Base de dados : LILACS
Pesquisa : G08.686.523 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 599 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 60 ir para página                         

  1 / 599 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-405312
Autor: Perini, Edson; Magalhães, Sérgia Maria Starling; Noronha, Vanessa.
Título: Consumo de medicamentos no período de internação para o parto / Drug use during in-hospital birth delivery stay
Fonte: Rev. saúde pública = J. public health;39(3):358-365, jun. 2005. tab.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Brasileiro de Epidemiologia, V, Curitiba, 2002.
Resumo: OBJETIVO: O consumo de medicamentos no parto tem sido pouco explorado na literatura. Limitado no tempo e nas possibilidades terapêuticas, representa um evento privilegiado para discussão sobre o seu uso correto. Assim, realizou-se análise do consumo de medicamentos no parto, estabelecendo base para comparações entre maternidades. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo duas maternidades, uma particular e outra pública, de Belo Horizonte, Minas Gerais. Para a análise da utilização de medicamentos no período de internação das parturientes, foram coletados dados sobre identificação, gravidez, parto e medicamentos prescritos nos prontuários da maternidade pública, e na particular, nos prontuários e faturas. Para a análise estatística utilizou-se odds ratio (OR) testadas pelo qui-quadrado, e em médias pelo t de Student. RESULTADOS: O tempo médio de hospitalização foi de 2,2 dias, menor na maternidade particular. Partos cesáreos representaram 52,7 por cento, 31,3 por cento na pública e 64,5 por cento na particular. A anestesia peridural foi utilizada em 72,8 por cento dos casos e a local em 22,4 por cento (25,3 e 63,7 por cento na pública e 98,2 e 0,4 por cento na particular). Todas as mulheres receberam medicamentos, com mínimo de três e máximo de 19 produtos diferentes. No total, 83 medicamentos (97 princípios ativos) foram utilizados com freqüência total de 3.429. Foi observado consumo médio maior na maternidade particular de 8,5 medicamentos por mulher. CONCLUSÕES: Observou-se diferença significativa no consumo de medicamentos nas duas maternidades, maior nos procedimentos do pré-parto/parto. Em ambas as maternidades, o consumo mostrou-se elevado em relação às poucas evidências internacionais. O excesso de partos cesáreos e os procedimentos anestésicos explicam as diferenças quantitativas observadas.
Descritores: Anestesia
Cesárea
Gravidez
Hospitalização
Lactação
Maternidades
Parto
Período Pós-Parto
Uso de Medicamentos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  2 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-778356
Autor: Pizauro, Lucas J. L; Silva, Daniela G. da; Santana, André M; Morais, Stella M. A; Benincasa, Natália C; Fagliari, José J.
Título: Perfil bioquímico, inclusive proteinograma, do soro lácteo de búfalas primíparas e pluríparas sadias ao longo da lactação / Biochemical profile, including protein concentration, of whey from healthy primiparous and pluriparous buffaloes during lactation
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;34(supl.1):79-86, dez. 2014. ilus, graf.
Idioma: pt.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Para avaliar o perfil bioquímico, inclusive proteínas, do soro lácteo de búfalas Murrah primíparas e pluríparas sadias foram analisadas amostras de leite de 30 fêmeas bubalinas durante uma lactação completa. Os animais foram distribuídos em três grupos: G1 - 10 búfalas primíparas, G2 - 10 búfalas pluríparas com duas a três lactações e G3 - 10 búfalas pluríparas com mais de três lactações. O período de lactação foi dividido em: fase inicial (I: primeiro ao terceiro mês de lactação), fase intermediária (T: quarto ao sexto mês de lactação) e fase final (F: sétimo ao nono mês de lactação). Antes da colheita das amostras de leite foram realizados o exame físico da glândula mamária, o teste da caneca de fundo escuro e o California Mastitis Test (CMT). Após a assepsia dos quartos mamários, foram colhidas mensalmente, durante uma lactação completa, amostras de 20mL de leite de cada quarto mamário, em frascos plásticos esterilizados e sem conservante, para a realização do isolamento microbiológico, determinação do perfil bioquímico e fracionamento proteico por meio de eletroforese em gel de poliacrilamida contendo dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE), e amostras de 30mL de leite de cada quarto mamário, em frascos plásticos esterilizados contendo conservante bronopol, para contagem de células somáticas (CCS). Das 1.042 amostras de leite colhidas dos três grupos experimentais durante a lactação, 923 amostras de leite apresentaram reação negativa ao CMT e isolamento microbiológico negativo e foram selecionadas para as análises do perfil bioquímico e fracionamento proteico em SDS-PAGE. Notou-se influência da ordem de parto e da fase da lactação no perfil bioquímico e no proteinograma do soro lácteo de búfalas da raça Murrah sadias. As búfalas primíparas (G1) apresentaram maior atividade das enzimas gamaglutamiltransferase (GGT: 2.346U/L) e fosfatase alcalina (ALP: 181U/L) e maiores concentrações de fósforo (P: 56,6mg/dL), potássio (K: 32,0mg/dL) e α-lactoalbumina (458mg/dL). As fêmeas com duas a três lactações (G2) apresentaram maior CCS (70.700 células/mL) e maiores concentrações de proteína total (1,55g/dL), albumina (100mg/dL), magnésio (Mg: 8,80mg/dL), cloretos (Cl: 176mg/dL), ferro (Fe: 10,7µg/dL), sódio (Na: 178mMol/L) e lactoferrina (59,5mg/dL). As fêmeas com mais de três lactações (G3) apresentaram maiores concentrações de cálcio total (Ca: 41,8mg/dL), cálcio ionizado (Cai: 2,92mMol/L), imunoglobulina A (IgA: 1,32mg/dL), albumina sérica (99,1mg/dL), imunoglobulina G (IgG: 49,7mg/dL) e b-lactoglobulina (1.068mg/dL). Durante a lactação foi observado aumento da CCS, aumento das atividades das enzimas GGT e ALP, aumento das concentrações de proteína total, albumina, P, Mg, Cl, Na, lactoferrina, albumina sérica, IgG, α-lactoalbumina e redução das concentrações de Ca, Fe, Cai, K, IgA e b-lactoglobulina no soro lácteo das búfalas. Os resultados obtidos podem ser utilizados como referências para a espécie bubalina e auxiliar no diagnóstico e no prognóstico de doenças de ocorrência comum na fase de lactação.(AU)

To evaluate the biochemical profile and protein concentration of whey from milk samples of healthy Murrah primiparous and pluriparous buffaloes, 30 female buffaloes were analyzed during a complete lactation. The animals were divided into three groups: G1 = 10 primiparous buffaloes, G2 = 10 pluriparous buffaloes with 2-3 lactations and G3 = 10 pluriparous buffaloes with >3 lactations. The lactation period was divided into: early stage (I: 1-3 months of lactation), intermediate stage (T: 4-6 months of lactation) and final stage (F: 7-9 months of lactation). Before milk sampling, physical examination of the mammary gland, strip cup test and California Mastitis Test (CMT) were performed. After mammary quarters asepsis, 20mL of milk were collected monthly from each mammary quarter, during a complete lactation, in sterilized plastic bottles without preservative, in order to perform microbiological isolation, biochemical profile and protein electrophoresis in sodium dodecyl sulfate polyacrylamide gel electrophoresis (SDS-PAGE), and 30mL of milk from each mammary quarter were collect, in sterilized plastic bottles containing preservative bronopol to perform the somatic cell count (SCC). A total of 1,042 milk samples were collected from the experimental groups during lactation, of which 923 samples showed negative reaction to CMT and negative microbiological isolation and were selected to biochemical profile analysis and protein electrophoresis in SDS-PAGE. There were influence of parity order and stage of lactation in biochemical profile and protein concentration of healthy Murrah buffaloes' whey. Primiparous buffaloes (G1) showed higher gamma-glutamyltransferase (GGT: 2,346 U/L), alkaline phosphatase (ALP: 181 U/L), phosphorus (P; 56.6mg/dL), potassium (K; 32.0mg/dL) and α-lactalbumin (458mg/dL). Buffaloes with 2-3 lactations (G2) showed higher SCC (70,700 cells/mL) and higher concentrations of total protein (1.55g/dL), albumin (100mg/dL), magnesium (Mg; 8.80mg/dL), chlorides (Cl; 176mg/dL), iron (Fe; 10.7µg/dL), sodium (Na; 178mMol/L) and lactoferrin (59.5mg/dL). Bufalloes with >3 lactations (G3) showed higher concentrations of total calcium (Ca; 41.8mg/dL), ionized calcium (iCa; 2.92mMol/L), immunoglobulin A (IgA; 1.32mg/dL), serum albumin (99.1mg/dL), immunoglobulin G (IgG; 49.7mg/dL) and ß-lactoglobulin (1,068mg/dL). During lactation it was observed increase in SCC, GGT, ALP, total protein, albumin, P, Mg, Cl, Na, lactoferrin, serum albumin, IgG and α-lactalbumin, as well as decrease in concentrations of Ca, Fe, iCa, K, IgA and ß-lactoglobulin in buffaloes' whey. The results may be used as reference for buffaloes and to support diagnosis and prognosis of diseases common to lactation periods.(AU)
Descritores: Lactação/sangue
Búfalos
Proteínas Sanguíneas/análise
Soro do Leite
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038614
Autor: Huang, Y; Oikonomou, G; Hu, J; Li, Y; Du, X; Du, Y; Liu, Y; Zhang, P; Wang, P; Yu, H; Tu, J; Kakatsidis, N; Colina, A. H; He, B.
Título: Effect of feeding grape seed Proanthocyanidin extract on production performance, metabolic and anti-oxidative status of dairy cattle / Efeito da alimentação do extrato de semente de uva Proanthocyanidin sobre o desempenho da produção e o status metabólico e antioxidante de gado leiteiro
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(4):1207-1216, jul.-ago. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China.
Resumo: Aims to investigate the effects of grape seed proanthocyanidin extract (GSPE) on production performance, metabolism, and anti-oxidative status of Holstein dairy cattle in early lactation. Forty-eight multiparous Holstein dairy cattle were assigned to four groups (CON, G20, G40 and G80) and supplied with 0, 20, 40, and 80mg GSPE/kg of body weight/day. G20 significantly increased milk yield compared with other groups. Milk protein and non-fat-solids were increased in G20, G40 and G80 groups compared with the control group only at the 7th day during the experiment. No significant difference was observed in milk fat and somatic cell count, nor on parameters of energy metabolism in blood, liver function and kidney function between the four groups. There was no significant difference in glutathione peroxidase, superoxide dismutase, total antioxidant capacity, and hydrogen peroxide between the groups; but the malondialdehyde content of G20 significantly increased at day 14 in comparison with CON, and tended to increase at the 28th day. In conclusion, feeding 20mg GSPE/kg of body weight/day was associated with a significant increase in milk yield without detrimental effects on liver or kidney function and with substantial energy metabolism and antioxidant parameters improvement in early lactation dairy cattle.(AU)

O presente trabalho visa investigar os efeitos do extrato de semente de uva Proanthocyanidin (GSPE) sobre o desempenho da produção, o metabolismo e o status antioxidante de gado leiteiro Holstein em lactação precoce. Quarenta e oito vacas leiteiras multíparas Holstein foram divididas em quatro grupos (CON, G20, G40 e G80) e receberam 0, 20, 40 e 80mg de GSPE/kg de peso corporal/dia, respectivamente. O G20 aumentou significativamente o rendimento do leite em comparação com os outros grupos. A proteína e os sólidos não gordurosos do leite foram aumentados nos grupos G20, G40 e G80 somente no sétimo dia durante a experiência. Não foi observada diferença significativa na gordura do leite e na contagem de células somáticas, bem como nos parâmetros de metabolismo energético no sangue, na função hepática e na função renal entre os grupos em relação ao grupo controle. Não houve diferença significativa na glutationa peroxidase, na dimutase de superóxido, na capacidade antioxidante total e no peróxido de hidrogênio entre os grupos, mas o conteúdo malondialdeído do G20 aumentou significativamente no dia 14 em comparação com o CON, e tendia a aumentar no dia 28. Em conclusão, a alimentação de 20mg de GSPE/kg de peso corporal/dia foi associada a um aumento significativo no rendimento do leite, sem efeitos nocivos sobre a função hepática ou a renal, com o metabolismo de energia substancial e a melhoria dos parâmetros antioxidantes de gado leiteiro no início da lactação.(AU)
Descritores: Lactação/efeitos dos fármacos
Proantocianidinas
Leite
Extrato de Sementes de Uva/administração & dosagem
Antioxidantes/análise
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1019758
Autor: Heberle, Anita Batista dos Santos; Nohama, Percy; Pelloso, Sandra Marisa.
Título: Evidências da mama puerperal por termografia: relato de caso / Evidencias de la mama puerperal por termografía: informe de caso / Evaluation of the puerperal breast through thermography: a case report
Fonte: Cogitare enferm;24:e57569, 2019. graf.
Idioma: pt.
Projeto: SETI-PR; . CNPq.
Resumo: RESUMO Objetivo: analisar a temperatura da mama puerperal utilizando termografia por infravermelho. Método: estudo realizado no Banco de Leite Humano de um Hospital de Curitiba em 2011. Selecionou-se aleatoriamente uma lactante com ingurgitamento bilateral nos quadrantes externos das mamas, e inspecionou-se a temperatura. Resultados: encontrou-se um lobo mamário macio com assimetria térmica de 1,5ºC, comparado à região contralateral, mas não se identificou assimetria térmica na temperatura geral entre as mamas. Conclusão: este caso sugere que assimetria térmica na mama puerperal está relacionada ao volume de leite nos lobos e não a disfunções ou patologias nesses lobos. O estudo abre perspectivas para aprofundamento da compreensão da fisiologia lactacional com a ampliação do grupo amostral avaliado nesta pesquisa. A termografia é uma técnica adequada às lactantes, mas requer sala apropriada, tempo para aclimatação e conhecimento da anatomia mamária.

RESUMEN Objetivo: Analizar la temperatura de la mama puerperal utilizando termografía infrarroja. Método: Estudio realizado en Banco de Leche Humana de hospital de Curitiba en 2011. Se seleccionó aleatoriamente una lactante con ingurgitación bilateral en cuadrantes externos de las mamas, y se verificó la temperatura. Resultados: Se halló un lóbulo mamario blando con asimetría térmica de 1,5ºC comparado con la zona contralateral, no identificándose asimetría térmica en temperatura general entre mamas. Conclusión: Este caso sugiere que la asimetría térmica en la mama puerperal está relacionada con el volumen de leche en los lóbulos, y no con disfunciones o patologías en dichos lóbulos. El estudio ofrece perspectivas para profundizar la comprensión de la fisiología lactante, ampliando el grupo muestral evaluado en este estudio. La termografía es una técnica adecuada para las lactantes, aunque requiere de ámbito adecuado, tiempo de aclimatación y conocimiento de la anatomía mamaria.

ABSTRACT Objective: to analyze puerperal breast temperature using infrared thermography. Method: study performed at the Human Milk Bank of a Hospital in Curitiba, Brazil. A lactating mother with bilateral engorgement in the external breast quadrants was randomly selected and the temperature was measured. Results: A soft mammary lobe was found, with thermal asymmetry of 1.5ºC, compared to the contralateral region, however no thermal asymmetry was identified in the general temperature between the breasts. Conclusion: this case suggests that thermal asymmetry in the puerperal breast is related to the volume of milk in the lobes and not to dysfunctions or pathologies in these lobes. The study indicates possibilities for deepening the understanding of lactational physiology with the amplification of the sample group evaluated in this study. Thermography is a technique suitable for lactating mothers, however requires an appropriate room, time for acclimatization and knowledge of the mammary anatomy.
Descritores: Mama
Lactação
Termografia
-Aleitamento Materno
Enfermagem Materno-Infantil
Limites: Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  5 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038615
Autor: Costa, G. V; Bondan, C; Alves, L. P; Rechsteiner, S. Fiala.
Título: Composition of milk and mammary gland health in Criollo breed mares during lactation / Composição de leite e saúde de glândulas mamárias em éguas da raça Crioula durante lactação
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(4):1348-1354, jul.-ago. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to evaluate the components of milk and mammary gland health of Criollo mares. A total of 12 mares coming from a farm in southern Brazil were used. Samples of milk were taken from each mare every two weeks up to 180 days of lactation. The characteristics analyzed were fat, protein, lactose, total solids, somatic cell count (SCC) and total bacterial count (TBC). In relation to the health of the udder and the milk of the mares, the SCC was 24.1 x 103cells / ml and TBC was 44 x 103CFU / ml, while the average of milk components was 0.57% fat, 1.95% protein, 6.71% lactose and 9.24% total solids. Stage of lactation and individual characteristics may influence the level of milk components. The low SCC and TBC found in the Criollo breed mares' milk ensure the quality of their milk compared to other species.(AU)

O objetivo deste estudo foi avaliar os componentes do leite e a saúde das glândulas mamárias de éguas da raça Crioula. Foi utilizado um total de 12 éguas, localizadas em uma fazenda no sul do Brasil. Foram retiradas amostras de leite de cada égua quinzenalmente até 180 dias de lactação. As características analisadas foram gordura, proteína, lactose, sólidos totais, contagem de células somáticas (CCS) e contagem bacteriana total (CBT). Em relação à saúde do úbere e ao leite das éguas, a CCS foi 24,1 x 10 3 células/mL e a CBT foi 44 x 10 3 UFC/mL, enquanto a média dos componentes do leite foi 0,57% de gordura, 1,95% de proteína, 6,71% de lactose e 9,24% de sólidos totais. O estágio da lactação e as características individuais podem influenciar o nível de componentes do leite. As baixas taxas de CCS e CBT encontradas no leite de éguas da raça Crioula asseguram a qualidade desse leite comparado ao de outras espécies.(AU)
Descritores: Leite/microbiologia
Cavalos
Lactose/análise
Glândulas Mamárias Animais
-Lactação
Qualidade dos Alimentos
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1038433
Autor: Mansur, José L.
Título: Vitamina D en pediatria, embarazo y lactancia / Vitamin D in pediatrics, pregnancy and lactation
Fonte: Arch. argent. pediatr;116(4):286-290, ago. 2018. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: La principal fuente de vitamina D se produce en la piel ante la exposición al sol. Su déficit es frecuente y también ocurre en embarazadas. El nivel de vitamina D en la leche materna depende del nivel que posee la madre. Si tiene déficit, la leche tendrá poca vitamina y los bebés tendrán déficit. Posibles consecuencias son raquitismo y convulsiones, pero se han descrito infecciones de vías respiratorias bajas o mayor riesgo de diabetes tipo 1. Se han publicado sugerencias diversas sobre aportes. Para embarazo y lactancia, el Institute of Medicine (IOM) sugiere 600 unidades internacionales (UI)/día a la madre, y la Endocrine Society, 1500-2000 UI/día. La Federación Argentina de Sociedades de Endocrinología sugiere 800-1200 UI/día. La nueva sugerencia del IOM y la Academia Americana de Pediatría para los niños entre el nacimiento y un año es 400 UI/día y 600 UI/día entre 1 y 18 años.

The main source of vitamin D is produced by the exposure of sunlight on the skin. It has been proven that the deficit is frequent and also occurs in pregnant women. Possible consequences may be preeclampsia and others. The level of vitamin D in breast milk depends on the level of the mother, so that deficient mothers produce milk with low concentration. Possible consequences for the baby are rickets and seizures, but also lower respiratory tract infections or risk of type 1 diabetes. Various suggestions have been published. For pregnancy and lactation the Institute of Medicine (IOM) suggests 600 international units (IU)/day for the mother, whereas the Endocrine Society considers 15002000 IU/day. The Federación Argentina de Sociedades de Endocrinología suggests 800-1200 IU/day. The new suggestion of the IOM and the American Academy of Pediatrics for children between birth and one year is 400 IU/day, while it is 600 IU/day between 1 and 18 years.
Descritores: Deficiência de Vitamina D
Lactação
Gravidez
Leite Humano
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  7 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-182603
Autor: Hegg, Roberto.
Título: Doenças benignas da mama / Breast benign diseases.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1993. 97 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Mama/anatomia & histologia
Mama/embriologia
Doenças Mamárias
Lactação/fisiologia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/2695.00; BR599.1; 10001008727, AG


  8 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1019255
Autor: Marson, María Elena.
Título: Herramientas farmacométricas para antichagásicos, aplicadas a estudios fármaco y toxicocinéticos en contexto pediátrico / Pharmacometric tools for antihagasics, applied to drug and toxicokinetic studies in a pediatric context
Fonte: Acta bioquím. clín. latinoam;53(2):209-215, jun. 2019. ilus, graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: La enfermedad de Chagas afecta aproximadamente a 10 millones de personas en Sudamérica y 1,5 millones en la Argentina. La transmisión congénita es la más importante en áreas urbanas. Existen dos drogas aprobadas para el tratamiento: nifurtimox (Laboratorios Bayer) y benznidazol (BNZ) (Laboratorios Roche, LAFEPE y Elea) que fueron desarrolladas hace más de 40 años y cuya farmacología y metabolismo en humanos han sido poco estudiados. La información disponible es virtualmente inexistente en niños y mujeres embarazadas. Se busca aportar estudios sistemáticos hacia una farmacoterapéutica racional en niños ya que empíricamente ha demostrado gran efectividad. Se desarrollaron métodos bioanalíticos aplicables a matrices biológicas como plasma, orina y leche materna para las drogas madres y la identificación de metabolitos en muestras de pacientes bajo terapéutica. La farmacocinética poblacional pediátrica descripta aquí para BNZ es concluyente respecto de sus diferencias con la farmacocinética en adultos. Se identificaron tres compuestos presentados como metabolitos del BNZ. La transferencia de dicho fármaco a la leche materna no supone riesgo para el lactante. Estos resultados brindan información para mejorar los protocolos de tratamiento existentes buscando una farmacoterapéutica adaptada a la edad y un uso más seguro de los fármacos en niños y eventualmente en adultos.

Chagas disease affects approximately 10 million people in South America and 1.5 million in Argentina. Congenital transmission is most important in urban areas. There are two drugs approved for treatment: nifurtimox (Bayer) and benznidazole (BNZ) (Roche, LAFEPE, Elea),developed more than 40 years ago. Their pharmacology and metabolism in humans have been seldom studied. The information available on children and pregnant women is virtually non-existent. The aim of this study is to provide systematic studies towards a rational pharmacotherapeutic sin children, which has been empirically proven to be highly effective. Bioanalytical methods were developed for plasma, urine and breast milk for parent drugs and for the identification of their metabolites in samples of patients under treatment. The pediatric population pharmacokinetics described here for BNZ is conclusive about their differences from adult pharmacokinetics. Three compounds presented as BNZ metabolites were identified. The transfer of this drug to the breast milk does not present a risk to the infant. These evidences offer information to improve the existing treatment protocols, seeking a pharmacotherapy adapted to the age and a safer use of the drugs in children and eventually in adults.

A doença de Chagas afeta aproximadamente 10 milhões de pessoas na América do Sul e 1,5 milhão na Argentina. A transmissão congênita é a mais importante em áreas urbanas. Existem dois medicamentos aprovados para o tratamento: nifurtimox (Laboratórios Bayer) e benznidazol (BNZ) (Laboratórios Roche, LAFEPE e Elea), desenvolvidas há mais de 40 anos, e sua farmacologia e seu metabolismo em humanos têm sido pouco estudados. A informação disponível é praticamente inexistente em crianças e mulheres grávidas. O objetivo é fornecer estudos sistemáticos para uma farmacoterapêutica racional em crianças visto que foram comprovadas empiricamente como sendo altamente eficazes. Métodos bioanalíticos aplicáveis a matrizes biológicas como plasma, urina e leite materno para fármacos-mãe e para a identificação de metabólitos em amostras de pacientes em tratamento terapêutico foram desenvolvidos. A farmacocinética da população pediátrica aqui descrita para BNZ é conclusiva em relação às suas diferenças com a farmacocinética de adultos. Três compostos apresentados como metabólitos do BNZ foram identificados. A transferência do referido medicamento para o leite materno não representa risco para o lactente. Essas evidências oferecem informações para melhorar os protocolos de tratamento existentes, buscando uma farmacoterapia adaptada à idade e um uso mais seguro dos medicamentos em crianças e eventualmente em adultos.
Descritores: Toxicologia
Doença de Chagas/diagnóstico
Doença de Chagas/tratamento farmacológico
-Lactação/efeitos dos fármacos
Doença de Chagas/etiologia
Doença de Chagas/etnologia
Ações Farmacológicas
Efeitos Colaterais Metabólicos de Drogas e Substâncias
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco


  9 / 599 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-311083
Autor: Silva, Rosane Paiva da.
Título: A fala infantil revela saúde / The speech infantile disclose health
Fonte: Pediatr. mod;36(3):133:137-134-137, mar. 2000.
Idioma: pt.
Resumo: As alteraçöes fonoaudiológicas infantis podem atingir as áreas da voz, fala, linguagem e audiçäo e revelar sinais importantes em relaçäo a saúde da criança. Manter boas condiçöes de saúde inclui estabelecer qualidade no uso das condiçöes orgânicas disponíveis, visando evitar problemas futuros. Pais e profissionais de educaçäo e saúde, bem orientados pelo fonoaudiólogo desde a gestaçäo e conhecedores das etapas do desenvolvimento infantil, podem tomar medidas preventivas específicas e, assim, proporcionar um bom desenvolvimento da linguagem e da aprendizagem na criança.
Descritores: Fatores de Risco
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem
Aprendizagem
Distúrbios da Fala/etiologia
Sucção de Dedo/efeitos adversos
Transtornos da Comunicação
-Desenvolvimento Infantil
Lactação
Limites: Seres Humanos
Criança
Pré-Escolar
Lactente
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  10 / 599 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013026
Autor: Santos, João Antonio Barbosa dos; Serva, Vilneide Maria dos Santos Braga Diégues; Caminha, Maria de Fátima Costa.
Título: Reasons for human milk donation according to different per capita income / Motivos de doação de leite humano de acordo com diferentes rendimentos per capita
Fonte: Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online);17(2):307-315, Apr.-June 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives: to identify the reasons for human milk donation according to different per capita income in donors who were registered in the human milk bank and center to promote breastfeeding at Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (HMB/CIAMA/IMIP). Methods: this is a cross-sectional study. Data collection was carried out at the HMB/CIAMA/IMIP from March to May 2015. The sample was consisted of 155 donors. The data were obtained by applying a form elaborated by the researchers. For the data analysis the SPSS 13.0 software for Windows and Excel 2010 were used. Results: the reasons most mentioned by the donors with a per capita income of < 0.5 minimum wages were, in descending order: excess of milk /avoid wasting, solidarity, altruism and return to work. Donors with a per capita income of ≥ 0.5 minimum wages were, excess of milk /avoid wasting and return to work were the main reasons for donation, followed by solidarity and altruism. Conclusions: the reasons for human milk donation varied according to the per capita income. This knowledge will contribute with the necessary information for planning/improved interventions to capture new donors locally and nation wide.

Resumo Objetivos: identificar os motivos de doação de leite humano de acordo com diferentes rendimentos per capita nas doadoras do banco de leite humano e centro de incentivo ao aleitamento materno do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (BLH/CIAMA/IMIP). Métodos: estudo de corte transversal, cuja coleta de dados foi realizada de março a maio de 2015. A amostra foi composta por 155 doadoras. Os dados foram obtidos através da aplicação de um formulário elaborado pelos pesquisadores. Na análise de dados foram utilizados os softwares SPSS 13.0 para Windows e o Excel 2010. Resultados: os motivos mais citados pelas doadoras com rendimento per capita <0,5 salário mínimo foram, em ordem decrescente: excesso de leite/evitar desperdício, solidariedade, altruísmo e retorno ao trabalho. Nas doadoras com rendimento per capita ≥ 0,5 salário, o excesso de leite/evitar desperdício e retorno ao trabalho são os principais motivos de doação, seguidos por solidariedade e altruísmo. Conclusões: os motivos de doação de leite humano variam de acordo com o rendimento per capita. Esse conhecimento contribuirá com as informações necessárias para o planejamento/aperfeiçoamento de intervenções que visem a captação de novas doadoras a nível local e nacional.
Descritores: Aleitamento Materno
Renda per Capita
Bancos de Leite
Promoção da Saúde
Leite Humano
-Brasil
Lactação
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança



página 1 de 60 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde