Base de dados : LILACS
Pesquisa : G15 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 49 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 49 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055114
Autor: Rocha, G. O; Chizzotti, F. H. M; Santos, M. E. R; Sousa, B. M. L; Fonseca, D. M.
Título: Perfilhamento do capim-piatã submetido a regimes de desfolhação intermitente / Tillering of piatã grass subject intermittent cutting
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(6):2057-2064, Nov.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se avaliar o perfilhamento da Brachiaria brizantha cv. Piatã, como base para identificação das frequências e alturas pós-corte mais adequadas para essa gramínea forrageira. Em um esquema fatorial 2 x 2, foram estudadas combinações entre duas frequências de corte (95% e máxima interceptação de luz, ILmax) e duas alturas pós-corte (15 e 20cm). O delineamento foi em blocos ao acaso, com três repetições, totalizando 12 unidades experimentais de 14m2 cada. Foram avaliadas as taxas de aparecimento (TApP) e de mortalidade (TMoP) de perfilhos, o índice de estabilidade (IE) e a densidade populacional de perfilhos. A maior TApP no dossel sob IL de 95% ocorreu no Verão 1, em comparação às demais épocas. Nos dosséis manejados com ILmax, a TApP foi superior no Verão 1 e no Outono, quando comparados às outras épocas. No Verão 1 e no Final da Primavera e Verão 2, houve as maiores TMoP para as duas frequências de corte avaliadas. No Outono, a TMoP também foi alta no dossel cortado com ILmáx. O IE foi menor durante o Verão 1 no dossel sob ILmax e com 15cm de resíduo (0,995). Porém, nas demais épocas, os valores de índice de estabilidade foram maiores que uma unidade e não foram influenciados pela frequência e altura pós-corte. A densidade populacional de perfilhos foi menor no Verão 1, em comparação às demais épocas. O capim-piatã pode ser desfolhado com qualquer combinação entre as interceptações de luz, 95% e ILmax, e alturas pós-corte, 15 ou 20cm, sem prejudicar a persistência do pasto.(AU)

The aim of this study was to evaluate the tillering of Brachiaria brizantha cv. Piatã, as a basis for identifying the frequencies and post-cutting heights most suitable for this grass. In a 2 x 2 factorial scheme, combinations between two cut frequencies (95% and maximum light interception, IL max ) and two post-cut heights (15 and 20cm) were studied. The experimental design was in randomized blocks with 3 replicates, totaling 12 experimental units of 14m 2 each. Rates of appearance (TAR) and mortality (TMR) of tillers, the stability index and the population density of tillers were evaluated. The highest TAR in the canopy under 95% IL occurred in Summer 1, in comparison to the other seasons. In the canopies managed with IL max , TAR was higher in summer 1 and in autumn, when compared to other seasons. In summer 1 and at the end of spring and summer 2, there were the highest TMR for the two cutoff frequencies evaluated. In autumn, TMR was also high in the canopy cut with IL max . IE was lower during summer 1 in the canopy under IL max and 15cm of residue (0.995). However, at other times, stability index values were greater than one unit and were not influenced by post-cut frequency and height. The population density of tillers was lower in Summer 1, when compared to the other seasons. The piata grass may be defoliated with any combination of light intercepts, 95% and ILmax, and post-cut heights, 15 or 20cm, without impairing the persistence of pasture.(AU)
Descritores: Luz Solar
Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Brachiaria/crescimento & desenvolvimento
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-788954
Autor: Akbar, Shamsa; Sultan, Sikander.
Título: Soil bacteria showing a potential of chlorpyrifos degradation and plant growth enhancement
Fonte: Braz. j. microbiol;47(3):563-570, July-Sept. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Since 1960s, the organophosphate pesticide chlorpyrifos has been widely used for the purpose of pest control. However, given its persistence and toxicity towards life forms, the elimination of chlorpyrifos from contaminated sites has become an urgent issue. For this process bioremediation is the method of choice. Results: Two bacterial strains, JCp4 and FCp1, exhibiting chlorpyrifos-degradation potential were isolated from pesticide contaminated agricultural fields. These isolates were able to degrade 84.4% and 78.6% of the initial concentration of chlorpyrifos (100 mg L-1) within a period of only 10 days. Based on 16S rRNA sequence analysis, these strains were identified as Achromobacter xylosoxidans (JCp4) and Ochrobactrum sp. (FCp1). These strains exhibited the ability to degrade chlorpyrifos in sterilized as well as non-sterilized soils, and were able to degrade 93-100% of the input concentration (200 mg kg-1) within 42 days. The rate of degradation in inoculated soils ranged from 4.40 to 4.76 mg-1 kg-1 d-1 with rate constants varying between 0.047 and 0.069 d-1. These strains also displayed substantial plant growth promoting traits such as phosphate solubilization, indole acetic acid production and ammonia production both in absence as well as in the presence of chlorpyrifos. However, presence of chlorpyrifos (100 and 200 mg L-1) was found to have a negative effect on indole acetic acid production and phosphate solubilization with percentage reduction values ranging between 2.65-10.6% and 4.5-17.6%, respectively. Plant growth experiment demonstrated that chlorpyrifos has a negative effect on plant growth and causes a decrease in parameters such as percentage germination, plant height and biomass. Inoculation of soil with chlorpyrifos-degrading strains was found to enhance plant growth significantly in terms of plant length and weight. Moreover, it was noted that these strains degraded chlorpyrifos at an increased rate (5.69 mg-1 kg-1 d-1) in planted soil. Conclusion The results of this study clearly demonstrate that the chlorpyrifos-degrading strains have the potential to develop into promising candidates for raising the productivity of crops in pesticide contaminated soils.
Descritores: Plantas/microbiologia
Bactérias/classificação
Bactérias/metabolismo
Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Fenômenos Fisiológicos Bacterianos
Clorpirifos/metabolismo
-Fenótipo
Reguladores de Crescimento de Planta/biossíntese
Microbiologia do Solo
Bactérias/crescimento & desenvolvimento
Biodegradação Ambiental
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-916175
Autor: Associação Paulista de Homeopatia.
Título: Congresso brasileiro de homeopatia, XXXI / Experimentação patogenética e sintomas em plantas: aplicação no tratamento do feijoeiro com mancha angular / Repertorização de cultura de maracujá com virose, tomando por base a matéria médica homeopática - relato de caso / Brazilian congress of homeopathy, XXXI.
Fonte: São Paulo; TV Med; 2012. ? p.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Brasileiro de Homeopatia, Belo Horizonte, 13-17 nov. 2012.
Descritores: Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Homeopatia
-Passiflora
Agricultura
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho
BR926.1; DVD, XXXI, 2012, PT12


  4 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-916171
Autor: Associação Paulista de Homeopatia.
Título: Congresso brasileiro de homeopatia, XXXI / Efeitos da homeopatia na fisiologia de plantas / Pesquisa em homeopatia na agricultura na EPAGR visando à aplicação em sistemas de produção agroecológicos / Brazilian congress of homeopathy, XXXI.
Fonte: São Paulo; TV Med; 2012. ? p.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Brasileiro de Homeopatia, Belo Horizonte, 13-17 nov. 2012.
Descritores: Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Agricultura Sustentável
Homeopatia
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho
BR926.1; DVD, XXXI, 2012, PT11


  5 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-948092
Autor: Manabe, Paula Masami Sano; Matos, Christiano da Conceição de; Ferreira, Evander Alves; Silva, Antônio Alberto da; Sediyama, Tocio; Manabe, Akihiko; Silva, Alexandre Ferreira da; Rocha, Paulo Roberto Ribeiro; Galon, Leandro.
Título: Características fisiológicas de feijoeiro em competição com plantas daninhas / Physiological characteristics of beans in competition with weed
Fonte: Biosci. j. (Online);30(6):1721-1728, nov./dec. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A competição das plantas daninhas com as culturas reduz o fornecimento de alguns recursos para as espécies, ocasionando deficiências que culminam em alterações nas características fisiológicas relacionadas à fotossíntese, como a deficiência hídrica e nutricional e a baixa qualidade ou quantidade de luminosidade. Assim, objetivou-se com o presente trabalho avaliar o efeito da competição e do manejo de plantas daninhas nas características fisiológicas de plantas de feijoeiro. Utilizou-se delineamento em blocos ao acaso com quatro repetições. Os tratamentos foram: plantas de feijoeiro submetidas à aplicação da mistura de herbicidas fomesafen+fluazifop-p-butyl (Robust®), cultivadas isoladamente e em competição com capim-marmelada (Brachiaria plantaginea), caruru (Amaranthus hybridus) e picão-preto (Bidens pilosa). As plantas de picão-preto foram as que mais afetam as características fisiológicas do feijoeiro, influenciando negativamente o consumo de CO2, a transpiração, a condutância estomática e principalmente a taxa fotossintética. Estes resultados podem estar relacionados ao fato dessa espécie daninha ser altamente eficiente no uso da água. A mistura de herbicidas fomesafen+fluazifop-p-butyl reduziu a taxa fotossintética do feijoeiro.

The weed competition with crops leads to lower supply of some resources for the species, causing deficiencies that culminate in changes in physiological characteristics related to photosynthesis, such as water deficiency and low nutritional quality or quantity of light. So aim with this study was to evaluate the effect of weed competition and management on physiological characteristics of bean plants. The experimental design comprised randomized blocks with four replications. The treatments were: bean plants subjected to the application of the herbicide mixture fomesafen + fluazifop-p-butyl (Robust ®), grown in isolation, in competition with alexandergrass (Brachiaria plantaginea), pigweed (Amaranthus hybridus) and beggar-ticks (Bidens pilosa). The plants are beggartick that most affect the physiological characteristics of bean, negatively influencing the consumption of CO2, transpiration, stomatal conductance and photosynthetic rate mainly for these results may be related to this photo weed be highly efficient water use. The herbicides mixture fomesafen + fluazifop-p-butyl reduced the photosynthetic rate of the bean plants.
Descritores: Fotossíntese
Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Phaseolus
Plantas Daninhas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-914337
Autor: Salgado, Ana Paula Soares Pinto; Cardoso, Maria das Graças; Castro, Evaristo Mauro de; Machado, Samísia Maria Fernandes; Guimarães, Luiz Gustavo de Lima; Andrade, Milene Aparecida; Passos, Luiz Oliveira.
Título: Caracterização química e anatômica de folhas de tomilho provenientes de plantas submetidas a diferentes condições luminosas / Characterization chemical and anatomical thyme leaves from plants subjected to different lighting conditions
Fonte: Biosci. j. (Online);28(6):929-937, nov./dec. 2012. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Várias espécies de plantas possuem capacidade de desenvolver folhas com anatomias distintas quando cultivadas em diferentes condições de luz, as quais influenciam diretamente o crescimento e o desenvolvimento das mesmas, causando alterações morfofisiológicas. Diante da falta de informação a respeito de como o fator ambiental interfere sobre a fisiologia do desenvolvimento e do metabolismo das plantas de Thymus vulgaris, este trabalho objetivou estudar os efeitos das intensidades luminosas de 100, 50 e 30%, na produção e no teor de timol de seu óleo essencial, em sua anatomia foliar e na produtividade de biomassa fresca. Maiores rendimentos de óleo essencial foram encontrados para os níveis de irradiância de 100 e 50%. Para as análises anatômicas observa-se que quanto maior o índice de irradiância maiores espessura do limbo foliar, do mesofilo e das faces adaxial e abaxial são alcançadas, resultando maior produção de biomassa fresca.

Several plant species are capable of developing leaves with distinct anatomies when grown under different light conditions, which directly influence their growth and development and cause morphophysiological changes. Given the lack of information about how the environmental factors interfere with the physiology of development and metabolism of Thymus vulgaris plants, this study investigated the effects of light intensities of 100, 50 and 30% on the production and thymol content of the essential oil, on their leaf anatomy and on the productivity of fresh biomass. Higher yields of oil were found for levels of irradiance of 100 and 50%. Greater leaf, mesophyll and adaxial and abaxial thicknesses were achieved with a higher irradiance index, resulting in a higher production of fresh biomass.
Descritores: Luz Solar
Timol
Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Biomassa
Thymus (Planta)
Responsável: BR396.4


  7 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-868041
Autor: Pil, Maria Wilhelmina; Boeger, Maria Regina Torres; Pie, Marcio; Goldenberg, Renato; Ostrensky, Antonio; Boeger, Walter Antonio.
Título: Testing hypotheses for morphological differences among populations of Miconia sellowiana (Melastomataceae) in southern Brazil / Testando hipóteses para as diferenças morfológicas entre populações de Miconia sellowiana (Melastomataceae) do sul do Brasil
Fonte: Acta sci., Biol. sci;34(1):85-90, Jan.-Mar. 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Previous studies have uncovered considerable variability in foliar morphology and anatomy for Miconia sellowiana in different types of vegetation (Grassland, Montane Atlantic forest, Upper Montane Atlantic forest and Araucaria Pine forest). Although such variability could be due to phenotypic plasticity, an alternative explanation for this phenomenon is the existence of genetic differentiation among populations resulting from genetic drift or adaptation to different environments. The goal of the present study was to investigate the extent of genetic structures among populations of Miconia sellowiana using a neutral dominant genetic marker (RAPD - Random Amplification of Polymorphic DNA). There was considerable variability in the studied samples, resulting in 96.5% polymorphic loci and a Gst = 0.13. The analysis of molecular variance showed the populations are genetically structured (p < 0.001). The subpopulations of M. sellowiana were grouped similarly together using genetic (based on a neutral marker) or morphological dendrograms, suggesting that the morphological differences observed are the result of local genetic differentiation by genetic drift and not the alleged phenotypic plasticity of the species.

Estudos prévios relatam a variabilidade na morfologia e anatomia de Miconia sellowiana em diferentes formações vegetacionais (Estepe Gramínio-Lenhosa, Floresta Ombrófila Densa Montana, Floresta Ombrófila Densa Alto-Montana e Floresta Ombrófila Mista). Apesar dessa variabilidade poder ser devido à plasticidade fenotípica, uma explicação alternativa para o mesmo fenômeno é a existência de diferenciação genética entre as populações, resultado de deriva genética ou adaptação aos diferentes ambientes. O objetivo do presente estudo foi investigar a existência de estruturação genética entre as populações de M. sellowiana, utilizando um marcador genético dominante e neutro (RAPD - "Random Amplification of Polymorphic DNA"). Foi encontrado um grau considerável de variabilidade nas amostras estudadas, sendo que 96,5% dos locos foram polimórficos e o valor de Gst foi de 0,13. O número estimado de migrantes por geração foi de 3,19, o que consiste com a existência de um fluxo gênico reduzido entre os locais estudados. Esse resultado foi confirmado pela análise de variância molecular (p < 0,001). As subpopulações de M. sellowiana ficaram igualmente agrupadas nos dendrogramas dos dados genéticos (baseado no marcador molecular neutro) e morfológicos, sugerindo que as diferenças morfológicas encontradas são resultado da diferenciação genética local e não por plasticidade fenotípica da espécie.
Descritores: Anatomia
Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Responsável: BR513.2 - Editora da Universidade Estadual de Maringá


  8 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-836704
Autor: Lopes, C. M; Paciullo, D. S. C; Araújo, S. A. C; Gomide, C. A. M; Morenz, M. J. F; Villela, S. D. J.
Título: Massa de forragem, composição morfológica e valor nutritivo de capim-braquiária submetido a níveis de sombreamento e fertilização / Herbage mass, morphological composition and nutritive value of signalgrass, submitted to shading and fertilization levels
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;69(1):225-233, jan.-fev. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Características produtivas e nutricionais de Brachiaria decumbens, submetida a condições de sombreamento (sol pleno, 20% e 70% de sombreamento), sem e com uso de fertilização (80 kg.ha-1 de N e K2O e 60 kg.ha-1 de P2O5), foram avaliadas no delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. As parcelas sombreadas foram alocadas em um sistema silvipastoril, enquanto aquelas a pleno sol foram avaliadas em um monocultivo de B. decumbens. O sombreamento severo promoveu reduções de 54% na massa seca verde, 59% na massa seca total e 58% na densidade volumétrica de forragem. Aumentos da massa de forragem e da densidade volumétrica em resposta ao fertilizante foram observados somente nas condições de sol pleno e sombreamento moderado. A adubação não influenciou nas características nutricionais da forragem, mas o sombreamento severo promoveu aumentos de 20 e 51% nos teores de clorofila e de proteína bruta, respectivamente. Reduções dos teores de fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido foram observadas com o sombreamento. Os teores de lignina e a digestibilidade in vitro da matéria seca não variaram com nenhum fator estudado (médias de 6,0 e 60,9%, respectivamente). A adubação de B. decumbens com dose moderada de NPK é recomendada para dosséis cultivados no sol pleno e sombreamento moderado, mas deve ser evitada em pastos severamente sombreados, pois não reflete aumento de massa de forragem nem melhorias de seu valor nutricional.(AU)

Productive and nutritional traits of Brachiaria decumbens, submitted to shading conditions (full sun, 20% and 70% shading) and fertilization levels (without or with 80 kg.ha-1 of N and K 2 O and 60 kg.ha-1 of P 2O5), were evaluated in a randomized complete block design, with four replications. The shading were allocated in a silvopastoral system, while full sun was obtained in an exclusive B. decumbens pasture. The severe shading reduced the green dry mass in 54%, total dry mass in 59% and the forage bulk density in 58%. Increases in the forage mass and forage bulk density in response to fertilization were observed only in full sun and moderate shade. The nutritional traits did not vary with fertilization, but the chlorophyll and crude protein contents increased 20 and 51% with severe shading, respectively. The neutral detergent fiber and acid detergent fiber reduced with shade. The lignin content and in vitro dry matter digestibility did not vary with factors (average values of 6.0 and 60.9%, respectively). Fertilization with moderate dose of NPK is recommended to B. decumbens in full sun and moderate shading, but should be avoided in severely shaded pasture, because not reflected in improvement of forage mass and its nutritional traits.(AU)
Descritores: Brachiaria/química
Valor Nutritivo
Pastagens/análise
-Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Luz Solar
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 49 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-834157
Autor: Castelan, Florence Polegato.
Título: A influência da biodiversidade no entorno do cultivo sobre a expressão de protéinas de bananas produzidas no Vale do Ribeira / Influence of biodiversity surrounding the banana crop on protein expression of banana fruits produced on Vale do Ribeira, Brazil.
Fonte: São Paulo; s.n; mai. 2015. 104 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: As interações entre as plantas cultivadas e os outros organismos do agroecossistema podem afetar as características dos alimentos, trazendo implicações que abrangem desde as condições socioeconômicas dos produtores até a qualidade nutricional e sensorial dos produtos agrícolas. No caso de agroecossistemas equilibrados, a conservação da biodiversidade na propriedade contribui para diminuir a dependência de insumos externos, principalmente para o controle de pragas e doenças. Nesse sentido a produção de bananas no Vale do Ribeira constitui um mosaico de agroecossistemas, que pressionam os maiores e mais conservados remanescentes florestais de Mata Atlântica. A banana é um fruto climatérico típico, que mostrou grande potencial para o presente estudo, primeiro por ter boa parte de seus processos bioquímicos parcialmente elucidados, segundo, por apresentar seu genoma sequenciado e, terceiro, por ser um cultivo que permeia as áreas de Mata Atlântica do Vale do Ribeira. A perspectiva de análise do Proteoma label-free do fruto foi escolhida por sua ampla capacidade de compreensão de respostas biológicas, especialmente em delineamentos experimentais inéditos como esse, onde não é possível fazer grandes especulações acerca da resposta esperada. Dessa forma, inserido a um projeto de objetivo mais amplo, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da biodiversidade atlântica no entorno do agroecossistema sobre a expressão de proteínas das bananas, considerando os aspectos físico-químicos, fisiológicos e bioquímicos, de modo a estimar as vias metabólicas influenciadas por esta condição ambiental. O projeto foi desenvolvido a partir da comparação de duas áreas comerciais de bananicultura que possuem idade e tratos culturais idênticos, sendo que a única diferença é que uma delas encontra-se cercada exclusivamente pelo monocultivo de bananeiras (parcela Controle) e a outra possui 60% do perímetro adjacente a um fragmento de Mata Atlântica (parcela Biodiversidade). Foi utilizada uma estratégia holística, contemplando diversos fatores do ambiente (fertilidade do solo e aspectos climáticos), da fisiologia da bananeira (diagnose foliar e infestação por doenças) e da banana (aspectos de qualidade, comportamento pós-colheita e proteoma da polpa). Os resultados mostram que as plantas da parcela biodiversidade apresentaram menor Índice de Severidade de Sigatoka Negra e produziram frutos com maior vida verde. Em relação ao Proteoma, as vias do Ciclo do ácido cítrico, do Metabolismo do piruvato e da Alanina, aspartato e glutamato foram as mais alteradas entre os frutos das duas parcelas, sinalizando uma maior tendência na síntese de ácidos graxos nos frutos da parcela Biodiversidade, que parece ter sido desviada para a síntese de aminoácidos nos frutos da parcela Controle. Algumas evidências reunidas sugerem que a presença da biodiversidade da Mata Atlântica no entorno do agroecossistema favorece o restabelecimento da homeostase vegetal, trazendo efeitos benéficos para o cultivo e para o fruto

Food quality is affected by crop and other agroecosystem organism interaction. These are a broad and diverse field of study, with unclear central issues, implying since socioeconomic condition of the producer, up to food quality, in terms of nutritional and sensorial issues. In this sense, banana production on Vale do Ribeira represents an agroecosystem mosaic, among the hugest and most conserved remaining Atlantic forest. Banana is a climacteric fruit with great potential for this study, firstly because its biochemical processes has been partially clarified, secondly, because its genome is already sequenced and, finally, because its cultivation area is surrounded by Atlantic forest areas from Vale do Ribeira. Proteomic label-free has been chosen, because of its great capability to understand biological response, especially in unprecedented experimental approaches, in which expectations cannot be done. Thereby, inserted on a broader project, the aim of this work was to evaluate the influence of Atlantic forest biodiversity surrounding the agroecosystem on protein expression of banana fruit, considering physic-chemical, physiological and biochemical aspects, in order to highlight metabolic pathways influenced by this environmental condition. The development of this project is based on the comparison of two banana commercial plots, with similar age and cultural practices, being the only difference between plots the presence of an Atlantic forest remanant on 60% of the Biodiversity plot, while the Control plot is exclusively surrounded by banana crop. It has been adopted an holistic approach, including several environmental factors (soil fertility and climatic factors), crop physiology factors (foliar diagnosis and disease severity) and banana fruit (quality attributes, post-harvest behavior and pulp proteome). Results revealed a reduction on disease severity and a longer fruit greenlife, which represents the time available to transport and marketing, for plants of the Biodiversity plot. The Proteome has shown alterations on metabolic pathways, as Citric acid cycle, Piruvate metabolism and Alanine, aspartate and glutamate metabolism, suggesting a greater tendency on fatty acid biosynthesis on fruits from Biodiversity plots, whereas fruits from Control plot seems to enhance amino acid biosynthesis. Some evidence suggest that the Atlantic forest surrounding the agroecosystem can be helpful to plant homeostasis, with benefits to the crop and fruit
Descritores: Cultivos Agrícolas
Biodiversidade
Musa/fisiologia
-Bioquímica
Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Proteoma/análise
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T 641.3477, C348i. 30100021840-F


  10 / 49 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-834155
Autor: Saraiva, Lorenzo de Amorim.
Título: Definição do ponto de colheita comercial e da concentração de etileno exógeno visando melhor aproveitamento do potencial comercial e nutricional de bananas da cultivar Thap Maeo / Definition of harvest time and exogenous etilene concentration aiming at the better commercial and nutritional potential of the bananas of the Thap Maeo cultivar.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. 99 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A banana é um fruto consumido no mundo todo e, ao contrário do que acontece na maioria dos países nos quais predomina o grupo Cavendish, uma grande variedade de cultivares são consumidas nas diferentes regiões do Brasil. No entanto, as informações bioquímicas e fisiológicas a respeito das cultivares consumidas no país são ainda restritas e, apesar de serem muito diferentes entre si, são tratadas da mesma maneira na pré e pós-colheita, o que muitas vezes compromete a qualidade do fruto. Diante disso, dois pontos são fundamentais para a obtenção de frutos de melhor qualidade: a definição do ponto de colheita e o tratamento dos frutos com etileno após a colheita. Hoje a colheita é feita em função do diâmetro dos frutos e o tratamento com etileno é o mesmo para todas as cultivares. Porém, frutos com o mesmo diâmetro nem sempre estão no mesmo estágio de maturidade fisiológica e, usualmente, o tratamento pós-colheita feito com etileno, visando o amadurecimento mais rápido e uniforme dos frutos, não segue nenhuma orientação técnica. A consequência da falta de critérios definidos para a colheita e para a aplicação de etileno resulta em bananas com baixa qualidade e com vida-de-prateleira curta. A produção de banana é dificultada pelos problemas fitossanitários que ocorrem nas plantações, incluindo doenças como as Sigatokas Negra e Amarela e o Mal-do-Panamá. Tendo em vista a ameaça que as doenças da bananeira representam e os prejuízos que podem causar, a introdução de cultivares resistentes é a melhor forma para reduzir a pressão desses patógenos sobre a cultura. Por ser resistente às Sigatokas e ao Mal de Panamá este trabalho visou conhecer melhor a cultivar Thap Maeo (Musa acuminata AAB cv. Thap Maeo) que tem como defeito principal uma vida-de-prateleira muito curta. Os objetivos deste trabalho foram: (1) estabelecer o ponto de colheita das bananas da cultivar Thap Maeo utilizando a metodologia da soma de temperatura a que a planta está exposta durante o desenvolvimento dos frutos; (2) estabelecer, a partir da caracterização físico-química dos frutos, o teor ideal de etileno exógeno para promover o amadurecimento uniforme dos frutos e, (3) estudar o balanço hormonal no amadurecimento dos frutos. Em uma primeira etapa foi implantado um experimento de campo para determinar a Temperatura Base e a Idade Fisiológica Máxima para esta cultivar. Estes parâmetros são necessários para o cálculo da idade fisiológica e na determinação do ponto de colheita. Com o término desta etapa, foram realizadas colheitas de frutos em diferentes épocas do ano para confirmar a metodologia usada. Foi possível estabelecer uma metodologia para estimar o ponto de colheita dos frutos de acordo com a estação do ano em que estes se desenvolveram. Para estabelecer o teor ideal de etileno exógeno aplicado na pós-colheita, os frutos foram testados com diferentes concentrações de etileno (0 a 1000 ppm) em dose única. Os resultados indicam que mesmo as menores concentrações de etileno aplicadas promovem o amadurecimento uniforme dos frutos, sem diferenças aparentes entre os tratamentos. Além disso, as análises do perfil de compostos voláteis da polpa indicam que a maior diferença entre o aroma dos tratamentos é entre frutos tratados e não tratados. Os frutos que não foram tratados apresentaram maior quantidade de compostos identificados. Em todas as colheitas realizadas, o período entre o início do amadurecimento e o amadurecimento completo dos frutos foi consideravelmente curto se comparado a bananas do subgrupo Nanica. Para melhor compreender estes resultados, além do etileno, foram quantificados os teores livres dos hormônios ácido indol-3-acético (AIA) e ácido abcísico (ABA). Em comparação com estudos anteriores, com cultivares do subgrupo Nanica, a cultivar Thap Maeo produz mais etileno e ABA durante o amadurecimento, além de apresentar menores teores de AIA quando verde. Estas diferenças hormonais podem explicar o curto período de amadurecimento desta cultivar

Banana is an important staple food. Unlike the world Market, which has only the Cavendish Bananas as export bananas, Brazilian market has many Bananas varieties. However, biochemical and physiological information about these varieties are still scarce and different bananas cultivars are treated the same way in pre or post-harvest, which often affects the quality of the fruit. In this context, two issues are important to reach best fruit quality: definition of harvest time and the exogenous ethylene treatment. Now a day the harvest time is defined by the diameter of the fruits and the ethylene treatment is equal for all cultivars. However, fruits with the same diameter not always are in the same development grade and the post-harvest ethylene treatment, aiming a faster and uniform ripening, does not follow any technical recommendation. The consequences for the lack of criteria in the harvest and for the ethylene treatment might be a low quality and shelf life banana. Banana production is hampered by plant health problems occurring in the production fields, including the diseases such as the Sigatokas and the Panama Wilt. Given the threat of the banana diseases, and the damage they can cause, the introduction of resistant cultivars is the best way to reduce the pressure of these pathogens on this crop. Being resistant to Sigatokas and Panama diseases, this work aimed to know better the cultivar Thap Maeo (Musa acuminata AAB cv. Thap Maeo) whose main defect is a short shelf life. The objectives of this work were: (1) to establish the harvest time of Thap Maeo bananas using the thermal sum techniques, (2) using the physico-chemical characterization of the fruit, establish the ideal concentration of exogenous ethylene to promote uniform ripening of fruits and (3) study the hormonal balance in the fruit ripening. The first step was a field experiment to determine the base temperature and the maximum physiological age. These parameters are used to calculate the thermal sum. The next step was to harvest fruits from different times of the year to confirm the methodology. It was established a methodology to estimate the harvest time according to the season in which the fruit has developed. Five ethylene concentration were tested (0-1000 ppm). Results showed that even the low ethylene concentration applied could promote the uniform ripening of the fruits with no apparent differences between the treatments. Furthermore, the analysis of volatile compounds in the pulp indicate that the major difference between the aroma of treatments is between treated and untreated fruits. The fruits that were not treated showed a higher amount of identified compounds. For all harvested fruits, the period between the ripening start and full ripening of the fruit was short when compared to the Nanica bananas. Levels of the hormones indole-3-acetic acid and abscisic acid, in addition to ethylene, were quantified to better understand these results. Compared to previous studies, with cultivars of Nanica subgroup, the cultivar Thap Maeo produce more ethylene and ABA during ripening, and have lower IAA level in the green stage. These hormonal differences may explain the short maturity period of this cultivar
Descritores: Ácido Abscísico/análise
Produtos Agrícolas/metabolismo
Etilenos/toxicidade
-Bioquímica
Fenômenos Fisiológicos Vegetais
Compostos Orgânicos Voláteis/classificação
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T 641.3477, S243d. 30100021811-F



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde