Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.345.625.875 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 17 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 17 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1278449
Autor: Schuchovski, Carolina; Biasi, Luiz Antonio.
Título: Dormancy of Floral Buds of Rabbiteye Blueberry in a Mild Winter Climate
Fonte: Braz. arch. biol. technol;64:e21190755, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Abstract Blueberry is an important fruit crop, with many health benefits. Despite its importance, much remains to be studied concerning the dormancy dynamics in rabbiteye cultivars growing in a mild winter climate. In this research, the dormancy in blueberry, rabbiteye cultivars 'Bluegem', 'Climax', 'Delite', and 'Powderblue', was studied in a mild winter region. The single-node cuttings biological test and the evaluation of the hydric status were performed in dormant winter reproductive buds. These experiments were performed during fall and winter in one year (2016). Moreover, chilling hours under or equal to 7.2 ºC were measured, and chill units were calculated according to Utah Model [1], Modified Utah Model [2], and Blueberry Model [3]. In conclusion, the four cultivars showed a similar pattern, revealing a dormant state in the initial sampling dates and a released dormancy in the final treatments, showing the decrease of dormancy in June and July. However, Delite was earlier than the other cultivars. Bluegem and Delite required 134.0 chilling hours, 127.0 chill units (Utah Model), 198.5 chill units (Modified Utah Model), and 971.5 chill units (Blueberry Model) for 50% of their green tip buds reach the opened bud stage. Climax required 44.0, -11.0, 56.5, and 440.5, respectively. And Powderblue required 44.0, 5.5, 77.0, and 725.0 respectively. This study can bring some insights into crop management and production of this important fruit crop, especially in a global climate-changing scenario, related to flowering and dormancy control, as well as helping to select suitable cultivars to a region, concerning chilling requirements.
Descritores: Mudança Climática
Vaccinium myrtillus
Dormência de Plantas
-Ericaceae
Vaccinium
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-574659
Autor: Cruz, Eniel David; Carvalho, José Edmar Urano de.
Título: Biometria de frutos e germinação de sementes de Couratari stellata A C Smith (Lecythidaceae) / Fruit biometry and seed germination of Couratari stellata A C Smith (Lecythidaceae)
Fonte: Acta amaz;33(3):381-388, 2003. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Estudou-se as características biométricas de frutos e quantificou-se a germinação em Couratari stellata, espécie cuja altura varia de 30 a 40 m e ocorre em solos de terra firme das Guianas até a região central e oeste da Amazônia. Determinou-se o comprimento e o número de sementes por fruto; número de sementes completamente formadas e de sementes vazias; o grau de umidade; a massa de 100 sementes; a percentagem de germinação, de plântulas anormais e de sementes mortas; e o tempo médio de germinação. A semeadura foi realizada em substrato de areia e serragem na proporção de 1:1, em quatro repetições de 50 sementes. Comprimento e número de sementes por fruto variaram de 59,0 a 97,0 mm e de cinco a 26 sementes. As percentagens de sementes completamente formadas e de sementes vazias foram de 93,3 por cento e 6,7 por cento, respectivamente. A massa de 100 sementes foi de 10,7 g com 56,8 por cento de umidade. A germinação foi lenta e desuniforme iniciando-se aos 29 dias após a semeadura, atingindo a germinação de 82,5 por cento aos 65 dias. O tempo médio de germinação foi de 45,5 dias. A percentagem de sementes mortas e de plântulas anormais foi de 17,0 por cento e 0,5 por cento, respectivamente. Não houve relação entre tamanho de frutos e número de sementes por fruto. Observou-se também que sementes de C. stellata apresentam dormência.

This study evaluated the biometric characteristics of fruits and quantified seed germination of Couratari stellata, a 30-40 m tree species occurring on non-inundated soil from the Guianas to central western-Amazonia. The fruit length, number of seeds per fruit, number of completely formed and empty seeds, seed moisture, mass of 100 seeds, percentage of seed germination, mean time of germination, dead seeds and abnormal seedlings were evaluated. The seeds were sown in a substrate containing sand and sawdust (1:1), in four replications of 50 seeds. Fruit length ranged from 59 to 97 mm with five to 26 seeds. The percentage of completely formed seeds was 93.3 percent and empty seeds was 6.7 percent. One hundred seeds weighed 10.7 g, with 56.8 percent humidity. Germination was slow and not uniform, starting 29 days after sowing. Maximum germination, 82.5 percent, was recorded 65 days after sowing. Mean time of germination was 45.5 days. Percentage of dead seeds and abnormal plants was 17.0 percent and 0.5 percent, respectively. No relation was found between length of fruits and seed number per fruit. The seeds of C. stellata present dormancy.
Descritores: Tempo
Biometria
Germinação
Dormência de Plantas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-393861
Autor: Barbosa, Antenor P; Sampaio, Paulo de T. B; Campos, Moacir A. A; Varela, Vânia P; Gonçalves, Cláudia de Q. B; Iida, Shigeo.
Título: Tecnologia alternativa para a quebra de dormência das sementes de pau-de-balsa (Ochroma lagopus Sw, Bombacaceae) / Alternative technology for breaking dormancy of balsa wood (Ochroma lagopus Sw., Bombacaceae) seeds
Fonte: Acta amaz;34(1):107-110, 2004. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho, teve como objetivo estudar a germinação das sementes de pau-de-balsa (Ochroma lagopus Sw., Bombacaceae) em diferentes estágios de maturação aparente dos frutos; a germinação das sementes provenientes de árvores com diferentes diâmetros a altura do peito (DAP) e a germinação das sementes tratadas para quebra de dormência. No primeiro experimento, avaliou-se a germinação das sementes dos frutos verdes, verdosos (verde amarelado), negros (fruto fechado) e negros deiscentes (fruto aberto com painas expostas). No segundo, a germinação das sementes de árvores da mesma idade e com diferentes DAP's: pequeno (5,4 cm), médio (9,1 cm) e grande (13,2 cm). No terceiro, a germinação das sementes com diferentes quebra de dormência: testemunha; água por 24 e 48 horas; água a 80°C até esfriar; H2SO4 por ® e 1 minuto com e sem paina; queima da paina em peneira metálica; e semeio de sementes com a paina. As sementes germinaram em gerbox sobre papel de filtro, em câmara de germinação, nas temperaturas de 20°C, 30°C e 25°C, no primeiro, segundo e terceiro experimentos, respectivamente. As sementes de pau-de-balsa germinaram melhor e mais rápido quando coletadas de frutos negros a negros deiscentes, ou quando coletadas de árvores com menor e médio diâmetros, ou quando tratadas com água quente a 80°C até esfriar, ou com ácido sulfúrico por ® ou 1 minuto com ou sem paina. Os tratamentos com ácido tem a vantagem de quebrar a dormência da semente e dissolver a paina. As sementes recém colhidas e germinadas não apresentaram dormência tegumentar.
Descritores: Sementes
Germinação
Bombacaceae
Dormência de Plantas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-437673
Autor: Ferreira, Sidney Alberto do Nascimento; Gentil, Daniel Felipe de Oliveira.
Título: Extração, embebição e germinação de sementes de tucumã (Astrocaryum aculeatum) / Extraction, imbibition and germination of Astrocaryum aculeatum seeds
Fonte: Acta amaz;36(2):141-145, abr.-jun.2006. graf.
Idioma: pt.
Resumo: A pesquisa teve como objetivo avaliar a influência da extração e da embebição das sementes sobre a germinação de tucumã (Astrocaryum aculeatum Meyer, Arecaceae). Após limpeza e secagem dos pirênios, o endocarpo foi quebrado e removido para liberação das sementes que, antes da semeadura, foram submetidas à embebição em água por 0, 3, 6, 9, 12 e 15 dias. A germinação foi superior a 58 por cento, independentemente do período de embebição, confirmando a possibilidade de retirar o endocarpo sem agravar prejuízos à viabilidade das sementes. As sementes submetidas a nove dias de embebição, com 30 por cento de água, tiveram maior germinação (70 por cento) e índice de velocidade de germinação, com tempo médio de germinação de 104 dias. A remoção do endocarpo e a embebição das sementes aceleram e aumentam a germinação.

The aim of this study was to evaluate the influence of the extraction and imbibition period on the germination of tucumã (Astrocaryum aculeatum Meyer, Arecaceae) seeds. After cleaning and drying the pyrenes, the endocarp was broken and removed to liberate the seeds that, before sowing, were soaked in water for 0, 3, 6, 9, 12 and 15 days. The germination was superior to 58 percent, confirming the possibility of extracting the endocarp without damaging the viability of the seeds. The seeds submitted to nine days of soaking, had a moisture content of 30 percent, obtained better germination (70 percent) and index of germination velocity, with mean time of germination of 104 days. The removal of the endocarp and the soaking of seeds accelerated and increased the germination.
Descritores: Germinação
Dormência de Plantas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-441194
Autor: Elias, Maria Elizabeth de Assis; Ferreira, Sidney Alberto do Nascimento; Gentil, Daniel Felipe de Oliveira.
Título: Emergência de plântulas de tucumã (Astrocaryum aculeatum) em função da posição de semeadura / Emergency of tucumã (Astrocaryum aculeatum) seedling in function of the sowing position
Fonte: Acta amaz;36(3):385-388, jul.-set. 2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho avaliou a influência da posição da semente no substrato sobre a emergência de plântulas de tucumã (Astrocaryum aculeatum). Após extração e embebição, as sementes foram semeadas obedecendo as seguintes posições: a) 0° - poro germinativo voltado para cima, formando um ângulo de 0° em relação a um eixo imaginário perpendicular ao nível do substrato; b) 45° - poro germinativo inclinado, formando um ângulo de 45° em relação ao eixo imaginário; c) 90° - poro germinativo voltado para o lado, formando um ângulo de 90° em relação ao eixo imaginário. As sementes da posição de 90° apresentaram superioridade na emergência, com 45 por cento de plântulas no estádio "emissão da segunda bainha" e apenas 35 por cento de sementes dormentes, após 270 dias de observação. A emergência é influenciada pela posição de semeadura, sendo que o aumento da profundidade do poro germinativo no substrato proporcionou o aumento da emergência e a diminuição da porcentagem de sementes que permaneceram dormentes.

The aim of this study was to evaluate the influence of the position of the seed in the substrate on the emergency of tucumã (Astrocaryum aculeatum) seedling. After extraction and soaking, the seeds were sown obeying the following positions: a) 0° - germ pore turned upward, forming a 0° angle in relation to a perpendicular imaginary axis at the level of the substrate; b) 45° - germ pore sloping, forming an angle of 45° in relation to the imaginary axis; c) 90° - germ pore turned to the side, forming an angle of 90° in relation to the imaginary axis. The seeds at 90° presented superiority in emergency, with 45 percent of seedlings in the "emission of the second scale leaf" stage, and only 35 percent of dormant seeds after 270 days of observation. The emergency is influenced by the sowing position, and the increase of the depth of the germ pore in the substrate provided an increase of the emergence and decrease of the percentage of dormant seeds.
Descritores: Germinação
Dormência de Plantas
Euterpe
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  6 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-546971
Autor: Nazáro, Patrícia; Ferreira, Sidney Alberto do Nascimento.
Título: Emergência de plântulas de Astrocaryum aculeatum G. May. em função da temperatura e do período de embebição das sementes / Emergence of Astrocaryum aculeatum seedlings according temperature and soaking period of seeds
Fonte: Acta amaz;40(1):165-170, mar. 2010. ilus, tab.
Idioma: pt.
Projeto: FAPEAM; . CAPES.
Resumo: O presente trabalho teve por objetivo avaliar a emergência de plântulas de Astrocaryum aculeatum a partir de sementes submetidas a diferentes temperaturas e períodos de embebição. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 (temperaturas de embebição em água: 25ºC, 30ºC, 35ºC e 40ºC) X 3 (períodos de embebição: 2, 4 e 6 dias), com testemunha (sem embebição) e com quatro repetições. As semeaduras foram realizadas em viveiro. A emergência e o índice de velocidade de emergência só diferiram entre a testemunha e os tratamentos aplicados, independentes do período e da temperatura, com resultados favoráveis para a embebição das sementes. O tempo médio de emergência apresentou efeito de interação significativo, destacando-se a utilização da temperatura de embebição de 40ºC, associada ao período de 4 dias, que proporcionou um menor tempo médio (163 dias). O tempo inicial de emergência foi menor na temperatura de 35ºC (80 dias), enquanto o tempo final de emergência não apresentou diferença entre as médias. Sementes embebidas por 2 dias apresentaram 50 por cento de sementes mortas ao final do experimento, enquanto as embebidas por 4 dias, apenas 38 por cento. A emergência de plântulas de A. aculeatum foi favorecida pela embebição, independente da temperatura e do período utilizados.

This study evaluated the seedling emergence of Astrocaryum aculetum seeds soaked in water for different periods at different temperatures. The experimental design was entirely randomized, in factorial 4 (temperatures of soaking in water: 25ºC, 30ºC, 35ºC e 40ºC) X 3 (period of soaking: 2, 4 and 6 days), additional treatment (control, without soaking), with four replications. Before (control) and after the soaking periods in different temperatures, the seeds were planted in nursery. The emergence and its velocity differed only in the comparison of the control with the applied treatments, with favorable results of all soak treatments, independent of temperature and duration. The mean time of emergence presented a significant interaction effect, with the four day 40ºC soaking temperature period, presenting a lower mean time (163 days). The initial emergence time was lower in 35ºC temperature (80 days), while the final time didn't show differences among means. Seeds soaked for two days had 50 percent dead seeds, while seeds soaked for four days had just 38 percent. Seedling emergence was favored by soaking, independent of temperature and duration.
Descritores: Germinação
Dormência de Plantas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  7 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965133
Autor: Martins, Cibele Chalita; Machado, Carla Gomes; Sanches, Maurício Feis Ganz; Santos, Juliana Faria dos; Vieira, Roberval Daiton.
Título: Floral induction, production and seed quality of parsley cultivars as influenced by plants vernalization periods / Indução floral, produção e qualidade de sementes de cultivares de salsa em função de períodos de vernalização das plantas
Fonte: Biosci. j. (Online);31(6):1771-1777, nov./dec. 2015.
Idioma: en.
Resumo: In the production of parsley (Petroselinum crispum) seeds is recommended the cultivation in locations of low temperatures to permit the emission of floral stalk. The study aimed to verify the effect of vernalization on floral induction, production and quality of parsley seeds. Ten plants of three cultivars (Caipira, Chacareira and Lisa Grande Portuguesa (O. Enke)) grown in pots for six months were submitted to vernalization at 5 °C for 0, 15, 30 and 45 days. After treatment, the plants were transferred to greenhouse and evaluated for period and flowering percentage, seed yield per plant and seed quality. The seed quality was evaluated by weight of a thousand seeds, germination (percentages of normal and abnormal seedlings, dormant and dead seeds), first count of germination, accelerated aging, dormancy after accelerated aging, seedling emergence in the field and seed water content before and after accelerated aging. It was concluded that the vernalization does not promotes floral induction and production of parsley seeds. For Lisa Grande Portuguesa (O. Enke) cultivar, the vernalization of the plant for 30 days enables the production of seed with high germination and vigor. Parsley seeds dormancy can be caused by plants vernalization periods between 30 and 45 days depending on the cultivar, followed by the exposure of the seeds to the conditions of high temperature and relative humidity of the air (41 °C/100%, UR/72 h).

Na produção de sementes de salsa (Petroselinum crispum) recomenda-se o cultivo em locais de baixas temperaturas para possibilitar a emissão do pendão floral. O objetivo do trabalho foi verificar o efeito da vernalização (0, 15, 30 e 45 dias) na indução floral, produção e qualidade de sementes de salsa. Dez plantas de três cultivares (Caipira, Chacareira e Lisa Grande Portuguesa (O. Enke)) cultivadas em vasos por seis meses, foram submetidas à vernalização a 5 °C por 0, 15, 30 e 45 dias. Após o tratamento, foram transferidas para casa-de-vegetação e avaliadas quanto à época e porcentagem de florescimento, produção de sementes por planta e qualidade das sementes. A qualidade foi avaliada por meio da determinação da massa de mil sementes, teste de germinação (porcentagens de plântulas normais, anormais, sementes dormentes e mortas), primeira contagem de germinação, teste do envelhecimento acelerado, dormência após o envelhecimento acelerado, emergência de plântulas em campo, teor de água das sementes antes e após o envelhecimento acelerado. Concluiu-se que a vernalização não promoveu a indução floral e a produção de sementes. Para a cultivar Lisa Grande Portuguesa (O. Enke), a vernalização da planta por 30 dias possibilitou a produção de sementes com maior germinação e vigor. A dormência das sementes pode ser causada pela vernalização das plantas por períodos entre 30 e 45 dias, dependendo da cultivar, seguida de exposição das sementes produzidas a condições de altas temperaturas e umidade relativa (41 °C/100%UR/72h).
Descritores: Sementes
Verduras
Petroselinum
Flores
Dormência de Plantas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-963956
Autor: Marostega, Thalita Neves; Cuiabano, Magnun Nascimento; Ranzani, Raphael Egues; Luz, Petterson Baptista da; Paiva Sobrinho, Severino.
Título: Efeito de tratamento térmico na superação de dormência de sementes de Passiflora suberosa L / Effect of thermal treatment on overcoming seeds dormancy of Passiflora suberosa L
Fonte: Biosci. j. (Online);31(2):445-450, mar./abr. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O valor ornamental das passifloras é atribuído especialmente à exuberância das flores, com suas formas, cores e tamanhos diversificados. Entre as espécies de Passiflora que apresentam potencial ornamental destaca-se a Passiflora suberosa L., que ocorre em regiões de cerrados, de florestas pluviais montanhosas, submontanhosas e de restingas. Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de diferentes temperaturas e tempos de imersão em água, na germinação de sementes de P. suberosa. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com 11 tratamentos, gerados da combinação de cinco temperaturas (30, 40, 50, 60 e 70 ºC), dois tempos de imersão das sementes (5 e 15 minutos) em água aquecida e uma testemunha (sem tratamento), com quatro repetições, sendo 25 sementes por parcela. As características avaliadas foram: porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação, primeira contagem e porcentagem acumulada de germinação. Os resultados obtidos e analisados permitiram concluir que o melhor tratamento para superação de dormência é imersão em água destilada a 50 ºC por 5 minutos.

The ornamental value of passifloras is attributed especially to the exuberance of flowers, their shapes, colors and sizes varied. Among the species of Passiflora that have ornamental potential can cite the Passiflora suberosa L. occurring in regions of cerrados, rainforests to mountain, sub-mountainous and restingas. Ornamental value of Passiflora species is attributed especially to the exuberance of flowers, their shapes, colors and varied sizes. But there are many obstacles involving the process of conservation of these species, one of them is seed germination. Therefore, the objective of this study was to evaluate the effect of different temperatures and times of immersion in water germination of P.suberosa. The experimental design was a completely randomized design with 11 treatments, generated from the combination of five temperatures (30°C, 40°C, 50°C, 60°C and 70°C), two times of soaking seeds (5 minutes and 15 minutes) in heated water and a control (untreated) with four replications and 25 seeds per plot. The characteristics evaluated were: germination percentage, speed of germination, first count and cumulative percentage of germination. The results showed that for overcoming seeds dormancy is soaking in distilled water at 50ºC for 5 minutes.
Descritores: Sementes
Tratamento Térmico
Germinação
Passiflora
Flores
Dormência de Plantas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 17 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-914707
Autor: Nogueira, Narjara Walessa; Ribeiro, Maria Clarete Cardoso; Freitas, Rômulo Magno Oliveira de; Martins, Hellayne Verucci Gomes; Leal, Caio César Pereira.
Título: Maturação fisiológica e dormência em sementes de sabiá (Mimosa caesalpiniifolia Benth) / Physiological maturity and dormancy in sabia (Mimosa caesalpiniifolia Benth) seeds
Fonte: Biosci. j. (Online);29(4):876-883, july/aug. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: O estado de dormência surge durante o desenvolvimento da semente com a desidratação dos protoplastos do embrião e com a maturação do tegumento, que frequentemente possui permeabilidade seletiva. Assim, o estudo do processo de maturação das sementes é de vital importância para se determinar o ponto ideal da colheita de sementes, garantindo assim máxima produção e elevada qualidade fisiológica. O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes estádios de maturação fisiológica sobre a dormência, germinação e vigor de sementes de sabiá (Mimosa caesalpiniifolia Benth). O trabalho foi conduzido no Laboratório de Análise de Sementes do Departamento de Ciências Vegetais da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. O delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x5 (com e sem quebra de dormência x cinco estádios de maturação), constituindo assim 10 tratamentos e quatro repetições. Foram avaliados o teor de água das sementes, a porcentagem de germinação, o índice de velocidade de germinação e a primeira contagem. Constatou-se diferença significativa para todas as variáveis estudadas. As sementes de sabiá tornam-se dormentes à medida que diminuem seu teor de água e amadurecem fisiologicamente. A maior qualidade fisiológica das sementes é obtida por ocasião da maturação e secagem, desde que processos de quebra de dormência sejam realizados. Pode-se obter elevada porcentagem de germinação com sementes colhidas de vagens com coloração marrom-clara sem tratamentos de superação da dormência.

The dormant state arises during seed development with dehydration of embryo protoplasts and tegument maturation, which often has selective permeability. Thus, the study of the process of seed maturation is vital to determine the optimal harvest of seeds, ensuring maximum yield and high physiological quality. The present work was to evaluate the effect of different maturation stages on physiological dormancy, germination and vigor in sabiá seeds (Mimosa caesalpiniifolia Benth). The work was conducted in the Laboratory of Seed Analysis, Department of Plant Sciences, Universidade Federal Rural do Semi-Árido. The statistical design was completely randomized in a 2x5 factorial arrangement (with and without breaking dormancy x five phases of maturity), thus constituting 10 treatments and four replications. We evaluated the water content of seeds, germination percentage, the rate of speed of germination and the first count. It found significant differences for all variables. The seeds of thrush become dormant decrease as its water content and mature physiologically. The highest vigor of the seed is obtained at the time of maturing and drying, since processes are performed dormancy. You can get high germination percentage of pods with seeds harvested with brownishclear without treatment break dormancy.
Descritores: Sementes
Germinação
Mimosa
Dormência de Plantas
Responsável: BR396.4


  10 / 17 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911816
Autor: Santos, Laura Daniele Cândida dos; Benett, Cleiton Gredson Sabin; Silva, Katiane Santiago; Silva, Lidiane Vieira da.
Título: Germinação de diferentes tipos de sementes de Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã / Germination of various types of seeds Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã
Fonte: Biosci. j. (Online);27(3):420-426, may./jun. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A avaliação da qualidade física e fisiológica de sementes é um aspecto importante na verificação dos efeitos causados pelos tratamentos de sementes disponíveis no mercado. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de sementes de alta pureza, escarificadas e revestidas, umedecidas em água destilada e nitrato de potássio na qualidade fisiológica da Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 2, sendo três tipos de sementes (alta pureza, escarificada e escarificada e revestida) e dois tipos de umedecimento do substrato (água destilada e nitrato de potássio), com quatro repetições, realizado em laboratório e campo. Foram realizados: teste de pureza, determinação do grau de umidade, teste de germinação, primeira contagem de germinação, índice de velocidade de emergência, teste de tetrazólio e envelhecimento acelerado. Verificou-se que a escarificação reduz a dormência apresentando efeitos positivos na germinação das sementes. O revestimento de sementes pode ser uma alternativa de melhor produtividade da pastagem, porém pode-se constatar que o revestimento é um dos fatores que retardam a germinação de Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã. A utilização de nitrato de potássio mostrou-se mais eficiente quando realizada em campo.

The assessment of seeds physical and physiological quality is an important aspect in determining the effects caused by seed treatments available. The aim of this study was to evaluate the effects of different treatments on physiological quality of Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã seeds. The experimental design was completely randomized in a factorial 3 x 2, three types of seeds treatment (high purity, scarified and scarified and covered) and two types of substrate moistening (distilled water and potassium nitrate) with four replicates, and conducted at glasshouse and field conditions. Were performed: purity test, moisture content determination, germination test, first count of the germination test, emergence speed index, tetrazolium test and accelerated aging test. It was found that scarification reduces seeds dormancy showing positive effects on its germination. The coating seed may be a better alternative pasture productivity, but can be seen that the coating is one of the factors that delay germination in Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã. The use of potassium nitrate was more effective when performed in the field.
Descritores: Germinação
Melhoramento Vegetal
Dormência de Plantas
Sementes
Responsável: BR396.4



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde