Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 35 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 35 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Texto completo
Id: lil-631780
Autor: Di Bernardo, María L; Castro, Aribert M; Maldonado, María T; Rondón, Carlos E; Yánez, Carlos A; García, María Y; Alarcón, Oscar M; Máximo, Jerez; Carreño, Maribel.
Título: Estudio de niveles séricos de cobre y zinc y su posible rol como indicadores de dismenorrea primaria / Study of serum levels of copper and zinc and its possible roll like indicators of primary dysmenorrheal
Fonte: Rev. Inst. Nac. Hig;41(2):27-36, dic. 2010. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: En este trabajo se ha determinado el contenido de cobre y zinc en suero sanguíneo de 39 mujeres con edades comprendidas entre 17 y 21 años de edad, n = 25 con dismenorrea primaria diagnosticada clínicamente y n = 14 grupo control con diagnóstico negativo para la patología estudia-da. Las muestras de suero sanguíneo se obtuvieron antes (a) y durante (d) la menstruación. Fueron analizadas por Espectroscopia de Absorción Atómica con inyección en flujo continuo (EAA-IFC). Las concentraciones obtenidas fueron de 1,56 ± 0,43 mgL-1 de cobre y 1,28 ± 0,34 mgL-1 de zinc antes de la menstruación y 1,06 ± 0,23 mgL-1 de co bre y 1,21 ±0,4 mgL-1 de zinc durante la menstruación, para el grupo control y 1,64 ± 0,52 mgL-1 de cobre y 1,88 ± 0,61 mgL-1 de zinc antes de la menstruación y 1,21 ± 0,34 mgL-1 de cobre y 0,94 ± 0,27 mgL-1 de zinc durante la mens ruaciónt en el grupo estudio. Los elementos determinados en ambos grupos antes del periodo menstrual, no observaron diferencias significativas con p= 0,63 y 0,16 para cobre y zinc, respectivamente. Sin embargo, durante la menstruación, fue evidente una diferencia con p < 0,005. Este resultado nos hace presumir, que el aumento brusco de los niveles séricos de cobre se deba probablemente por la alteración de las prostaglandinas, siendo este bioelemento uno de los responsables de las molestias que se presentan en esta patología y otros efectos secundarios motivados por el descenso brusco del zinc. La relación cobre/zinc se calculo en ambos grupos, con valores de 1,47 y 1,06 antes y durante, respectivamente para el grupo control y para el grupo bajo estudio 1,36 y 1,97 antes y durante, respectivamente.

In this work has determined the copper content and zinc in sanguineous serum of women with primary dysmenorrheal diagnosed clinically and a group of women control with I diagnose negative for the studied pathology. The samples of sanguineous serum taken before (a) and during (d) the second day of the menstruation come from 39 women in ages between 17 and 21 years of age, n = 14 controls and n = 25 women with primary dysmenorrheal. They were processed by Spectroscopy of Atomic Absorption with injection in con-tinuous flow (EAA-IFC). The concentrations obtained of 1.56± 0.43 mgL-1 of copper and 1.28± 0.34 mgL-1 of zinc before menstruation and 1.06 ±0.23 mgL-1 of copper and 1.21 ±0.4 mgL-1 of zinc during the menstruation (second day), for the group control and 1.64 ±0.52 mgL-1 of copper and 1.88 ±0.61 mgL-1 of zinc before menstruation and 1.21± 0.34 mgL-1 of copper and 0.94± 0.27 mgL-1 of zinc during the menstruation in the group study. In relation to the serum levels it initiates to them in both groups were not significant differences (p = 0.63). The zinc, observe he himself behavior, between both groups before the menstruation was not observed significant differences with p = 0.16, nevertheless, during the menstruation I throw p = 0.0033. This result evi-dence that indeed the copper is affected by the alteration of the prostaglandins, being probably one of the people in charge of the annoyances that appear in this pa hologyt and other indirect effect motivated by the abrupt reduction of the zinc, such as alteration in the synthesis and excretion of the hormone stimulating follicle (FSH), of the luteinizante hormone (LH), abnormal development of the ovary, alterations of the menstrual cycle. The copper/zinc re ationl I calculate both groups, with values of 1.47 and 1,06 before and during res pectively for the group control and the group under study 1,36 and 1.97 before and during respectively.
Descritores: Zinco/sangue
Cobre/toxicidade
Dismenorreia/metabolismo
Fenômenos Fisiológicos
-Saúde Pública
Ciclo Menstrual/fisiologia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: VE9.1 - Biblioteca


  2 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1009359
Autor: Castro Ramírez, Francisco.
Título: El microbioma humano y la patología asociada / The human microbiome and the associated pathology
Fonte: Med. interna (Caracas);32(3):222-226, 2016.
Idioma: es.
Descritores: Bactérias/patogenicidade
Linfócitos T
Microbiota
-Fenômenos Fisiológicos
Homeostase
Medicina Interna
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  3 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789690
Autor: Tenório, Elizabeth Aparecida Martins; Mota, Gecele Camargo; Gutierres, Sandro Brandão; Ferreira, Elis Regina da Silva; Medeiros, Arthur de Almeida; Tavares, Carlos Alberto Eloy; Merey, Leila Simone Foerster; Palhares, Durval Batista.
Título: Avaliação dos parâmetros fisiológicos em recém nascidos pré-termos de baixo peso antes e após a aplicação do método mãe-canguru / Evaluation of physiological parameters in preterm newborns with low weight before and after application of the kangaroo mother care
Fonte: Fisioter. Bras;11(1):44-48, jan.-fev. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: O método mãe canguru foi criado em 1978 pormédicos colombianos, como resposta à alta taxa de mortalidade entreos recém-nascidos prematuros, e no Brasil foi adotado como um tipode assistência neonatal em 2007, após aprovação do Ministério daSaúde. Objetivo: Avaliar as respostas fi siológicas em recém-nascidospré-termos (RNPT) de baixo peso submetidos à aplicação do métodomãe canguru. Métodos: Foram avaliados 24 RNPT, estáveis, comidade gestacional entre 24 e 37 semanas, peso inferior a 2.500 g, semcomplicações neurológicas, respiratórias, cardíacas e malformaçõescongênitas. Os bebês foram submetidos ao método 60 minutos apósadministração da dieta e as avaliações foram realizadas antes e 30minutos após a intervenção, durante 3 dias consecutivos. As variáveisestudadas foram frequência cardíaca e respiratória, saturaçãoperiférica de oxigênio, temperatura corporal, pressão arterial média epeso. Resultados: Observou-se diferenças signifi cativas na frequênciarespiratória (p = 0,01), saturação periférica de oxigênio (p < 0,001),temperatura corporal (p = 0,02) e pressão arterial média (p = 0,01).Enquanto a frequência cardíaca (p = 0,13) e peso (p = 0,55), nãoapresentaram diferenças signifi cativas. Conclusão: A aplicação dométodo promoveu aos RNPT redução na frequência respiratória epressão arterial média, aumento da saturação de oxigênio, e normalizaçãoda temperatura corporal, enquanto as demais variáveis nãosofreram alterações signifi cativas...

The kangaroo mother care was created in 1978 byColombian physicians in response to the high mortality rate amongpremature infants, and Brazil has adopted this method as a kind ofneonatal care in 2007, after approval by the Health Ministry Objective:To evaluate the physiological responses in preterm underweightinfant who underwent the kangaroo mother care method. Methods:We studied 24 preterm infants who were stable, with gestationalage between 24 and 37 weeks, weighing less than 2,500 g, withoutneurological complications, or respiratory, cardiac and congenitalmalformations. Th e babies were subjected to the method 60 minutesafter administration of diet and assessments were performedbefore and 30 minutes after the intervention, for 3 consecutive days.Th e variables studied were heart rate and respiratory rate, oxygensaturation, body temperature, mean arterial pressure and weight.Results: Th ere were signifi cant diff erences in respiratory rate (p =0.01), peripheral oxygen saturation (p < 0.001), body temperature(p = 0.02) and mean arterial pressure (p = 0.01). While the heartrate (p = 0.13) and weight (p = 0.55), have no signifi cant diff erences.Conclusion: Th e method promoted the PN decreased respirationrate and mean arterial pressure, increased oxygen saturation, andnormalization of body temperature, while the other variables didnot change signifi cantly...
Descritores: Método Canguru
Recém-Nascido Prematuro
Fenômenos Fisiológicos
Recém-Nascido
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  4 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977439
Autor: Massini, Danilo Alexandre; Caritá, Renato Aparecido; Siqueira, Leandro Oliveira da Cruz; Simionato, Astor Reis; Denadai, Benedito Sérgio; Pessôa Filho, Dalton Muller.
Título: Assessment of critical velocity in track and treadmill: physiological profiles and relationship with 3000-meter performance / Avaliação da velocidade crítica de corrida em pista e esteira: perfis fisiológicos e relações com o desempenho em 3000 metros
Fonte: Rev. bras. cineantropom. desempenho hum;20(5):432-444, Sept.-Oct. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The present study aiming to verify the interference of different conditions (treadmill vs. track) on critical velocity (CV) values, as well as on the correlation to the 3000-meter performance (v3000m), and thus infer about the specificity of each values as training parameter for this distance. Seven runners (15.3±1.4 years) were submitted to a maximal progressive test (1.0 km×h-1 increments per minute until exhaustion) to assess V̇O2max and maximal aerobic velocity (vV̇O2max). Subsequently, CV was estimated from three running performances at each test condition, with exercise intensities adjusted for different time limits (tLim) at 900, 2100 and 3300 meters in track or at 90, 95 and 115% of vV̇O2max in treadmill. From linear adjustments, using stepwise method, CV was assessed on treadmill (CVTREADMILL) and track (CVTRACK), and both compared by the Mann-Whitney test. The sample-adjusted dispersion coefficient (R2adj) analyzed the variance of v3000m with CVTRACK, CVTREADMILL and vV̇O2max. In all analyses, significance was set at P≤0.05. In progressive test, V̇O2max reached 54.2±5.2 mLO2×kg-1×min-1 and vV̇O2max reached 16.8±1.9 km×h-1. No differences were observed between CVTREADMILL and CVTRACK (14.0±1.8 vs. 12.3±3.2 km×h-1, P=0.46). Correlations were observed for v3000m with CVTREADMILL (R2adj ~0.94), CVTRACK (R2adj ~0.99) and vV̇O2max (R2adj ~0.90), all showing P=0.001. It could be concluded that no influence was observe on the ability to achieve identical CV values from different assessment conditions. The correlation to the v3000 meters suggested better specificity of CVTRACK than CVTREADMILL for training prescription and performance control.

O presente estudo averiguou se as diferenças nas circunstâncias (esteira vs. pista) de avaliação da velocidade crítica (VC) interferem no valor e na relação com a desempenho em 3000 metros (v3000m) e, assim, indicar a especificidade de cada valor como parâmetro de treinamento para esta distância. Sete corredores (15,3±1,4 anos) submeteram-se a um teste progressivo máximo (incrementos de 1,0 km×h-1×min-1, até a exaustão) para avaliação do V̇O2max e velocidade aeróbia máxima (vV̇O2max). A seguir, a VC foi estimada a partir do desempenho de corrida em três diferentes intensidades do exercício, em cada ambiente de avaliação, registrando-se o tempo-limite (tLim) nas distâncias de 900, 2100 e 3300 metros na pista, e à 90, 95 e 115% vV̇O2max em esteira. Ajustes lineares, pelo método "stepwise", forneceram os parâmetros VC em esteira (VCESTEIRA) e pista (VCPISTA), que foram comparados pelo teste de Mann-Whitney. O coeficiente de dispersão ajustado à amostra (R2aj) averiguou a variância de v3000m com VCPISTA, VCESTEIRA e vV̇O2max. Em todas as análises adotou-se .≤0,05. No teste progressivo, o V̇O2max atingiu 54,2±5,2 mLO2∙kg-1∙min-1 e a vV̇O2max foi 16,8±1,9 km×h-1. Não se observaram diferenças entre VCESTEIRA e VCPISTA (14,0±1,8 vs. 12,3±3,2 km∙h-1, P=0,46). Houveram correlações entre v3000m com VCESTEIRA (R2aj ~0,94), VCPISTA (R2aj~0,99) e vV̇O2max (R2aj ~0,90), todas com P=0,001. Conclui-se que o contexto de avaliação não interfere na consistência do valor de VC. Porém, quanto à relação com v3000 metros, a VCPISTA apresenta melhor especificidade, tornando-a mais autêntica que VCESTEIRA para a prescrição do treino e monitoramento do desempenho.
Descritores: Atletismo
Desempenho Atlético
Fenômenos Fisiológicos
-Tolerância ao Exercício
Teste de Esforço
Limites: Seres Humanos
Adolescente
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  5 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-887871
Autor: Couto, Marcia Valeria Silva do; Medeiros Junior, Elias Fernandes de; Silveira, Cleoni Virginio da; Sousa, Natalino da Costa.
Título: Alterações leucocitárias ocasionadas pelo estresse toxicológico agudo do óleo diesel em juvenis de tilápia-do-nilo / Change in leukocyte by acute toxicological stress of diesel oil in juveniles of Nile tilapia
Fonte: Arq. Inst. Biol;84:e0992016, 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o estresse e as alterações no leucograma dos juvenis de Oreochromis niloticus submetidos à toxicidade aguda do óleo diesel. A toxicidade foi avaliada em um delineamento inteiramente casualizado com cinco diluições (20, 25, 30, 35 e 40%) e um controle, ambos com três repetições. Para a avaliação dos níveis glicêmicos e alteração no leucograma, foi retirado sangue por punção caudal dos peixes moribundos. Dessa forma, conclui-se que o óleo diesel pode apresentar riscos ao ecossistema aquático, provocando toxicidade aos organismos aquáticos e alterações fisiológicas.(AU)

This study aimed to evaluate the stress and changes in white blood cell count of juveniles Oreochromis niloticus subjected to acute toxicity of diesel oil. The toxicity was evaluated in a completely randomized design with five dilutions (20, 25, 30, 35 and 40%) and one control, both with three replicates. For the assessment of blood glucose levels and changes in white blood cell count, blood was drawn by caudal puncture of the dying fish. It was concluded that diesel oil can present risks to aquatic ecosystem, causing toxicity and physiological changes to fish.(AU)
Descritores: Envenenamento/sangue
Óleos Combustíveis
Ciclídeos
Contagem de Leucócitos/veterinária
-Substâncias Perigosas
Fenômenos Fisiológicos
Limites: Animais
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  6 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-912377
Autor: Silva, Luciana Alves da; Blamires, Daniel.
Título: Padrão de ocorrência e abundância relativa da andorinha-doméstica-grande, Progne chalybea (Gmelin, 1789) (Passeriformes: hirundinidae), no campus da Universidade Estadual de Goiás, Iporá, Brasil / Pattern of occurrence and relative abundance of the Great Swallow, Progne chalybea (Gmelin, 1789) (Passeriformes: hirundinidae), on the campus of the State University of Goiás, Iporá, Brazil
Fonte: Biosci. j. (Online);28(1):107-113, jan./feb. 2012. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Atualmente existem poucos estudos no Brasil com espécies migratórias, tais como a andorinhadoméstica-grande Progne chalybea. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar padrões populacionais de ocorrência e abundância desta espécie no Campus da UEG de Iporá, no centro-oeste goiano, a partir de uma análise de significância entre três distintos turnos diários de amostragem, e da comparação da abundância relativa obtida com a precipitação mensal do município. A abundância relativa, medida pelo número de registros com os espécimes, foi amostrada em três turnos mensais de aproximadamente 20min ao amanhecer, ao meio-dia e ao anoitecer, respectivamente, entre agosto de 2008 a julho de 2009, sendo a pluviosidade média mensal de Iporá proveniente da literatura. A comparação da abundância relativa entre os turnos não demonstrou diferenças significativas (H2, 36= 4,303, p> 0,10), demonstrando a presença de uma agregação permanente no Campus, devido provavelmente a maior oferta de recursos alimentares e acentuado risco de predação na área de estudo, respectivamente. A correlação entre a abundância relativa e a precipitação média mensal não evidenciou uma flutuação sazonal significativa no número de indivíduos (rs= 0,07, p> 0,20, N= 12), demonstrando assim que, ao invés de migrarem, a agregação permanece no Campus durante todos os meses estudados. Este estudo demonstrouse importante para elucidar aspectos da estrutura populacional de Progne chalybea numa localidade do centro-oeste goiano.

Few studies were developed in Brazil with migratory species as Grey-Breasted-Martin Progne chalybea. The aim of this work was evaluate population patterns of occurrence and relative abundance to this species in the Campus of State University of Goiás in Iporá, Midwest of Goiás, according to significant analysis between three distinct sample turns, and comparison of obtained abundance with municipality monthly precipitation. The relative abundance, as measured by the number of records with the specimens, was sampled monthly in three turns of approximately 20 minutes at dawn, noon and evening, respectively, from August 2008 to July 2009, with average monthly rainfall Iporá were from the literature. The comparison of the relative abundance between turns showed no significant differences (H2, 36 = 4.303, p> 0.10), demonstrating the presence of a permanent campus aggregation, probably due to greater availability of food resources and predation risk in the study area, respectively.. The correlation between relative abundance and average monthly rainfall did not show a significant seasonal fluctuation in the number of individuals (rs = 0.07, p> 0.20, N = 12), demonstrating that, rather than migrate, aggregation remains in Campus during all the months studied. This study has shown to be important to elucidate aspects of population structure of Progne chalybea in a Midwest town of Goiás State.
Descritores: Fenômenos Biológicos
Migração Animal
Andorinhas
Fenômenos Fisiológicos
Responsável: BR396.4


  7 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-879683
Autor: Pereira, Thuanny Lucia; Corassa, Anderson; Polizel Neto, Angelo; Komiyama, Claudia Marie; Leite, Rafaeli Gonçalves.
Título: Manejo pré-abate, parâmetros fisiológicos do estresse e seus efeitos na qualidade da carne suína: revisão / Pre-slaughter management, physiological parameters of stress and its effects on pork quality: review / Manejo pre matanza, parámetros fisiológicos del estrés y sus efectos sobre la calidad de la carne de cerdo: revisión
Fonte: Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR;20(2):101-108, jan-mar. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: As atividades que antecedem o abate exigem um padrão e ainda algumas mudanças que priorizem em particular o bem-estar do animal. Dessa forma, o bem-estar na espécie suína assume grande importância quando se observa o manejo da granja ao frigorífico correlacionando com a atuação de fatores estressores que implicam em perdas tanto aos produtores quanto à indústria frigorífica. As falhas no manejo pré-abate podem resultar em carcaças com desvios, como carne pálida, flácida e exsudativa (PSE) e carne escura, firme e seca (DFD). Para assegurar o bem-estar e obter carne suína de qualidade é necessário que o manejo pré-abate seja realizado de forma adequada considerando as características comportamentais e fisiológicas dos animais, que se trata do ajuste com o ambiente e com os indivíduos, estabelecendo uma harmonia entre homem e animal. Em função do que foi relatado, objetivou-se revisar os fatores que interferem no manejo pré-abate de suínos e suas influências sobre os indicadores de estresse e qualidade da carne. O manejo pré-abate deve ser estabelecido conforme padrões conhecidos, no entanto, existe a necessidade de rever cada procedimento e estabelecer estudos regionais que envolvam todos os procedimentos, desde o embarque até o período de espera dos suínos na indústria frigorífica.(AU)

The activities that take place before slaughtering require a standard and also a few changes prioritizing the animal's welfare. Thus, the wellness of pigs is very important when analyzing their handling from the farm to the slaughterhouse, correlated with the stressing factors that imply in losses to both the producers and the meat industry. Flaws in the pre-slaughter management can result in carcasses presenting deviations, such as pale, limp and exudative (PSE) meat, and dark, firm and dry (DFD) meat. In order to ensure the well-being and obtain a quality pork meat, the pre-slaughter management must be appropriately carried out, considering the behavioral and physiological characteristics of the animals. Such characteristics are related to both the environment and the individuals, establishing harmony between humans and animals. Therefore, this paper aimed to review the factors interfering in the pre-slaughter management of pigs and their influence on stress indicators and meat quality. The pre-slaughter management must follow known standards; however, each procedure must be reviewed, developing regional studies involving all procedures, from shipping to the waiting period of the animals at the slaughterhouses.(AU)

Las actividades que anteceden la matanza exigen un estándar y aún algunos cambios que prioricen en particular el bienestar del animal. Así, el bienestar en la especie porcina es de gran importancia cuando se observa el manejo de la granja al matadero, correlacionando con la actuación de factores de estrés que implican en pérdidas tanto a los productores como a la industria frigorífica. Las fallas en el manejo pre matanza pueden resultar en caparazones con desvíos, como carne pálida, flácida y exudativa (PSE), y carne oscura, firme y seca (DFD). Para asegurar el bienestar y obtener carne porcina de calidad es necesario que el manejo pre matanza sea realizado de forma adecuada, considerando las características comportamentales y fisiológicas de los animales, pues se trata del ajuste con el ambiente y con los individuos, estableciendo armonía entre hombre y animal. De acuerdo a lo informado, se ha buscado revisar los factores que interfieren en el manejo pre matanza de porcinos y sus influencias sobre los indicadores de estrés y calidad de la carne. El manejo pre matanza debe ser establecido conforme estándares conocidos, sin embargo, existe la necesidad de revisar cada procedimiento y establecer estudios regionales que involucran todos los procedimientos, desde el embarque hasta el periodo de espera de los porcinos en el matadero.(AU)
Descritores: Bem-Estar do Animal
Carne/análise
Fenômenos Fisiológicos
-Abate de Animais
Estresse Fisiológico
Limites: Animais
Responsável: BR1532.9 - CEDIC - Coordenadoria de Editoração e Divulgação Científica


  8 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-797995
Autor: Vannucchi, Camila I; Lúcio, Cristina F; Regazzi, Fernanda M; Angrimani, Daniel S. R; Brito, Maíra M; Abreu, Renata A.
Título: Perfil de proteínas plasmáticas em cadelas gestantes e não gestantes / Plasmatic protein profile of pregnant and non-pregnant bitches
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;36(8):781-786, Aug. 2016. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo das interações orgânicas da gestação e as mudanças fisiológicas que estão ocorrendo nesta fase são de extrema importância para a avaliação clínica da fêmea gestante ou para estabelecer o diagnóstico de processos patológicos em andamento. O objetivo do presente estudo foi comparar o perfil das diversas proteínas sanguíneas (frações protéicas do soro - albumina, a1, a2, b, g globulinas e proteína total) durante o período gestacional e no diestro em cadelas. Foram utilizadas 40 fêmeas caninas da raça Dogue Alemão, em idade variando entre 2 a 7 anos, clinicamente saudáveis. Os animais foram separados em dois grupos, denominados Grupo não gestante (NG) e Grupo gestante (G), constituídos por 20 fêmeas em diestro e 20 fêmeas gestantes, respectivamente. Preconizou-se colheita de sangue semanalmente de cada animal durante 9 semanas. Nas fêmeas do grupo NG, as amostras foram colhidas a partir do início do diestro, até a detecção do início do anestro; no grupo G, as amostras foram colhidas do início do diestro até o momento da parição. A partir do soro sanguíneo, foram determinadas as concentrações de proteína total, albumina, a1, a2, b e g globulinas. Não houve diferença significativa quanto aos resultados de proteína sérica total entre a 1ª e 6ª semanas de gestação e diestro, havendo decréscimo gradual em ambos grupos. Já ao final da gestação (entre a 7ª e 9ª semanas), houve acréscimo significativo dos valores de proteína total, sugerindo ação anabólica. Os níveis de albumina sofreram queda da 1ª a 9ª semana, tanto no grupo gestante, como não-gestante, com diferença estatística entre os dois grupos na 7ª, 8ª e 9ª semanas. As concentrações de α1 globulina nas fêmeas gestantes sofreram acréscimo significativo a partir da 2ª semana, contudo, diferença estatística entre os grupos NG e G ocorreu somente na 8ª e 9ª semanas, coincidindo com a fase de preparação à parição. Houve aumento no perfil de α2 globulina entre a 2ª e 3ª semanas de gestação, porém tais valores não diferiram das fêmeas em diestro. Diferença significativa de α2 globulina foi observada apenas durante a 4ª, 5ª, 6ª, 8ª e 9ª semanas entre os dois grupos avaliados. As concentrações séricas de ß globulina nas cadelas não-gestantes foi superior às das fêmeas gestantes durante a 2ª, 4ª e 7ª semanas. Durante o primeiro terço da gestação (1ª a 3ª semana), foi observado queda dos valores de γ globulina, coincidente ao período pré implantacional e durante a formação dos sítios de implantação. Entre a 8ª e 9ª semanas de gestação, houve acréscimo significativo de γ globulina, possivelmente conseqüente ao aumento da produção de imunoglobulinas direcionadas à glândula mamária, como constituinte do colostro. Em conclusão, as proteínas alteram-se de forma evidente durante o período de gestação. Foi possível inferir diferenças nas funções biológicas das proteínas sanguíneas em cadelas gestantes e não gestantes. As proteínas determinadas estão envolvidas com o estímulo inflamatório durante a gestação, além dos mecanismos de regulação hormonal e preparação do organismo materno à lactação.(AU)

The study of the organic interaction and physiological adaptations during pregnancy is of utmost importance for clinical evaluation and diagnosis of pathological conditions of pregnant bitches. The aim of the present study was to compare the serum protein profile (total protein, albumin, a1, a2, b and g globulin) of pregnant and diestrous bitches. For this purpose, 40 healthy 2 to7-year-old Great Dane bitches were used. The bitches were allocated in two experimental groups: Non-pregnant group (NP; n=20) and pregnant group (P; n=20). From each female, blood was drawn weekly during 9 weeks, from the diestrous onset until the beginning of anestrus or parturition, respectively from NP and P groups. The concentration of total protein, albumin and a1, a2, b and g globulins were determined from serum samples. No statistical difference was found for total protein between 1st and 6th weeks of pregnancy or diestrus. In both groups, there was a progressive decline in total protein concentration. At the end of pregnancy (7th to 9th week), a significant increase in total protein was verified, suggesting an anabolic process. Albumin concentration decreased between the 1st and 9th week in both groups, however, more markedly in the P group (with significant difference between groups at 7th, 8th and 9th week). The levels of α1 globulin in pregnant bitches increased significantly from the 2nd week on. Statistical difference was observed between groups only at the 8th and 9th week, during which a preparatory phase for parturition occurs. A significant rise in α2 globulin was shown between the 2nd and 3rd week of gestation, however without difference from the NP group. There was significant difference for α2 globulin between groups at the 4th, 5th, 6th, 8th and 9th week. Serum concentration of b globulin in diestrous bitches was superior than pregnant bitches at the 2nd, 4th and 7th week. During early gestation (1st to 3rd week) there was a decrease in g globulin, simultaneously to the preimplantation period and formation of implantation sites. An increase in g globulin was shown between the 8th and 9th week in pregnant bitches, possibly due to the increase in immunoglobulin synthesis targeting the mammary gland to form the colostrum. In conclusion, markedly changes in protein profile occur during gestation. It was possible to state different biological function of blood proteins in pregnant and diestrous bitches. The determined proteins are enrolled in the inflammatory stimulus during gestation, as well as in the hormonal regulatory mechanisms and maternal preparatory process to lactation.(AU)
Descritores: Albuminas/análise
Proteínas Sanguíneas/análise
Diestro
Globulinas/análise
Gravidez/fisiologia
-Fenômenos Fisiológicos
Limites: Animais
Feminino
Gravidez
Cães
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 35 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Vicente, W. R. R
Texto completo
Texto completo
Id: lil-792464
Autor: Fernandez, S; Feliciano, M. A. R; Crivellenti, S. B; Crivellenti, L. Z; Simões, A. P. R; Maronezi, M. C; Uscategui, R. R; Capela, C. R; Gilor, C; Santana, A. E; Vicente, W. R. R.
Título: B-mode and Doppler ultrasonography of adrenal glands of healthy dogs / Ultrassonografia modo B e Doppler das glândulas adrenais de cães saudáveis
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;68(4):907-912, jul.-ago. 2016. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: The aim of this study was to determine the vascular indices of adrenal blood flow in healthy dogs (systolic velocity - SV; diastolic velocity - DV; resistance index - RI). Eighteen dogs (thirty six adrenal) were studied. Physical examination, biochemical profile and dexamethasone suppression test were performed to determine general health status. Echotexture, size, contours and margins, and overall shape of the adrenal gland (right and left) were assessed via ultrasound. By spectral Doppler of the phrenic-abdominal artery, the SV, DV, and RI were acquired. Animals did not show alterations in clinical and laboratory examination and suppression of cortisol. Normal homogeneous and echotexture, regular contours and margins and normal shape and size were verified via B mode. Spectral Doppler of the phrenic-abdominal artery showed monophasic-patterned waves and low vascular resistance and systolic peak evident with means values: left adrenal - SV = 31.34cm/s, DV = 9.54cm/s and RI = 0.69; and right adrenal - SV = 27.83cm/s, DV = 7.71cm/s and RI = 0.68. Doppler evaluation of adrenal was easily implemented and may provide base line data in the study, allowing for the use of this technique as a diagnostic tool for diseases of the dog's adrenal.(AU)

Objetivou-se determinar os índices vasculares do fluxo sanguíneo das glândulas adrenais de cães saudáveis (velocidade sistólica - VS; velocidade diastólica - VD; o índice de resistência - IR). Foram utilizados neste estudo 18 cães (36 adrenais). Foram realizados exame físico, perfil bioquímico e teste de supressão com dexametasona para determinar o estado geral de saúde (higidez). Ecotextura, ecogenicidade, tamanho, contornos e margens e o formato das glândulas adrenais (direito e esquerdo) foram avaliados por meio da ultrassonografia convencional. Ao Doppler espectral da artéria frênico-abdominal, foram adquiridos a VS, a VD e o IR. Os animais não apresentaram alterações aos exames clínico, laboratorial e de supressão do cortisol. Ao exame ultrassonográfico, foram verificados ecotextura homogênea, ecogenicidade, formato e tamanhos normais, além de os contornos e as margens serem regulares. Ao Doppler espectral da artéria frênico-abdominal, verificaram-se ondas com padrão monofásico, com resistência vascular baixa e pico sistólico evidente, sendo os valores médios: adrenal esquerda - VS = 31,34cm/s, VD = 9,54cm/s e IR = 0,69; e adrenal direita - VS = 27,83cm/s, VD = 7,71cm/s e IR = 0,68. A avaliação Doppler das adrenais foi facilmente implementada e pode fornecer dados de referência, permitindo a utilização dessa técnica como uma ferramenta de diagnóstico para doenças das adrenais em cães.(AU)
Descritores: Glândulas Suprarrenais/irrigação sanguínea
Glândulas Suprarrenais/diagnóstico por imagem
Fenômenos Fisiológicos
-Glândulas Suprarrenais/patologia
Aorta Abdominal/diagnóstico por imagem
Ultrassonografia Doppler em Cores/veterinária
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 35 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-785701
Autor: Santarosa, B. P; Lourenço, M. L. G; Dantas, G. N; Ulian, C. M. V; Heckler, M. C. T; Sudano, M. J; Gonçalves, R. C; Chiacchio, S. B.
Título: Effect of pregnancy and correlation of weight and heart rate with electrocardiographic parameters in the American Miniature Horse / Efeito da prenhez e correlação do peso e frequência cardíaca com os parâmetros eletrocardiográficos de equinos Mini-horse
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;68(3):579-586tab.
Idioma: en.
Resumo: There are studies on electrocardiogram (ECG) in several breeds of horses, which highlights the growing importance of cardiology in this species. But few authors have addressed the influence of pregnancy on the cardiac physiology of the mare, and specifically, there are no studies on the Mini-horse breed, as well as no correlation of body weight (BW) and heart rate (HR) with electrocardiographic parameters in this breed. The aims of this study were to determine the effects of pregnancy on ECG parameters and to examine the relationships between these variables and body weight (BW) and heart rate (HR). A total of 203 animals were used, including 143 females (66 pregnant) and 60 males. Electrocardiographic examinations were performed by computerized electrocardiogram (TEB), and the parameters were evaluated in six leads in the frontal plane (Lead I, II, III, aVR, aVL and aVF) and base-apex (BA). BW was inversely proportional to HR, which in turn showed an inverse relationship with the duration of the P-wave and the PR and QT intervals. The P-wave amplitude (lead II) was higher in pregnant animals than in non-pregnant animals. The effect of reproductive status should be monitored by ECG throughout the entire gestational period. The 66 pregnant mares in this study were examined during the first third of their pregnancies, thus, few differences were observed between pregnant and non-pregnant animals.(AU)

Existem estudos sobre eletrocardiograma (ECG) em diversas raças de equinos, o que ressalta a crescente relevância da cardiologia nessa espécie. Porém, poucos autores abordaram a influência da gestação na fisiologia cardíaca da égua, e, especificamente, não há trabalhos sobre a raça Mini-horse, assim como não há correlação do peso vivo (PV) e frequência cardíaca (FC) com os parâmetros eletrocardiográficos nessa raça. O objetivo deste estudo foi estudar a influência da prenhez sobre os parâmetros eletrocardiográficos, além de verificar a correlação do PV e FC com essas variáveis. Utilizaram-se 203 animais dessa raça, hígidos, sendo 143 fêmeas (66 prenhes) e 60 machos. Os exames eletrocardiográficos foram realizados por eletrocardiograma computadorizado (TEB), e os parâmetros foram avaliados em seis derivações do plano frontal (I, II, III, aVR, aVL e aVF) e base-ápice. O PV foi inversamente proporcional à FC, que também mostrou relação inversa com a duração da onda P e os intervalos PR e QT. Na derivação II, a amplitude da onda P foi maior nos animais prenhes do que vazios. No entanto, sugere-se que a influência do estado reprodutivo seja estudada de forma progressiva pelo acompanhamento de todo o período gestacional, visto que as 66 éguas estudadas se apresentavam no terço inicial da prenhez, portanto poucas diferenças foram observadas entre animais prenhes e vazios.(AU)
Descritores: Peso Corporal
Eletrocardiografia/veterinária
Frequência Cardíaca
Cavalos
Prenhez
-Fenômenos Fisiológicos Cardiovasculares
Fenômenos Fisiológicos
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde