Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.203.300.250.725 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 42 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 42 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966987
Autor: Silva, Regildo Márcio Gonçalves; Carvalho, Ana Carolina Monetta; Matiolli, Larissa Silva; Figueiredo, Célia Cristina Malagutti; Gomes, Amanda Costa; Ferreira, Paulo Cesar; Silva, Luciana Pereira.
Título: Genotoxicity and antioxidant activity of spices and herbs used in brazilian cuisine / Genotoxicidade e atividade antioxidante de especiarias e ervas utilizadas na culinária brasileira
Fonte: Biosci. j. (Online);34(3):727-743, mai/jun. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Spices are natural plant products, have been used not only as flavoring and coloring agents, but also as food preservatives and folk medicines throughout the world for thousands of years. Many spices also have been recognized by having both digestive stimulant and carminative actions and also antimicrobial, anti-inflammatory, antimutagenic and anti-carcinogenic potential. Antioxidant and genotoxic potential of species commonly used in Brazil was evaluated. The antioxidant activity was evaluated using different methods, including DPPH radical scavenging activity, ferric reducing power (FRAP), iron ion chelating power, inhibition of lipid peroxidation (TBARS), NO radical scavenging, and oxidative hemolysis inhibition. Furthermore, the antigenotoxic activity was evaluated through mitotic index and chromosome aberration in Allium cepa roots. Quantification of total phenols and flavonoids carried out. The results with the Ocimum basilicum spices in the DPPH test showed activity (82.01%), FRAP (321.12 uM ET and iron chelating activity (94.18) and for the Cinnamomum zeylanicum spice in the TBARS test (18.52%) evaluated by different methods and mechanisms of inactivation of free radicals and according to the evaluation of genotoxicity by the Allium cepa test the spices do not present genotoxic effects.

As especiarias são produtos vegetais naturais, que foram utilizados não só como agentes aromatizantes e colorantes, mas também como conservantes de alimentos e medicamentos populares em todo o mundo há milhares de anos. Muitas especiarias também foram reconhecidas por ter estimulantes digestivos e ações carminativas e também potencial antimicrobiano, anti-inflamatório, antimutagênico e anticarcinogênico. O potencial antioxidante e genotóxico das espécies comumente utilizadas no Brasil foi avaliado. A atividade antioxidante foi avaliada utilizando diferentes métodos, incluindo a atividade de eliminação de radicais DPPH, poder de redução férrica (FRAP), poder quelante de íons de ferro, inibição da peroxidação lipídica (TBARS), eliminação de radicais NO e inibição da hemólise oxidativa. Além disso, a atividade antigenotóxica foi avaliada através do índice mitótico e aberração cromossômica nas raízes do Allium cepa. Quantificação de fenóis totais e flavonoides realizados. Os resultados mostraram que as especiarias (Cinnamomum zeylanicum, Origanum vulgare, Piper nigrum, Zingiber officinale e Ocimum basilicum) apresentaram atividade antioxidante avaliada por diferentes métodos e mecanismos de inativação de radicais livres e de acordo com a avaliação de genotoxicidade pelo teste Allium cepa as especiarias não apresentam efeitos genotóxicos.
Descritores: Especiarias
Culinária
Genotoxicidade
Antioxidantes
-Cinnamomum zeylanicum
Ocimum basilicum
Gengibre
Piper nigrum
Origanum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Lefèvre, Fernando
Texto completo
Id: lil-733130
Autor: Caron, Eduardo; Lefèvre, Fernando; Lefèvre, Ana Maria Cavalcanti.
Título: In the final analysis, are we a consumer society or not? Implications for health / Afinal, somos ou não somos uma sociedade de consumo? Consequências para a saúde
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;20(1):145-153, 01/2015.
Idioma: en.
Resumo: In this paper, the question of Brazil's insertion today as a country with the characteristics of modern consumer societies is discussed, focusing on the commercialization of the health sector, the segmentation of the health system and the contradictions of the rights to health care in the social context in question. Some research data on these issues broadcast in the National News Bulletins of Globo TV during the year of 2012 are presented, in which the high technology private hospital as a consumer icon, the underfunding of the public health system and the rejection of a poor and deprived Unified Health System are analyzed.

Discute-se aqui a nossa inserção como país, hoje, nas sociedades de consumo características da modernidade, enfocando a mercantilização na área da saúde, a segmentação do sistema de saúde e as contradições do direito à saúde no contexto social em questão. São apresentados dados de pesquisa sobre o tema no Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão, durante o ano de 2012, na qual se analisa o hospital privado de alto padrão tecnológico como ícone de consumo, o subfinanciamento do sistema público de saúde e a rejeição de um Sistema Único de Saúde pobre e carente.
Descritores: Compostos Azo/análise
Cromatografia em Gel/métodos
Cromatografia Líquida de Alta Pressão/métodos
Espectrometria de Massas por Ionização por Electrospray/métodos
Especiarias/análise
Espectrometria de Massas em Tandem/métodos
-Compostos Azo/química
Capsicum/química
Análise de Alimentos/métodos
Corantes de Alimentos/análise
Corantes de Alimentos/química
Estrutura Molecular
Naftóis/análise
Naftóis/química
Reprodutibilidade dos Testes
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1743
Autor: Martins, Tarciso Vinicius; Geromel, Mairto Roberis; Fazio, Maria Luiza Silva.
Título: Atividade antibacteriana de diferentes especiarias / Antibacterial activity of different spices
Fonte: Hig. aliment;30(256/257):163-167, maio/junho 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Micro-organismos patogênicos são responsáveis por inúmeras doenças veiculadas por alimentos, causando constante preocupação à indústria alimentícia e consumidores. Além disso, há também a preocupação com os possíveis efeitos adversos causados pelos aditivos químicos usados na conservação dos alimentos. Outro problema relacionado aos micro-organismos patogênicos é sua resistência adquirida frente aos antibióticos comuns. A procura por antimicrobianos naturais, presentes em extratos vegetais, tende a ser uma alternativa bastante interessante para todas estas questões. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana de especiarias, de forma individual e combinada, sobre algumas bactérias. Foram utilizados extratos aquosos de cinco diferentes especiarias, empregados em disco de papel filtro de 6 mm de diâmetro próprios para antibiograma, colocado em placas de Petri com meios de cultura apropriados, semeados previamente com os seguintes micro-organismos: Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Salmonella Typhimurium, Samonella Enteritidis e Staphylococcus aureus, posteriormente incubadas à 35ºC/ 24 ­ 48 horas. Através dos resultados obtidos, concluiu-se que o extrato aquoso de sálvia apresentou atividade antimicrobiana significativa sobre S. Typhimurium (halo de 12 mm), o extrato combinado de sálvia e alho apresentou resultado significativo sobre B. cereus e S. aureus (halos de 10mm), este ainda foi inibido significativamente pelos extratos combinados de sálvia e urucum, sálvia e louro, sálvia e gengibre (halos de 10mm).

Pathogenic micro-organisms are responsible for numerous diseases transmitted by foods, causing constant concern to the provision industry and consumers. Besides, there is also the concern with the possible adverse effects caused by the chemical addictive used in the conservation of foods. Another problem related to the pathogenic micro-organisms is about their resistance acquired to the common antibiotics. The search for natural antimicrobials, presents in vegetable extracts, tends to be a quite interesting alternative for all these subjects. In that way, the objective of the present work was to evaluate the antimicrobial activity of spices, in an individual and combined way, on some bacteria. Were used aqueous extracts of five different spices, inserted in paper filter disks of 6 mm diameter own for antibiogram, placed in Petri dishes with appropriate culture means, previously seeded with the following personal micro-organisms: Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Salmonella Typhimurium, Samonella Enteritidis and Staphylococcus aureus, subsequently incubated at 35º C/ 24-48 hours. Through the results obtained, it was concluded that the aqueous extract of sage presented significant antimicrobial activity on S. Typhimurium (inhibition zone 12 mm), the combined extract of sage and garlic presented significant result on B. cereus and S. aureus (inhibition zones 10 mm), this still was inhibited significantly by combined extracts of sage and urucum, sage and blond, sage and ginger (inhibition zones 10 mm).
Descritores: Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Especiarias/análise
Conservação de Alimentos/métodos
Antibacterianos
-Plantas
Salmonella/isolamento & purificação
Bacillus/isolamento & purificação
Extratos Vegetais
Alimentos Integrais
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  4 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-2786
Autor: Binatti, Tairine Tamara; Geromel, Mairto Roberis; Fazio, Maria Luiza Silva.
Título: Ação antimicrobiana de especiarias sobre o desenvolvimento bacteriano / Antimicrobial action of spices on bacterial development
Fonte: Hig. aliment;30(260/261):105-108, 30/10/2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: As especiarias são conhecidas por exercerem uma estabilidade frente à ação de micro-organismos, estando inseridas no grupo dos alimentos estáveis. Considerando os aspectos mencionados, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana de anis estrelado (Illicium verum Hook.), canela-em-pau (Cinnamomum zeylanicum), cardamono (Elettaria cardamomum L.), cravo-da-índia (Syzygium aromaticum), erva-doce (Pimpinella anisum L), mostarda amarela (Brassica hirta Moench.), noz-moscada (Myristica fragrans Houtt), pimenta-da-jamaica (Pimenta officinalis Lindl.) e pimenta rosa (Schinus terebinthifolius Raddi). Para tanto foram utilizados extratos aquosos das diferentes especiarias, impregnados em discos de papel filtro de 6 mm de diâmetro, próprios para antibiograma, colocados em placas de Petri com meio de cultura apropriado, semeado previamente com os seguintes micro-organismos: Bacillus cereus, Bacillus subtilis (ATCC 6633), Salmonella Typhimurium (ATCC 14028), Salmonella Enteritidis e Staphylococcus aureus (ATCC 22923), posteriormente incubados a 35°C por 24 - 48 horas. Os extratos aquosos do anis estrelado (halo de 10 mm), canela em pau (15 mm), cardamono (12 mm), cravo-da-índia (10 mm) e pimenta rosa (10 mm) apresentaram atividade antimicrobiana significativa sobre S. Enteritidis. Sobre S. Typhimurium a inibição significativa ocorreu pela ação dos extratos de cardamono (halo de 10 mm), cravo-da-índia (15 mm) e erva-doce (10 mm). O extrato aquoso de cravo-da-índia forneceu o melhor resultado, uma vez que inibiu significativamente três das cinco bactérias testadas (S. aureus, Salmonella Enteritidis e S. Typhimurium).

Spices are known to fulfill a stability to the action of micro-organisms, being inserted in the group of stable foods. Considering the aspects mentioned, the aim of this study was to evaluate the antibacterial activity of star anise (Illicium verum Hook.), cinnamon (Cinnamomum zeylanicum), cardamom (Elettaria cardamomum L.), clove (Syzygium aromaticum), anise (Pimpinella anisum L.), yellow mustard (Brassica hirta Moench.), nutmeg (Myristica fragrans Houtt), allspice (Pimenta officinalis Lindl.) and pink pepper (Schinus terebinthifolius Raddi). For this purpose the various spices aqueous extracts impregnated in filter paper discs of 6 mm diameter, suitable for antibiogram placed in Petri dishes with the appropriate culture medium previously seeded with the following micro-organisms Bacillus cereus, Bacillus subtilis (ATCC 6633), Salmonella Typhimurium (ATCC 14028), Salmonella Enteritidis and Staphylococcus aureus (ATCC 22923), then incubated at 35° C for 24 - 48 hours. The aqueous extracts of star anise (inhibition zone 10 mm), cinnamon sticks (15 mm), cardamom (12 mm), clove India (10 mm) and pink pepper (10 mm) showed significant antimicrobial activity against S. Enteritidis. About S. Typhimurium significant inhibition occurred by the action of cardamom (inhibition zone 10 mm), clove India (15 mm) and fennel (10 mm). India clove aqueous extract provided the best outcome, since it significantly inhibited three of the five bacteria tested (S. aureus, Salmonella Enteritidis e S. Typhimurium).
Descritores: Bactérias
Análise Microbiológica
Especiarias/análise
Especiarias/microbiologia
Anti-Infecciosos
-Pimenta
Cinnamomum zeylanicum
Alimentos Integrais
Illicium
Óleo de Cravo
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  5 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-846830
Autor: Cattelan, Marília Gonçalves; Oliveira, Arthur Mendes Soares; Gonçalves, Ana Sílvia Mattos; Faim, Vanessa Tomé; Hoffmann, Fernando Leite.
Título: Efeitos in vitro e in situ da adição de extrato aquoso de cravo sobre o desenvolvimento microbiano / Effects in vitro and in situ addition of aqueous clove extract on microbial
Fonte: Hig. aliment;30(252/253):118-121, 29/02/2016.
Idioma: pt.
Resumo: Foram avaliados os efeitos da adição in situ e in vitro, de extrato aquoso de botões de cravo-da-índa (Syzygium aromaticum) sobre Escherichia coli (ATCC 8739) e Staphylococcus aureus (ATCC 25923). Para o estudo in vitro foram empregadas concentrações de 100%, 75%, 50% e 25% (v/v) de extrato de cravo, diluídas em água destilada estéril, utilizando a técnica de difusão em ágar por disco. O estudo in situ foi conduzido inoculando amostras de doce de abóbora em pasta, adicionadas ou não de extrato aquoso de cravo puro, com as cepas bacterianas (108 UFC/g), separadamente. Os resultados revelaram que o extrato aquoso de cravo propiciou um aumento na contagem in vitro de E. coli e S. aureus. De modo análogo, no estudo in situ, a contagem de S. aureus foi favorecida pela adição do extrato puro de cravo em doce de abóbora em pasta. Sugere-se, portanto, estudos mais detalhados sobre o emprego de extratos aquosos de especiarias em alimentos a fim de elucidar o efeito sobre o desenvolvimento microbiano e possíveis interações com a composição dos alimentos em que são empregados.
Descritores: Doces/microbiologia
Cucurbita
Aditivos Alimentares
Especiarias/análise
Syzygium
-Escherichia coli
Amostras de Alimentos
Staphylococcus aureus
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR908


  6 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-833405
Autor: Sangaleti, Thaís Possetti; Geromel, Mairto Roberis; Fazio, Maria Luiza Silva.
Título: Atividade antibacteriana de extratos aquosos de açafrão, cominho, estragão, endro e tomilho / Antibacterial activity of aqueous extracts of saffron, cumin and tarragon
Fonte: Hig. aliment;31(266/267):113-117, 30/04/2017.
Idioma: pt.
Resumo: Os registros das eficientes propriedades de conservação das especiarias constam desde a Antiguidade, porém acredita-se que o uso dessas ervas tenha ocorrido antes mesmo do domínio da cocção com fogo. No cenário atual, o crescente interesse do consumidor pela qualidade e composição dos produtos disponíveis no mercado junto com os questionamentos sobre a segurança do uso de aditivos químicos e a preocupação com suas implicações na saúde pública, motivam a busca e valorização de compostos antimicrobianos naturais. Diante disso, o presente trabalho objetivou verificar a ação antimicrobiana dos extratos aquosos de açafrão (Curcuma longa), cominho (Cuminum cyminum), estragão (Artemisia dracunculus), endro (Anethum graveolens) e tomilho (Thymus vulgaris) de forma individual e combinada sobre Samonella Tiphymurium, Samonella Enteritidis, Staphylococcus aureus, Bacillus cereus e Bacillus subtilis utilizando semeadura em superfície com Ágar Nutriente, após incubação a 35ºC de 24 e 48 horas. Por meio dos resultados obtidos, foi possível observar os fenômenos de sinergismo e antagonismo entre os extratos, destacando-se a combinação sinérgica entre cominho e tomilho, capaz de inibir três das cinco bactérias empregadas. Salmonella Enteritidis apresentou maior sensibilidade entre os micro-organismos testados e o maior halo de inibição registrado resultou da ação do extrato de endro adicionado ao extrato de tomilho sobre Salmonella Typhimurium.
Descritores: Antibacterianos
Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Microbiologia de Alimentos
Conservação de Alimentos/métodos
Especiarias/análise
Especiarias/microbiologia
-Amostras de Alimentos
Salmonella/isolamento & purificação
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR908


  7 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-833121
Autor: Almeida, Viniccius Silva de; Geromel, Isabella Biassi; Felinto, Felipe Pinheiro do Prado; Geromel, Mairto Roberis; Fazio, Maria Luiza Silva.
Título: Determinação do potencial antibacteriano das especiarias hibiscus sabdariffa, carum carvi, sesamum indicum, foeniculum vulgare e trigonella foenum-graecum / Determination of the antibacterial potential of spices hibiscus sabdariffa, carum carvi, sesamum indicum, foeniculum vulgare e trigonella foenum-graecum
Fonte: Hig. aliment;31(264/265):122-126, 27/02/2017.
Idioma: pt.
Resumo: Conhecidas pelo seu uso na culinária, na medicina, festividades, óleos e ceras aromáticas, perfumes e atualmente como antissépticos, as especiarias são produtos naturais. Produtos aromáticos, poderosos, prazerosos e sensuais. Esses produtos estão marcados na história, como um dos primeiros que percorreram o globo terrestre de um lado ao outro como moeda comercial. Considerando o mencionado, esta pesquisa teve como objetivo verificar a possível ação antibacteriana das especiarias: hibiscus (Hibiscus sabdariffa), kummel (alcaravia)(Carum carvi), gergelim preto (Sesamum indicum), funcho (Foeniculum vulgare) e feno grego (Trigonella foenum-graecum). Os testes foram realizados com as especiarias individualmente e também combinadas. Extratos aquosos das especiarias foram impregnados em discos de papel filtro de 6 mm de diâmetro, próprios para antibiograma, colocados em placas de Petri com meio de cultura apropriado, semeado previamente com os seguintes micro-organismos: Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Salmonella Typhimurium, Salmonella Enteritidis e Staphylococcus aureus, posteriormente incubadas a 35°C/24 ­ 48 horas. Após este período, foram considerados de ação antimicrobiana significativa aqueles que apresentaram halos iguais ou superiores a 10mm. Com relação ao micro-organismo B. cereus, foi constatada a ação significativa do extrato de gergelim preto combinado com funcho (halo de 10mm). No que se refere a B. subtilis, os resultados mais significativos foram verificados para o extrato de hibiscus individualmente (halo de 17mm) e também para a combinação entre gergelim preto e feno grego (halo de 10mm). Para a ação sobre S. aureus, destacou-se a combinação entre gergelim preto e feno grego (halo de 13mm). S. Typhimurium foi inibida significativamente pelo extrato de hibiscus individual (halo de 14mm) e pela combinação de hibiscus e feno grego (halo de 12mm). A bactéria inibida significativamente pelo maior número de extratos (6) foi S. Enteritidis, destacando-se a ação do extrato combinado de hibiscus e gergelim preto (halo de 21mm), hibiscus individual (halo de 18mm) e do extrato combinado de hibiscus e feno grego (halo de 14mm). Os melhores resultados foram observados para o extrato de hibiscus individualmente e as suas combinações.
Descritores: Antibacterianos/análise
Condimentos
Especiarias/análise
-Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Conservação de Alimentos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR908


  8 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-777745
Autor: Sartori, Natália Pavarina; Geromel, Mairto Roberis; Fazio, Maria Luiza Silva.
Título: Atividade antibacteriana de extratos de ervas aromáticas / Antibacterial activity of aromatic herbal extracts
Fonte: Hig. aliment;29(242/243):126-129, mar.-abr. 2015. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Antibacterianos
Compostos Fenólicos/análise
Condimentos/análise
Especiarias
-Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Óleos Voláteis
Salmonella
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  9 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-733147
Autor: Couto, Marcia Thereza; Barbieri, Carolina Luisa Alves.
Título: Cuidar e (não) vacinar no contexto de famílias de alta renda e escolaridade em São Paulo, SP, Brasil / Care and (non)-vaccination in the context of high-income and well-schooled families in São Paulo in the state of São Paulo, Brazil
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;20(1):105-114, 01/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho analisa a dimensão do cuidado parental e suas relações com as decisões de (não) vacinar os filhos no contexto de famílias de alta renda e escolaridade de São Paulo, SP. A pesquisa se orienta pela abordagem qualitativa, com uso de entrevista em profundidade, realizada com 15 casais alocados em três grupos: vacinadores, vacinadores seletivos e não vacinadores. O percurso analítico-interpretativo dos dados foi realizado por meio da análise de conteúdo e segundo os referenciais de cuidado em saúde e família. Para todos os casais do estudo, a escolha da (não) vacinação dos filhos é concebida como um cuidado parental e proteção ao filho, porém, para os vacinadores, proteger é vacinar os filhos; para os vacinadores seletivos, proteger é singularizar cada caso; e para os não vacinadores, proteger é não vacinar os filhos, é proteger contra os riscos da vacinação. O estudo revelou, também, que as justificativas da não vacinação e da seleção e/ou postergação do calendário vacinal foram semelhantes às encontradas na literatura internacional. O estudo aponta a importância da compreensão sociocultural da (não) aceitabilidade da vacinação no contexto do cuidado parental.

This paper analyzes the parental care dimension and the relationship with the decisions on (non)-vaccination of their children in the context of high-income and well-schooled families in São Paulo city/state. The research adopts the qualitative approach, using in-depth interviews conducted with 15 couples that were divided into three groups: vaccinators, selective vaccinators and non-vaccinators. The analytic-interpretative study of the data was performed by means of content analysis and in line with the benchmarks of care of health and family. For all the couples analyzed, the option of (non)-vaccination of their children is perceived as parental care and protection of the child. However, for the vaccinators, protection is to vaccinate their children; for the selective vaccinators, protection is to study case by case; and for the non-vaccinators, protection is not to vaccinate their children, but to protect them against the risks of vaccination. The study also revealed that the reasons for non-vaccination, selection and/or postponement of the vaccination schedule were similar to those found in the international literature. The study highlights the importance of socio-cultural comprehension of (non)-acceptance of vaccination in the context of parental care.
Descritores: Corantes de Alimentos/análise
Contaminação de Alimentos/legislação & jurisprudência
Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
Legislação sobre Alimentos
Naftóis/análise
Especiarias/análise
-Capsicum/química
Capsicum/toxicidade
União Europeia
Inspeção de Alimentos
Contaminação de Alimentos/análise
Alimentos/normas
Aplicação da Lei
Óleos Vegetais/análise
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 42 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-710928
Autor: Otunola, Gloria A; Oloyede, Oyelola B; Oladiji, Adenike T; Afolayan, Anthony J.
Título: Selected spices and their combination modulate hypercholesterolemia-induced oxidative stress in experimental rats
Fonte: Biol. Res;47:1-6, 2014. graf.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: Effect of aqueous extracts of Allium sativum (garlic), Zingiber officinale (ginger), Capsicum fructensces (cayenne pepper) and their mixture on oxidative stress in rats fed high Cholesterol/high fat diet was investigated. Rats were randomly distributed into six groups (n = 6) and given different dietary/spice treatments. Group 1 standard rat chow (control), group 2, hypercholesterolemic diet plus water, and groups 3, 4, 5, 6, hypercholesterolemic diet with 0.5 ml 200 mg · kg-1 aqueous extracts of garlic, ginger, cayenne pepper or their mixture respectively daily for 4 weeks. RESULTS: Pronounced oxidative stress in the hypercholesterolemic rats evidenced by significant (p < 0.05) increase in MDA levels, and suppression of the antioxidant enzymes system in rat's liver, kidney, heart and brain tissues was observed. Extracts of spices singly or combined administered at 200 mg.kg-1 body weight significantly (p < 0.05) reduced MDA levels and restored activities of antioxidant enzymes. CONCLUSIONS: It is concluded that consumption of garlic, ginger, pepper, or their mixture may help to modulate oxidative stress caused by hypercholesterolemia in rats.
Descritores: Dieta Hiperlipídica
Hipercolesterolemia/tratamento farmacológico
Estresse Oxidativo/fisiologia
Fitoterapia
Extratos Vegetais/uso terapêutico
Especiarias
-Encéfalo/enzimologia
Capsicum/metabolismo
Combinação de Medicamentos
Alho/metabolismo
Gengibre/metabolismo
Glutationa Peroxidase/metabolismo
Glutationa Redutase/metabolismo
Hipercolesterolemia/etiologia
Hipercolesterolemia/metabolismo
Rim/enzimologia
Peroxidação de Lipídeos/efeitos dos fármacos
Fígado/enzimologia
Malondialdeído/análise
Miocárdio/enzimologia
Distribuição Aleatória
Ratos Wistar
Superóxido Dismutase/metabolismo
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde