Base de dados : LILACS
Pesquisa : G16.500.275.965 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 8 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1008258
Autor: Chacón-Fuentes, Manuel; Bardehle, Leonardo; Seguel, Ivette; Medina, Cristian; Quiroz, Andrés.
Título: Volatiles induction in response to mechanical damage is reduced by domestication in murtilla / La inducción de volátiles en respuesta al daño mecánico es reducida por la domesticación en murtilla
Fonte: Bol. latinoam. Caribe plantas med. aromát;18(4):435-443, jul. 2019. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: CONICYT; . FONDECYT; . FONDEF-INIA.
Resumo: Volatiles compounds are involved in defensive induction against insects, playing an important role in insect-plant interaction being induced by response to mechanical damage. However, they could decrease according to the domestication degree in cultivated plants. Currently, it has been established that secondary metabolites are reduced due to the domestication process in murtilla. Hence, the follow question emerges: Are volatile organic compounds induced by mechanical damage reduced in cultivated murtilla plants in relation to wild plants? Two cultivated ecotypes and their respective wild counterparts were sampled. Volatiles compounds were obtained using Porapak-Q columns and analyzed by gas chromatography. Results showed that compounds as 2-hexanone, α-pinene, 2-thujene, 3-thujene and 1,8- cineole were more abundant in wild plants exposed to a mechanical damage than cultivated plants. Hence, these compounds have been associated to induced defense, these results suggest that domestication reduced the induction of defensive volatiles in cultivated murtilla in response to mechanical damage.

Los compuestos volátiles están implicados en la defensa inducida contra insectos, desempeñando un papel importante en esta interacción. Sin embargo, estos compuestos podrían disminuir según el grado de domesticación. Actualmente, se ha reportado que algunos metabolitos secundarios son reducidos en plantas de murtilla domesticadas. Por lo tanto, surge la siguiente pregunta de investigación: ¿Los compuestos orgánicos volátiles inducidos por el daño mecánico son reducidos en plantas cultivadas de murtilla en comparación con plantas silvestres? Para dos ecotipos cultivados y sus respectivas contrapartes silvestres, los compuestos volátiles fueron capturados usando columnas de Porapak-Q y las muestras analizadas por cromatografía gaseosa. Los resultados mostraron que compuestos tales como 2- hexanona, α-pineno, 2-tujeno, 3-tujeno y 1,8-cineol fueron más abundantes en plantas silvestres expuestas a daño mecánico que en cultivadas. Debido a que estos compuestos se han asociado a defensa inducida, estos resultados sugieren que la domesticación reduce la inducción de volátiles en plantas cultivadas sometidas a daño mecánico.
Descritores: Óleos Voláteis/metabolismo
Myrtaceae/metabolismo
Myrtaceae/microbiologia
Domesticação
Insetos/fisiologia
-Sesquiterpenos/análise
Sesquiterpenos/metabolismo
Óleos Voláteis/química
Myrtaceae/química
Monoterpenos/análise
Monoterpenos/metabolismo
Meio Selvagem
Larva/fisiologia
Cromatografia Gasosa-Espectrometria de Massas
Limites: Animais
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-992094
Autor: Saccaro Junior, Nilo Luiz; Mation, Lucas Ferreira; Sakowski, Patrícia Alessandra Morita.
Título: Impacto do desmatamento sobre a incidência de doenças na Amazônia.
Fonte: Brasília; IPEA; 2015. 38 p. graf. (Texto para Discussão / IPEA).
Idioma: pt.
Resumo: O reduzido conhecimento acerca dos efeitos do desmatamento sobre a saúde humana é uma importante lacuna para o gerenciamento do ambiente e da saúde no Brasil e no mundo. A fim de avaliar o impacto do desmatamento sobre a incidência de doenças, realizamos uma análise em painel, relacionando dados de desmatamento e de doenças de notificação compulsória, por município e por ano, cobrindo os 773 municípios da Amazônia Legal, entre 2004 e 2012. Foram realizadas estimações separadamente para cada doença, com a inclusão de controles para efeitos fixos de município, para aspectos socioeconômicos e para a provisão de serviços públicos de saúde. Entre as doenças que possuíam dados suficientes para a análise, verificamos que o desmatamento possui efeito significativo sobre leishmaniose e malária: incrementos anuais na área municipal desmatada levam a aumentos expressivos em sua incidência.
Descritores: Conservação dos Recursos Naturais
Doença
Meio Selvagem
Saúde Pública
Serviços de Saúde
-Brasil
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
BR1541.1; 330.908, TD2142


  3 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-991838
Autor: Saccaro Junior, Nilo Luiz; Mation, Lucas Ferreira; Sakowski, Patrícia Alessandra Morita.
Título: Impacts of deforestation on the incidence of diseases in the Brazilian Amazon / Discussion Paper 212 : Impacts of deforestation on the incidence of diseases in the brazilian Amazon.
Fonte: Rio de Janeiro; IPEA; 2016. 20 p. (Discussion Paper / IPEA).
Idioma: pt.
Resumo: O limitado conhecimento sobre os efeitos do desmatamento na saúde humana é uma lacuna importante para a gestão ambiental e da saúde no Brasil e no mundo. A fim de avaliar a sua ocorrência e magnitude, foi realizada uma análise de painel, ligação de dados sobre o desmatamento e doenças de notificação por município e ano, cobrindo 773 municípios na Amazônia entre 2004 e 2012. Foi realizado estimativas separadamente para cada doença, com a inclusão de controla para efeitos fixos do município, características socioeconômicas e de prestação de serviços públicos de saúde. Entre as doenças que tinham dados suficientes para análise, verificou-se que o desmatamento tem um efeito significativo sobre a leishmaniose e malária: em média aumenta, anuais de 1% no municipal chumbo área desmatada para um aumento entre 14,5% e 23,2% na incidência de malária e entre 5,12% e 9,26% na incidência de leishmaniose. Por outro lado, estatisticamente significativos efeitos não foram detectadas para as doenças indicadas como fortes candidatos por alguns autores. Os resultados confirmam a existência de custos de desmatamento relacionadas com a saúde, embora estas não se aplicam a uma ampla gama de doenças. Destaca-se a existência de custos de desmatamento relacionadas com a saúde na Amazônia, que devem ser tidos em conta tanto na gestão da saúde pública e na tomada de decisões em termos de capital natural.
Descritores: Conservação dos Recursos Naturais
Doenças Transmissíveis
Meio Selvagem
Saúde Pública
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
BR1541.1


  4 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-915922
Autor: Moutinho, Paulo Rufalco.
Título: Perturbações no ambiente natural, e emergência de habitats larvais ocupados por espécies de Anopheles Meigen (Diptera: Culicidae) em assentamento rural no sudoeste da Amazônia brasileira / Disturbances in the natural environment, and emergency of larval habitats occupied by species of Anopheles Meigen (Diptera: Culicidae) in rural settlement in Brazilian Amazon southwestern.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. 182 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública, Departamento de Epidemiologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: Assentamentos rurais são recorrentes arranjos sociais em expansão na Região Amazônica, que geram perturbações no ambiente natural e na respectiva ecologia de mosquitos vetores envolvidos na transmissão de malária. Objetivos: Elaborar revisão das espécies do gênero Anopheles que foram registradas na Região Amazônica. Para a pesquisa quantitativa, estabelecer potenciais fatores dos ambientes e das características das águas de diversos habitats larvais que possam estar associadas com a presença de espécies de anofelíneos, através de coletas em criadouros de diferentes graus de perturbação ambiental. Métodos: para a revisão das espécies que foram registradas na Amazônia, foram empregados termos de busca, utilizando sete bases bibliográficas de referência. Para os estudos em campo, foram realizadas capturas de larvas juntamente com estimação e mensuração de algumas condições dos habitats larvais, para comparação dos parâmetros analisados entre ambientes naturais e artificiais. Resultados: a revisão mostrou maior quantidade de artigos que notificaram a ocorrência do subgênero Nyssorhynchus, seguido pelos subgêneros: Anopheles, Stethomyia, Kerteszia e Lophopodomyia. O Anopheles darlingi se mostrou a espécie com maior ocorrência nos artigos levantados, muito pelo seu caráter epidemiológico. Importantes vetores auxiliares pertencentes ao subgênero 6 Nyssorhynchus também foram registrados em grande quantidade. Os resultados das análises conduzidas com os dados das capturas em campo demonstraram que as forças de transformação do ambiente natural favorecem o desenvolvimento de habitats larvais de espécies do subgênero Nyssorhynchus, incluindo o An. darlingi, além de um importante vetor secundário, o An. triannulatus. Discussão e Conclusão: projetos de assentamentos na Amazônia brasileira registram índices significativos de casos de malária, devido à ocupação de áreas naturais pelo homem. Este estudo mostrou que o subgênero Nyssorhynchus possui amplo registro na literatura de inquéritos entomológicos do gênero na floresta tropical equatorial, indicando que o agrupamento pode ser considerado endêmico às fronteiras de transformação na região, tendo assim importante papel na manutenção da transmissão da malária. Os estudos de campo apresentaram evidências de que formação de habitats artificiais favorecem formas iniciais de vida dos mosquitos com histórico vetorial para a região. Esses habitats larvais podem ser respostas ao uso do solo e das consequentes alterações provocadas no ambiente natural pelas atividades humanas. As modificações do ambiente natural selecionam e propiciam a formação de habitats para as espécies do Nyssorhynchus. Este agrupamento taxonômico engloba espécies que são consideradas vetores para a malária na região Neotropical.

Introduction: Rural settlements are recurrent social arrangements expanding in the Amazon region, which generate disturbances in the natural environment, affecting the mosquitoes ecology involved in malaria transmission. Objective: A systematic review of Anopheles species were recorded in the Amazon region. For the qualitative research, were establish potential factors of the environment and the characteristics of the waters of several larval habitats that may be associated with the presence of species of Anopheles mosquitoes, by surveys of the samples presents in larval habitats within environmental disturbance gradient. Methods: for the review of the species, were used search terms, in seven bibliographic databases of reference. For studies in the field, larvae were trapped along estimation and measurement of some conditions of the larval habitats, to compare the parameters analyzed between natural and artificial environments. Results: The review showed greater amount of articles that reported the occurrence of Nyssorhynchus subgenre, followed by: Anopheles, Stethomyia, Kerteszia and Lophopodomyia. The Anopheles darlingi proved the species with the highest occurrence in the papers showed, due to its epidemiological importance. Important auxiliary vectors belonging to the subgenus Nyssorhynchus were also recorded in large scale. The results of the qualitative shown that the natural 8 environment transformation forces favor the development of larval habitats of the species of subgenus Nyssorhynchus, including An. darlingi and an important secondary vector, An. Triannulatus. Discussion and Conclusion: settlement projects in the Brazilian Amazon recorded significant rates of malaria cases. This study showed that, the Amazon basin an important determinant of this phenomenon is the formation of artificial habitats that are occupied by early forms of life of mosquito vectors. These larval habitats may be answers to land use and consequent changes in the natural environment caused by human activities. Modifications to the natural environment select and provide the formation of habitats for species in Nyssorhynchus. This taxonomic group includes species that are considered vectors for malaria in the Neotropics. Discussion and Conclusion: settlement projects in the brazilian Amazon recorded significant rates of malaria cases. This study showed that the review of the literature shows Nyssorhynchus subgenre ample record in entomological surveys in the equatorial rainforest, indicating that the group may be considered endemic to the borders of transformation in the region, and thus important role in the maintenance of malaria transmission. Field studies showed evidence that formation of artificial habitats favor early forms of the mosquito vector, with history for malaria in the region. These larval habitats may be answers to land use and consequent changes in the natural environment caused by human activities. Modifications to the natural environment select and provide the formation of habitats for species in Nyssorhynchus.
Descritores: Anopheles
Ecossistema
Lava
Meio Selvagem
-Vetores de Doenças
Meio Ambiente
Insetos Vetores
Malária/transmissão
Saúde Pública
Limites: Animais
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-915376
Autor: Hurtado-Huarcaya, Jose; Albán, Joaquina.
Título: Conocimiento tradicional de la flora silvestre en las comunidades campesinas del Santuario Histórico de la Pampa de Ayacucho (Quinua, Ayacucho, Perú) / Traditional knowledge of the wild flora in the rural communities of the Pampa de Ayacucho Historic Sanctuary (Quinua, Ayacucho, Peru)
Fonte: Bol. latinoam. Caribe plantas med. aromát;17(3):286-301, mayo 2018. mapas, graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: El presente estudio registra el uso, conocimiento tradicional y distribución de la flora silvestre en las ocho comunidades campesinas andinas que rodean al Santuario Histórico de la Pampa de Ayacucho, ubicada en el distrito de Quinua, Perú. La metodología se basó en la recolección de la flora silvestre utilizada por los pobladores, entrevistas abiertas y semiestructuradas. Se reportan 137 especies utilizadas, agrupadas en 49 familias y 101 géneros, siendo las familias Asteraceae, Poaceae y Fabaceae las de mayor número de especies, con 34, 11 y 9 especies respectivamente. Las especies fueron clasificadas en nueve categorías de usos, siendo las categorías Medicinal (91 especies), Social (46 especies) y Alimenticio (35 especies) las más representativas por el número de especies que presentan. Se concluye que los pobladores del área de estudio aún conservan el conocimiento tradicional de sus recursos vegetales, evidenciado en el número de especies y en la diversidad de usos que presentan.

This study records the use, traditional knowledge and distribution of the wild flora in the eight Andean rural communities surrounding the Pampa de Ayacucho Historic Sanctuary, placed in the Quinua District, Peru. The methodology was based on the collection of the wild flora used by local people, open and semi-structured interviews. A total of 137 species used, grouped in 49 families and 101 genera, were registered; Asteraceae, Poaceae and Fabaceae are the families with the highest number of species, with 34, 11 and 9 species respectively. The species were classified into nine categories of uses; being the categories Medicinal (91 species), Social (46 species) and Food (35 species) being the most representative by the number of species present. We conclude that people living in the study area still maintaining the traditional knowledge of their vegetal resources, evidenced by the number of species and the diversity of uses that they present.
Descritores: Etnobotânica
Flora
-Biodiversidade
Reservas Naturais
Peru
Zona Rural
Inquéritos e Questionários
Meio Selvagem
Limites: Seres Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771867
Autor: Bianchi, M. A. F.; Mello, R. H.; Bianchi, H; Bermond Júnior, J. L.; Ibrahim, P. A. F..
Título: Restrain of birds with bottles of polyethylene terephthalate, tested in red-browed from the Atlantic Forest / Contenção de aves com garrafas de politereftalato de etileno, testado em papagaios-chauá (Amazona rhodocorytha,Salvadori, 1890) da Mata Atlântica
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;68(1):136-140, jan.-fev. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: In wild animals, containment is the moment of greatest stress caused by the investigator to the animal due to its natural resistance to the moment of capture, handling, containment and transport, attitudes frankly contrary to his nature. In birds, the restraint must meet certain criteria in order to control the animal's movements, avoiding trauma at the same time that you need to keep your breathing amplitude. The high risk of death during the restraint of these animals raised the need to design a device, from bottles of poly ethylene terephthalate (PET), for containing parrots-browed Amazon (Amazona rhodocorytha), a parrot endemic to the Atlantic Forest in southeastern Brazil, and endangered with extinction, which allowed the observation of respiration, the reduction of handling time of birds for collection of biological material, and consequent reduction of stress and risk of death during the evaluation of several biological data and health of the bird. The PET bottle container can be used as a model for any bird, provided it suits the size of the animal.

Em animais silvestres, a contenção é o momento de maior estresse promovido pelo pesquisador ao animal, devido à resistência natural ao momento da captura, ao manuseio, à contenção e ao transporte, atitudes francamente contrárias à sua índole. Em aves, a contenção deve obedecer a alguns critérios, com o objetivo de controlar os movimentos do animal, evitando traumas, ao mesmo tempo em que é preciso manter sua amplitude respiratória. O alto risco de morte, durante a contenção desses animais, suscitou a concepção de um dispositivo, proveniente de garrafas de politereftalato de etileno (PET), para a contenção de papagaios-chauá (Amazona rhodocorytha), psitacídeo endêmico da Mata Atlântica, na região Sudeste do Brasil, e ameaçado de extinção. Esse dispositivo permitiu a observação dos movimentos respiratórios, a diminuição do tempo de manuseio das aves, para coleta de materiais biológicos, e a consequente redução do estresse e dos riscos de morte, durante a avaliação de diversos dados biológicos e sanitários dessa ave. Tal contenção pode ser utilizada como modelo para qualquer outra ave, desde que se adapte o tamanho do animal, ao recipiente de garrafa PET.
Descritores: Amazona
Plásticos
Meio Selvagem
-Aves
Transtornos de Estresse Traumático
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-716073
Autor: Souza, Andressa Francisca Ribeiro de.
Título: Aspectos ecológicos de mosquitos (Diptera: Culicidae) em ambientes degradados e preservados da APA Capivari-Monos no município de São Paulo / Ecological aspects of mosquitoes (Diptera: Culicidae) in degraded environments and in the Environmental Protection Area Capivari-Monos in São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. 99 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Epidemiologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A Área de Proteção Ambiental (APA) Capivari-Monos no sul do município de São Paulo, sub-distrito de Parelheiros, é uma área de Mata Atlântica que abriga importantes mananciais. Devido à urbanização desorganizada, alterações das condições ecológicas naturais dessa área propiciam o contato entre humanos, patógenos e culicídeos. Pouco se sabe sobre a ecologia de mosquitos vetores de patógenos nessa localidade, o que instigou a pesquisa na região. Nesse sentido, o presente estudo investigou a fauna culicídeos presentes em ambiente silvestre e antrópico na APA Capivari-Monos, determinando-se indicadores de biodiversidade e relacionando-os a fatores ambientais. Para tal, por 12 meses foram capturados mensalmente culicídeos adultos e imaturos de ambiente silvestre e antrópico usando-se diferentes técnicas de captura. Foram utilizados indicadores de diversidade para avaliar a riqueza, dominância, abundância e equabilidade dos diferentes ambientes. Um total de 9.403 mosquitos adultos foram capturados de maio de 2009 a junho de 2010. As espécies prevalentes entre as coletadas no ambiente silvestre foram Anopheles (Kerteszia) cruzii, Culex (Melanoconion) seção Melanoconion e Aedes serratus, enquanto as mais comuns no ambiente antrópico foram Coquillettidia chrysonotum / albifera, Culex (Culex) grupo coronator e An. (Kerteszia) cruzii. A riqueza de mosquitos adultos foi semelhante entre os ambientes, e a abundância variou entre as espécies. Ao comparar os padrões de diversidade entre os ambientes, a região antrópica apresentou maior riqueza e uniformidade, o que sugere que o estresse ambiental aumentou o número de nichos favoráveis para culicídeos e promoveu maior diversidade. A espécie An. cruzii apresentou correlação positiva com pluviosidade e temperatura no ambiente antrópico, mas no ambiente silvestre essa espécie não esteve associada aos fatores climáticos...

The Environmental Protection Area (APA) Capivari-Monos in the Parelheiros sub-district, in South São Paulo, is an Atlantic Forest area that comprises important springs. Owing to the disorganized urbanization, changes in the natural ecological conditions of the APA promoted human-Culicidae-pathogen contact. The lack of information on the ecology of mosquito vectors in the APA motivated the present study, which investigated the Culicidae fauna wild and anthropic zones of the Capivari-Monos APA, determining biodiversity indicators and relating them to environmental factors. To that end, adult and immature Culicidae were monthly collected from the wild and from the anthropic zones for 12 months and using different capture techniques. Diversity indicators were used to assess richness, dominance, evenness and abundance in the different environments. A number of 9,403 adult mosquitoes were collected from May 2009 to June 2010. The main species collected in the wild environment were Anopheles (Kerteszia) cruzii, the Melanoconion section of Culex (Melanoconion) and Aedes serratus, whereas the most common species in the anthropic zone were Coquillettidia chrysonotum/albifera, Culex (Culex) Coronator group and An. (Ker.) cruzii. Mosquito richness was similar between the zones, and their abundance varied according to the species. Compared to the wild zone, the anthropic zone exhibited higher richness and evenness, suggesting that environmental stress increased the number of favorable niches for culicids, promoting diversity. An. cruzii occurrence was positively correlated with rainfall and temperature in the anthropic zone, but in the wild zone it was not associated with climatic factors. From the 2,443 immature mosquitoes collected, 1,507 (61.7 per cent ) were found int the anthropic zone and 936 (38.3 per cent ) in the wild zone...
Descritores: Florestas
Culicidae
Meio Ambiente
/análise
INDICADORES AMBIENTAIS/análise
Meio Selvagem
-Biodiversidade
Brasil
Coleta de Dados
Vetores de Doenças
Insetos Vetores
Limites: Animais
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; DR, 1158. CM. 55004/2014


  8 / 8 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-648236
Autor: Parra Herra, Juan Pablo; Estrada Cely, Gloria Elena.
Título: Patrón de comportamiento de monos ardilla (Saimiri sciureus macrodon) cautivos con diferentes enriquecimientos ambientales / Behavioral patterns of the squirrel monkey (Saimiri sciureus macrodon) captive with different environmental enrichment / Padrões de comportamento de macacos-de-chiero (Saimiri sciureus macrodon) em cativeiro com diferentes enriquecimentos ambientais
Fonte: Ces med. vet. zootec;6(2):30-43, jul.-dic. 2011. tab, graf, ilus.
Idioma: es.
Resumo: Las implicaciones del cautiverio sobre el comportamiento de los animales han sido muy bien documentadas, peropocos son los recursos existentes para la modificación de su efecto. Esta primer experiencia realizada en el Hogar dePaso de Fauna Silvestre (HPFS) de la Universidad de la Amazonía y Corpoamazonía, en Florencia- Caquetá, además de describir el patrón de comportamiento y de actividades expresadas por el mono ardilla en cautiverio (Saimirisciureus macrodon), en análisis comparativo con especímenes de la especie en vida silvestre, estableció mecanismosde modulación de la conducta, a partir del uso de enriquecimientos ambientales. La investigación realizada sobre un grupo conformado por doce especímenes en diferentes estadíos de desarrollo biológico, confinados en un encierro no mayor a los cuatro metros cuadrados, encontró, a través de la aplicación de etogramas, que los especímenes cautivos presentan grandes variaciones en sus actividades diarias y una gran cantidad de estereotipos que se hacíanevidentes en los horarios de alimentación (Horas de la mañana). Dichas conductas lograron ser moduladas con enriquecimientos ambientales (EA). Los resultados establecen la presencia de diferencias significativas del tipo decomportamiento y de actividad, entre los especímenes cautivos y los de vida libre, además de diferencias en rangosde peso, temperatura corporal y niveles de glucosa, siendo mayores en especímenes cautivos, lo que indica quefactores como cambios en la alimentación y el stress del cautiverio, son causantes del desequilibrio homeostático de S. sciureus.

The implications of captivity on animal behavior have been well documented, but few resources exist to alter its effect. This first experience, carried out at the Wildlife Foster Home of the Universidad de la Amazonía andCorpoamazonía, in Florencia, Caquetá, in addition to describing behavioral and activity patterns expressed bythe captive squirrel monkey (Saimiri sciureus macrodon) in comparison with specimens in the wild, establishedmechanisms for conduct modulation, based on the use of environmental enrichments. Research conducted on agroup of twelve specimens, in different stages of biological development and confined to an enclosure no largerthan four square meters, found through the application of ethograms that the captive specimens' daily activitiesvary widely and that a great many stereotypes were evident at feeding times (morning hours). These behaviors were able to be modulated by environmental enrichments (EE). Results show the presence of significant differences in behavior and activity between captive specimens and those in the wild, as well as differences in weight ranges, body temperature and glucose levels, being higher in captive specimens, which indicate that factors such as changes in diet and the stress of captivity are causing homeostatic imbalance of S. sciureus.

As implicações de cativeiro sobre o comportamento dos animais têm sido bem documentadas, mas há poucosrecursos disponíveis para a modificação de seu efeito. Esta primeira experiência realizada no Lar Adotivo deFauna Silvestre da Universidad de la Amazonía e Corpoamazonía em Florencia – Caquetá, além de descrever o padrão de comportamento e atividades expressas pelo macaco-de-cheiro em cativeiro (Saimiri sciureus macrodon),em análise comparativa com espécimes da espécie na vida silvestre, estabeleceu mecanismos de modulação do comportamento, a partir do uso de enriquecimento ambiental. A pesquisa foi realizada em um grupo composto dedoze espécimes em diferentes estágios de desenvolvimento biológico, confinados em um recinto não maior quequatro metros quadrados, através de estudos de etogramas foi verificado que as atividades diárias dos espécimes emcativeiro variam muito e que um grande número de estereótipos eram evidentes às vezes na alimentação (horas damanhã). Esses comportamentos foram capazes de ser modulados por enriquecimento ambiental (EA). Os resultados estabelecem a presença de diferenças significativas no tipo de comportamento e de atividade, entre os espécimes em cativeiro e os de vida livre, além das diferenças em várias categorias de peso, temperatura corporal e níveis de glicose, sendo maior nos espécimes em cativeiro, o que indica que os fatores como mudanças na dieta e estresse docativeiro estão causando desequilíbrio homeostático de S. sciureus.
Descritores: Comportamento Estereotipado/ética
Etologia
Fauna
Saimiri
Meio Selvagem
-Métodos de Alimentação/ética
Limites: Animais
Responsável: CO83.1 - Biblioteca Fundadores



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde