Base de dados : LILACS
Pesquisa : H02.229.782 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1356 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 136 ir para página                         

  1 / 1356 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Silva, Raimunda Magalhäes da
Texto completo
Id: biblio-890234
Autor: Sousa, Izautina Vasconcelos de; Brasil, Christina César Praça; Silva, Raimunda Magalhães da; Vasconcelos, Dayse Paixão e; Silva, Kellyanne Abreu; Bezerra, Ilana Nogueira; Finan, Timoty J.
Título: Diagnóstico participativo para identificação de problemas de saúde em comunidade em situação de vulnerabilidade social / Participatory diagnosis to identify health problems in a socially vulnerable community
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;22(12):3945-3954, Dez. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O paradigma da Promoção da Saúde inaugurou o reconhecimento da saúde como resultante de fatores interligados ao contexto social, político e econômico. No Brasil, as iniquidades são consideradas uns dos traços mais marcantes da situação de saúde, desafiando a efetividade de políticas intersetoriais. O presente estudo objetivou conhecer a percepção dos moradores de uma comunidade em situação de vulnerabilidade social sobre os problemas que interferem nas condições de saúde e as estratégias de enfrentamento utilizadas. Foi utilizada como metodologia a pesquisa participante, guiada pelo Diagnóstico Participativo, contando com 31 informantes-chave da comunidade em estudo localizada em Fortaleza, Ceará. Como resultado, os participantes evidenciaram que a comunidade apresenta problemas no campo da saúde decorrentes da fragilidade de ações intersetoriais (infraestrutura, segurança pública, saneamento básico, recolhimento de lixo e outros) e que buscam enfrentamentos a partir de ações de mobilização social e apoio de instituições. Diante do exposto, verifica-se que o Diagnóstico Participativo pode vir a ampliar o envolvimento social com a promoção da saúde e o enfrentamento de problemas, além de contribuir para a garantia do direito à cidade a todos os seus moradores.

Abstract The Health Promotion paradigm led to the acknowledgment of health due to factors linked to the social, political and economic contexts. In Brazil, health inequities are one of the most striking features of the health situation, challenging the effectiveness of intersectoral policies. This study aimed to understand the perception of socially vulnerable community dwellers of the problems that interfere with the health conditions and the coping strategies used. The methodology consisted of a participatory research based on the participatory diagnosis conducted with 31 key informants from the community studied in Fortaleza, Ceará, Brazil. As a result, participants evidenced that the community has health issues due to weak intersectoral actions (infrastructure, public safety, basic sanitation, garbage collection, among others) and that they seek to address them through social mobilization actions and institutional support. Thus, Participatory Diagnosis is thought to increase social involvement with health promotion and problem solving and contributes to ensuring the right to the city to all its residents.
Descritores: Adaptação Psicológica
Populações Vulneráveis
Pesquisa Participativa Baseada na Comunidade/organização & administração
Política de Saúde
Promoção da Saúde/métodos
-Brasil
Saneamento
Grupos Focais
Disparidades nos Níveis de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Barcellos, Christovam
Texto completo
Id: biblio-890520
Autor: Mendes, Thiago Monteiro; Barcellos, Christovam.
Título: A dimensão territorial do esgotamento sanitário: o caso do Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, Brasil / The Territorial Dimension of Sewage Networks: the Case of Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(2):647-658, Fev. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O crescimento das periferias de grandes cidades do Brasil vem ocorrendo sem que disponham de infraestrutura de saneamento adequada. Diferentes grupos sociais procuram superar estas deficiências, buscando alternativas locais de saneamento, individuais ou comunitárias, que se contrapõem ao modelo universal de redes de coleta de esgoto. A pesquisa foi desenvolvida no bairro do Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, a fim de analisar o processo de instalação do sistema de esgotamento sanitário, sob uma abordagem territorial. Os dados permitiram a construção de esquemas territoriais relacionados a conflitos durante a implantação da estrutura de esgotamento sanitário neste bairro, onde convivem grupos populacionais de classe média e moradores de favelas, áreas de preservação ambiental, praias e atividades comerciais. Foi levantada a necessidade de contextualização das informações sobre saneamento, disponibilizadas pelo IBGE e pela companhia estadual de saneamento, que não refletiam estes conflitos ou a representação dos moradores sobre seus problemas de saneamento. A sobreposição das atribuições de gestão dos territórios deve, ainda, ser considerada como um dos fatores responsáveis por parte dos conflitos levantados no bairro. Novos estudos são sugeridos como complementação metodológica e atualização de dados.

ABSTRACT The urban suburbs of Brazilian cities have grown without an adequate sanitation infrastructure. Different social groups try to overcome these shortcomings seeking local sanitation alternatives at individual or community levels, contrasting with the universal model of sewage networks. This study was developed in the suburban neighborhood of Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, Brazil, in order to analyze the installation process of the sewage system under a territorial approach. Data facilitated the construction of territorial schemes related to conflicts during the implementation of sewage networks in this neighborhood, where middle class groups and favela residents coexist with environmental preservation areas, beaches and commercial activities. This work revealed the need for contextualized sanitation information made available by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) and state sewage collection company, which conceal these conflicts or the representation of residents about their sanitation problems. Overlapping territorial managing functions should be considered as one of the factors responsible for the conflicts identified in the neighborhood. Further studies are suggested as methodological complementation and data update.
Descritores: Esgotos
Saneamento/métodos
Gerenciamento de Resíduos/métodos
-Brasil
Saneamento/normas
Gerenciamento de Resíduos/normas
Meio Ambiente
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1136979
Autor: Rodrigues, Vinícius Picanço; Oliveira, Igor Czermainski de; Chaves, Gisele de Lorena Diniz; Aquino, Ellen Larissa de Carvalho; Viegas, Cláudia Viviane.
Título: Pandemic responses in vulnerable communities: a simulation-oriented approach / Respuestas a la pandemia en comunidades vulnerables: un abordaje de simulación / Respostas à pandemia em comunidades vulneráveis: uma abordagem de simulação
Fonte: Rev. adm. pública (Online);54(4):1111-1122, jul.-ago. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Populations living in favelas are facing even more vulnerabilities with the sudden escalation of the COVID-19 pandemic, as social distancing is challenging in such settings. Furthermore, these populations typically lack proper sanitation and hygiene conditions, which are requirements to adequately control the outbreak. This paper proposes the use of System Dynamics modeling to support the public policy-making process in order to avert negative effects of the pandemic in the Brazilian favelas based on measures elicited from the social movement named "Favelas Contra o Corona." The simulation model assessed the effectiveness of strategies and policy bundles encompassing temporary transfer of the favela population, supply of hygiene products, emergency sanitation structures, and expansion of Intensive Care Units. Results indicate that a suitable combination of strategies can bring significant effects to the number of avoidable deaths and the availability of Intensive Care Units for the population.

Resumen Las poblaciones que viven en barrios de bajos recursos enfrentan aún más vulnerabilidades con el surgimiento de la pandemia de COVID-19, ya que para ellos el aislamiento social es una tarea difícil. Además, carecen de condiciones adecuadas de saneamiento e higiene, que son requisitos para controlar la pandemia. Este estudio propone el uso de la Dinámica de Sistemas para apoyar las decisiones de políticas públicas que leen las medidas que se tomarán para aliviar los efectos negativos de la propagación del virus basado en medidas obtenidas del trabajo del movimiento social "Favelas Contra o Corona". Se desarrolla un modelo considerando estrategias y conjunto de políticas basado en: transferencia temporal de la población de barrios de bajos recurso, suministro de productos de higiene, estructuras de saneamiento de emergencia y expansión de la Unidade de Cuidados Intensivos. Se concluye que la solamente por la combinación de políticas efectos significativos serán alcanzados en el número de muertes evitadas y en el logro de la disponibilidad de Unidade de Cuidados Intensivos en el sistema de salud.

Resumo Populações vivendo em favelas no Brasil enfrentam ainda mais vulnerabilidade com o advento da COVID-19, já que para elas o isolamento social é uma tarefa difícil. Além disso, esses locais carecem de saneamento e condições de higiene, que são requisitos importantes para controlar a pandemia. Este artigo propõe o uso de Dinâmica de Sistemas para apoiar decisões de políticas públicas relativas a medidas para aliviar os efeitos negativos da disseminação do vírus baseado em medidas definidas a partir do trabalho do movimento social "Favelas Contra o Corona". O modelo proposto avalia a efetividade de estratégias e conjuntos de políticas que envolvem: transferência temporária da população da favela, suprimento de produtos de higiene, estruturas emergenciais de saneamento e expansão de Unidades de Terapia Intensiva. Os resultados apresentam o impacto de cada uma das estratégias. Entretanto, somente a combinação adequada de medida traz resultados significativos sobre o número de mortes evitadas e à disponibilidade de leitos de Unidades de Terapia Intensiva para a população.
Descritores: Política Pública
Áreas de Pobreza
Saneamento
Saúde
Infecções por Coronavirus
Populações Vulneráveis
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  4 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1136984
Autor: Capodeferro, Morganna Werneck; Smiderle, Juliana Jerônimo.
Título: A resposta do setor de saneamento no Brasil à COVID-19 / La respuesta del sector de saneamiento en Brasil a la COVID-19 / The Brazilian sanitation sectors response to COVID-19
Fonte: Rev. adm. pública (Online);54(4):1022-1036, jul.-ago. 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A essencialidade da água à vida talvez tenha ficado ainda mais evidente com a pandemia da COVID-19. Aos prestadores dos serviços de saneamento foi atribuída a responsabilidade de garantir à população a manutenção do abastecimento de água potável, fornecendo meios para que ela pudesse preservar os hábitos de higiene e controlar a propagação do vírus. No entanto, como se poderia garantir que a prestação do serviço não fosse afetada, seja pelo acometimento dos funcionários, seja pela reduzida capacidade de pagamento dos usuários? Este foi o desafio enfrentado pelos prestadores. Diversas foram as medidas adotadas pela Administração Pública para responder no curto prazo a esse desafio, tais como: restrição ao atendimento presencial nas unidades, isenção tarifária aos usuários da tarifa social e suspensão do corte por inadimplência. Contudo todas estas medidas podem desequilibrar as contas dos prestadores de serviço, deixando-os em uma situação de instabilidade que, a princípio, deverá ser sustentada até o fim da pandemia, quando os processos de reequilíbrio econômico-financeiro serão conduzidos pelos reguladores. Estes são e continuarão sendo os principais atores na minimização dos impactos que incidiram sobre os prestadores e na mediação das negociações futuras. Este artigo traz recomendações aos reguladores sobre como tratar os desequilíbrios causados pela pandemia nos futuros processos. Caberá aos reguladores emitir diretrizes claras com relação ao procedimento a ser adotado pelos prestadores, para que possam pleitear o reequilíbrio de suas contas. Deve-se cogitar neste momento a flexibilização das metas contratuais.

Resumen Talvez, la esencialidad del agua para la vida se ha hecho aún más evidente con la pandemia de COVID-19. Los proveedores de servicios de saneamiento tuvieron la responsabilidad de mantener el suministro de agua potable para proporcionarle a la población los medios para mantener sus hábitos de higiene y controlar la propagación del virus. Pero, ¿cómo podría garantizarse que la prestación del servicio no se vería afectada, sea por la disminución de empleados o la capacidad de pago reducida de los usuarios? Este fue el desafío planteado a los proveedores. La Administración Pública tomó varias medidas para responder rápidamente a este desafío. Las iniciativas más adoptadas fueron la restricción del servicio presencial, la exención de tarifas para los usuarios vulnerables socioeconómicamente y la suspensión del corte por incumplimiento. El hecho es que todas las medidas pueden desequilibrar las cuentas de los proveedores de servicios, dejándolos en una situación de inestabilidad que, en principio, debería mantenerse hasta el final de la pandemia, cuando los reguladores llevarán a cabo los procesos de reequilibrio económico y financiero. Los reguladores son y serán los principales actores para minimizar los impactos en los proveedores y mediar en las negociaciones futuras. Este artículo proporciona recomendaciones a los reguladores sobre cómo abordar los desequilibrios causados por la pandemia en procesos futuros. Competirá a los reguladores emitir pautas claras con respecto al procedimiento que adoptarán los proveedores para que puedan reclamar el reequilibrio de sus cuentas. En este momento, se debe considerar la flexibilización de los objetivos contractuales.

Abstract The COVID-19 pandemic has evidenced the essentiality of water more prominently. Service providers were responsible for maintaining drinking water supply to the population to maintain good hygiene habits and control the spread of the virus. However, the challenge for providers was guaranteeing the service would not be affected, either by employees falling ill or by users unable to pay for the service provision. Public administration adopted several measures to respond in the short term to this challenge. The actions most frequently observed were the restriction of in-person services, payment exemption for vulnerable users, and suspension of procedures against non-payment. The measures may have unbalanced the accounts of the service providers, leaving them in a situation of instability that, in principle, should be sustained until the end of the pandemic, when the regulators will conduct the process to re-establishing the financial balance. The regulators are and will be the main actors in minimizing the impacts on providers and in mediating future negotiations. This article provides recommendations to regulators on how to address the imbalances caused by the pandemic in future processes. Regulators will have to issue clear guidelines regarding the procedures that providers will adopt to rebalance their accounts. Consideration should be given at this time to making contractual targets more flexible.
Descritores: Abastecimento de Água
Apoio Financeiro
Saneamento
Higiene
Infecções por Coronavirus
Economia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1150722
Autor: Guatemala. Ministerio de Salud Pública y Asistencia Social. Departamento de Epidemiología.
Título: Recomendaciones para los viajeros y público en general / Recommendations for travelers and the general public.
Fonte: Guatemala; MSPAS; [2020]. 1 p.
Idioma: es.
Resumo: Guía básica e inicial sobre los cuidados de higiene personal y ambiental que había que tener durante los primeros momentos de la pandemia.
Descritores: Higiene/educação
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Pandemias/prevenção & controle
-Saneamento/métodos
Fatores de Risco
Meio Ambiente
Higiene das Mãos/métodos
Guatemala
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: GT1.1 - Biblioteca y Centro de Información


  6 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1150650
Autor: Guatemala. Ministerio de Salud Pública y Asistencia Social. Unidad de Gestión de Riesgos.
Título: Lineamientos para el manejo de cadáveres Coronavirus COVID- 19: 03 de abril 2020 / Guidelines for the management of corpses Coronavirus COVID- 19.
Fonte: Guatemala; MSPAS, Unidad de Gestión de Riesgos; 03 abril 2020. 17 p. graf.
Idioma: es.
Resumo: Versión 03 de abril 2020. Establece los lineamientos a seguir durante en el proceso del manejo de cadáveres infectados con el Coronavirus COVID-19 en todo el territorio nacional. Describe procedimientos para servicios de salud y funerarias, en el trato de los cuerpos.
Descritores: Pneumonia Viral/mortalidade
Pneumonia Viral/prevenção & controle
Cadáver
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Betacoronavirus
-Autopsia
Saneamento/métodos
Infecções por Coronavirus/mortalidade
Cemitérios/normas
Necrotério/métodos
Funerárias/normas
Guatemala/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: GT1.1 - Biblioteca y Centro de Información


  7 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-322799
Autor: García Baluja, Rodolfo; Puerto Rodríguez, Asela del; Cañas Perez, Regla.
Título: Impacto en el ambiente y la salud de las medidas de intervención social del Proyecto Cayo Hueso / Impact of the social intervention measures of the Proyecto Cayo Hueso
Fonte: Rev. cuba. hig. epidemiol;40(1):31-37, ene.-abr. 2002. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Estudio comparativo descriptivo de la situación existente al inicio y después de aplicado el ®Proyecto Cayo Hueso¼. Comprendió el período de un año y el universo de trabajo lo constituyó la población del Consejo Popular de esta localidad. Constó de dos etapas: etapa de evaluación inicial y etapa de evaluación posterior a la intervención. Se evaluó en ambas etapas las características de la comunidad, el saneamiento ambiental, el estado de la vivienda y el comportamiento de la morbilidad por enfermedades de transmisión digestiva, la leptospirosis y la tuberculosis pulmonar. Se apreció la magnitud del cambio según el juicio profesional y la percepción pública. Se constataron mejoras en el grado de habitabilidad de las viviendas y en los indicadores de morbilidad estudiados. En cuanto a los indicadores ambientales, no se apreciaron cambios en la calidad de agua, desbordamiento de albañales ni en los índices de vectores
Descritores: Saneamento
Saúde Ambiental
Indicadores Básicos de Saúde
Morbidade
ABORTION, MISSEDALGERIA
Indicadores de Contaminação
Resíduos Sólidos
-Epidemiologia Descritiva
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  8 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1096398
Autor: Guatemala. Ministerio de Salud Pública y Asistencia Social. Unidad de Gestión de Riesgos.
Título: Lineamientos para el manejo de cadáveres Coronavirus COVID- 19 / Guidelines for the management of corpses Coronavirus COVID- 19.
Fonte: Guatemala; MSPAS, Unidad de Gestion de Riesgos; 22 jun 2020. 28 p. graf.
Idioma: es.
Resumo: Establece los lineamientos a seguir durante en el proceso del manejo de cadáveres infectados con el Coronavirus COVID-19 en todo el territorio nacional. Describe procedimientos para servicios de salud y funerarias, en el trato de los cuerpos.
Descritores: Pneumonia Viral/mortalidade
Pneumonia Viral/prevenção & controle
Cadáver
Infecções por Coronavirus/mortalidade
Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Betacoronavirus
-Autopsia
Saneamento/métodos
Cemitérios/normas
Necrotério/métodos
Funerárias/normas
Guatemala/epidemiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: GT5.1 - Biblioteca y Centro de Documentación Dr. Julio de León Méndez


  9 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-974810
Autor: Souza, Cezarina Maria Nobre; Heller, Léo.
Título: O controle social em saneamento e em saúde: análise comparativa com base nos marcos legais federais brasileiros / Social control in the sectors of sanitation and health: a comparative analysis based on the Brazilian legal framework
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(1):285-294, ene. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A comparação entre os marcos legais federais brasileiros das áreas de saúde e de saneamento, sob a perspectiva do controle social, é o fio condutor deste trabalho, tendo em vista o pioneirismo da primeira e sua possível influência sobre a segunda. O esforço comparativo foi realizado a partir de seis critérios analíticos: mecanismos de controle social definidos; caráter conferido ao controle social; responsabilidade, recomendações e apoio para viabilizar o controle social; acesso à informação; controle sobre o uso dos recursos; controle da implementação das deliberações. Avaliaram-se possibilidades de o marco do saneamento se beneficiar das formulações no campo da saúde e lograr produzir práticas mais efetivas de controle social na condução dessa política pública. Os resultados revelam que, mesmo tendo recebido alguma influência da área de saúde, o marco do saneamento é mais restrito e tem menor potencialidade de produzir práticas mais efetivas, uma vez que apresenta: 1) mecanismos mais restritivos por não serem necessariamente deliberativos; 2) ausência de uma política de formação de conselheiros e de educação popular como incentivo e fortalecimento ao controle social; 3) ausência de mecanismos efetivos voltados para a fiscalização do uso dos recursos.

Abstract Comparison between federal Brazilian legal frameworks in the areas of health and sanitation, from the perspective of participation, is the thread of this work, considering the pioneering of health and its possible influence on sanitation. The comparative effort was made from six analytical criteria: defined social control mechanisms; character given to social control; responsibility, recommendations and support to enable social control; access to information; control over the use of resources; control of the implementation of the resolutions. It was evaluated if the sanitation framework have been helped by health formulations and if have achieved produce more effective practices of social control in the conduct of public policy. The results show that, although it has received some influence from the health area, the water and sanitation framework is more restricted and has less potential to produce more effective practices, since it presents: 1) more restrictive mechanisms because they are not necessarily deliberative; 2) lack of a policy of training counselors and popular education to incentive participation; 3) absence of effective mechanisms for monitoring the use of resources.
Descritores: Política Pública
Controle Social Formal
Saneamento/legislação & jurisprudência
Saúde/legislação & jurisprudência
-Brasil
Saneamento/normas
Acesso à Informação
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 1356 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039509
Autor: Souza, Cezarina Maria Nobre; Heller, Léo.
Título: Efetividade deliberativa em conselhos municipais de saneamento e de saúde: um estudo em Belo Horizonte-MG e em Belém-PA / Deliberative effectiveness in municipal sanitation and health councils: a study in Belo Horizonte-MG and in Belém-PA
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;24(11):4325-4334, nov. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A deliberação em conselhos municipais de saneamento e de saúde é objeto deste estudo, entendida como processo decisionístico e argumentativo, a partir das formulações de Rousseau, Habermas e Cohen. O objetivo proposto foi avaliar a efetividade da atuação deliberativa dos conselhos de Belo Horizonte (MG) e de Belém (PA). A avaliação abrangeu o estudo de variáveis definidoras do grau de institucionalização dos conselhos e reveladoras da dinâmica do processo deliberativo neles desenvolvido. Foram consultados o Regimento Interno de cada conselho e as atas e resoluções produzidas por eles no triênio 2012-2014. Os resultados revelaram que os quatro conselhos, no período e segundo os critérios de análise definidos, estão distantes do grau de efetividade deliberativa desejado, tendo em vista os propósitos do controle social em saneamento e em saúde, dispostos pela legislação específica de cada área. Mesmo com experiência mais larga, considerando seus anos de exercício pedagógico e democrático de participação, os conselhos de saúde não se mostraram mais efetivos que os neófitos conselhos de saneamento.

Abstract Deliberation in municipal councils of sanitation and health is the object of this study. Deliberation is understood as decision making and argumentative process, from the formulations of Rousseau, Habermas and Cohen. The proposed objective was to evaluate the effectiveness of the deliberative action of the councils of Belo Horizonte (MG) and Belém (PA). The evaluation included the study of variables defining the degree of institutionalization of the councils and revealing the dynamics of the deliberative process developed in them. The internal regulations of each council and the minutes and resolutions produced by them during the 2012-2014 triennium were consulted. The results showed that the four councils, in the period and according to the defined criteria of analysis, are far from the degree of deliberative effectiveness desired, considering the purposes of the social control in sanitation and in health, arranged by the specific legislation of each area. Even with broader experience, considering their years of participatory pedagogical exercise, health councils were no more effective than neophyte sanitation councils.
Descritores: Controle Social Formal
Saneamento/normas
Tomada de Decisões
Conselhos de Planejamento em Saúde/organização & administração
-Brasil
Governo Local
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 136 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde