Base de dados : LILACS
Pesquisa : G16.500.275.157.531 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 198 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 20 ir para página                         

  1 / 198 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048991
Autor: Baio, Fabio Henrique Rojo; Silva, Eder Eujácio da; Scarpim, Igor Mendes; Campos, Cid Naudi da Silva; Teodoro, Paulo Eduardo.
Título: Nitrogen doses in topdressing affect vegetation indices and corn yield / Deses de nitrogênio em cobertura afetam índices de vegetação e produtividade de milho
Fonte: Biosci. j. (Online);35(5):1432-1437, sept./oct. 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Nitrogen is the main nutrient required by corn crop, especially in Cerrado soils. Remote sensing techniques can be used to generate additional information now of nitrogen fertilization recommendation. This work investigated the association of plant height and dry matter phenological variables together with NDVI, REDEDGE, SAVI, and IV 760/550 vegetation indices (VIs) with corn grain yield, under different N doses. Sowing occurred in November 2016, at a spacing of 0.45 m between rows and a 60,000 ha-1 plant population. Four N doses (0, 80, 160, and 240 kg of N ha-1) were applied at phenological stage V4. The experimental design consisted of randomized blocks, containing four N doses in topdressing and 16 replications. The active optical sensor Crop Circle ACS-470 was used to obtain the VIs. The NDVI, SAVI, and RE indices have a high positive association with each other and with the variables plant height and dry matter. Polynomial regression equations were adjusted between the variables in response as doses of N. Afterwards, they were estimated as correlations between variables and results expressed through the network of correlations. Finally, a multivariate analysis of canonical variables was performed to understand the interrelationship between the variables and each dose of N applied. NDVI and RE have a positive relationship of moderate magnitude with grain yield in corn crops.

O nitrogênio (N) é o principal nutriente requerido pela cultura do milho, principalmente em solos do Cerrado. Técnicas de sensoriamento remoto podem ser usadas para gerar informações adicionais agora sobre a recomendação de fertilização nitrogenada. Este trabalho investigou a associação de variáveis fenológicas de altura de plantas e matéria seca com os índices de vegetação (IVs) NDVI, REDEDGE, SAVI e IV 760/550 com a produtividade de grãos de milho, sob diferentes doses de N. A semeadura ocorreu em novembro de 2016, com espaçamento de 0,45 m entre linhas e 60.000 ha-1 de população de plantas. Quatro doses de N (0, 80, 160 e 240 kg de N ha-1) foram aplicadas no estádio fenológico V4. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados contendo quatro doses de N em cobertura e 16 repetições. O sensor óptico ativo Crop Circle ACS-470 foi usado para obter os IVs. Equações de regressão polinomial foram ajustadas entre as variáveis em resposta como doses de N. Posteriormente, foram estimadas como correlações entre variáveis e resultados expressos através da rede de correlações. Por fim, foi realizada uma análise multivariada de variáveis canônicas para entender a inter-relação entre as variáveis e cada dose de N aplicada. Os índices NDVI, SAVI e RE apresentam alta associação positiva entre si e com as variáveis altura de planta e matéria seca. NDVI e REDEDGE têm uma relação positiva de magnitude moderada com a produtividade de grãos na cultura do milho.
Descritores: Zea mays
Tecnologia de Sensoriamento Remoto
Nitrogênio
-Pradaria
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-965924
Autor: Céspedes, Gloria; Mereles, Fátima.
Título: Estudio de la vegetación y la flora en el área de Aguara Ñu, reserva de la biosfera del bosque Mbaracayú, Paraguay Oriental I / Study of vegetation and flora in the Aguara Ñu area, Mbaracayú forest biosphere reserve, East Paraguay I
Fonte: Rojasiana;7(2):153-164, 2006.
Idioma: es.
Descritores: Árvores
Florestas
Flora/classificação
Pradaria
-Paraguai
Áreas Alagadas
Responsável: PY37.1 - Biblioteca


  3 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-965766
Autor: Mereles, María Fátima; Degen, Rosa; Ortíz, Mirtha.
Título: La diversidad florística del Macizo Acahay, Paraguarí, Paraguay / The floristic diversity of Macizo Acahay, Paraguarí, Paraguay
Fonte: Rojasiana;2(2):129-163, 1994.
Idioma: es.
Descritores: Plantas/classificação
Florestas
Pradaria
Áreas Alagadas
-Paraguai
Responsável: PY37.1 - Biblioteca


  4 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-948391
Autor: Mereles, María Fátima; Degen L, Rosa L.
Título: Leñosas colonizadoras e indicadoras de sitios modificados en el Chaco Boreal Paraguay / Woody colonizers and indicators of modified sites in the Paraguayan Boreal Chaco
Fonte: Rojasiana;4(1):25-83, 1997.
Idioma: es.
Descritores: Solos Arenosos
Florestas
Magnoliopsida
Alteração Ambiental
Pradaria
-Paraguai
Magnoliopsida/anatomia & histologia
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048629
Autor: Kaneko, Flávio Hiroshi; Ferreira, João Paulo; Leal, Aguinaldo José Freitas; Buzetti, Salatiér; Reis, André Rodrigues dos; Arf, Orivaldo.
Título: Ammonia volatilization in response to coated and conventional urea in maize crop field / Volatilização de amônia utilizando ureia convencional e revestida na cultura do milho
Fonte: Biosci. j. (Online);35(3):713-722, may./jun. 2019. graf, ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: The properly measurement of gas emissions and nutrient availability to crops using technologies such as polymer-coated urea are required to monitored the possible nitrogen (N) fertilizer pollution in the environment. This study aimed to evaluate N loss through ammonia volatilization from polymer-coated and conventional urea in maize field trials under two different environments. The study was carried out in Chapadão do Sul and Selvíria State of Mato Grosso do Sul evaluating the first and second harvest of maize plants. Nitrogen fertilizers were applied as polymer-coated, conventional urea and control plots were used as reference to evaluate N loss through volatilization (3, 6, 9, 12, and 15 days after fertilizer application). The peak of ammonia volatilization was observed during the first three days after fertilizer application corresponding up to 44% of total N supplied. Polymer-coated urea had promising results showing less ammonia volatilization during the first crop. However, the same result was not observed for second crop.

A necessidade de mensurar adequadamente a emissão de gases e também o fornecimento de nutrientes às culturas por tecnologias como o revestimento da ureia com polímeros são necessários para monitar a possível poluição de fertilizantes nitrogenados no ambiente. Assim, o objetivo desse trabalho foi determinar as perdas de nitrogênio (N) por volatilização pela ureia convencional e ureia revestida compolímero, em duas épocas de cultivo do milho (Zea mays L.), em duas regiões do cerrado brasileiro. Os trabalhos foram desenvolvidos em Chapadão do Sul e Selvíria, Mato Grosso do Sul - Brasil, na cultura do milho "primeira safra" e "segunda safra", respectivamente. Os tratamentos foram constituídos pela ureia e ureia revestida por polímero aplicada em cobertura além de um tratamento controle (sem N) em função de épocas de monitoramento das perdas de N por volatilização (3, 6, 9, 12 e 15 dias após a adubação) com 5 repetições. Foi mensurado as perdas de N por volatilização nas respectivas épocas e o total acumulado no período. O pico de volatilização ocorreu durante os três primeiros dias, atingindo patamares de até 44% do total de N fornecido. O revestimento da ureia com polímeros apresentou resultados promissores, diminuindo as perdas de N-NH3 por volatilização no milho "primeira safra". Todavia, os resultados obtidos no milho "segunda safra" não permitem generalizar tais benefícios.
Descritores: Polímeros
Ureia
Zea mays
Fertilizantes
Amônia
-Pradaria
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049144
Autor: Baio, Fabio Henrique Rojo; Silva, Eder Eujácio da; Martins, Pedro Henrique Alves; Silva Junior, Carlos Antônio da; Teodoro, Paulo Eduardo.
Título: In situ remote sensing as a strategy to predict cotton seed yield / Sensoriamento remoto in situ como estratégia para previsão do rendimento de semente de algodão
Fonte: Biosci. j. (Online);35(6):1847-1854, nov./dec. 2019. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Crop harvest scheduling and profits and losses predications require strategies that estimate crop yield. This work aimed to investigate the contribution of phenological variables using path analysis and remote sensing techniques on cotton boll yield and to generate a model using decision trees that help predict cotton boll yield. The sampling field was installed in Chapadão do Céu, in an area of 90 ha. The following phenological variables were evaluated at 30 sample points: plant height at 26, 39, 51, 68, 82, 107, 128, and 185 days after emergence (DAE); number of floral buds at 68, 81, 107, 128, and 185 DAE; number of bolls at 185 DAE; Rededge vegetation index at 23, 35, 53, 91, and 168 DAE; and cotton boll yield. The main variables that can be used to predict cotton boll yield are the number of floral buds (at 107 days after emergence) and the Rededge vegetation index (at 53 and 91 days after emergence). To obtain higher cotton boll yields, the Rededge vegetation index must be greater than 39 at 53 days after emergence, and the plant must present at least 14 floral buds at 107 days after emergence.

O escalonamento de colheitas e a previsão de ganhos e perdas requerem estratégias que estimam a produtividade das culturas. Este trabalho teve como objetivo investigar a contribuição de variáveis fenológicas utilizando técnicas de análise de trilha e sensoriamento remoto sobre a produtividade de algodão em caroço e gerar um modelo utilizando árvores de decisão que ajudam a prever esta variável. O campo de amostragem foi instalado em Chapadão do Céu, em uma área de 90 ha. As seguintes variáveis fenológicas foram avaliadas em 30 pontos amostrais: altura das plantas aos 26, 39, 51, 68, 82, 107, 128 e 185 dias após a emergência (DAE); número de gemas florais aos 68, 81, 107, 128 e 185 DAE; número de cápsulas a 185 DAE; Índice de vegetação Rededge em 23, 35, 53, 91 e 168 DAE; e produção de algodão em caroço. As principais variáveis que podem ser utilizadas para prever a produção de caroço de algodão são o número de gemas florais (aos 107 dias após a emergência) e o índice de vegetação de Rededge (aos 53 e 91 dias após a emergência). Para obter maiores produtividades de algodão, o índice de vegetação de Rededge deve ser superior a 39 aos 53 dias após a emergência e a planta deve apresentar pelo menos 14 gemas florais aos 107 dias após a emergência.
Descritores: Sementes
Gossypium
Tecnologia de Sensoriamento Remoto
-Pradaria
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968957
Autor: Pestana, Jeferson Rodrigo; Morais, Tâmara Prado de; Nogueira, Ana Paula Oliveira; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Reaction of brazilian cotton genotypes to white mold depends on pathogen aggressiveness and incubation conditions / Reação de genótipos brasileiros de algodoeiro ao mofo branco depende da agressividade do patógeno e das condições de incubação
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6):1555-1574, nov./dec. 2018. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The expansion of cotton crop into irrigated and high lands of Brazilian Cerrado, despite the possibility of increasing fiber yield, led to the occurrence of diseases previously considered secondary, such as white mold [Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary]. Host genetic resistance is of extreme importance in integrated strategies to manage this disease. Resistance of Brazilian cotton genotypes, challenged with different strains of S. sclerotiorum, under two incubation conditions for disease progress was evaluated. In addition, possible correlation between oxalic acid and straw test methods to rank the genotypes was evaluated. Artificial inoculation was done when cotton plants reached the V2phenological stage with fungi isolated from naturally infected soybean (ScS) or cotton (ScC) commercial crops. Control plants were inoculated with culture medium. After inoculation, plants were kept for one week either in a growth chamber or in greenhouse and evaluated for disease symptoms and severity. The oxalic acid test consisted of stem submersion of rootless cotton plants in a 2-cm layer of 20 or 40 mM solutions for 20, 44 or 68 h. A wilting scale was used to distinguish genotype's sensibility to the acid. The data were submitted to individual, joint, and multivariate analysis, grouping cotton genotypes by the Scott-Knott's test (p < 0.05), the hierarchical UPGMA and the non-hierarchical Tocher methods. Difference in aggressiveness between strains was identified, in which ScC led to greater disease severity. This result suggests a possible physiological specialization ofS. sclerotiorum to different hosts. It was observed that the growth chamber environment provided more adequate conditions for S. sclerotiorum infection, thus allowing better selection of resistant cotton genotypes. UPGMA and Tocher grouping methods further confirmed that the evaluated genotypes differ from each other in resistance to white mold. No correlation between oxalic acid and straw test methods was observed.

A expansão da cultura do algodoeiro para terras altas e irrigadas do Cerrado brasileiro, apesar da possibilidade de aumentar a produção de fibras, levou à ocorrência de doenças antes consideradas secundárias, como o mofo branco [Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary]. A resistência genética do hospedeiro é de extrema importância nas estratégias de manejo integrado dessa doença. Avaliou-se a resistência de genótipos brasileiros de algodão, desafiados com diferentes isolados de S. sclerotiorum, sob duas condições de incubação para o progresso da doença. Além disso, foi avaliada a possível correlação entre os métodos do ácido oxálico e do straw test para ranquear os genótipos. A inoculação artificial foi realizada quando as plantas de algodoeiro atingiram o estágio fenológico V2, com fungos isolados de culturas comerciais de soja (ScS) ou de algodão (ScC) naturalmente infectadas. O controle consistiu de plantas inoculadas somente com meio de cultura. Após a inoculação, as plantas foram mantidas em câmara de crescimento ou em casa de vegetação durante uma semana e avaliadas quanto aos sintomas e severidade da doença. O teste do ácido oxálico consistiu na submersão da haste das plantas de algodão, após remoção das raízes, em uma solução de 20 ou 40 mM por 20, 44 ou 68 h. Uma escala visual de murcha foi usada para distinguir a sensibilidade dos genótipos ao ácido. Os dados foram submetidos à análise individual, conjunta e multivariada, agrupando os genótipos de algodoeiro pelo teste de Scott-Knott (p < 0,05) e pelos métodos UPGMA e de Tocher. Diferença na agressividade entre os isolados foi identificada, na qual ScC resultou em maior severidade da doença. Isto sugere possível especialização fisiológica de S. sclerotiorum para diferentes hospedeiros. Observou-se que o ambiente da câmara de crescimento proporcionou condições mais adequadas para infecção por S. sclerotiorum comparativamente à casa de vegetação, permitindo melhor seleção de genótipos resistentes. Os métodos de agrupamento UPGMA e Tocher confirmaram que os genótipos avaliados diferem entre si na resistência ao mofo branco. Não foi observada correlação entre o ácido oxálico e o straw test.
Descritores: Ascomicetos
Variação Genética
Gossypium
-Ácido Oxálico
Pradaria
Noxas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1024604
Autor: Vieira, Francieli Nunes da Silva; Sousa, Ester Marques de; Louzeiro, Léo Rodrigo Ferreira; Silva, Sara Braga e.
Título: Lonchaeidae (Diptera) species and their host plants in the Cerrado biome in the state of Piauí, Brazil / Espécies de Lonchaeidae (Diptera) e seus hospedeiros no bioma Cerrado no estado do Piauí, Brasil
Fonte: Arq. Inst. Biol;86:e0242018, 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: Some species of Lonchaeidae (Diptera) are considered frugivorous and polyphagous pests, and are widely distributed in Neotropical regions. The relationship between a fly and its host plant is important for studies on behavior and distribution of frugivorous flies. The objective of this work was to identify the Lonchaeidae fly species and their host plants in the Cerrado biome, specifically in the state of Piauí, Brazil. Eighty-one adults (33 ♀ and 48 ♂) from the genus Neosilba McAlpine (Lonchaeidae), represented by the species Neosilba inesperata Strikis & Prado, Neosilba pendula Bezzi, and Neosilba zadolicha McAlpine, were collected from fruit samples. Oranges [Citrus sinensis (L.) Osbeck] and guava (Psidium guajava L.) had the highest frequencies of infestation. A Neosilba species was considered a primary invader in orange. These results are the first ones reported of Lonchaeidae species and their host plants in the state of Piauí.(AU)

Algumas espécies de Lonchaeidae (Diptera) são consideradas pragas frugívoras e polífagas, com ampla distribuição geográfica em regiões neotropicais. A relação mosca/planta hospedeira é de grande valor para estudos de comportamento e distribuição de moscas frugívoras. O objetivo deste trabalho foi identificar as espécies de Lonchaeidae e suas plantas hospedeiras no bioma Cerrado, especificamente no estado do Piauí, Brasil. Oitenta e um adultos (33 ♀ e 48 ♂) do gênero Neosilba McAlpine (Lonchaeidae), pertencentes às espécies Neosilba inesperata Strikis & Prado, Neosilba pendula Bezzi e Neosilba zadolicha McAlpine, foram coletados de amostras de frutas, sendo a laranja [Citrus sinensis (L.) Osbeck] e a goiaba (Psidium guajava L.) as de maiores frequências de infestação. Uma espécie de Neosilba foi considerada um invasor primário em laranjas. Esses resultados são os primeiros relatos de espécies de Lonchaeidae e suas plantas hospedeiras no estado do Piauí.(AU)
Descritores: Citrus
Psidium
Drosophila
-Pradaria
Dípteros
Frutas
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  9 / 198 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895471
Autor: Oliveira, Evelyn de; Trentin, Thays de Campos; Vila, Laura Garcia; Silva, Suelen Lorena da; Arhnold, Emmanuel; Martins, Danieli Brolo.
Título: Giant Anteater (Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758) of the Brazilian cerrado: hematology and storage effect / Tamanduás-bandeiras (Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758) do cerrado brasileiro: hematologia e efeito de estocagem
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(7):773-780, jul. 2017. tab, ilus.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Giant Anteater (Myrmecophaga tridactyla) is a vulnerable species because of progressive habitat destruction, mostly affected by wildfires and car accidents. The increasing number of animals that are attended by wildlife rescue centres reinforces the need of knowledge about haematological parameters, especially for those that inhabit Brazilian cerrado biome. For this purpose and in order to establish reference values for this species and also to compare them with previous studies, haematological analysis of captive giant anteaters from Brazilian cerrado were performed. Moreover, the alterations of blood samples after 24 and 48 hours of storage at refrigeration temperatures (4oC) and preserved with two different EDTA concentrations (5% and 10%) were studied. Means and standard deviations of haematological parameters analysed immediately after collection were: RBC: 2,07 x106/µL ± 0,40; hematocrit: 38,08%± 5,93; haemoglobin: 11.33g/dL±2.15; MCV:186.52 fL±21.72; MCHC: 29.68g/dL±2.56; MCH: 55.08pcg±5,94; total leucocytes: 8.142/µL±2.441; neutrophils: 5.913/µL±2.168; lymphocytes: 1.460/µL±740; eosinophil: 522/µL±385; monocytes: 247/µL±176; thrombocytes: 123.458/µL±31.362 and total plasma protein: 6.23g/dL±0.49. This data shows evidence of the existence of important differences between these values and others from other areas, either from Brazil or from other South American countries. Those variations might be connected to environment, genetic, nutritional and/or management factors. Regarding the storage effect analysis, it can be concluded that in giant anteaters, haematological analysis can be performed until 24h after collection without any significant alterations on the haematological parameters, except for thrombocytes. Concerning the different EDTA concentrations, it can be concluded that there are no quantitative differences in haematological variables. Nevertheless, relevant morphologic alterations in blood cells can be observed after a 24h storage period, being most noticeable in the leucocytes. Those alterations can lead to misinterpretation of the results, interfering diagnosis, prognosis and treatment.(AU)

O tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) é uma espécie vulnerável devido à destruição progressiva do seu habitat natural, sendo afetado por queimadas e atropelamentos. O aumento na casuística de atendimentos de animais silvestres reforça a necessidade de se ter conhecimento dos parâmetros hematológicos, em especial para os que vivem no bioma do cerrado. Por isso, este trabalho teve por objetivos realizar o hemograma de tamanduás-bandeiras de cativeiro localizados no cerrado brasileiro, a fim de estabelecer valores de referência para essa espécie e compará-los a estudos prévios. Além disso, verificar quais alterações podem ser encontradas em amostras armazenadas por 24 e 48 horas após a colheita, em temperatura de refrigeração (4oC) e tratadas com duas concentrações distintas de EDTA (5% e 10%). A média e o desvio padrão das variáveis hematológicas encontradas nas amostras processadas logo após a colheita foram: hemácias (2,07x106/µL±0,40); volume globular (38,08%± 5,93); hemoglobina (11,33g/dL±2,15); VCM (186,52 fL±21,72); CHCM (29,68g/dL±2,56); HCM (55,08pcg±5,94); leucócitos totais (8.142/µL±2.441); neutrófilos (5.913/µL±2.168); linfócitos (1.460/µL±740); eosinófilos (522/µL±385); monócitos (247/µL±176); plaquetas (123.458/µL±31.362) e proteínas plasmáticas totais (6,23g/dL±0,49). Tais dados permitem afirmar que existem importantes diferenças entre os valores hematológicos destes em relação aos animais provenientes de outras regiões, tanto do Brasil quanto de outros países da América do Sul. Provavelmente, tais divergências estão associadas a fatores ambientais, genéticos, nutricionais e/ou de manejo. Quanto à análise das amostras estocadas, conclui-se que, em tamanduás-bandeiras, as amostras para a realização de hemograma podem ser processadas até 24 horas após a colheita, sem alteração significativa das variáveis hematológicas, com exceção das plaquetas. Com relação às duas concentrações de EDTA, pode-se inferir que não há diferença quantitativa entre ambas para as variáveis hematológicas. Contudo, é possível constatar que o EDTA promove alterações morfológicas relevantes nas células sanguíneas após 24 horas de armazenamento, sendo os leucócitos os mais afetados. Tais alterações, quando relatadas, podem induzir interpretações equivocadas, interferindo no diagnóstico, prognóstico e tratamento.(AU)
Descritores: Ácido Edético
Cingulados/sangue
Anticoagulantes
-Contagem de Células Sanguíneas/veterinária
Pradaria
Parâmetros
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 198 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-894835
Autor: Machado, Tâmara Dias Oliveira; Minuzzi-Souza, Thaís Tâmara Castro; Ferreira, Tauana de Sousa; Freire, Luciana Pereira; Timbó, Renata Velôzo; Vital, Tamires Emanuele; Nitz, Nadjar; Silva, Mariana Neiva; Santos Junior, Alcinei de Souza; Sales, Nathyla Morgana Cunha; Obara, Marcos Takashi; Andrade, Andrey José de; Gurgel-Gonçalves, Rodrigo.
Título: The role of gallery forests in maintaining Phlebotominae populations: potential Leishmania spp. vectors in the Brazilian savanna
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;112(10):681-691, Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Secretaria de Vigilância em Saúde; . CAPES.
Resumo: BACKGROUND Knowledge on synanthropic phlebotomines and their natural infection by Leishmania is necessary for the identification of potential areas for leishmaniasis occurrence. OBJECTIVE To analyse the occurrence of Phlebotominae in gallery forests and household units (HUs) in the city of Palmas and to determine the rate of natural infection by trypanosomatids. METHODS Gallery forests and adjacent household areas were sampled on July (dry season) and November (rainy season) in 2014. The total sampling effort was 960 HP light traps and eight Shannon traps. Trypanosomatids were detected in Phlebotominae females through the amplification of the SSU rDNA region, and the positive samples were used in ITS1-PCR. Trypanosomatid species were identified using sequencing. FINDINGS A total of 1,527 sand flies representing 30 species were captured in which 949 (28 spp.) and 578 (22 spp.) were registered in July and November, respectively. In July, more specimens were captured in the gallery forests than in the HUs, and Nyssomyia whitmani was particularly frequent. In November, most of the specimens were found in the HUs, and again, Ny. whitmani was the predominant species. Lutzomyia longipalpis was commonly found in domestic areas, while Bichromomyia flaviscutellata was most frequent in gallery forests. Molecular analysis of 154 pools of females (752 specimens) identified Leishmania amazonensis, L. infantum, and Crithidia fasciculata in Ny. whitmani, as well as L. amazonensis in Lu. longipalpis, Trypanosoma sp. and L. amazonensis in Pintomyia christenseni, and L. amazonensis in both Psathyromyia hermanlenti and Evandromyia walkeri. MAIN CONCLUSIONS These results show the importance of gallery forests in maintaining Phlebotominae populations in the dry month, as well as their frequent occurrence in household units in the rainy month. This is the first study to identify Leishmania, Trypanosoma, and Crithidia species in Phlebotominae collected in Palmas, Tocantins, Brazil.
Descritores: Psychodidae/classificação
Psychodidae/parasitologia
Leishmania/isolamento & purificação
-Florestas
Pradaria
Insetos Vetores
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 20 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde