Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.203.300.515 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 607 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 61 ir para página                         

  1 / 607 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875115
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde.
Título: Suplemento alimentar com múltiplos micronutrientes em pó para implantação do NutriSUS / Multi-micronutrient food supplement for implantation of NutriSUS.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2014. graf.
Idioma: pt.
Resumo: CONTEXTO: No Brasil, 20,9% das crianças menores de 5 anos possuem anemia causada por deficiência de ferro (PNDS 2006). O público mais vulnerável são as crianças menores de 24 meses, pois tem como consequência danos ao desenvolvimento neuropsicomotor, repercussões futuras na idade escolar e na adolescência, gerando adultos com menor capacidade produtiva, o que repercute na economia dos países. A prevenção da anemia e, segundo estudos científicos, a suplementação da alimentação infantil com múltiplos micronutrientes, incluindo ferro é uma alternativa inovadora à suplementação com ferro e à biofortificação de alimentos. A DOENÇA: Os primeiros anos de vida se configuram em um período de intenso crescimento e desenvolvimento, sendo, portanto, uma fase dependente de vários estímulos para garantir que as crianças cresçam de forma saudável. As práticas alimentares inadequadas nos primeiros anos de vida estão intimamente relacionadas à morbimortalidade de crianças, representada por doenças infecciosas, afecções respiratórias, cárie dental, desnutrição, excesso de peso e carências específicas de micronutrientes como de ferro, zinco e vitamina A. As principais consequências da deficiência de ferro são anemia, deficiência cognitiva, de desempenho físico e aumento das mortalidades materna e infantil. Essa carência está associada a prejuízos no desenvolvimento neurológico e psicomotor das crianças, comprometendo a capacidade de aprendizagem, além da diminuição da imunidade celular, que resulta em menor resistência às infecções e baixa produtividade em adultos. A TECNOLOGIA: Suplemento alimentar para implantação da estratégia NutriSUS ­ fortificação da alimentação infantil com micronutrientes em pó. Em 2011, a Organização Mundial da Saúde passou a recomendar a estratégia de fortificação dos alimentos com múltiplos micronutrientes como alternativa à suplementação com ferro isolado, com o intuito de aumentar a ingestão de vitaminas e minerais em crianças (WHO, 2011). ESTUDO DE AVALIAÇÃO: O Estudo de Avaliação da Efetividade da Ação no Âmbito do SUS (ENFAC) foi realizado no período de junho de 2012 a julho de 2013 em quatro cidades brasileiras ­ Goiânia (GO), Olinda (PE), Porto Alegre (RS) e Rio Branco (AC). O objetivo do estudo foi avaliar a efetividade do sachê de micronutrientes, a adesão por mães e a aceitação por parte das crianças de 6 a 8 meses atendidas na rede de atenção do SUS e contribuir para a implementação da estratégia no Brasil. Em maio/2014, foram publicados os primeiros resultados do estudo comparando-se as crianças do grupo controle e intervenção (confirme Figura 1 que consta neste relatório). Para viabilizar a realização desta pesquisa, os sachês com múltiplos micronutrientes foram doados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o financiamento foi do Ministério da Saúde/Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição - CGAN, com gerência administrativo-financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq, processo nº 552747/2011-4). CONCLUSÃO: Por fim, considerando que a anemia configura-se como importante problema de saúde pública e traz graves repercussões no desenvolvimento infantil, propõem-se o NutriSUS como estratégia inovadora para a prevenção e controle da anemia e outras carências nutricionais específicas no Brasil. Para tal, a Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde solicitou a apreciação pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologia no SUS ­ CONITEC/SCTIE quanto à incorporação deste suplemento na rede de atenção do SUS, tendo em vista que o sache com múltiplos micronutrientes ainda não está contemplado na Relação Nacional de Medicamentos (RENAME, 2013). RECOMENDAÇÃO DA CONITEC: Na 26ª reunião da CONITEC, realizada no dia 09/06/2014, os membros da CONITEC deliberaram, por unanimidade, pela incorporação de suplemento de vitaminas e minerais na educação infantil.
Descritores: Alimentos Fortificados/provisão & distribuição
Saúde da Criança
Anemia Ferropriva/terapia
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Desenvolvimento Infantil
Análise Custo-Benefício
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1283013
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud y Gestión Territorial en Salud.
Título: Guía de capacitación: Uso de micronutrientes y alimentos ricos en hierro. Dirigida al personal de salud / Training Guide: Use of micronutrients and foods rich in iron. Directed health personnel.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud y Gestión Territorial en Salud; 2016. 26 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La guía tiene el propósito de fortalecer las competencias del personal de salud, responsable de la capacitación de los promotores comunitarios de los servicios de Educación Temprana del Ministerio de Educación (MINEDU), los cuales brindan atención a niñas y niños menores de tres años. La principal consecuencia de la anemia en niñas y niños, es el efecto que tiene sobre el cerebro en acelerado proceso de desarrollo. Diversos estudios internacionales, muestran el efecto de la anemia sobre el desarrollo de capacidades del niño, lo que conlleva a problemas de aprendizaje escolar
Descritores: Alimentos Fortificados
Pessoal de Saúde
Micronutrientes
Alimentos Integrais
Comportamento Alimentar
Promoção da Saúde
Tipo de Publ: Guia
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  3 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1283012
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud y Gestión Territorial en Salud.
Título: Guía de capacitación: Uso de micronutrientes y alimentos ricos en hierro. Dirigida a madres líderes / Training Guide: Using micronutrients and iron-rich foods. Aimed at mothers leaders.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud y Gestión Territorial en Salud; 2016. 30 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La guía tiene el propósito de fortalecer las competencias de madres líderes, responsable de la capacitación de los promotores comunitarios de los servicios de Educación Temprana del Ministerio de Educación (MINEDU), los cuales brindan atención a niñas y niños menores de tres años. La principal consecuencia de la anemia en niñas y niños, es el efecto que tiene sobre el cerebro en acelerado proceso de desarrollo. Diversos estudios internacionales, muestran el efecto de la anemia sobre el desarrollo de capacidades del niño, lo que conlleva a problemas de aprendizaje escolar
Descritores: Deficiência de Ferro
Alimentos Fortificados
Alimentos Integrais
Estilo de Vida Saudável
Promoção da Saúde
Liderança
Tocologia
Tipo de Publ: Guia
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  4 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1283005
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud y Gestión Territorial en Salud. Dirección de Educación y Participación para la Salud.
Título: Guía de Capacitación: Uso de micronutrientes y alimentos ricos en hierro. Dirigida a docentes coordinadores, docentes de aula y promotores comunitarios / Training Guide: Use of micronutrients and iron-rich foods. Directed coordinators teachers, classroom teachers and community workers.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Promoción de la Salud y Gestión Territorial en Salud; 2016. 26 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La guía tiene el propósito de fortalecer las competencias del cuerpo docente de salud, responsable de la capacitación de los promotores comunitarios de los servicios de Educación Temprana del Ministerio de Educación (MINEDU), los cuales brindan atención a niñas y niños menores de tres años. La principal consecuencia de la anemia en niñas y niños, es el efecto que tiene sobre el cerebro en acelerado proceso de desarrollo. Diversos estudios internacionales, muestran el efecto de la anemia sobre el desarrollo de capacidades del niño, lo que conlleva a problemas de aprendizaje escolar
Descritores: Deficiência de Ferro
Alimentos Fortificados
Micronutrientes
Alimentos Integrais
Docentes
Estilo de Vida Saudável
Promoção da Saúde
Tipo de Publ: Guia
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  5 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1025512
Autor: Hernandez, Sergio A; Ralda, Claudia I; Godoy, Axel J; Polanco, Edgar A; Pérez, Hugo R.
Título: Evaluación de dos fórmulas de yogur enriquecido con harina de Acheta domesticus y harina de Brosimum alicastrum Swartz como alimentos complementarios / Evaluation of two formulas of yogurt enriched with Acheta domesticus flour and Brosimum alicastrum flour, as complementary foods
Fonte: Cienc. tecnol. salud;6(1):43-52, 2019. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La prevalencia de desnutrición en niños en Guatemala es constante y se ha mantenido alta por años. Tomando en cuenta esta problemática se planteó un modelo de alimentación complementaria a base de yogur enriquecido con harinas de alto valor proteico en niños de edad preescolar en el suroccidente de Guatemala. Los tratamientos evaluados fueron yogur con harina de Acheta domesticus (grillo), yogur con harina de Brosimum alicastrum Swartz (ramón) y un grupo control. Se evaluó el peso, talla y velocidad de crecimiento durante cuatro meses brindando 125 mL de yogur cinco días por semana. La ganancia media (desviación estándar) de peso en kg fue de 3.21 (1.84), 2.22 (1.14) y 1.67 (0.64) para A. domesticus, B. alicastrum y grupo control, respectivamente. Mostrando la mezcla de yogur con harina de A. domesticus diferencia significativa frente al control (p < .05), por el contrario, no se encontró diferencia significativa (p > .05) cuando se comparó con yogur con harina de B. alicastrum. Para el incremento en talla en cm los resultados fueron 4.61 (1.13), 4.25 (1.54) y 3.07 (1.84) para A. domesticus, B. alicastrum y grupo control, respectivamente, mostrando ambas diferencias significativas frente al control (p < .05). Se determinaron los costos por dosis los cuales fueron US$0.56 (A. domesticus) y US$0.36 (B. alicastrum). Se concluye que el yogur con harina de A. domesticus fue el que presentó mejor respuesta en las variables de estudio.

The prevalence data on malnutrition of children in Guatemala are constant. Taking into account this problem, a yogurt-based supplementary feeding model was proposed, enriched with high-protein flours in pre-school children in southwestern Guatemala. The treatments evaluated were yogurt with Acheta domesticus flour (cricket), yogurt with Brosimum alicastrum Swartz flour (ramon) and control group. The weight, height and growth rate were evaluated during four months providing 125 mL of yogurt five days per week. The weight gain in kg was 3.21 (1.84), 2.22 (1.14) and 1.67 (0.64) for A. domesticus, B. alicastrum and control group respectively, showing significant difference (p < .05). The costs per dose were determined, which were US $ 0.56 (A. domesticus) and US $ 0.36 (B. alicastrum). The study concludes that yogurt with A. domesticus flour was the one that presented the best response in the study variables.
Descritores: Iogurte/análise
Alimentos Fortificados/análise
-Gryllidae
Alimentos Fortificados/economia
Desnutrição/prevenção & controle
Farinha
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Responsável: GT49.1


  6 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838857
Autor: Salomão, Renato Manganelli; Cervante, Tatiana Protzenko; Salomão, José Francisco Manganelli; Leon, Soniza Vieira Alves.
Título: The mortality rate after hospital discharge in patients with myelomeningocele decreased after implementation of mandatory flour fortification with folic acid / Redução da taxa de mortalidade após a alta hospitalar em pacientes com mielomeningocele depois da implementação da fortificação obrigatória das farinhas com ácido fólico
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;75(1):20-24, Jan. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To evaluate the mandatory folic acid fortification of flour on mortality rates after the hospital discharge of children born with myelomeningocele, the most affected age group and the most frequent cause of death. Methods: A retrospective study of 383 children born with myelomeningocele from January 1990 to December 2013 in a high-fetal-risk reference hospital. Results: A total of 39 patients died (10.1%),of which 23 (6%) died after discharge. Most children who died were younger than 12 months of age. The most frequent cause of death was infection of the central nervous system, followed by urinary tract sepsis and infections of the respiratory system. Symptomatic Chiari II malformation was the most frequent comorbidity factor. Conclusion: Although there was no significant difference in infant mortality before and after folic acid fortification, there was a significant reduction in deaths after hospital discharge in babies born after implementation of mandatory folic acid fortification

RESUMO Objetivo: Avaliar a fortificação obrigatória de farinhas com ácido fólico nas taxas de mortalidade após a alta hospitalar de crianças nascidas com mielomeningocele, a faixa etária mais atingida e a causa mais freqüente de morte. Métodos: Estudo retrospectivo de 383 crianças nascidas com mielomeningocele de janeiro de 1990 a dezembro de 2013, em um hospital de referência de alto risco fetal. Resultados: Um total de 39 pacientes morreram (10,1%), dos quais 23 (6%) morreram após a alta. A maioria das crianças que morreram não alcançaram 12 meses de idade. A causa mais frequente de morte foi infecção do sistema nervoso central, seguido por sépsis, infecções do trato urinário e do sistema respiratório. A malformação de Chiari Tipo II foi a comorbidade mais freqüente. Conclusão: Apesar de não haver diferença significativa na frequência de mortalidade de recém-nascidos, antes e depois da fortificação obrigatória com ácido fólico, houve uma redução significativa no número de mortes após a alta hospitalar em bebês nascidos após a implementação da fortificação obrigatória das farinhas com ácido fólico.
Descritores: Complexo Vitamínico B/administração & dosagem
Alimentos Fortificados
Meningomielocele/dietoterapia
Meningomielocele/mortalidade
Ácido Fólico/administração & dosagem
-Alta do Paciente
Estudos Retrospectivos
Fatores de Risco
Causas de Morte
Farinha
Limites: Humanos
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1170971
Autor: Arg³ello Carolina E; Defagó María D.
Título: Aporte de leche materna en el recién nacido prematuro hospitalizado y evolución nutricional / [Human milk in hospitalized premature neonates and nutritional evolution].
Fonte: Rev. Fac. Cienc. Méd. (Córdoba);71(1):28-35, 2014.
Idioma: es.
Resumo: BACKGROUND: Preterm infants require special considerations than term infants to obtain adequate growth. OBJECTIVE: The aim was to evaluate human milk (HM) in low birth weight premature newborn (LBW-PN) and very low birth weight (VLBW-PN) during hospitalization, maternal factors, and the relationship with nutritional parameters. MATERIAL AND METHODS: 87 LBW-PN and 82 VLBW-PN), admitted in a public hospital in Córdoba, Argentina, were included. Anthropometry, food and biochemical parameters, and child and maternal history were registered. HM contribution was calculated. Anthropometric and biochemical values, days of hospitalization and maternal factors by HM intake were analyzed. RESULTS: Only 36,36

of VLBW-PN and 31,02

of their diet with HM. The hemoglobin concentration at discharge was higher in VLBW-PN group with more HM (p=0,01). There was a statistically significant association between HM amount and height at discharge in the PN with less than 20

of their diet with HM. A high prevalence of cesarean delivery was observed, related to lower HM. CONCLUSIONS: HM contributes to hemoglobin stabilization. Cesarean delivery may be associated with lower contribution of HM to newborn infants.
Descritores: Ingestão de Energia
Leite Humano
Recém-Nascido Prematuro
Recém-Nascido de Baixo Peso/crescimento & desenvolvimento
Recém-Nascido de muito Baixo Peso/crescimento & desenvolvimento
-Alimentos Fortificados
Argentina
Feminino
Ganho de Peso
Humanos
Masculino
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Resumo em Inglês
Artigo de Revista
Responsável: AR5.1 - Centro de Gestión del Conocimiento y las Comunicaciónes


  8 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1146238
Autor: Baldino, Camila Florido.
Título: Prevalência de defeitos do tubo neural no estado de São Paulo antes e após a fortificação das farinhas com ácido fólico / Prevalence of neural tube defects in the state of Sao Paulo before and after fortification of flour with folic acid.
Fonte: São Paulo; s.n; 2011. 68 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo - USP para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: Defeitos do tubo neural (DTN) são as malformações mais freqüentes do sistema nervoso. Decorrem de falha no fechamento do tubo neural embrionário entre 21-28 dias após a concepção e representam importante causa de morbimortalidade infantil passível de prevenção. Os defeitos mais freqüentes são anencefalia e espinha bífida. Considerando que o ácido fólico reduz o risco de DTN, a fortificação compulsória das farinhas de trigo e milho com ferro e ácido fólico passou a ser obrigatória no Brasil desde junho de 2004. Assim, delineou-se este estudo com vistas a proporcionar uma base de referência sobre a evolução do problema no Estado de São Paulo e contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas que visam a prevenção e a minimização desse problema de saúde em nível populacional. Objetivo: Comparar a prevalência de DTN no Estado de São Paulo, antes e após a fortificação das farinhas com ácido fólico. Método: Estudo transversal analítico que utilizou dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc) nos períodos antes (2001-2003) e após (2006-2008) a fortificação obrigatória das farinhas com ácido fólico. A variável dependente foi a presença de DTN, identificado pelos códigos Q00 (anencefalia), Q01 (encefalocele) e Q05 (espinha bífida, que inclui meningocele e mielomeningocele) da 10ª Classificação Internacional de Doenças (CID-10). Avaliou-se a prevalência de DTN segundo período (antes/após-fortificação), características maternas e do recém nascido.Odds Ratio (OR) e respectivos intervalos de confiança (IC95%) foram utilizados para análise dos dados, conduzida no software R. Utilizou-se o teste de qui-quadrado com nível de confiança de 5%. Resultados: A prevalência total de DTN diminuiu significativamente no período estudado, passando de 0,57 por mil nascidos vivos antes da fortificação para 0,37 por mil nascidos vivos após a fortificação (OR:0,65; IC95%:0,59-0,72). Tanto a espinha bífida (OR:0,52; IC95%:0,45-0,59) quanto a anencefalia (OR:0,79; IC95%:0,67-0,92) foram menos prevalentes no período após a fortificação. Encefalocele foi a menos freqüente e não mostrou diferença na prevalência entre os períodos. Análise estratificada segundo características maternas e infantis mostrou associação estatisticamente significativa de DTN com idade materna no período antes da fortificação e com escolaridade materna, número de consultas de pré-natal e duração da gestação em ambos os períodos. As variáveis do recém-nascido que se associaram estatisticamente com DTN foram sexo no período antes da fortificação e peso ao nascer em ambos os períodos.

Introduction: Neural tube defects (NTDs) are the most frequent malformations of the nervous system. Result of failure in the embryonic neural tube between 21-28 days after conception and are an important cause of preventable child mortality. The most frequent defects are anencephaly and spina bifida. Considering that folic acid reduces the risk of NTDs, Considering that folic acid reduces the risk of NTD, the compulsory fortification of wheat and corn flour with iron and folic acid became mandatory in Brazil since June 2004. Thus, this study was outlined in order to provide a baseline on the evolution of the problem in the State of Sao Paulo and contribute to the improvement of public policies aimed at prevention and minimization of this health problem at the population level. Objective: To compare the prevalence of NTDs in the State of Sao Paulo, before and after fortification of flour with folic acid. Methods: Analytical transversal study used data from the Information System on Live Births (Sinasc) in the periods before (2001-2003) and after (2006-2008) the mandatory fortification of flour with folic acid. The dependent variable was the presence of NTDs, identified by the codes Q00 (anencephaly), Q01 (encephalocele) and Q05 (spina bifida, meningocele and myelomeningocele including) the 10th International Classification of Diseases (ICD-10). Evaluated the prevalence of NTDs second period (before / after-fortification), and maternal characteristics of the newborn. OddsRatio (OR) and confidence intervals (95%) were used for data analysis, conducted in the software R. Was used the chi-square test with a confidence level of 5%. Results: The total prevalence of NTDs decreased significantly during the study period, from 0,57 per thousand live births before fortification to 0,37 for a thousand live births after fortification (OR:0,65; IC95%: 0,59-0,72). Both spina bifida (OR:0,52; IC95%: 0,45-0,59) and anencephaly (OR:0,79; IC95%: 0,67-0,92) were less prevalent in the period after fortification. Encephalocele was less frequent and showed no difference in prevalence between periods. Analysis stratified by maternal characteristics and infant showed a statistically significant association of NTDs with maternal age in the period before fortification and maternal education, number of prenatal visits and duration of pregnancy in both periods. The variables of the newborn that is statistically associated with NTDs were sex in the period before fortification and birth weight in both periods.
Descritores: Prevenção Primária
Alimentos Fortificados
Epidemiologia
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta
BR41.1


  9 / 607 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1129715
Autor: Souza, C. S; Moreira, J. A; Silva, N. R; Marinho, A. L; Costa, C. V. S; Souza, J. G; Teixeira, E. N. M; Aguiar, E. M.
Título: Enrichment diets of pigs with oil blends and its effects on performance, carcass characteristics and fatty acid profile / Dietas enriquecidas com blends de óleos para suínos em terminação e seus efeitos sobre o desempenho, as características de carcaça e o perfil de ácidos graxos
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(3):1000-1008, May-June, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: The addition of different oil blends in the feed of finishing pigs was evaluated. Twenty-four castrated male finishing pigs were used in a randomized block design containing four treatments and six replicates. The treatments consisted of: Reference ration (RR) - 100% soybean oil feed; and the combination of the different oils: Blend1 - 50.0% soybean oil (SO), 25.0% flaxseed oil (FO), 12.5% olive oil (OO) and 12.5% canola oil (CO); Blend2 - 25.0% SO, 50.0% FO, 12.5% OO and 12.5% CO; and Blend3 - 25.0% SO, 12.5% FO, 12.5% OO and 50.0% CO. The performance, quantitative and qualitative carcass parameters, fatty acids profile and economic feasibility of the diets were evaluated. The use of blends in the diets did not influence the performance or carcass quality, but increased marbling and carcass yield. The fatty acid profile of the loin presented greater amounts of stearic acid in Blend3 and higher percentage of unsaturated fatty acids in animals fed with Blend1. The fatty tissue presented greater amounts of myristic acid in Blend1 and oleic acid in Blend3. The reference ration was the most economic. The Blends did not affect performance or carcass characteristics and improved the fatty acid profile.(AU)

Foi avaliada a utilização de diferentes blends de óleo em dietas de suínos em terminação. Foram utilizados 24 suínos, machos, castrados, distribuídos em delineamento de blocos ao acaso, com quatro tratamentos e seis repetições. Os tratamentos consistiram de: ração referência (RR) - 100% de ração com utilização de óleo de soja; e a combinação de diferentes óleos: Blend1 - 50,0% de óleo de soja (OS), 25,0% de óleo de linhaça (OL), 12,5% de óleo de oliva (OO) e 12,5% de óleo de canola (OC); Blend2 - 25,0% OS; 50,0% OL; 12,5% OO e 12,5% OC; e Blend3 - 25,0% OS; 12,5% OL; 12,5% OO e 50,0% OC. Foram avaliados os parâmetros de desempenho, a qualidade de carcaça, o perfil de ácidos graxos e a viabilidade econômica. O uso de blends nas dietas não influenciou o desempenho ou a qualidade da carcaça, mas aumentou o marmoreio e o rendimento de carcaça. O perfil de ácidos graxos do lombo apresentou maiores quantidades de ácido esteárico com a utilização do Blend3 e maior porcentagem de ácidos graxos insaturados nos animais alimentados com o Blend1. O tecido adiposo apresentou maiores quantidades de ácido mirístico quando se forneceu o Blend1 e de ácido oleico com o Blend3. A ração testemunha foi a mais econômica. As misturas não afetaram o desempenho e as características de carcaça e melhoraram o perfil de ácidos graxos da carne.(AU)
Descritores: Suínos/metabolismo
Ácidos Graxos Monoinsaturados/administração & dosagem
Ácido Linoleico
Ácidos Graxos/metabolismo
-Alimentos Fortificados
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 607 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-797174
Autor: Novaes, Myrian Dayane Santana; Oliveira, Adriana Paiva de; Hernandes, Thais; Rodrigues, Erika Cristina; Sigarini, Keyla dos Santos; Pedro, Francisca Graciele Gomes; Villa, Ricardo Dalla.
Título: Composição proximal e mineral de biscoitos tipo amanteigado enriquecidos com diferentes farinhas de casca de frutas / Proximal and mineral composition of buttery biscuits enriched with different fruits peel flours
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;74(4):390-398, out.-dez.2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo determinar a composição proximal e mineral de biscoitos tipo amanteigado enriquecidos com farinha da casca de banana nanica (Musa paradisiaca), de manga Tommy Atkins (Mangifera indica L.) e de mamão formosa (Carica papaya L.). Os biscoitos foram elaborados utilizando-se diferentes níveis de substituição da farinha de trigo pelas farinhas das cascas de frutas. A composição proximal foi obtida por meio de determinação dos teores de cinzas, umidade, proteínas, lipídeos, fibras alimentares, carboidratos digeríveis e valor energético total. A composição mineral foi determinada pela decomposição por via seca das amostras, e a quantificação foi feita por espectrometria de absorção atômica em chama. Os resultados da composição proximal apresentaram diferenças significativas (p ≤ 0,05) entre os biscoitos enriquecidos e a amostra de referência, exceto para o teor de umidade. Os biscoitos enriquecidos apresentaram teores de cinzas acima do biscoito referência, indicando um ganho em relação ao teor de minerais, o que foi comprovado para Fe, K, Cu e Ca.Os biscoitos amanteigados elaborados neste trabalho podem ser uma alternativa simples, sustentável e de baixo custo para o uso de resíduos de frutas na fabricação caseira de produtos alimentícios com ganho nutricional principalmente de conteúdo mineral...
Descritores: Alimentos Fortificados
Biscoitos
Frutas
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 61 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde