  8 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-561205
Autor: Mesquita, Rafael Tonini; Vidal, José Ernesto; Pereira-Chioccola, Vera Lucia.
Título: Molecular diagnosis of cerebral toxoplasmosis: comparing markers that determine Toxoplasma gondii by PCR in peripheral blood from HIV-infected patients
Fonte: Braz. j. infect. dis;14(4):346-350, July-Aug. 2010. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundaçao de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: As cerebral toxoplasmosis is the most common cerebral focal lesion in AIDS patients, this study evaluated three PCR markers for diagnosis, since some limitations remain present, such as low parasite levels in some clinical samples. The molecular markers were B22-B23 and Tg1-Tg2 (based on the B1 gene) and Tox4-Tox5 (non-coding fragment, repeated 200-300-fold). DNA samples from 102 AIDS patients with previously known diagnosis were analyzed. The cerebral toxoplasmosis group was constituted of DNA extracted from the blood of 66 AIDS patients, which was collected before or until the third day of the therapy for toxoplasmosis. DNA from the blood of 36 AIDS patients with other neurologic opportunistic infections was used as control group. Sensitivities of B22-B23, Tg1-Tg2, and Tox4-Tox5 markers were of 95.5 percent, 93.9 percent, and 89.3 percent, respectively. In the control group, the specificities were of 97.2 percent (B22-B23), 88.9 percent (Tg1-Tg2), and 91.7 percent (Tox4-Tox5). The association of at least two markers increased the PCR sensitivity and specificity. The concordance index between two markers varied from 83.3 percent to 93.1 percent. These data demonstrated that all markers evaluated here were highly sensitive for T. gondii determination, although B22-B23 has been shown to be the best. The association of two markers increases PCR sensitivity, but the procedure was more expensive and time-consuming.
Descritores: Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/diagnóstico
Genes de Protozoários/genética
Marcadores Genéticos/genética
Toxoplasma/genética
Toxoplasmose Cerebral/diagnóstico
-Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/parasitologia
Estudos de Casos e Controles
Primers do DNA/genética
Reação em Cadeia da Polimerase
Sensibilidade e Especificidade
Toxoplasmose Cerebral/parasitologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Souza, José Maria de
Texto completo
Id: lil-534167
Autor: Gama, Bianca Ervatti; Oliveira, Natália Ketrin Almeida de; Souza, José Maria de; Daniel-Ribeiro, Cláudio Tadeu; Ferreira-da-Cruz, Maria de Fátima.
Título: Characterisation of pvmdr1 and pvdhfr genes associated with chemoresistance in Brazilian Plasmodium vivax isolates
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;104(7):1009-1011, Nov. 2009.
Idioma: en.
Resumo: Plasmodium vivax control is now being hampered by drug resistance. Orthologous Plasmodium falciparum genes linked to chloroquine or sulfadoxine-pyrimethamine chemoresistance have been identified in P. vivax parasites, but few studies have been performed. The goal of the present work is to characterise pvmdr1 and pvdhfr genes in parasite isolates from a Brazilian endemic area where no molecular investigation had been previously conducted. The pvmdr1 analysis revealed the existence of single (85.7 percent) and double (14.3 percent) mutant haplotypes, while the pvdhfr examination showed the presence of double (57.2 percent) and triple (42.8 percent) mutant haplotypes. The implications of these findings are discussed.
Descritores: Genes de Protozoários/genética
Resistência a Inseticidas/genética
Proteínas Associadas à Resistência a Múltiplos Medicamentos/genética
Plasmodium vivax/genética
Proteínas de Protozoários/genética
-Brasil
Malária Vivax/tratamento farmacológico
Malária Vivax/parasitologia
Mutação/efeitos dos fármacos
Mutação/genética
Polimorfismo de Nucleotídeo Único
Plasmodium vivax/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 42 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-533506
Autor: Meissner, Markus; Klaus, Katrin.
Título: What new cell biology findings could bring to therapeutics: is it time for a phenome-project in Toxoplasma gondii?
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;104(2):185-189, Mar. 2009. ilus.
Idioma: en.
Resumo: "If you know the enemy and know yourself, you need not fear the result of a hundred battles. If you know yourself but not the enemy, for every victory gained you will also suffer a defeat" (SunTzu the Art of War, 544-496 BC). Although written for the managing of conflicts and winning clear victories, this basic guideline can be directly transferred to our battle against apicomplexan parasites and how to focus future basic research in order to transfer the gained knowledge to a therapeutic intervention stratey. Over the last two decades the establishment of several key-technologies, by different groups working on Toxoplasma gondii, made this important human pathogen accessible to modern approaches in molecular cell biology. In fact more and more researchers get attracted to this easy accessible model organism to study specific biological questions, unique to apicomplexans. This fascinating, unique biology might provide us with new therapeutic options in our battle against apicomplexan parasites by finding its Achilles' heel. In this article we argue that in the absence of a powerful high throughput technology for the characterisation of essential gene of interests a coordinated effort should be undertaken to convert our knowledge of the genome into one of the phenome.
Descritores: Genes de Protozoários/genética
Mutagênese
Biologia Molecular/métodos
Toxoplasma/genética
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde