Base de dados : LILACS
Pesquisa : G10.549.245 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-850851
Autor: Rodrigues, Rony Peterson Alves; Erxleben, Jörg; Nagem Filho, Halim; Nagem, Haline Drumond; Fares, Nasser Hussein.
Título: Influência da composição, ensaiada por cromatografia HPLC e espectrometria FTIR, de cimentos à base de hidróxido de cálcio na solubilidade e sorção de água / Influence of composition, tested by HPLC chromatography and FTIR spectroscopy of calcium hydroxide cements on the solubility and water sorption
Fonte: Full dent. sci;2(7):324-329, 20110816.
Idioma: pt.
Resumo: A literatura revela que bases forradoras de hidróxido de cálcio, após algum tempo sob as restaurações, dissolvem e deixam a cavidade sem proteção e a restauração sem suporte. A dissolução em água é uma das propriedades mais importantes dos cimentos de hidróxido de cálcio utilizado na restauração. O objetivo deste trabalho foi determinar a solubilidade e a sorção de água em três marcas diferentes de hidróxido de cálcio e comparar os dados com as composições detectadas nos ensaios de cromatografia HPLC e espectrometria FTIR. Existem diversos fatores associados à dissolução do cimento de hidróxido de cálcio. Um deles seria o tipo de Salicilato usado na mistura. Todas as bases contém uma quantidade razoável do Salicilato de Metila. Mas, além do Salicilato de Metila, Hydro C e Hydcal mostraram bastante Di- e Oligo-Salicilatos. Estes conferem ao cimento maior estabilidade de sorção e solubilidade do que o monosalicilato

In the literature is shown that calcium hydroxide liners, after some time under the restorations, dissolve and leave the cavity without protection and restoration without mechanical support. The dissolution in water is one of the most important properties of calcium hydroxide cements used in the restoration. The aim of this study was to determine the solubility and water sorption of three different brands of calcium hydroxide and compare the data with the compositions detected by chromatographic HPLC and spectrometric FTIR analyses. There are several factors associated with the dissolution of calcium hydroxide cement. One would be the type of Salicylate used in the mixture. All bases contain a fair amount of Methyl Salicylate. But apart from Methyl Salicylate, Hydro C and Hydcal showed notable amounts of Di-and Oligo-Salicylates. These give greater stability to the cement sorption and solubility than the monosalicylate
Descritores: Cimentos Dentários/química
Solubilidade da Dentina
Hidróxido de Cálcio/química
Materiais Dentários/química
-Análise de Variância
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-675658
Autor: Brazilian Dental Journal; Gomes, Brenda P.F.A.; Vianna, Morgana E.; Zaia, Alexandre A.; Almeida, José Flávio A.; Souza-Filho, Francisco J.; Ferraz, Caio C. R..
Título: Chlorhexidine in Endodontics
Fonte: Braz. dent. j;24(2):89-102, Mar-Apr/2013.
Idioma: en.
Resumo: Chemical auxiliary substances (CAS) are essential for a successful disinfection and cleanness of the root canals, being used during the instrumentation and if necessary, as antimicrobial intracanal medicaments. Different CAS have been proposed and used, among which sodium hypochlorite (NaOCl), chlorhexidine (CHX), 17% EDTA, citric acid, MTAD and 37% phosphoric acid solution. CHX has been used in Endodontics as an irrigating substance or intracanal medicament, as it possesses a wide range of antimicrobial activity, substantivity (residual antimicrobial activity), lower cytotoxicity than NaOCl whilst demonstrating efficient clinical performance, lubricating properties, rheological action (present in the gel presentation, keeping the debris in suspension); it inhibits metalloproteinase, is chemically stable, does not stain cloths, it is odorless, water soluble, among other properties. CHX has been recommended as an alternative to NaOCl, especially in cases of open apex, root resorption, foramen enlargement and root perforation, due to its biocompatibility, or in cases of allergy related to bleaching solutions. The aim of this paper is to review CHX's general use in the medical field and in dentistry; its chemical structure, presentation form and storage; mechanism of action; antimicrobial activity including substantivity, effects on biofilms and endotoxins, effects on coronal and apical microbial microleakage; tissue dissolution ability; interaction with endodontic irrigants; effects on dentin bonding, metalloproteinases and collagen fibrils; its use as intracanal medicament and diffusion into the dentinal tubules; its use as disinfectant agent of obturation cones; other uses in the endodontic therapy; and possible adverse effects, cytotoxicity and genotoxicity.

Resumo Substâncias químicas auxiliares (SQA) são essenciais para o processo de limpeza e desinfecção dos canais radiculares, sendo utilizadas durante a instrumentação dos canais radiculares e, se necessário, como medicamentos intracanais. Diferentes SQA têm sido propostas e utilizadas, entre elas: hipoclorito de sódio (NaOCl), clorexidina (CHX), EDTA 17%, ácido cítrico, MTAD e solução de ácido fosfórico a 37%. CHX tem sido usada na endodontia como SQA ou medicação intracanal. CHX possui uma ampla gama de atividade antimicrobiana; substantividade (atividade antimicrobiana residual); menor citotoxicidade que NaOCl, demonstrando desempenho clínico eficiente; propriedades de lubrificação; ação reológica (presente na apresentação gel, mantendo os detritos em suspensão); inibe metaloproteinases; é quimicamente estável; não mancha tecidos; é inodora; solúvel em água; entre outras propriedades. CHX tem sido recomendada como uma alternativa ao NaOCl, especialmente em casos de ápice aberto, reabsorção radicular, perfuração radicular e durante a ampliação foraminal, devido à sua biocompatibilidade, ou em casos de alergia ao NaOCl. O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão do uso da clorexidina na medicina e na odontologia; sua estrutura química; forma de apresentação e armazenamento; mecanismo de ação, atividade antimicrobiana, incluindo, substantividade, efeitos sobre biofilmes e endotoxinas; efeito sobre infiltração microbiana coronal e apical; capacidade de dissolução do tecido; interação com os irrigantes; efeitos sobre a união à dentina, metaloproteinases e fibrilas de colágeno; a sua utilização como medicamento intracanal e difusão ...
Descritores: Anti-Infecciosos Locais/uso terapêutico
Clorexidina/uso terapêutico
Irrigantes do Canal Radicular/uso terapêutico
-Biofilmes/efeitos dos fármacos
Colagem Dentária
Interações Medicamentosas
Infiltração Dentária/classificação
Solubilidade da Dentina/efeitos dos fármacos
Endotoxinas/antagonistas & inibidores
Preparo de Canal Radicular/métodos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde