Base de dados : LILACS
Pesquisa : G16.115 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955184
Autor: Lourenço, Luzia da S; Costa, Rosa Maria R. da; Rondon, Patrícia L; Mateus, Lúcia A. F.
Título: Individual, spatial and inter-sex variation in somatic growth: a study of Piaractus mesopotamicus (Characiformes: Serrasalmidae), a long-distance freshwater Neotropical migratory fish
Fonte: Neotrop. ichthyol;15(2):e160097, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Growth is a fundamental biological process, driven by multiple endogenous (intra-individual) and exogenous (environmental) factors that maintain individual fitness and population stability. The current study aims to assess whether individual, spatial (headwaters and floodplains) and inter-sex variation occurs in the growth of Piaractus mesopotamicus in the Cuiabá River basin. Samples were collected monthly from July 2006 to July 2007, at two areas in the Cuiabá River basin (headwaters and floodplain). Three growth models (individuals; individuals and sex factors; individuals and areas factors) were developed and compared the fish growth parameters using Akaike information criterion (AIC). The best fit to the length-at-age data was obtained by a model that considered individual variation and sex. The theoretical maximum average length ( L∞ ) was 64.99 cm for females, and 63.23 cm for males. Females showed a growth rate (k) of 0.230 yr-1and males of 0.196 yr-1. Thus, could be concluded that individual variability and sex were the main sources of variation in P. mesopotamicus somatic growth parameters.(AU)

O crescimento é um processo biológico fundamental, impulsionado por múltiplos fatores endógenos (intra-individual) e exógenos (ambientais) que mantém o fitness individual e a estabilidade populacional. Este trabalho tem como objetivo avaliar se ocorre variação individual, espacial (região de cabeceira e planície de inundação) e entre sexo no crescimento de Piaractus mesopotamicus na bacia do rio Cuiabá. Amostragens foram realizadas mensalmente entre julho de 2006 a julho de 2007, em duas áreas da bacia do rio Cuiabá (região de cabeceira e planície de inundação). Três modelos de crescimento (indivíduos, indivíduos e sexo como fator, indivíduos e área como fator) foram elaborados e comparados os parâmetros de crescimentos dos peixes com base no critério de Informação de Akaike (AIC). O melhor ajuste aos dados de comprimento na idade data foi obtido pelo modelo que considerou a variação individual e o sexo. O comprimento médio máximo teórico ( L∞ ) das fêmeas foi 64,99 cm e para os machos 63,23 cm. O coeficiente de crescimento (k) médio foi de 0,230 yr-1 e 0,196 yr-1, respectivamente para fêmeas e machos. Portanto, pode-se concluir que variabilidade individual e sexo foram as principais origem de variação dos parâmetros de crescimento somático de P. mesopotamicus.(AU)
Descritores: Caracteres Sexuais
Caraciformes/crescimento & desenvolvimento
Caraciformes/genética
Variação Biológica Individual
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde