Base de dados : LILACS
Pesquisa : G12.122 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 151 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 151 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Machado, Luís dos Ramos
Livramento, José Antonio
Id: lil-154960
Autor: Santiago, Marcelo Fortuna.
Título: Pesquisa de antígenos no LCR e neuroinfecçäo / Antigens investigation in CSF and neuroinfection
Fonte: In: Machado, Luis dos Ramos; Nóbrega, José Paulo Smith; Livramento, José Antonio; Spina França Netto, Antonio. Neuroinfecçäo 94. Säo Paulo, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de Säo Paulo. Clínica Neurológica, 1994. p.80-80.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Simpósio Neuroinfecçäo-94, Säo Paulo, 18-19 mar. 1994.
Descritores: Antígenos/líquido cefalorraquidiano
Doenças do Sistema Nervoso Central/diagnóstico
Infecções/diagnóstico
-Antígenos de Bactérias/líquido cefalorraquidiano
Antígenos HIV/líquido cefalorraquidiano
Reações Antígeno-Anticorpo
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1; 2617.15; BR599.1; 10001009554, AG


  2 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-623620
Autor: Kutner, S; Pellerin, P; Brenière, S. F; Desjeux, P; Dedet, J. P.
Título: Identification and purification of a 72kDa antigen of Leishmania braziliensis braziliensis present on the surface and in the cytoplasm of the promastigotes and its specific recognition by sera from mucocutaneous leishmaniasis patients
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;83(supl.1):431-434, Nov. 1988.
Idioma: en.
Conferência: Apresentado em: Annual Meeting on Basic Research in Chagas's disease, 15, Apresentado em: Meeting of the Brazilian Society of Protozoology4, Caxambu, 7-10 Nov. 1988.
Descritores: Leishmania braziliensis/imunologia
Leishmaniose Mucocutânea/imunologia
Leishmaniose Mucocutânea/sangue
-Glicoproteínas
Reações Antígeno-Anticorpo
Antígenos de Protozoários
Antígenos de Superfície
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-623807
Autor: Ozaki, Luiz Shozo; Mattei, Denise; David, Peter; Mercerau-Puijalon, Odile; Blisnick, Thierry; Silva, Luiz Pereira da.
Título: Antigenic cross-reactivity of plasmodium falciparum antigens expressed in escherichia coli
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;81(supl.2):89-91, 1986. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: France. Ministère de l'Industrie et de la Recherche; . Institut Pasteur Production.
Descritores: Plasmodium falciparum
Escherichia coli
Reações Antígeno-Anticorpo/imunologia
-Antígenos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-752475
Autor: Silva, Maria C; Godoy, Isabela; Ubiali, Daniel G; Silveira, Marcelo M; Pitchenin, Letícia C; Brandão, Laila N. S; Dutra, Valéria; Nakazato, Luciano.
Título: Proteínas imunorreativas de Conidiobolus lamprauges isoladas de ovinos infectados naturalmente / Immunoreactive proteins of Conidiobolus lamprauges isolated from naturally infected sheep
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;35(4):344-348, 04/2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo de conidiobolomicose ovina tem sido realizado nos seus aspectos clínicos, epidemiológicos, patológicos e moleculares. Informações, entretanto, sobre a resposta imune do hospedeiro na infecção por Conidiobolus lamprauges são inexistentes. Este estudo teve por objetivo a identificação de proteínas imunorreativas que possam desempenhar papel importante na resposta imune de ovinos naturalmente infectados por C. lamprauges. Para a caracterização protéica e imunológica foi utilizada a cepa de C. lamprauges (FIOCRUZ-INCQS 40316) isolada de ovino com sinais clínicos de conidiobolomicose no Estado do MT e cinco amostras de soro de ovinos infectados naturalmente pelo fungo. A presença de anticorpos IgG foi observada em todos os animais doentes com títulos reagentes em diluições de até 1:1.600. Na técnica do immunoblot, o perfil antigênico frente aos soros ovinos com a doença apresentou doze bandas reativas, com massas moleculares variando de 35 a 198 kDa. Dentre estas, a proteína de 198 kDa foi reativa em 3 soros de ovinos e a de 53 kDa apresentou a maior intensidade comparativamente com outras bandas, sendo provavelmente imunodominante. Amostras de soro de animais sadios não apresentaram reatividade demostrando a especificidade da técnica. A presença de proteínas antigênicas de C. lamprauges e IgG específicos em soros de ovinos observados no presente trabalho poderá auxiliar no desenvolvimento de métodos de diagnóstico precoces e na utilização de proteínas candidatas a vacinas para o controle e prevenção da infecção em animais e humanos.(AU)

The study of sheep conidiobolomycosis has been carried out in its clinical, epidemiological, pathological and molecular aspects. Information, however, about the host immune response in infection Conidiobolus lamprauges is absent. This study aimed to identify immunoreactive proteins that may play an important role in the immune response of sheep naturally infected by C. lamprauges. For protein and immunological characterization, C. lamprauges (strain FIOCRUZ-INCQS 40316) isolated from a sheep with clinical signs of conidiobolomycosis in the MT state and five sera samples of naturally infected sheep were used. The presence of IgG antibody was observed in all patients with reagent titers in dilutions up to 1:1600. In immunoblot technique, the antigenic profile against infected sheep sera showed twelve reactive bands with molecular weights ranging from 35 to 198 kDa. Among them, the 198 kDa protein was reactive against sera from three sheep and the 53 kDa showed increased intensity compared to other bands probably being immunodominant. Healthy animal serum samples showed no reactivity demonstrating the specificity of the technique. The presence of antigenic proteins of C. lamprauges and specific IgG in sheep sera observed in this study may assist in the development of early diagnostic methods and the use of protein as candidate vaccines for the control and prevention of infection in animals and human.(AU)
Descritores: Ovinos
Conidiobolus
Zigomicose/veterinária
-Immunoblotting/veterinária
Reações Antígeno-Anticorpo
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-46349
Autor: Díaz, Ana M. O. de.
Título: Tecnica de contrainmunoelectroforesis para el diagnostico serologico de la rabia / Counter-immunoelectrophoresis technique for rabies serological diagnosis.
Fonte: s.l; Centro Panamericano de Zoonosis; 1985. 37 p. ilus, tab. (CEPANZO. Serie de Monografias Cientificas y Tecnicas, 13).
Idioma: es.
Descritores: Raiva/diagnóstico
Contraimunoeletroforese
Testes Sorológicos
-Reações Antígeno-Anticorpo
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR1.1 - BIREME
PE8.1; CENSA; BR1.1/652.00; AR1.1; QW 168.5 CEN; AR40.1; OPS, WC 550, DIA


  6 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-601002
Autor: de França, Natalia Dallaval Galvão; Poli, Mônica Caamaño Cristovão; Ramos, Patrícia Guilhem de Almeida; Borsoi, Cláudia Strang da Rocha; Colella, Rafael.
Título: Titers of ABO antibodies in group O blood donors
Fonte: Rev. bras. hematol. hemoter;33(4):259-262, 2011. tab.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: Plasma components of group O blood donations are rarely submitted to ABO antibody titrations even though it is well known that passively acquired antibodies may destroy the recipient's own red cells and tissue grafts. OBJECTIVE: Thus, group O donations stratified by gender and age were randomly titrated to identify the best source of products for apheresis and exsanguinous transfusion. METHODS: Samples from 603 blood donors were tested by ABO antibody titration using the conventional tube technique at room temperature. ABO antibody levels higher than 64 were considered high. After correction for gender, statistical analyses were performed using the Fisher exact and Kruskal-Wallis tests. RESULTS: Most donors in the blood bank were male (65.7 percent). ABO antibody titers ranged from 1 to 2048. The estimations of prevalence for the titers were: anti-A,B < 128 = 86.9 percent and > 128 = 2.16 percent; Anti-A > 128 = 9.29 percent and anti-B > 128 = 4.81 percent. Low mean titers for both anti-A and anti-B antibodies were found in over 50-year-old men (p-value = 0.040). High anti-B antibody levels were found in young women (p-value = 0.002). CONCLUSION: This study confirms that over 50-year-old O group men should be selected as blood donors in non-identical ABO transfusion situations. Also, titration of ABO antibodies in blood banks will increase safety in non-identical ABO transfusions.
Descritores: Doadores de Sangue
Antígenos de Grupos Sanguíneos
Plaquetas/imunologia
Transfusão de Sangue
Sistema ABO de Grupos Sanguíneos
Testes de Aglutinação/métodos
Titulometria/métodos
Carga Viral
Aglutininas
Reações Antígeno-Anticorpo
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  7 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-976498
Autor: Fernandes, Maureen H. V; Finger, Paula F; Cunha, Rodrigo C; Vargas, Gilberto D'Avila; Fischer, Geferson; Lima, Marcelo de; Hübner, Silvia O.
Título: Antigenic and immunogenic properties of the canine distemper virus nucleocapsid protein expressed in Escherichia coli employing codon optimized synthetic gene / Propriedades antigênicas e imunogênicas da proteína do nucleocapsídeo do virus da cinomose canina expressa em Escherichia coli empregando gene sintético com codons otimizados
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;38(8):1615-1621, Aug. 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: Despite common occurrence and importance of canine distemper disease the majority of tests currently available for diagnosis are hampered by either low sensitivity or specificity. In this study it was evaluated antigenic and immunogenic characteristics of a conserved region of nucleocapsid protein of canine distemper virus (rCDV NP) expressed in Escherichia coli employing a codon optimized synthetic gene. The expression of rCDVNP in Star strain (mean 300μg/mL, purified) was confirmed by SDS-PAGE and Western blot analysis by using His-Tag monoclonal antibodies. Western blot and ELISA, employing positive and negative control dog sera, demonstrated the rCDVNP antigenicity. The rCDVNP was inoculated in hens and immunoglobulin Y (IgY) was purified from the egg yolk. The mean yield of IgY was 28.55mg/mL. IgY reacted with the recombinant protein as demonstrated by Western blot and ELISA assays. In summary, our findings demonstrated that rCDVNP is antigenic since CDV positive dog sera recognized the protein in vitro. Additionally, the rCDVNP proved to be immunogenic in hens being possible to isolate a high concentration of specific IgY antibodies from the egg yolk. Taken together, these results indicate that the rCDVNP along with the specific IgY could be useful tools for development of the canine distemper immunodiagnostic assays.(AU)

Apesar da ocorrência comum e importância da cinomose canina, a maioria dos testes atualmente disponíveis para diagnóstico são prejudicados pela baixa sensibilidade ou especificidade. Neste estudo foram avaliadas características antigênicas e imunogênicas de uma região conservada da proteína do nucleocapsídeo do virus da cinomose canina (rCDV NP) expressa em Escherichia coli empregando um gene sintético e codons otimizados. A expressão na cepa Star (média de 300μg/mL, purificada) foi confirmada por SDS-PAGE e Western blot utilizando anticorpos monoclonais anti-His-Tag. A antigenicidade da rCDVNP foi demonstrada por western blot e ELISA empregando soros de cães positivos e negativos. A rCDVNP foi inoculada em galinhas e imunoglobulina Y (gY) foi obtida e purificada a partir da gema. A produção média de IgY foi 28.55mg/mL. Anticorpos IgY reagiram com a proteína recombinante, quando analisados por Western blot e ELISA. Em resumo, nossos achados demonstram que a rCDVNP produzida é antigênica, uma vez que os anticorpos de soro de cães positivos para CDV reconheceram a proteína in vitro. Além disso, a rCDVNP foi imunogênica em galinhas, sendo possível isolar anticorpos IgY específicos a partir da gema do ovo em altas concentrações. Tomados em conjunto, estes resultados indicam que a rCDVNP juntamente com a IgY específica podem ser ferramentas úteis para elaborar ensaios de imunodiagnóstico de cinomose canina.(AU)
Descritores: Vírus da Cinomose Canina/genética
Vírus da Cinomose Canina/imunologia
Cães/microbiologia
Escherichia coli/genética
-Reações Antígeno-Anticorpo
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-971491
Autor: Machado, Herion Alves da Silva.
Título: Prevalência do antígeno criptocócico utilizando Lateral Flow Assay (LFA) no screening de pacientes com HIV/AIDS / Prevalence of cryptococcal antigen using Lateral Flow Assay (LFA) in the screening of patients with HIV / AIDS.
Fonte: Teresina; s.n; 2015. xv, 61 f p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz, para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: INTRODUÇÃO: Meningite criptocócica causa aproximadamente 15 por cento da mortalidade relacionada com a AIDS anualmente. A Criptococose é uma enfermidade negligenciada. Contudo, pode ser prevenida pela realização do screening através da pesquisa do Antígeno Criptocócico(CrAg) e de tratamento precoce durante um longo período de detecção ou infecção subclínica. Nosso estudo determinou a prevalência da antigenemia criptocócica levando em consideração níveis de linfócitos CD4 e sintomas clínicos. MÉTODOS: Ao todo, 109 pacientes com HIV/AIDS, consentiram em participar deste estudo. Inicialmente, fez-se um levantamento de dados sócio- demográficos dos mesmos, além dos dados clínicos contidos no prontuário. A pesquisa de antígeno criptocócico utilizando Lateral Flow Assay( CrAg/LFA) no sangue e urina foi realizado em todos os pacientes inclusos no estudo, independente dos níveis de linfócitos CD4. Para os que apresentaram CrAg positivo em sangue e urina, foram submetidos a punção lombar para avaliação de CrAg no líquor...

INTRODUCTION: Annually, cryptococcal meningitis causes approximately 15% of deathsrelated to AIDS. The cryptococcosis is a neglected disease. Nevertheless, it can be preventedby performing the screening by means of investigating the cryptococcal antigen (CrAg) andearly treatment for a long period of detection or subclinical infection. Our study determinedthe prevalence of cryptococcal antigenemia taking into account the levels of CD4lymphocytes and clinical symptoms.METHODS: All together, 109 patients with HIV / AIDS, agreed to participate in this study.Initially, there was a survey of patients' socio-demographic data, in addition to clinical datafrom the medical record. The cryptococcal antigen test using Lateral Flow Assay (CrAg /LFA) in blood and urine was carried out in all patients included in the study, regardless ofCD4 lymphocyte levels. Those who were CrAg positive for blood and urine underwent alumbar puncture for CrAg assessment in the fluid...
Descritores: Criptococose
Reações Antígeno-Anticorpo
HIV
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Adulto
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  9 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Viana, Luciana de Gouvêa
Id: biblio-933779
Autor: Viana, Luciana de Gouvêa(aut).
Título: Avaliação da avidez dos anticorpos séricos IgA, IgM, IgG e subclasses de IgG reativos ao antígeno solúvel de ovo do Schistosoma mansoni em indivíduos com as fases aguda e crônica da esquistossomose mansoni.
Fonte: Rio de Janeiro/Belo Horizonte; s.n; 1997. 138 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundaçao Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz/Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A avidez dos anticorpos refere-se à força da interação antígeno-anticorpo. Durante a resposta imune a diversas infecções, observa-se aumento progressivo da avidez dos anticorpos. Foram determinados os níveis séricos dos anticorpos IgA, IgM, IgG e subclasses de IgG reativos ao antígeno solúvel de ovo do Schistosoma mansoni (SEA) em 36 indivíduos com a fase aguda da esquistossomose mansoni e 40 indivíduos com esquistossomose mansoni crônica. Quinze indivíduos com a fase aguda foram avaliados ao diagnóstico clínico e novamente seis meses após. Calculou-se o índice de avidez dividindo-se a absorbância detectada ao Elisa convencional por aquela detectada ao Elisa empregando-se dietilamina (agente eluidor). Os níveis dos anticorpos IgG, IgG2 e IgG3 foram superiores nos indivíduos com a fase aguda (p = 0,000). Esta diferença não foi observada em relação aos anticorpos IgG1 anti-SEA. Para as imunoglobulinas citadas, os índices de avidez em indivíduos com a fase aguda da esquistossomose foram estatisticamente inferiores (p = 0,000).

Anticorpos IgG4 anti-SEA foram detectados em apenas dois indivíduos com a fase aguda da esquistossomose, sendo 0,06 e 0,81 os respectivos índices de avidez. Em indivíduos com esquistossomose crônica, a média do índice de avidez para IgG4 foi de 0,84. Os níveis dos anticorpos IgM foram mais elevados em indivíduos com a fase aguda da esquistossomose (p = 0,000) e os índices de avidez foram similares entre os dois grupos (índice de avidez médio: 0,31). Na fase aguda, foram detectados altos níveis de anticorpos IgA anti-SEA e, em indivíduos com esquistossomose crônica, estes níveis se aproximaram de zero. Os índices de avidez mostraram-se inferiores na fase aguda (p = 0,000). Aos seis meses de acompanhamento dos indivíduos com a fase aguda da esquistossomose, observou-se aumento da avidez em relação aos anticorpos IgG1 e IgG3 (p = 0,000), sem alterações em relação às demais imunoglobulinas.
Descritores: Afinidade de Anticorpos/imunologia
Imunoglobulinas
Esquistossomose mansoni/diagnóstico
-Reações Antígeno-Anticorpo/imunologia
Schistosoma mansoni/imunologia
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.963 TE, V614a, 1997. 009893 010351


  10 / 151 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933113
Autor: Silva, Décio Fragata da.
Título: Análise da estabilidade de exoantígenos de Paracoccidioides brasiliensis.
Fonte: São Paulo; s.n; 2005. 137 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O diagnóstico da Paracoccidioidomicose (PCM), baseia-se na demonstração do P. brasiliensis (Pb) em amostras biológicas e, indiretamente, por meio de provas sorológicas, sendo a especificidade e sensibilidade diretamente relacionadas à preparação antigênica empregada. A estabilidade de exoantígenos de Pb, produzidos há 15 anos, foi avaliada comparando o perfil de reatividade, por ID, de 75 soros de pacientes com PCM frente a nove diferentes preparações antigênicas: antígeno somático (AgSo) e antígeno metabólico (AgM) obtidos das amostras 113 e B-339, antígeno “cell free antigen” (AgCFA) obtido da amostra 113; componente solúvel da superfície externa da parede celular de Pb (CSSEPC de Pb) obtido da amostra 113 e cultivado em ágar Fava Neto, a 36° C durante 5, 10, 15 e 20 dias, antígeno 113 Negroni e antígeno 113 NGTA cultivados por 20dias a 36o C. Por ID verificou-se que a reatividade dos soros de pacientes com PCM foi de 90% para AgSo e CSSEPC de 5, 10, 15 e 20 dias; 86,6% para AgS; 83,3% para AgM; 80% Ag 113 NGTA e 76,6% para Ag113 Negroni. A análise do perfil eletroforético revelou grande complexidade das frações protéicas dos CSSEPCs e exoantígeno 113 Negroni e NGTA, apresentando proteínas com massa molecular entre 25 a 170 kDa. Por “immunoblotting”, confirmou-se a especificidade dos CSSEPC frente a pool de soros da forma crônica bem como da aguda, observando-se que CSSEPC obtidos no 50 e 100 dia, apresentaram intensa reatividade das frações antigênicas de 25, 43, 60, 70, 85 e 160 kDa. Concluímos que os CSSEPC além de estáveis, apresentam determinantes antigênicos altamente conservados, fato comprovado, pelo alto padrão de reatividade observado frente a soros das diferentes formas clínicas de PCM, anti-soros anti-exoantígeno de Pb e anti-gp43
Descritores: Reações Antígeno-Anticorpo
Paracoccidioides
Paracoccidioidomicose/diagnóstico
Testes Sorológicos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, S586an, 2005



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde