Base de dados : LILACS
Pesquisa : H01.770.644.145.431 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 618 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 62 ir para página                         

  1 / 618 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1102394
Autor: Dantas, Flávio.
Título: Resultados terapêuticos de intervenções medicamentosas em pacientes suspeitos ou confirmados de COVID-19 no Brasil: Proposta para documentação sistemática de casos atendidos na fase inicial / Outcomes research of pharmacologic interventions in suspected or confirmed patients with COVID-19 in Brazil: protocol for prospective observational study.
Fonte: São Paulo; APH; jul. 2020. 34 p.
Idioma: pt.
Resumo: A infecção humana causada pelo vírus SARS-CoV-2 (COVID-19), diagnosticada como pneumonia de causa desconhecida originalmente na cidade de Wuhan (China), foi considerada como pandemia pela Organização Mundial da Saúde. Sua transmissibilidade parece ser bastante elevada, tendo afetado quase dois milhões de pessoas em todo o mundo e provocado mais de 500 mil mortes. Surgiu no Brasil em fevereiro de 2020, inicialmente na cidade de São Paulo. Afeta de forma mais grave os idosos e portadores de algumas comorbidades (tais como doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, diabetes, câncer, DPOC e doenças cerebrovasculares, entre outras), tendo uma sintomatologia variável e tratamentos empíricos que estão sendo testados de forma mais rigorosa desde o seu aparecimento. Na ausência de vacina para proteção dos sadios, tem sido adotada a estratégia de isolamento social e tratamento com medidas de suporte geral e/ou avançado. Neste contexto, cabe investigar a contribuição de intervenções medicamentosas no enfrentamento precoce da doença, notadamente no alívio dos sintomas desconfortáveis por ela provocados em sua fase inicial e eventual interrupção da progressão da doença, com acompanhamento e registro dos resultados obtidos. Com o protocolo se pretende coletar, durante o período em que durar a pandemia da COVID-19 no Brasil, informações de pacientes suspeitos clinicamente ou laboratorialmente diagnosticados com a doença, tratados com medicamentos escolhidos de acordo com protocolos de autoridades locais de saúde ou segundo o tirocínio do médico, Todos os medicamentos deverão estar regularmente registrados na Anvisa, embora sem indicações específicas para a COVID-19. Serão avaliados os efeitos no estado de saúde do paciente, por meio de escores e escalas clínicas, bem como aspectos relacionados à segurança do medicamento, variação na duração da doença e medicamentos mais associados a eventuais sucessos terapêuticos. Questionário padronizado e específico para a COVID-19 foi elaborado e disponibilizado em formulários google para preenchimento dos médicos colaboradores do estudo durante o acompanhamento dos pacientes. Os dados serão armazenados em planilhas eletrônicas e serão analisados com técnicas estatísticas descritivas e inferenciais. Todos os dados dos pacientes serão coletados de forma totalmente anonimizada para proteger a privacidade dos pacientes, que serão identificados no formulário eletrônico, única e exclusivamente, por um código alfanumérico, escolhido pelo seu médico assistente e registrado no seu prontuário médico. Dada a situação pandêmica, nos casos em que não for possível o atendimento presencial será enviado uma folha de informações sobre o estudo e TCLE para preenchimento pelo paciente, bem como feitas as teleconsultas de seguimento para acompanhamento do caso. Além de gerar o desenvolvimento de novas aplicações da telemedicina, o projeto visa também a coleta de informações úteis que poderão ser utilizadas em futuros estudos multicêntricos randomizados e controlados para tratamento medicamentoso de quadros epidêmicos, podendo servir também de modelo para novos estudos clínicos de avaliação dos benefícios de intervenções farmacológicas em outras doenças ou agravos à saúde. (AU)

Infection in humans caused by the SARS-CoV-2 virus (COVID-19), diagnosed as pneumonia of unknown cause originally in the city of Wuhan (China) in December 2019, was considered a pandemic by the World Health Organization. Its transmissibility seems to be quite high, affecting almost two million people worldwide and causing more than 500 thousand deaths. It appeared in Brazil in February 2020, initially in the city of São Paulo. It affects more severely the elderly and people with some comorbidities (such as cardiovascular diseases, high blood pressure, diabetes, malignancy, chronic obstructive pulmonary disease and cerebrovascular disease, among others), with a rich clinical symptomatology. Empirical treatments are being tested in more rigorous clinical trials. In the absence of a vaccine to protect the healthy, the strategy of social isolation and treatment with general and / or advanced support measures has been adopted. In this context, it is worth investigating the potential contribution of some pharmacological interventions for relieving the distressing symptoms caused by coronavirus in its initial phase or stop its progression, together with monitoring and recording outcomes collected by doctors. This protocol intends to collect information from suspected or confirmed cases of COVID-19 patients, during the current pandemic in Brazil. The patients will be attended by doctors that will evaluate their clinical situation and will decide on the appropriate prescription following local clinical protocols or their own clinical expertise. All medicines must be registered in Anvisa (Brazilian regulatory agency for medicines), even if no indication stated for treating COVID-19. The effects on patients' health status will be evaluated by means of scores and clinical scales, together with measures on safety, duration of the disease and medicines better related with good results. A standardized and specific questionnaire for COVID-19 had been designed and will be available on google forms to be filled out by doctors during the study. The data will be stored in electronic spreadsheets and will be analysed using descriptive and inferential statistical techniques. All patient data will be collected in a completely anonymous way to protect patients' privacy. Patients will be identified exclusively by an alphanumeric code, to be registered in doctors' medical records. Given the pandemic situation, in cases in which face-to-face health care is not obligatory, an information sheet about the study will be sent to the patient in order to get the informed consent. Teleconsultations will take place in some cases for follow-up of patients. In addition to enlarge telemedicine applications, this project also aims to collect useful information that could be used in future randomized and controlled multicentre trials to evaluate the role of pharmacological interventions in epidemic or transmissible diseases. It could also be helpful for designing clinical studies using pharmaceutical preparations in other diseases or health problems. (AU)

La infección en humanos causada por el virus SARS-CoV-2 (COVID-19), diagnosticada como neumonía de causa desconocida originalmente en la ciudad de Wuhan (China) en diciembre de 2019, fue considerada una pandemia por la Organización Mundial de la Salud. Su transmisibilidad parece ser bastante alta, afectando a casi dos millones de personas en todo el mundo y causando más de 500 mil muertes. Apareció en Brasil en febrero de 2020, inicialmente en la ciudad de São Paulo. Afecta más severamente a los ancianos y personas con algunas comorbilidades (como enfermedades cardiovasculares, presión arterial alta, diabetes, malignidad, enfermedad pulmonar obstructiva crónica y enfermedad cerebrovascular, entre otros), con una rica sintomatología clínica. Los tratamientos empíricos se están probando en ensayos clínicos más rigurosos. En ausencia de una vacuna para proteger a los sanos, se ha adoptado la estrategia de aislamiento social y tratamiento con medidas de apoyo generales y / o avanzadas. En este contexto, se puede investigar la contribución potencial de preparaciones farmacéuticas para aliviar los síntomas causados por el coronavirus en su fase inicial o interrupción de progresión de la enfermedad, junto con el monitoreo y registro de los resultados recopilados por los médicos. Este protocolo tiene la intención de recopilar información de casos sospechosos o confirmados de pacientes con COVID-19, durante la pandemia actual en Brasil. Los pacientes serán atendidos por médicos que evaluarán su situación clínica y prescribirán medicamentos según protocolos clínicos locales o por decisión propia conforme su expertise clínica. Todos los medicamentos prescritos deberán estar registrados en Anvisa (Agencia Brasileña de regulación de medicamentos), aún sin indicaciones precisas para la COVID-19. Los efectos sobre el estado de salud de los pacientes se evaluarán mediante puntajes de síntomas y escalas clínicas, junto con medidas de seguridad, duración de la enfermedad y revelación de medicamentos más asociados con buenas respuestas clínicas. Se diseñó un cuestionario estandarizado y específico para COVID-19, que estará disponible en los formularios de Google para que los médicos lo completen durante el estudio. Los datos se almacenarán en hojas de cálculo electrónicas y se analizarán mediante técnicas estadísticas descriptivas e inferenciales. Todos los datos del paciente se recopilarán de forma completamente anónima para proteger la privacidad de los pacientes. Los pacientes serán identificados exclusivamente por un código alfanumérico, que se registrará en los registros médicos de los médicos. Dada la situación de pandemia, en los casos en que la atención médica presencial no es obligatoria, se enviará una hoja de información sobre el estudio al paciente para obtener el consentimiento informado. Se realizarán tele consultas en algunos casos para el seguimiento de los pacientes. Además de ampliar las aplicaciones de telemedicina, este protocolo también tiene como objetivo recopilar información útil que podría utilizarse en futuros ensayos multicéntricos controlados y aleatorizados para evaluar el papel de preparaciones farmacéuticas en enfermedades epidémicas o transmisibles. También podría ser útil para diseñar estudios clínicos con medicamentos en otras enfermedades o problemas de salud. (AU)
Descritores: Preparações Farmacêuticas
Coleta de Dados
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Infecções por Coronavirus
Homeopatia
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  2 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moreira, Luis Fernando
Texto completo
Id: lil-792811
Autor: Moreira, Luís Fernando; Pessôa, Marcelo Castro Marçal; Mattana, Diego Sachet; Schmitz, Fernando Fernandes; Volkweis, Bernardo Silveira; Antoniazzi, Jorge Luiz; Ribeiro, Liacyr.
Título: Cultural adaptation and the Clavien-Dindo surgical complications classification translated to Brazilian Portuguese / Adaptação cultural e teste da escala de complicações cirúrgicas de Clavien-Dindo traduzida para o Português do Brasil
Fonte: Rev. Col. Bras. Cir;43(3):141-148, May.-June 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: to generate a translated and validated version of the Clavien-Dindo Classification of Surgical Complications (CDC) to Brazilian Portuguese (CDC-BR). Methods: the process of translation and adaptation followed the guideline of Beaton et al., 2000. We divided 76 participating surgeons, in different levels of experience, from the Department Surgery of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre, into two groups: Group I applied the original version (CDC, n=36);r Group II used the modified version (CDC-BR, n=40). Each group classified 15 clinical cases of surgical complications. We compared performance between the groups (Mann-Whitney test) relating to the level of experience of the surgeon (Kruskal-Wallis test), considering p value <0.05 as significant. Results: the performance of the Group II (CDC-BR) was higher, with 85% accuracy, compared with 79% of Group I (CDC), p-value =0.012. The performance of the groups as for surgeons experience displayed p=0.171 for Group I, p=0.528 for Group II, and p=0.135 for overall performance. Conclusion: we produced a translated and validated version of the CDC for Brazilian Portuguese. The instrument will be a useful tool in the production of evidence on surgical outcomes.

RESUMO Objetivo: gerar uma versão traduzida e validada da Classificação de Complicações Cirúrgicas de Clavien-Dindo (CCD) para o Português-Brasileiro (CCD-BR). Métodos: o processo de tradução e adaptação seguiu a diretriz de Beaton et al., de 2000. Formaram-se dois grupos, Grupo I, que utilizou a versão original (CCD, n=36) testado em relação ao Grupo II, com a versão modificada (CCD-BR, n=40), com um total de 76 cirurgiões participantes em níveis de experiência distintos do Departamento de Cirurgia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Quinze casos clínicos de complicações cirúrgicas foram classificados em cada grupo. Comparou-se o desempenho entre grupos (teste de Mann-Whitney) relacionando ao nível de experiência dos cirurgiões (teste de Kruskal-Wallis). Valor de p<0,05 como significativo. Resultados: o desempenho do Grupo II (CCD-BR) foi superior, com 85% de acertos, contra 79% do Grupo I (CCD), p-valor=0,012 do teste de Mann-Whitney. O desempenho dos grupos em relação à experiência dos cirurgiões foi p-valor=0,171 para o Grupo I, p-valor=0,528 para o Grupo II, e p-valor=0,135 para o desempenho geral, teste de Kruskal-Wallis. Conclusão: foi produzida uma versão traduzida e validada da CCD para o Português-Brasileiro. O instrumento produzido será ferramenta útil na produção de evidências sobre os resultados cirúrgicos.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/classificação
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
-Traduções
Brasil
Características Culturais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-954585
Autor: Cesar, Daniel; Araujo, Rodrigo; Valadão, Marcus; Linhares, Eduardo; Meton, Fernando; Jesus, José Paulo de.
Título: Surgical and oncological short-term outcomes of prone extralevator abdominoperineal excision for low rectal cancer / Resultados cirúrgicos e oncológicos no curto prazo para a excisão abdominoperineal extra-levantador em pronação para câncer retal baixo
Fonte: J. coloproctol. (Rio J., Impr.);38(2):124-131, Apr.-June 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: In recent years, a standardized surgical approach for low rectal cancer was proposed and adopted in many centres. The extralevator abdominoperineal excision introduce an extensive resection of the pelvic floor and demonstrated superiority if the procedure is done in the prone jack-knife position, especially regarding intraoperative perforation and circumferential resections margins. The aim of this study is to evaluate the surgical and oncological short-term outcomes of prone extralevator abdominoperineal excision. Methods: All patients registered in our institution from January 2003 to January 2015 who underwent abdominoperineal resection or prone extralevator abdominoperineal excision for low rectal cancer after preoperative chemoradiation were retrospectively included from prospective maintained data base and were compared regarding surgical and oncological outcomes. Results: Eighty-nine patients underwent curative intent resections. Abdominoperineal resection was performed in 67 patients and prone extralevator abdominoperineal excision in 22 patients. There were no statistical significant differences between groups regarding pathological stage, median number of harvested lymph node, intraoperative perforation, circumferential resections margins involvement and recurrence rates. Surgical outcomes were statistically different between groups. Twenty-six patients (29%) developed perineal complications, 21% of the abdominoperineal resection patients and 55% of the prone extralevator abdominoperineal excision (p < 0.001). Most of these complications were due to delayed perineal wound healing (12.4%), and wound abscesses (4.5%). However, the readmission rate and median length of hospital stay was higher in the abdominoperineal resection group (p < 0.001). Conclusion: Prone extralevator abdominoperineal excision is comparable to standard abdominoperineal resection. It was associated to a decrease in length of hospital stay and readmission rate, although more perineal complications occurred. We cannot recommend it as a standard technique for all low rectal cancer. Notwithstanding, prone extralevator abdominoperineal excision can be considered a more radical approach when there is sphincter complex or levators muscles invasion.

RESUMO Introdução: Nos últimos anos, foi proposta e adotada em muitos centros uma abordagem cirúrgica padronizada para o câncer retal baixo (CRB). A excisão abdominoperineal extra-levantador (ELAPE) introduz uma ampla ressecção do assoalho pélvico, tendo demonstrado superioridade, se ELAPE for realizada na posição de canivete (carpado) em pronação, especialmente no que tange à perfuração intraoperatória (PIO) e às margens das ressecções circunferenciais (MRCs). O objetivo desse estudo é avaliar os resultados cirúrgicos e oncológicos no curto prazo da excisão abdominoperineal extra-levantador em pronação (pELAPE). Métodos: Todos os pacientes registrados em nossa instituição desde janeiro de 2003 até janeiro de 2015 e tratados com ressecção abdominoperineal (RAP) ou com pELAPE para CRB em seguida à quimiorradiação pré-operatória foram retrospectivamente incluídos a partir da base de dados prospectiva mantida, tendo sido comparados com relação aos resultados cirúrgicos e oncológicos. Resultados: Oitenta e nove pacientes foram tratados com ressecção com intenção curativa. Sessenta e sete pacientes foram tratados com RAP e 22 com pELAPE. Não foi observada diferença estatística significativa entre grupos com relação ao estágio patológico, número mediano de linfonodos coletados, PIO, envolvimento das MRCs e percentuais de recorrência. Os resultados cirúrgicos foram estatisticamente diferentes entre os grupos. Vinte e seis pacientes (29%) evoluíram para complicações perineais: 21% dos pacientes tratados com RAP e 55% dos tratados com pELAPE (p < 0,001). Quase todas essas complicações foram decorrentes do retardo na cicatrização da ferida perineal (12,4%) e de abscessos na ferida (4,5%). Mas o percentual de reinternação e a duração mediana do tempo de internação hospitalar (TIH) foram maiores no grupo tratado com RAP (p < 0,001). Conclusão: pELAPE é comparável à RAP de rotina. O procedimento foi associado à redução no TIH e no percentual de reinternação, embora tenha ocorrido maior número de complicações perineais. Não recomendamos pELAPE como técnica padrão para todos os casos de CRB. Apesar disso, pELAPE pode ser considerada uma abordagem mais radical, como nos casos em que esteja presente uma complexa invasão esfinctérica, ou dos músculos levantadores.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias
Neoplasias Retais/cirurgia
Protectomia
-Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Oncologia Cirúrgica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR545.3 - Biblioteca ICBS


  4 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-440864
Autor: Mendes, José Dínio Vaz.
Título: Repensando a CPS à luz do novo papel do gestor estadual no Sistema Único de Saúde - SUS / Rethinking CPS to light by new paper of state manager at Sistema Único de Saúde - SUS
Fonte: In: São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Planejamento de Saúde. Planejamento de saúde: conhecimento & ações 2006. São Paulo, São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Planejamento de Saúde, 2006. p.7-21.
Idioma: pt.
Descritores: Políticas, Planejamento e Administração em Saúde
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Estrutura dos Serviços
Formulação de Políticas
Planejamento em Saúde
Mão de Obra em Saúde
Serviços de Saúde
Setor Público/história
Sistema Único de Saúde
-Acesso aos Serviços de Saúde
Equidade no Acesso aos Serviços de Saúde
Estratégias
Governo Local
Regionalização
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA540, S239p, 2006


  5 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-376301
Autor: Lemus, Jorge Daniel; Tigre, Clovis H; Ruiz, Patricia L; Dachs, Norberto; Novaes, Humberto de Moraes(edt).
Título: Manual de vigilancia epidemiologica / Manual on epidemiological surveillance.
Fonte: Washington, D.C; Organización Panamericana de la Salud. PALTEX; 1996. 77 p. tab. (OPS. Serie HSP-UNI/Manuales Operativos PALTEX, 4, 10).
Idioma: es.
Descritores: Métodos Epidemiológicos
Sistemas Locais de Saúde/organização & administração
Monitoramento Epidemiológico
-Epidemiologia/instrumentação
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Infecção Hospitalar/epidemiologia
Manual de Referência
Tipo de Publ: Guia
Responsável: US1.1 - HQ Library
US1.1, PAHO COLL


  6 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-281307
Autor: Sessions, Glenn.
Título: Avaliaçäo em HIV/AIDS: uma perspectiva internacional / Evaluation in HIV/AIDS: an international perspective.
Fonte: Rio de janeiro; ABIA; 2001. 35 p.
Idioma: pt.
Descritores: Avaliação de Processos e Resultados em Cuidados de Saúde
HIV
Avaliação de Processos em Cuidados de Saúde
Avaliação de Processos e Resultados em Cuidados de Saúde
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Avaliação de Resultado de Ações Preventivas
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Limites: Humanos
Responsável: BR31.1 - SIDC - Serviço de Informação e Documentação Científica
BR31.1; WD308, S72s, 2001; BR599.1; WC503a, S493a, 2001


  7 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-281306
Autor: Nemes, Maria Ines Baptistella.
Título: Avaliçäo em saúde: questöes para os programas de DST/AIDS no Brasil / Evaluation in health: questions for the DST/AIDS programs in Brasil.
Fonte: Rio de janeiro; ABIA; 2001. 28 p.
Idioma: pt.
Descritores: Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde
Planos e Programas de Saúde
-Brasil
Limites: Humanos
Responsável: BR31.1 - SIDC - Serviço de Informação e Documentação Científica
BR31.1; WC140, N342a, 2001; BR599.1; WC503DB8, N433a, 2001


  8 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-242520
Autor: Ninomiya, Marilena F.
Título: Avaliaçäo do PCTIB em Araçatuba / PCTBI evalluation in Araçatuba
Fonte: In: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Divisäo de Saúde do Trabalhador. Rede Especial - Revista do Projeto de Cooperaçäo Técnica Brasil-Itália: "Proteçäo à saúde nos ambientes de trabalho" - 1998. Säo Paulo, IMESP, 1998. p.159-64, mapas.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Seminário Internacional Brasil-Itália: Cooperaçäo Técnica em Saúde do Trabalhador no Estado de Säo Paulo, Säo Paulo, 1994-1998.
Descritores: Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Saúde do Trabalhador
-Acidentes de Trabalho
Doenças Profissionais/epidemiologia
Formulação de Projetos
Medição de Ruído
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA400, S239r


  9 / 618 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-411837
Autor: Ferreira, Marcela; Matsudo, Sandra; Matsudo, Victor; Braggion, Glaucia.
Título: Efeitos de um programa de orientação de atividade física e nutricional sobre o nível de atividade física de mulheres fisicamente ativas de 50 a 72 anos de idade / Effects of an intervention program of physical activity and nutrition orientation on the physical activity level of physically active women aged 50 to 72 years old
Fonte: Rev. bras. med. esporte;11(3):172-176, maio-jun. 2005. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A promoção do estilo de vida mais ativo na terceira idade tem sido utilizada como estratégia de desenvolver melhora nos padrões de saúde e na qualidade de vida. O objetivo do presente estudo foi verificar o efeito de um programa de orientação de atividade física (AF) e nutricional sobre o nível de atividade física (NAF) de mulheres fisicamente ativas. A amostra foi composta de 64 senhoras de 50 a 72 anos de idade de São Caetano do Sul que participavam de um programa regular de ginástica. As senhoras foram alocadas em um dos quatro grupos: A) nutrição (n: 17); B) nutrição + atividade física (n: 17); C) atividade física (n: 13); D) controle (n: 15). Para avaliar o NAF foi utilizado o Questionário Internacional de Atividade Física IPAQ. O programa de intervenção foi realizado durante 12 semanas, uma vez por semana, por 5 a 10 minutos após as aulas de ginástica. As orientações nutricionais foram baseadas na nutrição saudável e as de AF fundamentadas na mensagem do Agita São Paulo, que estimula, pelo menos 30 minutos por dia, na maior parte dos dias da semana, de forma contínua ou acumulada, atividades físicas em intensidade moderada, além das aulas de ginástica. Os resultados indicaram aumento na freqüência (vezes/semana) das atividades moderadas (32,4 por cento; 49,6 por cento; 47,9 por cento; p < 0,05) nos grupos A, B e C, respectivamente, após 12 semanas de intervenção, em comparação com o controle. As senhoras que receberam orientação de AF aumentaram significativamente a duração das atividades moderadas em 123,2 por cento e da caminhada em 150,9 por cento e também a freqüência da caminhada (97,6 por cento) em relação aos valores pré-intervenção. O presente estudo demonstrou que o programa de intervenção promoveu aumento significativo do NAF até mesmo em senhoras irregularmente ativas.
Descritores: Aconselhamento
AVALIACAO
Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
Comportamento de Redução do Risco
Exercício Físico
Comportamento Alimentar
Idoso
Mulheres
Ciências da Nutrição
Promoção da Saúde
-Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  10 / 618 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-763800
Autor: Dinkhuysen, Jarbas Jakson.
Título: Complicações agudas e crônicas do paciente transplantado do coração / Complications of acute and chronic of heart transplantation patient
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;24(3):69-75, jul.-set.2014.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo aborda dados clínicos-cirúrgicos que potencialmentepodem complicar o pós-operatório imediato e tardiodo transplante cardíaco. A seleção do paciente tem importanteimpacto na evolução imediata e pode trazer consequências acurto e a longo prazo e na sobrevida. A seleção adequada dodoador/receptor pode impactar a função do enxerto e fatorescomo urgências, presença de comorbidade e condições clínicasdo receptor são dados importantes para obtenção de bonsresultados. O tempo de isquemia é outra importante variávele é fundamental uma boa logística para que tudo corra bem. Aseleção do doador, suas comorbidades, proteção miocárdica etipo de técnica cirúrgica empregada podem ter influência noperíodo pós-transplante. Complicações pós-operatórias, taiscomo falência primária do enxerto, disfunção do ventrículodireito ou esquerdo, infecções incluindo mediastinite, derramespericárdios podem ser fatores que influenciam os resultadosnos primeiros períodos após o procedimento. As complicaçõesa longo prazo muito se relacionam à terapia imunossupressivaobjetivando minimizar o risco de rejeição, assim como acomorbilidade associada com os efeitos adversos que estasterapias podem causar. Eventuais complicações neurológicas,doença vascular do enxerto, malignidade, doenças renais,diabete mellitus, hipertensão, osteoporose e necessidade deretransplante estão citados no texto, além de recomendaçõesquanto à gravidez, contracepção e disfunção erétil parapacientes transplantados.

This article deals with surgical issues that may potentiallycomplicate the immediate post-heat transplant period. Thepatient selection has a very important impact in the immediatepost-operative recovery of the patient and some have consequencesin the outcomes and survival. Size discrepanciesin the donor-recipient can impair in the graft function, andfactors like urgency of the procedure, presence of comorbiddiseases and the adequacy of physical reserves in therecipient's ability are important to obtain successful results.The ischemic time is another important variable and a goodlogistic is relevant for the things to go well. The donorselection, his comorbidites, myocardical preservation andsurgical techniques could influence the post-heart transplant.Postoperative complication like primary graft failure and rigthor left ventricular dysfuntion, sternal wound infection andpericardial effusion may cause delay in the convalescence.The long-term complications are related with the immunosuppressivetherapy to minimizing the risk of rejection, long-termmorbility associated with the adverse effects of these drugs.Eventual neurological complications cardiac allograf vasculopathy,malignancies, chronic kidney diseases, diabetesmellitus, hypertension, bone diseases and retransplantationare mentioned in the text. Also warnings about pregnancy,contraception, erectide dysfunction are presente.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/epidemiologia
Dobutamina
Norepinefrina/administração & dosagem
Transplante de Coração/reabilitação
-Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde/métodos
Comorbidade
Ecocardiografia
Fatores de Risco
Seleção do Doador/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 62 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde