Base de dados : LILACS
Pesquisa : G16.500.275.157.812 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 157 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 157 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1040718
Autor: Romero, Agustín; García, Juan; Balestié, Sofía; Malfatto, Felipe; Vicentino, Alejandra; Sallis, Elisa Simone V; Schild, Ana Lucia; Dutra, Fernando.
Título: Equine pythiosis in the eastern wetlands of Uruguay / Pitiose equina em áreas úmidas do leste do Uruguai
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;39(7):469-475, July 2019. tab, ilus, mapas.
Idioma: en.
Resumo: Equine pythiosis is an ulcerative and granulomatous disease of the skin, caused by the oomycete Pythium insidiosum (Pythiaceae). The objective of this study was to describe seven cases of equine pythiosis that occurred from 2012 to 2017 in the eastern region of Uruguay. Six of the seven cases occurred in the eastern wetland ecosystems of the Merin basin, and the remaining case occurred in the wetland fluvial plains of the Tacuarembó River. Lesions consisted of a large, rapidly growing ulcerated tumor with abundant granulation tissue, serosanguineous secretion, and fistulous tracts containing large concretions or kunkers. The animals presented intense pruritus, claudication and loss of body condition, with death or euthanasia in extremis in six cases. The main histological lesions consisted of an eosinophilic and pyogranulomatous inflammatory process, with numerous foci of eosinophilic necrosis (kunkers), collagenolysis, and a Splendore-Hoeppli reaction. In all cases, silver coloration (Grocott) showed intralesional hyphae compatible with P. insidiosum, which was confirmed by immunohistochemistry in three cases. A horse in the terminal phase of the disease was treated with triamcinolone acetonide (50mg IM every 15 days), and fully recovered after 1 year. It is concluded that equine pythiosis is prevalent in the wetland ecosystems of eastern Uruguay and that treatment with triamcinolone is auspicious.(AU)

Pitiose é uma doença granulomatosa e ulcerativa da pele dos equinos causada pelo oomyceto Pythium insidiosum (Pythiaceae). O objetivo deste trabalho foi descrever sete casos de pitiose equina que ocorreram de 2012 a 2017 na região leste do Uruguai. Seis dos sete casos ocorreram no ecossistema de áreas pantanosas da bacia da bacia da Lagoa Mirim Merin e o restante nas planícies fluviais pantanosas do rio Tacuarembó. As lesões se caracterizaram por tumores ulcerados de crescimento rápido com abundante tecido de granulação, secreção serossanguinolenta e presença de tratos fistulosos contendo material coraloide ou kunkers. Os equinos apresentavam prurido intenso, claudicação e perda da condição corporal e seis morreram ou foram eutanasiados in extremis. As principais lesões histológicas consistiam de um processo inflamatório piogranulomatoso com numerosos focos de necrose eosinofílicos (kunkers), colagenólise e reação de Splendori-Hoepli. Em todos os casos a impregnação pela prata (Grocott) revelou a presença de hifas intralesionais compatíveis com P. insidiosum, o que foi confirmado pela imuno-histoquímica em três casos. Um equino em fase terminal da doença foi tratado com triamcinolona acetonida (50mg, IM, a cada 15 dias), recuperando-se completamente após um ano. Conclui-se que a pitiose é uma enfermidade presente em áreas úmidas na região leste do Uruguai e o tratamento com triamcinolona pode ser uma alternativa promissora.(AU)
Descritores: Pythium/isolamento & purificação
Pitiose/epidemiologia
Cavalos/microbiologia
-Uruguai/epidemiologia
Zonas Úmidas
Limites: Animais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968916
Autor: Ribeiro, Bruno Teixeira; Costa, Adriana Monteiro da; Silva, Bruno Montoani; Franco, Fernando Oliveira; Borges, Camila Silva.
Título: Assessing pedotransfer functions to estimate the soil water retention / Validação de funções de pedotransferência para estimativa da retenção de água no solo
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6 Supplement 1):177-188, nov./dec. 2018.
Idioma: en.
Resumo: Considering the importance of soil water retention for agricultural and environmental purposes, the objective of this study was to assess three pedotransfer functions (PTFs) used to estimate the soil moisture at field capacity (FC) based on soil attributes easily determined. A collection of 17 soils from the Cerrado and Pantanal biomes, including surface and subsurface horizons, was used. PTF-1 considers clay, organic matter, coarse sand, and microporosity; PTF-2 clay, total sand, and organic matter; and PTF-3 only microporosity. The estimated FC values were correlated to soil moisture values measured at different soil water potentials (0, 6, 10, 33, 100, 300, and 1500 kPa) to verify which potential corresponded to estimated FC. The data were subjected to regression analysis and Mann-Whitney rank-sum test to compare predicted and measured values and to principal component analysis (PCA). The analysis of the full dataset indicated that there was a strong correlation (R 0.84­0.91; R2 0.71­0.82; RMSE 0.07­0.09) between estimated FC and soil water retention measured at potentials of 10 kPa and 33 kPa. FC estimated by PTF-3 correlated better with water holding capacity at 6 kPa. When the PTFs were reapplied to homogeneous soil groups (identified by PCA analysis), the correlation between predicted and measured FC was decreased.

Considerando a importância da retenção de água no solo para fins agronômicos e ambientais, objetivou-se com este trabalho avaliar três funções de pedotransferência (FP) para estimativa da capacidade de campo (CC) com base em atributos de solo facilmente determinados. Uma coleção de 17 solos dos biomas Cerrado e Pantanal, incluindo amostras superficiais e subsuperficiais, foram utilizadas. FP 1 considera o conteúdo de argila, matéria orgânica, areia grossa e microporosidade. FP 2 considera argila, areia total e matéria orgânica. A FP 3 leva em consideração apenas microporosidade. Os valores estimados de CC foram correlacionados aos valores de umidade obtidos em diferentes potenciais (0, 6, 10, 33, 100, 300, and 1500 kPa) com o intuito de verificar qual potencial corresponde à CC estimada. Os dados foram submetidos à análise de regressão, ao teste Mann-Whitney rank-sum para comparar valores medidos e estimados e realizada análise de componentes principais (PCA). Considerando todo o conjunto de dados, foi obtida uma forte correlação (R 0.84­0.91; R2 0.71­0.82; RMSE 0.07­0.09) entre CC estimada e a umidade do solo obtida nos potenciais de 10 kPa e 33 kPa. A CC estimada pela FP 3 correlacionou melhor com a retenção de água no potencial de 6 kPa. Quando as FP's foram reaplicadas em grupos de solos homogêneos (identificados pela PCA), a correlação entre valores estimados e medidos diminuiu.
Descritores: Solo
Água
Umidade do Solo
Análise de Componente Principal
-Pradaria
Zonas Úmidas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  3 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-965766
Autor: Mereles, María Fátima; Degen, Rosa; Ortíz, Mirtha.
Título: La diversidad florística del Macizo Acahay, Paraguarí, Paraguay / The floristic diversity of Macizo Acahay, Paraguarí, Paraguay
Fonte: Rojasiana;2(2):129-163, 1994.
Idioma: es.
Descritores: Florestas
Flora
Pradaria
Zonas Úmidas
-Paraguai
Responsável: PY37.1 - Biblioteca


  4 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965125
Autor: Bitencourt, Dioni Glei Bonini; Timm, Luís Carlos; Guimarães, Ednaldo Carvalho; Pinto, Luiz Fernando Spinelli; Pauletto, Eloy Antonio; Penning, Letiane Helwig.
Título: Spatial variability structure of the surface layer attributes of gleysols from the coastal plain of Rio Grande do Sul / Estrutura de variabilidade espacial dos atributos da camada superficial de gleissolos da planície costeira do Rio Grande do Sul
Fonte: Biosci. j. (Online);31(6):1711-1721, nov./dec. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The spatial variability structure of soil attributes in a certain area might influence the semivariogram fitting model and, consequently, the attribute behavior mapping in this area leading to different decisions regarding crop management. This study aimed to identify, characterize and quantify the spatial variability of chemical attributes and the clay content in the superficial layer of a Gleysoils mapping unit (MU) at reconnaissance scale in the coastal plain of Rio Grande do Sul, through descriptive statistics and geostatistics and compare the results taking into consideration the existence of three Gleysoils mapping units at semi-detailed scale through the scaled semivariogram technique. A 403 ha area located in the Rio Grande do Sul Coastal Plain, in the city of Jaguarão was sub-divided into three mapping units (GL- o, GL-mo.lv and GL-lv), a sampling grid with 403 points, 100 m far one from another was established. In a 5 m radius around each sampling point, 10 sub-samples of disturbed soil were collected from the 0-0.20 m layer, making up a soil compound sample, and the following attributes were determined for each sample: pH in water, organic carbon, phosphorus, potassium, sodium, calcium, magnesium, aluminum, potential acidity and clay content. The cation Exchange capacity (pH=7.0) and base saturation were also calculated. The identification, characterization and quantification of the spatial variability of attributes from the soil Ap horizons were carried out through descriptive statistics and geostatistics, considering the mapping unit at the reconnaissance scale and the three units at the semi-detailed scale. In the geostatistics analysis, the scaled semivariogram technique was employed aiming to compare the spatial variability structure for each soil attribute in the total area and in the three MUs at the semi-detailed scale. Regarding the descriptive statistics, the Ap horizon attributes behavior in GL-lv was similar to that in the total area of the soil layer under analysis; however, when considering the spatial coordinates, the spatial variability structure of the GL-mo.lv attributes was the one that best described the attributes variability in the total area. The scaled semivariogram technique revealed that the spatial behavior of the attributes pH and exchangeable sodium was similar, regardless of the evaluation scale adopted or the factor used for the scaled semivariogram.

A estrutura de variabilidade espacial dos atributos do solo em determinada área pode influenciar o modelo de ajuste do semivariograma e, consequentemente, o mapeamento do comportamento do atributo nesta área induzindo a decisões diferenciadas de manejo agrícola. O objetivo deste trabalho foi identificar, caracterizar e quantificar a variabilidade espacial de atributos químicos e do teor de argila da camada superficial de uma unidade de mapeamento de Gleissolos em escala de reconhecimento na Planície Costeira do Rio Grande do Sul, por meio da estatística descritiva e da geoestatística e comparar os resultados levando em consideração a existência de três unidades de mapeamento de Gleissolos em escala de semi-detalhe por meio da técnica de escalonamento de semivariogramas. Uma área de 403 ha localizada na Planície Costeira do Rio Grande do Sul, no município de Jaguarão, foi subdividida em três unidades de mapeamento (GMve1, GMve2 e GXve), sendo estabelecida uma malha total de amostragem de 403 pontos, distanciados entre si de 100 m. Em um raio de 5 m em torno de cada ponto amostral, foram coletadas 10 sub-amostras deformadas de solo na camada de 0-0,20 m, constituindo uma amostra composta de solo, sendo determinados os seguintes atributos das amostras: pH em água, carbono orgânico, fósforo, potássio, sódio, cálcio, magnésio, alumínio, acidez potencial e o conteúdo de argila. Calculou-se também a capacidade de troca de cátions (pH=7,0) e a saturação por bases. A identificação, caracterização e quantificação da variabilidade espacial dos atributos dos horizontes Ap dos solos foram realizadas por meio da estatística descritiva e da geoestatística, considerando a unidade de mapeamento em escala de reconhecimento e as três unidades em escala de semi-detalhe. Na análise geoestatística foi usada a técnica de escalonamento dos semivariogramas, com a finalidade de comparar as estruturas de variabilidade espacial de cada atributo do solo na área total e nas três UMs em escala de semi-detalhe. Em relação à estatística descritiva, o comportamento dos atributos do horizonte Ap na GXve é semelhante ao da área total na camada de solo avaliada; entretanto, ao considerar as coordenadas espaciais, a estrutura de variabilidade espacial dos atributos na GMve2 é a que melhor descreve a variabilidade dos atributos na área total. A técnica de escalonamento dos semivariogramas mostra que o comportamento espacial dos atributos pH e sódio trocável é semelhante, independente da escala de avaliação adotada e do fator usado para o escalonamento dos semivarigramas.
Descritores: Solo
Argila
Zonas Úmidas
Mapeamento Geográfico
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966253
Autor: Correa, Caio Cezar Guedes; Teodoro, Paulo Eduardo; Silva, Flavia Alves da; Ribeiro, Larissa Pereira; Zanuncio, Angelita dos Santos; Ceccon, Gessi; Torres, Francisco Eduardo.
Título: Macronutrients release by green manure species grown in cerrado/pantanal ecotone / Liberação de macronutrientes por espécies de adubação verde cultivadas no ecótono cerrado/pantanal
Fonte: Biosci. j. (Online);33(4):914-922, july/aug. 2017. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Assessing the nutrient release by cover crops species, especially those used in green manure, is important for planning activities aimed at the higher economic return. The use of these species in order to improve the growing conditions in the transition region between the Cerrado and Pantanal biomes, which have particular characteristics, may be a viable alternative. This study aimed to evaluate the amount of biomass produced and macronutrients released in this biomass by different green manure species grown in the Cerrado/Pantanal ecotone. The trial was carried out from April 2013 to June 2014 in the Plant Science sector at State University of Mato Grosso do Sul, Aquidauana-MS (Brazil). Experimental design was completely randomized arranged in time split plot, with four replications. First factor consisted of seven species of green manure, while the second were seven evaluation times (months). The variables evaluated were: dry mass of shoot and nitrogen (N), phosphorus (P), potassium (K), calcium (Ca), magnesium (Mg) and sulfur (S) contents as a function of time. For all variables evaluated there was significant interaction between the green manure species and the collection months. Vegetable cover showed different rates of decomposition and nutrient release. Mucuna aterrima was the species that produced higher amounts of dry mass and nutrient content. After four months of cutting the plants, green manure species do not differentiate between the amounts of released nutrients.

Avaliar a liberação de nutrientes por espécies de plantas de cobertura, especialmente aquelas utilizadas na adubação verde é importante para o planejamento das atividades objetivando o maior retorno econômico. O uso dessas espécies afim de se melhorar as condições de cultivo na região de transição entre os biomas do Cerrado e Pantanal que possuem características particulares, pode ser uma alternativa viável. O objetivo deste trabalho foi avaliar as taxas de liberação de macronutrientes de diferentes espécies de adubação verde cultivadas no ecótono Cerrado/Pantanal. O experimento foi realizado entre os meses de abril de 2013 a junho de 2014 no setor de Fitotecnia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Aquidauana-MS. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado disposto em esquema de parcelas subdivididas no tempo, com quatro repetições. O primeiro fator consistiu em sete espécies de adubação verde, enquanto o segundo em sete épocas (meses) de avaliação. As variáveis avaliadas foram: massa seca da parte aérea e quantidades de nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), magnésio (Mg) e enxofre (S) liberados em função do tempo. Para todas as variáveis avaliadas houve interação significativa entre as espécies de adubação verde vezes os meses de coleta. As coberturas vegetais apresentaram distintas taxas de decomposição e de liberação de nutrientes. Mucuna aterrima foi à espécie que produziu maiores quantidades de massa seca e disponibilizou as maiores quantidades de nutrientes. Após quatro meses de corte das plantas, as espécies de adubação verde não diferiram entre si quanto as quantidades liberadas de nutrientes.
Descritores: Alimentos
Pradaria
Mucuna
Zonas Úmidas
Matéria Orgânica
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965888
Autor: Pinto, Jorge de Souza; Oliveira, Ademir Kleber Morbeck de; Fernandes, Valtecir; Matias, Rosemary.
Título: Ethnobotany and popular culture in the use of plants in settlements on the southern edge of southern Pantanal Mato Grosso / Etnobôtanica e a cultura popular no uso de plantas em assentamentos na borda sul do pantanal sul-mato-grossense
Fonte: Biosci. j. (Online);33(1):193-203, jan./feb. 2017. ilus, graf.
Idioma: en.
Resumo: Popular culture and its relationship with plants has been the subject of scientific studies and brought significant contributions to science. In this assessment, developed in two settlements in Corumbá and Ladário, Mato Grosso do Sul, was evaluated the use of plants for medicinal purposes. A structured questionnaire was administered to 10 raizeiros, residents of the area, asking which plants were used by them, their methods of preparation and therapeutic indications. Fifty-five plants from 28 families were catalogued among plants native to the region and of exotic and/or external origin, only 40% were native. The predominant form of use is tea (41 citations), followed by infusion (16 citations). The most used parts are the leaves, with 43 citations, followed by flowers (6 citations). There is a predominance of the type of problem for which the plant is used, with 12 citations for problems in the respiratory system, followed by eight for kidney and liver problems and seven for the stomach. What has been found is a wide diversity of species used for the most different problems, indicating the importance of the use of medicinal plants for the communities studied.

A cultura popular e sua relação com as plantas tem sido objeto de estudos científicos e trazido contribuições significativas para a ciência. Nesta pesquisa desenvolvida em dois assentamentos nos municípios de Corumbá e Ladário, Mato Grosso do Sul, foi avaliada a utilização de plantas para fins medicinais. Um questionário estruturado foi aplicado a 10 raizeiros, residentes nos locais, buscando identificar quais plantas eram utilizadas, seus métodos de preparação e indicações terapêuticas. Foram catalogadas 55 plantas de 28 famílias, entre nativas da região e exóticas e/ou de origem externa, sendo que apenas 40% eram nativas. A forma de uso predominante é o chá (41 citações), seguida por infusão (16 citações). As partes mais utilizadas são as folhas, com 43 citações, seguida pelas flores (16 citações). Há uma predominância quanto ao tipo de problema para qual a planta é usada, com 12 citações para problemas no sistema respiratório, seguido por oito para problemas renais e hepáticos e sete relacionadas ao estômago. Verificou-se uma ampla diversidade de espécies utilizadas, para os mais diferentes problemas, indicando a importância da utilização das plantas medicinais para as comunidades estudadas.
Descritores: Plantas Medicinais
Zonas Úmidas
Cultura Popular
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1005728
Autor: Conceição, Evandro Luiz da.
Título: Mulheres das águas: comunidade, gênero e raça / Women of the waters: community, gender and race / Mujeres de las aguas: comunidade, género y raza
Fonte: RECIIS (Online);13(2):439-443, abr.-jun. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O documentário 'Mulheres das águas' retrata a vida e as lutas de pescadoras nos manguezais do Nordeste do Brasil. O modo de vida e a sobrevivência de suas famílias estão ameaçados pela poluição provocada pelas grandes indústrias e pelo turismo predatório que causam danos ao ecossistema dos manguezais, onde inúmeras espécies marinhas se reproduzem. Nesta resenha, a produção é analisada na perspectiva dos debates sobre relações raciais, gênero, senso de comunidade e condições de trabalho. No bojo do documentário, há o engajamento de trabalhadoras em prol da preservação dos territórios pesqueiros, onde se concentra a principal atividade econômica das comunidades a que pertencem.

The documentary 'Women of the waters' tells the life and struggles of fishers in the mangrove swamps of northeastern Brazil. The way of life and the survival of their families are threatened by pollution caused by large industries and the predatory tourism that cause damage to the mangrove ecosystem, where numerous marine species reproduce. In this review, the production is analyzed from the perspective of the debates about race relations, gender, sense of community and working conditions. Furthermore, the documentary shows the engagement of theses workers for the sake of preservation of fishery territories, where the main economic activity in the communities to which they belong is concentrated.

El documental 'Mujeres de las aguas' retrata la vida y la lucha de las pescadoras en los manglares del nordeste de Brasil. La forma de vida y la supervivencia de sus familias son amenazadas por la contaminación causada por las grandes industrias y el turismo depredador que dañan el ecosistema de manglar, donde se reproducen numerosas especies marinas. En esta reseña, la producción se analiza en la perspectiva de los debates sobre relaciones de raza, género, sentido de comunidad y de las condiciones de trabajo. En el seno del documental, hay el compromiso de las trabajadoras con la preservación de los territorios de pesca, donde se concentra la principal actividad económica de las comunidades a las que pertenecen.
Descritores: Saúde do Trabalhador
Comunicação
Meio Ambiente
Zonas Úmidas
Identidade de Gênero
-Mulheres Trabalhadoras
Brasil
Grupos de Populações Continentais
Ecologia
Direitos Socioeconômicos
Direitos Humanos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  8 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965813
Autor: Basso, Lohany Sthéfany da Silva; Torres, Francisco Eduardo; Teodoro, Paulo Eduardo; Lopes, Adriano da Silva; Margatto, Alisson Rodrigo Almeida; Kraeski, Marcos Jefferson.
Título: Response of tropical forages to irrigation in Cerrado/Pantanal ecotone / Resposta de forragens tropicais à irrigação no ecótono Cerrado/Pantanal
Fonte: Biosci. j. (Online);32(6):1578-1585, nov./dec. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: This work aimed to evaluate the irrigation influence on the forage production of Panicum maximum, Pennicetum pupureum, Urochloa brizantha and Urochloa ruziziensis during the rainy and dry seasons in Cerrado-Pantanal ecotone. Trial was conducted at experimental area of irrigated agriculture of Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unit of Aquidauana. We assessed the interaction between irrigation versus tropical forage species in the rainy and dry seasons. The first factor is the irrigation or non-irrigation, while the second factor comprises the species. Experimental design used was randomized complete with four replications in factorial scheme 2x4. There were two forage collections during the dry the rainy" interval for standardization cutting and harvest at 45 days after. Traits evaluated dry matter of leaves (DML), dry matter of stems (DMS), total dry matter (DMT) and leaf/stem ratio (L/S) were assessed. Irrigation management influences the production of the assessed forage species only in dry seasons. Urochloa brizantha is the most recommended forage for the Cerrado-Pantanal ecotone region, due to its high forage production, especially when it comes to sheets. In dry seasons, P. purpureum has increased DMT under an irrigated system, but with lower L/S ratio.

O objetivo desta pesquisa foi avaliar a influência da irrigação sobre a produção de forragem das espécies Panicum maximum cv. Mombaça, Pennisetum pupureum cv. Napier, Urocloa brizantha cv. Xaraés e Urochloa ruziziensis, nas épocas das "águas" e seca na região do ecótono Cerrado-Pantanal. A pesquisa foi desenvolvida na área experimental de agricultura irrigada e fitotecnia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana. Foi avaliada a interação entre irrigação versus espécies forrageiras tropicais nas épocas das águas e da seca. O primeiro fator consistiu na utilização ou não da irrigação, enquanto o segundo fator foi composto pelas espécies. Foi utilizado delineamento inteiramente casualizados com quatro repetições no esquema fatorial 2x4. Foram realizadas duas coletas de forragem nas épocas seca e das "águas" com intervalo para roçada de uniformização e a colheita 45 dias após, avaliando os caracteres massa seca das folhas (MSF), massa seca dos colmos (MSC), massa seca total (MST) e a relação folha/colmo (F/C). A irrigação influencia a produção de forragem das espécies avaliadas somente na época da seca. A espécie Urochloa brizantha é a mais recomendada para a região do ecótono Cerrado-Pantanal devido a sua alta produção de forragem, sobretudo de folhas. Na seca, Pennisetum purpureum apresenta maior MST quando irrigado, porém com menor relação F/C.
Descritores: Pastagens
Ecossistema
Irrigação Agrícola
Panicum
-Pradaria
Zonas Úmidas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 157 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964662
Autor: Basualdo, Isabel; Soria, Nélida; Degen, Rosa; Ortiz, Mirtha; Zardini, Elsa.
Título: Catálogo de la flora vascular de Tavai, Dpto. Caazapa, Paraguay / Catálogo de la flora vascular de Tavai, Dpto.Caazapa, Paraguay
Fonte: Rojasiana;7(1):27-99, 2005.
Idioma: es.
Descritores: Florestas
Flora
Magnoliopsida
Zonas Úmidas
Traqueófitas
-Paraguai
Responsável: PY37.1 - Biblioteca


  10 / 157 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964237
Autor: Mereles H, Fátima Mereles.
Título: La diversidad, los usos y la conservación de las especies vegetales en los humedales del Paraguay / Diversity, uses and conservation of plant species in the wetlands of Paraguay
Fonte: Rojasiana;7(2):171-185, 2006.
Idioma: es.
Descritores: Brassicaceae
Cyperaceae
Nymphaeaceae
Typhaceae
Zonas Úmidas
Responsável: PY37.1 - Biblioteca



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde