Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.345 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 295 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 30 ir para página                         

  1 / 295 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-784962
Autor: Silva, João Batista da; Melo, Elza M. de; Micussi, Maria Thereza; Azevedo, George Dantas de; Lemos, Telma M; Spyrides, Maria H; Arrais, Ricardo F; Maranhão, Técia M.
Título: Prevalência da síndrome metabólica nos estágios pubertários de escolares do sexo feminino / Prevalence of metabolic syndrome in pubertal stages of female students / Prevalencia del síndrome metabólico en etapas de la pubertad de las estudiantes do sexo femenino
Fonte: Rev. salud pública;18(3):1-1, mayo-jun. 2016. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo Analisar a prevalência da síndrome metabólica (SM) nos estágios pubertários de escolares do sexo feminino. Métodos Estudo transversal com 449 escolares, entre oito e 18 anos, estratificadas nos estágios pubertário, índice de massa corporal (IMC) e percentual de gordura (%G). A SM foi classificada pela International Diabetes Federation. A análise feita pela distribuição de frequências, intervalos de confiança (95 %), Qui-quadrado e razão de chance para associações. Resultados A prevalência de SM foi 3,3 % (IC:2 %-5 %), sendo 2,5 % (IC:0,1 %-5%) no púbere e 7,9 % (IC:3,2 %-12,6 %) no pós-púberes, com associação significante destes com a SM (X²=5,2 [p<0,02]). A razão de chance aponta meninas pós-púberes (3,3 [IC:1,2-5]) e obesas (2,1 [CI:2-2,2]) mais propensas à SM, indicando associação linear significante do IMC com o desfecho (X²=29,4 [p<0,001]). Púberes menos de 10 anos com SM apresentaram maiores %G. Os componentes prevalentes foram: circunferência da cintura alterada (27,2 % [IC23 %-31 %]) e colesterol HDL baixo (39,6 % [IC35 %-44 %]) e prevalência da hipertensão sistêmica nas pós-púberes. Conclusões A SM inicia-se no estágio púbere, com prevalência no pós-púbere, sendo o excesso de gordura o desencadeador nas menores de 10 anos. Estratégias de prevenção são necessárias à população de crianças e adolescentes.(AU)

Objective To analyze the prevalence of metabolic syndrome (MS) in pubertal stages of female students. Methods Cross-sectional study of 449 school children between eight and 18 years, stratified by pubertal stage, body mass index (BMI) and body fat percentage (BF %). The MS was classified according to the International Diabetes Federation. The analysis by frequency distribution, confidence intervals (95 %), Chi-square and odds ratio for associations was performed. Results The prevalence of MS was 3.3 % (CI:2 %-5 %) and 2.5 % (CI: 0.1 - 5 %) in pubertal and 7.9% (CI:3.2 % - 12.6 %) in the post-pubescent, with a significant association of this group with MS (X² = 5.2 [p <0.02]). The odds ratio shows that post-pubescent girls (3.3 [CI: 1.2 to 5]) and obese girls (2.1 [CI: 2 - 2.2]) are more likely to have MS, indicating significant linear association between BMI and the outcome (X²=29.4 [p<0.001]). Pubescent children under 10 years of age with MS had higher %G. The prevalent components were altered waist circumference (27.2 % [CI23 %-31 %]) and low HDL cholesterol (39.6 % [CI 35 % - 44 %]), as well as prevalence of systemic hypertension in post-pubertal girls. Conclusions MS begins in the pubertal stage, with prevalence in the post-pubertal stage. Excess fat is a trigger in children under 10 years of age. Prevention strategies are needed for the population of children and adolescents.(AU)

Objetivo Analizar la prevalencia del síndrome metabólico (SM) en el estadio puberal de estudiantes de sexo femenino. Métodos Estudio transversal con 449 niños en edad escolar entre ocho y 18 años, estratificado en la etapa de la pubertad, el índice de masa corporal (IMC) y el porcentaje de grasa corporal (% GC). El SM fue clasificado por la Federación Internacional de Diabetes. El análisis se adelantó por medio de la distri study bución de frecuencias, intervalos de confianza (95 %), Chi-cuadrado y Odds ratio para las asociaciones. Resultados La prevalencia de SM fue del 3,3 % (IC:2 %-5 %) y 2,5 % (IC:0,1 %-5 %) en la pubertad y el 7,9 % (IC:3,2 %-12,6 %) en el post-pubescente, con estas asociación significativa con SM (X²=5,2 [p <0,02]). El Odds ratio señala niñas post-púberes (3,3 [IC: 1.2 a 5]) y obesidad (2,1 [IC: 2-2,2]) más probabilidades de SM, lo que indica la asociación lineal significativa entre el IMC y la resultado (X²=29,4 [p<0,001]). Pubescentes menos de 10 años con EM tenía mayor %G. Los componentes predominantes fueron alterados circunferencia de la cintura (27,2 % [IC del 23 %-31 %]) y colesterol HDL bajo (39,6 % [IC del 35 %-44 %]) y la prevalencia de la hipertensión arterial sistémica en la post-puberal. Conclusiones SM comienza en la etapa puberal, con una prevalencia en el post-puberal, y el exceso de grasa es el desencadenante en niños menores de 10 años. Se necesitan estrategias de prevención para la población de niños y adolescentes.(AU)
Descritores: Síndrome Metabólica/epidemiologia
Crescimento e Desenvolvimento
Obesidade/epidemiologia
-Brasil/epidemiologia
Prevalência
Estudos Transversais/instrumentação
Fatores de Risco
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-837061
Autor: Londoño, J; Aristizábal, LC.
Título: Revisión narrativa. Complicaciones en la madre, feto y neonato, derivadas del consumo de cocaína durante la gestación / Narrative review. Complications in the mother, fetus, and neonate due to cocaine use during pregnancy / Revisão narrativa. Complicações na mãe, feto e neonato, derivadas do consumo de cocaína durante a gestação
Fonte: Med. U.P.B = Med. UPB;35(1):24-31, ene.-jun. 2016.
Idioma: es.
Resumo: Latinoamérica reporta en las gestantes un consumo de alcohol del 44%, cigarrillo 51.8%, anfetaminas 8.3%, cocaína 2.5% y marihuana 2%. Las gestantes consumidoras representan un problema para las instituciones prestadoras de salud que exige intervenciones intersectoriales e interdisciplinarias por las consecuencias físicas, psicológicas, familiares y sociales que conlleva para la madre, el neonato y el infante. En esta revisión se describen las complicaciones físicas y conductuales en la madre, el feto y el neonato, que surgen por el consumo de cocaína y sus derivados durante la gestación. Se realizó una revisión narrativa a partir de la búsqueda de información científica indexada en las bases de datos Pubmed, Lilacs, Ovid, Science Direct entre el 2000 y el 2015, se utilizaron palabras clave con el fin de realizar una búsqueda estandarizada de información y se incluyeron artículos como productos de investigaciones, revisiones sistemáticas, metaanálisis. Las gestantes consumidoras de cocaína entrañan un factor de riesgo para la salud pública, con consecuencias físicas, psicológicas, familiares, sociales para la madre, el neonato y el infante, tales como hipertensión gestacional, desprendimiento de placenta, retardo del crecimiento intrauterino y síndrome de abstinencia neonatal. Es necesario que los profesionales de salud, las instituciones hospitalarias y Secretarías locales de salud elaboren, adapten y adopten algún protocolo de notificación, manejo y seguimiento a las madres consumidoras y de sus hijos para promover hábitos saludables, prevención de complicaciones obstétricas, neonatales y seguimiento de repercusiones en el desarrollo y crecimiento de los hijos.

Latin America reported the following data regarding substance abuse in pregnant women: 44% alcohol, 51.8% tobacco, 8.3% amphetamines, 2.5% cocaine and 2% cannabis. Pregnant women using these substances are a risk factor for health institutions due to the physical, psychological, social, and family consequences for the mother and the newborn infant. Thus, intersectoral and interdisciplinary interventions are necessary to treat this problem. This review describes the physical and behavioral complications in the mother, fetus, and neonate as a result of the use of cocaine and its derivatives during pregnancy. A narrative review was performed by means of a search of journals indexed in PubMed, Lilacs, Ovid, Science Direct from 2000 to 2015. Keywords were used in order to perform a standardized literature search, and data from research articles, systematic reviews, meta-analyses were included. Pregnant consumers of cocaine involve a risk factor for public health due to the physical, psychological, family, and social consequences for the mother, the newborn, and infant, such as high blood pressure, abruption, intrauterine growth retardation, and neonatal abstinence syndrome. It is necessary for local health departments to develop, adopt, and adapt reporting, management, and monitoring protocols for consuming mothers and their children in order to promote healthy habits, prevention of obstetrics and neonatal complications and to monitor the impact on growth and development in children.

Latino-américa reporta nas gestantes um consumo de álcool de 44%, cigarro 51.8%, anfetaminas 8.3%, cocaína 2.5% e maconha 2%. As gestantes consumidoras representam um problema para as instituições prestadoras de saúde que exige intervenções inter-setoriais e interdisciplinares pelas consequências físicas, psicológicas, familiares e sociais que implica para a mãe, o neonato e o infante. Nesta revisão se descrevem as complicações físicas e de condutas na mãe, o feto e o neonato, que surgem pelo consumo de cocaína e seus derivados durante a gestação. Se realizou uma revisão narrativa a partir da busca de informação científica indexada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Ovid, Science Direct entre 2000 e 2015, se utilizaram palavras chave com o fim de realizar uma busca padrão de informação e se incluíram artigos como produtos de investigações, revisões sistemáticas, meta-análise. As gestantes consumidoras de cocaína entranham um fator de risco para a saúde pública, com consequências físicas, psicológicas, familiares, sociais para a mãe, o neonato e o infante, tais como hipertensão gestacional, desprendimento de placenta, retardo do crescimento intrauterino e síndrome de abstinência neonatal. É necessário que os profissionais de saúde, as instituições hospitalares e Secretarias locais de saúde elaborem, adaptem e adotem algum protocolo de notificação, manejo e seguimento às mães consumidoras e de seus filhos para promover hábitos saudáveis, prevenção de complicações obstétricas, neonatais e seguimento de repercussões no desenvolvimento e crescimento dos filhos.
Descritores: Síndrome de Abstinência Neonatal
-Complicações na Gravidez
Cocaína
Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína
Gestantes
Crescimento e Desenvolvimento
Doenças Fetais
Retardo do Crescimento Fetal
Estilo de Vida Saudável
Obstetrícia
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Lactente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO101 - Facultad de Medicina


  3 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-837093
Autor: Russi, ML; Montoya, DA.
Título: Caracterización neuropsicológica en niños entre seis y ocho años con antecedente de muy bajo peso al nacer y prematurez / Neuropsychological characterization in children between 6 and 8 years with very low birth weight and preterm birth / Caracterização neuropsicológica em crianças entre seis e oito anos com antecedente de muito baixo peso ao nascer e prematuro
Fonte: Med. U.P.B = Med. UPB;35(2):89-99, jul.-dic. 2016.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: el esfuerzo médico y de las UCI neonatales, ha permitido preservar la vida en pacientes con menos semanas de gestación. Los principales trastornos graves asociados con muy bajo peso son: parálisis cerebral, sordera, ceguera, retraso del desarrollo, retraso mental y epilepsia. Un 50% de estos niños muestra inteligencia límite, alta incidencia de trastornos de la comunicación o del aprendizaje y fracaso escolar, así como déficit de atención con hiperactividad, déficits neuropsicológicos específicos y problemas de la conducta. En este trabajo se analizaron las características neuropsicológicas de 45 niños entre seis y ocho años con antecedente de prematurez y muy bajo peso al nacer. Metodología: estudio observacional analítico transversal de niños nacidos entre 2005 y 2006. Se aplicaron pruebas para medir el coeficiente intelectual y las funciones mentales superiores (WISC-IV y ENI), previo consentimiento informado de los padres. Resultados: se observa un adecuado rendimiento en cuanto a la capacidad intelectual, con mejores desempeños a mayor edad gestacional y con diferencia estadísticamente significativa en el razonamiento perceptivo. Hay desempeño por debajo de la media en los prematuros extremos en habilidades metalingüísticas, memoria visual a largo plazo, fluidez verbal y flexibilidad cognitiva. Este bajo rendimiento, junto con menores puntuaciones en el CI, fue más notorio en los niños con antecedentes de sepsis y hemorragia ventricular. Conclusiones: el antecedente de prematurez y muy bajo peso al nacer impacta de forma negativa sobre las funciones neuropsicológicas. El desempeño neuropsicológico por fuera de la media (habilidades metalingüísticas, memoria visual, fluidez verbal y flexibilidad cognitiva) podría explicar problemas neuropsiquiátricos durante el crecimiento.

Objective: Medical and neonatal ICU efforts have made it possible to preserve the life of patients born prematurely. The main serious disorders associated with very low birth weight are cerebral palsy, deafness, blindness, developmental delay, mental retardation, and epilepsy. Of these children, 50% show intellectual disability, a high incidence of communication or learning disabilities, academic failure, attention deficit/hyperactivity disorder, specific neuropsychological deficits, and behavioral issues. This study analyzed the neuropsychological characteristics of 45 children between the ages of six and eight who were premature and had very low weight at birth. Methods: Observational, cross-sectional study in children born between 2005 and 2006. Upon parents' informed consent, tests were applied to measure IQ and superior intellectual ability (WISC-IV and ENI). Results: Adequate performance is observed regarding intellectual capacity, where better performance was observed in those with greater gestational age with statistically significant differences in perceptive reasoning. In extremely premature babies, there was below average performance in metalinguistic abilities, long-term visual memory, verbal fluency, and cognitive flexibility. This reduced performance, along with lower IQ scores, was more notorious in children with a history of sepsis and intraventricular hemorrhage. Conclusions: Preterm birth and very low birth weight has a negative effect on neuropsychological functions. Below average neuropsychological performance (metalinguistic abilities, visual memory, verbal fluency, and cognitive flexibility) could explain neuropsychiatric problems present during growth.

Objetivo: o esforço médico e das UTI neonatais, há permitido preservar a vida em pacientes com menos semanas de gestação. Os principais transtornos graves associados com muito baixo peso são: paralise cerebral, surdez, cegueira, retraso do desenvolvimento, retraso mental e epilepsia. Um 50% destas crianças mostra inteligência limite, alta incidência de transtornos da comunicação ou da aprendizagem e fracasso escolar, assim como déficit de atenção com hiperatividade, déficits neuropsicológicos específicos e problemas da conduta. Neste trabalho se analisaram as características neuropsicológicas de 45 crianças entre seis e oito anos com antecedente de prematurez e muito baixo peso ao nascer. Metodologia: estudo observacional analítico transversal de crianças nascidas entre 2005 e 2006. Se aplicaram provas para medir o coeficiente intelectual e as funções mentais superiores (WISC-IV y ENI), prévio consentimento informado dos pais. Resultados: se observa um adequado rendimento em quanto à capacidade intelectual, com melhores desempenhos a maior idade gestacional e com diferença estatisticamente significativa na razão perceptiva. Há desempenho por debaixo da média nos prematuros extremos em habilidades metalinguísticas, memória visual a longo prazo, fluidez verbal e flexibilidade cognitiva. Este baixo rendimento, junto com menores pontuações no CI, foi mais notório nas crianças com antecedentes de sepse e hemorragia ventricular. Conclusões: o antecedente de prematurez e muito baixo peso ao nascer impacta de forma negativa sobre as funções neuropsicológicas. O desempenho neuropsicológico por fora da média (habilidades metalinguísticas, memória visual, fluidez verbal e flexibilidade cognitiva) poderia explicar problemas neuropsiquiátricos durante o crescimento.
Descritores: Recém-Nascido Prematuro
-Peso ao Nascer
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Idade Gestacional
Nascimento Prematuro
Crescimento e Desenvolvimento
Inteligência
Aprendizagem
Deficiências da Aprendizagem
Deficiência Intelectual
Testes Neuropsicológicos
Limites: Humanos
Gravidez
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Estudo Clínico
Responsável: CO101 - Facultad de Medicina


  4 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-904325
Autor: Watson, Jean.
Título: Elucidando a disciplina de enfermagem como fundamental para o desenvolvimento da enfermagem profissional / Clarifying the discipline of nursing as foundational to development of professional nursing / Clarificando la disciplina de la enfermería como fundamental para el desarrollo de la enfermería profesional
Fonte: Texto & contexto enferm;26(4):editorial, 2017.
Idioma: pt.
Descritores: Enfermagem
Crescimento e Desenvolvimento
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  5 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120664
Autor: Lessa, Andréa Broch Siqueira Lusquinhos.
Título: Cuidados prestados pelas mães aos filhos com doença falciforme: superando desafios / Care provided by mothers to their children with sickle cell disease: overcoming challenges.
Fonte: Salvador; s.n; 2012. 111P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A doença falciforme é a alteração hematológica de ordem genética mais frequente no mundo. Originou-se no continente africano há milhares de anos, chegou ao Brasil no período da escravidão. A alteração causa vaso-oclusão na microvasculatura e hemólise crônica, crises álgicas, infecções, icterícia e anemia, retardo do crescimento e desenvolvimento. O diagnóstico precoce com ênfase em ações preventivas minimiza essas ocorrências. Considerando esse contexto, o objetivo desta pesquisa foi compreender como as mães vivenciam os cuidados aos filhos com doença falciforme, em São Francisco do Conde ­ Bahia. Trata-se de um estudo descritivo, qualitativo. Os sujeitos foram 15 mães de crianças com doença falciforme residentes naquele município. A coleta de dados ocorreu nos seus domicílios, entre abril e maio de 2011, por meio de entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados segundo a análise de conteúdo, constituindo três categorias: conhecendo a doença do filho; cuidando do filho com doença falciforme e enfrentando dificuldades para cuidar do filho com doença falciforme. O estudo revelou que as mães têm dificuldade de cuidar do filho após o diagnóstico por desconhecerem a doença, mas que, após as consultas e o convívio com o filho, elas se adaptaram à situação e passaram a ter menos dificuldades para cuidá-lo. As crianças são atendidas nos ambulatórios de referência, em Salvador. As mães realizam as medidas preventivas das complicações como: hidratação, antibióticoprofilaxia e atualização vacinal e sabem manejar os episódios de dor e febre, mas não sabem as atividades físicas que os filhos podem fazer e nem mensurar o baço. Demonstraram que cuidar dessas crianças é desgastante, pois requer inúmeras atividades, as quais assumem sozinhas. A escassez de recursos financeiros dificulta o deslocamento a Salvador para realizar consultas e as vacinas especiais. Espera-se que este estudo contribua para reflexões e ações que resultem na inserção da enfermeira no processo de cuidar da criança com doença falciforme e sua família e que as políticas públicas voltadas para as pessoas com essa patologia sejam postas em prática nos serviços de saúde.(AU)
Descritores: Enfermagem Pediátrica
Cuidado da Criança
Saúde da Criança
Anemia Falciforme
Relações Mãe-Filho
-Crescimento e Desenvolvimento
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  6 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1121199
Autor: Magalhães, Júlia Renata Fernandes de.
Título: Violência Intrafamiliar: História Oral de Adolescentes / Intrafamily Violence: Oral History of Adolescents.
Fonte: Salvador; s.n; 2015. 118P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Master.
Resumo: A vivência de violência intrafamiliar repercute sobre a saúde física e mental dos adolescentes, implicando no desenvolvimento humano de cada indivíduo, na qualidade de vida das famílias e na produtividade econômica do país, revelando-se, pois, enquanto um importante problema de saúde pública. O estudo tem como objetivo: Compreender a violência intrafamiliar vivenciada por adolescentes. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, fundamentada no método da História Oral, vinculada ao projeto intitulado "Universidade e escola pública: buscando estratégias para enfrentar os fatores que interferem no processo ensino/aprendizagem", com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB). As(os) participantes foram oito adolescentes matriculadas(os) em uma escola pública de ensino fundamental localizada em um bairro periférico de Salvador, Bahia, Brasil. Foram realizadas entrevistas com apoio de um formulário semi-estruturado contemplando questões relacionadas com o relacionamento familiar das(os) adolescentes. Os dados foram organizados com o apoio do software NVIVO® 10 e sistematizados conforme a técnica de Análise de Conteúdo Temática. A história oral das(os) oito adolescentes em situação de violência intrafamiliar desvela um contexto familiar permeado pelo abandono, privação de recursos necessários para seu crescimento e desenvolvimento, humilhações, difamações e agressões físicas, que vão desde tapas à agressões mais severas. Tal vivência tem desencadeado adoecimento físico e mental das(os) adolescentes, além de comprometer o desenvolvimento social das(os) mesmas(os), uma vez que acarreta desordens comportamentais, implicando em isolamento social, baixo rendimento escolar e vulnerabilidade para uso de álcool. Chama atenção o fato de que apesar de descreverem um contexto familiar marcado por conflitos e agressividade, as(os) adolescentes não se reconhecem enquanto vítimas da violência. Infere-se que a não percepção da violência está relacionada ao entendimento de que esta consiste em uma medida educativa e/ou ao significado que atribuem ao fenômeno, na sua maioria relacionando-o à agressão física severa. Faz-se necessário pensar estratégias para o rompimento da cultura de tolerância ao abuso contra crianças e adolescentes. É preciso que a sociedade crie mais espaços de reflexão acerca do limiar entre o que se considera medidas educativas e o que se configura violência, bem como os prejuízos que esta pode desencadear para a saúde e o desenvolvimento humano. Urge ainda uma gestão que priorize a prevenção e enfrentamento da violência enquanto política de governo, sobretudo a partir do preparo profissional para reconhecer e atuar diante o agravo. Nesse processo, destaca-se as professoras, pelo vínculo contínuo com adolescentes; e as enfermeiras, visto que muitas se ocupam do gerenciamento de equipes, programas e setores de saúde.(AU)
Descritores: Violência Doméstica
Enfermagem Familiar
Saúde do Adolescente
Desenvolvimento do Adolescente
Relações Familiares
-Pais/educação
Qualidade de Vida/psicologia
Saúde Pública
Vulnerabilidade a Desastres
Crescimento e Desenvolvimento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  7 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Araujo, Thelma Leite de
Texto completo
Id: biblio-962816
Autor: Monteiro, Flávia Paula Magalhães; Araujo, Thelma Leite de; Cavalcante, Tahissa Frota; Leandro, Telma Alteniza; Sampaio Filho, Silvestre Péricles Cavalcante.
Título: Child growth: concept analysis / Crecimiento de los niños: análisis de concepto / Crescimento infantil: análise do conceito
Fonte: Texto & contexto enferm;25(2):e3300014, 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The aim of this study was to analyze the concept of child growth by identifying the attributes and consequences that make up the phenomenon. The concept analysis was supported by 41 studies and based on the evolutionary analysis model and integrative literature review. Five databases, Scopus, CINAHL, LILACS, PubMed, and the Cochrane Library were searched to select articles. The search found that growth has presented different connotations, including social and physiological aspects, which are part of the physical domain of child development. Attributes, antecedents, and consequences identified provide an overview of the phenomenon analyzed, because these point out several aspects previously related to other studies on child growth. The theoretical understanding about child growth can offer nurses in-depth knowledge about factors involved in this process, facilitating intervention-based decision-making.

RESUMEN El objetivo fue analizar el concepto de crecimiento infantil mediante identificación de elementos atributos y consecuencias que componen el fenómeno. Para análisis de concepto que fue basado en 41 estudios, se utilizaron el modelo de análisis evolutivo y la revisión integradora de la literatura. Para selección de las producciones, se buscaron las bases de datos Scopus, Cinahl y Lilacs, el portal de PubMed e la biblioteca Cochrane. El crecimiento se ha presentado diferentes connotaciones, incluyendo aspectos sociales y fisiológicos como parte del dominio físico del desarrollo del niño. Atributos y consecuencias identificadas traen amplia percepción acerca del fenómeno analizado, teniendo en cuenta que vinculan diversos aspectos relacionados con otros estudios sobre crecimiento infantil. La comprensión teórica del desarrollo infantil puede proporcionar a enfermeros conocimiento en profundidad sobre los factores que implican este proceso, facilitando decisiones a través de medidas de intervención.

RESUMO Objetivou-se analisar o conceito do crescimento infantil por meio da identificação dos elementos atributos e consequentes que compõem o fenômeno. Para análise do conceito, subsidiada por 41 estudos, utilizou-se o modelo de análise evolucionária e a revisão integrativa da literatura. Para a seleção das produções, buscou-se as bases de dados Scopus, CINAHL e LILACS, o portal PubMed e a biblioteca Cochrane. Identificou-se que o crescimento tem apresentado diferentes conotações, incluindo aspectos sociais e fisiológicos, fazendo parte do domínio físico do desenvolvimento infantil. Os atributos e consequentes identificados trazem uma ampla visão sobre o fenômeno analisado, tendo em vista que apontam diversos aspectos já relacionados com outros estudos acerca do crescimento infantil. A compreensão teórica acerca do crescimento infantil pode oferecer aos enfermeiros conhecimento aprofundado sobre fatores que envolvem este processo, facilitando sua tomada de decisão por meio de medidas de intervenção.
Descritores: Pré-Escolar
Enfermagem
Formação de Conceito
Crescimento e Desenvolvimento
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  8 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977672
Autor: Marski, Bruna de Souza Lima; Facio, Beatriz Castanheira; Ichisato, Sueli Mutsumi Tsukuda; Barba, Patricia Carla de Souza Della; Wernet, Monika.
Título: Developmental Care: assistance of nurses from Neonatal Intensive Care Units / Cuidado de desarrollo: asistencia de los enfermeros de Unidad de Terapia Intensiva Neonatal / Cuidado Desenvolvimental: assistência de enfermeiros de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
Fonte: Rev. bras. enferm;71(supl.6):2758-2766, 2018.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to analyze the Developmental Care in nursing care for Newborns in critical Neonatal Intensive Care Units. Method: a qualitative study with 11 nurses from Neonatal Intensive Care Units of a city in the State of São Paulo countryside, based on the Developmental Care. Data collection was based on non-participant observation, documentary research in medical records and semi-structured interviews. The Symbolic Interactionism was adopted as theoretical framework, and the Bardin Content Analysis, as method of analysis. Results: nurses have knowledge about Developmental Care; however, there are dissonances with doing them. The analysis is presented from two thematic categories: "Nurses' performance in the Developmental Care" and "Nurse, Family and Developmental Care". Final considerations: it is necessary to encourage reflections on the care of nurses regarding Developmental Care, and to foster sensitivity and perception in relation to the executed and registered.

RESUMEN Objetivo: analizar el cuidado de desarrollo en la asistencia de los enfermeros al Recién Nacido crítico, en Unidad de Terapia Intensiva Neonatal. Método: estudio cualitativo con 11 enfermeros de Unidades de Terapia Intensiva Neonatal de un municipio del interior paulista que tuvo como base conceptual el cuidado de desarrollo. La recolección de datos ocurrió a partir de la observación no participante, investigación documental en prontuarios y entrevista semiestructurada. El Interaccionismo Simbólico fue adoptado como referencial teórico, y el Análisis de Contenido de Bardin, como método de análisis. Resultados: los enfermeros poseen conocimiento acerca del Cuidado de Desarrollo; sin embargo, hay disonancias con el hacer de los mismos. El análisis se presenta a partir de dos categorías temáticas: "Cuidado de Desarrollo en la actuación del enfermero" y "Enfermero, familia y Cuidado de Desarrollo". Consideraciones finales: es necesario avivar reflexiones sobre la asistencia del enfermero en cuanto al Cuidado de Desarrollo y fomentar sensibilidad y percepción en relación al ejecutado y registrado.

RESUMO Objetivo: analisar o Cuidado Desenvolvimental na assistência de enfermeiros ao Recém-Nascido crítico, em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Método: estudo qualitativo com 11 enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva Neonatal de um município do interior paulista que teve como base conceitual o Cuidado Desenvolvimental. A coleta de dados ocorreu a partir da observação não participante, pesquisa documental em prontuários e entrevista semiestruturada. O Interacionismo Simbólico foi adotado como referencial teórico, e a Análise de Conteúdo de Bardin, como método de análise. Resultados: os enfermeiros detêm conhecimento acerca do Cuidado Desenvolvimental, contudo, há dissonâncias com o fazer dos mesmos. A análise está apresentada a partir de duas categorias temáticas: "Cuidado Desenvolvimental na atuação do enfermeiro" e "Enfermeiro, família e Cuidado Desenvolvimental". Considerações finais: é necessário avivar reflexões sobre a assistência do enfermeiro quanto ao Cuidado Desenvolvimental, e fomentar sensibilidade e percepção em relação ao executado e registrado.
Descritores: Enfermagem/normas
Crescimento e Desenvolvimento/fisiologia
Cuidados de Enfermagem/métodos
-Brasil
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal/organização & administração
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal/tendências
Enfermagem Neonatal/métodos
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 295 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1123581
Autor: Álvarez, JF; Becerra-Hernández, LV.
Título: Privación sensorial temprana durante el neurodesarrollo y sus consecuencias cognitivas / Early sensory deprivation in neurodevelopment and its cognitive consequences / Privação sensorial precoce durante o neuro-desenvolvimento e suas consequências cognitivas
Fonte: Med. U.P.B = Med. UPB;39(2):49-55, 21/10/2020.
Idioma: es.
Resumo: La aparición progresiva de habilidades sensoriales, motoras y cognitivo-afectivas en el humano a lo largo de su desarrollo es un reflejo de cambios fisiológicos que se gestan al interior del sistema nervioso. Dichos cambios hacen parte de procesos dinámicos y dependen, después del nacimiento, de la actividad eléctrica inducida por la experiencia. Considerando lo anterior, el sistema nervioso en desarrollo constituye una especie de protomapa, sobre el que la experiencia moldea características moleculares, neuroquímicas y de conectividad, que se reflejan en las actividades emergentes del sistema. La evidencia que soporta la importancia que la influencia experiencial tiene sobre el desarrollo del sistema nervioso viene en aumento. Esta revisión reúne información sobre estudios en modelos biológicos y en humanos sometidos a privación sensorial y ambiental. Se enfatiza en la caracterización de los rasgos cognitivos y sociales.

The progressive advent of sensory, motor, affective, and cognitive skills in the human being through its development, demonstrate physiological changes that are gestated within the nervous system. These processes are dynamic and dependent postnatally on electrical activity induced by experience. Taking this into account, the developing nervous system constitutes a protomap molded by experience dependent molecular, physiological and connectivity characteristics, which are reflected in the emergent principles of the system. The evidence that supports the importance of experience as influence over the development of this system has increased in the past years. This document gathers information about animal models and human studies enduring sensory and environmental deprivation, emphasizing in the characterization of their cognitive and social remarks.

O aparecimento progressivo de habilidades sensoriais, motoras e cognitivo-afetivas no humano ao longo do seu desenvolvimento é um reflexo de mudanças fisiológicas que se gestam no interior do sistema nervoso. Ditas mudanças fazem parte de processos dinâmicos e dependem, depois do nascimento, da atividade elétrica induzida pela experiência. Considerando o anterior, o sistema nervoso em desenvolvimento constitui uma espécie de "protomapa", sobre o que a experiência molda características moleculares, neuroquímicas e de conectividade, que se refletem nas atividades emergentes do sistema. A evidência que suporta a importância que a influência experiencial tem sobre o desenvolvimento do sistema nervoso vem em aumento. Esta revisão reúne informação sobre estudos em modelos biológicos e em humanos submetidos a privação sensorial e ambiental. Se enfatiza na caracterização das características cognitivas e sociais.
Descritores: Transtornos do Neurodesenvolvimento
-Reflexo
Privação Sensorial
Sinapses
Cognição
Modelos Animais
Crescimento e Desenvolvimento
Modelos Biológicos
Sistema Nervoso
Plasticidade Neuronal
Limites: Humanos
Animais
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO101 - Facultad de Medicina


  10 / 295 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Collet, Neusa
Texto completo
Id: biblio-979407
Autor: Vieira, Daniele de Souza; Santos, Nathanielly Cristina Carvalho de Brito; Nascimento, João Agnaldo do; Collet, Neusa; Toso, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira; Reichert, Altamira Pereira da Silva.
Título: A prática do enfermeiro na consulta de puericultura na estratégia saúde da família / La práctica del enfermero en la consulta de puericultura en la estratégia saúde da família / Nursing practices in child care consultation in the estratégia saúde da família
Fonte: Texto & contexto enferm;27(4):e4890017, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: analisar as ações de cuidado realizadas pelo enfermeiro durante as consultas de puericultura. Método: estudo observacional, quantitativo, realizado com 31 enfermeiros que realizavam consulta de puericultura na Estratégia Saúde da Família de um município da Paraíba (Brasil). Foram observadas três consultas aleatórias por cada enfermeiro participante, totalizando 93 consultas entre março e julho de 2016, por meio de um checklist previamente estruturado, baseado nas diretrizes das políticas nacionais de atenção à saúde da criança, contendo as ações de cuidados que deveriam ser implementadas pelos enfermeiros. A análise foi feita por meio de estatística descritiva, teste qui-quadrado, com nível de significância de 5% e análise de agrupamento. Resultados: as dimensões do cuidado realizadas em maior proporção foram a avaliação da imunização e as suplementações de ferro e vitamina A; a anamnese, o acolhimento, o exame físico/desenvolvimento neuropsicomotor e a educação em saúde foram as menos efetivadas pelos enfermeiros. Conclusão: o cuidado dos enfermeiros na consulta de puericultura está aquém do estabelecido pelas diretrizes de atenção à saúde da criança. Ações de educação permanente para qualificar os enfermeiros para o cuidado integral à criança podem superar essas lacunas.

RESUMEN Objetivo: analizar las acciones de cuidado realizadas por el enfermero durante las consultas de puericultura. Método: estudio observacional, cuantitativo, realizado con 31 enfermeros que realizaban consulta de puericultura en la Estratégia Saúde da Família de un municipio de Paraíba (Brasil). Se observaron tres consultas aleatorias por cada enfermero participante, totalizando 93 consultas entre marzo y julio de 2016, por medio de un checklist previamente estructurado, basado en las directrices de las políticas nacionales de atención a la salud del niño, conteniendo las acciones de cuidados que debían ser implementadas por los enfermeros. El análisis fue realizado por medio de estadística descriptiva, prueba qui-cuadrada, con un nivel de significancia del 5% y análisis de agrupamiento. Resultados: las dimensiones del cuidado realizadas en mayor proporción fueron la evaluación de la inmunización y las suplementaciones de hierro y vitamina A; la anamnesis, la acogida, el examen físico / desarrollo neuropsicomotor y la educación en salud fueron las menos efectivas por los enfermeros. Conclusión: el cuidado de los enfermeros en la consulta de puericultura está por debajo de lo establecido por las directrices de atención a la salud del niño. Las acciones de educación permanente para calificar a los enfermeros para el cuidado integral del niño pueden superar esas lagunas.

ABSTRACT Objective: to analyze the care actions performed by nurses during child care consultations. Method: an observational, quantitative study with 31 nurses who performed child care consultations in the Estratégia Saúde da Família of a municipality of Paraíba (Brazil). Three randomized consultations were performed by each participating nurse, totaling 93 consultations between March and July 2016, through a previously structured checklist based on the guidelines of national child health care policies containing the care actions that should be implemented by nurses. The analysis was made through descriptive statistics and chi-square test, with a significance level of 5% and cluster analysis. Results: the most common dimensions of care performed were the evaluation of immunization and iron and vitamin A supplementation; anamnesis, welcoming, physical examination/neuropsychomotor development and health education were the actions least performed by the nurses. Conclusion: nursing care in child care consultation falls short of what is established by the child health care guidelines. Continuing education interventions to qualify nurses for comprehensive child care can overcome these shortcomings.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Cuidado da Criança
Saúde da Criança
Enfermagem
Crescimento e Desenvolvimento
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)



página 1 de 30 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde