Base de dados : LILACS
Pesquisa : G05.728.390 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 27 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 27 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-536340
Autor: Rodrigues, Raoni Rosa; Carvalho, Lucélia Nobre; Zuanon, Jansen; Del-Claro, Kleber.
Título: Color changing and behavioral context in the Amazonian Dwarf Cichlid Apistogramma hippolytae (Perciformes)
Fonte: Neotrop. ichthyol;7(4):641-646, 2009. ilus, graf.
Idioma: en.
Projeto: SESu/MEC. The Programa de Educação Tutorial; . CNPq; . Fapemig; . CNPq; . FAPEAM; . Fundação O Boticário. Igarapés Project.
Resumo: Animal coloration has many functions, and fishes are noted among vertebrates for presenting a wide variety of color patterns. Although in marine fishes the relationship between body coloration and behavioral context is well documented, there's not much information about freshwater fishes. Here we describe color patterns displayed by the dwarf cichlid Apistogramma hippolytae and suggest that these patterns are dependent on different social and behavioral settings. Field observations were conducted underwater in a pond in Central Amazonia, Brazil. We recorded six body coloration patterns related to seven different kinds of behavioral activities: foraging, resting, reproductive and agonistic displays, aggression (attacking and fleeing) and parental care. Changes in coloration occur rapidly and take only a few seconds. Females on parental care exhibited a unique pattern that are more persistent and probably manifests more slowly. In the shallow and clear waters of the natural environment of this dwarf cichlid, color communication seems to constitute an efficient way to display information about individual mood, social status and reproductive readiness, contributing to minimize loss of energy in unnecessary interactions.(AU)

Coloração animal tem diferentes funções, e os peixes se destacam entre os vertebrados por apresentarem uma grande diversidade de padrões de cores. Embora se conheça relativamente bem a relação entre coloração e contexto comportamental para peixes marinhos, pouco se sabe para os peixes de água doce. Nós descrevemos os padrões de coloração de um ciclídeo amazônico, Apistogramma hippolytae, e sugerimos como esses padrões são dependentes das características sociais e comportamentais. Realizamos observações subaquáticas utilizando mergulho livre em campo durante o dia em uma lagoa na Amazônia Central. Nós caracterizamos seis padrões de coloração associados a sete comportamentos diferentes: alimentação, repouso, displays sexual e agonístico, agressão (ataque e fuga) e cuidado parental. As mudanças de coloração levam apenas alguns segundos. Fêmeas em cuidado parental exibem um padrão exclusivo, cuja mudança é mais lenta. No ambiente natural desse ciclídeo, locais rasos com águas claras, a comunicação por coloração pode ser um sistema eficiente de comunicar o estado motivacional individual, status social e disposição para reprodução, possivelmente contribuindo para minimizar a perda de energia com interações desnecessárias.(AU)
Descritores: Pigmentos Biológicos
Comportamento Animal
Perciformes/anatomia & histologia
-Transferência Genética Horizontal
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Margarido, Vladimir Pavan
Texto completo
Id: biblio-1040657
Autor: Prestes, Anahiê Bortoncello; Nardelli, Aline; Paiz, Leonardo Marcel; Gavazzoni, Mariane; Margarido, Vladimir Pavan.
Título: Cytogenetic markers as tools in delimiting species of the highly diverse Neotropical fish Bryconamericus (Characiformes: Characidae)
Fonte: Neotrop. ichthyol;17(3):e190057, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Bryconamericus is a highly diverse group of characid fishes, being cytogenetic a valuable tool for the delimitation of species. Bryconamericus aff. iheringii (Upper Uruguay/Lower Paraná), B. coeruleus (Upper Paraná), B. cf. ecai e B. cf. eigenmanni (Upper Uruguay) were studied cytogenetically, and presented 2n=52 chromosomes, with interpopulational/interspecific variation of karyotype and fundamental number. Heterochromatin was evidenced in pericentromeric, telomeric and interstitial regions, and it was shown to be an important cytogenetic marker. Single nucleolar organizing regions (NORs) were found in B. cf. eigenmanni, B. cf. ecai and B. aff. iheringii (Lower Paraná), and multiple in B. aff. iheringii (Upper Uruguay) and B. coeruleus, with occurrence of two patterns for the first species, and three for the second. The 5S/18S rDNA-FISH confirmed the location of the NORs and showed single 5S rDNA cistrons only in B. aff. iheringii (Lower Paraná), evidencing the dispersion of both genes, often co-located, in the karyotype of the others species. The data of this work contribute for the delimitation of the species of the genus. Co-localization of ribosomal genes may represent a plesiomorphic condition for the group, and their dispersion suggest the occurrence of duplication, pseudogeneization and transposition events mediated by mobile genetic elements.(AU)

Bryconamericus é um grupo altamente diverso de caracídeos, sendo a citogenética uma valiosa ferramenta para a delimitação de espécies. Bryconamericus aff. iheringii (Alto Uruguai/Baixo Paraná), B. coeruleus (Alto Paraná), B. cf. ecai e B. cf. eigenmanni (Alto Uruguai) foram estudados citogeneticamente, e apresentaram 2n=52 cromossomos, com variação interpopulacional/interespecífica de cariótipo e número fundamental (NF). Heterocromatinas foram evidenciadas nas regiões pericentromérica, telomérica e intersticial, e mostrou-se um importante marcador citogenético. Regiões organizadores de nuclcéolos (RONs) simples foram encontradas em B. cf. eigenmanni, B. cf. ecai e B. aff. iheringii (Baixo Paraná), e múltiplas em B. aff. iheringii (Alto Uruguai) e em B. coeruleus, com a ocorrência de dois padrões de localização para a primeira espécie, e três para a segunda. A FISH-DNAr 5S/18S confirmou a localização das RONs e mostrou cístrons simples de DNAr 5S apenas em B. aff. iheringii (Baixo Paraná), evidenciando a dispersão de ambos os genes, muitas vezes co-localizados, no cariótipo das demais espécies. Os dados deste trabalho contribuem para a delimitação das espécies do gênero. A co-localização dos genes ribossomais pode representar uma condição plesiomórfica para o grupo, e sua dispersão sugere a ocorrência de eventos de duplicação, pseudogenização e transposição mediada por elementos genéticos móveis.(AU)
Descritores: Transferência Genética Horizontal
Citogenética/métodos
Characidae/genética
-DNA Ribossômico
Marcadores Genéticos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1022983
Autor: Diamant, Claudia Mabel.
Título: Cultivos genéticamente modificados: ¿son un riesgo para el ambiente y para la salud? / Are genetically modified cultures risky to environment and health?
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);6(1):54-59, 2017.
Idioma: es.
Resumo: La utilización de cultivos genéticamente modificados ha tenido en nuestro país y en el mundo una amplia acogida por parte de los productores agrícolas, pues ha significado una disminución de costos y un aumento de la producción. Uno de los temas más importantes del debate sobre la biotecnología aplicada a la agricultura se relaciona con los posibles riesgos sobre la salud humana y el ambiente que podrían generar los organismos vegetales genéticamente modificados (OVGM). Esta cuestión es la que origina las cuestiones regulativas, éticas y sociales actualmente en discusión

Genetically modified cultures have been well received by agricultural producers in our country and all round the world, because they generate greater benefits, less costs and increased production. Among the most important debated points over biotechnological application to agriculture is the possibility of risk that modified vegetable species may produce to human health. This question had generated multiple ethical, social and regulative worries

A utilização de cultivos geneticamente modificados tem atingido em nosso país e no mundo toda uma ampla acolhida da parte dos produtores agrícolas, pela diminuição dos custos e o acréscimo da produção. Um assunto dos mais importantes no debate sobre a biotecnologia aplicada à pecuária relaciona-se com os possíveis riscos sobre a saúde humana e o meio-ambiente que poderiam gerar os organismos vegetais genéticamente modificados (OVGM). Esta questão orienta aspectos de regulamentação, éticos e sociais que atualmente se discutem
Descritores: Biotecnologia
Organismos Geneticamente Modificados
Transferência Genética Horizontal
Alimentos Geneticamente Modificados
Agricultura
Meio Ambiente
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  4 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-877875
Autor: Zúñiga-Bahamon, Andrés(edt); Tobar, Fabián(edt); Duque, Juan-Fernando(edt); Moreno, Pedro(edt).
Título: Acinetobacter baumannii: Resistencia y Virulencia mediada por el Sistema de Secreción Bacteriano Tipo IV / Acinetobacter baumannii: Resistance and Virulence mediated through bacterial type IV secretion system
Fonte: Rev. estomat. salud;21(2):37-45, 20130000.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: Los sistemas de secreción bacterianos tipo IV tienen una variedad de funciones biológicas como el intercambio de material genético con otras bacterias y la translocación de ADN virulento, con sus proteínas efectoras, dentro de las células del huésped. Acinetobacter baumannii es un patógeno que causa infecciones en humanos y registra porcentajes altos de multiresistencia a fármacos. Objetivo: Relacionar el conocimiento so- bre los sistemas de secreción tipo IV con los patrones de resistencia y virulencia de Acinetobacter baumannii. Materiales y Métodos: Se realizó una buscada en PMC (NCBI) utilizando un conjunto de palabras claves. Resultados: De 133 artículos se analiza - ron 14 para establecer la relación entre los sistemas de secreción microbiano y la resistencia y virulencia de A. baumannii . Conclusiones: Los sistemas de secreción bacterianos tipo IV presentes en A. bau - mannii son una pieza clave en el enten - dimiento de los patrones de virulencia y resistencia...(Au)

Introduction: Type IV Bacterial Secretion Systems (TFSS) have a variety of biolo- gical functions such as the exchange of genetic material with other bacteria and virulent translocation of DNA with its effector proteins into host cells. A. bauman - nii is a pathogen that causes infections in humans and exhibits high rates of multidrug resistance to drugs. Objective: To relate how type IV secretion systems is associated with patterns of resistance and virulence in A. baumannii. Materials and Methods: Exhaustive search in PMC (NCBI) using a set of keywords was performed. Results: The search yielded 133 articles. Fourteen articles were analysed to deter - mine the bacterial secretion system and the resistant and virulence of AA. baumannii. Conclusions: Systems of bacterial type IV secretion present in A. baumannii are crucial in understanding the patterns of virulence and resistance...(Au)
Descritores: Actinobacteria
Odontologia
Diagnóstico Bucal
Transferência Genética Horizontal
Microbiologia
Medicina Bucal
Patologia Bucal
Revisão
Virulência
Fatores de Virulência
-Acinetobacter baumannii
Farmacorresistência Bacteriana
Sistemas de Secreção Tipo IV
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO624.9


  5 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-847336
Autor: Fonseca, Luciane Schons da.
Título: Caracterization of the SOS response in Leptospira interrogans sorovar Copenhageni / Caracterização da resposta SOS em Leptospira interrogans sorovar Copenhageni.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. 99 p. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Instituto de Química para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Leptospira is a basal genus in an ancient group of bacteria, the spirochetes. The pathogenic species are responsible for leptospirosis, a disease with worldwide distribution and of public health importance in developed tropical countries. L. interrogans serovar Copenhageni is the agent for the majority of human leptospirosis in Brazil. In this work, we used a great variety of experimental approaches to characterize the SOS system in this serovar, to identify its impact in general DNA damage response, as well as to assess the DNA repair toolbox owned by pathogenic and saprophytic leptospires. We identified an additional repressor LexA, acquired by lateral gene transfer, exclusively in serovar Copenhageni. We also observed that UV-C irradiation led to massive death of cells and blockage of cell division in the survivors. Both repressors were active and we identified the sequences responsible for binding to promoters. However, the LexA1 SOS box was redefined after a de novo motif search on LexA1 ChIP-seq enriched sequences. This regulator was able to bind to at least 25 loci in the genome. DNA damage also caused a massive rearrangement of metabolism: increase in expression was observed in transposon and prophage genes, in addition to DNA repair pathways and mutagenesis inducers; on the other hand, motility, general metabolism and almost all virulence genes were repressed. Two induced prophages provided several proteins with useful functions. We also assessed the DNA repair-related genes presented by the three species of Leptospira: the saprophytic L. biflexa, the facultative pathogen L. interrogans and the obligatory pathogen L. borgpetersenii. There are more diversity and redundancy of repair genes in L. interrogans in comparison with the other species. Lateral gene transfer seems to be an important supplier of DNA repair functions. In addition, leptospires share characteristics of both Gram-positives and Gram-negatives bacteria. Representative genes from several different pathways were induced during infection of susceptible mice kidneys, suggesting DNA repair genes are active while causing disease. All these data suggest mobile genetic elements are the major forces in leptospiral evolution. Moreover, during DNA damage response, several SOS-dependent and independent mechanisms are employed to decrease cell growth and virulence in favor of controlled induction of mechanisms involved in genetic variability

Leptospira é um gênero basal em um grupo já considerado um dos mais ancestrais, as espiroquetas. As espécies patogênicas são responsáveis pela leptospirose, uma doença presente em todo o mundo e de principal importância em países tropicais em desenvolvimento. L. interrogans sorovar Copenhageni é o agente da maior parte dos casos no Brasil. Nesse trabalho, utilizamos diversas abordagens experimentais para caracterizar o sistema SOS nesse sorovar, identificar seu impacto na resposta geral a danos no DNA, assim como avaliar as funções de reparo de DNA disponíveis em leptospiras patogênicas e saprofíticas. Identificamos um repressor LexA adicional, adquirido por transferência horizontal e exclusivo do sorovar Copenhageni. Observamos também que irradiação por UV-C causou significativa morte celular e bloqueio da divisão celular dos sobreviventes. Ambos os repressores são ativos e identificamos as sequências que utilizam para se ligar aos promotores dos genes regulados. Entretanto, o SOS box de LexA1 foi redefinido após uma busca de novo por motivos enriquecidos nas sequências recuperadas por ChIP-seq. Esse regulador ligou-se ao menos a 25 locais do genoma. A maioria desses alvos teve aumento de expressão após UV-C. Danos no DNA também causaram um importante rearranjo metabólico: houve aumento de expressão em transposons e profagos, além de indutores de mutagênese e vias de reparo; por outro lado, mobilidade, crescimento celular e quase todos os fatores de virulência foram reprimidos. Dois profagos induzidos durante essa resposta, possivelmente proporcionam algumas proteínas de funções importantes. Nós também avaliamos a presença de genes envolvidos no reparo de DNA em três espécies de leptospira: L. biflexa, L. interrogans e L. borgpetersenii. L. interrogans é a espécie com maior diversidade e redundância de genes de reparo. Além disso, transferência horizontal parece ser um importante fornecedor de funções de reparo nesse gênero. Leptospiras também apresentam genes característicos tanto de bactérias Gram-positivas quanto Gram-negativas. Genes representando diferentes vias de reparo foram induzidos durante infecção em modelo animal, sugerindo que essas vias estão ativas no curso da doença. Todos esses dados, em conjunto, sugerem que elementos genéticos móveis são de extrema importância na evolução do gênero e das vias de reparo. Assim, durante a resposta a danos no DNA, diversos mecanismos dependentes e independentes de SOS são empregados para frear o crescimento celular e virulência em favor da indução controlada de mecanismos para aumentar variabilidade genética
Descritores: Reparo do DNA/genética
Leptospira/crescimento & desenvolvimento
-Expressão Gênica
Transferência Genética Horizontal/genética
Leptospira interrogans
Leptospirose/prevenção & controle
Resposta SOS em Genética
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T 574.873282, F676c. 30100025445-Q


  6 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-783689
Autor: López-Velandia, Diana Paola; Torres-Caycedo, María Inés; Prada-Quiroga, Carlos Fernando.
Título: Genes de resistencia en bacilos Gram negativos: Impacto en la salud pública en Colombia / Resistance genes in gram negative bacilli: impact on public health in Colombia
Fonte: Univ. salud;18(1):190-202, ene.-abr. 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: La resistencia antimicrobiana es un grave problema de salud pública que se encuentra en aumento. Entre los factores más importantes relacionados con la diseminación de bacterias multirresistentes está el uso inapropiado de antibióticos y la aplicación insuficiente de las medidas de prevención y control. Adicionalmente, las bacterias tienen la capacidad de mutar o generar mecanismos de transferencia de genes de resistencia mediante plásmidos, transposones e integrones. Materiales y métodos: Se hizo una revisión crítica de la literatura sobre los principales genes de resistencia Gram negativos y su impacto en la salud pública. Fueron utilizadas las bases de datos de Medline, Embase, Lilacs, ScienceDirect, Scopus, SciELO, the Cochrane Library y Lilacs. Resultados: Se presenta una revisión de literatura que describe y analiza los principales genes de resistencia a antibióticos presentes en bacilos gram negativos, su origen, evolución y diseminación a microorganismos mediante la transferencia horizontal de genes; justificando la importancia de realizar una vigilancia epidemiológica del tránsito de clones con diferentes perfiles de resistencia y principales enzimas. Conclusiones: El seguimiento de la resistencia antimicrobiana desde el punto de vista de la epidemiología molecular forma parte transcendental de la vigilancia antibiótica como lo recomienda la Organización Mundial de la Salud; pues representa el futuro del monitoreo de la resistencia.

Introduction: Antimicrobial resistance is a serious public health problem that is increasing. Among the most important factors related to the spread of multi-resistant bacteria are the inappropriate use of antibiotics and the insufficient implementation of prevention and control measures. Additionally, bacteria have the ability to mutate or create mechanisms for transfer of resistance genes via plasmids, transposons and integrons. Materials and methods: A critical review of the literature on major resistance genes in Gram negative bacteria and its impact on public health was conducted. Data have been collected from Medline, Embase, Lilacs, ScienceDirect, Scopus, SciELO, the Cochrane Library and Lilacs. Results: A review of literature that describes and analyzes the main antibiotic resistance genes present in gram-negative bacilli is presented, as well as their origin, evolution, and subsequent spread to hundreds of species of microorganisms by Horizontal gene transfer which justifies the importance of conducting an epidemiological surveillance on transit of clones with different resistance profiles and major enzymes. Conclusions: The control of antimicrobial resistance from the point of view of molecular epidemiology is part of the antibiotic surveillance control as recommended by the World Health Organization; as it represents the future of the surveillance of resistance.
Descritores: Farmacorresistência Bacteriana
Transferência Genética Horizontal
Genes Bacterianos
-Saúde Pública
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO332 - Facultad de Medicina


  7 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Carareto, Cláudia Márcia Aparecida
Id: lil-782422
Autor: Carareto, Claudia Marcia Aparecida; Monteiro-Vitorello, Claudia Barros; Sluys, Marie-Anne Van.
Título: Elementos de transposição: diversidade, evolução, aplicações e impacto nos genomas dos seres vivos / Transposable elements: diversity, evolution, applications and impact in the genomes of living beings.
Fonte: Rio de Janeiro; Editora Fiocruz; 2015. 196 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este livro representa um projeto desafiador: o estudo de sequências genéticas repetidas que são capazes de se mover, tornando os genomas dinâmicos e flexíveis. Os elementos de transposição (TEs) têm a capacidade de se multiplicar e mudar de lugar no genoma, levar consigo genes, promover rearranjos cromossômicos e alterar a expressão de genes vizinhos. Trata-se de um dos tópicos mais instigantes na área da genética, que durante décadas não recebeu o devido reconhecimento. O livro surgiu de uma reunião de integrantes do grupo de pesquisa Elementos de Transposição como Agentes de Diversidade, do CNPq, que consideram indispensável disponibilizar a pesquisadores e estudantes informações que permitam compreender a dinâmica e a plasticidade dos genomas em decorrência da presença dos TEs. O livro não esgota as inúmeras informações e implicações decorrentes da interação genoma-TE mas propicia aos leitores o contato atualizado e a compreensão dos principais temas relacionados à estrutura e funcionamento dessas sequências genéticas móveis e sua relação com a evolução dos organismos, afirmam as organizadoras...
Descritores: Cromossomos
Elementos de DNA Transponíveis
Doença/genética
Genoma Humano
-Biotecnologia
Epigênese Genética
Transferência Genética Horizontal
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  8 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-732626
Autor: Utsunomia, Ricardo; Pansonato-Alves, José C; Costa-Silva, Guilherme J; Mendonça, Fernando F; Scacchetti, Priscilla C; Oliveira, Claudio; Foresti, Fausto.
Título: Molecular and cytogenetic analyses of cryptic species within the Synbranchus marmoratus Bloch, 1795 (Synbranchiformes: Synbranchidae) grouping: species delimitations, karyotypic evolution and intraspecific diversification
Fonte: Neotrop. ichthyol;12(4):903-911, Oct-Dec/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The fish species Synbranchus marmoratus has been reported to exist as a species complex due to high intraspecific karyotypic variability in spite of the difficulty or impossibility to distinguish them using morphological traits alone. The goal of this work was to use cytogenetic and molecular methods to determine the species delimitations and understand the karyoevolution of S. marmoratus using samples collected from distinct Brazilian localities. Among the analyzed specimens, a large degree of cytogenetic variation related to diploid numbers and karyotype structure was observed, with karyotypes showing 2n=42, 44 and 46 chromosomes. In addition, using sequences of three mitochondrial genes, the phylogenetic relationships between every sample with a known karyotype were determined, which revealed significant nucleotide divergence among the karyomorphs. Also, the analyses indicate that chromosomal rearrangements occurred independently within the distinct lineages of S. marmoratus complex, which resulted in the appearance of distinct karyotypic variants in a non-linear fashion related to diploid numbers and in the appearance of similar non-homologous chromosomes. Finally, the integration of both molecular cytogenetic and phylogenetic approaches allowed the determination of specific chromosomes possibly involved in rearrangements and a better understanding about the evolutionary processes involved in the differentiation of Synbranchus genus.

A espécie de peixe Synbranchus marmoratus tem sido reportada como um complexo de espécies devido à elevada variabilidade cariotípica intraespecífica a despeito da dificuldade ou impossibilidade de distingui-las usando apenas caracteres morfológicos. O objetivo deste trabalho foi utilizar métodos citogenéticos e moleculares para determinar a delimitação das espécies e compreender a carioevolução de S. marmoratus utilizando amostras coletadas em distintas localidades brasileiras. Dentre os espécimes analisados, um alto grau de variação citogenética relativo aos números diploides e estrutura cariotípica foi observado, com cariótipos mostrando 2n=42, 44 e 46 cromossomos. Adicionalmente, utilizando sequências de três genes mitocondriais, as relações filogenéticas entre cada amostra com cariótipo conhecido foram determinadas, revelando uma divergência nucleotídica significativa entre os cariomorfos. Além disso, as análises indicam que rearranjos cromossômicos ocorreram independentemente nas distintas linhagens do complexo S. marmoratus, o que resultou no aparecimento de distintas variantes cariotípicas de forma não linear em relação aos números diploides e no surgimento de cromossomos similares e não homólogos. Finalmente, a integração de uma abordagem citogenética molecular e filogenética permitiu a determinação de cromossomos específicos que, possivelmente, estão envolvidos em rearranjos e um melhor entendimento sobre os processos evolutivos envolvidos na diferenciação do gênero Synbranchus.
Descritores: Análise Citogenética/veterinária
Filogenia
Peixes/genética
Transferência Genética Horizontal/genética
-Especificidade da Espécie
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-716093
Autor: Silva, Miriam Lopes da.
Título: Detecção e caracterização de elementos conjugativos integrativos em bactérias isoladas de amostras ambientais / Detection and characterization of integrative conjugative elements in bacteria isolated from environmental samples.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. 172 p. graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Pratica de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O reconhecimento da resistência antimicrobiana como um fenômeno emergente em saúde pública, tem constituído um problema em nível mundial. O abuso na utilização de antibióticos na medicina humana e veterinária, e na agricultura, tem originado incremento na diversidade de micro-organismos resistentes, refletindo em falha terapêutica. Os mecanismos de resistência a antibióticos em micro-organismos são mediados principalmente por genes adquiridos de DNA exógeno. A dinâmica da transferência horizontal é realizada por meio de elementos genéticos móveis que carregam genes de resistência. A ampla distribuição deste tipo de estruturas, como o elemento SXT, isolado inicialmente em V. cholerae, tem contribuído para a disseminação de complexos específicos clonais em determinadas áreas geográficas. Este estudo pioneiro no Brasil pesquisou a presença de elementos SXT, em espécies bacterianas do grupo das gama proteobactérias em espécies ambientais, determinou suas características estruturais e funcionais, incluindo genes de resistência a antibióticos, bem como a sensibilidade aos antibióticos dentre os isolados bacterianos que os abrigam. O resultado foi a classificação de 43 elementos SXT obtidos no Brasil, através da comparação com aqueles descritos na literatura. Dentre os elementos SXT obtidos, quatro são albergados por Morganella morganii, fato inédito na literatura. O conhecimento da evolução bacteriana constitui importante ferramenta para estabelecer estratégias eficazes de controle e tratamento de infecções, sem aumentar a pressão seletiva sobre os micro-organismos, bem como instrumento preciso e de grande importância para subsidiar estudos epidemiológicos.

Recognition of antimicrobial resistance as an emerging phenomenon in public health has been a problem worldwide. The abuse in the use of antibiotics in human and veterinary medicine, and agriculture, has caused an increase in the diversity of resistant microorganisms, reflecting in treatment failure. The mechanisms of antibiotic resistance in microorganisms are primarily mediated by genes acquired from exogenous DNA. The dynamics of the horizontal transfer is performed by mobile genetic elements which carry resistance genes. The wide distribution of these structures, such as the SXT element originally isolated from V. cholerae, has contributed to the spread of specific clonal complexes in certain geographical areas. This pioneering study in Brazil researched the presence of SXT elements in the group of bacterial species in environmental gamma-proteobacteria species, determined their structural and functional characteristics, including genes for resistance to antibiotics and the antibiotic susceptibility among bacterial isolates that harbor them. The result was the classification of 43 SXT elements found in Brazil, by comparison with those found in the literature. Among the SXT elements found, four are sheltered by Morganella morganii, unprecedented in the literature. Knowledge of bacterial evolution is an important to establish effective strategies to control and treat infections without increasing the selective pressure on microorganisms, as well as a precise instrument and very important tool to support epidemiological studies.
Descritores: DNA Bacteriano
Meio Ambiente
Gammaproteobacteria
Genoma Bacteriano
Resistência Microbiana a Medicamentos/genética
Transferência Genética Horizontal/genética
-Adaptação Biológica
Componentes Genômicos
Biologia Molecular
Saúde Pública
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; DR, 1165. CM. 55061/2014


  10 / 27 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-713217
Autor: Dropa, Milena.
Título: Disseminação da resistência a antimicrobianos em cepas clínicas e ambientais de Enterobacteriaceae: identificação e mapeamento do ambiente genético de Genes Codificadores de ESBL / Spread of antimicrobial resistance in Enterobacterizceae clinical and environmental strains identification and genetic environment mapping of ESBL Encoding Genes.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 120 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução. A resistência bacteriana é facilitada pela pressão seletiva do uso de antimicrobianos na clínica e em outras atividades, como a agricultura e pecuária, além de poder ser disseminada para a natureza por meio do lançamento inadequado do esgoto ou pela aplicação do lodo de esgoto na agricultura. As beta-lactamases de espectro estendido (ESBL) são uma das formas mais prevalentes de resistência em Gram negativo no mundo, e seus genes codificadores são disseminados por meio de diversos elementos genéticos, principalmente transposons e integrons mobilizados para plasmídios. Objetivo. Identificar e caracterizar genes codificadores de ESBL, bem como suas prováveis formas de mobilização, em enterobactérias isoladas de fontes ambientais e clínicas. Material e métodos. Quarenta e cinco cepas isoladas de um hospital público em 2004 e 2005, responsáveis por infecções hospitalares (14), infecções comunitárias (7) e colonizações (24), e 7 isoladas de estações de tratamento de esgoto (ETE) em 2009, em São Paulo, geneticamente distintas e produtoras de ESBL da família Enterobacteriaceae, foram estudadas. A técnica de PCR seguida de seqüenciamento foi utilizada para a identificação dos genes blaESBL, triagem de elementos móveis e mapeamento do ambiente genético blaESBL. A identificação dos grupos de incompatibilidade plasmidial (Inc) foi realizada pela técnica de PBRT, e a determinação dos tamanhos dos plasmídios pela técnica S1-PFGE. Os genes blaESBL identificados foram: amostras clínicas - blaTEM-15, blaTEM-197, blaSHV-5, blaSHV-12, blaSHV-27, blaSHV-28, blaSHV-45, blaSHV-55, blaSHV-110, blaCTX-M-2, blaCTX-M-59, blaCTX-M-131; amostras ambientais - blaSHV28, blaCTX-M-15, bla-CTX-M-8. Os genes blaTEM-15 e blaTEM-197 estavam associados aos elementos Tn2* e Tn3, respectivamente. Os genes blaSHV-5, e blaSHV-12 estavam associados à IS26, e não foi possível determinar o ambiente genético dos demais genes blaSHV.Os genes blaCTX-M-2, blaCTX-M-59 e blaCTX-M-131 estavam inseridos em integrons de classe 1 complexos, blaCTX-M-15 estava associado à ISEcpl interrompida pela IS26, e blaCTX-M-8 estava associado à IS10, também interrompida pela IS26. Os principais grupos Inc detectados foram IncA/C (trinta e sete por cento) e IncF (trinta vírgula quatro por cento). Exceto por 7 cepas clínicas, todas apresentavam plasmídios de alto peso molecular, entre 48,5kb e 388kb. Conclusões. Este estudo detectou 15 genes blaESBL diferentes, dos quais dois são genes novos.
Descritores: Resistência beta-Lactâmica
beta-Lactamases
Farmacorresistência Bacteriana
Resistência Microbiana a Medicamentos
Transferência Genética Horizontal
Bactérias Gram-Negativas
Bactérias Gram-Positivas
Integrons
Transplante
-Assistência à Saúde
Meio Ambiente
Infecções
Mutação
Recombinação Genética
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; DR, 1122. CM. 54364/2013



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde