Base de dados : LILACS
Pesquisa : G16.500.275.071 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 246 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 25 ir para página                         

  1 / 246 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
AZEVEDO, PEDRO VIEIRA DE
Texto completo
Id: biblio-890198
Autor: Santos, Débora Aparecida da Silva; Azevedo, Pedro Vieira de; Olinda, Ricardo Alves de; Santos, Carlos Antonio Costa dos; Souza, Amaury de; Sette, Denise Maria; Souza, Patrício Marques de.
Título: A relação das variáveis climáticas na prevalência de infecção respiratória aguda em crianças menores de dois anos em Rondonópolis-MT, Brasil / The relationship of climate variables in the prevalence of acute respiratory infection in children under two years old in Rondonópolis-MT, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(11):3711-3722, Nov. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Estima-se que aproximadamente 30% das doenças infantis possam ser atribuídas a fatores ambientais e 40% acometem crianças com idade inferior a cinco anos, representando cerca de 10% da população mundial. Esta pesquisa objetivou analisar a relação das variáveis climáticas na prevalência de infecção respiratória aguda (IRA) em crianças menores de dois anos em Rondonópolis-MT, de 1999 a 2014. Usou-se um estudo do tipo transversal com abordagem quantitativa e descritiva, com dados do banco de dados meteorológicos para ensino e pesquisa e do sistema de informações em saúde. Para a análise estatística, foi ajustado o modelo binomial negativo pertencente à classe dos modelos lineares generalizados, adotando-se nível de significância de 5%, com base na plataforma estatística R. Estimou-se que o número médio de casos de IRA diminui em aproximadamente 7,9% a cada grau centígrado de aumento acima da média da temperatura do ar e diminua cerca de 1,65% a cada 1% de aumento acima da média da umidade relativa do ar. Já a precipitação pluviométrica não apresentou relação com estes casos. Cabe à equipe interdisciplinar, reorientar ações práticas que auxiliem no controle e na redução dos números significativos de IRA na atenção primária à saúde, relacionados com as questões climáticas em crianças.

Abstract It is estimated that approximately 30% of childhood diseases can be attributed to environmental factors and 40% involve children under the age of five years old, representing about 10% of world population. This study aimed to analyze the relationship of climate variables in the prevalence of acute respiratory infection (ARI) in children under two years old, in Rondonopolis-MT, from 1999 to 2014. It was used a cross-sectional study with a quantitative and a descriptive approach with meteorological teaching and research data from the database from the health information system. For statistical analysis, it adjusted the negative binomial model belonging to the class of generalized linear models, adopting a significance level of 5%, based on the statistical platform R. The average number of cases of ARI decreases at approximately by 7.9% per degree centigrade increase above the average air temperature and decrease about 1.65% per 1% increase over the average air relative humidity. Already, the rainfall not associated with these cases. It is the interdisciplinary team refocus practical actions to assist in the control and reduction of ARI significant numbers in primary health care, related climate issues in children.
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente/organização & administração
Infecções Respiratórias/epidemiologia
Clima
-Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Infecções Respiratórias/terapia
Temperatura
Brasil/epidemiologia
Modelos Lineares
Prevalência
Estudos Transversais
Modelos Estatísticos
Bases de Dados Factuais
Umidade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-756187
Autor: Souza, Amaury de; Aristone, Flavio; Fernandes, Luciane; Bai, Li; Yu, Weiwei; Santos, Débora Aparecida da Silva; Sabba, Ismail.
Título: Hospitalizações por infecção respiratória associada a fatores ambientais / Hospitalizations for respiratory infections associated with environmental factors / Ingresos por infección respiratoria asociada a factores ambientales
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;27(3):312-318, set. 14. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar a relação entre variáveis meteorológicas e doenças respiratórias por faixa etária. Métodos: Trata-se de um estudo ecológico de séries temporais para o período compreendido entre 2008 e 2011. Primeiramente, as internações foram analisadas por grupo de faixa etária e, em seguida, relacionadas com informações climáticas, temperatura, precipitação, umidade relativa do ar e velocidade dos ventos, através da climatologia dinâmica e de parâmetros estatísticos, utilizando análise de regressão múltipla, teste qui-quadrado e distribuição normal. Resultados: Os resultados mostraram 12.067 registros de internações por doenças respiratórias e por faixa etária. As maiores médias de internação ocorreram na faixa etária de 1 a 4 anos, com média de 42,09%, (5.079) e acima de 60 anos, com média de 27,14% (3.274) para o período de estudo, sendo as pneumonias predominantes, com 81,0% (9.774) das internações. Verificou-se menor número de internações em janeiro e maior, em junho e julho. Conclusão: Com base nas investigações realizadas, observou-se correlação significativa entre os parâmetros climáticos e as internações por doenças respiratórias

Objective: To evaluate the relationship between the meteorological variables and respiratory diseases by age. Methods: This is an ecological time-series study, for the period comprised between 2008 and 2011. First, admissions were analyzed by age group and then related to climate information: temperature, precipitation, relative air humidity, and wind speed, through dynamic climatology and statistical parameters using multiple regression analysis, chi-square test and normal distribution. Results: The results showed 12,067 records of hospital admissions for respiratory diseases according to the age group. The highest average number of hospitalizations was found in the age range from 1 to 4 years, with a mean of 42.09% (5079), and over 60 years, with a mean of 27.14% (3274) for the study period. The highest prevalence was due to pneumonia, accounting for 81.0% (9,774) of admissions. The number of hospitalizations was lower in January and higher in June and July. Conclusion: Based on the investigations carried out, a significant correlation was observed between climate parameters and hospitalization for respiratory diseases.

Objetivo: Evaluar la relación entre variables meteorológicas y enfermedades respiratórias por franja de edad. Métodos: Se trata de un estudio ecológico de series temporales en el período entre 2008 y 2011. En primer lugar, los ingresos fueron analizados por franja de edad y, en seguida, relacionados con las informaciones climáticas, temperatura, precipitación, humidad relativa del aire y la velocidad de los vientos a través de la climatología dinâmica y parámetros estadísticos utilizándose del análisis de regresión múltiple, prueba del Chicuadrado y distribución normal. Resultados: Los resultados señalaron 12.067 registros deingresos por enfermedades respiratorias y franja de edad. Las mayores medias de ingreso se dieron en la franja de edad de 1 a 4 años con media del 42,09%, (5.079) y por encima de los 60 años con media del 27,14% (3.274) en el período del estudio, siendo las neumonías las más predominantes en el 81,0% (9.774) de los ingresos. Se verifico menos ingresos en enero y más en junio y julio. Conclusión: Basado en las investigaciones realizadas, se observó correlación significante entre los parámetros climáticos y los ingresos por enfermedades respiratorias.
Descritores: Doenças Respiratórias
Temperatura
Saúde
Clima
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011863
Autor: Duarte, Juliana Lúcia; Diaz-Quijano, Fredi Alexander; Batista, Antônio Carlos; Duarte, Alejandro Fonseca; Melchior, Leonardo Augusto Kohara; Giatti, Leandro Luiz.
Título: Variabilidade climática e internações por doenças diarreicas infecciosas em um município da Amazônia Ocidental brasileira / Climate variability and hospitalizations due to infectious diarrheal diseases in a municipality of the Western Brazilian Amazon Region
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(8):2959-2970, ago. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A morbimortalidade por doenças diarreicas infecciosas ainda representa um grave problema de saúde no Brasil e está altamente relacionada a fatores como condições climáticas, ambientais e de vida da população. O objetivo deste estudo foi analisar a associação das taxas de internações por doenças diarreicas infecciosas na população do município de Rio Branco/AC com a precipitação, o nível do rio, a umidade e a temperatura, entre os anos de 2000 e 2013. Os dados foram extraídos do Sistema de Informações Hospitalares do SUS, do Instituto Nacional de Meteorologia e da Agência Nacional das Águas. Foram ajustados modelos múltiplos de regressão de Poisson e binomial negativa. Os resultados mostram que existe uma associação positiva entre as internações por doenças diarreicas infecciosas e o nível do Rio Acre (RT:1,07; IC95%:1,04 a 1,1); houve um decréscimo de 14% nestas taxas de internações entre os anos de 2000 e 2013 (RT:0,86; IC95%:0,85 a 0,87); o grupo mais vulnerável pertence à faixa etária de menores de 1 ano de vida. Este estudo mostrou a vulnerabilidade de uma cidade na Amazônia quanto à variabilidade climática e a respectiva influência epidemiológica na incidência de internações por doenças diarreicas infecciosas.

Abstract Morbimortality due to infectious diarrheal diseases still is a serious health issue in Brazil and is highly related to factors such as weather, environment, and people's life conditions. This study aimed to analyze the relationship between hospitalization rates due to infectious diarrheal diseases among the population of the municipality of Rio Branco (AC), Brazil and precipitation, river level, humidity and temperature between 2000 and 2013. Data were retrieved from the Hospital Information System of the SUS (Unified Health System), the National Institute of Meteorology and the National Water Agency. Multiple Poisson and negative binomial regression models were adjusted. Results showed that there is a positive association between hospitalization due to infectious diarrheal diseases and the level of the Acre river (RR: 1.07; CI 95%: 1.04 to 1.1); these hospitalization rates fell 14% between 2000 and 2013 (RR: 0.86; CI 95%: 0.85 to 0.87). The most vulnerable group was the age group of less than 1 year of age. This study showed the vulnerability of an Amazonian city to climate variability and its respective epidemiological influence on the incidence of hospitalizations due to infectious diarrheal diseases.
Descritores: Clima
Disenteria/epidemiologia
Hospitalização/estatística & dados numéricos
-Temperatura
Tempo (Meteorologia)
Brasil/epidemiologia
Incidência
Cidades
Rios
Umidade
Pessoa de Meia-Idade
Programas Nacionais de Saúde
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729064
Autor: Jacobina, Ronaldo Ribeiro.
Título: Nem clima nem raça: a visão médico-social do acadêmico Juliano Moreira sobre a sífilis maligna precoce / Ni clima ni raza: visión médico-social del académico Juliano Moreira sobre la sífilis maligna precoz / Neither climate nor race: undergraduate Juliano Moreira's medical-social vision about the early malignant syphilis
Fonte: Rev. baiana saúde pública;38(2), abr.-jun. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Estudo da obra inaugural do dermatologista/psiquiatra Juliano Moreira, com base nos princípios da moderna historiografia. O objetivo deste estudo foi analisar sua tese doutoral sobre a influência do clima e da raça na malignidade e precocidade da sífilis. Inicialmente, realizou-se uma breve discussão sobre a história da sífilis. Em seguida, foram feitas a descrição e a análise da tese "Etiologia da sífilis maligna precoce", escrita pelo acadêmico Juliano Moreira aos 18 anos. A obra centra-se nos determinantes da maior frequência e gravidade da sífilis, examinando duas teses hegemônicas na época: clima quente e determinação racial. O formando apresenta revisão bibliográfica em que revela domínio de seis idiomas e ilustra seu trabalho com casos clínicos. Juliano Moreira enfatiza o "terreno", fatores que debilitam o hospedeiro, desde doenças associadas à sífilis, idade, gravidez/puerpério e os determinantes sociais, como higiene, condições de trabalho e acesso precoce ao tratamento. Em relação ao clima, faz minuciosa investigação sobre as zonas isotérmicas (fria-temperada-quente-tórrida), encontrando variações que a temperatura não explica. Revela consciência étnica ao enfrentar o preconceito, caucionado no discurso científico da inferioridade biológica da "raça negra" e, numa visão médico-social, identifica maior frequência e "malignidade" nas classes sociais subalternas. Constata-se cuidado metodológico, revisão detalhada/crítica, mas, sobretudo, originalidade na discussão dos estudos e dos casos observados, com reflexões de evidente contemporaneidade.

Study related to the first work of the dermatologist and psychiatrist Juliano Moreira, based on the principles of modern historiography. The objective of this study was to analyze his PhD thesis about the influence of climate and race in malignancy of early syphilis. Initially, a brief discussion about syphilis history was performed. Then, the thesis "Etiology of early malignant syphilis", written by Juliano Moreira when he was 18 years old, was described and analyzed. The work focuses on the determinants of greater frequency and severity of syphilis by examining two hegemonic theories in that period: warm climate and racial determination. The graduate student presents a literature review that reveals his wisdom on six languages, and illustrates his work with clinical cases. Juliano Moreira emphasizes the 'ground', factors that weaken the host from diseases associated with syphilis, ages, pregnancy/puerperium and social determinants, such as hygiene, working conditions, and early access to treatment. Regarding climate, he makes a thorough analysis of isothermal zones (cold-temperate-hot-torrid), and found variations that cannot be explained by temperature. He also showed ethnic consciousness when facing prejudice, which was supported in the scientific discourse of the biological inferiority of "black race", and a social-medical point of view that identifies the greater frequency and "malignancy" on issues related to different social classes. It was found profound methodological care, detailed review and critique, mainly originality in the discussion of observed studies and clinical cases, with clear contemporaneity reflections.

Estudio de la primer obra del profesional de dermatología y psiquiatría Juliano Moreira con base en los principios de la moderna historiografía. El objetivo del estudio fue analizar su tesis doctoral sobre la influencia del clima y de la raza en la malignidad y precocidad de la sífilis. Fue inicialmente realizada una rápida discusión acerca de la historia de la sífilis. Después, la descripción y el análisis de la tesis "Etiología de la sífilis maligna precoz", escrita por el académico Juliano Moreira a los 18 años, fueron hechas. La obra se centra en los determinantes de la mayor frecuencia y severidad de la sífilis, examinando dos tesis hegemónicas en aquella época: clima caliente y determinación racial. Lo formando presenta revisión bibliográfica en que revela dominio de seis idiomas e ilustra su trabajo con casos clínicos. Juliano Moreiraenfatiza lo "terreno", factores que debilitan el azafato, desde enfermedades asociadas a la sífilis, edad, embarazo/puerperio y los determinantes sociales como higiene, condiciones de trabajo y acceso previo al tratamiento. En relación al clima, hace minuciosa análisis de las zonas isotérmicas (fría-revenida-caliente-tórrida), encontrando variaciones que la temperatura no explica. Revela conciencia étnica al enfrentar el prejuicio, caucionado en el discurso científico de la inferioridad biológica de la "raza negra", y en una visión médico-social, identifica mayor frecuencia y malignidad en las clases sociales más bajas. Se constata cuidado metodológico, repaso detallado/crítica, pero, sobre todo, originalidad en la discusión de los estudios y de los casos observados, con reflexiones de evidente contemporaneidad.
Descritores: Medicina Social
Sífilis
Clima
Grupos de Populações Continentais
História da Medicina
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  5 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119454
Autor: Olivares, Barlin Orlando; Zingaretti, María Laura.
Título: Aplicación de métodos multivariados para la caracterización de periodos de sequía meteorológica en Venezuela / Application of multivariate methods for the characterization of meteorological drought periods in Venezuela
Fonte: Rev. luna azul;48:172-192, Enero 01, 2019. graf, tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: El análisis multivariado consiste en determinar si existen maneras más simples de representar un conjunto de datos complejo, además de explorar si las observaciones se concentran en grupos y si existe una interdependencia entre los elementos. Este tipo de técnicas se han utilizado ampliamente para analizar datos climatológicos. Es por ello que el objetivo de esta investigación fue caracterizar la ocurrencia de períodos de sequía por medio de series temporales del Índice Normalizado de Precipitación (SPI) para siete localidades agrícolas de Venezuela, mediante el uso de dos métodos multivariados. A través del SPI, se cuantificaron las condiciones de déficit o exceso de precipitación en las localidades agrícolas con una escala mensual del periodo 1980-2014. Para el análisis, se usó la combinación de dos métodos multivariados: el Análisis de Coordenadas Principales de las matrices de datos usando distancia Euclídea y el Análisis de Conglomerados. En las siete localidades se describieron dos o tres grupos de años de SPI. En el caso de las localidades que resultaron con tres grupos (CENIAP, El Cují y Yaritagua) estos se categorizaron en años húmedos, años intermedios y años con déficit hídrico significativo. En tanto que, en el caso de las localidades que resultaron con dos grupos (Turén, Quíbor, Mucuchíes y Bramón) se clasificaron en años húmedos y años asociados al déficit hídrico. La aplicación de estos métodos multivariados permitió identificar los patrones espaciales mensuales dominantes del SPI sobre las localidades estudiadas, además de estar relacionados con la ocurrencia de sequías locales de gran importancia desde el punto de vista agrícola.

Multivariate analysis consists in determining if there are simpler ways to represent a complex set of data, besides exploring if the observations are concentrated in groups and if there is interdependence between the elements. These types of techniques have been widely used to analyze climatological data. That is why the objective of this research was to characterize the occurrence of drought periods by means of time series of the Standard Precipitation Index (SPI) for seven agricultural locations in Venezuela, by using two multivariate methods. The conditions of deficit or excess of precipitation in the agricultural localities were quantified through the SPI with a monthly scale of the period 1980-2014. The combination of two multivariate methods was used for the analysis: Principal Coordinate Analysis of the data matrices using Euclidean distance and Cluster Analysis. Two or three groups of years of SPI were described in the seven locations. In the case of the locations that resulted with three groups (CENIAP, El Cují and Yaritagua), these were categorized in wet years, intermediate years and years with significant water deficit. Meanwhile, in the case of the locations that resulted with two groups (Turén, Quíbor, Mucuchíes and Bramón), they were classified into wet years and years associated with the water deficit. The application of these multivariate methods made it possible to identify the dominant monthly spatial patterns of the SPI on the studied locations, besides being related to the occurrence of local droughts of great importance from the agricultural point of view.
Descritores: Agricultura
-Venezuela
Clima
Secas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO54.1 - Centro de Biblioteca e Información Científica


  6 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-512630
Autor: Oliveira, Paulo Jorge de; Rocha, Edson José Paulino da; Fisch, Gilberto; Ribeiro, João Batista Miranda.
Título: Efeitos de um evento de friagem nas condições meteorológicas na Amazônia: um estudo de caso / Meteorological effects of a cold spell event over Amazonia: a case study
Fonte: Acta amaz;34(4):613-619, out.-dez. 2004. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A influência do fenômeno da friagem nas variáveis meteorológicas e nos fluxos de energia e CO2 , foi realizada numa área de floresta próxima à região de Ji-Paraná, Rondônia, durante o mês de junho de 2001. A friagem ocasionou uma diminuição de 35 por cento no valor da temperatura do ar. Notou-se uma redução de 75 W.m-2, na radiação solar incidente, associada à nebulosidade presente em decorrência da penetração da massa de ar fria. Conseqüentemente, tanto o fluxo de calor sensível (H) quanto o de calor latente (LE), apresentaram uma diminuição no seu valor médio diário, apresentando uma diferença em relação aos dias normais de 8 e 34 por cento, respectivamente. A concentração de CO2 permaneceu constante, sem apresentar o aumento comum durante a noite, devido à condição de vento forte típica da friagem. Em situação normal o fluxo médio durante o dia de CO2 (-2,44 mmol m-2 s-1) foi menor que durante os dias de friagem (-5,78 mmol m-2 s-1); enquanto que os fluxos médios noturnos foram +1,77mmol m-2 s-1 e +2,83mmol m-2 s-1 durante situações de dias normais e de friagem, respectivamente.

Observations of the influence of a Cold Spell phenomena on meteorological variables and on energy and CO2 fluxes were made in a forest site near Ji-Paraná, Rondonia, during June 2001. Friagem caused a diminution of 35 percent at air temperature. A reduction of 75 W.m-2 from normal days (200 W.m-2) to cold days (125 W.m-2) in the mean incoming solar radiation was also observed. During the Cold Spell days, both sensible heat (H) and latent heat fluxes (LE) showed a decrease in their mean daily value, showing a difference from normal days of 8 e 34 percent, respectively. The CO2 concentration remained constant, without increase during the night, due to the windy condition of cold days. During normal days the mean diurnal CO2 flux (-2,44 mmol m-2 s-1) was lesser than that one at phenomena days (-5,78 mmol m-2 s-1), while the mean nocturnal fluxes were +1,77mmol m-2 s-1 e +2,83mmol m-2 s-1 during normal and cold days, respectively.
Descritores: Carbono
Clima
Ecossistema Amazônico
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  7 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-512638
Autor: Moura, Marcos Antonio Lima; Meixner, Franz X; Trebs, Ivonne; Lyra, Roberto Fernando da Fonseca; Andreae, Meinrat O; Nascimento Filho, Manoel Ferreira do.
Título: Evidência observacional das brisas do lago de Balbina (Amazonas) e seus efeitos sobre a concentração do ozônio / Observational evidence of lake breezes at Balbina lake (Amazonas, Brazil) and their effect on ozone concentrations
Fonte: Acta amaz;34(4):605-611, out.-dez. 2004. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Mecanismos de vento local, tal como as brisas, influenciam o transporte e dispersão dos gases. Medidas da direção do vento e concentração de ozônio (O3) à 10 metros de altura foram realizadas durante a execução do projeto LBA/CLAIRE-2001 (Large Scale Biosphere-Atmosphere Experiment in Amazônia / Cooperative LBA Airbone Regional Experiment - 2001), no período de 02 a 28.07.2001, nas dependências do Laboratório de Limnologia (01° 55' S, 59°28' W, 174 m) pertencente à Usina Hidrelétrica de Balbina, Amazonas. O lago artificial tem uma área de 2.360 km², sendo suficientemente grande para estabelecer um regime de brisas. As brisas de lago e floresta apresentam-se de forma bem definidas, sendo que a brisa de lago fica melhor caracterizada no período mais quente do dia (10 às 14 horas), enquanto a brisa de floresta evidencia-se no período de 16 às 08 horas com o resfriamento radiativo mais intenso da floresta, o que acarreta um forte contraste térmico. Enquanto isso, a concentração média diária (24 h) de O3 foi de 8,7 ppbv com média de 10,6 ppbv no período diurno e 3,5 ppbv no período noturno. Os resultados também indicaram que quando a brisa é de lago, mesmo a noturna, a concentração de O3 é muito maior do que correspondente a concentração referente a brisa de floresta.

Local wind systems, such as sea or lake breezes, strongly affect the transport and dispersion of atmospheric trace gases. Based on its size and location, the artificial lake of Balbina in the Amazon - can be expected to give rise to a lake/forest breeze regime. During the period 2 to 28 July 2002, within the LBA/CLAIRE-2001 experiment, we have continually measured the ozone concentrations (O3) and the wind directions close to the Balbina dam. We found that there is indeed a well established breeze system, with lake breezes prevailing during mid-day (10 to 14 LT) while forest breezes prevail from the afternoon to early morning (16 to 8 LT). During the latter period radioactive cooling in the forest creates a strong local thermal contrast. The average daily ozone concentration was 8.7 ppbv, with an average of 10.6 ppbv during the day, and 3.5 ppbv at night. When local winds came from the lake, even at night, ozone concentrations were greater compared to breezes coming from the forest.
Descritores: Clima
Ecossistema Amazônico
Ciclo do Carbono
Conceitos Meteorológicos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1128219
Autor: Oliveira, Fernando J.A. de; Rodrigues, Joslea S; Teles, Livia A. C; Nogueira, Julia A. D.
Título: Transporte ativo no trajeto escolar: uma revisão integrativa / Active transport at the school path: an integrative review
Fonte: Rev. bras. ciênc. mov;2(28):65-75, abr.-jun. 2020. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: o transporte ativo pode ser uma oportunidade para desenvolver comportamentos mais saudáveis na vida das crianças e jovens. O presente estudo busca identificar barreiras e facilitadores desse comportamento, bem como suas interfaces com a saúde dos escolares por meio de revisão de literatura. Trata-se de uma revisão integrativa de literatura realizada nas bases eletrônicas BVS, Scielo e periódico Capes, utilizando os descritores mobilidade, transporte, deslocamento, ativo, sustentável, estudantes, escolares e trajeto escolar em português, inglês e espanhol. Foram incluídos estudos realizados nas Américas e publicados nos últimos cinco anos. Os 16 artigos selecionados foram desenvolvidos no Brasil, Canadá, México e Estados Unidos, sendo que a maioria deriva de pesquisas mais amplas. Os resultados indicam que a prevalência de transporte ativo no trajeto escolar variou entre 10% nos Estados Unidos e 76% no Brasil. Alguns facilitadores desse comportamento foram: pais que utilizam transporte ativo; expectativa dos pais; percepção dos pais sobre boa estrutura e segurança; crianças mais velhas, sem veículos, de grandes cidades, com menor satisfação familiar, com maior número de dias fisicamente ativos; ser homem; presença de adulto e clima. Algumas barreiras foram: distâncias; maior idade, nível de escolaridade da mãe e classe econômica; maior tempo de trabalho dos pais; posse de veículo; zona urbana; bullying; muita coisa para carregar, ausência de árvore, criminalidade; presença de animais vadios e ter etnia latina. A interface do transporte ativo no trajeto escolar com a saúde foi reportada com o nível de atividade física, obesidade/sobrepeso (saúde individual) e barreiras e facilitadores a esse tipo de deslocamento (saúde ambiental). Considerando que atitudes cultivadas na infância têm grandes chances de permanecer na vida adulta, o transporte ativo no trajeto escolar pode ser uma estratégia na criação de hábitos saudáveis e sustentáveis que contribuam para melhor qualidade de vida, desde que se considerem seus determinantes e condicionantes...(AU)

the active transport can be an opportunity to develop healthier beh av iors in t h e lives of children and young people. The present study seeks to identify barriers and facilitators of this behavior, as well as their interfaces with the students' health through a literature review. It is an integrative literature review carried out on the electronic databases BVS, Scielo and Capes periodical, using the descriptors of mobility, transport, displacement, active, sustainable, students, school and schoo l p ath in Po rtuguese, English and Spanish. Studies carried out in the Americas and published in the last five years were included. The 16 selected papers were developed in Brazil, Canada, Mexico and the United States, with most of them deriving from broader researches. The results obtained reveal t he p revalence of active transport in school path varied between 10% in the United States and 76% in Brazil. Some facilitators of this behavior were: parents or adults who use active transport; parental expectation; parents' perception of good structure and safety; older children, without vehicles, large cities, with less family satisfaction, with more days of physical activities; be a man; adult presence and climate. Some barriers were: dist an ces; older age, mother's education level and economic class; longer working time for parents; vehicle ownership; urban area; bullying; a lot to carry, few trees, crime; presence of stray anim als and having Latin ethnicity. The interface between active transport in the school path and health was rep o rted as the level of hysical activity, obesity/overweight (individual health) and barriers and facilitators to this type of displacement (environmental health). Considering that attitudes cultivated in childhood are very likely to remain in adulthood, active transportation on the school path can be a strategy in creating h ealthy and sustainable habits that contribute to a better quality of life, as long as its determinants and condit ions are considered...(AU)
Descritores: Segurança
Estudantes
Árvores
Transporte Biológico Ativo
Exercício Físico
Grupos Étnicos
Família
Saúde do Estudante
Clima
Área Urbana
Crime
Menores de Idade
Educação
Escolaridade
Bullying
Hábitos
Literatura
Mães
-Estilo de Vida Saudável
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Revisão Sistemática
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  9 / 246 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-448137
Autor: Soares, Terezinha de Jesus; Higuchi, Niro.
Título: A convenção do clima e a legislação brasileira pertinente, com ênfase para a legislação ambiental no Amazonas / The UN convention on climate change and the pertinent Brazilian legislation with emphasis on the environmental legislation in the State of Amazonas
Fonte: Acta amaz;36(4):573-580, out.-dez. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho analisou o desempenho do Brasil no cumprimento das obrigações definidas pela Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (Art. 4.1), do ponto de vista do Direito Internacional e do Direito Positivo Interno, especialmente as normas de Direito Ambiental. Comparou-se a legislação nacional com as normas oriundas da Convenção e as atividades implementadas pelos organismos nacionais, incluindo políticas e programas ambientais, procurando identificar pontos de convergência e de conflito para indicar o que precisa ser feito e permitir, onde necessário, a adaptação das normas internas à consecução dos objetivos traçados. Pretendeu-se demonstrar como se dá a participação do Amazonas nos compromissos para com as mudanças climáticas e, de acordo com os resultados alcançados, oferecer sugestões à gestão de políticas públicas voltadas para o cumprimento das metas traçadas pela Convenção e assumidas pelo Brasil.

This work has analyzed the performance of Brazil in relation to the fulfillment of the obligations defined by the United Nations Framework Convention on Climate Change (Article 4.1), from the point of view of the International Law, Internal Positive Law and especially the rules of Environmental Law. It compared the national legislation with the norms originated from the Convention and the activities implemented by the national organisms, including policies and environmental programs, trying to identify the convergent and conflicting points in order to indicate what has to be done, and to allow, where necessary, norms to accomplish the objective planned. This work aimed to show the Amazonas State commitments in relation to the Convention, and to offer suggestions to the administration of public policies directed to the fulfillment of aims determined by the Convention and undertaken by Brazil.
Descritores: Clima
Efeito Estufa
Ecossistema Amazônico
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  10 / 246 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1103034
Autor: Araya Vargas, Claudio.
Título: Condicionantes para la atención primaria en una Posta de Salud Rural en el extremo sur de Chile / Conditioning factors in primary healthcare at a Rural Health Station in the far south of Chile
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);22(2):185-188, ago. 2016.
Idioma: es.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Planos e Programas de Saúde
Chile
Clima
Zonas Remotas
Acesso aos Serviços de Saúde
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: AR392.1 - Biblioteca



página 1 de 25 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde