Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.203.300.300.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1022 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 103 ir para página                         

  1 / 1022 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1129721
Autor: Caetano, V. C; Demuner, L. F; Suckeveris, D; Muñoz, J. A; Faria Filho, D. E; Faria, D. E.
Título: Exigência de lisina digestível de frangos de corte machos de 22 a 42 dias de idade / Digestible lysine levels of male broilers from 22 to 42 days of age
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(3):1017-1026, May-June, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi determinar a exigência de lisina digestível para frangos de corte machos sob as características de desempenho, composição corporal e rendimento de carcaça dos animais, de 22 a 42 dias de idade. As dietas diferiram quanto aos níveis de lisina digestível, mantendo-se a relação dos demais aminoácidos com a lisina. Foram utilizados seis níveis de lisina digestível: 0,88%; 0,96%; 1,05%; 1,13%; 1,22%; e 1,30%. Distribuídos em 36 unidades experimentais de 36 aves cada, 1296 animais da linhagem Cobb - 500® tiveram as seguintes características de desempenho avaliadas: consumo de ração (CR), peso corporal (PC), ganho de peso (GP), conversão alimentar (CA), viabilidade criatória (VC) e índice de eficiência produtiva (IEP). Aos 42 dias de idade, foram selecionadas ao acaso cinco aves para avaliação do rendimento de carcaça, e duas para avaliação da composição corporal. A CA, o IEP e o rendimento de peito foram influenciados, sendo sua exigência de 1,30%, sugerindo que níveis maiores de lisina digestível que as recomendações utilizadas como base neste estudo (1,13%) trouxeram benefícios aos animais sobre essas características.(AU)

The objective of the present study was to evaluate the optimal levels of digestible lysine in the diet of male broilers, evaluating performance characteristics, body composition, and carcass yield of the animals in the final phase (22 to 42 days old). The diets differed in digestible lysine content, maintaining the relation among the other amino acids and lysine in accordance with the ideal protein concept. The six levels of digestible lysine in the diet were: 0.88%; 0.96%; 1.05%; 1.13%; 1.22%, and 1.30%. A total of 1296 animals were employed, distributed in 36 experimental units of 36 birds each. The determined performance characteristics corresponded to feed intake (FI), body weight (BW), weight gain (WG), feed conversion (FC), viability (VB), and productive efficiency index (PEI). At 42 days of age seven birds per experimental unit were selected at random, five for the estimation of yield and total carcass and commercial cut weight, and two for the evaluation of body composition. FC, animal breast yield and PEI weres influenced with requirements of 1.30%. With respect to nationally known recommendations regarding digestible lysine (1.13%), higher levels of the amino acid in the diet have brought benefits regarding the characteristics above.(AU)
Descritores: Galinhas/metabolismo
Aminoácidos/administração & dosagem
Ração Animal
Lisina/administração & dosagem
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1129706
Autor: Parreira Filho, J. M; Fernandes, E. A; Guimarães, R. F. M; Oliveira, C. B; Freitas, B. B. B; Santana, L. F; Fudimoto, C; Parreira, I. F. B; Oliveira, P. M. L.
Título: Substituição do milho pelo sorgo sobre o desempenho zootécnico e na digestibilidade em coelhos / Replacement of corn by sorghum on zootechnical performance and digestibility in rabbits
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(3):993-999, May-June, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O milho é a principal fonte de energia nas dietas animais. Em algumas regiões brasileiras, sua disponibilidade, principalmente na entressafra, é insuficiente para atender à demanda, fazendo com que seu preço se eleve. Neste estudo, objetivou-se avaliar a substituição do milho pelo sorgo sobre o desempenho zootécnico e a digestibilidade em coelhos. Foram utilizados 60 animais machos da raça Nova Zelândia Branco, divididos em três tratamentos: ração base milho (TM); ração base sorgo (TS) e ração base 50% de milho + 50% de sorgo (TMS). No ensaio de desempenho, avaliou-se ganho de peso (GP), consumo de ração (CR), conversão alimentar (CA), coeficientes de digestibilidade da matéria seca (CDMS), proteína bruta (CDPB), fibra em detergente neutro (CDFDN) e fibra em detergente ácido (CDFDA). Observou-se que o CRM, a CA e o GPM não foram afetados pela substituição do milho pelo sorgo, nos níveis de 50% e 100%. Os resultados de digestibilidade demonstraram maiores CDPB e CDFDN na ração base milho, não havendo diferenças entre os demais parâmetros estudados. O sorgo com baixo teor de tanino pode ser usado nas rações de crescimento de coelhos em níveis de substituição de 50% ou 100% da participação do milho, sem prejuízos para o desempenho zootécnico e a digestibilidade.(AU)

Corn is the main source of energy in animal diets. In some Brazilian regions, its availability, especially in the off-season, may be insufficient to meet demand, which causes prices to increase. In this context, the aim of this study was to evaluate the substitution of maize by sorghum on the performance and digestibility of rabbits. Sixty New Zealand White bucks were used, divided in three treatments, maize base ration (TM); based on grain sorghum ration (TS) and base ration 50% corn + 50% sorghum grain (TMS). In the performance test, weight gain (GP), feed intake (CR) and feed conversion ratio (CA) were evaluated. In the digestibility assay, 21 animals were used. The total dry matter (CDMS), crude protein (CDPB), gross energy (EB), neutral detergent fiber (CDFDN) and acid detergent fiber (CDFDA) coefficients were evaluated. There was no significant difference for any of the performance parameters studied (P > 0.05). The digestibility results showed higher CDPB and CDFDN in the corn diet (P <0.05), with no differences between the other parameters studied. Low tannin sorghum can be used in rabbit growth diets at substitution levels of 50% or 100% of maize participation without impairing zootechnical performance and digestibility.(AU)
Descritores: Taninos
Zea mays
Sorghum
Ração Animal
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1122151
Autor: Bertoloni, Analisa Vasques; Polizel, Daniel Montanher; Ferraz Júnior, Marcos Vinícius de Castro; Oliveira, Gabriela Bagio; Miszura, Alexandre Arantes; Barroso, José Paulo Roman; Martins, André Storti; Sardinha, Lairana Aline; Limede, Arnaldo Cintra; Ferreira, Evandro Maia; Pires, Alexandre Vaz.
Título: Brazilian red pepper leaves essential oil (Schinus terebinthifolius) in diets for feedlot lambs / Óleo essencial das folhas de aroeira (Schinus terebinthifolius) em dietas para cordeiros confinados
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);57(1):e157580, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Essential oil (EO) from Brazilian red pepper leaves contains antimicrobial compounds that control Gram-positive bacteria in the rumen content, improving the efficiency of ruminal fermentation. The objectives of the present study were to evaluate the effects of the Brazilian red pepper leaves EO (Schinus terebinthifolius) as a substitute for monensin on performance, occurrence of coccidiosis by Eimeria ssp., carcass characteristics and meat composition of feedlot lambs. Forty-four lambs, 16 males (12 ½ Dorper × ½ Santa Inês and 4 Santa Inês) and 28 females (16 ½ Dorper × ½ Santa Inês and 12 Santa Inês), with 21.4 ± 1.05 kg of initial body weight (BW), were used in a randomized complete block design. The experiment lasted 56 days, divided into 2 periods of 28 days each. The treatments were defined by the inclusion of 8 ppm of monensin (MON), and the doses 0.14% (14EO), 0.28% (28EO) and 0.42% (42EO) of red pepper leaves essential oil (EO). At the end of 56 days, 32 lambs were slaughtered for the measurement of carcass parameters and meat composition. There was no interaction among treatments and periods for average daily gain (ADG), dry matter intake (DMI), feed efficiency (FE) and oocyst of Eimeria ssp. in feces. The treatments did not affect the ADG, DMI and FE; however, the monensin inclusion decreased the oocyst of Eimeria ssp. (P = 0.01). There was a tendency (P = 0.06) of increase in hot carcass yield for lambs fed 28EO compared to 14EO. In addition, the cold carcass yield was higher (P = 0.02) in the animals fed 28EO and 42EO. The subcutaneous fat thickness was not affected by the experimental diets; however, there was a tendency for lambs from 28EO and 42EO treatments to present higher body wall thickness (P = 0.07) and Longissimus muscle area (P = 0.07) when compared to MON. The higher doses of red pepper leaves EO increased the percentage of crude protein (P < 0.01) and mineral matter (P = 0.02) in the chemical composition of meat. Although the performance of lambs did not change, the inclusion of 0.28 and 0.42% red pepper leaves EO improve the carcass characteristics and change the meat composition, demonstrating the potential of the use of this additive in confined lamb diets. However, the monensin has greater potential to control coccidiosis in feedlot lambs compared with red pepper leaves EO.(AU)

O óleo essencial das folhas da aroeira possui compostos antimicrobianos que controlam a população de bactérias gram-positivas presentes no conteúdo ruminal, melhorando a eficiência do processo de fermentação. Os objetivos do presente estudo foram avaliar os efeitos do óleo essencial das folhas da aroeira (Schinus terebinthifolius) em substituição a monensina sobre o desempenho, ocorrência de coccidiose por Eimeria ssp., características de carcaça e da carne de cordeiros confinados. Quarenta e quatro cordeiros, 16 machos (12 ½ Dorper × ½ Santa Inês e 4 Santa Inês) e 28 fêmeas (16 ½ Dorper × ½ Santa Inês e 12 Santa Inês), com 21,4 ± 1,05 kg de peso inicial, foram utilizados em delineamento de blocos completos ao acaso. O experimento teve duração de 56 dias, divididos em 2 períodos de 28 dias cada. Os tratamentos foram definidos pela inclusão de 8 ppm de monensina sódica (MON) e as doses 0,14% (14OE), 0,28% (28OE) e 0,42% (42OE) do óleo essencial (OE) das folhas da aroeira. Ao final dos 56 dias, 32 animais foram abatidos para a mensuração dos parâmetros de carcaça e análise química da carne. Não houve interação entre tratamento e período experimental para ganho médio diário (GMD), consumo de matéria seca (CMS), eficiência alimentar (EA) e ocorrência de coccidiose. Não houve efeito das dietas experimentais sobre GMD, CMS e EA, entretanto, a inclusão de monensina reduziu o número de oocistos de Eimeria ssp. (P = 0,01). Houve tendência de aumento no rendimento de carcaça quente (P = 0,06) para os cordeiros alimentados com 28OE comparados com o tratamento 14OE. Além disso, o rendimento de carcaça fria foi maior (P = 0,02) para os animais alimentados com 28OE e 42OE. A espessura de gordura subcutânea não foi afetada pelas dietas experimentais, entretanto, houve tendência dos cordeiros dos tratamentos 28OE e 42OE apresentarem maior espessura de parede corporal (P = 0,07) e área de olho de lombo (P = 0,07) quando comparados a MON. As maiores doses de OE das folhas de aroeira aumentaram a porcentagem de proteína bruta (P < 0,01) e matéria mineral (P = 0,02) na composição química da carne dos cordeiros. Apesar de não alterar o desempenho dos cordeiros, a inclusão de 0,28 e 0,42% de OE das folhas de aroeira foi capaz de alterar as características de carcaça e composição química da carne, demonstrando o potencial de utilização desse aditivo em dietas para cordeiros confinados. Entretanto, a monensina possui maior capacidade de controlar a coccidiose em cordeiros confinados quando comparado ao OE das folhas da aroeira.(AU)
Descritores: Ovinos
Anacardiaceae
Ionóforos
Ração Animal/análise
-Extratos Vegetais
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Rogeria Comastri de Castro
Texto completo
Id: lil-742463
Autor: Cerqueira, Ellayne Souza; Almeida, Rogeria Comastri de Castro.
Título: Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) em alimentos de origem animal: uma revisão sistemática / Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) in foods of animal origin: A systematic review
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;72(4):268-281, 2013. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) é uma das principais causas de infecção em humanos,e está bem documentado o acometimento desta bactéria em indivíduos hospitalizados. Contudo, o relato de colonização e infecção de indivíduos na comunidade, sem contato prévio com o ambiente hospitalar,sugere outras fontes de contaminação, como o emprego de fármacos na pecuária, o que induz a colonização por MRSA em animais de produção e consequente contaminação de produtos cárneos. O objetivo do presente estudo foi de compilar e analisar as publicações científicas sobre a ocorrência de MRSA em alimentos. Neste contexto, foi realizada uma revisão de literatura sistemática nas bases de dados Lilacs, Medline e Pubmed, e selecionados os artigos publicados no período de 2000 a 2013. Observou-se número significativo de estudos em que foram analisadas diversas amostras. Foi encontrada grande variação nas prevalências de MRSA, bem como nas metodologias utilizadas para análise. O MLST tipo ST398,comumente encontrado em suínos, foi o mais isolado nas amostras analisadas nos diferentes estudos. No entanto, as linhagens ST8 e ST5, pertencentes à biovarieda de humana, foram também frequentemente detectados, o que sugere que os manipuladores de alimentos têm também sido a fonte de contaminação da carne por MRSA.

Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) is a major cause of infections in humans andonset of this bacterium in hospitalized individuals has been well documented. However, a report onMRSA colonization and infection of individuals in the community, without prior contact with hospitalenvironment, suggests the occurrence of other sources of contamination, such as the use of drugs inlivestock, causing colonization of production animals with MRSA, and resulting in contamination of meatproducts. This study aimed at compiling and analyzing the scientific publications on the occurrence ofMRSA in foods. A systematic review of the literature was performed in Lilacs, Medline and Pubmeddatabases, and the articles published from 2000 to 2013 were selected. A significant number of studiesinvolving different samples was observed. Wide variations on the MRSA prevalence were found, andalso on the methodologies used for the analyses. The MLST strain ST398 is commonly detected in pigs,and it was the most isolated bacterium from samples analyzed in different studies. ST8 and ST5 strains,belonging to human biovar, have also been frequently isolated, suggesting that food handlers have been asource for meat contamination with MRSA.
Descritores: Alimentos
Contaminação de Alimentos
Ração Animal
Staphylococcus aureus Resistente à Meticilina
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-742471
Autor: Gomes, Ana Caroline Schuck; Lindino, Cleber Antonio; Gonçalves Jr, Affonso Celso; Gomes, Gilmar Divino.
Título: Determinação de Cd, Cr e Pb no leite e na alimentação bovina do Brasil / Determination of Cd, Cr and Pb in milk and in cattle feed in Brazil
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;72(3):211-218, 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A contaminação do leite é uma das maiores preocupações sanitárias em função de seu grande consumo pela população, e pela enorme extensão do país, o que limita a fiscalização adequada. Apesar de estudos científicos indicarem contaminação do leite com elementos traço tóxicos, não há qualquer estratégia do Estado para detecção e prevenção destes componentes no leite. O presente trabalho investigou a ocorrência de chumbo, cádmio e cromo em amostras de leite in natura e em leite processado e com o propósito de identificar possíveis fontes de contaminação. No leite in natura e no leite processado houve evidência de contaminação por estes elementos traço, muitas vezes em níveis acima do permitido pela legislação brasileira. A mais provável fonte de contaminação foi o sal mineral utilizado na alimentação bovina.

The contamination of milk is one of the major health concerns because it is largely consumed bypopulation, and the huge extension of the country limits the adequate inspection of this product.Although scientific studies have indicated the occurrence of milk contamination with toxic trace elements,no government policy for the detection and prevention of these components has been available. Thisstudy aimed at investigating the occurrence of lead, cadmium and chromium in samples of raw milk andprocessed milk in an attempt to identify the possible sources of contamination. Both the in natura rawmilk and the processed milk evidenced the contamination with these toxic trace elements, and usually atlevels above those permitted by Brazilian legislation. The most probable contamination source was themineral salt employed for feeding cattle.
Descritores: Bovinos
Chumbo
Contaminação de Alimentos
Cromo
Cádmio
Leite
Ração Animal
Substâncias Tóxicas
-Brasil
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  6 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-680451
Autor: Novello, Daiana; Fonseca, Ricardo Alves da; Santos, Jamile Kailer dos.
Título: Efeito da adição de radícula de malte na ração de frangos de corte: composição físico-química e perfil de ácidos graxos da carne / Effect of the addition of malt radicle on the broiler feed: physico-chemicalcomposition and meat fatty acid profile
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(1):93-99, jan.-mar. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A composição química e o perfil de ácidos graxos (AG) foram analisados nas carnes (peito e coxa/sobrecoxa) de frangos de corte alimentados com ração contendo diferentes teores de radícula de malte (10% e 20%) e na ração de controle. O experimento foi constituído por três tratamentos e cinco repetições, com 10 aves por unidade experimental. O tratamento contendo 20% de radícula diminuiu (p > 0,05) a quantidade de lipídios (2,78 ± 0,23%; 15,40 ± 0,24%) e o total de ácidos graxos saturados (AGS) (0,75 ±0,03 g/100 g; 4,33 ± 0,03 g/100 g), respectivamente, no corte do peito e na coxa/sobrecoxa dos frangos. Não houve modificação no teor total de ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados (AGMI e AGPI) na carne da coxa/sobrecoxa após a adição de radícula de malte. Contudo, a adição de 20% de radícula de malte reduziu a quantidade total de AGMI (0,85 ± 0,04 g/100 g) e de AGPI (0,88 ± 0,08 g/100 g) na carne do peito. O acréscimo de 10% de radícula nas rações promoveu o aumento no total de AGPI (1,81 ± 0,03g/100 g), na relação n-6/n-3 (21,66 ± 0,08) e AGPI/AGS (1,24 ± 0,06) na carne do peito. A utilização da radícula de malte é uma alternativa viável na alimentação de frangos de corte, a qual proporciona modificações benéficas no perfil de AGS, AGMI e AGPI, principalmente na carne do peito.
Descritores: Carne
Grão Comestível
Galinhas
Ciências da Nutrição
Ração Animal
Ácidos Graxos
Responsável: BR76.1 - Biblioteca


  7 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-644389
Autor: Cardoso Filho, Francisco das Chagas; Alves, Verbena Carvalho; Lima, Cristiane Evangelista; Guimarães, Cecília Melo Macedo; Pereira, Maria Marlúcia Gomes; Muratori, Maria Christina Sanches.
Título: Qualidade higiênico-sanitária da ração utilizada em piscicultura / Sanitary and hygienic quality of fish feed used in aquaculture
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(3):391-394, set. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Atualmente a qualidade dos produtos utilizados na alimentação de peixes de viveiro tornou-se um fator limitante para a atividade e a avaliação dessa característica deve ser uma das prioridades para evitar perdas econômicas. Para avaliar as condições higiênico-sanitárias da ração utilizada na pisciculturana cidade de Teresina (PI) , foram analisadas 36 amostras de ração para peixes, sendo estas com duas composições protéicas (crescimento/juvenil), e em duas formas de uso (lacrado/aberto). As seguintes análises foram realizadas: contagem de bactérias heterotróficas, enumeração de coliformes a 35 ºC e a 45 ºC e pesquisa de Salmonella spp. A contagem de bactérias mesófilas variou de 1,69 a 4,69 UFC.g-1 emlog10. Foi identificada presença de coliformes a 35 °C e a 45 °C, respectivamente, em nove (25,0%) e oito (22,2%) amostras e os valores variaram de <3 a 23 NMP.g-1 de coliformes a 35 ºC e de <3 a 9 NMP.g-1 para coliformes a 45 °C. Não foi detectada a presença de Salmonella spp. As rações usadas por piscicultores em Teresina apresentaram qualidade higiênico-sanitária satisfatória.
Descritores: Coliformes
Higiene dos Alimentos
Pesqueiros
Ração Animal
Salmonella
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  8 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1117759
Autor: Nascimento, Cristina Lucia Michaello Macêdo do; Dutra Junior, Wilson Moreira; Rabello, Carlos Boa Viagem; Ludke, Maria do Carmo Mohaupt Marques; Nascimento, Guilherme Rodrigues; Palhares, Liliane Olímpio.
Título: Desempenho e características de carcaças de fêmeas suínas alimentadas com farelo de algodão / Performance and carcass characteristics in female pigs fed with cottonseed meal / Rendimiento y características de caparazón de hembras porcinas alimentadas com harina de algodón
Fonte: Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online);23(1, cont.):1-6, 20200000. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se avaliar os parâmetros de desempenho, características de carcaças e viabilidade econômica de fêmeas suínas alimentadas com diferentes níveis de inclusão do farelo de algodão (FA) nas rações. Foram utilizadas 24 fêmeas suínas, com peso vivo médio de 48,20 ± 5,44 kg (fase de crescimento) e de 87,62 ± 6,72 kg (fase de terminação). O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro tratamentos (0%, 10%, 20% e 30% de inclusão de farelo de algodão), seis repetições, um animal por unidade experimental. Na fase de crescimento os parâmetros de desempenho não foram influenciados significativamente, na fase de terminação e total houve uma redução do ganho de peso e consumo de ração. Para as características de carcaça os animais apresentaram redução na espessura de toucinho e um aumento na área de olho de lombo até o nível de 13,5% de inclusão de FA. Quanto ao peso dos órgãos houve um aumento do peso do coração, fígado e rins. Conclui-se que é possível incluir o FA até o nível de 30%, sem afetar as características de desempenho na fase de crescimento, e de até 13,5% sem comprometer o rendimento de carcaças.(AU)

The purpose of this study was to evaluate the performance, carcass characteristics and economic viability parameters in female pigs fed with different levels of cottonseed meal (CM) in the diets. Twenty-four crossbred female pigs were used, with live weight of 48.20 ± 5.44 kg (growth phase), and 87.62 ± 6.72 kg (finish phase). A completely randomized block design with four treatments (0%, 10%, 20% and 30% inclusion of cottonseed meal) was used with six replication, one animal per experimental unit. The performance parameters were not significant in the growth phase; the finish and total phase presented a reduction of weight gain and feed intake. For the carcass characteristics, the animals presented a reduction in backfat thickness, and an increase in the loin area up to 13.5% CM inclusion level. The organs showed weight increase for the heart, liver, and kidneys. It can be concluded that CM can be included in up to 30% without affecting the performance characteristics in the growth phase, and up to 13.5% without compromising the carcass characteristics.(AU)

El objetivo de este estudio ha sido evaluar los parámetros de rendimiento, características de caparazón y la viabilidad económica de hembras porcinas alimentadas con diferentes niveles de inclusión de harina de algodón (HA) en las raciones. Se utilizaron veinticuatro hembras porcinas, con peso vivo promedio de 48,20 ± 5,44 kg (fase de crecimiento) y 87,62 ± 6,72 kg (fase de terminación). El diseño fue en bloques aleatorios, con cuatro tratamientos (0%, 10%, 20% y 30% de inclusión de harina de algodón), seis repeticiones, un animal por unidad experimental. En la fase de crecimiento, los parámetros de rendimiento no se vieron significativamente influenciados; en la fase de terminación y total, hubo una reducción en el aumento de peso y la ingesta de pienso. Para las características de caparazón, los animales mostraron una reducción en el espesor del tocino y un aumento en el área del ojo del lomo, hasta el nivel del 13,5% de la inclusión de HA. En cuanto al peso de los órganos, hubo un aumento en el peso del corazón, hígado y riñones. Se concluye que es posible incluir HA hasta el nivel de 30%, sin afectar las características de rendimiento en la fase de crecimiento, y de hasta un 13,5% sin comprometer el rendimiento de los caparazones.(AU)
Descritores: Suínos
Óleo de Sementes de Algodão
Carne de Porco
Ração Animal
-Ganho de Peso
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 1022 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886777
Autor: LOVATTO, NAGLEZI M; GOULART, FERNANDA R; LOUREIRO, BRUNO B; SPERONI, CAROLINE S; BENDER, ANA B B; GIACOMINI, SANDRO J; RADÜNZ NETO, JOÃO; SILVA, LEILA P DA.
Título: Crambe (Crambe abyssinica) and sunflower (Helianthus annuus) protein concentrates: production methods and nutritional properties for use in fish feed
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(3,supl):2495-2504, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The purpose of this study was to develop and improve protein concentration techniques for two industrial by-products with the potential for use in fish feed. In particular, we chemically characterized crambe meal and sunflower meal and their protein concentrates. Three different protein concentration methods were tested: isoelectric pH (pHi), acid pH and alkaline pH. For crambe and sunflower meals extraction using the pHi method was most efficient in terms of protein yield and crude protein content in the concentrates; this method also increased lysine and methionine content in the concentrates. The water holding capacity of the sunflower protein concentrate was greater than that of the crambe protein concentrate. The crambe protein concentrate had a foam-formation capacity of 15%, which stabilized at 6% after 90 minutes. The protein concentration method also reduced total phenolic content by approximately 50% in the concentrates compared with the meals. Therefore, we conclude that protein concentration using the pHi method is the most efficient technique for crambe and sunflower meals, and the use of this technique can decrease total phenolic compounds while improving meal quality for fish feeding.
Descritores: Proteínas de Plantas
Crambe (Planta)/química
Peixes
Helianthus/química
Ração Animal
Valor Nutritivo
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 1022 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886791
Autor: FREITAS, EDNARDO R; FERNANDES, DANILO R; SOUZA, DAVYD H; DANTAS, FRANCISCO D T; SANTOS, REBECA C; OLIVEIRA, GILSON B; CRUZ, CARLOS EDUARDO B; BRAZ, NÁDIA M; CÂMARA, LORENA F; NASCIMENTO, GERMANO A J; WATANABE, PEDRO H.
Título: Effect of Syzygium cumini leaves on laying hens performance and egg quality
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(3,supl):2479-2484, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The aim of this study was to evaluate the effect of Syzygium cumini leaves (SCL) in laying hens diets on productive performance, egg quality and lipid oxidation of yolk. A total of 108 Hysex White laying hens were distributed in a completely randomized design with three treatments and six replicates of six birds each. The treatments consisted of SCL inclusion at dietary levels of 0, 5 and 10 g/kg. There was no significant effect of SCL inclusion on feed intake, laying percentage, weight and egg mass, feed conversion ratio, Haugh units, specific gravity, percentage of yolk, albumen and egg shells and shell thickness. However, the inclusion of SCL significantly influenced the yolk color and yolk lipid oxidation measured by TBARS values. Yolk color increased and TBARS values ​​decreased with the inclusion of SCL. The inclusion of SCL in laying hens diets improves pigmentation and lipid stability of yolk.
Descritores: Oviposição/efeitos dos fármacos
Extratos Vegetais/análise
Galinhas/fisiologia
Folhas de Planta
Suplementos Nutricionais/análise
Ração Animal/análise
-Brasil
Syzygium
Dieta
Casca de Ovo
Gema de Ovo
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 103 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde