Base de dados : LILACS
Pesquisa : G16.500.275.157.531 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 226 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 23 ir para página                         

  1 / 226 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1147293
Autor: Faria, Mayara Cristina Gomes de; Silva Neto, Carlos de Melo e; Lima, Pedro Augusto Fonseca; Chagas, Matheus Peres; Tomazello Filho, Mario; Sette Junior, Carlos Roberto.
Título: Brazilian cerrado species: wood characteristics / Espécies do cerrado brasileiro: características da madeira
Fonte: Biosci. j. (Online);36(4):1335-1352, 01-06-2020. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The characterization of wood anatomy and proprieties can provide subsidies for rational use of tree species. Enables, oftentimes, the definition of technological potential of wood - and wood products - through the assessment of quality information and also allows it ́s correct identification, contributing to the timber production chain. The objective of this study was to contribute to the knowledge about wood properties of the Cerrado biome (Brazilian savanna) species trough the anatomical characterization and determination of density profile. Twenty trees species belonging to thirteen families occurring in Pirenópolis, Goiás and Brasília, Federal District, Brazil, was selected and radial samples were removed from the tree trunks at the DBH (1.30 m) in a non-destructive way using an incremental probe and a motorized extractor. The qualitative and quantitative anatomical parameters of vessels and fibers and the wood density were determined in the collected samples. Species presented fibers with mean values between 900.5 and 2052.9 µm for the length; 18.1 and 27.7 µm for the diameter; and 4.4 to 9.4 µm for the wall thickness. The species presented a variation in the vessel dimensions from 29.2 to 155.6 µm for the diameter; 17.7 to 32.5% for occupied area; and 2.6 to 165 to vessels.mm-2. The apparent density presented mean values between 0.36 and 1.21 g cm-3. The specie that presented the highest variation of wood density was A. fraxinifolium. According to the radial profiles two patterns of increasing and stable variation in the apparent density of the pith to bark were defined as a function of the wood anatomical characteristics.

A caracterização anatômica e das propriedades da madeira pode auxiliar na tomada de decisão quanto ao uso racional de espécies. Possibilita, muitas vezes, a definição do potencial tecnológico da madeira - e produtos - fornecendo acesso a informações sobre a sua qualidade, além de sua correta identificação, contribuído com a cadeia produtiva madeireira. O objetivo deste estudo foi investigar e caracterizar as propriedades da madeira de espécies arbóreas do Cerrado, através da descrição anatômica e determinação do perfil de densidade. Foram selecionadas 20 espécies pertencentes a treze famílias, na cidade de Pirenópolis, Goiás e Brasília, Distrito Federal, Brasil, e amostras radiais foram retiradas dos troncos das árvores no DAP (1,30 m) de forma não destrutiva, utilizando-se uma sonda de incremento e um extrator motorizado. Nas amostras coletadas, foram determinados os parâmetros anatômicos qualitativos e quantitativos dos vasos e das fibras e a densidade aparente da madeira. As espécies apresentaram fibras com valores médios entre 900,5 a 2052,9 µm para o comprimento; 18,1 a 27,7 µm para o diâmetro e 4,4 a 9,4 µm para a espessura da parede; e variação nas dimensões dos vasos de 29,2 a 155,6 µm para o diâmetro; 17,7 a 32,5% para área ocupada; e 2,6 a 165 vasos.mm-2 para a frequencia dos vasos. A densidade aparente apresentou valores médios entre 0,36 e 1,21 g cm-3. A espécie que apresentou a maior variação de densidade de madeira foi A. fraxinifolium. De acordo com os perfis radiais, dois padrões de variação crescente e estável na densidade aparente, da medula para casca, foram definidos como uma função das características anatômicas.
Descritores: Madeira
Pradaria
Desenvolvimento Sustentável
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1146984
Autor: Santos, Igor Silva; Mantovani, Everardo Chartuni; Venancio, Luan Peroni; Cunha, Fernando França da; Aleman, Catariny Cabral.
Título: Controlled water stress in agricultural crops in brazilian cerrado / Estresse hídrico controlado em lavouras agrícolas no cerrado brasileiro
Fonte: Biosci. j. (Online);36(3):886-895, 01-05-2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Considering the scenarios with reduction of water availability, the need to increase water use efficiency and crop yield, the objective of this study was to evaluate the effect of reducing the evapotranspiration of the main irrigated crops on productivity. Data from the years 2005 to 2016 for carrot, garlic, potato, sugarcane, bean, maize, soybean, wheat, coffee and cotton crops grown in the Brazilian states of Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Distrito Federal and Mato Grosso were collected. The crops were irrigated by central-pivot irrigation and drip irrigation systems, and irrigation management was performed using IRRIGER® software. With the information on potential crop evapotranspiration (ETpc) and crop evapotranspiration (ETc), it was possible to obtain a reduction of ETpc (%) for all crops. For all scenarios, these data were confronted with crop productivity and regression models were fitted. It was concluded that the maximum reductions of ETpc (%) without affecting productivity are 5% for garlic and potato, 12% for maize, 13% for bean, 15% for wheat, 20% for soybean and cotton, 25% for sugarcane and 30% for coffee.

Diante dos cenários com redução da disponibilidade hídrica, necessidade de aumento da eficiência no uso da água e da produtividade das culturas agrícolas, objetivou-se neste trabalho avaliar o efeito da redução da evapotranspiração na produtividade das principais culturas irrigadas. Informações foram coletadas nas safras dos anos de 2005 à 2016 para as culturas da cenoura, alho, batata, cana-de-açúcar, feijão, milho, soja, trigo, café e algodão cultivadas nos estados da Bahia (BA), Minas Gerais (MG), São Paulo (SP), Goiás (GO), Distrito Federal (DF) e Mato Grosso (MT). As culturas foram irrigadas por sistemas de irrigação por pivô central e gotejamento, sendo que os manejos de irrigação foram realizados por meio do software IRRIGER®. Com as informações de evapotranspiração potencial da cultura (ETpc) e evapotranspiração da cultura (ETc) foi possível obter a redução da ETpc (%) para todos os cultivos. Para todos os cenários, estes dados foram confrontados com a produtividade das culturas e modelos de regressão foram ajustados. Concluiu-se que a redução máxima de ETpc (%) sem afetar a produtividade é 5% para o alho e batata, 12% para o milho, 13% para o feijão, 15% para o trigo, 20% para a soja e algodão, 25% para a cana-de-açúcar e 30% para o café.
Descritores: Evapotranspiração
Produtos Agrícolas
Pradaria
Desidratação
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  3 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-512627
Autor: Barbosa, Reinaldo Imbrozio; Ferreira, Carlos Alberto Cid.
Título: Biomassa acima do solo de um ecossistema de "campina" em Roraima, norte da Amazônia brasileira / Aboveground biomass of a "campina" ecosystem in Roraima, Northern of Brazilian Amazonia
Fonte: Acta amaz;34(4):577-586, out.-dez. 2004. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foi estimada a biomassa (viva + morta) acima do solo de um ecossistema de "campina" localizado em Roraima, norte da Amazônia brasileira. A biomassa foi determinada a partir de um inventário fitossociológico (1 ha amostral) e distribuída em dois estratos: (1) gramíneo-lenhoso, composto de "ervas + liquens" (Poaceae, Cyperaceae, Eriocaulaceae, Cladonia spp), Bromeliaceae, plântulas, "litter" fino e grosso e, (2) arbóreo-arbustivo, composto por árvores e arbustos. O estrato gramíneo-lenhoso foi estimado pelo método direto (corte e pesagem) através de 10 quadras de 1m², aproveitando os transectos do inventário. O estrato arbóreo-arbustivo foi estimado pelo método indireto com o corte de 98 indivíduos de diferentes espécies e diâmetros. Foi gerado um modelo para expressar a relação entre a biomassa seca total (kg), a circunferência de base (cm) e a altura total (m) para os indivíduos deste estrato. A equação foi aplicada nos 3.966 indivíduos.ha-1 observados no inventário. A biomassa total foi estimada em 15,91 t.ha-1, sendo 2,20 ± 0,23 t.ha-1 (13,8 por cento) do estrato gramíneo-lenhoso e 13,70 ± 7,13 t.ha-1 (86,2 por cento) do arbóreo-arbustivo. A espécie arbórea de maior biomassa foi Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (8,43 t.ha-1), seguida de Pagamea guianensis Aubl. (1,14 t.ha-1). Estes resultados são importantes para refinar os cálculos de emissão de gases do efeito estufa pela queima e decomposição da biomassa acima do solo em ecossistemas de campinas na Amazônia.

The aboveground biomass of a "campina" ecosystem was estimated in Roraima, in the northern portion of Brazilian Amazonia. The biomass was determined from a phytosociological inventory (1 ha) and distributed between two categories: (1) grassy-woody, composed of "herbs+lichens" (Poaceae, Cyperaceae, Eriocaulaceae, Cladonia spp), Bromeliaceae, seedlings, fine and coarse litter and, (2) woody, composed of trees and bushes. The grassy-woody category was estimated by the direct method (cutting and weighing) in 10 1-m² plots, taking advantage of transects of the inventory. The category woody was estimated by the indirect method cutting 98 individuals of different species and diameters. A model was generated to express the relationship among total dry above-ground biomass (kg), base circumference (cm) and total height (m) for the individuals in this category. The equation was applied to the 3,966 ind.ha-1 observed in the inventory. The total biomass was estimated at 15.91 t.ha-1, of which 2.20 ± 0.23 t.ha-1 (13.8 percent) was in the grassy-woody category and 13.70 ± 7.13 t.ha-1 (86.2 percent) in woody category. The tree species with the highest biomass was Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (8.43 t.ha-1), followed by Pagamea guianensis Aubl. (1.14 t.ha-1). These results are important for refining the calculations of greenhouse-gas emissions from burning and decomposition of above-ground biomass in "campina" ecosystems in the Amazon region.
Descritores: Biomassa
Pradaria
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  4 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-512628
Autor: Barbosa, Reinaldo Imbrozio; Ferreira, Carlos Alberto Cid.
Título: Densidade básica da madeira de um ecossistema de "campina" em Roraima, Amazônia brasileira / Wood density of trees in a "campina" ecosystem in Roraima, Brazilian Amazonia
Fonte: Acta amaz;34(4):587-591, out.-dez. 2004. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Densidade básica (g.cm-3: peso seco / volume úmido) da madeira foi determinada para 13 das principais espécies arbóreo-arbustivas de um ecossistema de "campina" (caatinga amazônica) situado em Roraima, extremo norte da Amazônia brasileira. As amostras de madeira para o cálculo da densidade básica de cada espécie foram compostas por "discos amostrais" (casca, alburno e cerne) de diferentes classes diamétricas. No total, foram amostrados 98 indivíduos, perfazendo 150 peças de madeira (52 com diâmetro < 1,6cm; 63 entre 1,6-3,2cm, 27 entre 3,2-4,8cm e 8 > 4,8cm). A espécie de maior densidade média foi Matayba arborescens (Aubl.) Radlk. (0,68 g.cm-3), seguida de Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (0,67 g.cm-3) e Pera schomburgkiana Müel. Arg. (0,64 g.cm-3). As classes de menor diâmetro foram também as de menor valor absoluto: 0,59 ± 0,06 (DP) g.cm-3 (< 1,6cm), 0,64 ± 0,08 g.cm-3 (1,6-3,2cm), 0,67 ± 0,06 g.cm-3 (3,2-4,8cm) e 0,69 ± 0,10 g.cm-3 (> 4,8cm). A média ponderada pela biomassa do ecossistema foi de 0,64 ± 0,08 g.cm-3. Este resultado é 15,2 por cento inferior ao comumente utilizado para transformação de volume de madeira em biomassa para ecossistemas de "campina" na Amazônia, influenciando diretamente nos cálculos de emissão de gases do efeito estufa.

Wood density (g.cm-3: oven-dry weight / wet volume) was determined for 13 of the main tree species of a "campina" ecosystem (Amazon caatinga) located in Roraima, north portion of Brazilian Amazonia. The wood samples for calculation of the density of each species were "sample disks" (bark, sapwood and heartwood) of different diameter classes. In total, 98 individuals were sampled in 150 wood pieces (52 with diameter < 1.6cm; 63 to 1.6-3.2cm, 27 to 3.2-4.8cm and 8 > 4.8cm). The species with the highest wood density was Matayba arborescens (Aubl.) Radlk. (0.68 g.cm-3), followed by Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (0.67 g.cm-3) and Pera schomburgkiana Müel. Arg. (0.64 g.cm-3). The smaller diameter classes were also those with lower density: 0.59 ± 0.06 (SD) g.cm-3 (< 1.6cm), 0.64 ± 0.08 g.cm-3 (1.6-3.2cm), 0.67 ± 0.06 g.cm-3 (3.2-4.8cm) and 0.69 ± 0.10 g.cm-3 (> 4.8cm). The weighted mean by biomass of the ecosystem was 0.64 ± 0.08 g.cm-3. This result is lower by 15.2 percent than that presently used for transformation of wood volume in biomass for "campina" ecosystems in Amazonia, influencing directly in the calculations of greenhouse gas emissions.
Descritores: Ecossistema Amazônico
Pradaria
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1146420
Autor: Santos, Lucinéia dos; Viel, Amanda Martins; Tarosso, Leandro Fagundes; Momesso, Luciano da Silva; Palmieri, Dario Abel; Spera, Kamille Daleck.
Título: Medicinal plants of the brazilian cerrado: knowing to preserve / Plantas medicinais do cerrado brasileiro: sabendo preservar
Fonte: Biosci. j. (Online);36(2):556-567, 01-03-2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: The Cerrado is the second largest biome in Brazil and presents an immeasurable and still underexplored ecological diversity. Despite the exuberance of its endemic species, it is one of the 25 global hotspots, due to a high natural biodiversity wealth along with an expressive environment destruction. In this study, we surveyed the knowledge on medicinal use of Cerrado plants held by individuals living in a predominantly Cerrado region. A semi-structured individual questionnaire for qualitative socio-economic characterization and medicinal use of plants was applied to Public Health Service users of the city of Assis, State of Sao Paulo, Brazil. This study was approved by the Ethics Committee of the Assis Regional Hospital (Protocol 4812010). Out of 149 respondents, 90.6% reported knowledge and/or use of plants for therapeutic purposes. Among 115 mentioned plant species, only 11.4% belong to the Cerrado. We also evaluated how matching were the reported uses and the respective published data from scientific studies on the plants' medicinal properties. It was verified that for the few Cerrado plants cited, the respondents described several medicinal applications not scientifically described. More precisely, 60.5% of all medicinal applications were not found in the scientific literature. Besides that, many of the therapeutic effects described in the literature for the Cerrado species were not cited by the interviewed population. Our results indicate a relative unawareness of people on the medicinal potential of the native species of their residence region. We suggest that strengthening connection between popular and scientific knowledge, along with spreading such knowledge, could contribute for an improved valuation about the Cerrado biome and consecutive preservation of it.KEYWORDS: Popular knowledge. Scientific knowledge. Valuation about the biome. INTRODUCTION Use of medicinal plants dates back to ancient times (DUTRA et al., 2016) and, over time, accumulated empirical evidence produced from popular knowledge has enabled incorporation of phytotherapy into traditional medicine with positive results (SANTOS et al., 2011). With the advent of ethnobotany and ethnopharmacology, many of these plants began to be safely used in the production ofherbal medicines for treatment of different diseases, such as infections, tissue inflammation, and pain (EKOR, 2014). It is currently known that several secondary metabolites produced by plants not only protect themselves from herbivory and pathogens, for instance (FÜRSTENBERG-HÄGG; ZAGROBELNY; BAK, 2013; SANCHÉZ-SANCHÉZ; MORQUECHO-CONTRERAS, 2017), but also have beneficial effects on human health (TAIZ; ZEIGER, 2010). However, in many countries, including those that hold a large biodiversity, the native medicinal flora is still barely studied by scientific methods (RIBEIRO et al., 2014). The Cerrado is the second largest biome after the Amazon in Brazil. Although the extensive area of 2,036,448 km2 occupied nowadays by this biome (BARBOSA, 2017), much of the Cerrado has already been transformed into pasture, grain crops or devastated for other uses (KLINK; MACHADO, 2005). Currently, only 8,21% of its total area is fully protected (BARBOSA, 2017). As a result, it is one of the most threatened biomes in the world. According to Mittermeier et al. (2005), the Brazilian Cerrado is one of the 25 global hotspots, areas with concentration of endemic species and exceptional ongoing destruction. Many communities resident in Cerrado regions are comprised of poor people with restricted access to public health services and often dependent Received: 14/05/18 Accepted: 20/11/19

O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil, apresenta uma diversidade ecológica imensurável e ainda pouco explorada. Apesar da exuberância de suas espécies endêmicas, é um dos 25 hotspots globais, pois apresenta alta riqueza natural em termos de biodiversidade e destruição expressiva de seu meio ambiente. Neste estudo, pesquisamos o conhecimento sobre o uso medicinal de plantas do Cerrado entre indivíduos que vivem em uma região predominantemente do Cerrado. Um questionário individual semiestruturado com perguntas de caráter socioeconômicas qualitativas e referentes ao uso medicinal de plantas foi aplicado aos usuários do Serviço de Saúde Pública da cidade de Assis, Estado de São Paulo, Brasil. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética do Hospital Regional de Assis (Protocolo 4812010). Dos 149 entrevistados, 90,6% relataram conhecimento e / ou uso de plantas para fins terapêuticos. Entre as 115 espécies de plantas mencionadas, 11,4% pertencem ao Cerrado. Também avaliamos a correlação entre os usos relatados e os respectivos dados publicados em estudos científicos sobre as propriedades medicinais das plantas.Verificou-se que, para as poucas plantas de Cerrado citadas, os entrevistados descreveram diversas aplicações medicinais não descritas cientificamente. Mais precisamente, 60,5% do total das aplicações medicinais não foram encontrados na literatura científica. Além disso, muitos dos efeitos terapêuticos descritos na literatura para as espécies do Cerrado não foram citados pela população entrevistada. Portanto, sugerimos que o fortalecimento da conexão entre conhecimento popular e científico, aliado à disseminação desse conhecimento, poderia contribuir para uma maior valorização do bioma Cerrado e consequentemente a preservação do mesmo.
Descritores: Plantas Medicinais
Pradaria
-Brasil
Ecossistema
Biodiversidade
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1146424
Autor: Silva, Letícia Siqueira da; Porfiro, Cinthia Alves; Silva, Fabiano Guimarães; Rodrigues, Agna Rita dos Santos; Pereira, Paulo Sérgio.
Título: Acetylcholinesterase and α-Amylase inhibitors from Mouriri elliptica Martius leaf extract / Inibidores da acetilcolinesterase e α-amilase do extrato da folha de Mouriri elliptica Martius
Fonte: Biosci. j. (Online);36(2):578-590, 01-03-2020. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Population growth has raised food production, and new sources are needed to increase quantity and quality of agricultural products. Carbamates and organophosphates are insecticide classes used worldwide as acetylcholinesterase (AChE) inhibitors. Plants have a natural resistance to insects, which can be employed in pest control as a new alternative to reduce the use of chemicals. An alternative may be the use of α-amylase inhibitors, which are digestive enzymes that impair pest species growth and development. Another would be acetylcholinesterase inhibitors since they damage the normal functioning of the central and peripheral nervous system, by releasing high concentrations of acetylcholine in cholinergic synapses. This substance accumulation increases stimulations that lead to behavioral changes, asphyxia, hyperactivity, and death. Botanical agrochemicals are believed to have advantages over synthetic ones, as they are rapidly degraded in the environment. In this scenario, plants have played an important role in pest control as sources of interest for the synthesis of new molecules for agricultural use. The present study evaluated acetylcholinesterase and α-amylase inhibition by microplate method, from leaf extracts of Mouriri elliptica Martius with different polarities.

O crescimento populacional tem aumentado a quantidade de produção alimentícia, sendo necessárias novas fontes para o aumento da quantidade e qualidade dos produtos agrícolas. Os carbamatos e organofosforados são classes de inseticidas utilizadas em todo o mundo, são inibidores da acetilcolinesterase (AChE). Os vegetais possuem uma resistência natural aos insetos, e esse método de resistência pode ser utilizado no controle das pragas como uma nova alternativa para redução do uso de inseticidas químicos, tais como os inibidores da α-amilase, enzima digestiva, a qual sua inibição prejudica o crescimento e desenvolvimento de espécies de pragas. E os inibidores da acetilcolinesterase que danificam o funcionamento normal do Sistema Nervoso Central e Periférico, através de elevadas concentrações da acetilcolina que ficam depositadas nas sinapses colinérgicas. Este acúmulo de ACh provoca uma grande estimulação que leva á alterações comportamentais, asfixia, hiperatividade e a morte. Estudos já realizados mostraram que os agrotóxicos botânicos têm vantagens sobre os sintéticos, sendo degradados rapidamente no meio ambiente. Neste cenário os vegetais têm desempenhado um importante papel no controle de pragas, através da síntese de novas moléculas para uso na agricultura. O presente trabalho avaliou a inibição das enzimas acetilcolinesterase e α-amilase através do método da microplaca a partir dos extratos das folhas de Mouriri elliptica Martius em diferentes polaridades.
Descritores: Acetilcolinesterase
Controle de Pragas
Inibidores da Colinesterase
alfa-Amilases
-Praguicidas
Produção de Alimentos
Cromatografia
Agroquímicos
Produtos Agrícolas
Pradaria
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Anacleto, Teresa Cristina da Silveira
Texto completo
Id: lil-420519
Autor: Anacleto, Teresa Cristina da Silveira; Ferreira, Anamaria Achtschin; Diniz Filho, José Alexandre Felizola; Ferreira, Laerte G.
Título: Seleção de áreas de interesse ecológico através de sensoriamento remoto e de otimização matemática: um estudo de caso no município de Cocalinho, MT / Selection of areas of ecological importance through remote sensing and mathematics optimization: a case study in the municipality of Cocalinho, Mato Grosso
Fonte: Acta amaz;35(4):437-443, out.-dez. 2005. mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A criação de unidades de conservação tem sido a principal estratégia para preservar a biodiversidade. O recente emprego de técnicas como o sensoriamento remoto e a otimização matemática, aliados a dados biológicos, ajudam a definir as áreas prioritárias para conservação, indicando a representação máxima da biodiversidade com base em medidas de complementaridade. O presente trabalho objetivou selecionar áreas de interesse ecológico, com base na heterogeneidade de hábitats, através da integração de imagens de satélite com dados biológicos, em Cocalinho, MT. As 66 parcelas quadradas estabelecidas foram comparadas com base na heterogeneidade e na representatividade mínima (ha) dos ambientes em cada parcela, através do programa SITES. O parque de cerrado é a fitofisionomia predominante em Cocalinho (38,44 por cento). A região central do município concentrou o maior agrupamento de parcelas, indicando a maior heterogeneidade de hábitats do local. Oficialmente, 6 por cento da área total do município estão protegidos em duas unidades de conservação na categoria de Refúgios de Vida Silvestre. Esses refúgios foram demarcados em locais com cobertura vegetal homogênea e sem considerar a composição faunística e florística. O modelo usado neste estudo pode ser uma boa abordagem a ser empregada no processo de indicação de novas unidades de conservação no bioma Cerrado ou em outros biomas do Brasil.
Descritores: Análise de Sistemas
Pradaria
Tecnologia de Sensoriamento Remoto
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968957
Autor: Pestana, Jeferson Rodrigo; Morais, Tâmara Prado de; Nogueira, Ana Paula Oliveira; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Reaction of brazilian cotton genotypes to white mold depends on pathogen aggressiveness and incubation conditions / Reação de genótipos brasileiros de algodoeiro ao mofo branco depende da agressividade do patógeno e das condições de incubação
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6):1555-1574, nov.-dec. 2018. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The expansion of cotton crop into irrigated and high lands of Brazilian Cerrado, despite the possibility of increasing fiber yield, led to the occurrence of diseases previously considered secondary, such as white mold [Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary]. Host genetic resistance is of extreme importance in integrated strategies to manage this disease. Resistance of Brazilian cotton genotypes, challenged with different strains of S. sclerotiorum, under two incubation conditions for disease progress was evaluated. In addition, possible correlation between oxalic acid and straw test methods to rank the genotypes was evaluated. Artificial inoculation was done when cotton plants reached the V2phenological stage with fungi isolated from naturally infected soybean (ScS) or cotton (ScC) commercial crops. Control plants were inoculated with culture medium. After inoculation, plants were kept for one week either in a growth chamber or in greenhouse and evaluated for disease symptoms and severity. The oxalic acid test consisted of stem submersion of rootless cotton plants in a 2-cm layer of 20 or 40 mM solutions for 20, 44 or 68 h. A wilting scale was used to distinguish genotype's sensibility to the acid. The data were submitted to individual, joint, and multivariate analysis, grouping cotton genotypes by the Scott-Knott's test (p < 0.05), the hierarchical UPGMA and the non-hierarchical Tocher methods. Difference in aggressiveness between strains was identified, in which ScC led to greater disease severity. This result suggests a possible physiological specialization ofS. sclerotiorum to different hosts. It was observed that the growth chamber environment provided more adequate conditions for S. sclerotiorum infection, thus allowing better selection of resistant cotton genotypes. UPGMA and Tocher grouping methods further confirmed that the evaluated genotypes differ from each other in resistance to white mold. No correlation between oxalic acid and straw test methods was observed.

A expansão da cultura do algodoeiro para terras altas e irrigadas do Cerrado brasileiro, apesar da possibilidade de aumentar a produção de fibras, levou à ocorrência de doenças antes consideradas secundárias, como o mofo branco [Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary]. A resistência genética do hospedeiro é de extrema importância nas estratégias de manejo integrado dessa doença. Avaliou-se a resistência de genótipos brasileiros de algodão, desafiados com diferentes isolados de S. sclerotiorum, sob duas condições de incubação para o progresso da doença. Além disso, foi avaliada a possível correlação entre os métodos do ácido oxálico e do straw test para ranquear os genótipos. A inoculação artificial foi realizada quando as plantas de algodoeiro atingiram o estágio fenológico V2, com fungos isolados de culturas comerciais de soja (ScS) ou de algodão (ScC) naturalmente infectadas. O controle consistiu de plantas inoculadas somente com meio de cultura. Após a inoculação, as plantas foram mantidas em câmara de crescimento ou em casa de vegetação durante uma semana e avaliadas quanto aos sintomas e severidade da doença. O teste do ácido oxálico consistiu na submersão da haste das plantas de algodão, após remoção das raízes, em uma solução de 20 ou 40 mM por 20, 44 ou 68 h. Uma escala visual de murcha foi usada para distinguir a sensibilidade dos genótipos ao ácido. Os dados foram submetidos à análise individual, conjunta e multivariada, agrupando os genótipos de algodoeiro pelo teste de Scott-Knott (p < 0,05) e pelos métodos UPGMA e de Tocher. Diferença na agressividade entre os isolados foi identificada, na qual ScC resultou em maior severidade da doença. Isto sugere possível especialização fisiológica de S. sclerotiorum para diferentes hospedeiros. Observou-se que o ambiente da câmara de crescimento proporcionou condições mais adequadas para infecção por S. sclerotiorum comparativamente à casa de vegetação, permitindo melhor seleção de genótipos resistentes. Os métodos de agrupamento UPGMA e Tocher confirmaram que os genótipos avaliados diferem entre si na resistência ao mofo branco. Não foi observada correlação entre o ácido oxálico e o straw test.
Descritores: Ascomicetos
Variação Genética
Gossypium
-Ácido Oxálico
Pradaria
Noxas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 226 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130099
Autor: Sousa Junior, Betson Antônio de; Silva, Alessandro Guerra da; Ferreira, Camila Jorge Bernabé; Costa, Katia Aparecida de Pinho; Simon, Gustavo André; Almeida, Keuly de Lollo.
Título: Seed systems of Brachiaria species in intercropping with grain sorghum in the off-season / Sistemas de implantação de espécies de Brachiaria em consórcio com sorgo granífero na segunda safra
Fonte: Arq. Inst. Biol;87:e0482019, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil.
Resumo: The grain sorghum intercropped with Brachiaria provides the production of grains and dry mass in the off-season; however, there is a lack of information related to the implantation of these species. The objective of this study was to identify the best association of sorghum and Brachiaria in the production of grain and dry matter in the Brazilian Cerrado region. The experiment was conducted in Rio Verde, State of Goiás, in the experimental design of randomized blocks, in a 2×3×4+5 factorial scheme, with four replications. Two sorghum hybrids (BRS 330 and DKB 551) associated to three Brachiaria species (Brachiaria brizantha cultivar Marandu, Brachiaria decumbens and Brachiaria ruziziensis) were evaluated in four systems of Brachiaria implantation (row, interrow, row + interrow of sorghum and spread). Additional treatments referred to the two sorghum monocrops and the three Brachiaria species. The sorghum and Brachiaria consortium resulted in a reduction in grain yield, but the Brachiaria implantation systems in the row, interrow and spread were the most promising. The sorghum hybrid DKB 551 was the most sensitive to the competition with Brachiaria, although there were no grain yield differences in the intercropping. The Brachiaria intercropped in the interrow and in the row + interrow, mainly with B. ruziziensis, were the most promising for the production of dry mass and total crude protein. The cultivation of Brachiaria intercropped with sorghum provided a greater contribution of dry mass in the off-season, an important fact for the no-tillage system in the agricultural production systems of the Brazilian Cerrado.(AU)

O consórcio de sorgo granífero com braquiária proporciona a produção de grãos e massa seca na entressafra; contudo, há carência de informações relacionadas à implantação dessas espécies. Sendo assim, este trabalho teve por objetivo identificar a melhor associação de sorgo granífero e braquiária na segunda safra para produção de grãos e massa seca na região do Cerrado. O experimento foi conduzido em Rio Verde, Goiás, no delineamento experimental de blocos randomizados, em esquema fatorial 2×3×4+5, com quatro repetições. Foram avaliados dois híbridos de sorgo granífero (BRS 330 e DKB 551) associados a três espécies de Brachiaria (Brachiaria brizantha cultivar Marandu, Brachiaria decumbens e Brachiaria ruziziensis) em quatro sistemas de implantação da braquiária (linha, entrelinha, linha + entrelinha do sorgo e a lanço). Os tratamentos adicionais referiam-se aos dois monocultivos de sorgo e às três espécies de braquiária. O consórcio de sorgo com braquiária ocasionou redução no rendimento de grãos, porém os sistemas de implantação da braquiária na linha, entrelinha e a lanço foram os mais promissores. O híbrido de sorgo DKB 551 foi o mais sensível à competição com a braquiária, sem, contudo, haver diferenças de rendimento de grãos em consórcio. Os consórcios das braquiárias na entrelinha e na linha + entrelinha, principalmente com a B. ruziziensis, foram os mais promissores para produção de massa seca e proteína bruta total. O cultivo de braquiária com o sorgo proporcionou maior aporte de massa seca na entressafra, fato importante para o sistema de plantio direto nos sistemas de produção agrícola dos Cerrados.(AU)
Descritores: Brachiaria
Sorghum
-Sementes
Cultivos Agrícolas
Pradaria
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  10 / 226 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-448121
Autor: Miranda, Izildinha Souza; Almeida, Samuel Soares.
Título: Florística e estrutura de comunidades arbóreas em cerrados de Rondônia, Brasil / Flora and structure of tree communities in dry savannas in Rodônia, Brazil
Fonte: Acta amaz;36(4):419-430, out.-dez. 2006. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Empresa TECNOSOLO", "_d": "Programa PLANAFLORO.
Resumo: O cerrado constitui o segundo maior e mais diverso bioma brasileiro, configurando um heterogêneo mosaico fisionômico e florístico. Mais de seis mil espécies de fanerógamas são reportadas para o cerrado do Brasil Central. Este trabalho teve o objetivo de descrever e analisar a flora e a estrutura de quatro comunidades de árvores dos cerrados sensu latu do município de Vilhena, Rondônia, Brasil. As áreas estudadas foram: cerradão (Area 1), campo sujo (Area 2) e duas comunidades do cerrado sensu stricto (Areas 3 e 4). Em cada área foi posicionado aleatoriamente um transecto de 10 x 1000 m (1 ha), dividido em 100 parcelas de 10 X 10 m. Todas as plantas vivas e mortas com circunferência do tronco e" 10 cm ao nível do solo foram registradas. O cerradão apresentou a maior riqueza específica, estrutura de tamanho e área basal. As percentagens de árvores mortas foram mais altas nas áreas de cerradão e campo sujo, com ocorrência de fogo recente. As famílias mais importantes foram Vochysiaceae, Ochnaceae, Clusiaceae, Malpighiaceae e Melastomataceae. As espécies mais importantes foram Qualea multiflora, Byrsonima crassifolia (área 1), Eugenia sp., Miconia sp.1 (área 2), Ouratea hexasperma, Caraipa savannarum (área 3), Ouratea hexasperma, Pouteria sp.3 (área 4). A maioria das espécies ocorre somente em uma área, sugerindo que a priorização de áreas para conservação deve envolver todo o mosaico de cerrados existentes. A mortalidade associada ao fogo é diferenciada entre as áreas, talvez induzida pelo grau de flamabilidade, recorrência do fogo e de fatores históricos do uso da terra.

The Neotropical savannas, locally called "cerrado", are Brazil's second largest and diverse biome, constituting a heterogeneous physiognomic and floristic mosaic from which more than 6,000 species have been reported to date. This study describes and analyzes the floras and structures of four tree communities from dry savannas in the municipality of Vilhena, Rondônia, Brazil. The study areas were: savanna with trees "cerradão" (Area 1), savannas wich bushes or "campo sujo" (Area 2), and two savanna woodlands or "cerrado" sensu stricto (Areas 3 and 4). In each area an transect measuring 10 x 1,000 m (1 ha) was placed at random and divided into 100 quadrats of 10 x 10 m. All living and dead woody plants with circumference ³ 10 cm at ground level were included in the survey. "cerradão" was the richest in species, had the greatest plant diversity, and showed the largest basal area. The percentages of dead trees were highest in areas that had been recently burned. The most species-rich and abundant plant families were Vochysiaceae, Ochnaceae, Guttiferae, Malpighiaceae and Melastomataceae. The most important species were Qualea multiflora and Byrsonima crassifolia (area 1), Eugenia sp. and Miconia sp.1. (area 2), Ouratea hexasperma and Caraipa savannarum (area 3) Ouratea hexasperma and Pouteria sp3. (area 4). Most species (53 percent; N=92 spp.) were found in only one of the four areas, indicating that the selection of priority areas for biological conservation should take into account the whole of the savanna mosaic. Tree mortality caused by fire was different among the four study areas, probably as a function of burning recurrency, the degree of flammability, and historical factors involving land use.
Descritores: Árvores
Ecossistema Amazônico
Flora
Pradaria
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde



página 1 de 23 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde