Base de dados : LILACS
Pesquisa : G09.330.580 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 498 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 50 ir para página                         

  1 / 498 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838656
Autor: Vieira, Fabricio Furtado; Olivoto, Robson Ruiz; Silva, Priscyla Oliveira da; Francisco, Julio Cesar; Fogaça, Rosalvo Tadeu Hochmuller.
Título: Functional Effects of Hyperthyroidism on Cardiac Papillary Muscle in Rats / Efeitos Funcionais do Hipertireoidismo no Músculo Papilar Cardíaco de Ratos
Fonte: Arq. bras. cardiol;107(6):542-549, Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Hyperthyroidism is currently recognized to affect the cardiovascular system, leading to a series of molecular and functional changes. However, little is known about the functional influence of hyperthyroidism in the regulation of cytoplasmic calcium and on the sodium/calcium exchanger (NCX) in the cardiac muscle. Objectives: To evaluate the functional changes in papillary muscles isolated from animals with induced hyperthyroidism. Methods: We divided 36 Wistar rats into a group of controls and another of animals with hyperthyroidism induced by intraperitoneal T3 injection. We measured in the animals' papillary muscles the maximum contraction force, speed of contraction (+df/dt) and relaxation (-df/dt), contraction and relaxation time, contraction force at different concentrations of extracellular sodium, post-rest potentiation (PRP), and contraction force induced by caffeine. Results: In hyperthyroid animals, we observed decreased PRP at all rest times (p < 0.05), increased +df/dt and -df/dt (p < 0.001), low positive inotropic response to decreased concentration of extracellular sodium (p < 0.001), reduction of the maximum force in caffeine-induced contraction (p < 0.003), and decreased total contraction time (p < 0.001). The maximal contraction force did not differ significantly between groups (p = 0.973). Conclusion: We hypothesize that the changes observed are likely due to a decrease in calcium content in the sarcoplasmic reticulum, caused by calcium leakage, decreased expression of NCX, and increased expression of a-MHC and SERCA2.

Resumo Fundamento: Sabe-se atualmente que o hipertireoidismo afeta o sistema cardiovascular, ocasionando uma série de alterações funcionais e moleculares. No entanto, pouco se sabe sobre a influência funcional do hipertireoidismo na regulação do cálcio citoplasmático e no trocador de sódio/cálcio (NCX) no músculo cardíaco. Objetivos: Avaliar as alterações funcionais de músculos papilares isolados de animais com hipertireoidismo induzido. Métodos: Ao todo, 36 ratos Wistar foram distribuídos em um grupo controle e outro grupo com hipertireoidismo induzido por injeção intraperitoneal de T3. Nos músculos papilares isolados dos animais foram medidos a força máxima de contração, a velocidade de contração (+df/dt) e relaxamento (-df/dt), o tempo de contração e relaxamento, a força de contração em diferentes concentrações de sódio extracelular, o potenciação pós-pausa (PPP) e a força de contração induzida por cafeína. Resultados: Em animais com hipertireoidismo, observamos uma diminuição da PPP em todos os períodos de repouso (p < 0,05), aumento do +df/dt e -df/dt (p < 0,001), baixa resposta inotrópica positiva à concentração reduzida de sódio extracelular (p < 0,001), diminuição da força máxima de contração induzida por cafeína (p < 0,003) e diminuição do tempo total de contração (p < 0,001). A força máxima de contração não diferiu significativamente entre os grupos (p = 0,973). Conclusões: Nossa hipótese é de que as alterações observadas são provavelmente resultantes de uma diminuição do conteúdo de cálcio do retículo sarcoplasmático causada por vazamento de cálcio, redução da expressão do NCX e aumento da expressão de a-MHC e SERCA2.
Descritores: Músculos Papilares/fisiopatologia
Coração/fisiopatologia
Hipertireoidismo/fisiopatologia
-Tamanho do Órgão
Valores de Referência
Fatores de Tempo
Transdutores
Distribuição Aleatória
Cálcio/análise
Cálcio/metabolismo
Ratos Wistar
Trocador de Sódio e Cálcio/metabolismo
Força Muscular/fisiologia
Contração Miocárdica/fisiologia
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838688
Autor: Havasi, Kálmán; Domsik, Péter; Kalapos, Anita; McGhie, Jackie S; Roos-Hesselink, Jolien W; Forster, Tamás; Nemes, Attila.
Título: Left Atrial Deformation Analysis in Patients with Corrected Tetralogy of Fallot by 3D Speckle-Tracking Echocardiography (from the MAGYAR-Path Study) / Análise por Speckle-Tracking com Ecocardiografia 3D da Deformação de Átrio Esquerdo em Pacientes com Tetralogia de Fallot Corrigida (do MAGYAR-Path Study)
Fonte: Arq. bras. cardiol;108(2):129-134, Feb. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Three-dimensional (3D) echocardiography coupled with speckle-tracking echocardiographic (STE) capability is a novel methodology which has been demontrated to be useful for the assessment of left atrial (LA) volumes and functional properties. There is increased scientific interest on myocardial deformation analysis in adult patients with corrected tetralogy of Fallot (cTOF). Objectives: To compare LA volumes, volume-based functional properties and strain parameters between cTOF patients and age- and gender-matched healthy controls. Methods: The study population consisted of 19 consecutive adult patients with cTOF in sinus rhythm nursing at the University of Szeged, Hungary (mean age: 37.9 ± 11.3 years, 8 men, who had repair at the age of 4.1 ± 2.5 years). They all had undergone standard transthoracic two-dimensional Doppler echocardiographic study extended with 3DSTE. Their results were compared to 23 age- and gender-matched healthy controls (mean age: 39.2 ± 10.6 years, 14 men). Results: Increased LA volumes and reduced LA emptying fractions respecting cardiac cycle could be demonstrated in cTOF patients compared to controls. LA stroke volumes featuring all LA functions showed no differences between the 2 groups examined. LA global and mean segmental uni- and multidirectional peak strains featuring LA reservoir function were found to be diminished in adult patients with cTOF as compared to controls. Similarly to peak strains reduced global and mean segmental LA strains at atrial contraction characterizing atrial booster pump function could be demonstrated in cTOF patients as compared to controls. Conclusions: Significant deterioration of all LA functions could be demonstrated in adult patients with cTOF late after repair.

Resumo Fundamento: Ecocardiografia tridimensional (3D) acoplada à técnica de speckle-tracking (3DSTE) é uma nova metodologia útil para a avaliação de volumes e propriedades funcionais do átrio esquerdo (AE). Há crescente interesse científico na análise da deformação miocárdica em adultos com tetralogia de Fallot corrigida (cTOF). Objetivos: Comparar os volumes de AE, propriedades funcionais baseadas no volume e parâmetros de strain entre pacientes com cTOF e controles saudáveis pareados por idade e sexo. Métodos: A população do estudo consistiu em 19 adultos com cTOF consecutivos, em ritmo sinusal, acompanhados na Universidade Szeged, Hungria (idade média: 37,9 ± 11,3 anos; 8 homens; com correção cirúrgica aos 4,1 ± 2,5 anos de idade). Todos foram submetidos a ecocardiografia transtorácica bidimensional com Doppler padrão e 3DSTE. Os resultados foram comparados aos de 23 controles saudáveis pareados por idade e sexo (idade média: 39,2 ± 10,6 anos; 14 homens). Resultados: Aumento dos volumes de AE e redução das frações de esvaziamento de AE em relação ao ciclo cardíaco foram demonstrados em pacientes com cTOF em comparação aos dos controles. Os volumes de ejeção de AE caracterizando todas as funções do AE não diferiram entre os dois grupos. Strains de AE global e segmentar médio uni- e multidimensional, caracterizando função de reservatório de AE, estavam diminuídos em adultos com cTOF em comparação aos de controles. À semelhança dos strains de pico, reduzidos strains de AE global e segmentar médio na contração atrial, caracterizando função de bomba atrial, foram demonstrados em pacientes com cTOF em comparação aos de controles. Conclusões: Demonstrou-se significativa deterioração das funções de AE em adultos com cTOF em fase tardia após correção.
Descritores: Tetralogia de Fallot/cirurgia
Tetralogia de Fallot/patologia
Ecocardiografia Tridimensional/métodos
Miocárdio/patologia
-Tamanho do Órgão
Valores de Referência
Volume Sistólico
Tetralogia de Fallot/fisiopatologia
Tetralogia de Fallot/diagnóstico por imagem
Ecocardiografia Doppler/métodos
Estudos de Casos e Controles
Fatores de Risco
Função Atrial
Coração/fisiopatologia
Átrios do Coração/patologia
Átrios do Coração/diagnóstico por imagem
Contração Miocárdica/fisiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838732
Autor: Askari, Sahar; Imani, Alireza; Sadeghipour, Hamidreza; Faghihi, Mahdieh; Edalatyzadeh, Zohreh; Choopani, Samira; Karimi, Nasser; Fatima, Sulail.
Título: Effect of Lactation on myocardial vulnerability to ischemic insult in rats / Efeito da Lactação sobre a Vulnerabilidade do Miocárdio ao Insulto Isquêmico em Ratas
Fonte: Arq. bras. cardiol;108(5):443-451, May 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Cardiovascular diseases are the leading cause of mortality and long-term disability worldwide. Various studies have suggested a protective effect of lactation in reducing the risk of cardiovascular diseases. Objective: This study was designed to assess the effects of pregnancy and lactation on the vulnerability of the myocardium to an ischemic insult. Methods: Eighteen female rats were randomly divided into three groups: ischemia-reperfusion (IR), in which the hearts of virgin rats underwent IR (n = 6); lactating, in which the rats nursed their pups for 3 weeks and the maternal hearts were then submitted to IR (n = 6); and non-lactating, in which the pups were separated after birth and the maternal hearts were submitted to IR (n = 6). Outcome measures included heart rate (HR), left ventricular developed pressure (LVDP), rate pressure product (RPP), ratio of the infarct size to the area at risk (IS/AAR %), and ventricular arrhythmias - premature ventricular contraction (PVC) and ventricular tachycardia (VT). Results: The IS/AAR was markedly decreased in the lactating group when compared with the non-lactating group (13.2 ± 2.5 versus 39.7 ± 3.5, p < 0.001) and the IR group (13.2 ± 2.5 versus 34.0 ± 4.7, p < 0.05). The evaluation of IR-induced ventricular arrhythmias indicated that the number of compound PVCs during ischemia, and the number and duration of VTs during ischemia and in the first 5 minutes of reperfusion in the non-lactating group were significantly (p < 0.05) higher than those in the lactating and IR groups. Conclusion: Lactation induced early-onset cardioprotective effects, while rats that were not allowed to nurse their pups were more susceptible to myocardial IR injury.

Resumo Fundamento: As doenças cardiovasculares são a principal causa de mortalidade e invalidez a longo prazo a nível mundial. Diversos estudos têm sugerido um efeito protetor da lactação na redução do risco para doenças cardiovasculares. Objetivo: Este estudo foi desenvolvido para avaliar os efeitos da gestação e da lactação sobre a vulnerabilidade do miocárdio ao insulto isquêmico. Métodos: Dezoito ratas foram divididas aleatoriamente em três grupos: isquemia-reperfusão (IR), no qual os corações de ratas virgens foram submetidos à IR (n = 6); lactantes, no qual as ratas amamentaram seus filhotes por 3 semanas e os corações maternos foram, em seguida, submetidos à IR (n = 6); e não lactantes, no qual os filhotes foram separados após o nascimento e os corações maternos foram submetidos à IR (n = 6). As medidas de desfecho incluíram frequência cardíaca (FC), pressão desenvolvida no ventrículo esquerdo (PDVE), duplo produto (DP), razão do tamanho do infarto sobre a área sob risco (TI/ASR %) e arritmias ventriculares - contração ventricular prematura (CVP) e taquicardia ventricular (TV). Resultados: O TI/ASR foi substancialmente menor no grupo de lactantes quando comparado ao grupo de não lactantes (13,2 ± 2,5 versus 39,7 ± 3,5, p < 0,001) e ao grupo IR (13,2 ± 2,5 versus 34,0 ± 4,7, p < 0,05). A avaliação das arritmias ventriculares induzidas pela IR indicou que o número de CVPs compostas na isquemia, e o número e a duração das TVs na isquemia e nos primeiros 5 minutos de reperfusão no grupo de não lactantes foram significativamente (p < 0,05) mais elevados do que os encontrados nos grupos IR e de lactantes. Conclusão: A lactação induziu o aparecimento precoce de efeitos cardioprotetores, enquanto ratas que não foram permitidas a amamentar seus filhotes se mostraram mais suscetíveis à lesão miocárdica por IR.
Descritores: Lactação
Traumatismo por Reperfusão Miocárdica/prevenção & controle
Isquemia Miocárdica/reabilitação
Infarto do Miocárdio/prevenção & controle
-Arritmias Cardíacas/prevenção & controle
Distribuição Aleatória
Ratos Sprague-Dawley
Pressão Ventricular/fisiologia
Modelos Animais
Frequência Cardíaca/fisiologia
Contração Miocárdica/fisiologia
Limites: Animais
Feminino
Gravidez
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838738
Autor: Abreu, José Sebastião de; Rocha, Eduardo Arrais; Machado, Isadora Sucupira; Parahyba, Isabelle O; Rocha, Thais Brito; Paes, Fernando José Villar Nogueira; Diogenes, Tereza Cristina Pinheiro; Abreu, Marília Esther Benevides de; Farias, Ana Gardenia Liberato Ponte; Carneiro, Marcia Maria; Paes Junior, José Nogueira.
Título: Prognostic Value of Coronary Flow Reserve Obtained on Dobutamine Stress Echocardiography and its Correlation with Target Heart Rate / Valor Prognóstico da Reserva de Fluxo Coronariano Obtida Durante o Ecocardiograma sob Estresse com Dobutamina e sua Correlação com a Frequência Cardíaca Alvo
Fonte: Arq. bras. cardiol;108(5):417-426, May 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Normal coronary flow velocity reserve (CFVR) (≥ 2) obtained in the left anterior descending coronary artery (LAD) from transthoracic echocardiography is associated with a good prognosis, but there is no study correlating CFVR with submaximal target heart rate (HR). Objective: To evaluate the prognostic value of CFVR obtained in the LAD of patients with preserved (>50%) left ventricular ejection fraction (LVEF) who completed a dobutamine stress echocardiography (DSE), considering target HR. Methods: Prospective study of patients with preserved LVEF and CFVR obtained in the LAD who completed DSE. In Group I (GI = 31), normal CFVR was obtained before achieving target HR, and, in Group II (GII = 28), after that. Group III (G III=24) reached target HR, but CFVR was abnormal. Death, acute coronary insufficiency, coronary intervention, coronary angiography without further intervention, and hospitalization were considered events. Results: In 28 ± 4 months, there were 18 (21.6%) events: 6% (2/31) in GI, 18% (5/28) in GII, and 46% (11/24) in GIII. There were 4 (4.8%) deaths, 6 (7.2%) coronary interventions and 8 (9.6%) coronary angiographies without further intervention. In event-free survival by regression analysis, GIII had more events than GI (p < 0.001) and GII (p < 0.045), with no difference between GI and GII (p = 0.160). After adjustment, the only difference was between GIII and GI (p = 0.012). Conclusion: In patients with preserved LVEF and who completed their DSE, normal CFVR obtained before achieving target HR was associated with better prognosis.

Resumo Fundamento: A reserva de velocidade de fluxo coronariano (RVFC) adequada (≥ 2) obtida na artéria descendente anterior (ADA) através do ecocardiograma transtorácico associa-se a bom prognóstico, mas não há estudo correlacionando-a com a frequência cardíaca (FC) alvo (submáxima). Objetivo: Avaliar o valor prognóstico da RVFC obtida na ADA de pacientes com fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE) preservada (>50%) e ecocardiograma sob estresse com dobutamina (EED) concluído, considerando a FC alvo submáxima. Métodos: studo prospectivo de pacientes com FEVE preservada e RVFC obtida na ADA durante EED concluído. No Grupo I (GI=31), a RVFC adequada foi obtida antes de se atingir a FC alvo, e no Grupo II (G II=28), após. O Grupo III (G III=24) atingiu a FC alvo, mas a RVFC foi inadequada. Foram considerados eventos: óbito, insuficiência coronariana aguda, intervenção coronariana, coronariografia sem intervenção subsequente e internamento hospitalar. Resultados: Em 28 ± 4 meses, ocorreram 18 (21,6%) eventos, sendo 6% (2/31) no GI, 18% (5/28) no GII e 46% (11/24) no GIII. Foram 4 (4,8%) óbitos, 6 (7,2%) intervenções coronarianas e 8 (9,6%) coronariografias sem intervenção subsequente. Na sobrevida livre de eventos pela análise de regressão, GIII apresentou mais eventos do que GI (p < 0,001) ou GII (p < 0,045), não havendo diferença entre GI e GII (p = 0,160). Após o ajustamento, foi mantida a diferença apenas entre GIII e GI (p = 0,012). Conclusão: Em pacientes com FEVE preservada e EED concluído, a RVFC adequada obtida antes da FC alvo associou-se ao melhor prognóstico.
Descritores: Doença da Artéria Coronariana/diagnóstico por imagem
Ecocardiografia sob Estresse
Reserva Fracionada de Fluxo Miocárdico/fisiologia
Frequência Cardíaca/fisiologia
-Prognóstico
Volume Sistólico/fisiologia
Doença da Artéria Coronariana/mortalidade
Análise de Sobrevida
Estudos Prospectivos
Seguimentos
Isquemia Miocárdica/mortalidade
Isquemia Miocárdica/diagnóstico por imagem
Ecocardiografia Doppler de Pulso/instrumentação
Ecocardiografia Doppler de Pulso/métodos
Contração Miocárdica/fisiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888032
Autor: Rodrigues, Aurora Corrêa; Natali, Antônio José; Cunha, Daise Nunes Queiroz da; Costa, Alexandre Jayme Lopes Dantas; Moura, Anselmo Gomes de; Araújo Carneiro-Júnior, Miguel; Félix, Leonardo Bonato; Brum, Patrícia Chakur; Prímola-Gomes, Thales Nicolau.
Título: Moderate Continuous Aerobic Exercise Training Improves Cardiomyocyte Contractility in Β1 Adrenergic Receptor Knockout Mice / Treinamento Aeróbico Contínuo de Intensidade Moderada Melhora a Contratilidade do Cardiomiócito em Camundongos com Nocaute para o Receptor B1-Adrenérgico
Fonte: Arq. bras. cardiol;110(3):256-262, Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: The lack of cardiac β1-adrenergic receptors (β1-AR) negatively affects the regulation of both cardiac inotropy and lusitropy, leading, in the long term, to heart failure (HF). Moderate-intensity aerobic exercise (MCAE) is recommended as an adjunctive therapy for patients with HF. Objective: We tested the effects of MCAE on the contractile properties of left ventricular (LV) myocytes from β1 adrenergic receptor knockout (β1ARKO) mice. Methods: Four- to five-month-old male wild type (WT) and β1ARKO mice were divided into groups: WT control (WTc) and trained (WTt); and β1ARKO control (β1ARKOc) and trained (β1ARKOt). Animals from trained groups were submitted to a MCAE regimen (60 min/day; 60% of maximal speed, 5 days/week) on a treadmill, for 8 weeks. P ≤ 0.05 was considered significant in all comparisons. Results: The β1ARKO and exercised mice exhibited a higher (p < 0.05) running capacity than WT and sedentary ones, respectively. The β1ARKO mice showed higher body (BW), heart (HW) and left ventricle (LVW) weights, as well as the HW/BW and LVW/BW than WT mice. However, the MCAE did not affect these parameters. Left ventricular myocytes from β1ARKO mice showed increased (p < 0.05) amplitude and velocities of contraction and relaxation than those from WT. In addition, MCAE increased (p < 0.05) amplitude and velocities of contraction and relaxation in β1ARKO mice. Conclusion: MCAE improves myocyte contractility in the left ventricle of β1ARKO mice. This is evidence to support the therapeutic value of this type of exercise training in the treatment of heart diseases involving β1-AR desensitization or reduction.

Resumo Fundamento: A falta de receptores β1-adrenérgicos (β1-AR) cardíacos afeta negativamente a regulação de inotropismo e lusitropismo cardíacos, levando, no longo prazo, a insuficiência cardíaca (IC). Recomenda-se exercício aeróbico contínuo de intensidade moderada (EACM) como adjuvante no tratamento de pacientes com IC. Objetivo: Testar os efeitos do EACM nas propriedades contráteis de miócitos do ventrículo esquerdo (VE) de camundongos com nocaute para o receptor β1-adrenérgico (β1ARKO). Método: Camundongos machos com 4 a 5 meses de idade, wild-type (WT) e β1ARKO foram divididos em grupos: WT controle (WTc) e treinado (WTt); e β1ARKO controle (β1ARKOc) e treinado (β1ARKOt). Os grupos treinados foram submetidos a regime de EACM (60 min/dia; 60% da velocidade máxima, 5 dias/semana) em esteira rolante, por 8 semanas. Adotou-se P ≤ 0,05 como nível de significância em todas as comparações. Resultados: Os animais β1ARKO (β1ARKOc + β1ARKOt) correram uma distância maior do que os animais WT (WTc + WTt) (p < 0,05). Os camundongos β1ARKO apresentaram maiores pesos corporal (PC), do coração (PCo) e do ventrículo esquerdo (PVE), assim como PCo/PC e PVE/PC do que os camundongos WT. Entretanto, o EACM não afetou tais parâmetros. Os miócitos do VE de camundongos β1ARKO apresentaram maiores (p < 0,05) amplitude e velocidades de contração e relaxamento do que os dos camundongos WT. Além disso, o EACM aumentou (p < 0,05) a amplitude e as velocidades de contração e relaxamento nos camundongos β1ARKO. Conclusão: O EACM melhora a contratilidade do miócito do VE de camundongos β1ARKO. Tal achado confirma o valor terapêutico desse tipo de treinamento físico para o tratamento de doenças cardíacas envolvendo dessensibilização ou redução de β1-AR.
Descritores: Condicionamento Físico Animal/fisiologia
Condicionamento Físico Animal/métodos
Função Ventricular Esquerda/fisiologia
Receptores Adrenérgicos beta 1/fisiologia
Miócitos Cardíacos/fisiologia
Contração Miocárdica/fisiologia
-Fatores de Tempo
Reprodutibilidade dos Testes
Camundongos Knockout
Teste de Esforço/métodos
Terapia por Exercício/métodos
Insuficiência Cardíaca/fisiopatologia
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1038530
Autor: Santi, Giovani Luiz De; Moreira, Henrique Turin; Carvalho, Eduardo Elias Vieira de; Crescêncio, Júlio César; Schmidt, André; Marin-Neto, José Antônio; Gallo-Júnior, Lourenço.
Título: Influence of Aerobic Training on The Mechanics of Ventricular Contraction After Acute Myocardial Infarction: A Pilot Study / Influência do Treinamento Aeróbico na Mecânica de Contração Ventricular após Infarto Agudo do Miocárdio: Estudo Piloto
Fonte: Arq. bras. cardiol;110(4):383-387, Apr. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The study of myocardial contractility, based on the new anatomical concepts that govern cardiac mechanics, represents a promising strategy of analysis of myocardial adaptations related to physical training in the context of post-infarction. We investigated the influence of aerobic training on physical capacity and on the evaluation parameters of left ventricular contraction mechanics in patients with myocardial infarction. Thirty-one patients (55.1 ± 8.9 years) who had myocardial infarction in the anterior wall were prospectively investigated in three groups: interval training group (ITG) (n = 10), moderate training group (MTG) n = 10) and control group (CG) (n = 10). Before and after 12 weeks of clinical follow-up, patients underwent cardiopulmonary exercise testing and cardiac magnetic resonance imaging. The trained groups performed supervised aerobic training on treadmill, in two different intensities. A statistically significant increase in peak oxygen uptake (VO2) was observed in the ITG (19.2 ± 5.1 at 21.9 ± 5.6 ml/kg/min, p < 0.01) and in the MTG 18.8 ± 3.7 to 21.6 ± 4.5 ml/kg/min, p < 0.01). The GC did not present a statistically significant change in peak VO2. A statistically significant increase in radial strain (STRAD) was observed in the CG: basal STRAD (57.4 ± 16.6 to 84.1 ± 30.9%, p < 0.05), medial STRAD (57.8 ± 27, 9 to 74.3 ± 36.1%, p < 0.05) and apical STRAD (38.2 ± 26.0 to 52.4 ± 29.8%, p < 0.01). The trained groups did not present a statistically significant change of the radial strain. The present study points to a potential clinical application of the parameters of ventricular contraction mechanics analysis, especially radial strain, to discriminate post-infarction myocardial adaptations between patients submitted or not to aerobic training programs.

Resumo O estudo da contratilidade miocárdica, baseado nos novos conceitos anatômicos que regem a mecânica cardíaca, representa uma estratégia promissora de análise das adaptações do miocárdio relacionadas ao treinamento físico no contexto do pós-infarto. Nós investigamos a influência do treinamento aeróbico na capacidade física e nos parâmetros de avaliação da mecânica de contração do ventrículo esquerdo em pacientes com infarto do miocárdio. Foram prospectivamente investigados 30 pacientes, 55,1 ± 8,9 anos, acometidos por infarto do miocárdio de parede anterior, aleatorizados em três grupos: grupo treinamento intervalado (GTI) (n = 10), grupo treinamento moderado (GTM) (n=10) e grupo controle (GC) (n = 10). Antes e após as 12 semanas de seguimento clínico, os pacientes realizaram teste cardiopulmonar de exercício e ressonância magnética cardíaca. Os grupos treinados realizaram treinamento aeróbico supervisionado, em esteira ergométrica, aplicando-se duas intensidades distintas. Observou-se aumento estatisticamente significante do consumo de oxigênio (VO2) pico no GTI (19,2 ± 5,1 para 21,9 ± 5,6 ml/kg/min, p < 0,01) e no GTM (18,8 ± 3,7 para 21,6 ± 4,5 ml/kg/min, p < 0,01). O GC não apresentou mudança estatisticamente significante no VO2 pico. Houve aumento estatisticamente significante do strain radial (STRAD) somente no GC: STRAD basal (57,4 ± 16,6 para 84,1 ± 30,9%, p < 0,05), STRAD medial (57,8 ± 27,9 para 74,3 ± 36,1%, p < 0,05) e STRAD apical (38,2 ± 26,0 para 52,4 ± 29,8%, p < 0,01). Os grupos treinados não apresentaram mudança estatisticamente significante do strain radial. Os achados do presente estudo apontam para uma potencial aplicação clínica dos parâmetros de análise da mecânica de contração ventricular, notadamente do strain radial, em discriminar adaptações do miocárdio pós-infarto entre pacientes submetidos ou não a programas de treinamento aeróbico.
Descritores: Exercício Físico/fisiologia
Função Ventricular Esquerda/fisiologia
Terapia por Exercício/métodos
Contração Miocárdica/fisiologia
Infarto do Miocárdio/fisiopatologia
Infarto do Miocárdio/reabilitação
-Consumo de Oxigênio/fisiologia
Fatores de Tempo
Pressão Sanguínea/fisiologia
Projetos Piloto
Estudos Prospectivos
Reprodutibilidade dos Testes
Resultado do Tratamento
Estatísticas não Paramétricas
Teste de Esforço/métodos
Frequência Cardíaca/fisiologia
Ventrículos do Coração/fisiopatologia
Limites: Humanos
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950219
Autor: Rodrigues, Joel Alves; Prímola-Gomes, Thales Nicolau; Soares, Leôncio Lopes; Leal, Tiago Ferreira; Nóbrega, Clara; Pedrosa, Danillo Laviola; Rezende, Leonardo Mateus Teixeira; Oliveira, Edilamar Menezes de; Natali, Antonio Jose.
Título: Physical Exercise and Regulation of Intracellular Calcium in Cardiomyocytes of Hypertensive Rats / Exercício Físico e Regulação de Cálcio Intracelular em Cardiomiócitos de Ratos Hipertensos
Fonte: Arq. bras. cardiol;111(2):172-179, Aug. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPEMIG.
Resumo: Abstract Background: Regulation of intracellular calcium (Ca2+) in cardiomyocytes is altered by hypertension; and aerobic exercise brings benefits to hypertensive individuals. Objective: To verify the effects of aerobic exercise training on contractility and intracellular calcium (Ca2+) transients of cardiomyocytes and on the expression of microRNA 214 (miR-214) in the left ventricle of spontaneously hypertensive rats (SHR). Methods: SHR and normotensive Wistar rats of 16 weeks were divided into 4 groups -sedentary hypertensive (SH); trained hypertensive (TH); sedentary normotensive (SN); and trained normotensive (TN). Animals of the TH and TN groups were subjected to treadmill running program, 5 days/week, 1 hour/day at 60-70% of maximum running velocity for 8 weeks. We adopted a p ≤ 0.05 as significance level for all comparisons. Results: Exercise training reduced systolic arterial pressure in hypertensive rats. In normotensive rats, exercise training reduced the time to 50% cell relaxation and the time to peak contraction and increased the time to 50% decay of the intracellular Ca2+ transients. In SHR, exercise increased the amplitude and reduced the time to 50% decay of Ca2+ transients. Exercise training increased the expression of miR-214 in hypertensive rats only. Conclusion: The aerobic training applied in this study increased the availability of intracellular Ca2+ and accelerated the sequestration of these ions in left ventricular myocytes of hypertensive rats, despite increased expression of miR-214 and maintenance of cell contractility.

Resumo Fundamento: A regulação intracelular de cálcio (Ca2+) em cardiomiócitos é alterada pela hipertensão, e o exercício físico aeróbico traz benefícios para hipertensos. Objetivo: Verificar os efeitos do treinamento físico aeróbico sobre a contratilidade e a concentração intracelular de Ca2+ transitória em miócitos e a expressão do microRNA 214 no ventrículo esquerdo (VE) de ratos espontaneamente hipertensos (SHR). Métodos: SHR e ratos Wistar normotensos com 16 semanas de idade foram divididos em 4 grupos de 13 animais cada: hipertenso sedentário (HS); hipertenso treinado (HT); normotenso sedentário (NS); normotenso treinado (NT). Os animais dos grupos HT e NT foram submetidos a um programa de treinamento progressivo de corrida em esteira, 5 dias/semana, 1 hora/dia, em intensidade de 60-70% da velocidade máxima de corrida, durante 8 semanas. Adotou-se p ≤ 0,05 como nível de significância em todas as comparações. Resultados: O treinamento físico reduziu a pressão arterial sistólica nos animais hipertensos. Nos animais normotensos, o treinamento físico reduziu o tempo para 50% de relaxamento celular e o tempo para o pico de contração celular, mas aumentou o tempo para 50% de decaimento da concentração intracelular de Ca2+ transitória. Nos animais SHR, o treinamento físico aumentou a amplitude e reduziu o tempo para 50% de decaimento da concentração intracelular de Ca2+ transitória, sem alterar a contratilidade celular. O treinamento físico aumentou a expressão do miR-214 apenas nos animais hipertensos. Conclusão: O treinamento aeróbico utilizado aumenta a disponibilidade e acelera o sequestro de Ca2+ intracelular em miócitos do VE de ratos hipertensos, apesar do aumento da expressão de miR-214 e da manutenção da contratilidade celular.
Descritores: Condicionamento Físico Animal/fisiologia
Pressão Sanguínea/fisiologia
Cálcio/metabolismo
Miócitos Cardíacos/metabolismo
Hipertensão/metabolismo
Contração Miocárdica/fisiologia
-Ratos Endogâmicos SHR
Sinalização do Cálcio
Miócitos Cardíacos/fisiologia
MicroRNAs/metabolismo
Hipertensão/fisiopatologia
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cicogna, Antonio Carlos
Texto completo
Id: biblio-973754
Autor: Pinotti, Matheus Fécchio; Matias, Amanda Martins; Sugizaki, Mário Mateus; Nascimento, André Ferreira do; Pai, Maeli Dal; Leopoldo, Ana Paula Lima; Cicogna, Antônio Carlos; Leopoldo, André Soares.
Título: Fasting/Refeeding Cycles Prevent Myocardial Dysfunction and Morphology Damage in the Spontaneously Hypertensive Rats / Ciclos de Jejum/Realimentação Previnem Disfunção Miocárdica e Danos Morfológicos em Ratos Espontaneamente Hipertensos
Fonte: Arq. bras. cardiol;111(3):400-409, Sept. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Abstract Background: Caloric restriction is known to impair the cardiac function and morphology in hypertrophied hearts of spontaneously hypertensive rats (SHR); however, the influence of fasting/refeeding (RF) is unknown. Objective: To investigate the fasting/refeeding approach on myocardial remodeling and function. In addition, the current study was designed to bring information regarding the mechanisms underlying the participation of Ca2+ handling and b-adrenergic system. Methods: Sixty-day-old male SHR rats were submitted to food ad libitum (C), 50% food restriction (R50) or RF cycles for 90 days. Cardiac remodeling was assessed by ultrastructure analysis and isolated papillary muscle function. The level of significance considered was 5% (a = 0.05). Results: The RF rats presented lower cardiac atrophy than R50 in relation to C rats. The C rats increased weight gain, R50 maintained their initial body weight and RF rats increased and decreased weight during RF. The RF did not cause functional impairment because the isotonic and isometric parameters showed similar behavior to those of C. The isotonic and isometric cardiac parameters were significantly elevated in RF rats compared to R50 rats. In addition, the R50 rats had cardiac damage in relation to C for isotonic and isometric variables. While the R50 rats showed focal changes in many muscle fibers, the RF rats displayed mild alterations, such as loss or disorganization of myofibrils. Conclusion: Fasting/refeeding promotes cardiac beneficial effects and attenuates myocardial injury caused by caloric restriction in SHR rats, contributing to reduce the cardiovascular risk profile and morphological injuries. Furthermore, RF promotes mild improvement in Ca2+ handling and b-adrenergic system.

Resumo Fundamento: A restrição calórica compromete a função e a morfologia cardíacas em corações hipertrofiados de ratos espontaneamente hipertensos (SHR). No entanto, a influência de ciclo de jejum/Realimentação é desconhecida. Objetivo: Investigar o efeito de ciclos de jejum/realimentação sobre a remodelação e função miocárdica. Além disso, o presente estudo foi desenhado para avaliar os mecanismos subjacentes à participação do trânsito de cálcio (Ca+2) e sistema beta-adrenérgico. Métodos: Neste estudo, SHR machos de 60 dias de idade foram submetidos a alimento ad libitum (grupo C), 50% de restrição alimentar (grupo R50) ou ciclos de RF (grupo RF) por 90 dias. A remodelação cardíaca foi avaliada por meio da análise ultraestrutural e função do músculo papilar isolado. Adotou-se o nível de significância de 5% (a = 0,05). Resultados: Os ratos do grupo RF apresentaram menor atrofia cardíaca do que os do grupo R50 em relação aos do grupo C. Os ratos do grupo C aumentaram peso corporal, os ratos do grupo R50 mantiveram seu peso corporal inicial e os ratos do grupo RF aumentaram e reduziram seu peso durante o ciclo RF. O ciclo RF não causou comprometimento funcional, pois os parâmetros isotônicos e isométricos apresentaram comportamento similar aos dos ratos do grupo C. Os parâmetros cardíacos isotônicos e isométricos mostraram-se significativamente elevados nos ratos do grupo RF em comparação aos dos ratos do grupo R50. Além disso, os ratos do grupo R50 apresentaram dano cardíaco em comparação aos ratos do grupo C quanto às variáveis isotônicas e isométricas. Os ratos do grupo R50 apresentaram alterações focais em muitas fibras musculares, enquanto os ratos do grupo RF apresentaram leves alterações, como perda ou desorganização de miofibrilas. Conclusão: Ciclos de Jejum/Realimentação promovem efeitos benéficos cardíacos e atenuam o dano miocárdico causado por restrição calórica em SHR, contribuindo para reduzir o risco cardiovascular e os danos morfológicos. Além disso, o ciclo de jejum/realimentação promove leve melhora do trânsito do Ca2+ e do sistema beta-adrenérgico.
Descritores: Músculos Papilares/metabolismo
Cálcio/metabolismo
Jejum/fisiologia
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal/fisiologia
Cardiomiopatias/prevenção & controle
-Músculos Papilares/patologia
Ratos Endogâmicos SHR
Fatores de Tempo
Peso Corporal/fisiologia
Cálcio/análise
Remodelação Ventricular/fisiologia
Restrição Calórica/efeitos adversos
Isoproterenol/análise
Isoproterenol/metabolismo
Contração Miocárdica
Cardiomiopatias/patologia
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 498 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-176220
Autor: Seclén, Segundo; Pretell, Eduardo; Tapia, Fernando; Sosa, José; Barreto, Rodolfo.
Título: Empleo del yodato sódico (Biloptin) en el tratamiento agudo de las complicaciones cardiovasculares severas del hipertiroidismo / Acute treatment of severe cardiovascular complications of thyrotoxic patients by sodium ipodate
Fonte: Rev. méd. hered;1(1):3-9, jun. 1990. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Los cambios hemodinámicos del hipertiroidismo son atríbuidos al efecto cronotropo e inotropo cardíaco directo del exceso de T3, así como a cambios en la resistencia periférica. Recientes estudios han demostrado que el yopodato sódico disminuye rápidamente los niveles de T3 en más del 50 por ciento de los valores basales dentro de las 24 horas, al bloquear la conversión de T4 a T3. Este estudio muestra su utilidad en controlar las manifestaciones cardiovasculares severas del hipertiroidismo, en 5 casos de Enfermedad de Graves,evaluados en la Unidad de Cuidados Intensivos mediante cateterismo cardíaco con catéter Swan-Ganz, conectado a un computador Edward de gasto cardíaco y a un medidor de presión Twinbbean-Sanborn. A cada paciente se le administró una dosis de 3 gr. de yopodato p.o más Tapazol 45 mg/d 2 días antes, y se evaluó antes y durante 24 hrs post-yopodato la frecuencia cardíaca ( FC ), presión arterial diferencial ( PAdif ), presiones de aurícula derecha, ventrículo derecho, arteria pulmonar y capilar pulmonar, calculándose índice cardiáco ( IC ), resistencia sistémica total ( RST ) Y trabajo ventricular izquierdo ( TVI ), así como fracción de e yección ventricular izquierda ( FEVI ) mediante un ecocardiógrafo modo M y bidimencional. T3 se midió por radioinmunoensayo ( RIA ). Todos, excepto RST Y FEVI, estuvieron elevados basalmente, y disminuyeron significativamente desde las 3 hrs. después del yopodato, mientras RST se elevó a normal a 6 hrs. FEVI se mantuvo bajo, evidenciando compromiso ventricular izquierdo. Los cambios fueron paralelos a la caída de T3
Descritores: Hipertireoidismo/complicações
Hipertireoidismo/terapia
-Antitireóideos/administração & dosagem
Antitireóideos/uso terapêutico
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
Débito Cardíaco Elevado/complicações
Débito Cardíaco Elevado/diagnóstico
Débito Cardíaco Elevado/prevenção & controle
Contração Miocárdica
Frequência Cardíaca
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  10 / 498 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-414920
Autor: Farsky, Pedro Silvio.
Título: Análise comparativa da detecção de viabilidade miocárdica entre a ecocardiografia de estresse pela dobutamina e a tomografia por emissão de pósitrons na disfunção ventricular grave / Comparative study of [18F] fluorodeoxyglucose single photon emission computed tomography with dobutamine stress echocardiography for the assessment of myocardial viability.
Fonte: São Paulo; s.n; 2003. [79] p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Departamento de Cardio-Pneumologia. Disciplina de Cardiologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Em pacientes com disfunção ventricular grave por doença arterial coronária, segmentos com alteração da contração segmentar e viabilidade miocárdica podem apresentar recuperação contrátil com a cirurgia de revascularização do miocárdio. Diferentes métodos diagnósticos têm sido empregados na identificação de viabilidade, porém seu custo e sua disponibilidade limitam seu uso / Myocardial viability in asynergic segments has been shown to predicty not only improved regional and global function after revascularization but also improved survival. Preserved or enhanced 18-fluorodeoxyglucose uptake by positron emission tomography has been described as the gold standard in myocardial viability assessment, but cost and availability limits its use...
Descritores: Ecocardiografia
Miocárdio Atordoado
Revascularização Miocárdica
-Contração Miocárdica
Dobutamina
/metabolismo
FLUDESOXIGLUCOSE F 1ABDOMINAL NEOPLASMS/metabolismo
Seguimentos
Sensibilidade e Especificidade
Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
Br66.1; W4.DB8, F254acd



página 1 de 50 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde