Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.690.773.968 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 769 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 77 ir para página                         

  1 / 769 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1177753
Autor: Borges, Mayara Davila; Correia, Dayse Mary da Silva; Batista, Deyse Conceição Santoro; Christovam, Barbara Pompeu; Pereira, Iuri Bastos; Santo, Fátima Helena Espírito.
Título: Validação de conteúdo por enfermeiros intensivistas na construção de um aplicativo de drogas cardiotônicas / Content validation by intensivist nurses in the construction of a cardiotonic drug application
Fonte: Enferm. foco (Brasília);11(5):194-199, dez. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: detalhar a etapa metodológica de validação de conteúdo por enfermeiros na construção de um aplicativo sobre drogas cardiotônicas. Método: trata-se de um estudo metodológico com abordagem quantitativa, constituído por duas etapas: seleção dos medicamentos cardiotônicos (noradrenalina, dobutamina, nitroprussiato de sódio, nitroglicerina, amiodarona, atenolol, losartana, captopril, atensina e anlodipino), identificados a partir de um estudo exploratório em unidade de terapia intensiva; e metodológica, com avaliação de concordância de conteúdo por nove enfermeiros intensivistas mediante um formulário online, com conteúdo disposto em escala tipo Likert. A coleta de dados ocorreu em outubro de 2019, sendo adotada a validade de um item maior ou igual a 0,70. Resultados: o índice global de validação de concordância foi de 0,94, atestando a confiabilidade dos conteúdos dos medicamentos cardiotônicos, visando promover uma prática clínica segura de enfermagem. Conclusão: pode-se inferir que o posterior desenvolvimento do aplicativo móvel a partir do conteúdo validado pode promover uma assistência de qualidade para o profissional, auxiliando na tomada de decisão e promovendo a segurança do paciente de terapia intensiva. (AU)

Objective: To detail the methodological stage of content validation, by nurses, in the construction of an application on cardiotonic drugs. Methods: This is a methodological study with a quantitative approach, consisting of two stages: selection of cardiotonic drugs (noradrenaline, dobutamine, sodium nitroprusside, nitroglycerin, amiodarone, atenolol, losartan, captopril, atensin and amlodipine), identified from an exploratory study in an intensive care unit; and methodological with content agreement assessment by nine intensive care nurses, using an online form, with content arranged on a Likert scale. Data collection took place in October 2019, with the validity of an item greater than or equal to 0.70 being adopted. Results: The global agreement validation index was 0.94, attesting the reliability of the content of cardiotonic drugs, aiming to promote a safe clinical practice in nursing. Conclusion: it can be inferred that the subsequent development of the mobile application, based on the validated content, can promote quality care for the professional, assisting in decision making and promoting the safety of intensive care patients. (AU)

Objetivo: Detallarla etapa metodológica de lavalidación de contenido por parte de lasenfermerasenlaconstrucción de una aplicación de medicamentos cardiotónicos. Métodos: Este es unestudio metodológico conun enfoque cuantitativo, que consta de dos etapas: selección de fármacos cardiotónicos (noradrenalina, dobutamina, nitroprusiato de sodio, nitroglicerina, amiodarona, atenolol, losartán, captopril, atensina y amlodipino), identificados a partir de unestudioexploratorioen una unidad de cuidados intensivos; y evaluación metodológica conacuerdo de contenido por 09 (nueve) enfermeras de cuidados intensivos, utilizando unformularioen línea concontenido organizado en una escala Likert. La recopilación de datos se llevó a cabo del 13 al 25 de octubre de 2019, conla validez de un artículo mayor o igual a 0.70. Resultados: El índice de validacióndelacuerdo global fue de 0.94, lo que demuestralaconfiabilidaddelcontenido de medicamentos cardiotónicos, conel objetivo de promover una práctica clínica segura enenfermería. Conclusión: Se puede inferir que eldesarrollo posterior de laaplicaciónmóvil a partir delcontenido validado puede promover una atención de calidadpara elprofesional, ayudandoenla toma de decisiones y promoviendolaseguridad de los pacientes de cuidados intensivos. (AU)
Descritores: Enfermagem
-Cardiotônicos
Estudo de Validação
Interações Medicamentosas
Aplicativos Móveis
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  2 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1151293
Autor: Franco, Juan Victor Ariel.
Título: La combinación de trimetoprima-Sulfametoxazol (Cotrimoxazol) se asocia a muerte súbita en ancianos que toman espironolactona / Trimethoprim-Sulfamethoxazole (Cotrimoxazole) is associated with sudden death in the elderly taking spironolactone
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;19(3):91-91, 2016.
Idioma: es.
Descritores: Espironolactona/efeitos adversos
Combinação Trimetoprima e Sulfametoxazol/efeitos adversos
Morte Súbita/etiologia
Antagonistas de Receptores de Mineralocorticoides/efeitos adversos
-Ontário
Espironolactona/administração & dosagem
Estudos de Casos e Controles
Intervalos de Confiança
Razão de Chances
Combinação Trimetoprima e Sulfametoxazol/administração & dosagem
Fatores de Risco
Fatores Etários
Interações Medicamentosas
Quimioterapia Combinada/efeitos adversos
Antagonistas de Receptores de Mineralocorticoides/administração & dosagem
Hiperpotassemia/induzido quimicamente
Hiperpotassemia/mortalidade
Anti-Infecciosos Urinários/administração & dosagem
Anti-Infecciosos Urinários/efeitos adversos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  3 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1151056
Autor: Franco, Juan Victor Ariel.
Título: Nueva interacción potencialmente peligrosa entre claritromicina y estatinas / Potentially dangerous interaction between clarithromycin and statins
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;19(3):90-90, 2016.
Idioma: es.
Descritores: Claritromicina/efeitos adversos
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/uso terapêutico
Inibidores do Citocromo P-450 CYP3A/efeitos adversos
-Pirimidinas/metabolismo
Pirimidinas/uso terapêutico
Pirimidinas/farmacocinética
Rabdomiólise/induzido quimicamente
Sulfonamidas/metabolismo
Sulfonamidas/uso terapêutico
Sulfonamidas/farmacocinética
Ácidos Graxos Monoinsaturados/metabolismo
Ácidos Graxos Monoinsaturados/uso terapêutico
Ácidos Graxos Monoinsaturados/farmacocinética
Pravastatina/metabolismo
Pravastatina/uso terapêutico
Pravastatina/farmacocinética
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/metabolismo
Transportadores de Ânions Orgânicos
Transportadores de Ânions Orgânicos Sódio-Independentes/antagonistas & inibidores
Transportador 1 de Ânion Orgânico Específico do Fígado
Interações Medicamentosas
Lesão Renal Aguda/induzido quimicamente
Rosuvastatina Cálcica
Fluorbenzenos/metabolismo
Fluorbenzenos/uso terapêutico
Fluorbenzenos/farmacocinética
Membro 1B3 da Família de Transportadores de Ânion Orgânico Carreador de Soluto
Fluvastatina
Hiperpotassemia/induzido quimicamente
Indóis/metabolismo
Indóis/uso terapêutico
Indóis/farmacocinética
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  4 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1150867
Autor: Rodríguez, Yamila Florencia; Jiménez, Verónica.
Título: El uso conjunto de antidepresivos y de anti-inflamatorios no esteroideos se asocia a mayor riesgo de hemorragia intracraneal / Use of antidepressant with concurrent use of non-steroidal anti-inflammatory drugs is associated with a higher risk of intracranial hemorrhage
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;19(3):89-89, 2016. tab.
Idioma: es.
Descritores: Anti-Inflamatórios não Esteroides/administração & dosagem
Hemorragias Intracranianas/induzido quimicamente
Antidepressivos/administração & dosagem
-Anti-Inflamatórios não Esteroides/efeitos adversos
Fatores de Risco
Inibidores de Captação de Serotonina/administração & dosagem
Inibidores de Captação de Serotonina/efeitos adversos
Medição de Risco
Hemorragias Intracranianas/prevenção & controle
Depressão/tratamento farmacológico
Interações Medicamentosas
Pontuação de Propensão
República Democrática Popular da Coreia
Antidepressivos/efeitos adversos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  5 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-974811
Autor: Veloso, Ronara Camila de Souza Groia; Figueredo, Tácita Pires de; Barroso, Soraya Coelho Costa; Nascimento, Mariana Martins Gonzaga do; Reis, Adriano Max Moreira.
Título: Fatores associados às interações medicamentosas em idosos internados em hospital de alta complexidade / Factors associated with drug interactions in elderly hospitalized in high complexity hospital
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(1):17-26, ene. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O estudo tem por objetivo determinar a frequência de interações medicamentosas potenciais (IMP) entre idosos hospitalizados e os fatores associados. Estudo transversal realizado em um hospital de ensino. A variável dependente do estudo foi a ocorrência de IMP identificadas utilizando o software DrugReax. Também foram identificados os pacientes que desenvolveram reações adversas a medicamentos (RAM) relacionadas à manifestação clínica de IMP. Realizou-se regressão logística para analisar a associação da ocorrência de IMP e variáveis independentes. No estudo foram incluídos 237 idosos, a prevalência de IMP foi de 87,8 %, e de RAM relacionadas às interações foi de 6,8%. Identificou-se associação positiva entre a detecção de IMP (OR 8,6; IC95% 2,5-30,0), internação por diagnóstico de doença do aparelho circulatório e número de medicamentos superior que 14 (OR 9,8; IC95% 2,8-34,3). O estudo evidenciou uma elevada prevalência de IMP na farmacoterapia dos idosos, mas reduzida prevalência de RAM. Além disso, detectou associação positiva entre IMP e internação por diagnóstico de doença do aparelho circulatório e número de medicamentos superior a 14. A identificação de fatores associados às IMP permite direcionar medidas de prevenção para populações mais expostas à ocorrência de eventos adversos.

Abstract This study aims to determine the frequency of potential drug-drug interactions (PDI) in hospitalized elderly and associated factors. This is a cross-sectional study in a teaching hospital. The dependent variable was the occurrence of potential drug interactions identified using DrugReax software. Patients with adverse drug reactions (ADR) related to clinical manifestations of PDIs were also identified. Multivariate logistic regressions was performed to analyze the association between the occurrence of PDIs and independent variables. In total, 237 older adults were included in the study. The prevalence of PDIs and interaction-related ADRs was 87.8% and 6.8%, respectively. The multivariate analysis showed a positive association between the detection of PDIs (OR 8.6; 95% CI, 2.5-30.0), and hospitalization due to a diagnosed circulatory system disease and number of medications > 14 (OR 9.8; 95% CI, 2.8-34.3%). The study showed a high prevalence of PDIs in the drug treatment of the elderly, but a lower prevalence of ADRs, as well as a positive association between PDIs and hospitalization due to a diagnosed circulatory system disease and number of medications > 14. The identification of factors associated with PDIs guides prevention measures for people that are more exposed to adverse events.
Descritores: Doenças Cardiovasculares/epidemiologia
Interações Medicamentosas
Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
Hospitalização/estatística & dados numéricos
-Modelos Logísticos
Prevalência
Estudos Transversais
Análise Multivariada
Fatores de Risco
Hospitais de Ensino
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1001759
Autor: Nascimento, Diego Zapelini; Marques, Gabriela Moreno; Schuelter-Trevisol, Fabiana.
Título: Alternativas para identificar interações medicamentosas entre as reações adversas a medicamentos em unidades hospitalares / Alternatives for identifying drug interactions among adverse drug reactions in hospital units
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(4):1573-1573, abr. 2019.
Idioma: pt.
Descritores: Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
-Interações Medicamentosas
Serviço Hospitalar de Emergência
Unidades Hospitalares
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1103265
Autor: Silva, Andreza Gomes da; Fernandes, Maurício Avelar; Belfort, Ilka Kassandra Pereira; Borges, Mirlley Cristina Ferreira; Marinho, Suanne Ferreira; Monteiro, Sally Cristina Moutinho.
Título: Prevalência de coprescrição clinicamente significativa de psicofármacos inibidores da enzima CYP2D6 em usuários de um centro de atenção psicossocial / The prevalence of co-prescription of clinically relevant CYP enzyme inhibitor psychotropic drugs in psychosocial care center users
Fonte: J. Health Biol. Sci. (Online);8(1):1-7, 01/01/2020. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: mensurar a prevalência da coprescrição de psicofármacos inibidores clinicamente significativos da enzima CYP2D6. Métodos: estudo transversal realizado com usuários do Centro de Atenção Psicossocial de um município da Amazônia Legal. Os dados foram coletados de prontuário (medicamentos e diagnóstico clínico) e questionário semiestruturado (sociodemográficos). As informações referentes às medicações (substrato/inibidor da CYP2D6) foram consultadas no Micromedex®, Drug Interaction Checker, Food and Drug Administration e The Pharmacogene Variation Consortium. Os dados foram interpretados utilizando estatística descritiva percentual simples, considerando a média e o desvio-padrão. Para a confecção do banco de dados, utilizou-se o Office Excel®2010. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob o Parecer nº 289.937. Resultados: participaram deste estudo 43 pessoas com média de idade de 40,98 (±11,04) anos, sendo 55,81% do sexo masculino, 81,39% solteiros, 88,37% não brancos (pretos/pardos), 58,14% estudaram até o ensino médio e 62,79% tiveram diagnóstico F20 (esquizofrenia e subdivisões). Entre a população estudada, 100% (43/43) faziam uso diário de haloperidol, e 95,34% (41/43) encontravam-se em uso rotineiro de mais de uma droga metabolizada pela enzima CYP2D6. Verificou-se que 93% (40/43) dos participantes continham coprescrição de substratos e inibidores da enzima CYP2D6, sendo a maior prevalência de prescrições envolvendo ácido valproico, clorpromazina, levomepromazina, prometazina e risperidona. Conclusão: o estudo pôde mensurar alta prevalência de coprescrição de psicofármacos inibidores clinicamente significativos da enzima CYP2D6.

Introduction: Clinically significant adverse drug reactions are seldomly frequent, but their incidence rises when there is co-prescription, especially psychoactive drugs metabolized by the enzyme CYP2D6. Objective: To measure the prevalence of co-prescription of clinically significant CYP2D6 enzyme inhibitors. Methods: Cross-sectional study conducted with users of the Center for Psychosocial Attention in a city of Legal Amazon. Sociodemographic, health and drug profile data were collected from patients' records. Possible enzymatic inductions or inhibitions were researched in Micromedex®, Drug Interaction Checker, Food and Drug Administration e The Pharmacogene Variation Consortium. The data were interpreted using simple percentage descriptive statistics, considering the mean and standard deviation. To make the database, Office Excel®2010 was used. The research has the approval of the Research Ethics Committee under opinion no. 289,937. Results: Forty-three people with a mean age of 40.98 (±11.04) years participated in this study, 24 (55.81%) men, 81,39% single, 88,37% non-white, 58,14% have high school and 62,79% were diagnosed with schizophrenia. Among the studied population, 100% (43/43) used haloperidol daily and 95.34% (41/43) used more than one drug inhibitor or metabolized by the CYP2D6 enzyme. It was found that 93% of the participants contained co-prescription of CYP2D6 substrates and inhibitors, with the highest prevalence of prescriptions involving valproic acid, chlorpromazine, levomepromazine, promethazine and risperidone. Conclusion: The study was able to measure the high prevalence of co-prescription of clinically significant CYP2D6 inhibitor drugs in the studied population.
Descritores: Psicotrópicos/uso terapêutico
Medicamentos sob Prescrição/uso terapêutico
Inibidores do Citocromo P-450 CYP2D6/uso terapêutico
Transtornos Mentais/tratamento farmacológico
-Psicotrópicos/efeitos adversos
Esquizofrenia/tratamento farmacológico
Estudos Transversais
Interações Medicamentosas
Inibidores do Citocromo P-450 CYP2D6/efeitos adversos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1780.2


  8 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1001814
Autor: Iniesta-Navalón, Carles; Gascón-Cánovas, Juan Jose; Gama, Zenewton André da Silva; Sánchez-Ruiz, José Francisco; Gutiérrez-Estrada, Erick Angelico; De-la-Cruz-Sánchez, Ernesto; Harrington-Fernández, Owen.
Título: Potential and clinical relevant drug-drug interactions among elderly from nursing homes: a multicentre study in Murcia, Spain / Interações medicamentosas potenciais e clinicamente relevantes em instituições de longa permanência para idosos: um estudo multicêntrico em Murcia, Espanha
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(5):1895-1902, Mai. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract This study purposes to determine the prevalence of potential and clinical relevant Drug-Drug-Interactions (pDDIs) in institutionalized older adults and to identify the pertinent factors associated. We conduct an observational, multicenter and cross-sectional study during the last quarter of 2010. We selected a sample of 275 subjects (aged ≥ 65 years) from 10 nursing homes of Murcia (Spain) by a two-stage complex sampling. pDDIs were identified using the College of Pharmacists Database. We only considered pDDIs of clinical relevance, and thereafter the relevant factors were identified through uni-level and multi-level regression analyses. A total of 210 pDDIs were identified, 120 of which were considered clinically relevant (57.1%), affecting a total of 70 elderly (25.8%). Eight pharmacological groups made up 70.2% of the clinically relevant pDDIs. More clinically relevant DDIs were found in people suffering several pathologies (OR = 2.3; 95%CI = 1.4-4.5), and also in people who take ten or more drugs daily (OR = 9.6; 95%CI = 4.8-19.1), and people who take anti-inflammatory drugs (OR = 3.9; 95%CI = 1.4-10.4). This study reveals that clinically relevant pDDIs are very common in institutionalized elderly people, and that caregivers should aim at improving their practice in order to reduce the prevalence of this phenomenon.

Resumo Este estudo pretende identificar a prevalência de interações medicamentosas potenciais (IMP) em idosos institucionalizados e seus fatores associados. Realizamos um estudo observacional, multicêntrico e transversal, durante o último trimestre de 2010. Selecionamos uma amostra de 275 sujeitos (≥ 65 anos) de 10 instituições para idosos de Murcia (Espanha) mediante amostragem aleatória complexa em duas etapas. As IMP foram identificadas usando a base de dados do College of Pharmacists. Estimamos a prevalência de IMP de relevância clínica e analisamos os fatores associados com análise de regressão uni e multinível. Identificamos 210 IMP, das quais 120 foram consideradas clinicamente relevantes (57,1%) e afetaram 70 idosos (25,8%). Oito grupos farmacológicos constituíram 70,2% das IMP clinicamente relevantes. A prevalência de IMP esteve associada à multimorbidade (OR = 2,3; IC 95% = 1,4-4,5) e tomar dez ou mais medicamentos diariamente (OR = 9,6; IC95% = 4,8-19,1) e uso de medicamentos anti-inflamatórios (OR = 3,9; IC 95% = 1,4-10,4). Este estudo revela que as IMP clinicamente relevantes são muito comuns em idosos institucionalizados e que os serviços devem melhorar seus processos para reduzir a prevalência deste fenômeno.
Descritores: Interações Medicamentosas
Instituição de Longa Permanência para Idosos/estatística & dados numéricos
Anti-Inflamatórios/efeitos adversos
Casas de Saúde/estatística & dados numéricos
-Espanha
Estudos Transversais
Polimedicação
Anti-Inflamatórios/administração & dosagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 769 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088850
Autor: Fleury, Camila A; Almeida, Elizandra P M; Dionisio, Thiago J; Calvo, Adriana M; Oliveira, Gabriela M; Amaral, Sandra L; Santos, Carlos F; Faria, Flávio A C.
Título: Passive Cigarette Smoking Impact on Blood Pressure Response to Epinephrine and Felypressin in 1K1C Hypertensive Rats Treated or not with Atenolol / Impacto do Tabagismo Passivo na Resposta Pressórica à Epinefrina e Felipressina em Ratos Hipertensos 1K1C Tratados ou não com Atenolol
Fonte: Arq. bras. cardiol;114(2):295-303, Feb. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Cigarette smoking is usually associated with hypertension and may modify vasoconstrictor response. Objective: The present study aimed to analyze and compare the interaction of passive cigarette smoking and hypertension on epinephrine and felypressin blood pressure effects after intravascular injection. Method: 45-day male Wistar rats had the main left renal artery partially constricted and the right kidney removed (1K1C model). Rats were placed in the chamber for exposition to passive cigarette smoking (10 cigarettes) during 10 min (6 days a week). Hypertensive rats received atenolol (90 mg/kg/day) by gavage for two weeks. Hypotensive and hypertensive response, response duration and heart rate were recorded from direct blood pressure values. The significance level was 5%. Results: Passive cigarette smoking increased maximal hypertensive response to epinephrine in normotensive and 1K1C-atenolol treated rats and to felypressin only in 1K1C-atenolol treated rats; it also reduced epinephrine hypotensive response. Epinephrine increased heart rate in normotensive and hypertensive passive smokers or non-smoker rats. Comparing the two vasoconstrictors, epinephrine showed greater hypertensive response in normotensive smokers, 1K1C-atenolol treated smokers and non-smokers. However, in normotensive-nonsmoker rats, felypressin showed a greater and longer hypertensive effect. Conclusions: Our results suggest that passive cigarette smoking may reduce epinephrine vasodilation and increase hypertensive response when compared to felypressin. Therefore, felypressin may be safe for hypertensive patients to avoid tachycardia and atenolol interaction, but for normotensive and non-smoker patients, epinephrine may be safer than felypressin.

Resumo Fundamento: O tabagismo geralmente está associado à hipertensão e pode modificar a resposta vasoconstritora. Objetivo: O presente estudo teve como objetivo analisar e comparar a interação do tabagismo passivo e hipertensão sobre os efeitos da epinefrina e felipressina na pressão arterial após injeção intravascular. Métodos: Ratos Wistar machos de 45 dias tiveram a artéria renal principal esquerda parcialmente obstruída e o rim direito removido (modelo 1K1C). Os ratos foram colocados na câmara para exposição ao tabagismo passivo (10 cigarros) durante 10 minutos (6 dias por semana). Ratos hipertensos receberam atenolol (90 mg/kg/dia) por gavagem durante duas semanas. A resposta hipotensora e hipertensiva, a duração da resposta e a frequência cardíaca foram registradas a partir da medida dos valores diretos da pressão arterial. O nível de significância foi de 5%. Resultados: O tabagismo passivo aumentou a resposta hipertensiva máxima à epinefrina em ratos normotensos e ratos 1K1C tratados com atenolol e à felipressina apenas em ratos 1K1C tratados com atenolol; também reduziu a resposta hipotensiva à epinefrina. A epinefrina aumentou a frequência cardíaca em ratos fumantes passivos ou não-fumantes, normotensos e hipertensos. Comparando os dois vasoconstritores, a epinefrina apresentou maior resposta hipertensiva em fumantes normotensos, ratos 1K1C fumantes e não fumantes tratados com atenolol. No entanto, em ratos normotensos e não fumantes, a felipressina apresentou um efeito hipertensivo maior e mais prolongado. Conclusões: Nossos resultados sugerem que o tabagismo passivo pode reduzir a vasodilatação da epinefrina e aumentar a resposta hipertensiva quando comparado à felipressina. Portanto, a felipressina pode ser segura para pacientes hipertensos, com o objetivo de evitar a interação entre taquicardia e atenolol, mas para pacientes normotensos e não-fumantes, a epinefrina pode ser mais segura que a felipressina.
Descritores: Atenolol/farmacologia
Poluição por Fumaça de Tabaco/efeitos adversos
Pressão Sanguínea/efeitos dos fármacos
Epinefrina/farmacologia
Felipressina/farmacologia
Anti-Hipertensivos/farmacologia
-Fatores de Tempo
Vasoconstritores/farmacologia
Vasodilatação/efeitos dos fármacos
Ratos Wistar
Relação Dose-Resposta a Droga
Interações Medicamentosas
Frequência Cardíaca/efeitos dos fármacos
Hipertensão/tratamento farmacológico
Hipotensão
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 769 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rosa, Maria Luiza Garcia
Texto completo
Id: biblio-1039517
Autor: Santos, Janaina da Silva; Giordani, Fabiola; Rosa, Maria Luiza Garcia.
Título: Interações medicamentosas potenciais em adultos e idosos na atenção primária / Potential drug interactions in adults and the elderly in primary health care
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(11):4335-4344, nov. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo do presente estudo foi caracterizar as interações medicamentosas potenciais (IMP) e avaliar os fatores associados à sua ocorrência em adultos e idosos assistidos pelo Programa Médico de Família de Niterói, Rio de Janeiro. Trata-se de um subestudo do ESTUDO DIGITALIS, que incluiu indivíduos cadastrados no Programa Médico de Família de Niterói (45-99 anos). Foram analisados 341 indivíduos com prescrição de dois ou mais medicamentos. A classificação das IMP seguiu o MICROMEDEX®. Houve 113 interações diferentes. Do total de indivíduos, 63,6% apresentaram pelo menos uma IMP. As variáveis com maior chance de IMP foram: menor escolaridade; renda inferior a R$800,00; ausência de plano de saúde; diagnóstico de hipertensão, diabetes, infarto agudo do miocárdio; e uso de 5 ou mais medicamentos prescritos. Após ajuste, as variáveis diagnóstico anterior de hipertensão e diabetes e uso de 5 ou mais medicamentos prescritos permaneceram significativas estatisticamente. É importante uma gestão cautelosa do tratamento na atenção básica com monitoramento das IMP, especialmente em pacientes mais susceptíveis.

Abstract The objective of the present study was to characterize the potential drug interactions (PDI), estimating the factors associated to their occurrence in adults and the elderly assisted by the Programa Médico de Família de Niterói, Rio de Janeiro. This is a sub-study of STUDY DIGITALIS, which included individuals enrolled in the Niteroi Family Medical Program (45-99 years). In this study, 341 individuals with a prescription of two or more drugs were analyzed. The classification of PDI followed MICROMEDEX. There were 113 different interactions. Of the total number of individuals, 63.6% had at least one PDI. The variables with higher probability of PDI were: lower level of schooling; income less than R$800.00; absence of health plan; previous diagnosis of hypertension and diabetes; use of 5 or more medications prescribed. After adjustment, the variables previous diagnosis of hypertension and diabetes and use of 5 or more prescription drugs remained statistically significant. Careful management of primary care treatment with monitoring is important in patients with PDI, especially in patients who are more susceptible.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Interações Medicamentosas
Medicamentos sob Prescrição/administração & dosagem
-Brasil
Fatores de Risco
Diabetes Mellitus/epidemiologia
Escolaridade
Medicamentos sob Prescrição/efeitos adversos
Hipertensão/epidemiologia
Renda
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 77 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde