Base de dados : LILACS
Pesquisa : G07.690.773.984 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 706 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 71 ir para página                         

  1 / 706 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-830041
Autor: Gaínza, Yousmel Alemán; Fantatto, Rafaela Regina; Chaves, Francisco Celio Maia; Bizzo, Humberto Ribeiro; Esteves, Sérgio Novita; Chagas, Ana Carolina de Souza.
Título: Piper aduncum against Haemonchus contortus isolates: cross resistance and the research of natural bioactive compounds / Piper aduncum contra isolados de Haemonchus contortus: resistência cruzada e a pesquisa de bioativos naturais
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;25(4):383-393, Sept.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPEAM; . CAPES; . CNPq.
Resumo: Abstract The anthelminthic activity of the essential oil (EO) of Piper aduncum L. was tested in vitro on eggs and larvae of resistant (Embrapa2010) and susceptible (McMaster) isolates of Haemonchus contortus. The EO was obtained by steam distillation and its components identified by chromatography. EO concentrations of 12.5 to 0.02 mg/mL were used in the egg hatch test (EHT) and concentrations of 3.12 to 0.01 mg/mL in the larval development test (LDT). Inhibition concentrations (IC) were determined by the SAS Probit procedure, and significant differences assessed by ANOVA followed by Tukey’s test. In the EHT, the IC50 for the susceptible isolate was 5.72 mg/mL. In the LDT, the IC50 and IC90 were, respectively, 0.10 mg/mL and 0.34 mg/mL for the susceptible isolate, and 0.22 mg/mL and 0.51 mg/mL for the resistant isolate. The EO (dillapiole 76.2%) was highly efficacious on phase L1. Due to the higher ICs obtained for the resistant isolate, it was raised the hypothesis that dillapiole may have a mechanism of action that resembles those of other anthelmintic compounds. We further review and discuss studies, especially those conducted in Brazil, that quantified the major constituents of P. aduncum-derived EO.

Resumo Este estudo avaliou a atividade anti-helmíntica in vitro do óleo essencial (OE) de Piper aduncum L. sobre ovos e larvas de Haemonchus contortus, verificando se um isolado resistente (Embrapa2010), apresentaria o mesmo comportamento que um sensível (McMaster). O OE foi obtido por arraste a vapor e analisado por cromatografia para identificação dos constituintes. O óleo foi avaliado nas concentrações de 12,5 a 0,02 mg/mL no Teste de eclosão dos ovos (TEO) e nas concentrações de 3,12 a 0,01 mg/mL no Teste de desenvolvimento larvar (TDL). As concentrações inibitórias (CI) foram determinadas pelo procedimento Probit do SAS e as diferenças estatísticas geradas pela ANOVA seguida pelo teste de Tukey. Para o isolado sensível obteve-se CI50 de 5,72 mg/mL no TEO. No TDL o óleo apresentou CI50 e CI90 de 0,10 mg/mL e 0,34 mg/mL para o isolado sensível e 0,22 mg/mL e 0,51 mg/mL para o resistente, respectivamente. Demonstrou-se que o OE (dilapiol 76,2%) teve alta eficácia sobre a fase L1. Devido às elevadas CIs obtidas para o isolado resistente, levantou-se a hipótese de que o dilapiol talvez possua um mecanismo de ação semelhante a algum grupo anti-helmíntico. O artigo faz uma revisão e discute estudos de quantificação dos constituintes majoritários do OE de P. aduncum, destacando os realizados no Brasil.
Descritores: Óleos Voláteis/química
Piper/química
Haemonchus/efeitos dos fármacos
Anti-Helmínticos/farmacologia
-Brasil
Resistência a Medicamentos
Larva
Anti-Helmínticos/isolamento & purificação
Limites: Animais
Responsável: NI15.1 - CEDOC - Centro de Documentación e Información


  2 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-785160
Autor: Higa, Leandro de Oliveira Souza; Garcia, Marcos Valério; Barros, Jacqueline Cavalcante; Koller, Wilson Werner; Andreotti, Renato.
Título: Evaluation of Rhipicephalus (Boophilus) microplus (Acari: Ixodidae) resistance to different acaricide formulations using samples from Brazilian properties / Avaliação da resistência de Rhipicephalus (Boophilus) microplus (Acari: Ixodidae) a diferentes formulações acaricidas utilizando amostras de propriedades brasileiras
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;25(2):163-171tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The Rhipicephalus (Boophilus) microplus tick is responsible for considerable economic losses in Brazil, causing leather damage, weight loss and reduced milk production in cattle and results in the transmission of pathogens. Currently, the main method for controlling this tick is using acaricides, but their indiscriminate use is one of the major causes of resistance dissemination. In this study, the adult immersion test (AIT) was used to evaluate resistance in ticks from 28 properties located in five different states (Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Ceará, São Paulo, e Minas Gerais) and the Distrito Federal (DF) of Brazil. The resistance was found in 47.64% of the repetitions demonstrating an efficacy of less than 90% in various locations throughout the country. The larvae packet test was used to evaluate samples from ten properties in four states (Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais and Espírito Santo). Spray products belonging to the main classes of acaricides, including combination formulations, were used in both types of test. New cases of resistance were found on properties within the states of Ceará, Espírito Santo and Mato Grosso, where such resistance was not previously reported.

Resumo O carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus é responsável por consideráveis perdas econômicas no Brasil, causando, nos bovinos, danos ao couro, perda de peso, redução na produção de leite, o que resulta na transmissão também de patógenos. Atualmente, o principal método de controle para esse carrapato é o uso de acaricidas, porém seu uso indiscriminado é uma das principais causas da disseminação da resistência. Neste estudo, o teste de imersão de adultos (TIA) foi utilizado para avaliar a resistência em carrapatos provenientes de 28 propriedades, localizadas em cinco diferentes estados brasileiros (Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Ceará, São Paulo, e Minas Gerais) e no Distrito Federal (DF). A resistência foi encontrada em 47,64% das repetições, demonstrando uma eficácia de menos de 90% em vários lugares do país. O teste de pacote de larva foi utilizado para avaliar amostras de 10 propriedades em quatro estados (Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais e Espírito Santo). Produtos de pulverização, pertencentes às principais classes de acaricidas, incluindo-se associações, foram utilizados em ambos os testes. Novos casos de resistência foram encontrados em propriedades nos estados do Ceará, Espírito Santo e Mato Grosso, nas quais a resistência ainda não havia sido previamente reportada.
Descritores: Resistência a Medicamentos
Rhipicephalus/efeitos dos fármacos
Acaricidas/farmacologia
-Brasil
Doenças dos Bovinos/parasitologia
Rhipicephalus/classificação
Acaricidas/química
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-777531
Autor: Salgado, Jordana Andrioli; Santos, Clóvis de Paula.
Título: Overview of anthelmintic resistance of gastrointestinal nematodes of small ruminants in Brazil / Panorama da resistência anti-helmíntica em nematoides gastrointestinais de pequenos ruminantes no Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;25(1):3-17, Jan.-Mar. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Frequent and inappropriate use of all classes of antiparasitic drugs in small ruminants has led to failures in their effectiveness, culminating in a global problem of anthelmintic resistance. Brazil stands out as one of the world’s leaders in publications about anthelmintic resistance, and for having the most numerous reports of this resistance in small ruminants in the Americas. These studies have involved mainly the fecal egg count reduction test (FECRT) and its correlation with field management practices. In vivoeffectiveness testing is conducted in areas where livestock is of greater economic significance, e.g., in the South (sheep) and Northeast (goats), or is important for research and economic centers, such as the Southeast (sheep). The most widely studied species is sheep, for which the widest range of drugs is also evaluated. Despite significant advances achieved in molecular research, laboratory analyses should include knowledge about the reality in the field so that they can become feasible for the producer. Moreover, molecular studies can be underpinned by the analysis of field studies, such as the maintenance of antiparasitic effectiveness over time and the mechanisms involved in this process.

Resumo O uso frequente e inapropriado de todas as classes de antiparasitários em pequenos ruminantes levou a falhas de eficácia, culminando na problemática global de resistência anti-helmíntica. O Brasil destaca-se como sendo um dos pioneiros nas publicações com resistência anti-helmíntica no mundo e por ter o maior número de relatos em pequenos ruminantes na América. Essas pesquisas envolvem principalmente o teste da redução da contagem de ovos nas fezes (TRCOF) e sua correlação com as práticas de manejo utilizadas no campo. Os estudos de testes de eficácia in vivo localizam-se em áreas onde há maior importância dos rebanhos como nas Regiões Sul (ovinos) e Nordeste (caprinos), ou com importância em polos de pesquisa e econômicos, como a região Sudeste (ovinos). Ovina é a espécie mais estudada e com maior gama de drogas avaliadas. Mesmo com grande avanço em pesquisas moleculares, as análises laboratoriais devem envolver o conhecimento da realidade do campo para que possam se tornar viáveis ao produtor. Além disso, a análise dos estudos de campo pode nortear estudos moleculares como, por exemplo, a manutenção da eficácia das drogas ao longo dos anos e os mecanismos envolvidos em tal processo.
Descritores: Doenças dos Ovinos/tratamento farmacológico
Resistência a Medicamentos
Doenças das Cabras/tratamento farmacológico
Anti-Helmínticos/uso terapêutico
Nematoides/efeitos dos fármacos
Infecções por Nematoides/veterinária
-Contagem de Ovos de Parasitas/veterinária
Doenças dos Ovinos/parasitologia
Ruminantes
Brasil
Cabras
Ovinos
Doenças das Cabras/parasitologia
Infecções por Nematoides/tratamento farmacológico
Limites: Animais
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119329
Autor: Velazquez, Gladys Raquel; Lird, María Graciela; Melgarejo, Laura Elizabeth; Walder, Alejandra Leticia; Ovando, Fátima Soledad; Santa Cruz, Francisco Vicente.
Título: Identificación de los mecanismos resistencia enzimáticos en uropatógenos de pacientes ambulatorios de un hospital público de San Lorenzo, Paraguay; 2015-2019 / Identification of enzyme resistance mechanisms in pathogens from an outpatient clinic in a public hospital in San Lorenzo, Paraguay; 2015-2019
Fonte: An. Fac. Cienc. Méd. (Asunción);53(2):25-36, 20200800.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: El propósito del estudio es determinar en los urocultivos, la prevalencia de los mecanismos enzimáticos de resistencia encontrados in vitro. Materiales y métodos: Se realizó un estudio retrospectivo, de ambos sexos, mayores de 18 años, que acudieron al Consultorio Externo de Clínica Médica y Urgencias por síntomas de infección urinaria. Se incluyeron todos los urocultivos en los que se aislaron uropatógenos con recuento ≥ 105 UFC/mL. Se excluyeron los urocultivos polimicrobianos, los que no contaban con antibiograma o aquellos con datos clínicos incompletos. Resultados: Se identificaron 1031 urocultivos que cumplieron con los criterios establecidos para la realización del estudio. El 56% correspondió al sexo femenino y el 43% al masculino. La edad media de las mujeres fue de 52± 20 años y el de los hombres fue de 62±16 años. Los uropatógenos más frecuentes fueron Escherichia coli 553 (52% en promedio) seguida de Klebsiella pneumoniae con 148 (14% en promedio). Urocultivos de varones: El principal mecanismo de resistencia de Escherichia coli fueron las BLEE, 55 aislamientos (91%); seguida de las MBL, 3 aislamientos (5%) y KPC, 2 aislamientos (3%). En Klebsiella pneumoniae en 53 aislamientos se puedo observar: BLEE, 31 aislamientos (58%); seguida de las KPC 13 aislamientos (25%) y MBL, 9 aislamientos en (16%). Urocultivos en mujeres: Las enzimas de Escherichia coli fueron 81 aislamientos, de los cuales fueron BLEE, 79 aislamientos (97%); seguido de las KPC, 1 aislamiento (1%) y las MBL, 1 aislamiento (1%). En Klebsiella pneumoniae se pudo observar los siguientes mecanismos enzimáticos en base a 35 aislamientos; BLEE, 19 aislamientos (54%), seguida de las KPC, 12 aislamientos (34%) y por último, MBL, 4 aislamientos (13%). Conclusión: En las IVU de nuestro estudio, Escherichia coli y Klebsiella pneumoniae fueron las principales bacterias que originan resistencia a los antibióticos y la BLEE fue la enzima más frecuentemente identificada en ambos sexos.

Introduction: The objective of this study was to assess frequency of enzymatic resistance mechanisms isolated from community urinary tract infections (UTI) determined in vitro in urine cultures. Objectives: This is a retrospective study, a total of 1031 urine samples were included from patients with urinary tract infection who had consulted at the Outpatient Clinic and Emergencies Services. The following information was recorded, age, sex, urine sample. All urine cultures in which pathogens with a count of ≥ 105 CFU / mL were included. Were excluded polymicrobial urine cultures, those without an antibiogram or those with incomplete clinical data. Results: A total of 1031 urine samples met inclusion criteria, 56% of patients were female and 43% male. The mean age of the women was 52 ± 20 years and in men was 62 ± 16 years. 553 (52%) E. coli and 148 (14%) Klebsiella strains were isolated from community samples. Male urine cultures: The main resistance mechanism of Escherichia coli was ESBLs, 55 isolates (91%); followed by MBL, 3 isolates (5%) and KPC, 2 isolates (3%). In Klebsiella pneumoniae (53 isolates); ESBL, 31 isolates (58%); followed by KPC 13 isolates (25%) and MBL, 9 isolates in (16%). Female urine culture: Escherichia coli enzymes 81 isolates, of which ESBLs were 79 isolates (97%); followed by KPC, 1 isolate (1%) and MBL, 1 isolate (1%). In Klebsiella pneumoniae the following enzymatic mechanisms could be observed based on 35 isolates; ESBL, 19 isolates (54%), followed by KPCs, 12 isolates (34%) and finally, MBL, 4 isolates (13%). Conclusion: The result of our study showed high prevalence of Escherichia coli and Klebsiella pneumoniae causing resistance to antibiotics in culture bacteria from urine samples of patients with UTI, and ESBL was the main ß-lactamase resistance mechanism in Klebsiella and E. coli isolates in both male and female.
Descritores: Bactérias
-Resistência a Medicamentos
Resistência a Medicamentos/imunologia
Estudos Retrospectivos
Responsável: PY1.4 - Biblioteca


  5 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-468422
Autor: Oliveira, Cristina Mendes de.
Título: Diversidade genética do HIV-1 em infecções pediátricas / HIV-1 genetic diversity in pediatric infections.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 128 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Amostras de plasma e PBMC de 72 crianças e adolescentes infectadas pelo HIV-1, sob terapia anti-retroviral potente, foram analisadas quanto à presença de mutações de resistência aos anti-retrovirais, subtipo viral,tropismo viral e assinatura de aminoácidos presente na coroa da alça V3. Os dados moleculares obtidos a partir do sequenciamento genético das regiões gag, pol e env foram associados à supressão virológica e sucesso imunológico da terapia anti-retroviral. A freqüência de mutações de resistência aos anti-retrovirais encontrada foi alta, mas compatível com a exposição às diferentes classes de anti-retrovirais. Quatro variantes de HIV-1 foram identificados: subtipo B (62,0%), F (8,5%), C (1,4%) e mosaicos BF (28,2%). Dezoito diferentes padrões de recombinação foram encontrados, sendo que três amostras apresentaram o mesmo padrão, uma apresentou o mesmo padrão de recombinação do CRF12_BF e outra o mesmo padrão de recombinação do CRF28_BF nas regiões analisadas. Entre os HIV-1B 13,7% das amostras apresentavam na coroa da alça V3 a assinatura GWGRe 47,1% GPGR. As amostras classificadas como HIV-1 F apresentavam a assinatura GPGR em 60% dos isolados virais e em 20% GPGQ. A análise bioinformática da região env identificou 26,9% dos vírus isolados como X4. O tropismo viral e o subtipo viral não foram associados à supressão viral. No entanto, a presença da assinatura de aminoácidos GPGR na região da alça V3 se mostrou associada a alta viremia plasmática (p=0,03) em comparação com a assinatura GFGR. Nenhuma característica molecular foi associada ao sucesso imunológico da terapia anti-retroviral.
Descritores: HIV-1
Pediatria
Resistência a Medicamentos
Limites: Criança
Adolescente
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, O48d, 2007


  6 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-468419
Autor: Oliveira, Cristina Mendes de.
Título: Diversidade genética do HIV-1 em infecções pediátricas / HIV-1 genetic diversity in pediatric infections.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 128 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Amostras de plasma e PBMC de 72 crianças e adolescentes infectadas pelo HIV-1, sob terapia anti-retroviral potente, foram analisadas quanto à presença de mutações de resistência aos anti-retrovirais, subtipo viral,tropismo viral e assinatura de aminoácidos presente na coroa da alça V3. Os dados moleculares obtidos a partir do sequenciamento genético das regiões gag, pol e env foram associados à supressão virológica e sucesso imunológico da terapia anti-retroviral. A freqüência de mutações de resistência aos anti-retrovirais encontrada foi alta, mas compatível com a exposição às diferentes classes de anti-retrovirais. Quatro variantes de HIV-1 foram identificados: subtipo B (62,0%), F (8,5%), C (1,4%) e mosaicos BF (28,2%). Dezoito diferentes padrões de recombinação foram encontrados, sendo que três amostras apresentaram o mesmo padrão, uma apresentou o mesmo padrão de recombinação do CRF12_BF e outra o mesmo padrão de recombinação do CRF28_BF nas regiões analisadas. Entre os HIV-1B 13,7% das amostras apresentavam na coroa da alça V3 a assinatura GWGRe 47,1% GPGR. As amostras classificadas como HIV-1 F apresentavam a assinatura GPGR em 60% dos isolados virais e em 20% GPGQ. A análise bioinformática da região env identificou 26,9% dos vírus isolados como X4. O tropismo viral e o subtipo viral não foram associados à supressão viral. No entanto, a presença da assinatura de aminoácidos GPGR na região da alça V3 se mostrou associada a alta viremia plasmática (p=0,03) em comparação com a assinatura GFGR. Nenhuma característica molecular foi associada ao sucesso imunológico da terapia anti-retroviral.
Descritores: HIV-1
Pediatria
Resistência a Medicamentos
Limites: Criança
Adolescente
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, O48d, 2007


  7 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1083384
Autor: Matsuda, Elaine Monteiro.
Título: Diagnóstico da infecção pelo HIV-1: proposta de um algoritmo para identificação de infecção aguda / Diagnosis of HIV-1 infection: proposal of an algorithm for the identification of acute infection.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. [108] p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças, Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A epidemia de AIDS em nosso País apresenta relativa estabilidade, concentrada em populações de maior vulnerabilidade, porém informações são em geral relacionadas à fase avançada da doença. Nosso estudo procura contribuir com informações sobre casos incidentes de infeção pelo HIV-1, através de um algoritmo que favorece a identificação de casos em fase aguda da doença. Esse algoritmo, com critérios clínicos e laboratoriais, permitiu o recrutamento consecutivo de 99 pacientes em um universo de cerca de 300 casos novos incorporados ao SAE do Município de Santo André, no período de outubro de 2011 a novembro de 2014. Nesses pacientes recém diagnosticados foram analisadas características clínicas, epidemiológicas e aspectos moleculares do HIV-1. Alguns aspectos clínicos e laboratoriais foram avaliados em adicionais 154 casos incorporados nesta época, assim como algumas características do HIV-1 identificadas em teste de genotipagem no período entre 2001 e 2014, em pacientes do mesmo SAE, que permitiram contextualizar a coorte. Entre os 99 pacientes... O algoritmo proposto identificou 5 casos em 8 suspeitos de infecção aguda. A genotipagem pré-tratamento avaliou...Na coorte foi identificado ainda, por estudo clínico e epidemiológico, confirmado por associação filogenética, uma possível transmissão do HIV-1 por procedimento de manicure (Matsuda et al., 2014b).

The AIDS epidemic in our country shows a relative stability, concentrated in the most vulnerable populations, but the limited information is generally related to the advanced stage of the disease. Our study aims to contribute with information on incident cases of HIV-1 infection. In a universe of about 300 new cases incorporated into the Santo André AIDS Program from Oct/2011 to Nov/2014, 99 patients were recruited consecutively. The study evaluated patients admitted after a recent diagnostic through the usual demand for follow-up and from an active case finding, using clinical laboratory algorithm that aimed to identify patients with acute infection. Available clinical and laboratory data from 154 additional cases incorporated in the service during this period and molecular data from HIV-1 genotypic tests from patients of this service in the period of 2001-2012, allowed to contextualize the cohort findings. Among the 99 patients studied ...The proposed algorithm has identified 5/8 cases of suspected acute infection. Pretreatment genotyping, evaluated...In the cohort, we identified, based in epidemiological clinical and subsequent phylogeny a possible transmission of HIV-1 for manicure procedure (Matsuda et al., 2014b).
Descritores: HIV-1
Diagnóstico Precoce
Epidemiologia Molecular/estatística & dados numéricos
Infecções/diagnóstico
Resistência a Medicamentos/genética
Soropositividade para HIV/diagnóstico
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, M434d


  8 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933282
Autor: Oliveira, Cristina Mendes de.
Título: Diversidade genética do HIV-1 em infecções pediátricas.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 128 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Amostras de plasma e PBMC de 72 crianças e adolescentes infectadas pelo HIV-1, sob terapia anti-retroviral potente, foram analisadas quanto à presença de mutações de resistência aos anti-retrovirais, subtipo viral,tropismo viral e assinatura de aminoácidos presente na coroa da alça V3. Os dados moleculares obtidos a partir do sequenciamento genético das regiões gag, pol e env foram associados à supressão virológica e sucesso imunológico da terapia anti-retroviral. A freqüência de mutações de resistência aos anti-retrovirais encontrada foi alta, mas compatível com a exposição às diferentes classes de anti-retrovirais. Quatro variantes de HIV-1 foram identificados: subtipo B (62,0%), F (8,5%), C (1,4%) e mosaicos BF (28,2%). Dezoito diferentes padrões de recombinação foram encontrados, sendo que três amostras apresentaram o mesmo padrão, uma apresentou o mesmo padrão de recombinação do CRF12_BF e outra o mesmo padrão de recombinação do CRF28_BF nas regiões analisadas. Entre os HIV-1B 13,7% das amostras apresentavam na coroa da alça V3 a assinatura GWGRe 47,1% GPGR. As amostras classificadas como HIV-1 F apresentavam a assinatura GPGR em 60% dos isolados virais e em 20% GPGQ. A análise bioinformática da região env identificou 26,9% dos vírus isolados como X4. O tropismo viral e o subtipo viral não foram associados à supressão viral. No entanto, a presença da assinatura de aminoácidos GPGR na região da alça V3 se mostrou associada a alta viremia plasmática (p=0,03) em comparação com a assinatura GFGR. Nenhuma característica molecular foi associada ao sucesso imunológico da terapia anti-retroviral.
Descritores: HIV-1
Resistência a Medicamentos
Pediatria
Limites: Criança
Adolescente
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, O48d, 2007


  9 / 706 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-769051
Autor: de Oliveira, Adriana Cristina; Oliveira de Paula, Adriana; Farnetano Rocha, Rodrigo.
Título: Custos com antimicrobianos no tratamento de pacientes com infecção / Costs of antimicrobial treatment in patients with infection
Fonte: Av. enferm;33(3):352-361, set.-dic. 2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Os custos relacionados ao tratamento antimicrobiano de pacientes com infecções da corrente sanguínea causadas por microrganismos resistentes têm sido pouco explorados. Objetivo: Comparar os custos diretos do tratamento antimicrobiano de pacientes com infecção da corrente sanguínea causada por Staphylococcus aureus resistente e sensível à oxacilina (MRSA e MSSA, respectivamente). Metodologia: Tratou-se de uma coorte histórica, realizada em uma unidade de terapia intensiva. Foram incluídos pacientes com infecção da corrente sanguínea por Staphylococcus aureus, entre março de 2007 e março de 2011. Utilizaram-se os registros dos prontuários, da comissão de controle de infecção hospitalar e do sistema de finanças do hospital, sendo realizada análise univariada. Resultados: Fizeram parte do estudo 31 pacientes tanto no grupo infectado por MRSA, quanto naquele infectado por MSSA. De acordo com a análise univariada, o direcionamento do tratamento reduziu o espectro de ação dos antibióticos utilizados e os custos (p < 0,001) e a resistência bacteriana esteve relacionada a um maior gasto com o tratamento antimicrobiano empírico (p = 0,05), não sendo encontrada associação para tratamentos direcionado e total. Conclusão: A resistência bacteriana pode influenciar os custos com tratamento antimicrobiano, sendo necessários mais estudos sobre o tema, avaliando especificamente tratamento antimicrobiano.

Introducción: Los costos relacionados con el tratamiento antimicrobiano de los pacientes con infecciones del torrente sanguíneo causados por microorganismos resistentes han sido poco explorados. Objetivo: Comparar los costos directos del tratamiento antimicrobiano de los pacientes con infección del torrente sanguíneo causada por Staphylococcus aureus resistente y sensible a la oxacilina (MSSA y MRSA, respectivamente). Metodología: Se realizó un estudio de cohorte histórico en una Unidad de Cuidados Intensivos. Se incluyeron los pacientes con infección del torrente sanguíneo por Staphylococcus aureus, entre marzo del 2007 y marzo del 2011. Se utilizó la historia clínica, la comisión de control de la infección hospitalaria, las finanzas del sistema de hospital y se realizó un análisis univariado. Resultados: El estudio investigó 31 pacientes en ambos grupos (MRSA y MSSA). Según el análisis univariado, el direccionamiento del tratamiento redujo el espectro de acción de los antibióticos y los costos (p < 0,001), la resistencia bacteriana se relacionó con un mayor gasto en el tratamiento antimicrobiano empírico (p = 0,05) y no se encontró ninguna asociación para tratamientos en total o direccionados. Conclusión: La resistencia bacteriana puede influir en el costo del tratamiento antimicrobiano, por lo que se necesita más investigación sobre el tema, específicamente, en la evaluación del tratamiento antimicrobiano.

Introduction: Costs related to antimicrobial treatment of patients with bloodstream infections caused by resistant microorganisms have been little explored. Objective: Compare the cost of treatment in patients with oxacillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) and oxacillin-susceptible Staphylococcus aureus (MSSA) bloodstream infection (BSI). Methodology: It is a historic cohort study performed in an intensive care unit with patients with Staphylococcus aureus bsi between March/2007 and March/2011. Patients’ medical records, records of the hospital infection control committee and of the hospital financial system were used. Univariate analysis were performed. Results: 31 patients with MRSA and MSSA infection took part in the study. According to the univariate analysis, directed therapy lowered the spectrum of antibiotics activity and the costs (p = 0,000), bacterial resistance was linked to a bigger expenditure in empiric antimicrobial therapy (p = 0,013), not being found any association for directed or total therapy. Conclusion: Bacterial resistance may influence the costs of antimicrobial therapy. More studies are needed, specifically, evaluating antibacterial therapy.
Descritores: Staphylococcus aureus
Infecções Bacterianas
Resistência a Medicamentos
Enfermagem
Controle de Infecções
Custos de Medicamentos
-Pesquisa
Custos e Análise de Custo
Antibacterianos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: CO136.1 - Biblioteca


  10 / 706 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-962076
Autor: Vásquez-Lesmes, Diego A; Cuevas-Hernandez, Sandra M; Faizal-Geagea, Michel.
Título: Resistencia a la poliquimioterapia en pacientes con enfermedad de Hansen / Resistance to polychemotherapy in patients with Hansen's disease
Fonte: Rev. salud pública;19(6):814-817, nov.-dic. 2017. graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Se describe un reporte de caso de un paciente del Sanatorio Agua de Dios Cundinamarca con diagnóstico de lepra lepromatosa histioide con sospecha de resistencia a la poliquimioterapia (PQT), evidenciando la importancia de los criterios clínicos para inicio de terapia alterna ante las limitaciones en los medios paraclínicos. La resistencia debe sospecharse y diagnosticarse tempranamente para evitar la progresión de la enfermedad; los criterios clínicos y paraclínicos ayudan a su confirmación diagnóstica, en los estudios bacteriológicos la escala semicuantitativa Colombiana debe reemplazarse por escala logarítmica de Ridley y Jopling, los estudios histopatológicos se practican en todo paciente con enfermedad de Hansen, los estudios de resistencia se están implementando en el país pero su acceso limita oportunidad para apoyo en el inicio terapéutico.(AU)

ABSTRACT This paper describes a case report of a patient from the Sanatorio Agua de Dios-Cundinamarca diagnosed with histioid lepromatous leprosy with suspected resistance to polychemotherapy (PQT), making evident the importance of clinical criteria for initiating an alternative therapy given the limitations of paraclinical examinations. Resistance should be suspected and diagnosed early to prevent the progression of the disease; clinical and paraclinical criteria help to confirm diagnosis. In bacteriological studies, the Colombian semiquantitative scale should be replaced by the Ridley-Jopling logarithmic scale. Histopathological studies are conducted on all patients with Hansen's disease. Research on resistance is being implemented in the country, but its access limits the opportunity for support in therapy initiation.(AU)
Descritores: Resistência a Medicamentos
Hanseníase Virchowiana/tratamento farmacológico
Hanseníase Virchowiana/epidemiologia
-Rifampina/uso terapêutico
Colômbia/epidemiologia
Dapsona/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 71 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde