Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.203.300.515 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 601 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 61 ir para página                         

  1 / 601 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1041312
Autor: Demir, Enver Ahmet; Bilgic, Yasemin.
Título: Chia seed ( Salvia hispanica L. ) supplementation may contribute to raising the levels of vitamin B12: an option for the vegan diet / Suplementação de semente de chia ( Salvia hispanica L. ) pode contribuir para elevar os níveis de vitamina B12: uma opção para a dieta vegana
Fonte: Rev. Nutr. (Online);32:e180249, 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective The chia seed, an ancient pseudocereal, is rich in omega-3 fatty acids and polyphenols, and has been suggested to possess several health benefits. Although it has gained popularity among nutritionists, little is known about the systemic effects of chia and their interactions. Hence, hepatorenal indicators and plasma vitamin concentrations in chia-supplemented aluminum-exposed rats were investigated. Methods Wistar albino rats were either fed on a chia-rich- or standard-diet for 21 days and exposed to aluminum. Liver function tests (Alanine Aminotransferase, Aspartate Aminotransferase, Alkaline Phosphatase, Lactate Dehydrogenase), kidney function tests (Urea Nitrogen, Creatinine), and vitamin B12 and folic acid measurements were performed by using an automated analyzer. Results Aluminum exposure had no influence on renal function, as did chia supplementation. However, liver function was disturbed with the exposure to Aluminum and chia was of no use against it. Surprisingly, it was found that the animals fed on a chia-rich diet displayed higher concentrations of vitamin B12 which was not the case for folic acid. Conclusion It was deduced that a chia-rich diet has no effect on the renal function and is not able to reverse aluminum-induced hepatotoxicity; however, it may be of benefit against vitamin B12 insufficiency and thus, it may offer a novel treatment option which is particularly important in the vegan diet.

RESUMO Objetivo A semente de chia, um antigo pseudocereal, é rica em ácidos graxos ômega-3 e polifenóis e tem sido sugerida como tendo vários benefícios para a saúde. Embora tenha ganhado popularidade entre os nutricionistas, na verdade, pouco se sabe sobre os efeitos e interações sistêmicas da chia. Assim, investigamos os indicadores hepatorrenais e as concentrações plasmáticas de vitamina em ratos expostos ao alumínio suplementados com chia. Métodos Ratos albinos Wistar foram alimentados com dieta rica em chia ou padrão por 21 dias e expostos ao alumínio. Testes de função hepática (Alanina Aminotransferase, Aspartato Aminotransferase, Fosfatase Alcalina, Lactato Desidrogenase), testes de função renal (ácido úrico, Creatinina) e medições de vitamina B12 e ácido fólico realizada usando um analisador automático. Resultados A exposição ao alumínio não influenciou a função renal, assim como a suplementação de chia. No entanto, a função hepática foi perturbada com a exposição e a chia foi inútil contra ela. Surpreendentemente, descobrimos que os animais que se alimentavam de uma dieta rica em chia apresentavam concentrações mais elevadas de vitamina B12, o que não era o caso do ácido fólico. Conclusão Deduzimos que a dieta rica em chia não tem efeito sobre a função renal e não é capaz de reverter a hepatotoxicidade induzida pelo alumínio; no entanto, pode ser benéfico contra a insuficiência de vitamina B12 e, portanto, pode oferecer uma nova opção de tratamento que é particularmente importante na dieta vegana.
Descritores: Salvia
-Dieta Vegetariana
Alimentos Fortificados
Ratos Wistar
Alumínio
Ácido Fólico
Testes de Função Renal
Testes de Função Hepática
Limites: Animais
Ratos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  2 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886691
Autor: ALBUQUERQUE, DANIEL M N; LOPES, JOÃO B; FERRAZ, MAÍRA S; RIBEIRO, MABELL N; SILVA, SANDRA R G; COSTA, ELVÂNIA M S; LIMA, DANIELA C P; FERREIRA, JEFFERSON D M; GOMES, PEDRO E B; LOPES, JACKELLINE C O.
Título: Vitamin E and organic selenium for broilers from 22 to 42 days old: performance and carcass traits
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(2):1259-1268, Apr.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT This study was conducted to evaluate the effect of vitamin E and selenium on performance, viability, productive efficiency, and yields of carcass, major cuts, and organs of broilers from 22 to 42 days submitted to cyclic-heat stress. The experimental design was randomized blocks, in a 2 × 3 factorial arrangement with two levels of selenium (0.1 and 0.3 mg/kg) and three levels of vitamin E (300, 400, and 500 mg/kg), plus a control treatment. Animals were submitted to a natural condition of high cyclic temperature. Organic selenium levels of 0.1 and 0.3 mg/kg associated with 300, 400, and 500 mg/kg of vitamin E were tested. The level of vitamin E did not affect the performance or production efficiency of broilers in the period from 22 to 33 days and 22 to 42 days. However, the selenium inclusion level of 0.3 mg/kg improved the viability in both phases. The yields of carcass, major cuts, intestine, and heart were not influenced by the levels of selenium and vitamin E, whereas abdominal fat for the selenium level 0.1 mg/kg decreased linearly with the inclusion in vitamin E.
Descritores: Selênio/administração & dosagem
Vitamina E/administração & dosagem
Galinhas/anatomia & histologia
Galinhas/fisiologia
Ração Animal
Antioxidantes/administração & dosagem
-Valores de Referência
Selênio/análise
Fatores de Tempo
Vitamina E/análise
Peso Corporal
Ganho de Peso
Alimentos Fortificados
Reprodutibilidade dos Testes
Transtornos de Estresse por Calor/prevenção & controle
Antioxidantes/análise
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-2017
Autor: Marques, Marina; Marques, Millene Márcia; Xavier, Eliane; Gregório, Eric.
Título: Fortificação de alimentos: uma alternativa para suprir as necessidades de micronutrientes no mundo contemporâneo / Food fortification: an alternative to meet the needs of micronutrients in the contemporary world
Fonte: HU rev;38(1/2):29-36, jan.-mar. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: A fortificação ou enriquecimento de alimentos é um método utilizado atualmente na tentativa de reforçar o valor nutritivo dos alimentos, favorecendo a manutenção ou recuperação da saúde no sentido de prevenção às carências nutricionais. O presente estudo de revisão de literatura tem por objetivo demonstrar a efetividade da fortificação de alimentos no intuito de prevenir ou erradicar a deficiência nutricional e os riscos que esse novo método pode apresentar. Foram utilizados artigos das bases de dados Scielo, High Wire e sites da Organização Mundial de Saúde. Os artigos de revisão apresentaram grande eficiência no combate à carência nutricional e em algumas enfermidades, em especial para a anemia ferropriva, tanto no Brasil quanto no exterior, uma vez que o custo da fortificação é baixo e há grande disponibilidade de alimentos que podem ser usados. Em contrapartida, existe uma escassez de pesquisas no Brasil que evidenciam os riscos causados pelo excesso de consumo de alimentos fortificados. É importante que haja um planejamento, e conjuntamente, a criação de sistemas de monitoramento e fiscalização dos produtos fortificados durante sua produção, além do incentivo às pesquisas de avaliação aplicadas à população.
Descritores: Alimentos Fortificados
Deficiências Nutricionais
-Consumo de Alimentos
Anemia Ferropriva
Micronutrientes
Custos e Análise de Custo
Fiscalização Sanitária
Alimentos
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde
Valor Nutritivo
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  4 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Silva, Marcelo Eustáquio
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1041304
Autor: Fagundes, Miliane Martins de Andrade; Viana, Ana Maria Fernandes; Carvalho, Mayara Medeiros de Freitas; Silva, Marcelo Eustáquio.
Título: Evaluation of the biological quality of defatted pequi (Caryocar brasiliense Cambess) seed flour protein supplemented with lysine to rats (Rattus norvegicus) / Avaliação da qualidade biológica da proteína da farinha da semente do pequi (Caryocar brasiliense Cambess) desengordurada e suplementada com lisina em ratos (Rattus norvegicus)
Fonte: Rev. Nutr. (Online);32:e180129, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective In the biome of the Brazilian Cerrado, there are a lot of fruit tree species that stand out for their sensory quality and for presenting potentialities in the market of pulp and almond. Among these species, the pequi deserves attention because it has an almond rich in proteins and that is little explored. The aim of this study was to evaluate the biological quality of defatted pequi seed flour supplemented with lysine. Methods Two designs were done in this study; in the first, the animals were divided into four diet groups: control, protein-free, defatted pequi seed flour and defatted pequi seed flour supplemented with lysine. The protein-free diet was exempt of proteins and the other diets had a protein content of 10% and differed in protein source (casein: control diet or defatted pequi seed flour: test diets). The experiment lasted for 14 days. In the second design, 36 animals were used and followed-up for 28 days. The division of the experimental groups was kept, except for the protein-free diet group, which was excluded. By the end of the test, the animals were anaesthetised and euthanized. Results The results showed that the protein efficiency ratio of the control group was significantly higher than the other groups. For the other indices, the groups that received defatted pequi seed flour did not differ statistically among themselves. Conclusion These findings have shown an effect of supplementation on the protein efficiency ratio when comparing the test diets, however, when compared to the control group, no improvement was found.

RESUMO Objetivo O bioma cerrado é rico em espécies frutíferas que destacam-se por suas qualidades sensoriais e por apresentarem potencialidades no mercado de polpas e amêndoas. Dentre essas espécies, o pequi merece atenção porque possui uma amêndoa rica em proteínas e que é pouco explorada. Este estudo teve como objetivo avaliar a qualidade biológica da farinha da semente do pequi desengordurada e suplementada com lisina. Métodos Neste estudo foram feitos dois delineamentos: no primeiro os animais foram divididos em quatro grupos: controle, aprotéico, farinha da semente do pequi desengordurada e farinha da semente do pequi desengordurada suplementada com lisina. A dieta aprotéica era isenta de proteínas e as demais dietas apresentavam um teor de 10% de proteínas e diferiram quanto à fonte protéica (caseína: dieta controle e farinha da semente do pequi desengordurada: dietas testes). Esse experimento teve duração de 14 dias. No segundo delineamento, utilizou-se 36 animais que foram acompanhados por 28 dias, a divisão dos grupos experimentais foi mantida, exceto o grupo dieta aprotéica que foi excluído. Ao final dos experimentos, os animais foram anestesiados e eutanasiados. Resultados Os resultados mostraram que o coeficiente de eficiência protéica do grupo controle foi significativamente superior aos demais grupos. Para os demais índices biológicos de avaliação da qualidade protéica, os grupos que receberam a farinha da semente do pequi desengordurada não diferiram estatisticamente entre si. Conclusão Os achados mostraram um efeito da suplementação no coeficiente de eficiência protéica quando comparamos as dietas testes, no entanto, quando comparado ao grupo controle, não houve melhora.
Descritores: Ericales
-Ratos
Sementes
Proteínas
Alimentos Fortificados
Lisina
Limites: Animais
Ratos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  5 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1842
Autor: Fontes, Vanessa; Moreira, Rafaella; Campos, Patrícia; Fialho, Cristiane.
Título: Desenvolvimento de biscoitos enriquecidos com farinha de maçã e aveia / Development of cookies enriched with apple flour and oat
Fonte: HU rev;40(3/4):231-238, jul.-dez. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: As fibras alimentares são reconhecidas por serem benéficas na prevenção e tratamento de diversas afecções, sendo consideradas alimento funcional. O objetivo do estudo foi elaborar e avaliar a aceitação de biscoitos produzidos com farinha de maçã e farelo de aveia. A farinha de maçã foi produzida por liofilização. Foi realizada análise química da maçã Fuji (Malus domestica) in natura e da farinha de maçã para comparação dos teores de umidade e Atividade de água em balança de infravermelho Radwag MAC 50/1® e do determinador de Atividade de água AquaLab 4TE da DecagonDevices®, respectivamente. As amostras do produto foram submetidas à análise sensorial por 62 julgadores não treinados que responderam ao teste de aceitação, por escala hedônica verbal de nove pontos avaliando os atributos aroma, sabor, textura e impressão global e ao teste de intenção de compra. Foi realizada análise de variância de dois fatores (atributo e julgador) e a interação deste para cada atributo. Foi aplicado posteriormente o teste de Tukey, para as comparações das médias dos atributos, ao nível de 5% de significância. A farinha de maçã indicou76% de umidade e 0,35% de Atividade de água a uma temperatura de 25ºC, mostrando-se abaixo do limite máximo de umidade estipulado pela ANVISA. Na análise sensorial, houve aceitação dos julgadores para os quatro atributos avaliados e 74,8% dos participantes demonstraram intenção de compra dos biscoitos. O biscoito de maça enriquecido com farinha de aveia obteve uma boa aceitação e intenção de compra.
Descritores: Fibras na Dieta
Avena
Malus
-Alimentos Fortificados
Alimento Funcional
Biscoitos
Alimentos, Dieta e Nutrição
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  6 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1041290
Autor: Martínez, María Elena Calderón; Gaytán, Oswaldo Rey Taboada; López, Pedro Antonio; Torres, Enrique Ortiz.
Título: Improvement of nutritional quality of local dishes and their acceptance by children of different ages / Melhoria de pratos típicos: qualidade nutricional e sua aceitação por crianças de várias idades
Fonte: Rev. Nutr. (Online);31(6):603-615, Nov.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective Food insecurity and child malnutrition are central topics in many food programs around the world; however, these indices do not diminish. The creation of strategies is necessary to increase the effectiveness of nutritional improvement programs. The objective of this research was to improve the nutritional quality of three local dishes included in the regular diet of the population by adding amaranth and to evaluate their acceptance by children from three communities in Tochimilco, Puebla, Mexico. Methods The study was carried out in three communities of "Tochimilco", Puebla, Mexico, in order to evaluate three local dishes: banana smoothie, beans and corn tortillas, which were chosen by mothers of the region in participative workshops on preparation of local dishes enriched with amaranth. Two sensory tests were applied: paired-comparison and hedonic scale to 208 and 210 children of preschool and scholar age, respectively. Results It was found that consumers showed similar preference for banana smoothie and beans enriched with amaranth compared to non-enriched dishes; while the amaranth enriched tortilla gained more preference in the different statistical tests and it was the dish with higher content of amino acids. Sensory attributes were similarly assessed and there were no significant differences among rural and urban communities and school year. Conclusion Children easily accept the addition of amaranth to the dishes they are accustomed to, as it does not change their food culture. It is possible to improve child nutrition by designing healthier dishes and incorporating them into the daily cooking of those who prepare the food.

RESUMO Objetivo A insegurança alimentar e a desnutrição infantil são temas centrais de muitos programas alimentares ao redor do mundo; no entanto, esses índices não diminuem. É preciso criar estratégias para aumentar a eficácia dos programas de desenvolvimento nutricional. A presente pesquisa teve como objetivo melhorar a qualidade nutricional de três pratos típicos da dieta normal da população local, adicionando amaranto às comidas típicas e avaliando a aceitação dele por crianças de três comunidades em Tochimilco, Puebla, México. Métodos O estudo foi realizado nas três comunidades para avaliar os três pratos típicos desta mesma região: vitamina de banana, feijão e as tortilhas de milho. Estas comidas foram escolhidas por mães da região em oficinas participativas de preparação de pratos locais enriquecidos com amaranto. Dois testes sensoriais foram aplicados: comparação pareada e escala hedônica para 208 e 210 crianças em idade pré-escolar e escolar, respectivamente. Resultados Verificou-se que os consumidores mostraram uma preferência semelhante pela vitamina de banana e feijão enriquecido com amaranto do que os mesmos não enriquecidos; enquanto a tortilha de milho enriquecida com amaranto ganhou mais preferência nos diferentes testes estatísticos e foi o prato com maior teor de aminoácidos. Os atributos sensoriais foram avaliados da mesma forma e não houve diferenças significativas entre as comunidades rurais e urbanas e as notas escolares. Conclusão As crianças aceitam facilmente a incorporação de amaranto nos pratos típicos da dieta delas, pois não repre-sentou nenhuma alteração da sua cultura alimentar. É possível melhorar a nutrição infantil, criando pratos mais saudáveis e incorporando-os na culinária cotidiana daqueles que preparam a comida.
Descritores: Transtornos da Nutrição Infantil
-Alimentos Fortificados
Criança
Pré-Escolar
Participação da Comunidade
Culinária
Amaranthus
México
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  7 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1102717
Autor: Zapata, María E; Rovirosa, Alicia; Carmuega, Esteban.
Título: Hierro y ácido fólico: natural, enriquecido, fortificado y suplementos. Análisis de las fuentes alimentarias en la Ciudad de Buenos Aires / Iron and folic acid: natural, enriched, fortified, and supplements. Analysis of food sources in the Autonomous City of Buenos Aires
Fonte: Arch. argent. pediatr;118(3):160-165, jun. 2020. tab, ilus.
Idioma: en; es.
Resumo: Introducción. La fortificación y suplementación son estrategias para la prevención de carencias de micronutrientes. El objetivo fue describir la procedencia de la ingesta del hierro y ácido fólico a lo largo del ciclo vital de la población de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires. Población y métodos. Análisis de la información de la Primera Encuesta Alimentaria y Nutricional de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires 2011, que tomó una muestra probabilística por conglomerados. El consumo se recabó con recordatorio de 24 horas. Se calculó el aporte de hierro y ácido fólico, y se categorizó en contenido natural, harina de trigo enriquecida, leche del Plan Materno Infantil, alimentos fortificados y suplementos. Resultados. De los 5369 individuos evaluados, prácticamente, la totalidad obtenía hierro y ácido fólico de contenido natural (el 58 % y el 29 % del consumo, respectivamente). Más del 90 % consumía harina de trigo enriquecida, que aportaba el 28 % del hierro y el 54 % del ácido fólico. Los alimentos fortificados mostraron consumo y aporte muy variable. La leche del Plan Materno Infantil mostró muy baja participación, inclusive en grupos específicos. El aporte de suplementos fue bajo, excepto en < 2 años (el 30 % consumía suplementos de hierro, que aportaban el 38 % de este).Conclusión. Además del aporte natural de los alimentos, la harina de trigo enriquecida representó una importante contribución en el consumo de ácido fólico y hierro de esta población; los alimentos fortificados y los suplementos tuvieron una participación diferente según el grupo etario.

Introduction. Fortification and supplementation are two strategies for micronutrient deficiency prevention. The objective of this study was to describe the source of iron and folic acid intake throughout the life cycle in the population of the Autonomous City of Buenos Aires.Population and methods. Analysis of the information collected in the First Survey on Nutritional Food Intake of the Autonomous City of Buenos Aires (2011), which had a probability cluster sampling design. Consumption was assessed by means of a 24-hour recall. Iron and folic acid intake was estimated and categorized into natural content, enriched wheat flour, milk from the Maternal and Child Plan, fortified foods, and supplements.Results. Out of the 5369 studied individuals, practically all got iron and folic acid from natural contents (58 % and 29 % of intake, respectively). More than 90 % consumed enriched wheat flour, which provided 28 % of iron and 54 % of folic acid. Fortified food consumption and intake varied greatly. Milk intake from the Maternal and Child Plan was small, even in specific groups. Intake from supplements was low, except in children < 2 years old (30 % consumed iron supplements, which accounted for 38 % of iron).Conclusion. In addition to natural intake from foods, enriched wheat flour accounted for a major source of folic acid and iron in this population; intake from fortified foods and supplements varied by age group.
Descritores: Alimentos Fortificados
Ácido Fólico/administração & dosagem
Ferro/administração & dosagem
-Consumo de Alimentos
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Suplementos Nutricionais
Farinha
Anemia/prevenção & controle
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  8 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-156987
Autor: Chiarella, Pascual; Zegarra, Jaime; Caravedo, Luis.
Título: Administración de agua y glucosa en las primeras horas de vida. Es realmente necesario? / Water and glucose administration in the first hour of life. It is really necessary?
Fonte: Rev. méd. hered;4(1):20-5, mar. 1993. tab.
Idioma: es.
Resumo: Las prácticas en la nutrición del recién nacido han variado; se fomenta la lactancia materna exclusiva y se discute la necesidad de administrar un suplemento de glucosa y agua durante las primeras horas de vida para mantener la glicemia e hidratación. Para invertigar al respecto se estudiaron 103 neonatos normales y sin factores de riesgo, divididos en 2 grupos:Lactancia Materna Exclusiva (LME) (52), Lactancia Mixta (LMX) (51), 2 suplementos de dextrosa al 5 por ciento mas lactancia materna. Se midio glicemia, hematocrito y GEP (gravedad especifica plasmática, a las 0.6,12,18 y 24 horas, y el peso a las o,12,24 horas de vida. Se utilizó analisis de varianza para el estudio estadístico. Las glicemias al nacer estuvieron entre 75 y 98 mg por ciento descendiendo a 63 y 78 mg por ciento luego de 6 horas, y manteniendose hasta las 24 horas de vida. A las 6 horas el grupo en LMX tuvo una media mas alta y una desviación standard mayor que el grupo en LME, es dedir, la glicemia llego a valores mas altos y mostro variabilidad mayor. El hematocrito, la GEP y el peso tuvieeron variaciones similares en todos los grupos. La administración de un suplemento de dextrosa, mostro ser innecesaria para mantener la homeostasia de glucosa y el estado de hidratación del neonato normal aun cuando el inicio de la lactancia materna se retrase hasta 12 horas
Descritores: Estado Nutricional
Necessidades Nutricionais
Recém-Nascido/metabolismo
-Aleitamento Materno
Lactação/metabolismo
Alimentos Fortificados
Glucose/administração & dosagem
Glucose/metabolismo
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  9 / 601 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-315488
Autor: Alarcón Mangini, Jorge L; Alarcón Menéndez, Pedro.
Título: Nutrientes funcionales, aparato digestivo y beneficios potenciales para el niño / Functional nutrients, digestive apparatus and potential benedicios for the boy
Fonte: Rev. gastroenterol. Perú;22(1):69-73, 2002. tab.
Idioma: es.
Resumo: La posibilidad de que ciertos alimentos posean componentes fisiológicamente activos que tengan la potencial posibilidad de promover un estado más óptimo de salud en el ser humano viene cobrando muchísimo interés y ha dado origen a un nuevo término médico, nutrientes funcionales (Functional Foods). Estudios recientes han mostrado en forma convincente, que ciertos alimentos ya sea modificados/manipulados o ciertos ingredientes específicos, pueden proporcionar beneficios para la salud más allá de los que normalmente un alimento en sí, proporciona. Efectivamente, los Nutientes Funcionales son alimentos/ingredientes que tienen la capacidad de promover un estado más óptimo de salud. Los beneficios asignados a estos nutrientes incluyen, entre otros: la prevención de ciertas enfermedades, la promoción de una buena salud o ambos. El tracto gastrointestinal es clave en el desarrollo/identificación de estos nuevos nutientes/ingredientes ya que como sabemos juega un importante rol en la interfase entre la dieta los eventos metabólicos que dar soporte a la vida. La Asociación Americana de Nutricionistas recomienda una evaluación cuidadosa e individualizada, respecto de la real eficacia de estos nutrientes/ingredientes antes de aceptar su uso como verdaderos efectos de estos nutrientes y sus componentes.
Descritores: Alimentos Fortificados
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  10 / 601 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-559039
Autor: Sanabria Rojas, Hernán A; Tarqui Mamani, Carolina; Villanueva Coz, Virginia.
Título: Importancia de fortificar la harina de trigo con ácido fólico para prevenir defectos del tubo neural en Perú / Importance of fortifying wheat flour with folic acid to prevent neural tube defects in Peru
Fonte: Rev. enferm. herediana;2(2):105-112, jul.-dic. 2009.
Idioma: es.
Resumo: La etiología de los defectos del tubo neural (DTN) es multifactorial: interacción de factores ambientales, nutricionales, genéticos, étnicos o de causa desconocida. Se ha relacionado a los DTN con la deficiencia de folatos, cuyas causas son: a) ingesta inadecuada; b) absorción deficiente; c) aumento del consumo; y d) alteraciones en su utilización. Además de la dieta insuficiente hay otras situaciones que favorecen el déficit de folatos: el alcoholismo, las enfermedades intestinales y las interacciones medicamentosas. Esta revisión presenta un panorama sobre los DTN y resalta la importancia de fortificar la harina de trigo con ácido fólico para prevenirlos y muestra información actualizada sobre investigaciones relacionadas con la ingesta de folatos y los DTN en el Perú.

The aetiology of the DTN is multifactorial: environmental interaction, nutritional, genetic, ethnic factors or unknown cause. DTN has been related to the folate deficiency, with causes are: a) inadequate ingestion; inadequate absorption; c) consumption increase; and d) alterations in its use. Besides the insufficient diet, there are other situations to favor folate deficiency: alcoholism, intestinal diseases and medicical interactions. This review focus on DTN and emphasizes the importance of fortifying wheat flour with folic acid to prevent them and displays current information on ingestion of folates related to DTN in Peru.
Descritores: Alimentos Fortificados
Defeitos do Tubo Neural/epidemiologia
Defeitos do Tubo Neural/etiologia
Triticum
Ácido Fólico
-Peru
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: PE1.3 - Biblioteca de Enfermería



página 1 de 61 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde